The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Ataque Surpresa - Missão para Kyros A. Weisen

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ataque Surpresa - Missão para Kyros A. Weisen

Mensagem por Hécate em Sab Jan 24, 2015 9:04 pm

Kyros, um dentre tantos novos semideuses no acampamento, caminhava pela praia, solitário. Seus olhos negros olhavam para o horizonte, sonhadores, vidrados no ponto onde o sol se punha. Porém, sua tranquilidade acaba quando algo borbulha na água. Primeiramente ergue-se um mostro com membros humanos, garras e focinho de cachorro. Seu pelo liso e lustroso lembrava um leão marinho. Este brandia uma espada. Antes que o semideus pudesse tomar qualquer atitude, um enorme caranguejo emerge das ondas. Suas pinças gigantes poderiam esmagar o mesmo a qualquer instante. O semideus precisava agir imediatamente, antes que alguma catástrofe ocorresse.

Instruções:
- Narre como chegou à praia, fale das suas emoções, e o porque de estar lá, e o surgimento de Telquine.
- Use e abuse da criatividade; Evite o máximo possível de erros ortogáficos.
- Sua missão deve ter obrigatóriamente ao menos 45 linhas.
- Prazo de duas semanas para postar (08/02).
Boa sorte, prole de Hades.



Hécate


Palavras são, na minha nada humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia. Capazes de formar grandes sofrimentos e também de remedia-los.
[...]
A grande magia das coisas está em não entender a importância do que é simplesmente essencial. É não questionar os motivos de sonhar. É não cansar de amar.
avatar
Hécate
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 185

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ataque Surpresa - Missão para Kyros A. Weisen

Mensagem por Kyros A. Máximos em Dom Jan 25, 2015 2:07 pm


Aquele que enfrenta monstros deve tomar cuidado para não se tornar um. E quando se olha muito tempo pro abismo, o abismo de olha de volta



Death is near


NOTES
Nothing

VESTINDO
Roupas comuns

ONDE
camp

COMPANIONS
None



Caminhava pela praia sozinho, na maioria das vezes preferia assim. Não gostava de ficar muito perto dos outros semideuses, era de sua natureza. Então apenas se afastava de tudo e todos e ia até o ponto mais afastado que conseguia. Sua espada de ferro estígio estava, como sempre, embainhada em sua cintura.

O filho de Hades nunca ficava longe dela, sempre a levava para onde quer que fosse, era uma de suas características. Continuou a caminhar em direção ao nada, enquanto seus olhos azuis frios observavam o pôr do sol, aquilo era realmente agradável, a brisa marinha bateu em seus cabelos e o garoto fechou os olhos por um segundo.

Um segundo... tudo que é preciso para arruinar um momento como aqueles é apenas um segundo. Algo começou a emergir da agua, sob o olhar atento de Kyros. Eis que uma criatura que o garoto nunca havia visto antes, seus braços e pernas eram humanos, mas seu rosto porém era canino, seu pelo era castanho liso e engordurado, como o de um leão marinho. Antes que pudesse fazer qualquer outra coisa um outro animal apareceu, um caranguejo enorme surgiu das ondas, com as pinças grandes o suficiente para esmagar o semideus como se ele fosse um simples amendoim.

O garoto suspirou sacando sua espada, a barreira do acampamento realmente não servia pra porcaria nenhuma. Já havia lutado com um leão de Neméia e a Hidra, e agora eram mais monstros que enfrentaria dentro do acampamento, definitivamente falaria com Quírion sobre isso mais tarde.

Girou a espada em suas mãos e avançou contra o caranguejo, este tinha o ponto fraco mais óbvio, suas pinças e boca. Tomou cuidado com os possíveis movimentos do caranguejo e fez um corte bem na articulação de sua enorme pinça, o garoto se afastou e fincou a espada no meio da boca do monstro, e ele se desfez em poeira.

Enfrentar animais pouco inteligentes era fácil, difícil era enfrentar um ser que conseguia manejar uma espada. Avançou contra ele usando sua espada de ferro estigio, tentando causar um golpe no ombro que foi facilmente bloqueado. O oponente usou de seu corpo para empurrar o filho de Hades e o mesmo se desequilibrou por um segundo, tempo mais que suficiente para que seu inimigo atacasse.

O garoto então conseguiu fazer com que o tronco ficasse intangível, fazendo com que o monstro se desequilibrasse e caísse. Kyros se afastou enquanto o monstro se levantava rosnando pra ele, e esboçou um sorriso.

- Que durão. – comentou com um sorriso discreto no rosto. A fera avançou sem racionar, cortando o ar inúmeras vezes enquanto o filho de Hades se afastava, o tronco não estava mais intangível, facilitando um pouco a movimentação do garoto.

Deu vários passos para trás, desviando dos golpes que a fera tentasse causar nele, e então avançou contra o peito da criatura, mirando a lâmina fria em seu coração. A espada do outro bloqueou o golpe e afastou o filho de Hades novamente. Por enquanto aquela estava sendo uma luta muito equilibrada, mas o garoto apenas se divertia com aquilo tudo.

Sabia que aquele era um confronto acidental, e a criatura estava perdida, mas de qualquer forma se aquecia ao lutar com ela, depois de muito tempo de tédio puro. Desviou dos golpes que se seguiram perfeitamente, naquele horário do dia ele começava a se tornar mais ativo, quando a tênue linha entre a tarde e a noite se dissipava, e o céu se tornava alaranjado, seus olhos começaram a ficar roxos enquanto o sol se punha, ele estava completamente na ativa agora.

Respirou fundo deixando o ar do ultimo segundo de sol sair, enquanto o primeiro ar da noite adentrava em seus pulmões. O céu lentamente se tornava púrpura enquanto as primeiras gotas de suor brotavam em sua testa, aquilo era um sinal para que ele parasse aquilo logo.

A fera a sua frente não parecia estar gastando energia com aquilo, na verdade atacava com o mesmo vigor de antes. A fera parecia bem feliz em lutar, como se tivesse esperado por isso.

Kyros começou a ver o mundo de outra perspectiva, os olhos arroxeados analisaram o  oponente muito mais a fundo que os olhos azuis poderiam. Avançou contra ele, tendo dois de seus golpes bloqueados pelo oponente, mas no terceiro arrancou-lhe a mão.

A espada que o monstro segurava caiu na areia enquanto ele dava passos para trás grunhindo irritado. Rosnou para o filho de Hades e começou a tentar acerta-lo com suas próprias garras.

- Lamento. – disse desviando de seus golpes com a mão com certa facilidade, enquanto fechava os olhos, só para abri-los novamente e fazer o monstro se intimidar – mas não sou como você. – a mão do monstro se moveu em direção ao rosto, no que seria um tipo de tapa, mas Kyros se abaixou e aproveitou a brecha para fincar a espada no coração do monstro marítimo que caiu.

Ele não havia morrido, porém não parecia capaz de prosseguir a luta. O semideus se aproximou com um olhar carregado de pena, sentimento desconhecido pela maioria dos filhos de Hades.

- Desculpe. – e fincou a espada na cabeça dele, suspirando. – Que saco, Quírion realmente precisa melhorar as barreiras do acampamento. – dizendo isso terminou sua caminhada na praia, andando em direção ao acampamento novamente, agora com a mente limpa.

Armas e poderes usados:
* Espada de Ferro Estígio:Nas mãos de um filho de Hades é perfeita em precisão e dano. A cada golpe feito em monstros a espada converte o dano do monstro em energia e vida para quem a usa

✝ Aura Sombria. Os filhos de Hades deixam a impressão de que são perigosos e sombrios e raramente se entende o que eles estão sentindo só de olhá-los. Muitos se afastam de seu caminho por ter essa sombra que parece pairar ao redor deles.

✝ Aparência Cadavérica:A pele do filho de Hades é pálida e fria como a de um cadáver. Seus olhos, na escuridão, se tornam roxos e brilhantes. Essa aparência, diante de alguns monstros mais fracos, causa medo e os obriga à hesitar.

✝ Maestria com armas de ferro estígio: O filho de Hades é capaz de manusear armas feitas de ferro estígio como se estivesse treinado séculos com ela.

✝ Eminência: A habilidade Eminência, nada mais é do que uma simples ação que intimida o inimigo, diminuindo sua força e o deixando mais lento. Depois de usado, só poderá ser usado de novo depois de dois turnos.


✝ Intangibilidade Iniciante. Capacidade de diminuir a densidade natural de objetos ou possivelmente a própria pessoa, sendo assim possível atravessar matéria sólida. No nível iniciante é possível apenas deixar intangível uma parte do corpo.

Obra de @LYRA

Kyros A. Máximos
Sem grupo
Sem grupo

Mensagens : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ataque Surpresa - Missão para Kyros A. Weisen

Mensagem por Hécate em Seg Jan 26, 2015 6:57 pm

Crítica:
Kyros, eu acho que você poderia ter usado um pouco mais de sua criatividade, ter sido um pouco mais carismático. Você fez somente o que eu pedi, "bateu cartão" e nada mais. Fez suas lutas breves demais, deixando a missão carente de detalhes, além do fato de você não sofrer nenhum dano, abusando do seu heroísmo.
Ganhos:
- 100 XP's.
- Escudo Negro: um escudo abençoado por Hécate, sendo assim, indestrutível. Transforma-se em um bracelete quando não está em uso. Entalhado nele desenhos em espiral, que confundem o inimigo em batalha.
Perdas:
-50 MP
-50 HP

Atualizado por Héstia


Hécate


Palavras são, na minha nada humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia. Capazes de formar grandes sofrimentos e também de remedia-los.
[...]
A grande magia das coisas está em não entender a importância do que é simplesmente essencial. É não questionar os motivos de sonhar. É não cansar de amar.
avatar
Hécate
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 185

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ataque Surpresa - Missão para Kyros A. Weisen

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum