The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

CCFY - Testando todos os limites

Ir em baixo

CCFY - Testando todos os limites  Empty CCFY - Testando todos os limites

Mensagem por Emmanuelle S. H. Henz em Dom Nov 17, 2019 4:34 pm




Testanto todos os limites
Acho que nada acontece por acaso, sabe?Que no fundo as coisas têm seu plano secreto, embora nós não entendamos.

— Isso é mesmo necessário? — Tori questionou pela decima vez, fazendo Manu revirar os olhos para a amiga.

— Absolutamente — Respondeu testando o solo. As armadilhas tinham sido muito bem preparadas para o treinamento e Manu faria questão de testar cada uma delas antes de tentar matar a outra garota.

— Nossos corpos eram preparados o dela não — Manu suspirou e ergueu o olhar para encarar Tori, a filha de Demeter estava mais séria do que nunca, o que quase – só quase – fazia a morena se arrepender de tê-la chamado para lhe ajudar com o treinamento.

— Os deles também são, de uma forma diferente admito, mas quando aceitamos o juramento de caçada acabamos nos adaptando com os novos treinamentos e ela também vai — Manu sorriu de canto antes de completar. — Eu tenho certeza disso.

— Eu tinha esquecido do quanto você conseguia ser teimosa as vezes...

— Isso tudo é saudades Veghan? — Questionou a mais velha.

— Vá caçar o que fazer Henz e mova logo essa bunda gorda, estou doida para te atingir com todas as minhas flechas — Uma gargalhada gostosa preencheu o ambiente e Tori sorriu ao ver a amiga daquele jeito, afinal ao longo dos anos nunca tinha visto Emmanuelle tão bem.

...

Já era fim de tarde quando as duas terminaram a preparação dos campos, transformando o punho de Zeus em uma armadilha completa de treinamentos. Minas de terra tinham sido estaladas sobre o solo, prontas para explodir ao mínimo contato e envolver o infrator contra uma rede de espinhos dos pés até o joelho. A volta, pedras bem espalhadas atrapalhavam o percurso, pedaços de madeira e raízes tinham sido levantadas e pequenos buracos cavados para fazer o usuário tropeçar. Eram poucos os lugares planos e sem armadilhas, ou seja, o cenário estava perfeito e pronto para matar.

— Pronta para sofrer Henz? — Tori perguntou do alto das pedras no centro da arena.

— Eu nasci pronta baby, de seu melhor — Piscou um olho antes de flexionar os joelhos e se preparar.

Manu estava vestida com roupas de combate negras. O arco estava firme em suas mãos e a aljava presa em suas costas. Tori seria o inimigo dela naquele treinamento e juntas as duas testariam aquela arena. O objetivo de Tori era atingir Manu enquanto ela corria pela arena como alvo principal da garota, tentando não ser pegas por armadilha e rebatendo como pudesse conforme se locomovia pela arena. O principal desafio era sair viva daquela situação.

A caçadora se preparou, sorrindo de um jeito malicioso que fazia Manu ter certeza de que iria sofrer. Seus olhos se encontraram, Tori puxou a corda do arco e o armou com duas flechas antes de atirar, sem dar tempo a Manu de reagir corretamente. A garota rolou para o lado para escapar da primeira flecha e armou o arco atirando contra a segunda numa tentativa de se esquivar.

As flechas ricochetearam e caíram pelo campo, mas Tori já tinha lançado a terceira e Manu foi obrigada a se mover rapidamente para esquerda a fim de desviar. Em meio a isso, Tori lançou outras duas flechas e Manu começou a correr, desviando e saltando por obstáculos que surgiam a frente em busca de brechas para tentar atingir outra caçadora. Elas tinham marcado um ponto entre as roxas e se Manu acertasse aquele ponto em específico derrubaria Tori, encerrando o treinamento. Acontece que a filha de Deméter era durona e não estava dando chance a Manu de atirar.

As flechas vinham em sua direção uma após a outra, a fazendo sofrer para escapar de cada uma delas e evitar as armadilhas ao mesmo tempo. Em dado momento, uma mina explodiu, fazendo Manu pular para o lado a fim de não ser pega pela rede de espinhos. Algo também deixou a brecha perfeita para Tori acertar uma flecha bem ao seu lado.

Manu agarrou o objeto e armou o arco antes de rolar para o lado e se colocar de joelhos, rebatendo mais uma flecha antes de se levantar e continuar a correr. Puxou outras duas da aljava e saltou por sobre uma das rochas antes de atirar a flecha em direção a Tori, que se abaixou para não ser atingida pela morena.

Praguejando, Manu rolou pelo chão antes de se levantar em um salto e voltar a correr. Não podia parar de se movimentar se não quisesse ser atingida, o que era difícil devido a quantidade de armadilhas espalhadas pelo campo. Ela calculou a distância até o ponto que precisava chegar para atingir sua inimiga. Contou as flechas em seu arco e constatou que poderia vencê-la se pudesse zerar sua artilharia. Então sorriu largo, desviou de outra armadilha e pisou em uma das minas.

O resultado foi uma queda tão feia que sua cara se chocou no chão. Manu cuspiu um monte de terra e quando voltou a erguer o olhar viu Tori a encarando com um sorriso malicioso no rosto. A garota nem deu tempo de Manu se levantar, apenas atirou mais uma flecha em sua direção. Fazendo Manu erguer o tronco e usar o arco para romper a gavinha antes de se atirar para o outro lado, desviando da flecha.

Tori lançou mais uma, obrigando Manu a erguer o arco no ar para parar o projétil, que atravessou parte da madeira do arco danificando o metal.  — Merda Tori, eu gostava desse — Resmungou antes de arrancar a flecha de seu arco e notar o buraco enorme sobre a madeira. Pelo menos era um dos de treino ou Manu teria ficado realmente irada com ela.

Ao se levantar Tori já estava armada com sua última flecha e encarava Manu como se tivesse certeza de que não iria errar. Manu sorriu maliciosa, puxou sua própria flecha da aljava e armou o arco antes de começar a correr. Na primeira oportunidade ela atirou, pegou outra e atirou novamente, distraindo sua oponente que procurava o melhor ângulo para lhe acertar.

Tori pareceu ter encontrado esse ângulo em um ponto a frente e ergueu parte do monte de terra, obrigando Manu a acelerar o passo para poder saltar sobre ele. E nesse momento, a garota atirou a flecha, obrigando Manu a puxar a corda do arco e mirar no projétil para evitar ser atingida antes de cair com tudo para o outro lado.

Tori gargalhou da cara de Manu, que se armou com a última flecha no arco, mirou e cálculo aquele maldito ponto e atirou contra a amiga, que se estatelou no chão. A risada de Tori se transformou em um grito conforme ela desabava contra uma das minas. Algo que deixou Manu satisfeita o suficiente para desabar na arena completamente exausta.

...

Uma hora mais tarde Manu e Tori ajustaram tudo no lugar. Recolocaram as armadilhas e remontaram o ponto de equilíbrio sobre o punho de Zeus. Ao terminar testaram mais uma vez a funcionalidade da arena improvisada e quando finalmente se deram por satisfeitas deixaram o lugar.

Tori retornaria ao acampamento das caçadoras, mas Manu voltaria na manhã seguinte e dessa vez acompanhada da garota que seria seu alvo naquele treinamento.

Informações e regras:


• Maisie, nessa primeira etapa do treinamento vamos desenvolver dois pontos cruciais para uma arqueira. Movimentação, agilidade e velocidade. Você nem sempre vai ter um alvo parado para atingir e nem sempre vai estar em segurança enquanto faz isso, portanto é muito importante aprender a se movimentar enquanto atira e durante esse treinamento eu serei a sua oponente. Seu objetivo é tentar atingir o ponto abaixo de meus pés no punho de Zeus. São duas roxas que foram colocadas em um ponto específico e se forem atingidas vão me derrubar, encerrando o treinamento.

• O local é obviamente a floresta do acampamento meio sangue, ou melhor, a campina que divide o ponto seguro do acampamento com a parte mais cruel da floresta (o punho de Zeus). Enchemos a terra com pequenas armadilhas sendo elas:

Minas de gavinha e terra (são como minas explosivas, se pisar em uma elas explodem e fazem raízes se enroscarem em seus pés).
Pedras (Grandes e pequenas espalhadas para dificultar sua movimentação).
Raízes erguidas (Em forma de pinos do jogo polo, enroscam em seus pés para te fazer tropeçar).
Grama escorregadia (Uma parte modificada da grama que prejudica o equilíbrio, te fazendo escorregar).
Eu (Que vou atirar flechas em você o tempo todo enquanto você tenta me atingir).

• Horário: Em torno das sete da manhã.

• Clima: Ameno, nem quente nem frio.

• Você pode tentar atirar em mim de volta e deve usar o arco para isso, o seu próprio ou um modificado.

• O treino vai ser em forma de OP, descreva bem os detalhes e pode usar e abusar do meu desempenho em campo. Eu vou te treinar bem então não vou hesitar em tentar te matar, corra como se sua vida dependesse disso. Terei ao todo 24 flechas no arco para tentar te matar.

• Mínimo de 40 linhas.

• Dúvidas MP.

• Boa sorte.

Habilidade:
Nome: Pericia em movimentos de arqueiro
Descrição: É a capacidade de se mover enquanto atira. Um arqueiro precisa ser ágil e veloz, saltar e atirar ao mesmo tempo. Aprender sobre flexibilidade e ter mira enquanto tenta acertar seus oponentes, afinal ele nem sempre vai estar em segurança. Após o treinamento a semideusa adquiriu tal habilidade, tornando-se mais precisa em seus movimentos.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +40% de velocidade, agilidade e flexibilidade. +20% de chance de atingir seu alvo com o arco quando em movimento.
Dano: +20% de dano a flecha atingir o adversário.
Extra: Nenhum
Kyra



Emmanuelle Sophie Hayes Henz
She smiles and the world changes color
Emmanuelle S. H. Henz
Emmanuelle S. H. Henz
Filhos de Poseidon
Filhos de Poseidon

Idade : 23
Localização : Seguindo em frente..

Voltar ao Topo Ir em baixo

CCFY - Testando todos os limites  Empty Re: CCFY - Testando todos os limites

Mensagem por Maisie De Noir em Ter Dez 03, 2019 9:12 pm

Testando todos os limites
"você simplesmente pode ficar parado ai vendo as coisas acontecerem ou pode tomar coragem e fazer com que aconteçam do seu jeito."
Quando Maisie decidiu passear com sua mascote a um tempo atrás, não imaginou que encontraria com Emmanuelle e muito menos que receberia uma proposta de ser treinada por ela. A resposta positiva havia sido imediata e desde aquele dia a celestial esperava ansiosa pelo próximo encontro entre as duas. Enquanto aguardava, Maisie treinava por conta própria, melhorando aos poucos suas habilidades para que dependesse totalmente dos ensinamentos da outra.

Quando o dia finalmente havia chegado, a celestial acordou sabendo que corria o risco de não chegar ao anoitecer inteira. Preparou-se para o que viria escolhendo roupas que valorizavam seus movimentos e fez uma trança seu cabelo para que não atrapalhasse sua visão. Por fim, muniu-se de seu arco e aljava — as únicas coisas que precisaria para aquela atividade.

No horário marcado encontrou com a ex-caçadora a esperando tão preparada quanto ela mesma. Trocaram poucas palavras antes de que a mais velha conduzisse a ruiva para dentro da floresta. Enquanto andavam, a celestial controlava seu nervosismo distraindo-se com a natureza a sua volta. A floresta estaria silenciosa se não fosse pelos pássaros diurnos que cantavam sua doce melodia. Um sorriso singelo brotou em seus lábios enquanto deixava a melodia a envolver e acalmar.

O Punho de Zeus — um conjunto de pedras empilhadas em uma campina — seria o palco do treinamento e já havia sido previamente arrumado pela outra semideusa. Enquanto ouvia a filha de Poseidon explicar o que fariam, Maisie prestava bastante atenção nas armadilhas postas no chão. O intuito delas era atrapalhar a celestial enquanto corria das flechas da outra arqueira sendo que ela própria tinha que acertar um ponto muito específico nas rochas abaixo da onde Manu dispararia.

— Está pronta? — questionou Emmanuelle de sua posição no alto das pedras.

A filha do amanhecer puxou uma flecha de sua aljava e deu uma última olhada no campo a sua volta antes de se preparar flexionando os joelhos. Saber que a ex-tenente das caçadoras não mediria esforços para acertá-la e conhecendo sua fama com o arco, era compreensível que seu corpo já estivesse preparado para fugir.

— Pronta!

Maisie mal teve tempo de sair do lugar quando uma flecha atingiu o solo onde estivera segundos atrás. Forçando os pés contra o chão, a semideusa buscava uma maior velocidade, contando mentalmente quanto tempo Emmanuelle demorava para armar o seu arco e atirar novamente. No tempo de uma batida de coração a segunda flecha fincou-se no solo na frente de seus pés, desequilibrando-a contra algumas raízes. Seus reflexos não foram rápidos o suficiente e uma delas se prendeu contra seu tornozelo, a fazendo cair em um rolamento.

Ficar parada não era uma opção. Uma flecha passou de raspão em sua orelha, o suficiente para que o ardor em sua pele denunciasse o quão próximo havia sido o disparo. A celestial aproveitou para mirar seu arco e atirar contra Manu, pois precisava de segundos a mais do que a sua inimiga permitia entre os disparos. Levantando em um salto, a semideusa voltou a correr enquanto as flechas choviam próximas de si.

O solo havia sido preparado bem demais e a cada passo errado dado, o ambiente a punia. A grama a desequilibrava em sua corrida a impedindo que conseguisse fazer algo que não  fosse preocupar-se em continuar em pé. Quando conseguiu sair dessa área, puxou mais uma flecha da sua aljava enquanto corria por entre as pedras desviando delas o máximo que podia enquanto Emmanuelle parecia saber exatamente onde ia, lançando suas flechas com exatidão nos pontos onde estivera segundos antes caso não se movesse rápido demais para desviar delas.

A frente havia um local onde as armadilhas não estavam tão juntas, permitindo que a celestial pudesse preparar um disparo. Correndo naquela direção, a semideusa armou seu arco contando novamente o tempo exato entre cada disparo do seu inimigo, fazendo as contas mentalmente de quanto precisaria para mirar e atirar. A garota preparou-se quando chegou ao local onde pretendia e deslizou pela terra diminuindo sua velocidade enquanto erguia sua arma encontrando a ex-caçadora na sua mira.

Puxando a corda de Dusk e prendendo a respiração para não desviar sua flecha, Maisie disparou três flechas em uma rápida sucessão. Duas possuíam Emmanuelle como alvo a obrigando a se defender enquanto sua terceira flecha tinha aquele ponto entre as pedras como destino. Maisie praguejou alto vendo a seta de vibranium ricochetear na rocha e se perder no campo. Aquele não era o melhor lugar para atirar.

Emmanuelle se recuperou rápido do contra-ataque da celestial e antes mesmo que a ruiva pudesse decidir para onde ir, a filha de Poseidon já disparava contra ela. Imaginando que se na lateral onde estava o ângulo não a favorecia para acertar o ponto que daria fim ao treinamento, precisaria prestar mais atenção àquele local em específico para melhorar seu disparo.

Sem tempo para decidir onde iria exatamente, Maisie refez seu caminho agora sabendo onde a maioria das armadilhas estavam. Esse conhecimento lhe dava também mais brechas para disparar contra Emmanuelle. A celestial se aproveitava da vantagem que suas flechas tinham de serem praticamente invisíveis para dificultar a defesa da inimiga, afinal não saberia exatamente onde havia mirado para assim ganhar tempo o suficiente de observar a brecha nas rochas.

O tempo entre cada disparo da ex-caçadora havia aumentado, em compensação Maisie sentia as flechas da outra contra sua pele, passando tão perto que a celestial tinha certeza que se aquela fosse uma disputa real, já estaria morta. Uma mina de gavinha foi acionada a sua frente, a obrigando a saltar para o lado, infelizmente ali havia outra que estava muito bem escondida e inevitavelmente explodiu prendendo a semideusa no mesmo lugar.

Erguendo o arco para ganhar tempo, a arqueira notou que estava no local que buscava. Manu já preparava seu disparo e Maisie fez o mesmo, mas ao invés de mirar na semideusa, sua flecha fez um arco no céu com destino ao ponto entre as rochas, porém Manu conseguiu desviar sua flecha e lançar outra em sua direção.

— Droga — grunhiu a celestial não vendo alternativa além de jogar-se para frente.

Seus pés ainda estavam presos entre as raízes e ao olhar para cima encontrou Emmanuelle pronta para acertá-la. Com um desespero aparente a celestial usou seu próprio arco para quebrar o que a madeira de seus tornozelos e rolar para a grama escorregadia ficando apoiada em um pé e o outro joelho no chão, montando assim a sua base para disparar novamente contra as rochas.

A exclamação de Emmanuelle quando as pedras sob a qual estava apoiada cederam foi a confirmação que Maisie precisava para saber que tinha conseguido concluir o objetivo do treino, finalmente se permitindo respirar aliviada sabendo que nenhuma munição seria disparada em sua direção. Aos poucos os efeitos do esforço começavam a aparecer, desde o cansaço até a ardência dos pequenos cortes que ganhou.



☀:
FPA:
Passivos:

Eos

Nome do poder: Pontualidade II
Descrição: Seu dom tem evoluído e agora a sua noção de tempo tem se expandido, você é capaz de saber exatamente quando é o melhor momento para atacar e isso pode lhe ser bem útil.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Pontualidade III
Descrição: Ataques que lhe exijam sincronia definitivamente não são um problema, pois agora você é mais “pontual” do que nunca.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.


Nome do poder: Perícia com Arcos III
Descrição: O manuseio de arco tem se tornado ainda mais natural e obviamente isso é decorrente de sua constante prática.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: +40% de assertividade.
Dano: +15% de dano da arma.

Nome do poder: Mira Divina
Descrição: Ao nascer e ao pôr do sol, os filhos de Eos/Aurora possuem uma mira quase infalível, pois é nesses horários que sua mãe passa pelo céus abrindo caminho para seu irmão.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: +70% de assertividade.
Dano: +35% de dano.

Éter

Nome do poder:  Precisão
Descrição: É a capacidade que permite ao semideus ter grande foco e atenção aos detalhes, de forma que sempre que realize uma mesma tarefa mais de uma vez o faça com perfeição. Eles aprendem com muita facilidade, e isso permite que dominem armas, resolvem enigmas e descubram alguma coisa de maneira mais rápida e precisa.
Gasto de Mp:  Nenhum
Gasto de Hp:  Nenhum
Bônus: +30% de percepção e inteligência. +20% de descobrir algo. Pode pedir ao narrador uma única pista ao resolver um enigma ou uma charada.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Sentidos Aguçados
Descrição: Os sentidos dos celestiais ao chegarem nesse nível se tornam mais aguçados e apurados.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +25% de melhoria nos cinco sentidos.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Atributos melhorados III
Descrição: O celestial agora está mais evoluído. A experiência em batalhas melhorou ainda mais as suas condições físicas. O semideus seguidor de Éter torna-se ainda mais veloz e esquiva-se com mais facilidade.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% de velocidade e esquiva.
Dano: Nenhum
Habilidade Adquirida:
Nome: A Arqueira
Descrição: Magnólia provou-se corajosa ao permanecer no campo de batalha e lutar com seus aliados mesmo com sua pouca experiência. Demonstrou que sua habilidade com o arco era mais do que suficiente para sobreviver e ajudar aqueles que estavam consigo; deste modo também desenvolveu mais de sua perícia.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +40% de perícia com arco.
Dano: +15% de dano.

Nome do poder: Pericia com Arcos IV
Descrição: O seu manejo se tornou perfeito, os treinamentos realizados por você lhe trouxeram o resultado esperado. Você se tornou um arqueiro, consegue se mover depressa, atirar, e até mesmo usar o arco para se defender, acertando alvos moveis e não moveis, além de conseguir atirar até duas flechas por vez.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +70% de assertividade no manuseio de arcos.
Dano: +35% de dano se a arma do semideus atingir o alvo.

Nome do poder: Tiro Instintivo
Descrição: O semideus desenvolveu uma nova técnica de disparo com o arco: o tiro instintivo, que consiste em disparos muito mais velozes, pois o semideus agora consegue avaliar mais facilmente todos os fatores que contribuem para ele obter um bom disparo, sua técnica com arco se tornou mais orgânica e natural.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +20% de destreza ao usar arco.
Dano: +10% de dano com arco.
Extra: Obtêm a vantagem de ataque no disparo contra o oponente, pois tem uma velocidade de movimento superior.

Nome do poder: Tiro Perfeito
Descrição: Um arqueiro pode se valer de seu treinamento para que cada vez mais obtenha um tiro perfeito. Com exatidão e precisão, você consegue atingir o ponto que você quer e fazer isso repetidas vezes, pois o bom arqueiro usa sua habilidade e não a sorte. Seja pontos críticos, alvos em movimento ou distantes, você consegue analisar e obter sempre o melhor resultado daquele tiro.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +50% de acerto crítico ao usar o arco.
Dano: 15% de dano com arcos.

Nome: Ballet Dancer
Descrição: O ballet é um estilo de dança apropriado para exercitar todo o corpo em uma atividade prazerosa. Além de melhorar a postura, a autoestima e a respiração, o ballet também promove uma melhora na elasticidade corporal e no equilíbrio.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% de elasticidade e equilíbrio.
Dano: Nenhum

Nome: Inteligência Espacial
Descrição: Quem possui a inteligência espacial bem desenvolvida é capaz de compreender o mundo visual com precisão. Isso dá a capacidade de transformar, modificar percepções e recriar experiências visuais até mesmo sem estímulos físicos. Com isso, o semideus portador desta habilidade é capaz de compreender o cenário com mais facilidade e usá-lo como artifício em suas missões ou batalhas.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +10% de inteligência e capacidade visual. +30% de percepção.
Extra: Caso se perca, o semideus consegue se orientar até reencontrar o caminho.
Dano: Nenhum
Extra: Pode pedir ao narrador uma dica sobre o cenário uma vez por ocasião.
Tatuagem:
Afiado | Armas e escudos | Contorno de um coração. | Aumenta a perícia em Arcos em 15%, assim como aumenta o dano em 15% | Pulso direito | Micro | Permanente.
Armas:
• Dusk [Um arco no estilo recurvo, de aspecto simples, mas com ricos detalhes em tons dourados nas suas pontas. O encaixe para a mão é confortável, permitindo uma pegada firme e que raramente vai escapar da mão da arqueira. | Efeito de ligação: Retorna para a dona depois de perdido ou roubado; Efeito de transformação: Pode virar uma pulseira dourada em forma de flecha | Efeito 1: xxx; Efeito 2: xxx | Bônus de forja: +15% de dano; bônus de FPA e lendário: +60 de dano | Efeito lendário: + 30% de dano crítico. | Vibranium | Super Alfa | Rubi imperial: Adiciona 40 de dano a arma. Espaço para 2 gemas | Status 100%, sem danos | Lendário| Forjado por Nikolaev]

• Dawn [Uma aljava feito com material especial, por ser bastante resistente, o que torna difícil o dano. Internamente há imas que atraem as flechas, as mantendo no interior da aljava. Porém, esses imãs não possuem força de atração suficiente para provocar problemas para a arqueira selecionar as suas flechas. | Efeito de ligação: Aparece junto com o arco Dusk; | Efeito 1: Graças a um encantamento de renovação, as flechas começam a renovarem no interior da aljava sempre quando alcança a quantidade restante de 10 flechas, surgindo mais 10 a cada turno. Efeito 2: As flechas da aljava absorveram sangue de górgona e por conta disso tais flechas agora possuem um veneno natural capaz de roubar 15% de HP e MP do alvo atingindo por elas durante o primeiro turno. (Necessário 3 turnos de espera para que o efeito funcione novamente) | Bônus de forja: +15% de dano; bônus de FPA e lendário: +60 de dano | Efeito lendário: + 30% de dano crítico. | Vibranium (flechas) e Material reforçado (aljava) | Super Alfa | Vex – Adiciona propriedade de vento a arma (torna a arma invisível, pois fica com uma camada fina de vento ao redor, que deixa a lâmina praticamente invisível, logo, defender um ataque se torna mais difícil. Ela também fica mais afiada, mais leve, e seus cortes ficam mais profundos e mortais. Adiciona +20 de dano a arma Espaço para 2 gemas | Status 130%, sem danos | Lendário | Forjado por Nikolaev]


LOVE
Maisie De Noir
Maisie De Noir
Líder dos Celestiais
Líder dos Celestiais

Idade : 20
Localização : Palácio Celestial

Voltar ao Topo Ir em baixo

CCFY - Testando todos os limites  Empty Re: CCFY - Testando todos os limites

Mensagem por Melinoe em Qua Dez 04, 2019 1:33 pm


Avaliação

Emmanuelle

Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de recompensa a ser obtida: 20.000 XP - 20.000 dracmas
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%


RECOMPENSAS: 20.000 10.000 XP + 20.000 10.000 dracmas + Habilidade

Maisie

Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de recompensa a ser obtida: 10.000 XP - 10.000 dracmas
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%


RECOMPENSAS: 10.000 5.000 XP + 10.000 5.000 dracmas + Habilidade

Comentários:
Decidi fazer os comentários sobre as duas em conjunto, pois não há nada em específico a ser apontado nos textos. Ambas narrações foram muito bem construídas, com detalhes que prendem a atenção e fazem o leitor visualizar com clareza as ações das personagens. Por bem, juntamente com Hefesto, foi decidido que tanto Emmanuelle quanto Maisie receberão a habilidade, que foi muito bem utilizada dentro das narrativas.

Avaliado sob supervisão de Hefesto.
Atualizadas por Macária.
Melinoe
Melinoe
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários


Voltar ao Topo Ir em baixo

CCFY - Testando todos os limites  Empty Re: CCFY - Testando todos os limites

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum