The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Hipnose - Missão para Stephen e Caleb

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hipnose - Missão para Stephen e Caleb

Mensagem por Belona em Sex Jan 30, 2015 7:50 am


Hipnose


Haviam indícios de que haviam semideuses nos Estados Unidos que nunca foram encontrados por seus sátiros. Alguns campistas que antes partiram para missões ainda não haviam retornado. Esses semideus levavam uma rotina monótona, mas da qual fazia parecer que três dias era um dia só, ou um mês era uma semana. Cada vez mais semideuses caiam na armadilha do Cassino. De repente, Las Vegas se tornava a maior prisão para semideuses de todos os tempos.

O conselho do Acampamento Meio-Sangue, por fim perceberam a carência de semideuses. E, após alguns cálculos concluíram que havia dois campistas perdidos por lá, e de acordo com o que ouvira do sentido dos sátiros, haviam mais dois ainda não reclamados num mesmo local. Após algumas discussões, por fim decidiram enviar dois campistas para resgatar os quatro semideuses perdidos. Para esta tarefa escolheram Staphen e Caleb. Filhos de Apolo e Deimos, respectivamente.

Instruções:
- Narrem como receberam a missão da Casa Grande, falando diretamente com Quíron.
- Juntem suas armas, pertences, e tudo o que possam precisar para a missão. Parem por aí e aguardem o próximo post.
- Tem uma semana para postar, ou a missão será cancelada.
- Que a sorte sempre esteja a vosso favor.






Belona
Somente os mortos conhecem o fim da guerra-
avatar
Belona
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 236
Localização : Em toda, e qualquer guerra.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hipnose - Missão para Stephen e Caleb

Mensagem por Caleb Hannover em Sab Jan 31, 2015 1:01 pm

cassino lótus - I
O hibrido só podia estar ficando louco; mas era uma loucura que Caleb aprovava. Naquela manhã como qualquer outra no acampamento, finalmente uma novidade. Fora convocado até a Casa Grande, onde um outro campista aguardava sua chegada em companhia de Quíron, o centauro responsável pelo local.

Já havia visto o homem - se é que podia ser chamado assim - várias vezes, mas nunca tiveram um contato maior. Lembrava-se do mesmo ter apresentado o lar dos semideuses a ele e lhe notificado de algumas normas, mas nada de especial. O que chamava a atenção ali, era outra coisa. Caleb lançou seu olhar libidinoso dos pés a cabeça do rapaz, analisando sua perfeição. Sua expressão fazia com que a prole de Deimos quisesse atacar-lhe sexualmente ali mesmo, não ligando se o hibrido aprovaria tamanho desrespeito. Sentia o calor que o corpo escultural do semideus emanava. Aquilo só fazia com que seu desejo se intensificasse. Então percebeu que ambos os presentes olhavam para ele, talvez esperando que saísse de seu transe para que pudessem tratar do assunto pelo que fora chamado.

- Haha... Então Quíron, o que está pegando?!

O responsável embora prezasse o bom humor e fosse de fato uma boa pessoa, foi direto. Poderia estar tentando passar a real importância e dificuldade do trabalho que pediria, o que conseguiu muito bem. Resumindo, os dois campistas teriam de ir diretamente a Las Vegas, especificamente num cassino onde haviam quatro semideuses presos.  

Um cassino? Finalmente minha sorte nesse acampamento veio a tona!  

Não poderia haver um local melhor para Caleb do que aquele indicado pelo centauro. Luxúria, dinheiro, homens e mulheres, alguns deliciosos, pensava o filho de Deimos. Simplesmente sorriu enquanto os detalhes daquela missão eram passados a ele e ao outro campista, este que perdera o foco do Hannover nos últimos segundos. Contudo, bastou apenas olhar em sua direção novamente para que o desejo sexual de Caleb ressurgisse.   

- Muito bem! Eu aceito essa missão!

Internamente, estava deveras grato a Quíron. Escutou atentamente os detalhes mais importantes da situação, seguindo posteriormente as pressas até seu chalé, a ansiedade cada vez mais intensa.  

[...]

- Hoje é o dia!

Primeiramente tomou um bom banho. Não poderia ir a um local cheio de pessoas interessantes sem estar devidamente limpo. O cabelo estava arrumado a seu gosto, os dentes bem escovados, assim como o corpo perfumado. Vestiu então uma camisa branca apertada, cobrindo-se com uma jaqueta de couro preta. As calças eram tão negras quanto a peça de cima, mas seus sapatos brancos quebravam um pouco aquela escuridão que as outras peças passavam. Olhou-se num espelho que ficava pendurado na parede ao lado de sua cama e constatou estar gato.

- Caleb Hannover, se prepare para grandes aventuras! - falou para seu reflexo com grande entusiasmo.

Verificou se sua caneta estava no bolso da calça e arrumou o relógio em seu devido local, no pulso esquerdo. Preparado para iniciar sua missão imediatamente, respirou uma boa quantia de ar enquanto relaxava os ombros.   

- Deimos, que meu dia seja de causar pânico!

[...]

Com os braços cruzados, aguardava em frente a Casa Grande a chegada do outro campista. Shadow havia ouvido seu chamado mental minutos antes, estando agora sentado pouco mais a direita do filho de Deimos. Quíron encontrava-se na varanda, sentado em sua cadeira de rodas mágica. Coçava a barba vez ou outra, talvez impaciente ou até mesmo preocupado. Caleb começava a ficar entediado quanto notou a silhueta de um rapaz metros a esquerda. Sua temperatura interna começou a aumentar e sua respiração tornou-se mais pesada. Quando o semideus que lhe acompanharia naquela missão parou ao seu lado, teve de reunir forças para não lhe roubar um beijo ali mesmo.

Spoiler:
*Lança do Pânico: Lança de Bronze Celestial pintada em vermelho sangue, capaz de se transfigurar em uma caneta. Quando essa lança é empunhada em batalha emana uma aura capaz de espalhar o pânico entre seus inimigos. Quanto mais forte o guerreiro mais forte será o poder da arma.

*Lobo Gigante: Um lobo muito maior do que os comuns, com força e velocidade maiores, esse animal sente quando os oponentes de seu dono estiverem com medo, o que os incentiva a atacar, a menos que o semideus a quem o lobo pertence não autorize; Podem viajar grandes distância carregando seu dono sobre o dorso, sem cansar. Esse lobo é um presente do deus do pânico para suas proles.


avatar
Caleb Hannover
Filhos de Deimos/Terror
Filhos de Deimos/Terror

Mensagens : 10

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hipnose - Missão para Stephen e Caleb

Mensagem por Stephen D. Thompson em Sab Jan 31, 2015 5:22 pm


Missão Hipnose - Stephen e Caleb
A vida de Stephen estava para mudar, para melhor? Ele não sabia. Horas atrás um aviso foi dado a ele, Quíron o aguardava na casa Grande, oque ele queria? Oque Stephen tinha feito para aborrecer o guardião daquele lugar? Stephen se viu em um impasse, fugir do acampamento por medo do homem ou enfrentar as consequências do que havia feito. Desconhecendo seu "próprio" feito.

Jazia ele parado a frente da enorme Casa Grande, seu coração estava acelerado, era a primeira vez que pisaria dentro da mesma, a ultima vez a qual chegou perto desta, fora quando chegou ao acampamento meses antes, naquele dia foi quando Stephen fizera o primeiro contato com Quíron. O homem carregava autoridade em tudo que ele falava e odiava ser desobedecido, este fora um dos motivos que fizera o semideus encarar Quíron em vez de fugir. Uma nova figura surgiu no acampamento, este tinha cabelos pretos e caminhava em direção á Casa Grande. Diferente de Stephen que carregava o nervosismo este outro semideus transbordava animação. Como duas pessoas que carregavam o mesmo destino poderiam transmitir sensações tão adversas?

- Que seja... - Sussurrou pondo-se a andar em direção á Quíron que dividia seu olhar entre Stephen e o outro semideus.

O diálogo teve inicio e o corpo de Stephen tendeu a tremer, as palavras severas que se seguiram o deixara mais nervoso que antes. Este procurando um refugiu olhou para o homem ao seu lado procurando observar sua expressão fácil, ele recusava a ser o único que se sentia nervoso naquela varanda e era esse sentimento que esperava encontrar no rosto do outro. Porém fora surpreendido ao perceber que este o olhava para ele, mas não era um olhar de curiosidade, na verdade Stephen não soube decifrar oque seu olhar carregava. Desejo? "Não seja tolo!". Pensou fitando-o e franzindo a testa demonstrando o desconforto que se iniciara.

Quíron tossiu chamando-a a tenção dos dois vendo que ambos estavam distraídos e ao perceber que tinha a atenção deles novamente concluiu seu pedido. Sim, pedido. Stephen não estava ali para cumprir algum detenção ou ser castigado por algo que fizera, era o oposto, Quíron precisava de sua ajuda em uma missão. Stephen agora estava diante de um sim e não, após ouvir sobre a missão a qual fora designado sentiu o medo que antes se instalara dentro de si desaparecer, assim como o outro semideus a empolgação lhe tomara o corpo. Sua missão era simples, salvar quatro semideus que foram vitimas da Hipnose do Cassino. Stephen já ouvira falar pouco deste lugar, mas sabia que ao adentrar neste estava sujeito a nunca mais retornar.

- Aceito! - Disse ao mesmo tempo que Caleb. Ambos agora carregavam o peso de quatro vida, de quatro semideuses.

Os últimos detalhes da missão foram esclarecidos e foram dispensados. Ambos tinham que se equipar, e um combinando  se formou  que se encontrariam a frente da Casa Grande. Os dois seguiram em direção aos seus respectivos chalés e se equiparem.

✸ ✸ ✸

Stephen era iluminado pela parede de ouro solido enquanto arrumava seus equipamentos. O primeiro equipamento fora o seu arco, um arco dado por seu pai quando fora reconhecido, este possuía habilidades únicas, suas flechas eram infinitas e ao serem envolvidas pelos raios solares as mesmas se queimavam. Este item fora alocado em suas costas. O próximo fora seu único e insubstituível bracelete em forma de nota musical. Para os humanos aquele objeto não se passava disso, mas para os semideuses e para Stephen aquele servia como uma arma fatal, a seu comando o bracelete mostraria sua verdadeira forma, um instrumento musical - a preferência de Stephen - que quando tocado, a morte acompanharia quem a ouvisse. Encaixou seu bracelete no punho e o apertou.

"Folks! Me encontre na entrada da casa grande" Ordenou em pensamento ao seu companheiro inseparável. Seu grifo.

Sentou na cama e deixou seu olhar varrer o interior do chalé. Viu as poesias que nas paredes estavam recitadas, observou as esculturas em formas de arcos que só serviam como decoração. Talvez seria sua última vez ali e este não iria querer se esquecer do local o qual podia chamar de casa. Sorriu fechando os olhos e agradecendo ao seu pai, levantou-se da cama pronto para a missão.

- Que o sol me acompanhe. - Sussurrou antes de sair do chalé e ser envolvido pelos raios solares.

✸ ✸ ✸

"Acalme-se Folks, ele não fará nada" Disse em pensamento ao seu companheiro que encrava o enorme lobo ao lado de Caleb. O semideus estava fazendo aquilo de novo, olhava para Stephen como se fosse um prato de comida pronto a devora-lo. Stephen sorriu um pouco desconfortado e ergueu o rosto para cima recebendo os raios solares que lhe atingia o rosto. O cassino era o destino que lhes aguardavam, o smideus não sabia oque faria ao entrar naquele lugar, só tinha em mente que não poderia se deixar levar pelas tentações, mas qual seria as tentações que o aguardava?

- Então é isso! - Disse cruzando o braço esperando por novas instruções e lançando um olhar para o outro semideus indecifrável esperando por novas instruções.



falou com CALEB e estava CASA GRANDE.



Equipamentos:

✸ Arco e Flechas de Fogo e Aljavas Infinitas - Sendo os filhos de Apolo extremamente bons usando arco e flecha, está será sua principal arma. As flechas, quando atiradas à luz solar, pegam fogo.

✸ Instrumentos Divinos: Um bracelete em forma de nota musical que se transforma, à desejo do portador, em qualquer instrumento musical. A música produzida pela arma é letal aos inimigos, causando-lhes dano. Mas essa música não afeta quem o portador não quiser que seja afetado

Grifo:

Ele ainda não sabe voar, por enquanto só é um animal de estimação, mas com o tempo, ele cresce e pode fazer coisas incríveis.


The man , with his noble qualities , EVEN carries the indelible mark in the Body of YOUR modest origin
Stephen D. Thompson
avatar
Stephen D. Thompson
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo

Mensagens : 9

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hipnose - Missão para Stephen e Caleb

Mensagem por Belona em Ter Fev 03, 2015 6:48 am


Hipnose


O centauro os encontrou os dois semideuses em frente a casa grande. Ambos estavam prontos para partir. O híbrido entregara-lhes um mapa e avisava. - Argos levará vocês, porém, somente até uma parte do caminho. Deixará vocês em St. Louis e então deverão encontrar alguma forma de seguir caminho. Espero que deem conta. Boa sorte, e que os deuses os acompanhem.

Enquanto o carro andava os garotos decidiam entre eles como iriam seguir a partir de St. Louis. A melhor resposta para esta pergunta foi um ônibus ou algum táxi. Precisavam chegar em algum acordo logo.

Instruções:
- Semideuses, vocês tomam aqui sua primeira escolha:

> Se escolherem o ônibus, a viajem demora mais e vocês deverão parar em alguma cidade próxima de Las Vegas. (Podem dizer, por exemplo, que o ônibus para Las Vegas já havia partido).

> Se escolherem o carro, obviamente será mais rápido, mas haverão de passar por alguns imprevistos. Caso escolherem esta opção, não afirmem já terem chegado, terminem o post ainda na viagem.

- Tem uma semana para postar, ou a missão será cancelada.






Belona
Somente os mortos conhecem o fim da guerra-
avatar
Belona
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 236
Localização : Em toda, e qualquer guerra.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hipnose - Missão para Stephen e Caleb

Mensagem por Hécate em Seg Fev 23, 2015 5:59 pm

Missão cancelada por falta de postagem.


Hécate


Palavras são, na minha nada humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia. Capazes de formar grandes sofrimentos e também de remedia-los.
[...]
A grande magia das coisas está em não entender a importância do que é simplesmente essencial. É não questionar os motivos de sonhar. É não cansar de amar.
avatar
Hécate
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 185

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hipnose - Missão para Stephen e Caleb

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum