The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg

Ir em baixo

[MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg  Empty [MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg

Mensagem por Aerin Eslinger em Seg Nov 04, 2019 7:45 pm





missão:

Uma peça para dois
Tem um poltergeist engraçadinho na varanda e ele decidiu que seria muito divertido trancar semideuses lá até que eles o entretenha e façam sua vontade. Acontece que a criatura quer que vocês encenem Romeu e Julieta. Sua missão é entreter o poltergeist com a cena romântica, e você e seu parceiro vão ser os protagonistas!
Requisito – Mínimo nível 1.
Recompensas até: 3.000 XP – 3.000 Dracmas –  4 ossos.


I was filled with poison, but blessed with beauty and rage
Aerin Cerise Eslinger.

Aerin Eslinger
Aerin Eslinger
Filhos de Éris
Filhos de Éris


Voltar ao Topo Ir em baixo

[MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg  Empty Re: [MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg

Mensagem por Oliver Ehlert Nordberg em Seg Nov 04, 2019 8:21 pm

Drugs started feelin' like it's decaf
A velocidade, desde a saída do esconderijo secreto no subsolo da cobra, se acelerou drasticamente. O final da longa passagem, da qual penetrava feixes de luz, o levou para uma rota diferenciada, justamente para a saída estratégica do labirinto. Sem mais adversidades, o rapaz buscou aproveitar a calmaria que se estabeleceu; e todos sabiam o que há antes da tempestade. Do bolso do jeans, aprumou o maço de cigarros e um deles da quantidade total veio ser posicionada dentre os seus lábios.

A calada da noite tornava-se mais intensa. Alternando entre levar o químico à cavidade bucal, o traqueando e extraindo o veneno para o interior de seus pulmões, e guardá-lo dentre os dedos. Conduziu o rumo ao castelo, o ponto central de todo o evento e da área em si. Sua construção puxava a traços medievais, deixando claro as pedras cinzentas que sustentavam as paredes e pilares. Tão colossal, não era possível enxergá-lo em somente uma corrida de olhos.

A curiosidade, dizia o dito popular, matou o gato. Nordberg, em seus descuidos, por pouco não tornou-se estatística desse pensamento. O aroma cancerígeno da fumaça do cigarro misturava-se ao odor pútrido de coisa velha, habitante no espaço interiorano do palácio para as princesas. Em passos lentos, estrategicamente posicionados a fim de evitar contextos como já vividos no mesmo dia, o moreno explorou o local.

As cinzas já haviam se dissipado após minutos de andança ininterrupta. Visualizando o local, encontrou-se de frente a uma placa: não fume em locais fechados. — Okay, anos 80. — Gargalhou para si uma piada sem muita graça e bradada a baixo som, próximo de um murmúrio ao pé do ouvido. Contudo, o organismo necessitava do vício e, consequentemente, do que o sustentava.

Forçou mais os passos dados, influenciando no ritmo ligeiramente adotado. Já não sabia mais para onde ir, sequer lembrava donde veio direito; esses dias têm mostrado-o que tem sérios problemas de memória. Enfim, numa varanda viu o lugar perfeito para acender outro e não pensou duas vezes em fazer. Em longos goles, se foi metade rapidamente.

Em êxtase com as sensações de dever cumprido e desejo saciado, não notou a solidão que não possuía consigo. Estático em um canto qualquer, o mais perto possível da corrente de ar e do exterior, delineou uma silhueta feminina, marcada pelas rasas curvas e fios platinados. Tendo a presença vista, prendeu os olhos na figura a modo de encará-la e analisá-la, assim como a desconhecida o fazia.

Ela solicitou pelo isqueiro em sua canhota. — A princesinha Barbiegirl está sem dinheiro para comprar um Bic qualquer? — Dada em conta o vestuário alheio, o visível comportamento de superior, o sarcasmo da indagação espalhou-se no ar. O Nordberg curvou o canto da boca e estendeu o item pedido. — Toma. — Embora preservasse o semblante de ironia, deu-se ao luxo de fazer o favor.

Feito isso, ao tê-lo devolvido e terminado de fumar o resquício do cigarro, ele tomou a ideia de deixar o local. Até porque, queria estar sozinho acima de tudo e todos. Tomou a rota em direção à porta que levava a sala da varanda e a passagem bloqueou-se. O som do bater da porta aleatoriamente, sem um motivo aparente, ecoou dentro do espaço. — O que foi isso? — Questionou-se. As sobrancelhas franzidas perpassavam a pose desconfiada dele, ao mesmo tempo em que a destra avançava à maçaneta. — Estamos trancados. — Constatou e informou à outra, ainda distante a fazer suas tarefas.

Assim que um riso fantasmagórico preencheu os ouvidos de ambos.  





missão:
Uma peça para dois
Tem um poltergeist engraçadinho na varanda e ele decidiu que seria muito divertido trancar semideuses lá até que eles o entretenha e façam sua vontade. Acontece que a criatura quer que vocês encenem Romeu e Julieta. Sua missão é entreter o poltergeist com a cena romântica, e você e seu parceiro vão ser os protagonistas!
Requisito – Mínimo nível 1.
Recompensas até: 3.000 XP – 3.000 Dracmas –  4 ossos.


Última edição por Oliver Ehlert Nordberg em Qua Nov 06, 2019 11:15 am, editado 2 vez(es)


I paced around for hours, I'm empty. I jumped at the slightest of sounds And I couldn't stand the person inside me. I turned all the mirrors around.
Oliver Ehlert Nordberg
Oliver Ehlert Nordberg
Guardiões das Hesperides
Guardiões das Hesperides

Idade : 21
Localização : Long Island, NY.

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg  Empty Re: [MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg

Mensagem por Aerin Eslinger em Ter Nov 05, 2019 3:54 am





I was filled with poison, but blessed with beauty and rage
Aerin Cerise Eslinger.

Aerin Eslinger
Aerin Eslinger
Filhos de Éris
Filhos de Éris


Voltar ao Topo Ir em baixo

[MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg  Empty Re: [MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg

Mensagem por Oliver Ehlert Nordberg em Ter Nov 05, 2019 9:12 pm

Drugs started feelin' like it's decaf
A reação por ela dita, diante ao sarcasmo do rapaz, não correspondia às expectativas. Ao que tudo indicava, o adjetivo dado soava mais como um elogio do que outra coisa. Nordberg, a princípio, estranhou e teve a feição fechada por este motivo. Mas, segundos a frente, fez o típico movimento dos ombros. Para ser sincero, de modo algum incomodou-se com isso, algo ficou visível naquele ato da peça. Por sua vez, Aerin não permitiu-se em ouvir palavras à toa sem dar uma digna resposta.

— Boa. — Comentou ele depois da réplica. Ainda fazia uso da linguagem sátira, além de não ter se prezado a prestar muita atenção na fala. Seria este o início de uma amizade tóxica, a qual é super desvalorizada nos últimos anos na internet? Não. O que os unia momentaneamente era o isqueiro emprestado por um e usado por outro. Depois disso, cada um tomou o próprio espaço, moveu para um canto e findaram pelo seu contato.

Isto é, devia ser o que pensavam.

Como todo conto vê-se com a necessidade ter uma hora em que há uma reviravolta, assim atingindo o ápice total do conteúdo, não era este episódio que seria diferente. A única rota de acesso, como de saída, tornou-se bloqueada após uma corrente de vento. O som da batida despertou os sentidos e levaram-os à porta, assim perceberam que não tinha como sair.

A intuição de Oliver possuía o poder de sempre estar certa. O devaneio, o dito cujo que o obrigou a olhar para as costas, o fez encontrar-se com uma criatura. Uma aparição fantasmagórica sob a aparência de uma jovem criança, nem uma década aparentava ter. — Outro fantasma. Meu pai. — Familiarizado com o reino dos não-vivos e com os habitantes deles, os espíritos errantes correlacionavam-se a ele, apesar de Melinoe os ordenar. — Só posso estar em um filme dos Ghostbusters. — A personalidade cinéfila mostrou-se em todo o evento em comemoração ao dia das bruxas, o Halloween; não era a primeira referência que fazia.

A cria submundana permaneceu em todo o enredo, mesmo que não fosse sua vontade ainda situar-se na sala da varanda. Os braços entrelaçados acerca do peito e a sola do pé batendo frequentemente no chão, dois símbolos padrões a declarar impaciência. A filha de Éris rebaixou-se o bastante para discutir com uma criança. O responsável pela prisão devia ser ele, o poltergeist, tendo em vista que fazia questão de reclamar a todo instante a respeito das cinzas pisoteadas.

Antes que a de fios platinadas pudesse proferir mais alguma coisa, prevendo ele que palavras rudes surgiriam dentre os finos lábios rosados de sua boca, o Nordberg a capturou por um dos pulsos e fez sinal de silêncio. Chegou a hora dos adultos lidar com o pequeno teimoso. Em toda conversa formal, apresentou tanto a si mesmo como desgraça em pessoa, inicialmente o perguntando como era chamado. Arthur, assim o nomeavam. O mais velho permaneceu sendo a voz mais ativa da conversa, por fim, oferecendo um acordo: se os dois divertissem o poltergeist por um tempo, poderiam ir embora.

Por mais que fosse inusitado, o poltergeist tinha apreço por romances clássicos, especialmente os escritos e publicados no nome de William Shakespeare. A obra solicitada para interpretação e atuação era Romeu e Julieta, para variar. O bastardo ainda deu-se ao luxo de exigir, colocando Oliver como Julieta e Aerin como Romeu. — Certo… Tudo bem. — Contorceu o canto da boca, pensativo. Nesse instante, os globos dos atores se encontraram. — Vamos ensaiar ali no fundo. — Solicitou a presença dela em uma distância segura para conversar a sós, sem a influência dos pensamentos do menino.

— A cena final, é esta que faremos. — Sem rodeios, tomou a seriedade nos murmúrios. A ideia no geral não era extensa e podia ser feita em questão de minutos, afinal, pouca paciência nele habitava. — A que Romeu encontra o corpo de Julieta, julga estar morta e se mata em seguida. — Nas aulas de literatura do ensino médio, Oliver teve de fazer a leitura e uma tarefa sobre o romance, mas ocorreu que necessitou esforçar-se para lembrar destes capítulos.

Toda os preparativos se findaram-se, ou seja, tinham o suficiente para desenvolver a passagem. Não havia quem interpretasse o terceiro personagem, o Frei, então ficava a cargo do par de protagonista recitar como um monólogo.

Oliver, ou melhor dizendo, Julieta fingia-se de morta. Estirada ao chão, a feição pálida, a pele fria, não reagia de modo algum aos toques desesperados de Romeu em pranto com a perda. Ele, instigado a ter o mesmo fim de sua amada, ingeriu as últimas gotas do líquido no frasco de veneno; uma garrafa de água mineral. Desfalecido, seu corpo tombou logo ao lado de Julieta, que minutos depois, levantou-se e revelou beber uma poção sonífera. A mesma sorte não teve Romeu que sacrificou a própria vida a um mundo que não poderia viver sem ela. Sem pensar duas vezes, com as laterais do rosto caindo em lágrimas, Julieta deu por fim a linha de sua existência ao cravar a adaga em seu ventre; Oliver posicionou-se de forma que perspectiva do poltergeist tivesse a impressão que realmente se apunhalou.






missão:
Uma peça para dois
Tem um poltergeist engraçadinho na varanda e ele decidiu que seria muito divertido trancar semideuses lá até que eles o entretenha e façam sua vontade. Acontece que a criatura quer que vocês encenem Romeu e Julieta. Sua missão é entreter o poltergeist com a cena romântica, e você e seu parceiro vão ser os protagonistas!
Requisito – Mínimo nível 1.
Recompensas até: 3.000 XP – 3.000 Dracmas –  4 ossos.

Poderes:
Passivos:

Nível 5
Nome do poder: Pele Fria
Descrição: Os filhos de Hades/Plutão são naturalmente gelados, sua pele se assemelhava a temperatura de um cubo de gelo, e ao tocarem o inimigo – por estarem gelados – podem causar certo atordoamento.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ao tocar o inimigo - o fazendo sentir sua temperatura - pode deixa-lo atordoado, o fazendo querer recuar. (Seria o mesmo que tocar um morto).
Dano: Nenhum


Nível 7
Nome do poder: Comunicação Fantasmagórica
Descrição: Os filhos de Hades/Plutão conseguem ver e falar com mortos, fantasmas e espíritos. Porém não os comanda ou pode dar ordens.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Pode conseguir informações com fantasmas e mortos, por ser capaz de entende-los.
Dano: Nenhum


I paced around for hours, I'm empty. I jumped at the slightest of sounds And I couldn't stand the person inside me. I turned all the mirrors around.
Oliver Ehlert Nordberg
Oliver Ehlert Nordberg
Guardiões das Hesperides
Guardiões das Hesperides

Idade : 21
Localização : Long Island, NY.

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg  Empty Re: [MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg

Mensagem por Aerin Eslinger em Qua Nov 06, 2019 12:59 pm





I was filled with poison, but blessed with beauty and rage
Aerin Cerise Eslinger.

Aerin Eslinger
Aerin Eslinger
Filhos de Éris
Filhos de Éris


Voltar ao Topo Ir em baixo

[MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg  Empty Re: [MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg

Mensagem por Elena C. García em Qua Nov 06, 2019 4:06 pm


Aerin & Oliver


Valores máximos que podem ser obtidos


Máximo de recompensa a ser obtida: 3.000 XP – 3.000 Dracmas –  4 ossos.
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Aerin

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 17%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%
Recompensa obtida: 2.910 XP e dracmas - 4 ossos

Oliver

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%
Recompensa obtida: 3.000 XP e dramcas - 4 ossos

Atualizado por Hades;
Elena recebe 400 de xp/dracmas + 4 ossos.





Elena Castillo García

Filha de Afrodite ⋆ Legado de Marte ⋆ Rainha das Amazonas
Elena C. García
Elena C. García
Rainha das Amazonas
Rainha das Amazonas

Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg  Empty Re: [MF] Aerin Eslinger e Oliver Ehlert Nordberg

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum