The Blood of Olympus

[Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

[Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann - Página 2 Empty Re: [Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann

Mensagem por Anfitrite em Sab Out 26, 2019 1:08 pm


Cura

Valores máximos que podem ser obtidos


Máximo de recompensa a ser obtida: 4.000 xp e dracmas + 1 ossos
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Kissa e Natsuki
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%
Recompensa obtida: 4.000 xp e dracmas + 1 ossos

Magnolia e Frieryat recuperam HP e MP



Anfitrite
Anfitrite
Anfitrite
Deuses Menores

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann - Página 2 Empty Re: [Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann

Mensagem por Frieryat Börh Hoffmann em Sab Out 26, 2019 4:03 pm



Rolando dados para Cabeça de Abóbora

Informações

Cabeça de Abóbora
Descrição: Um espantalho com cabeça de abóbora e mãos de galhos secos. Seus corpos de palha e camisas xadrez com calças cáqui são muito mais sinistros do que a maioria de vocês poderia esperar. Nunca subestimem criaturas como estas, pois podem acabar sendo gravemente feridos se não tomarem cuidado.

Poderes Passivos
Imunidade Mental: Estes espantalhos não possuem cérebro, portanto, nenhum poder de controle mental funciona com eles.
Imunidade Emocional: Eles também não possuem sentimentos, logo, nenhum poder que provoque medo, desejo ou pena funcionam com essas criaturas.
Imunidade à Dor: Eles não possuem sistema nervoso e, por isso, não sentem dor, sendo completamente imunes a isto.

Poderes Ativos
Vômito Viscoso: Estes espantalhos possuem a capacidade de vomitar sementes de abóbora extremamente escorregadias. Esteja atento para não cair no chão.

Status: 1.500 HP e MP
Nível Mínimo para um semideus enfrentar: 5
Recompensa máxima a ser obtida: 1.000 xp e dracmas + 1 osso

Dados

Dados de Dano dos Peões (Labirinto de Dédalo):
1. - 50% de HP.
2. - 25% de HP.
3. - 10% de HP.
4. Nenhum dano sofrido.
5. - 05% de HP.
6. - 15% de HP.
7. - 30% de HP.
8. - 45% de HP.

cabeça de abóbora






frieryat
† the wizardry rainbow of death †
† arcadia's defensor †


Frieryat Börh Hoffmann
Frieryat Börh Hoffmann
Ceifadores de Thanatos
Idade : 21
Localização : Se não me engano, você teria aula hoje. De fato, chegamos a nos encontrar. Posteriormente, os alunos (e muitos) te procuraram.

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann - Página 2 Empty Re: [Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann

Mensagem por Narrador Principal em Sab Out 26, 2019 4:03 pm

O membro 'Frieryat Börh Hoffmann' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Labirinto de Dédalo' : 5, 8
Narrador Principal
Narrador Principal
Deuses Olimpianos
Idade : 25
Localização : Por ai
http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann - Página 2 Empty Re: [Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann

Mensagem por Frieryat Börh Hoffmann em Dom Out 27, 2019 6:05 pm

labirinto de dédalo

O que vamos fazer hoje, Pinky??
Vamos lutar contra um cabeça de abóbora, Cérebro.
Depois que as duas filhas de Apolo curaram ela, Magnólia e seus pets, e se despediram, Frieryat fez o mesmo com a ruiva, pedindo que ela tivesse cuidado em seu caminho, e afirmando que daria um jeito de sair dali o mais rápido possível. O chie havia parado de voar, e caminhava ao lado da ceifadora, enquanto Rhysand ia mais à frente, andando quase encostado na parede a fim de se recuperar dos danos sofridos.

Ela, diferente dos animais, se sentia revigorada e inteira. Já podia ouvir perfeitamente e estava pronta para outra. Frieryat e seus mascotes andavam juntos, na mesma velocidade, dobrando aqui e ali quando tinham a oportunidade de se livrarem de mais um corredor. A penumbra ia aumentando à medida que caminhavam, como se a quantidade de tochas por corredor estivesse diminuindo. Tanto que Rhysand foi o primeiro a ver a coisa. E Frieryat foi a segunda. Segurando o cabo da Julgadora com força, ela daria tudo para ter um daqueles anéis de Magnólia, e fez uma nota mental para tentar comprar um quando tivesse a oportunidade.

O espantalho com cabeça de abóbora parecia um boneco torto e bobão, mas Frieryat já havia aprendido bem que as aparência enganam. Antes que a ceifadora pudesse fazer qualquer coisa, Wëdir voou em direção ao cabeça de abóbora e abocanhou um de seus braços com força, conseguindo arrancar alguma palha de dentro dele. A criatura sequer gritou, como se nem tivesse sentido o que acabara de acontecer, mas ainda assim balançou o braço para se livrar do chie que foi arremessado, mas conseguiu se recuperar voando antes de bater em alguma parede.

Wëdir, volte aqui! – Ordenou ela para o chie, que voou de volta para perto dela e desceu até o chão, prostrando-se ao lado da dona.

E enquanto ela puxava sua varinha, Rhysand não esperou e correndo à frente de Frieryat e de Wëdir, criou pequenos filetes de ossos a partir de seu exoesqueleto, atirando-os direto na direção do cabeça de abóbora, que começou a avançar em direção ao Shadow. Eu realmente preciso adestrar esses dois. Que inferno!

Olhem, vocês dois, fiquem quietos – resmungou ela, apontando a varinha para a criatura. — Ah, mas você não vai chegar perto do Rhysand mesmo, seu feioso. Cadent! – Conjurou por fim, observando o espantalho ser empurrado para trás.

E enquanto voava para trás por causa do feitiço lançado, o espantalho vomitou várias sementes de abóbora que melecaram o chão inteiro. Mas que merda é essa? Se perguntou ela, correndo em direção ao espantalho com a foice em punhos, mas ao pisar onde as sementes começavam a se espalhar pelo chão, ela escorregou, caindo de bunda no chão. — Fiquem bem aí! – Falou, em direção aos mascotes que faziam menção de ir ao seu auxílio. Então ela levantou, suas nádegas doíam, também suas pernas e suas costas. Levantar foi um pouco complicado, e agora seu short estava inteiramente molhado. Por hora ela não conseguiria se aproximar do espantalho, que já havia se levantado. Precisava pensar numa outra maneira. E enquanto ela pensava, pequenos ramos da cabeça de abóbora começaram a crescer em direção à ela e aos mascotes.

E eu pensando que as sementes eram o único problema… – Resmungou, olhando para Rhysand e Wëdir. — Para trás os dois! – E ambos obedeceram, dando passos lentos para trás.

O chie latia enquanto a raposa apenas rosnava, num silvo baixo. O barulho que emitiam fazia com que a ceifadora ficasse nervosa, e mais ainda que os ramos cresciam em sua direção. Antes que os pequenos galhos verdosos a alcançassem, a rosada arremessou sua foice em direção ao cabeça de abóbora, atingindo a região de seu peito. A criatura vomitou pela segunda vez, duplicando a quantidade de semestes gosmentas que tomavam conta do chão, e fazendo-as alcançar mais longe.

Para trás! – Gritou ela para os mascotes, segurando a foice que voltara para ela. Agora os dois rosnavam, Wëdir intercalando rosnados e latidos violentos que Frieryat só iria entender o porquê depois.

Mas não muito depois. Sentiu algo parecido com cordas agarrando seus tornozelos, só que o que quer que estivesse segurando-a, era mais macio do que cordas. E então ela se fez o fazer de olhar para baixo. Ah meus deuses… Mas que merda é essa? Antes que ela pudesse ter qualquer outra reação, foi puxada violentamente contra o chão, caindo por cima do braço que segurava a varinha. Uma dor que ela nunca havia sentido antes tomou conta de seu corpo, e seu grito ecoou pelo corredor. Os ramos do cabeça de abóbora começaram a puxá-la, e ela deslizava sobre as sementes vomitadas no chão.

A situação de seu braço a fazia perder um pouco a noção do que fazer em seguida, mas mesmo com a visão embaçada pelas lágrimas que enchiam seus olhos e escorriam por seu rosto, ela via que o cabeça de abóbora estava puxando-a para mais perto dele. Ela só ia precisar de um chance de atacá-lo com a foice. Contudo, Frieryat não conseguia parar de chorar. A dor era quase como uma corrente elétrica, percorrendo todo o seu corpo, fazendo-a ter espasmos e perder algumas coisas pelo caminho, como sua varinha, que ela estava certa de ter largado na mesma hora em que caiu com tudo sobre o braço. A única coisa que ela ainda segurava de maneira firme era sua foice. Sua melhor arma.

Seus mascotes não paravam de rosnar. Eles trabalhavam em conjuntos, e Rhysand criou uma pequena adaga de sombras, que foi atirada direto no peito da criatura, no lugar onde ficaria seu coração, se ele tivesse um. E Wëdir vinha voando, pronto para abocanhar o espantalho mais uma vez, e assim o fez, mordendo o outro braço. A ação distraiu a criatura mais do que a faca da raposa, e era o momento para que a ceifadora conseguisse atacá-lo com sua foice.

Enquanto ela manejava a Julgadora para acertar o espantalho, a criatura balançava o braço onde o chie estava pendurado pela boca, fazendo o animal voar longe.

WËDIR! – gritou ela, identificando apenas o par de asas dele.  Era difícil segurar a foice e tentar acertá-la na criatura sem ter nenhum tipo de apoio.

Seu braço estava inutilizado, e era aquilo que deixava a situação pior do que já era. Deitada, machucada e sem suporte. Foi preciso apoiar o cabo da foice no chão, tomando cuidado para não deixá-la deslizar pelas sementes vomitadas, para enfim conseguir deslizar a lâmina contra o corpo do espantalho. Por sorte ela conseguiu atingi-lo e um bom punhado de palha foi espalhado sobre seu corpo. O chie voltou voando para perto dela, tranquilizando um pouco seu coração.

O cabeça de abóbora vomitou mais uma vez, agora em cima da ceifadora, que soltou um grito de dor e frustração, e manejando sua foice, acertou a criatura pela segunda vez. Os ramos em seus tornozelos afrouxaram, soltando-a e a criatura caiu inerte no chão.

Mas Frieryat não conseguia se levantar e Wëdir já estava ao seu lado, e Rhysand começou a caminhar na direção dos dois, ainda com todas as sementes espalhadas pelo chão.

Rhys, venha devagar e com cuidado, por favor. – Pediu ela, entre soluços.

Talvez pela dor na voz da dona, a raposa a obedeceu, caminhando vagarosamente até ela, que observava o próprio braço. Mas que merda, resmungou mentalmente, observando o desnível em seu membro. Tinha certeza que o osso estava quebrado. Pouco depois o Shadow finalmente alcançou os outros dois, e rapidamente começou a lamber o braço quebrado da ceifadora.

Pode dar um jeito nisso, amigo?

Wëdir observava atentamente enquanto Rhysand lambia o local, concentrado apenas no braço de Frieryat. Aos poucos, o desnível que antes era perceptível diminuía, mas a sensação do osso quebrado sendo empurrado, suas ponta se tocando, aquilo causa uma dor quase excruciante. Quando o Shadow finalmente parou de lambê-la, ele parecia exausto e aquilo preocupou a ceifadora. Ela não podia mais deixar que ele usasse seus poderes por um bom tempo.

Seu braço ainda doía, o que a fez pensar que o efeito não havia sido completo e ainda havia algo de errado com seu osso, mas mesmo assim, ela se levantou, andando devagar para não cair de novo, esperando que a Julgadora se tornasse novamente um bracelete em seu braço direito e foi procurar sua varinha entre as sementes. Quando finalmente a encontrou, tirou o próprio colar do pescoço, observando a varinha virar um pequeno pingente, e pendurou-o no objeto, junto com sua maça. Tendo suas devidas armas consigo, ela tomou a raposa em seus braços, mesmo contra a vontade dele e acariciou sua cabeça.

Fique quieto e só aceite que eu te carregue, tudo bem? – Disse ela suavemente, seu braço esquerdo ainda latejando, e olhou para Wëdir. — Vamos, Wëdir. Precisamos sair daqui.

E com os dois, a ceifadora foi caminhando pelas sombras, buscando de alguma forma se sentir melhor.


Situação

Frieryat
HP
400 - 5% (queda) = 380 - 45% (braço quebrado) = 209 + 30% (Osteocinese da Raposa de Arcádia, não considerei efeito completo, assim como não considerei o MP completo de gasto do mascote) = 272 (arredondado) + 40 = 312 + 40 = 352
MP
400 - 10 = 390 - 15 = 375 + 25 (das curas usadas, mas que não precisou dos 40 de cada) = 400

Rhysand
HP
81/150
MP
40/150

Wëdir
HP
88/170
MP
110/170

Informações:
FPA linkada ao perfil
Arma:
• Julgadora [Uma bonita e grandiosa foice toda feita de material negro enquanto sua lâmina, prateada, dizem ser feita de adamantino. É uma arma pesada nas mãos de qualquer outro semideus que ouse empunhar a arma mas tende a se tornar leve nas mãos dos ceifadores afinal, a foice sempre foi uma das marcas registradas de seu mestre. | Efeitos mecânicos: Se torna um bracelete quando não está sendo utilizada. Para ativar a arma, gire o pulso duas vezes em sentido horário para que o cabo comece a se desprender de seu pulso e cresça até se tornar a arma que é. | Cortes realizados por esta arma recuperam o HP de seu portador em 10% do dano causado.| Resistência Beta | Espaço para uma gema | Status: 100%, sem danos | Nível 3. | Lendária |Presente de reclamação dos Ceifadores de Thânatos]
• Varinha HP [Uma varinha de 12 ¾cm de comprimento. Feito de Corda de Coração de Dragão. Feito de sicômoro e arambarium é um ótimo item para qualquer praticante de magia. | Efeito de transformação: Pode virar um pingente em uma versão menor da própria varinha | Efeito 1: Aumenta em +30% as chances de sucesso ao lançar um feitiço, auxiliando quando o inimigo for aparentemente mais forte. Esse efeito também diminui o gasto de energia ao usar feitiços em 25%. | Madeira Reforçada e Arambarium | Beta | Espaço para uma gema | Status: 100%, sem danos | Mágico | Comprado no Pandevie Magie]
Mascotes:
Rhysand:

Poderes
Nível 1
Nome da habilidade: Visão Trevosa
Descrição: Shadow é uma raposa ligada às trevas e às sombras, logo, em situação de escuridão parcial ou total sua visão não é prejudicada, e ele consegue enxergar perfeitamente. Sua visão é afetada apenas em casos de escuridão causada por magias de nível mais altos que o da raposa.
Tipo: Passivo.
Dano: Nenhum.
Bônus: É capaz de enxergar através de magias de invisibilidade, e consegue detectar inimigos escondidos nas sombras.
Extra: +20% de percepção.

Nível 2
Nome da habilidade: Umbracinese
Descrição: Por causa de sua ligação com as trevas, Shadow é capaz de manipular as sombras com facilidade, podendo formar pequenas armadilhas ou armas de lâminas curtas ou dardos. Só consegue moldar uma forma por turno.Tudo aquilo formado pelas sombras pode ser desfeito ou enfraquecido por Poderes de Luz.
Tipo: Ativo.
Dano: -5HP em caso de armadilha de sombras, -10HP em caso da vítima ser acertada por uma arma.
Gasto de MP: 10MP por turno

Nível 6
Nome da habilidade: Osteocinese
Descrição: Graças ao exoesqueleto exposto em seu peito, Shadow possui a capacidade de manipulação óssea. Assim ele é capaz de criar, moldar e manipular os ossos dessa região. Ele também é capaz de criar ou recuperar ossos para outros seres, mas precisa que haja afinidade entre Shadow e o outro.
Tipo: Ativo
Gasto de MP: -50MP
Dano: -20HP para quem for atingido pelos ossos de Shadow.
Extra: Pode recuperar ossos quebrados de pessoas em quem ele confia, como seu/sua dono(a)
Wëdir:

Poderes
Nível 5
Nome da habilidade: Asas II
Descrição: O seu pet finalmente aprendeu a usar as asas, elas cresceram, o deixaram mais forte, e isso significa que você o treinou bem. Continue incentivando seu bichinho a aprender novas técnicas, assim, ele sempre vai ter total domínio de seus poderes.
Tipo: Ativo
Dano: Nenhum
Bônus: Pode voar livremente.

Nível 6
Nome da habilidade: Mordida Voraz I
Descrição: Chie possui dentes fortes e afiados, e receber uma mordida dele pode ser doloroso. Seus dentes são revestidas por um material mágico e indestrutível. Nesse nível ainda não perfuram tão fundo, mas podem causar estrago para a pele do inimigo.
Tipo: Ativo
Dano: 20 HP
Bônus: Nenhum
Poderes Passivos:

Hécate
Nível 19
Nome do poder: Cura Noturna III
Descrição: Bastam os raios da lua ou as sombras para que seus ferimentos comecem a se fechar e criarem uma casca preta, como de uma ferida, feitas de pura energia negra, você aprendeu a lidar com elas, e agora as feridas mais fundas se fecham mais rapidamente, e as mais leves se curam por completo. Uma grande parte de sua energia também será restaurada.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Recupera +40 HP e +40 MP
Dano: Nenhum

Nível 20
Nome do poder: Pericia com Varinhas II
Descrição: Você evoluiu conforme o esperado, e agora já entende a importância da varinha na sua vida, tanto para reduzir danos relacionados a magia, como para usá-la em batalha. Seu manejo se tornou ainda melhor, e agora seus movimentos se tornaram mais precisos.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +50% de assertividade ao lutar com essa arma. O semideus que usar a varinha para executar o feitiço, reduzindo o gasto de MP pela metade, assim sendo, um feitiço que gasta 10 MP para ser realizado, na posse de uma varinha só gastaria 5 MP. (O semideus deverá lançar o feitiço pela varinha, ou o gasto ainda será o mesmo).
Dano: +10% de dano se for acertado pela magia da varinha.

Thanatos
Nível 10
Nome do poder: Perícia com Foices II
Descrição: Sendo a foice o instrumento característico da morte, os seguidores desta possuem maior facilidade a aptidão no manuseio da arma em questão. O objeto em suas mãos é manobrado de maneira mais fácil e precisa, tanto ofensiva quanto defensivamente. Aqui, o ceifador já melhorou um pouco mais a habilidade.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: 30% de assertividade no uso da foice.
Dano: +20% de dano ao ser acertado pela foice de um ceifador.

Nível 14
Nome do poder: Cura Sombria II
Descrição: Ao entrar em contato com as sombras (é necessário um ambiente escuro, como um quarto durante a noite etc) automaticamente os ceifadores sentem-se melhor, passando ter o corpo curado. Porém em tal nível é impossível curar ferimentos grandes ou cortes profundos. É necessário ressaltas que sombras criadas pelo próprio semideus não irão cura-lo. Só pode ser usada a cada 3 turnos;
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Recupera 40 de HP e MP.
Dano: Nenhum.

Nível 16
Nome do poder: Visão Noturna II
Descrição: Acostumados com a escuridão, os ceifadores possuem facilidade em enxergar em meio a esta. Entretanto, nesse nível, sua visão alcança até 40 metros à sua frente.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.
Poderes Ativos:

Hécate
Nível 5
Feitiço: Cadent
Descrição: Serve para empurrar ou derrubar pessoas, coisas e criaturas.
Gasto de Mp: -20 de MP. -10 de MP (Perícia com Varinhas II)
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Caso seja realizado durante a lua nova, há uma chance de +30% de que ele funcione corretamente.
Dano: -10 de HP.
Extra: Com certo treino, pode ser usado de forma não verbal.

Thanatos
Nível 8
Nome do poder: Arremesso de Foice
Descrição: Uma habilidade especial que permite ao ceifador lançar sua foice, que irá girar e atingir seu alvo, retornando para sua mão ao fim do movimento.
Gasto de Mp: 15 de MP.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: 10% de dano extra.
Extra: Se a força do inimigo for maior do que a determinação do ceifador, a foice pode ser segurada pelo adversário.








frieryat
† the wizardry rainbow of death †
† arcadia's defensor †


Frieryat Börh Hoffmann
Frieryat Börh Hoffmann
Ceifadores de Thanatos
Idade : 21
Localização : Se não me engano, você teria aula hoje. De fato, chegamos a nos encontrar. Posteriormente, os alunos (e muitos) te procuraram.

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann - Página 2 Empty Re: [Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann

Mensagem por Héstia em Seg Out 28, 2019 12:23 am


Frie

Valores máximos que podem ser obtidos


Máximo de recompensa a ser obtida: 1.000 XP – 1.000 dracmas – 1 osso
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Recompensa obtida: 1.000 XP – 1.000 dracmas – 1 osso

Cada mascote ganha 100 XP. Wedir ganha 1 nível de lealdade.



Héstia...
Some peoples with brave, some peoples something good!
Héstia
Héstia
Deuses Menores
Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann - Página 2 Empty Re: [Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann

Mensagem por Frieryat Börh Hoffmann em Seg Out 28, 2019 7:22 am



Rolando dados para Quimera

Informações

Quimera
Descrição: Diferente das criaturas da mitologia as quimeras que circulam pelo labirinto apenas têm em comum o fato de que são formadas a partir de outros monstros e… talvez até de humanos e semideuses. Geralmente são raivosos e não tem tempo para conversas.

Poderes Passivos
Couraça: Todo o corpo desta criatura é bem resistente porque ela foi mergulhada em alguma substância desconhecida que fortificou sua pele.
Venenoso: Por algum motivo, as mordidas de tal criatura inoculam um veneno corrosivo. Ainda não se sabe a causa, mas pode ser letal.

Poderes Ativos
Cuspidor de fogo: A criatura é capaz de criar colunas de fogo de até 2m e comprimento e 30cm de diâmetro.

Status: 3.200 HP e MP
Nível Mínimo para um semideus enfrentar: 10
Recompensa máxima a ser obtida: 2.500 xp e dracmas + 2 osso

Dados

Dados de Dano dos Peões (Labirinto de Dédalo):
1. - 50% de HP.
2. - 25% de HP.
3. - 10% de HP.
4. Nenhum dano sofrido.
5. - 05% de HP.
6. - 15% de HP.
7. - 30% de HP.
8. - 45% de HP.

quimera






frieryat
† the wizardry rainbow of death †
† arcadia's defensor †


Frieryat Börh Hoffmann
Frieryat Börh Hoffmann
Ceifadores de Thanatos
Idade : 21
Localização : Se não me engano, você teria aula hoje. De fato, chegamos a nos encontrar. Posteriormente, os alunos (e muitos) te procuraram.

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann - Página 2 Empty Re: [Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann

Mensagem por Narrador Principal em Seg Out 28, 2019 7:22 am

O membro 'Frieryat Börh Hoffmann' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Doces ou travessuras' : 2, 4
Narrador Principal
Narrador Principal
Deuses Olimpianos
Idade : 25
Localização : Por ai
http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann - Página 2 Empty Re: [Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann

Mensagem por Frieryat Börh Hoffmann em Ter Out 29, 2019 1:27 pm

labirinto de dédalo

O que vamos fazer hoje, Pinky??
Vamos lutar contra uma quimera, Cérebro.
Frieryat caminhou pelas sombras com Rhysand em seus braços e Wëdir voando ao seu lado até se sentir bem o suficiente. E a raposa começou a ficar inquieta em seus braços, até que ela finalmente o soltou, deixando-o livre.

Tudo bem, Rhys. – Disse ela, observando-o ficar à sua frente. — Mas se você correr pra atacar qualquer coisa que aparecer eu vou ter que te prender e te mandar de volta pro Acampamento. Você tá entendendo? – A raposa olhou para trás por um momento ao ouvir a pergunta da ceifador, mas o Shadow apenas estufou o peito e logo virou-se para a frente, começando sua caminhada lenta à espreita do que viria.

A rosada balançou a cabeça em negação observando a ondulação dos pelos arroxeados de sua raposa enquanto ele andava, e olhou para Wëdir em seguida, que parecia contente e feliz em andar ao lado dela. Como eu parei com dois mascotes tão diferentes?, se perguntou rindo em silêncio. Mas não tinha muito tempo para se divertir. Depois da segunda luta estava até mais animada com o labirinto no geral, mas não demorou a se tocar que seus animais continuavam desprotegidos e tão propensos a ataques quanto ela mesma, e isso era preocupante.

Concentre-se, Frieryat! Aqui não é lugar para se distrair. Reclamou consigo mesma e voltou sua atenção para frente, tentando sempre enxergar além de onde seus olhos podiam ver. Mas não precisou de muito para encontrar seu próximo oponente, visto que algo rugiu alto na direção deles e imediatamente a ceifadora girou seu pulso direito, ativando a Julgadora e deixando que a arma tomasse sua forma majestosa de foice. Segurou-a com a destra, e direcionou o olhar para a criatura.

Demorou um pouco para que ela conseguisse distinguir a coisa na penumbra, embora seus olhos enxergassem perfeitamente. A verdade era que ela não queria exatamente acreditar no que estava vendo ao perceber que não era um monstro na realidade, mas vários monstros em um só. Tinha patas mecânicas, mas seu corpo se assemelhava ao corpo de um Cerbéro, e a cabeça podia muito bem se a do Leão de Neméia se ela apenas se ativesse aos detalhes. Sua cauda longa terminava com uma cabeça de serpente que sibilava a todo momento. Mas que merda é essa?

Rhysand e Wëdir já rosnavam, e o chia latia alto para a criatura horrenda, mas Frieryat brigou com os dois. — Vocês vão ficar quietos, e vão me deixar cuidar disso, okay? Não quero ninguém se metendo aqui! – Disse ela, indo para a frente dos dois e abrindo os braços como se aquilo fosse proteger os bichos de alguma forma. A quimera avançava contra ela, rápida e raivosa, mas a ceifadora também não ia esperar demais, atirando logo sua foice contra a coisa. Mas tão logo sua arma voltou e ela percebeu que o efeito havia sido mínimo, e a lâmina de sua foice causou apenas um corte muito superficial na criatura.

Naquele passo as coisas não acabariam nem tão cedo. Os mascotes ainda rosnavam e aquilo a deixava nervosa, mas era preciso controlar o impulso de mandá-los se calar, pois sabia que eles não iriam ficar quietos vendo-a lutar, e deixar que eles rosnassem o quanto quisessem era a única coisa que ela podia fazer para vê-los se machucando o mínimo.

Puxou a varinha do colar com a mão esquerda, mantendo sua foice na outra mão. Apontando o instrumento para a cabeça do monstro, conjurou: — Frigus reptant! – E a cabeça do bicho ficou imóvel e congelada. Aquilo não o impedia de continuar avançando contra Frieryat, mas pelo menos ela escaparia de alguma mordida. O fato de estar congelado pareceu acelerar os passos da quimera, que começou a avançar cada vez mais rápido em direção à bruxa. Não adiantava usar a foice, certo? Ela precisava confiar na sua varinha e nos feitiços que aprendera.

Pellerentur! – Conjurou ela, fazendo a quimera voar.

Rhysand notou a movimentação da quimera antes da ceifadora, pois o rabo com cabeça de cobra continuava livre, leve e solto. A raposa correu, se prostrando em frente à dona, como se quisesse protegê-la. Mesmo assim, a cauda serpenteou em direção à ceifadora e abocanhou seu braço direito, que estava mais à frente de seu corpo.

Algumas dores são piores do que outras, mas todas doem. Bastante. Não bastassem as presas da cobra perfurando sua pele, ainda havia o veneno. E Frieryat não tinha proteção nenhuma contra venenos. Na hora que a ceifadora gritou de dor, Wëdir voou em direção ao rabo da quimera mordendo-o violentamente, e soltando rápido, voando para perto da dona. Assim ele conseguiu causar uma pequena perfuração, ainda não era o suficiente, mas talvez desse brechas para que a bruxa atacasse novamente, se ela conseguisse se livrar o veneno. Mas não conseguiria. Tentou de todas as maneiras colocar o local onde a cobra a havia picado na boca, mas não conseguia. Seria impossível tentar chupar o veneno para tirá-lo do seu corpo. Porcaria de dor, reclamou ela, empunhando a varinha na direção da quimera mais uma vez. Se havia uma boa hora para gastar todo o latim que não conhecia, a hora era aquela.

Para trás, Wëdir. – Disse ela, e relutantemente o chie obedeceu. — Sternuntur! – Era quase engraçado ver a quimera ser achatada e ficar parecendo uma folha de papel, mas não havia muito tempo para achar graça nas coisas. Ela ainda tinha muito o que enfrentar, e a quimera nem mesmo se mostrava mais fraca.

Feitiços, Frie! Feitiços! Pensava ela, enquanto observava aos poucos a quimera voltando ao normal, com sua cabeça já descongelada, e começando a correr quase desengonçada em sua direção. Rapidamente ela prendeu a varinha na barra do short que usava, e arremessou a foice na direção da criatura, que à essa altura já havia voltado ao normal. O tempo da arma ir, atingir de leve a quimera e voltar, foi o suficiente para que a bruxa estendesse os braços à frente do corpo, e observar a teia que se formou no chão em direção ao monstro, que logo ficou impedido de se movimentar melhor. Era sua melhor chance agir. Segurou a foice com a mão esquerda quando a arma finalmente a alcançou. Seu braço direito doía demais para que ela conseguisse ter firmeza nas ações. Por mais que canhota não fosse sua melhor mão, ela precisava tentar.

Manusear a arma com uma única mão, e ainda não ser sua especialidade dificultava bastante as coisas, mesmo assim, a ceifadora empunhou a Julgadora com a esquerda e correu em direção ao monstro que rugiu, fazendo menção de abocanhar a ceifadora. Com o movimento da quimera, ela acertou um golpe onde era seu pescoço, meio de Cerbéro meio de Leão, e finalmente conseguiu feri-lo de alguma forma, observando o sangue que começava a escorrer. Mesmo assim ele desceu a cabeça com a boca aberta na direção da ceifadora, que por pouco conseguiu escapar, dando um salto para trás e se esforçou para puxar a varinha com sua mão direita. A varinha ainda era mais leve do que a foice em suas mãos, e por isso não foi tão difícil apontá-la para a quimera para conjurar seu próximo feitiço:

Desidia! – E graças a isso, o monstro ficou um pouco mais lento. O que dava certa vantagem para ela.

O chie voltou a voar para a luta, enquanto Frieryat voltava a prender a varinha na barra do short. Dessa vez o chie mordeu o pescoço da quimera, que balançou a cabeça quase violentamente. O desprendimento de Wëdir teria sido mais brusco se o monstro não estivesse fazendo as coisas quase em câmera lenta. E Frieryat precisava se aproximar de novo para atacar o monstro, correndo com a foice em punhos na canhota, ela atacou o dorso do animal, cravando a lâmina da foice no dorso da quimera, que rugiu mais uma vez. Um rugido lento e preguiçoso, quase parecia um bocejo. E rapidamente tirou a arma das costas da criatura.

A ceifadora sacou a varinha mais uma vez, e apontou novamente para a cabeça da quimera, proferindo o feitiço que já usara. — Frigus reptant! – E observou enquanto o monstro era congelado mais uma vez. A quimera estava começando a recobrar a velocidade de seus movimentos, e a teia já havia se desfeito. Não existia mais tanta vantagem, e ainda assim ela ainda precisava derrotar o monstro, que voltava a avançar em direção à ela, um pouco devagar mas ainda violento. Seus passos, Frieryat então notou, eram como pedaços de chumbo jogados no chão. Uma patada daquela e certamente ela estaria ferrada, mas respirou fundo e seguiu com a canhota para atacar mais uma vez, cortando a lateral do corpo do animal com a lâmina da foice cravada o mais fundo que ela havia conseguido atacar. As pernas mecânicas ficaram bambas e cederam. O monstro não se moveu mais. Ela havia conseguido.

Seu corpo estava bastante dolorido, e em seu braço havia dois pequenos buracos no local onde a cobra cauda havia lhe mordido, mas a ceifadora seguiu caminhando pelas sombras acompanhada de seus mascotes e tentando usar das sombras para recuperar alguma vitalidade para as coisas que viriam a seguir.


Situação

Frieryat
HP
352 - 25% (mordida venenosa) = 264 + 40 = 304 + 40 = 344/400
MP
400 - 200 = 380 - 14 = 366 - 40 = 326 - 20 = 306 - 20 = 286 - 15 = 271 - 40 = 231 + 40 = 271 + 40 = 311/400

Rhysand
HP
81/150
MP
40/150

Wëdir
HP
88/170
MP
110/170

1. Rhysand não teve participação ativa, e sua única ação foi pular na frente de Frieryat para tentar receber o dano por ela, mas não funcionou e o dano pegou nela, então tudo bem se ele não receber XP;
2. Wëdir teve participação ativa mordendo duas vezes a quimera.

Informações:
FPA linkada ao perfil
Arma:
• Julgadora [Uma bonita e grandiosa foice toda feita de material negro enquanto sua lâmina, prateada, dizem ser feita de adamantino. É uma arma pesada nas mãos de qualquer outro semideus que ouse empunhar a arma mas tende a se tornar leve nas mãos dos ceifadores afinal, a foice sempre foi uma das marcas registradas de seu mestre. | Efeitos mecânicos: Se torna um bracelete quando não está sendo utilizada. Para ativar a arma, gire o pulso duas vezes em sentido horário para que o cabo comece a se desprender de seu pulso e cresça até se tornar a arma que é. | Cortes realizados por esta arma recuperam o HP de seu portador em 10% do dano causado.| Resistência Beta | Espaço para uma gema | Status: 100%, sem danos | Nível 3. | Lendária |Presente de reclamação dos Ceifadores de Thânatos]
• Varinha HP [Uma varinha de 12 ¾cm de comprimento. Feito de Corda de Coração de Dragão. Feito de sicômoro e arambarium é um ótimo item para qualquer praticante de magia. | Efeito de transformação: Pode virar um pingente em uma versão menor da própria varinha | Efeito 1: Aumenta em +30% as chances de sucesso ao lançar um feitiço, auxiliando quando o inimigo for aparentemente mais forte. Esse efeito também diminui o gasto de energia ao usar feitiços em 25%. | Madeira Reforçada e Arambarium | Beta | Espaço para uma gema | Status: 100%, sem danos | Mágico | Comprado no Pandevie Magie]
Mascotes:
Rhysand:

Poderes
Nível 1
Nome da habilidade: Visão Trevosa
Descrição: Shadow é uma raposa ligada às trevas e às sombras, logo, em situação de escuridão parcial ou total sua visão não é prejudicada, e ele consegue enxergar perfeitamente. Sua visão é afetada apenas em casos de escuridão causada por magias de nível mais altos que o da raposa.
Tipo: Passivo.
Dano: Nenhum.
Bônus: É capaz de enxergar através de magias de invisibilidade, e consegue detectar inimigos escondidos nas sombras.
Extra: +20% de percepção.
Wëdir:

Poderes
Nível 5
Nome da habilidade: Asas II
Descrição: O seu pet finalmente aprendeu a usar as asas, elas cresceram, o deixaram mais forte, e isso significa que você o treinou bem. Continue incentivando seu bichinho a aprender novas técnicas, assim, ele sempre vai ter total domínio de seus poderes.
Tipo: Ativo
Dano: Nenhum
Bônus: Pode voar livremente.

Nível 9
Nome da habilidade: Mordida Voraz II
Descrição:
Agora os dentes do Chie se tornaram mais fortes e resistentes. Metais de resistência beta podem ser danificados pelas presas do cão, que perfuram mais fundo e podem causar um estrago maior se atingirem a pele do inimigo.
Tipo: Ativo
Dano: 50 HP
Bônus: Nenhum
Poderes Passivos:

Hécate
Nível 6
Nome do poder: Amante da Lua
Descrição: Durante a noite, o filho de Hécate/Trivia tem seus poderes mágicos aumentados de acordo com a luz da lua, ou seja, quando mais intensa ela for sobre o semideus, mais poderosos seus feitiços serão.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +20% de força em seus feitiços.
Dano: +10% de dano se o feitiço acertar o oponente.

Nível 9
Nome do poder: Olhos Noturnos
Descrição: Os filhos de Hécate/Trivia enxergam tão bem no escuro quanto de dia, a noite não incomoda sua visão de fato, portanto, desde que a escuridão ao redor não seja algo magico, ou com efeito de cegueira e etc, o filho da deusa da magia irá continuar vendo normalmente.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: A escuridão normal não afeta a visão da prole da magia.
Dano: Nenhum

Nível 15
Nome do poder: Descendente da Magia III
Descrição: Você andou praticando? O resultado do seu esforço e do seu treinamento lhe fizeram um feiticeiro experiente, e agora sua magia além de ter ficado mais forte, lhe tornou um bruxo experiente.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus:  Ganha 20% de força em seus feitiços (em poderes ativos).
Dano: +15% de dano se os feitiços acertarem.

Nível 19
Nome do poder: Cura Noturna III
Descrição: Bastam os raios da lua ou as sombras para que seus ferimentos comecem a se fechar e criarem uma casca preta, como de uma ferida, feitas de pura energia negra, você aprendeu a lidar com elas, e agora as feridas mais fundas se fecham mais rapidamente, e as mais leves se curam por completo. Uma grande parte de sua energia também será restaurada.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Recupera +40 HP e +40 MP
Dano: Nenhum

Nível 20
Nome do poder: Pericia com Varinhas II
Descrição: Você evoluiu conforme o esperado, e agora já entende a importância da varinha na sua vida, tanto para reduzir danos relacionados a magia, como para usá-la em batalha. Seu manejo se tornou ainda melhor, e agora seus movimentos se tornaram mais precisos.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +50% de assertividade ao lutar com essa arma. O semideus que usar a varinha para executar o feitiço, reduzindo o gasto de MP pela metade, assim sendo, um feitiço que gasta 10 MP para ser realizado, na posse de uma varinha só gastaria 5 MP. (O semideus deverá lançar o feitiço pela varinha, ou o gasto ainda será o mesmo).
Dano: +10% de dano se for acertado pela magia da varinha.

Thanatos
Nível 14
Nome do poder: Cura Sombria II
Descrição: Ao entrar em contato com as sombras (é necessário um ambiente escuro, como um quarto durante a noite etc) automaticamente os ceifadores sentem-se melhor, passando ter o corpo curado. Porém em tal nível é impossível curar ferimentos grandes ou cortes profundos. É necessário ressaltas que sombras criadas pelo próprio semideus não irão cura-lo. Só pode ser usada a cada 3 turnos;
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Recupera 40 de HP e MP.
Dano: Nenhum.

Nível 16
Nome do poder: Visão Noturna II
Descrição: Acostumados com a escuridão, os ceifadores possuem facilidade em enxergar em meio a esta. Entretanto, nesse nível, sua visão alcança até 40 metros à sua frente.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.

Nível 23
Nome do poder: Feridas Dolorosas II
Descrição: Todos os golpes armados do ceifador tem chances maiores de atingirem fundo o corpo de seu oponente, provocando sangramento com mais facilidade.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: Causa 10 de dano por sangramento a cada três turnos em inimigos feridos pela arma do ceifador.

Nível 29
Nome do poder: Atributos do Ceifador II
Descrição: Os ceifadores são conhecidos por sua incrível agilidade e esquiva. Nesse nível intermediário, o seguidor da morte pode mover o corpo muito melhor do que um humano comum, assim como tem um ótimo tempo de reação a ataques.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: +20% de agilidade e esquiva.
Dano: Nenhum.

Nível 30
Nome do poder: Perícia com Foices III
Descrição: Sendo a foice o instrumento característico da morte, os seguidores desta possuem maior facilidade a aptidão no manuseio da arma em questão. O objeto em suas mãos é manobrado de maneira mais fácil e precisa, tanto ofensiva quanto defensivamente. Aqui, o ceifador desenvolveu ainda mais sua habilidade de manuseia, e causa temor àqueles que se oporem a ele.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: 60% de assertividade no uso da foice.
Dano: +50% de dano ao ser acertado pela foice de um ceifador.
Poderes Ativos:

Hécate
Nível 2
Feitiço: Frigus reptant
Descrição: Congela o membro atingido por um turno.
Gasto de Mp: - 20 de MP. -10 de MP pelo uso da varinha
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Caso seja realizado durante a lua nova, há uma chance de +30% de que ele funcione corretamente.
Dano: - 15 de HP.
Extra: Com certo treino, pode ser realizado de forma não verbal.

Nível 10
Feitiço: Sternuntur
Descrição: Um feitiço que achata qualquer coisa que atingir, durando até dois turnos.
Gasto de Mp: - 15 de MP por turno. -7 de MP pelo uso da varinha
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Caso seja realizado durante a lua nova, há uma chance de +30% de que ele funcione corretamente.
Dano: - 10 de HP por turno.
Extra: Com certo treino, pode ser usado de forma não verbal.

Nível 30
Nome do poder: Teia em Campo
Descrição: O semideus ao estender a mão em frente ao corpo, consegue criar uma espécie de teia de aranha no chão, que percorre cerca de 300 metros de cumprimento. Essa teia não atrapalha a movimentação do semideus no campo, mas pode fazer o inimigo se enroscar, e tornar seus passos escorregadios, ou grudentos, podendo chegar a prendê-lo no chão, dificultando sua passagem em campo, e dando uma vantagem ao filho da bruxa durante duas rodadas inteiras.
Gasto de Mp: 40 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Dura duas rodadas.

Feitiço: Pellerentur
Descrição: Com uma rajada de energia faz com que aquele que está avançando sobre si seja "jogado" para longe.
Gasto de Mp: - 40 de MP. -20 de MP pelo uso da varinha
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Caso seja realizado durante a lua nova, há uma chance de +30% de que ele funcione corretamente.
Dano: - 80 de HP.
Extra: Com certo treino, pode ser usado de forma não verbal.

Nível 31
Feitiço: Desidia
Descrição: O inimigo se torna lento e preguiçoso por dois turnos, lhe dando tempo para escapar, se curar ou atacar.
Gasto de Mp: - 40 de MP. -20 de MP pelo uso da varinha
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Caso seja realizado durante a lua nova, há uma chance de +30% de que ele funcione corretamente.
Dano: Nenhum.
Extra: Apenas verbal.

Thanatos
Nível 8
Nome do poder: Arremesso de Foice
Descrição: Uma habilidade especial que permite ao ceifador lançar sua foice, que irá girar e atingir seu alvo, retornando para sua mão ao fim do movimento.
Gasto de Mp: 15 de MP.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: 10% de dano extra.
Extra: Se a força do inimigo for maior do que a determinação do ceifador, a foice pode ser segurada pelo adversário.

Nível 27
Nome do poder: Ferida Mortal II
Descrição: Utilizando a energia sombria para deixar suas lâminas mais afiadas, seu próximo golpe irá cortar/perfurar mais fundo, ignorando resistências naturais e bônus que não de armaduras ou itens.
Gasto de Mp: 40 de MP.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: +30% de dano da arma.
Extra: Nenhum.








frieryat
† the wizardry rainbow of death †
† arcadia's defensor †


Frieryat Börh Hoffmann
Frieryat Börh Hoffmann
Ceifadores de Thanatos
Idade : 21
Localização : Se não me engano, você teria aula hoje. De fato, chegamos a nos encontrar. Posteriormente, os alunos (e muitos) te procuraram.

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann - Página 2 Empty Re: [Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann

Mensagem por Hades em Qua Out 30, 2019 1:18 am


Frie

Valores máximos que podem ser obtidos


Máximo de recompensa a ser obtida: 2.500 XP – 2.500 dracmas – 2 ossos
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Recompensa obtida: 2.500 XP – 2.500 dracmas – 2 ossos

Cada mascote ganha 100 XP e 1 nível de lealdade.

Hades
Hades
Deuses Olimpianos
Localização : Importa? A morte ainda será capaz de te achar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann - Página 2 Empty Re: [Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann

Mensagem por Frieryat Börh Hoffmann em Qui Out 31, 2019 9:22 am



Rolando dados para Necromante

Informações

Necromante
Descrição: Aparentemente monstros de todo tipo foram levados até ali e esse monstro, que não é nem um pouco humano, também. Ele é feito de escuridão e esguio, sua forma costuma mudar, assumindo formato de criaturas que ele vê. Geralmente gostam de lugares escuros e costumam assassinar qualquer coisa viva por diversão.

Poderes Passivos
Aura do medo: Sua aura densa e pesada é capaz de intimidar até mesmo o mais resistente e valente dos seres vivos.
Olhos vazios: Olhar nos olhos de tal criatura é capaz de deixar o semideus em questão paralisado por 5 segundos (um turno completo).
Devorador de almas: Caso o necromante mate sua vítima, ele irá devorar a alma do pobre coitado, tornando quase impossível seu retorno dos mortos.

Poderes Ativos
Conjurador de almas: Pode invocar algumas das almas que já consumiu e usá-las contra terceiros durante uma batalha. As almas tornam-se insanas e sanguinárias por permanecerem dentro do monstro.

Status: 4.500 HP e MP
Nível Mínimo para um semideus enfrentar: 15
Recompensa máxima a ser obtida: 2.500 xp e dracmas + 2 osso

Dados

Dados de Dano dos Peões (Labirinto de Dédalo):
1. - 50% de HP.
2. - 25% de HP.
3. - 10% de HP.
4. Nenhum dano sofrido.
5. - 05% de HP.
6. - 15% de HP.
7. - 30% de HP.
8. - 45% de HP.

necromante






frieryat
† the wizardry rainbow of death †
† arcadia's defensor †


Frieryat Börh Hoffmann
Frieryat Börh Hoffmann
Ceifadores de Thanatos
Idade : 21
Localização : Se não me engano, você teria aula hoje. De fato, chegamos a nos encontrar. Posteriormente, os alunos (e muitos) te procuraram.

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann - Página 2 Empty Re: [Labirinto de Dédalo] Frieryat Börh Hoffmann

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum