The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

A ilha amaldiçoada..

Página 18 de 21 Anterior  1 ... 10 ... 17, 18, 19, 20, 21  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: A ilha amaldiçoada..

Mensagem por Athena em Sex Jun 19, 2015 9:10 pm

Segundo desafio lançado

Uma lastima para os expectadores, que logo na primeira rodada duas tivessem sido deixadas para trás. Aqueles que passaram? Bem seu destino não seria dos melhores. Ao deixar o portão o semideus que seguira percebera não ter outro caminho, caindo num precipício sem fim de escuridão. Estranhamente, no entanto não atingira um fundo. Parecia permanecer imóvel enquanto algo lhe sufocava. Percebeu então ser tudo ilusão, estava preso em alguma espécie de câmera, pudera notar ao tatear o local percebendo paredes solidas em todos os quatro cantos, sendo uma delas fria como gelo. Nada podia enxergar até o momento que a luz se acende iluminando o que parecia uma espécie de jaula a frente. Encontrava-se preso por quatro paredes finas de concreto que começam a se mover rapidamente para esmaga-lo naquele cubículo. A frente sua única saída, um vidro, bastava quebra-lo e estaria livre, mas mais um problema rodeara tal semideus ao deixar tal local. A frente bloqueando a saída da jaula encontra-se uma criatura adormecida, o leão de Neméia. Sabendo que ao quebrar o vidro para se livrar das paredes e entrar na jaula acordara o leão o semideus não se move. A única saída é quebrar tal redoma, passar para a jaula e lutar com a criatura, lembrando que precisara derrota-la para deixar a jaula para trás e passar ao terceiro desafio, que se encontra logo após a sua prisão repentina.

Intruções:

-NÃO AFIRMEM NADA OU TERÃO SÉRIOS PROBLEMAS A PARTIR DESSA ETAPA!

-Prazo? Vocês tem até amanhã as 19:00 para realizar as postagens ou terão um destino nada agradável.

-A partir de agora é cada um por si, não tentem ajudar-se ou serão deixados para trás enquanto seus amigos seguem os desafios da ilha. São 8 níveis de dificuldade lembrando que esse é apenas o primeiro dos desafios que irão enfrentar. O post será único então pensem muito em suas ações caso não queiram ficar presos logo no nível 1. A chance de avançar é unica seja de acerto ou de erro, se obter exito passa ao nível 2 caso contrario fica preso no 1 até que os jogos terminem e alguém consiga vencer o nível 8.

-O prazo esta claro, aqueles que não conseguirem postar até meia noite quero que me deem um bom motivo, e estenderei esse apenas até amanha, caso contrario esta eliminado do jogo automaticamente. A partir de agora não serei boazinha, independente de postar ou não quem não postar até meia noite esta fora.

-O desafio é o descrito acima. Vocês caíram em um tipo de jaula, estão presos entre três paredes de concreto, está esta se fechando rapidamente ao redor de vocês. Primeiro passo deixar esse local para trás quebrando o vidro a frente. Porém ao fazer isso despertara o leão automaticamente, estão presos em uma jaula com tal espécime bloqueando a passagem, não podem enga-lo então terão de lutar com ele automaticamente sem afirmar nenhuma ação, precisa matar o leão para sair da jaula. Aqueles que conseguirem pegam a pele como premio.

-Cada nível que você avança é um nível a mais que conquista na fixa, exemplo, por hora você tem um nível, avança mais um ganha 2, mais um 3 e por ai vai até o 8.

-Lembre-se de não afirmar nenhuma de suas ações, caso o façam já estarão eliminados de cara, lá em cima em caps escrito bem grande está proibido, no mais é isso, boa sorte a todos e que vença o melhor.

-PODERES E HABILIDADES LIBERADOS.

-Minimo de 10 linhas por post, menos que isso irei desconsiderar sua ação.

avatar
Athena
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 7178
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 22
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A ilha amaldiçoada..

Mensagem por Tessa S. Henz em Sab Jun 20, 2015 11:08 am


Sabe quando sua vida se torna uma verdadeira combustão e você se vê em situações que pensou jamais estar novamente. Que jurou tentar evitar ao máximo, no entanto contra todos os seus esforços, parece que essas situações em especial perseguem seu caminho, fazendo com que ele seja mais decadente e terrível do que você poderia imaginar. Aquela, era definitivamente uma daquelas situações especiais. Como eu sabia disso estando eu sem memória alguma? A coisa, meu corpo insistia em me alertar a cada segundo de que o que eu mais repudiava estava ocorrendo naquele momento. Minha mão tocou o portão com uma imensa esperança de que aquilo obtivesse fim. No entanto a decepção veio exatamente como havia chegado, meu corpo parecia cair em queda livre, fazendo com que um pequeno grito se retirasse de meus lábios.

A morte era certa, e eu nada poderia fazer sobre isso. Então, tudo pareceu calmo demais, estranho demais. Minha mente me alertava para a manipulação de pensamentos e principalmente para a ilusão. Era estranho a forma como eu confiava em mim mesma, mesmo quando tudo parecia estar completamente errado. No entanto, eu sabia que naquele lugar seria eu, e somente eu. Eu não deveria esperar por um herói que não fosse eu mesma. Tateando o local aonde eu me encontrava com certa desconfiança, pude sentir facilmente que me encontrava em um perímetro fechado por quatro paredes, sendo uma dela tão fria quanto o gelo do coração dos mais insanos antagonistas. Eu nada podia ver, meu tato era a única coisa que poderia me alertar para qualquer tipo de perigo, até que uma luz se acendeu, iluminando total e completamente o local aonde eu me encontrava, podendo me dar uma visão perfeita da situação em que eu me encontrava.

Bom, isso depois que eu consegui abrir meus olhos, e faze-los se acostumar com a luz repentina. Meu corpo estava envolvido por três paredes de concreto, que parecendo ter adotado o mesmo esquema do cubículo de vidro parecia vir rapidamente em minha direção, com a certa intenção de transformar em sanduíche prensado de Tessa. A frente, uma parede de vidro, revelava uma jaula aonde um imenso leão parecia adormecido. Uma risada de escarnio abandonou meus lábios ao passo em que eu compreendia exatamente qual era a situação ali. Para viver, eu teria de me livrar da parede de vidro, e com seu barulho automaticamente acordaria o leão. E para conseguir sair daquela jaula, eu possivelmente teria de acabar com a vida do leão. Pois é, astuta era a pessoa que havia criado aquele desafio, primeiro me ludibriava com algo possível para logo depois terminar com todas as minhas esperanças. Não havia tempo para traçar planos, eu teria de agir por impulso.

Para fazer com que a parede de vidro se quebrasse eu utilizaria de minha habilidade de invocar espadas e tridentes de água. O impacto, que as espadas e os tridentes teriam sobre a parede possivelmente seria suficiente para fazer com que ela viesse abaixo. O colar em meu pescoço, que eu sabia ser presente de alguém possibilitaria que eu utilizasse meus poderes por algum tempo limitado, mas o suficiente. Pelo menos era o que eu esperava. Se necessário, eu poderia sempre utilizar a água com que meu corpo era formada, que venhamos e convenhamos era uma grande parte. Se a parede de vidro viesse abaixo e eu conseguisse me livrar da morte certa, seria o momento de enfrentar o leão. Eu sentia os pelos de minha nuca arrepiarem-se apenas em pensar na probabilidade. No entanto, eu definitivamente não me via sendo esmagado por aquelas paredes de cimento.  De frente com o leão, eu iniciaria meu ataque de forma imperceptível a ele.

Concentrando-me nas células de seu corpo, eu faria com que ele viesse a perder as partículas de água, o que possivelmente o deixaria enfraquecido. Extração, era uma habilidade adorável. Concentrando-me no que eu estaria fazendo, eu esperaria o leão ficar sem suas forças, claramente esperando ver sua irritação. Quando o leão estivesse no ponto em que eu desejava, utilizaria de meu controle sobre a água, eu envolveria o pescoço do leão com a água retirada de si, sufocando-o o que o faria abrir sua boca em busca de ar. Aproveitando desse momento eu faria com que uma das espadas antes conjurada seguisse seu caminho até o leão, e a miraria diretamente em sua boca,  com o intuito de faze-la adentrar o local. Caso não funcionasse, eu continuaria fazendo com que ele fosse sufocado, até que sua consciência se fosse ou quem sabe sua vida. Por fim, eu me aproximaria e tentaria sentir sua pulsação, se o leão ainda respirasse eu teria de utilizar de toda minha força e acabar com sua vida, estrangulando. Aquela, era a opção que eu mais repudiava, mas se tivesse de ser feita eu a faria. Como em uma selva estávamos lutando pela sobrevivência, o mais inteligente e esperto seria aquele a sair vivo.
Poderes e Habilidades:
Lady do Caos: Possui uma aura ao redor do corpo que é pouco visível para os humanos comuns e para os semideuses que não tem poderes mágicos, essa é vermelha, bastante semelhante ao sangue. O usuário consegue despertar um desejo de caos em uma pessoa apenas com olhar, fazendo com que o atingido ataque quem estiver na sua frente, tal aura surge apenas quando o semideus se encontra extremamente irritado, dessa forma lhe permitindo maneiras de fuga e defesa mais espertas e promissoras, não tem total controle sobre isso ainda, por isso tende a errar algumas vezes. Além disso a usuária do elemento caos tem o poder de invocar dragões sobre a terra, pode invocar apenas um dragão por vez para lhe auxiliar em combate, caso use demais o dom então acabara desmaiando, pois ele se utiliza de energia corporal para se manter ativo, e quando utilizado em demasia tende a desligar. É um poder baseado em sentimentos, normalmente o semideus se faz calmo para preservar sua energia. É comum que, quando fique estressado ou nervoso, as coisas flutuem a sua volta. Pode controlar objetos com o poder da mente, podendo arremessa-los, levita-los e até mesmo comprimi-los.  Por fim a semideusa consegue invocar seu elo de convívio comum, ou seja, a irmã gêmea, por terem genes parecidos e possuírem uma confecção empática maior tem o poder de invocar uma a outra no momento que quiser, a pessoa em si, par lutar ao seu lado.

Espada dos Mares - Espada feita de água, poderá ser invocada sempre que necessário. E lembre-se, á agua pode estar em locais aonde menos se espera.

Tridente Aquático - Tridente feito de água, poderá ser invocado sempre que necessário.

Extração -Você pode extrair água de seres, animais e plantas. A quantidade retirada pode ser grande, mas nunca usada para matar alguém por desidratação, mas sim pode deixa-la tonta e cansada.

Hydrokinesis- O semideus passa a poder controlar a água em estado liquido. Podendo levita-la, ou apenas movê-la. Quanto maior for o nível do semideus maior a quantidade de água que ele poderá controlar.

Ampulheta Cristal- Em formato de gota possui um estoque extra de agua, trata-se de agua do mar que jamais acaba no entanto  precisa de tempo para carregar, o efeito dura cerca de 5 minutos mas leva 10 para carregar novamente. (presente de Zeus)




Tessa Samantha Clarissa Henz
It's no rigth, but is okay!


avatar
Tessa S. Henz
Filhos de Poseidon
Filhos de Poseidon

Mensagens : 291
Data de inscrição : 21/06/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A ilha amaldiçoada..

Mensagem por Liv Herondale Belluz em Sab Jun 20, 2015 1:48 pm

Depois de passar pelo portão, senti meu corpo sugado por uma queda interminável, fechei os olhos esperando pelo impacto que provavelmente colocaria fim à minha vida, sem conseguir pensar em muitas coisas além de “eu podia ter agarrado aquele Logan enquanto tinha chance, mas agora tô aqui sufocando em direção à morte”. Me senti extremamente fútil quando olhei em volta e ainda estava viva, já não sentindo mais queda nenhuma nem sufocamento, apenas sem conseguir ver nada, tateei as paredes à minha volta já pensando em nunca mais deixar passar uma boa oportunidade de beijar um cara bonito outra vez, já que nunca se sabe quando a vida está acabando, de toda forma. O fato da minha vida não passar diante dos meus olhos como em todos os relatos de quase-morte que já ouvi me deixaram um pouco estranha, será que eu tinha assim tão poucas coisas de que sentiria falta? Por que um cara que eu tinha conhecido por poucas horas havia ocupado minhas possíveis últimas lembranças ao invés da minha família? Não tive muito tempo para ficar me odiando porque logo o lugar ficou iluminado e se revelaram três paredes de concreto e uma de vidro. “Beleza, um lugar pra ir.” Pensei me aproximando do vidro transformando uma unha em garra para deslizar sobre ele, arranhando-o de modo a avaliar a quantidade de força que deveria colocar para que o partisse. – Estava muito fácil, já devia ter desconfiado. – murmurei ao ver o leão que andava de um lado para o outro na câmara seguinte, do outro lado do vidro. – Dada a falta de opção, vamos lá devolver uma criatura ao tártaro. – tagarelei sozinha, assumiria a forma lupina e chocaria-me contra o vidro para estilhaça-lo, ao entrar na câmara do leão, o instigaria ainda na forma de lobo, para que não pudesse ferir minha pele mais resistente, e assim que o mesmo abrisse a boca, retornaria o braço para a forma humana e enfiaria o cajado lá dentro, liberando seu poder para que o danificasse interiormente de maneira fatal. Caso não funcionasse, tentaria acertar sua garganta com a lâmina da espada imperial, e moveria sua extremidade dentro da boca da criatura até que esta caísse.

Trecos:
* Tênis Alados: Um par de all star preto e de cano médio. Aos olhos dos mortais é apenas um tênis, mas ao dos semideuses e seres mitológicos é um tênis com asas brancas, que são capazes de fazer o semideus voar. Os sapatos crescem de acordo com o pé do semideus, portanto nunca ficaram apertados. As asas do sapato só aparecem quando o dono ordena.

* Caduceu celeste: Caduceu que permite que o dono consiga fazer abalos sísmicos fracos, conseguindo fazer um tremor em um raio de 30 metros.
[/quote]


avatar
Liv Herondale Belluz
Filhos de Hermes
Filhos de Hermes

Mensagens : 72
Data de inscrição : 09/01/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A ilha amaldiçoada..

Mensagem por Mackenzie L. Martinez em Sab Jun 20, 2015 6:37 pm

Diz pra mim o que eu já sei..

A princesa da França se via em uma enrascada e tanto, ela conseguira se livrar do primeiro dos muitos desafios que viriam a surgir naquela ilha estranha e encantada. No entanto, naquele momento Mackenzie definitivamente não se sentia amparada. Seu corpo parecia cair em queda livre, ao passo em que sua garganta se fechava dificultando um pouco sua respiração. O medo se sobressaiu entre todos os demais sentimentos que poderiam dominar a garota até que ela percebesse o que de fato a rodeava, aquele seria o sentimento que a iria impelir a agir. Respirando profundamente, aquela que não era a herdeira sentia que havia algo errado.

Ela não sabia o motivo, apenas sabia que alguém a estava tentando enganar, o motivo disso ela não obtinha a certeza. Seguindo um instinto de proteção muito raro a garotas como Mackenzie, a jovem tateava o local aonde se encontrava, percebendo rapidamente que se encontrava em uma câmara. Sua visão até então inexistente, teve o primeiro vislumbre do lugar aonde se encontrava e da situação em que estava quando não muito distante da onde a jovem se encontrava, uma luz foi acessa iluminando o local. Piscando algumas vezes, Mackenzie não conseguiu evitar soltar um pequeno grito de espanto ao avistar um imenso leão não muito distante de sua nova "prisão".  

O vidro a sua frente não permitiria que ela se enganasse, e a jovem não era tola a ponto de acreditar que um desafio consistiria apenas em se livrar de uma parede de vidro Alias, Mackenzie não tardou a perceber que seu tempo era escasso. As paredes de cimento a sua volta se movimentavam com rapidez vindo em sua direção, se não agisse rapidamente sopa de princesa seria feita. Tocando com leveza a pulseira que encontrava em seu braço, Mackenzie a transformou em seu arco favorito. Com a ajuda das flechas a garota mirou a parede de vidro, tentando atingi-la com habilidade, para poder se livrar daquilo que a prendia. A mente da jovem trabalhava devagar mas suas ações eram as ações de uma pessoa que a muito sabia o que fazer.

A moça sabia ser fraca, e principalmente compreendia que sua vida dependeria de técnica, não de força.  Seus poderes eram poucos, e a menina tinha dúvida sobre toda e qualquer coisa a sua volta.  A jovem utilizaria de sua inteligência, com sua voz doce a princesa da França tentaria distrair o imenso leão que a esperava para dar fim a sua vida, seus olhares tendiam a acalmar aqueles que a olhavam ela utilizaria disso se necessário. Utilizando de seu controle sob a energia negra, a jovem tentaria enganar o leão sob sua localização. A princesa sabia que sua energia provavelmente ficaria quase escassa com aquela técnica, no entanto, ela não obtinha muitas escolhas. Primeiro ela se moveria para trás da onde o leão se encontrava naquele momento, lançando uma flecha em sua direção. No entanto, antes que ele pudesse ir em sua direção a garota novamente viajaria pelas sombras indo para a esquerda do leão e utilizando o  mesmo esquema, ao lançar uma flecha nele.

A jovem sabia, que a única coisa que faria com isso, seria deixar o bichano irritado. No entanto, aquele era seu intuito. A princesa, tentaria fazer com que o leão ficasse irritado o suficiente para que seus rugidos fossem cada vez maiores, e sua boca se abrisse cada vez mais. E então, ela agiria. No momento em que o leão abrisse sua boca, com o intuito de assusta-la, Mackenzie se concentraria em seu arco, e lançaria a flecha em direção ao que aos olhos da jovem era o único ponto fraco do bichano, sua boca escancarada. Uma, duas, três flechas se retirariam de sua aljava com o mesmo destino. Era sua unica chance, os sentimentos da jovem eram conflitantes e totalmente temerosos. Ela só desejava conseguir salvar sua vida.
Poderes, Dons e Arma:
Caçadora de Sombras- Três tatuagens perfeitamente alinhadas sobre o corpo, a primeira no pescoço pequena e delicada com a figura de alguns rabiscos que forma uma caricatura sobre madeira ela da ao semideus a capacidade de antever algumas coisas segundos antes delas acontecerem (Exemplo: Pode previr quando for atacado e como bem em cima da hora), também podendo transmitir pensamentos. A segunda marca é um tribal sobre o braço direito que lhe concede o dom de manipular energia escura podendo inclusive viajar sobre ela porem tal dom consome energia demais do corpo físico dessa forma se utilizado em excesso o semideus ira ser consumido aos poucos virando apenas um espectro não podendo voltar a forma original. A terceira tatuagem é um ômega no pulso direito, tal tatuagem permite ao semideus a habilidade de transforma-se em demônio, assumindo uma forma pavorosa que intimida inimigos, seus olhos ficam vermelhos, seus sentidos, de visão e audição são mais apurados, porem não se move com tanta rapidez.

Cajado de Luz: Cajado amplamente cobiçado por ser proibido. Emite uma aura extremamente maligna pois tem três auras de demônios presas dentro de si , sendo esses sekmet, Diodin, e Dia do Mal, os três foram aprisionados após causar grande discórdia no mundo, agora seu poder reina sobre uma arma, dada a caçadora de Sombras, ao adquirir tal poder a mesma tem o dom de controlar uma parte de magia escura, podendo executar pequenos feitiços como a feiticeira Hecate, assim como também pode usar  a arma em um combate direto soltando pequenas faíscas de energia escura. Transforma-se em um anel de poder dourado que também conduz seu dom de caçadora, não pode ser retirado do dedo ou roubado por um individuo qualquer, a não ser que seja dado por boa vontade o anel gruda em seu dedo de forma que nem mesmo o mais forte dos deuses é capaz de arranca-lo de si.

> Nível 2, Perícia em mira: Eros tem uma mira muito boa em qualquer coisa que precise ser jogada longe. Como, lanças e principalmente flechas. Sua família são os melhores Arqueiros. Ele consegue entender e é perito em qualquer tipo de arma.

> Nível 3, Aura sedutora : Você pode seduzir qualquer pessoa ou ser com apenas uma piscada do seu olho esquerdo em uma missão.

Loving Arc - Uma réplica do próprio arco de Eros. Este é feito de ouro branco com detalhes coberto de bronze celestial, sua corda é coberta pela mais pura prata, é bastante elástica e jamais arrebenta. O arco materializa flechas mágicas assim que o filho de Eros toca na corda, sendo que as flechas possuem duas propriedade, uma é fazer com que pessoas fiquem apaixonadas ( durante 3 turnos ) pela primeira pessoa ou coisa que ver, e, a outra é que a flecha pode causar danos. A flecha materializada é toda feita de uma mistura de ouro branco e bronze celestial, sendo sua ponta um rubi vermelho no formato de um coração, tornando-a totalmente mortal. Quando não utilizado o arco se transforma em uma pulseira com um pingente no formato de coração. [Indestrutível] [Caso o semideus perca, o item volta ao seu pulso depois de um turno].


Mackenzie Cather Lefebvre Martinez

Filha de Eros l Princesa da França l Mia <3 l Mel <3 l 16 anos l
avatar
Mackenzie L. Martinez
Filhos de Eros
Filhos de Eros

Mensagens : 81
Data de inscrição : 11/10/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: A ilha amaldiçoada..

Mensagem por Ailee Song Cha em Dom Jun 21, 2015 9:57 am

Ailee YongHwa
Segundo desafio


A sensação de queda deixou Ailee nervosa, a voz do fantasma tentava acalmá-la, ele parecia não ser afetado pelo abismo, mas a caçadora mal conseguia se concentrar no que ele dizia, e por mais que mantivesse os olhos abertos, não conseguia ver um palmo a sua frente. – Ailee, pare de se debater! – o ouvia exclamar enquanto agitava os braços no ar, em busca de algo que pudesse aparar sua queda. Mas por que diabos estava preocupada? Era só desmaterializar que não se chocaria contra o fundo daquilo, certo? O fato é que a filha de Hades ficava agitada sob pressão e mal conseguia se concentrar, uma fraqueza que ela temia abreviar sua vida. Fraqueza que já a teria levado de encontro à morte se Martus não a acompanhasse todo o tempo, emprestando seu cérebro brilhante à menina. Só depois de algum tempo percebeu que tudo não havia passado de uma maldita ilusão, seus pés estavam firmes contra o chão, e conseguiu tatear paredes a sua volta. – Martus, não consigo ver nada, descreva para mim. – pediu poucos instantes antes da iluminação retornar, fazendo-a estreitar os olhos já acostumados à escuridão. – Temos um probleminha ali... – o fantasma apontou para a parede de vidro, através dela a caçadora pôde observar um Leão da Neméia passeando de um lado para o outro no que parecia uma espécie de gaiola. – Não temos tempo, rainha das trevas, desmaterialize-se antes de ser esmagada. – ele não parava de falar, enquanto a menina estava mais preocupada em pensar em um jeito de passar pela criatura. – Detesto quando me obrigam a matar criaturas tão bonitas. – ela murmurou suspirando. – Martus, lembra-se da última missão da tenente, que fomos com ela? Podemos fazer algo semelhante... – a semideusa falou com um sorriso tomando conta dos lábios, o amigo assentiu compreendendo a ideia. Iria se desmaterializar, usando a projeção astral para atravessar o vidro sem chamar a atenção do leão, precisaria do elemento surpresa para que o animal caísse na armadilha, depois Martus ficaria estrategicamente visível, e irritaria a criatura até que este abrisse a boca para tentar abocanhá-lo, então se materializaria novamente e lançaria uma flecha certeira através do amigo tremeluzente, acertando a garganta do leão e destruindo-o. Caso não funcionasse, controlaria as sombras ao redor do leão, fazendo com que elas o prendessem por algum tempo, para que pudesse tocá-lo e diminuir a temperatura corporal dele, atordoando-o o suficiente para a segunda tentativa de enfiar uma flecha em sua boca não falhar.

Armas e poderes:
*Mini elmo do terror: Elmo semelhante ao do Deus dos Mortos. Deixa o usuário invisível por um período de tempo (definido pelo narrador) e causa terror nos adversários.

*Espada de Ferro Estígio: Nas mãos de um filho de Hades é perfeita em precisão e dano. A cada golpe feito em monstros a espada converte o dano do monstro em energia e vida para quem a usa.

*Espadas Gêmeas- É uma espada dupla, a sua característica mais notável é uma saliência para cima, curvado perto da extremidade de um lado da lâmina e um outro perto da base do outro lado da lâmina. Em cada uma delas foram imbuídas de relâmpagos negros, mostrando poder de corte maior de forma semelhante às vibrações de alta frequência de relâmpagos baseado em fluxo de energia da semideusa dessa forma permitindo melhor manuseio da mesma. . Transforma-se em um anel de poder dourado que também conduz seu dom, não pode ser retirado do dedo ou roubado por um indivíduo qualquer, a não ser que seja dado por boa vontade o anel gruda em seu dedo de forma que nem mesmo o mais forte dos deuses é capaz de arranca-lo de si.

*Arco e flechas da Lua: As flechas da lua são eternas. Feitas de prata, estas flechas são as mais ágeis.O arco de lua é quase inquebrável, só podendo ser destruído se sua Caçadora descumprir a promessa ou cair em batalha. Pode ser transformado em uma bijuteria de escolha da Caçadora, e volta a ser arco quando ela estende a mão.

*Projeção astral e Fusão- Capacidade para deixar seu corpo com vida e ficar vagando como espírito, ou seja transforma-se em fantasma sem pertencer ao mundo dos mortos, pode atravessar paredes e ficar invisível, além do tomar o corpo de outra pessoa para si. Capacidade para fundir-se temporariamente com outro ser vivo em um único corpo que resulta em um ser completamente novo e forte, unindo a genética, a aparência, os poderes (caso possua, e provavelmente possuirá), e outras coisas, duração apenas de dois turnos retornando ao normal só que mais enfraquecido. Capacidade de gerar vários clones irreais de si mesmo, de modo e enganar e atacar inimigos desprevenidos, somem após uma rodadas. Não poder ser ferido ou ter vulnerabilidades, a certos tipos de dano muito menos por fantasmas e espíritos, pois é superior a estes. Isto daria ao indivíduo a habilidade de resistir a determinado nível (ou não) de impactos, venenos, explosões, dentre outros sem sofrer dano permanente, ou seja, mesmo sofrendo um grande ataque seria capaz de sobreviver mesmo saindo extremamente ferido.(Bênção da Ilha Amaldiçoada)

*Terremoto iniciante. Você consegue causar leves tremores, em inimigos mais leves e fracos pode ocorrer de cair, em inimigos mais pesados pode tirar o equilíbrio.

*Corrida Felina- As caçadoras precisam ser ágeis e rápidas para perseguirem e lutarem contra monstros que podem ser ainda mais rápidos do que elas, assim, elas podem ser tão rápidos quanto um felino, e qualquer movimento lento do inimigo pode significar uma brecha para a caçadora conseguir abate-lo.

*Pele fria. Como dito no livro, a pele dos filhos de Hades é fria como gelo, e isso sem esforço, pois com esforço eles podem no toque diminuir a temperatura corporal do inimigo, atordoando o mesmo ou pelo menos fazendo-o recuar.

*Prisão sombria iniciante. Você pode controlar as sombras ao redor do seu inimigo e fazer com que elas o prenda por um turno.





Stay with me, you live in my heart.
avatar
Ailee Song Cha
Caçadoras de Artemis
Caçadoras de Artemis

Mensagens : 70
Data de inscrição : 22/12/2014
Idade : 17
Localização : Por aí...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A ilha amaldiçoada..

Mensagem por Lori T. Köller em Dom Jun 21, 2015 10:22 am



I need a little piece of time!

Problemáticos e tolos pensam na vida como nada além de uma passagem infeliz com a qual um costume qualquer, uma ação qualquer nada pode fazer por si ou por qualquer pessoa. Os gélidos corações nada mais são do que peças a serem moldadas, homens são como pedras em nossos caminhos prontas para serem chutadas para longe, mulheres não são a exceção.

Lori não conseguia se visualizar como uma heroína. Ela sabia ser alta, mas naquele momento se sentia pequena, muito pequena. Pobre feiticeira, se encontrava em uma difícil situação, presa entre quatro paredes que ela não conseguia visualizar, sentindo-se um perfeito rato de laboratório. Seria aquele seu destino? Morrer, ali sem nada nem ninguém? De fato a feiticeira não o sabia, no entanto o que ela sabia era que a encrenca era bem maior do que ela imaginara a principio. Isso ficava claro, quando as luzes haviam se acendido e as coisas e Lori pode avistar o Leão que a esperava do lado de fora da câmara em que ela se encontrava. Mordendo seu lábio inferior, Lori sentia vontade de voltar a não ver, que seu tato fosse o único a livra-la da queda livre, e alerta-la sobre os perigos. No entanto ela não poderia fazer tal coisa. Foi quando as paredes de cimento que aprendiam naquele local começaram a se movimentar em sua direção.

A jovem sabia não ter escolha, ela não era masoquista a ponto de querer sentir dor, sabendo que poderia fugir. Segurando com firmeza seu machado, a jovem bateu-o contra a parede de vidro com a obvia intenção de se livrar del. Caso funcionasse seria o momento de transformar-se em uma borboleta, aquela vinha sendo uma das únicas habilidades que a levava a algum lugar. Em sua pose de borboleta, Lori começou a voar ao redor do leão incitando-o a ataca-la. O monstro, certamente ficaria imensamente irritado tentando abocanhar a borboleta, que logo aproveitando-se dos rugidos faria uma das únicas coisas possíveis. Se afastaria o máximo possível antes de lançar na direção de seu oponente seu machado de lamina afiado. Se a boca continuasse aberta, a jovem teria sorte do contrario seu fim havia chegado, ali e agora. Em sua forma humana.
Poderes, Armas e Habilidades:
Metamorfa- Capacidade de modificar a própria aparência podendo transforma-se em animais e plantas, além disso ainda pode  assumir a forma de qualquer ser humano. Incluindo atributos físicos e a capacidade de mimetizar a voz facilmente enganando inimigos. Possui uma resistência considerável em relação a ataques mentais, sendo dificilmente vencida ou dominada por este tipo de ataque. Possui conhecimento de plantas e animais venenosos dessa forma também podendo manipular alguns tipos de venenos desde que não sejam letais e expelir pelo corpo.
Arma- Machado de Guerra-O machado de batalha é a arma branca mais comum entre os machados, podendo ser utilizada em apenas uma mão tem duas extremidades extremamente afiadas, sendo a primeira capaz de transforma-se em escudo protegendo a semideusa do oponente e a segunda capaz de soltar pequenos dardos de veneno paralisando o inimigo, além disso tem a capacidade de ataque direto comum, podendo ser utilizada apenas como lamina de ataque. Transforma-se em um anel de poder dourado que também conduz seu dom, não pode ser retirado do dedo ou roubado por um individuo qualquer, a não ser que seja dado por boa vontade o anel gruda em seu dedo de forma que nem mesmo o mais forte dos deuses é capaz de arranca-lo de si.

THANK YOU SECRET!


A queen of sun (...)


“I admit that I ain't no angel, I admit that I ain't no saint -- I'm selfish and I'm cruel and I'm blind. If I exorcise my devils, well, my angels may leave too. When they leave they're so hard to find...”
avatar
Lori T. Köller
feiticeiros de Circe
feiticeiros de Circe

Mensagens : 95
Data de inscrição : 01/12/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A ilha amaldiçoada..

Mensagem por Emmanuelle S. Henz em Dom Jun 21, 2015 10:47 am


Survivor
Sorrir não significa que você esta bem. Apenas que você é forte o bastante para suportar.

Fazer o trajeto até a porta fora fácil, sair dali? È que são elas. A prole de Poseidon não esperava mesmo que tudo fosse ser facilitado dali pra frente, seu coração batia acelerado contra o peito ao desviar-se dos objetos com certa precisão, o que aconteceu a seguir foi que a deixara completamente confusa. Ao passar o portão a escuridão toda tomou conta da garota, a fazendo sentir como se tivesse parado de respirar por um momento, não era uma das melhores coisas que já sentira no decorrer de sua curta vida. Era como se estivesse em um tipo de sonho, daqueles que você cai sem parar sem nunca chegar ao fim, o engraçado de tudo era que Emmanuelle era capaz de sentir a magia emanando das paredes, como se não bastasse a sensação estranha. Os anos de convívio com Lady Ártemis, lhe deram a vantagem de ser imune a certos tipos de magia e encantamento, podia reconhece-los de longe, e aquela certamente não deveria demorar a chegar ao fim. E como previsto instantes depois já podia sentir o chão sob seus pés novamente. A escuridão ao redor, no entanto não facilitava muito sua visão, utilizar-se de olhos de águia ali não funcionaria, até porque parecia estar presa em alguma espécie de câmera com magia, o que ofuscava seus movimentos.

Estendeu a mão procurando uma porta, essa por sua vez não existia, quatro paredes ao redor sendo uma mais fria, podia ser identificada como uma fina camada de gelo, ou até mesmo uma espécie de vidro. Um ruído ao longe fazia seus olvidos tonarem-se sensíveis, aquele pequeno barulho de vibração começava a incomodar a garota quando a luz se acendeu logo a frente. Piscou repetidas vezes para clarear a visão antes de voltar o olhar para frente, onde o leão se encontrava adormecido. Como previsto as coisas por ali não seriam mais fáceis, ao que tudo indicava cada níveis que avançava era um níveis a mais de dificuldade, e provavelmente o oito era o que aguardava as maiores surpresas. Um suspiro baixo escapa de seus lábios ao pregar os olhos sobre a fera, sempre ela. Seria a terceira vez em um único ano a enfrentar tal criatura, a coisa toda já se tornara rotineira.

Como se isso não bastasse às paredes ao redor começavam a se fechar lentamente e a única saída do momento era quebrar o vidro e enfrentar a fera- Ótimo!- Exclamou baixo ao criar uma pequena esfera em mãos, essa seria usada para quebrar o vidro, enquanto isso se armaria do arco já preparando uma flecha, agiria rápido pegando a fera de surpresa ao atirar contra a jaula uma flecha de som contra a jaula, pretendia envolver-se por uma fina camada da cúpula de agua, assim repelindo ataques diretos, caso isso não funcionasse para afastar tal criatura de si, usaria os tentáculos das costas para empurra-lo pra longe ao mesmo tempo que soltava a tinta contra seus olhos. Assim que o leão abrisse a boca lançaria a segunda flecha naquela direção, uma flecha oculta com veneno, ao que tudo indicava isso deveria bastar para derrota-lo. Se ainda assim sua flecha por ventura errasse seu destino, usaria as cartas para prender o leão no chão com gelo e lançaria uma esfera contra sua boca, uma esfera de água que ao tocar sua garganta lhe causaria a leve sensação de afogamento a fazendo entrar em desespero enquanto a tenente sugava a água do corpo da fera para si.

Armas:
Cinto Magico: Um cinto resistente de couro revestido em prata, com um fecho de ouro e um grande e desajeitado paralelepípedo de metal do lado oposto. Pouco maior que um palmo, com cinco gemas roxas em baixo relevo enfeitando. Ao ser examinada com cuidado, é possível destacar o objeto do cinto, e ele é praticamente indestrutível. Ao falar a palavra de comando Zimios, o usuário se teleporta para o lugar em que estiver seu foco, o cinto permite tele transporte apenas por duas rodadas em missão ou luta, caso tente usa-lo outra vez além dessas o semideus irá parar em um local aleatório podendo facilmente tornar-se a vitima em vez do agressor. Além disso tem um compartimento secreto que lhe permite retirar objetos pequenos de dentro, pode ser útil para guardar coisas que ache necessária, esse compartimento é embutido, não pode ser visto, ao ativar a fivela de paralelepípedo uma pequena caixa surge, e dentro desses ficam os objetos.
Poderes:

Tentáculos - Atrás de suas costas, surgem tentáculos feitos de água, sólidos o suficiente para atacarem um inimigo, gastando 15 de energia por turno. O número de tentáculos depende do seu nível de energia. Os tentáculos podem soltar o líquido negro que os polvos soltam quando se sentem ameaçados.

Nível 4
Tentáculos - Atrás de suas costas, surgem tentáculos feitos de água, sólidos o suficiente para atacarem um inimigo, gastando 15 de energia por turno. O número de tentáculos depende do seu nível de energia. Os tentáculos podem soltar o líquido negro que os polvos soltam quando se sentem ameaçados.

Nível 8
Extração -Você pode extrair água de seres, animais e plantas. A quantidade retirada pode ser grande, mas nunca usada para matar alguém por desidratação, mas sim pode deixa-la tonta e cansada.

11: Flechas encantadas - Este poder transforma as flechas postas no arco da Caçadora, apenas pronunciando uma palavra:
• Flechas Envenenadas :Pronunciando a palavra "Moon", a Caçadora consegue encantar as flechas que estão em seu arco para que tornem-se flechas envenenadas. Essas flechas liberam uma toxina mortal no sangue do adversário, matando-o em cerca de 5 minutos.
•Flechas Flamejantes :Pronunciando a palavra "Fire", a Caçadora consegue encantar as flechas presentes em seu arco para que tornem-se flechas Flamejantes. Essas flechas são uma pequena amostra do carro solar de Apollo, afinal, são tão quentes quanto o mesmo.
•Flechas Tóxicas : Pronunciando a palavra "Toxic", a Caçadora consegue encantar as flechas presentes em seu arco para que tornem-se flechas tóxicas. Podem parecer iguais as flechas envenenadas, porém, não age dentro do corpo do adversário, e sim, fora. Cria uma enorme ferida onde a flecha foi lançada, e caso o ferimento não for tratado, aumentará cada vez mais, transformando-se em uma hemorragia.
•Flechas Sônicas : Pronunciando a palavra "Sonys", a Caçadora consegue encantar as flechas presentes em seu arco para que tornem-se flechas sônicas. Essas flechas produzem um barulho infernal, conseguindo distrair o inimigo, e em algusn casos, matá-lo.



Emmanuelle Sophie Henz
I'M A QUEEN OF DARKNESS!!!
avatar
Emmanuelle S. Henz
lider das caçadoras
lider das caçadoras

Mensagens : 700
Data de inscrição : 06/06/2013
Idade : 21
Localização : Seguindo em frente..

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A ilha amaldiçoada..

Mensagem por Athena em Dom Jun 21, 2015 11:33 am

Campistas Aprovados no Teste

Tessa
Spoiler:
Observação: Boa funcionalidade do post, rico em detalhes, pontuação e ortografia perfeitos com poucos erros de acentuação por falta de atenção acredito, fora esse pequeno erro nada a observar.
MP: 170/170
HP: 150/170
Liv
Spoiler:
Observações: Apesar da ideia completamente insana achei deveras criativa, porem mesmo com a rapidez suficiente não teria como sair ilesa da situação ao transformar parte do corpo em humana, dessa forma adquiriu um pequeno ferimento no braço ao ter os dentes do leão raspados sobre o mesmo, ao qual agora tem uma ferida aberta e escorre sangue. Com relação a escrita, dinâmica leve e extremamente confortável de ler, gosto muito do jeito como descreve e vê o mundo, atente-se apenas a alguns poucos erros na hora de digitação do texto, principalmente com acentuação, no mais sem observações.
MP 100/100
HP 80/100
Mackenzie
Spoiler:
Observações: Ideia insana porem não deixou a desejar, post rico em detalhes e sem observações quanto a ortografia e a regência, porém saiu com um ferimento na perna ao ser atingida por uma das patas do leão nos movimentos da jaula ao deixa-lo irritado demais.
MP: 100/115
HP: 105/115
Amelia
Spoiler:
Observações: Erros de digitação leves que podem ser facilmente moderados e concertados com atenção, boa estratégia a segunda já que a primeira não daria certo, dardos apenas bateriam contra a pele da fera fazendo com que o mesmo não sentisse nem cossegas, a segunda, no entanto ao cobrir tudo com fogo provavelmente funcionaria, mais atenção.
MP: 120/130
HP: 110/130
Ailee
Spoiler:
Observações: Creio que uma das que mais evoluiu durante o percurso da ilha, eu que estive acompanhando suas postagens devo parabeniza-la pelo post, afinal sua estratégia foi muito bem montada, sem erros e sem afirmavas, ortografia perfeita pontuação também. Parabéns melhor post da rodada.
HP: 110/110
MP: 100/110
Emmanuelle
Spoiler:
Observações: Primeiramente, lembrem-se suas técnicas foram prejudicadas, e suas memorias são inexistentes. Mesmo se tivesse enfrentado o monstro duas vezes anteriormente não se lembraria disso. Os erros ortográficos foram poucos, muitas vezes troca de letras. Tente se ater um pouco mais a isso. Fora Esses dois pequenos erros, seu post ficou muito bom.
: MP -135/155
HP - 155/155
Lori
Spoiler:
Observações: Ideia um tanto maluca porem que provavelmente funcionaria com perfeição, tentar detalhar mais as postagens, só isso.

MP -100/100
HP - 85/100
Campistas reprovados no Teste


Adam (Falta de postagem do mesmo durante o prazo) ELIMINADO
avatar
Athena
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 7178
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 22
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A ilha amaldiçoada..

Mensagem por Athena em Sab Jun 27, 2015 6:36 pm

Terceiro desafio lançado

Aqueles que passaram pela jaula, não tinham ideia do perigo que lhes aguardava do outro lado. A primeira impressão que se tem é de que tudo ficara bem, isso se deve ao fato do cenário encontrado. Um jardim, cheio das mais diversas flores campestres, de arvores frutíferas, a grama verde, coberta por flores pequenas, uma fonte de agua doce, jorrando pela boca do cupido, dentre outras coisas que deixariam qualquer um encantado. O portão atrás de si se fecha e você começa a andar pelo local, então nota uma única saída, um portão dourado alto demais para escalar, o jeito vai ser encontrar uma saída para não ficar preso, já que a única que achou se encontra trancada, mas e a chave onde está? É então que você o vê, majestoso deitado na relva, não muito longe e adormecido. Toma cuidado para não fazer barulho, pois está assustado. O Dragão se encontra dormindo, e mesmo assim você não faz um único movimento, e sob o pescoço deste se encontra a chave. Sabendo que se aproximar da fera demais, e movimentos bruscos irão acorda-lo, você continua parado analisando a situação, precisa encontrar um jeito de pegar a chave, sem matar o dragão, se mata-lo então desencadear a fúria de uma fera ainda pior, ficando presa eternamente naquele jardim.

Intruções:

-NÃO AFIRMEM NADA OU TERÃO SÉRIOS PROBLEMAS A PARTIR DESSA ETAPA!

-Prazo? Vocês tem até amanhã as 12:00 para realizar as postagens ou terão um destino nada agradável.

-A partir de agora é cada um por si, não tentem ajudar-se ou serão deixados para trás enquanto seus amigos seguem os desafios da ilha. São 8 níveis de dificuldade lembrando que esse é apenas o primeiro dos desafios que irão enfrentar. O post será único então pensem muito em suas ações caso não queiram ficar presos logo no nível 1. A chance de avançar é unica seja de acerto ou de erro, se obter exito passa ao nível 2 caso contrario fica preso no 1 até que os jogos terminem e alguém consiga vencer o nível 8.

-O prazo esta claro, aqueles que não conseguirem postar até meia noite quero que me deem um bom motivo, e estenderei esse apenas até amanha, caso contrario esta eliminado do jogo automaticamente. A partir de agora não serei boazinha, independente de postar ou não quem não postar até meia noite esta fora.

-O dragão vai despertar independente do que você faça, a não ser que seja capaz de conjurar algo que o permita ficar adormecido, não pode mata-lo apenas feri-lo, e tem que encontrar um jeito de pegar a chave no pescoço dele, abrir os portões e trancar de novo, deixando-o preso, lembre-se que é um dragão e não um brinquedo.

-Cada nível que você avança é um nível a mais que conquista na fixa, exemplo, por hora você tem um nível, avança mais um ganha 2, mais um 3 e por ai vai até o 8.

-Lembre-se de não afirmar nenhuma de suas ações, caso o façam já estarão eliminados de cara, lá em cima em caps escrito bem grande está proibido, no mais é isso, boa sorte a todos e que vença o melhor.

-PODERES E HABILIDADES LIBERADOS.

-Minimo de 10 linhas por post, menos que isso irei desconsiderar sua ação.

avatar
Athena
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 7178
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 22
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A ilha amaldiçoada..

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 18 de 21 Anterior  1 ... 10 ... 17, 18, 19, 20, 21  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum