The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Fallen - Cody Morgensten

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Fallen - Cody Morgensten

Mensagem por Cody Morgensten em Seg Set 14, 2015 7:36 pm



UM;

CODY MORGENSTEN;

FILHO DE ARES;

SEM GRUPO SECUNDÁRIO;

DEZESSEIS ANOS;

HETEROSSEXUAL;

SEBASTIAN STAN;

GABRIEL VITOR.

FÍSICO

O físico de Cody é uma das poucas características do rapaz que faz jus ao deus que o gerou. Com 1,85 metros de altura, seu porte é atlético, com um corpo musculoso e bem definido, mas sem exageros. Seus cabelos são curtos, geralmente bem aparados e perfeitamente penteados, sendo castanho-escuros, e sua barba está quase sempre por fazer, se opondo ao cabelo. Possui olhos azuis, e uma beleza quase que rústica, bruta, que nunca passa despercebida pelas multidões. Caucasiano, o filho de Ares possui a pele branca, um pouco mais clara que o normal, sem chegar a ser albino. Pesa 75 quilos, e seu corpos sempre se porta de uma maneira ameaçadora, resultado do seu treinamento. Sua voz é grave, levemente rouca, e o jovem carrega o número 1 tatuado nas costas da sua mão.
PSICOLÓGICO

Se tratando do psicológico, o guerreiro é complicado de se definir. Constantemente em conflito, toda a sua mente é tomada por ideias opostas, um resultado do choque entre duas realidades vividas por ele. Ainda assim, não se trata de uma dupla personalidade, ou bipolaridade, visto que Cody não alterna entre facetas diferentes. Pelo contrário, sua única personalidade é um reflexo de ambas, unidas.

A primeira delas é o resultado dos anos de treinamento em uma base secreta dos Estados Unidos. Garoto frio, treinado para ter completo controle sobre os seus sentimentos, de modo a nunca ser atrapalhado por qualquer um deles. Todo esforço é pouco quando se trata de cumprir os seus objetivos, e a criança não hesita antes de esmagar qualquer um que fique entre ele e sua missão, não importando quem seja. Disciplinado, o pequeno sabe reconhecer seus superiores, respeitando-os e seguindo os seus comandos cegamente. Não sabe interagir socialmente, sendo um completo inútil em qualquer tipo de conversa, embora não seja classificado como tímido. Ele apenas não sabe o que fazer. Apesar de fazer de tudo pela sua missão, o garoto é calculista e não entra em batalhas que sabe que não pode vencer, analisando todas as possibilidades antes de iniciar uma briga. Não é competitivo, muito menos faz o tipo que age por interesse ou vingança, visto que esse tipo de motivação é fútil e desnecessário. Não confia em ninguém, e não é uma pessoa boa ou ruim. Apenas faz o que deve.

O segundo resulta da vida de crimes, os anos em que passou ao lado de sua 'família' adotiva. Homem sagaz e extremamente esperto - o que não necessariamente se refere à sua inteligência, podendo também ser definido como sua manha para lidar com o mundo. Emotivo, não tem medo de agir de acordo com os seus sentimentos, que acabaram se mostrando quando tiveram a chance. Ainda assim, não é impulsivo, sabe a hora certa para agir e o que fazer quando necessário. No entanto, quando se trata de defender alguém importante para ele, não hesita antes de iniciar uma briga, mesmo que contra um deus. Embora tenha dificuldades para manter uma conversa por um tempo muito longo, ou com um grupo muito grande, consegue falar com as pessoas. Rebelde, não se importa em quebrar a lei para o que considera importante. É difícil conquistar a sua confiança, mas quem o fizer a terá para sempre.

O choque entre o homem e o garoto chama-se Cody Morgensten.
HISTÓRIA


Primeiramente, a história do jovem não segue os clichês. Cody não foi expulso de diversas escolas em sua infância, tampouco foi atacado por um monstro e salvo por um sátiro, sendo assim obrigado a se refugiar no Acampamento Meio-Sangue. Apesar de ser um filho da guerra, não vivia se metendo em brigas, e não é nem de longe classificado como um valentão. A vida do rapaz foi muito além do considerado normal, até mesmo para os padrões de normalidade de filhos de um ser divino.

Para começar, Morgensten soube o que ele era assim que teve idade o bastante para entender que ele era superior a qualquer ser humano. Tinha pouco mais de três anos de idade quando seus pais adotivos lhe explicaram tudo o que seu pequeno cérebro conseguia absorver a respeito do mundo divino. O casal, apesar de composto por mortais, sabia muito mais sobre o que se escondia atrás da névoa do que campistas com anos de treino. Como coordenadores do Projeto Alvorecer, eles precisavam saber.

Todos os anos, um grupo de sete semideuses com idades entre cinco e sete anos eram localizados pelo governo dos Estados Unidos e entregues à Amanda e Bruce, os pais de Cody, que os escoltava junto de sua equipe para uma base de treinos especial. Lá, os meio-sangues passavam o restante de sua infância e adolescência preparando-se para servir ao país. Tanto o seu corpo quanto sua mente eram moldados, visando torná-los soldados perfeitos. Obedientes, disciplinados, frios, além de extremamente poderosos. Nisso consistia o projeto Alvorecer, e Amanda desejava que o filho da guerra fosse o mais poderoso entre os semideuses.

Assim, Cody foi levado para a base ainda naquela idade, e o seu treinamento se iniciou. Mesmo estando dois anos abaixo dos outros seis semideuses, o filho de Ares não ficou para trás, demonstrando grande aptidão mesmo nessa fase. Seu raciocínio era rápido o bastante para se comparar com crianças com o triplo de sua idade, e embora seu corpo ainda não aguentasse o treinamento físico pesado, em poucos meses ele já tinha conhecimento totalmente inesperado para alguém como ele, e com o passar do tempo suas habilidades apenas melhoraram.

Aos cinco anos, a idade certa para ele estar ali, foi quando o seu físico começou a ser desenvolvido. As sessões de treinamento eram extremas, mesmo para um semideus, e todos os dias o seu corpo era levado ao limite. Mesmo assim, Cody nunca reclamava. Aquele tipo de coisa era absolutamente agradável para ele. Quase que familiar, na verdade. Dois anos mais tarde, ele já conhecia o bastante de artes marciais para se comparar a um humano experiente no assunto, e já falava três idiomas diferentes, além do nativo. Mesmo tão novo, já era um dos melhores entre os sete.

Mas a principal característica, que realmente separava Cody dos demais semideuses que já haviam passado pela base, era a sua disciplina. Como um soldado, filho da própria guerra, o garoto colocava qualquer ordem que lhe fosse dada acima de qualquer coisa, mesmo que fosse sua vida ou a de seus companheiros. Seus sentimentos praticamente não existiam quando se tratava do seu treinamento. Para uma criança de onze anos, tal mentalidade era totalmente promissora, tratando-se dos objetivos do Alvorecer.

E foi por isso que Morgensten foi o mais novo recruta a partir em uma missão de campo. Acompanhado de Alexia, com treze anos, e de outro semideus desconhecido, esse em idade adulta, as ordens eram bastante simples, e igualmente perigosas: assassinar o líder de uma corporação que fornecia armamentos a terroristas, inimigos dos Estados Unidos. O trabalho não foi difícil para a dupla de espiões – visto que o jovem filho de Ares ficou como um mero espectador – e duas semanas depois os agentes voltaram para a base.

Mas não havia base alguma para voltar. Destroços, cinzas, e corpos carbonizados eram os únicos vestígios do local. Nenhum dos três soube o que havia acontecido com precisão, mas não precisavam saber. Todos haviam sido disciplinados para lidar com o lixo que era a humanidade, e mesmo com a perda de todos os companheiros – e familiares, no caso de Cody – os três apenas abandonaram o que havia sido sua vida por anos sem qualquer hesitação. Quem quer que houvesse atacado a base, não sabia que o trio estava vivo, e eles preferiam que continuasse daquela maneira. Daquele momento em diante, eram fugitivos.


...

Nomes falsos, documentos falsos, vidas falsas. Erick - o semideus mais velho - usou de suas habilidades e contatos para criar novas identidades para os três, e assim começou suas novas vidas. Agindo nas sombras, Cody passou de espião a criminoso. Suas habilidades, somadas com a dos outros dois, permitiu que colocassem em prática crimes bem planejados e executados – em sua maioria, fraudes online e roubos a pequenas empresas e casas de aposta. Dessa maneira, as autoridades não dariam tanto valor aos crimes, mas ainda assim os semideuses faturavam milhares de dólares por semana.

Cody era o único que não se sentia totalmente à vontade com aquilo. Havia sido treinado como um espião, um soldado sem sentimentos cujas únicas funções eram recolher informações e matar os inimigos do governo. O rapaz não precisava interagir com pessoas, não precisava viver como um ser humano normal. Ele apenas tinha que cumprir suas ordens, e pronto. Assim, ser jogado na sociedade não foi nada fácil para alguém como o filho de Ares, que aos poucos começou a descobrir lados desconhecidos de sua própria mente. Sentimentos começaram a se aflorar, e não demorou muito para perceber o quanto gostava de Alexia, além de desenvolver uma amizade que antes seria impossível para ele com Erick.

E assim os anos se passaram, e com quinze anos a prole da guerra já era um completo especialista nos crimes que praticavam, mas sua mente nunca deixou de viver um conflito interno, tendo que conviver com duas pessoas completamente opostas em um só corpo – não uma dupla personalidade, ou algum distúrbio desse tipo, era apenas o reflexo de um homem criado entre lobos sendo forçado a viver com humanos.

Um ano mais tarde, foi quando tudo deu errado. O ano começou bem, com o filho de Ares se declarando para a sua amada, e sendo correspondido, mas mal haviam completado um mês de namoro quando Erick morreu. Era pra ser apenas mais um roubo, nada de complicado, e havia corrido tudo bem. O que os três não esperavam, era que de alguma forma a polícia havia descoberto a sua casa, e aguardaram que os semideuses chegassem. Após uma briga feia, onde cada um dos meio-sangues foi forçado a usar seus dons, o mais velho acabou sendo alvo de múltiplos tiros.

Cody acabou travando, não sabendo se deveria seguir o seu treino e fugir dali, ou seus sentimentos, tentando salvar o amigo. Se não fosse por Alexia, que foi capaz de se teleportar de lá com ele, o filho de Ares também estaria morto.

Mas os dois novamente eram fugitivos. E a partir daquele momento, além dos desconhecidos que atacaram sua base, tinham a lei contra eles.
TRAMA


Em Breve
NARRAÇÕES

(Arrival at Camp) End and Beginning

(Missão Fixa) Grief

(Missão Fixa) Reborn

ESPÓLIOS


Em Breve



RELAÇÕES



Alexia Astaroth (NPC): é uma filha de Hécate, treinada junto de Cody para o projeto Alvorecer. Uma das mais brilhantes semideusas entre os sete, já tinha domínio completo sobre os seus poderes aos oito anos de idade, recebendo treinamento bem mais avançado que os demais. Cody a conheceu em sua primeira missão, não reparando tanto na garota por ainda ser uma criança inocente na época. No entanto, depois de terem sua casa destruída, ambos foram morar juntos, acompanhados de Erick, e aos poucos uma atração mútua foi nascendo. O filho de Ares nutre um forte sentimento de proteção em relação à garota, mesmo sendo bem mais fraco que ela. Se tratando de seu físico, Alexia possui curvas corporais harmonizadas, e uma beleza um pouco acima da média - não chegando a ser nada extraordinário. Possui o número dois tatuado em seu pescoço. Morta.
Postagens relacionadas: Ficha para Semideus
(AMOR, ATRAÇÃO, PROTEGIDA)

Erick Masters (NPC): filho de Zeus, Erick foi treinado para o projeto Alvorecer anos antes de Cody e Alexia serem selecionados. Cody o conheceu em sua primeira missão, impressionando-se com suas habilidades fora do comum - mesmo para o que estava acostumado sendo um semideus - e passando a admirá-lo imediatamente. Após a destruição da base secreta, Masters foi quem guiou os dois jovens semideuses pelo mundo, tendo bem mais conhecimento sobre este do que a dupla. Foi capaz de ensiná-los a sobreviver, e a conviver em meio à sociedade, além de sempre protegê-los independente do motivo. Apesar de ser um espião, nunca deixou de demonstrar os seus sentimentos, sendo considerado imperfeito apesar de suas habilidades. Erick é um homem alto e esguio, apesar de sua força física, e sempre demonstra liderança quando caminha. Possuía o número zero tatuado em seu ombro. Morto.
Postagens relacionadas: Ficha para Semideus
(BONS AMIGOS, RESPEITO, ADMIRAÇÃO)

Amanda e Bruce Morgensten (NPCs): a mãe e o pai adotivo de Cody. O rapaz não conhece tanto sobre eles, visto que passou sua vida quase toda separado deles, vendo-os apenas algumas vezes em visitas de rotina. Ainda assim, possui grande respeito por ambos, reconhecendo-os como seus superiores - o que significa que cumpriria qualquer ordem que dessem - até o momento em que a base foi explodida. Atualmente dados como mortos.
Postagens relacionadas: Ficha para Semideus
(RESPEITO)

MONSTROS

— Dracaenae: Com a aparência de mulheres belíssimas na metade superior do corpo, com a metade inferior reptiliana, com duas caudas serpentinas.  Possuem pele escorregadia, fria ao toque, e escamosa, levemente brilhantes em padrões reptilianos quase translúcidos, pupilas verticais e língua bifurcada. (BESTIÁRIO!)
Quantidade: Quatro (definições: quatro normais).
Postagens relacionadas: End and Beginning (quatro).


— Cães infernais: Cães, de tamanho variável entre o de um grande felino e o de um rinoceronte, dependendo do seu poder e idade.Tem os olhos vermelhos como sangue e pêlos negros e lustrosos. Seus dentes e garras são afiados, possuem sentidos aguçados e a capacidade de enxergar mesmo na mais absoluta escuridão.  (BESTIÁRIO!)
Quantidade: Três (definições: dois filhotes, um adulto)
Postagens relacionadas: Grief (um); Reborn(dois).




see ya, gabs




Última edição por Cody Morgensten em Qui Dez 31, 2015 3:22 am, editado 1 vez(es)
avatar
Cody Morgensten
Ceifadores de Thanatos/Leto
Ceifadores de Thanatos/Leto

Mensagens : 62
Idade : 19
Localização : Indefinida

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum