The Blood of Olympus

[LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆ - Página 3 Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆

Mensagem por Narrador Principal em Qui Out 31, 2019 7:46 pm

O membro 'Daron A. Herzl' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Labirinto de Dédalo' : 5
Narrador Principal
Narrador Principal
Deuses Olimpianos
Idade : 25
Localização : Por ai
http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆ - Página 3 Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆

Mensagem por Visenya Vaftrudener em Qui Out 31, 2019 8:31 pm

Rolando dado para MvP
Visenya Vaftrudener
Visenya Vaftrudener
Amazonas
Idade : 20
Localização : Na cama do August

Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆ - Página 3 Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆

Mensagem por Narrador Principal em Qui Out 31, 2019 8:31 pm

O membro 'Sasha Pearcy' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Labirinto de Dédalo' : 3
Narrador Principal
Narrador Principal
Deuses Olimpianos
Idade : 25
Localização : Por ai
http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆ - Página 3 Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆

Mensagem por August Damon Wolfstorm em Sex Nov 01, 2019 3:41 pm

Demons or Angels

THOSE GREEN EYES turned EVERYTHING in GREY

- A propósito, me chamo Daron. - Falou ele estendendo a mão para mim.

- Damon. - Me apresentei, apertando a mão do sujeito assim que ele se apresentou. - Obrigado pelo tratamento. - Falei para ele, não queria parecer rude com o cara que tinha que acabado de me ajudar. Uma vez naquele labirinto sabe-se lá quando você vai ter a oportunidade de encontrar tratamento adequado. Além disso ele ajudou a blondie também, aquilo foi importante.

- Me chamo Sasha, é um prazer, doutor. - Disse a loira ao meu lado, apertando a mão do semideus, ergui uma sobrancelha para ela. Geralmente ela não era do tipo delicada, mas acho que eu quase ter morrido tentando protegê-la fez com que ela ficasse um pouco mais “gentil” com o cara que tinha nos ajudado.

- Você não precisa agradecer, estava fazendo meu trabalho. - Daron respondeu e eu rolei os olhos. Estava começando a andar ao seu lado em direção a saída. - É meu dever ajudar outros semideuses, como médico e senador. - Ele continuou.

Enquanto caminhávamos, não pude deixar de falar: - Senador? Isso deveria significar alguma coisa? - Perguntei com sarcasmo, não queria ofendê-lo, mas para mim era inevitável ser assim. Olhei para ele que estava prestes a responder. Seu rosto estava um pouco ofendido, suas feições duras. “Não deve ter senso de humor”, pensei sem dizer mais nada.

- Não seja estúpido, Damon. Senador de Nova Roma. É isso que ele quer dizer. - Interveio Sasha e eu dei de ombros, fazendo uma cara de “tanto faz”. - Eu não estudei muito sobre os acampamentos ainda, mas sei que existe um para os deuses gregos e um para os romanos. Você é romano, certo? - Questionou a loira.

- Exatamente. - Ele respondeu e mostrou sua tatuagem. A marca era formada pelas letras “SPQR”, cincos linhas alinhadas e um símbolo de lanças cruzadas.

- Senatus Populusques Romanus - Falei com um tom moribundo, como se meu cérebro estivesse acabado de ligar em uma tomada, tinha certeza que já tinha visto uma tatuagem parecida, só não sabia dizer onde. Aquilo era muito estranho porque eu não lembrava de ter conhecido nenhum romano antes dele.

- Como você…? - Ele perguntou meio espantado, entendendo que eu não tinha familiaridade nenhuma com romanos, aquilo parecia mesmo estranho. Daron me estudou por alguns segundos, assim também fez a filha de Poseidon.

- Não me olhem assim. - Respondi com cinismo e rolei os olhos. - Eu sei que é estranho, mas eu sei. Simples assim. Tenho certeza que já vi uma marca parecida… - Continuei e minha expressão ficou encabulada. - Eu só não me lembro onde. - Admiti e cocei a barba. - Mas eu sei de uma coisa, temos o mesmo “pai”. - Completei apontando para a tatuagem e a expressão do filho de Marte pareceu mudar um pouco. Eu sabia que aquele símbolo de lanças cruzadas pertencia ao deus da guerra.

- Tecnicamente não o mesmo. - Pronunciou a loira. Eu fiz uma cara de curiosidade e ela parecia determinada em dizer aquilo. - Seu pai é Ares e o dele é Marte, eles são e não são o mesmo cara. - Concluiu.

- Esclarecedor. - Comentei com certo deboche e um sorriso amarelo.

Enquanto conversávamos os corredores do labirinto foram ficando mais largos, o chão mais polido e bem cuidado e o ar mais gélido. Daron limpou a garganta, sem demonstrar muito bem suas emoções. Ele parecia disposto a me chamar de “irmão”, mas aquilo seria muito estranho e ele era muito perspicaz, entendeu logo de cara que eu não era familiarizado com aquele tipo de situação, para ele já parecia ser normal, mas para mim encontrar um meio-irmão perdido em um túnel mortal não era a coisa mais saudável. - Você não devia dizer os nomes assim, Sasha. Eles têm poder. Contudo, você tem razão. - Avisou ele.

A loira rolou os olhos e me encarou, de uma forma que o próprio semideus não pudesse ler suas emoções. “Ele é humano?”, perguntou silenciosamente a semideusa, movendo os lábios. Respondi de forma simples: “Dúvido”, mas no fundo eu sabia que não deveria pensar dessa forma. Ele já tinha passado por várias merdas, eu sabia dizer por que reconhecia sua forma fechada, ele já tinha visto e sentido coisas tão ruins quanto, se não piores do que eu. Só que eu sabia disfarçar melhor.

Finalmente Sasha respondeu de forma um tanto ríspida: - Tudo bem, vou tomar mais cuidado. - Então o silêncio se instaurou por alguns metros.

- Se eu soubesse que ia encontrar uma pessoa importante hoje, teria vestido um terno. - Comentei de forma cínica, quebrando o gelo. Passamos na porta de uma sala. Não havia nada no interior.

- Não precisa, apesar que você poderia estar mais apresentável. - Respondeu Daron olhando para mim, seu semblante sério não mudou nem por um segundo sequer, mas de alguma forma ele estava demonstrando humor. Como todos dizem “toda piada tem um fundo de verdade”, ele realmente queria dizer que eu estava um maltrapilho: Cabelo grande e desgrenhado, barba por fazer e postura relaxada. Romanos não podiam ser assim, eles viviam em uma sociedade militar, isso eu tinha certeza. Conhecia militares, já tinha partido pra porrada com alguns.

- Eu entendo que estou parecendo um… - Comecei e procurei as palavras corretas para me expressar. - Como vocês dizem? - Perguntei retoricamente. -  “Muquiço”. - Disse usando o termo militar correto. - Essa é parte boa de não servir ao exército. - Finalizei com sarcasmo.

Daron e eu estávamos prestes a começar um debate sobre gregos e romanos, já estava pronto para dizer que não tinha absolutamente nada haver com isso, mas sim sobre o fato de eu não ser do tipo subordinado a regras, quando Sasha parou e segurou nossos ombros. - Silêncio. - Ela ordenou e ambos ficamos parados. Ela deu mais alguns passos para frente. - Eu sinto água a nossa frente e eu não to falando de qualquer água, eu to falando de uma fonte natural de água doce. - Ela explicou.

- Como isso é possível aqui em baixo? - Daron questionou.

- Talvez o labirinto esteja ligado em vários lugares diferentes, não dá pra ter certeza, mas eu lutei com uma múmia antes de encontrar vocês. Egípcia e tudo mais. - Respondi de forma simples.

- Vamos ter que investigar, não tem outra forma. - Disse a loira, enquanto andamos para frente com bastante cautela.

O recinto por onde entramos era estranho, realmente estranho. Para começar que o túnel deu em uma porta gigantesca, de forma que o corredor onde estávamos se alargou muito mais que o natural e por trás das entradas de metal o ambiente de mármore branco se encontrava com uma cachoeira. Imagine estar em um palácio e na metade do saguão principal o ambiente se misturar com uma caverna com cascata. Era exatamente assim que devia descrever o ambiente.

O lugar era gigante e a queda de água gerava uma pequena lagoa, eu não fazia ideia para onde a água ia, mas parecia que atrás da cachoeira existia algum tipo de lugar para onde a água era transportada. A beirada do “lago” era cheio de cascalho natural. Na extrema direita do recinto existiam duas saídas, entre as duas passagens estava um caixão de pedra com tampa de obsidiana. - Essa múmia é um faraó. - Comentei com ironia e encarei os dois.

Daron quem deu o primeiro passo na direção da saída. - Não temos o dia todo. - Falou ele com um sorriso fraco nos lábios. Nós três sentimos que aquele era um lugar poderoso. Nenhuma múmia ou morto-vivo moraria em um lugar tão bonito. Quando estávamos na metade do caminho algo aconteceu. A tampa do caixão caiu no chão e nós três apontamos nossas armas na direção do mesmo.

- Certamente que não. Vocês têm toda a eternidade. - Disse uma voz extremamente suave e sensual. Outra vez viramos em conjunto e com sintonia. Apontamos nossas armas para o pescoço da mulher e eu coloquei meus olhos nela pela primeira vez. Ela era… linda. Do tipo que me fazia pensar que ela era muito areia para o MEU caminhão e ninguém é muita areia para mim. - Não sejam maus. - Disse ela enquanto passava através de nossas armas. - Dois homens, duas mulheres. Isso pode funcionar. - Continuou com um tom pervertido e nós nos viramos. Ela andou mais alguns passos e se virou. A mulher tinha cabelos ruivos bem avermelhados, os lábios pintados de vermelho e curvas que fariam Afrodite se sentir no mínimo rivalizada.

Olhei para Sasha e até ela estava completamente hipnotizada. A beleza dela tinha algo que me fez sentir arrepiado, seus olhos tão azuis e intensos como os meus, pareciam feitos na medida perfeita para ser o “tipo” de qualquer pessoa. Ela parecia ter uma beleza tão genérica, do tipo que não agrada uma pessoa específica, mas sim todas as pessoas do mundo, que me senti incomodado.

Os dois pareciam mais afetados, então fui eu quem quebrei o pequeno silêncio: - Você não me parece do tipo que procura um caso de uma noite. - Falei com bastante sarcasmo, na verdade ela parecia exatamente esse tipo. A ruiva ainda não demonstrava ofensividade, ela estava simplesmente avaliando a situação, sem fazer um real avanço sobre nós. Aquele era o momento onde o predador estudava sua presa e eu odiava a sensação de me sentir um cervo.

- Você não faz ideia daquilo que eu procuro em uma noite. - Respondeu a ruiva e deu um sorriso pervertido, os dois acabaram por se livrar do pequeno encanto que ela havia induzido. A mulher a nossa frente era uma vampira, suas presas ficaram completamente expostas no ato.

Eu dei dois passos em sua direção, demonstrando confiança abaixei a arma e ela sorriu com minha ousadia. - Então me conte, o que você deseja, sweety? - Falei com meu próprio sorriso cafajeste, sua expressão estampava uma verdadeira surpresa.

- Você é mesmo corajoso ou... - Respondeu ela e deu de ombros. - Burro. - Continuou e soltou um leve sorriso. Os dois atrás de mim não pareciam interessados em intervir ou fazer um movimento brusco, entendiam que eu estava fazendo algo arriscado.

- Burro, com toda certeza. - Comentei e dei um sorriso sarcástico. A vampira riu de divertimento. Ela realmente parecia ter todo o tempo do mundo e jogar o jogo dela podia dar muito errado, mas eu sabia que ela não se importaria de brincar com a comida antes de começar a verdadeira diversão. Aquela seria a batalha mais difícil da minha vida semidivina, um passo em falso nessa interação e os dois não teriam tempo de me ajudar antes dela atacar.

- Muito bem então, August Damon, aquilo que eu desejo essa noite é este rapaz. - Ela respondeu, apontando para Daron e se aproximou. A forma com que ela me chamou fez um gelado percorrer a espinha. Nós três nos viramos para o semideus que fez uma cara de desentendimento. - Você não faz ideia como a vitalidade de alguém que teve o coração partido é saborosa. - Ela insistiu. Se aproximou dele de forma que ajeitou suas roupas com um sorriso. - Sem falar nas suas habilidades elétricas, se eu absorvê-las será maravilhoso. - Continuou a ruiva enquanto tentava tocar seu rosto. Nesse momento Daron agiu instintivamente e com firmeza. Usando a parte chata da espada para afastar a mão dela. Em seguida deu um passo para trás.

- A única coisa que você vai absorver é a marca do meu solado na sua cara. - Rugiu a loira enquanto atacava. Dando dois passos para a frente e saltando com a espada em punho. Sua arma passou pelo corpo da ruiva, atingiu o chão e a ação começou. Instintivamente ficamos os três de costas um pro outro, de modo a formar um triângulo. A vampira se movia com uma velocidade incrível, mas tinha um péssimo hábito do excesso de confiança. Ela riu enquanto atacava na direção de Daron, focando ele como esperado. Nós três fizemos um movimento conjunto. Por alguma razão tínhamos uma sintonia muito boa, Daron pensava como um filho da guerra e isso fazia com que os movimentos esperados por mim, de certa forma podiam ser esperados por ele.

A vampira tentou avançar para nossas costas e a gente esperava isso. Sasha deu três passos para trás entre eu e Daron, deixando o triângulo de ponta cabeça. Eu me afastei para o lado enquanto ele tentava acertar o monstro, seus cabelos chamativos deixavam um rastro bastante visível. A espada cortou o ar e o corpo dela, até atingir o chão.

Eu esperava isso, assim que ela se afastou dei um giro em meu centro e tentei acertá-la na altura do abdome. A vampira desviou com facilidade e virou para a nossa esquerda, ficando mais perto da cachoeira, nesse instante uma estaca de água veio voando na direção da ruiva  e acertou seu ombro.

- Vocês vão ter que fazer melhor que isso, eu sou imune a elementos. - Avisou a ruiva com um sorriso que fez Sasha trincar os dentes.

- Cala a boca. - Falei ríspido enquanto eu e Daron continuamos atacando. O filho de Marte deu uma estocada com sua espada que me deixou impressionado, mas não se podia acertar a vampira com tanta simplicidade. Dei um salto para frente, que atingiu mais de três metros de altura e desci a alabarda na sua direção. Ela se moveu para frente, pronta para tocar meu irmão, quando Sasha apareceu no meio do caminho, acertando a espada no seu ombro, próximo do busto. O corte foi superficial, mas ela não esperava essa movimentação da filha de Poseidon.

Eu me aproximei dos dois enquanto Daron lançava outro ataque na vampira, seu golpe atravessou o corpo da ruiva e quase acertou a filha de Poseidon, que teve de se afastar a tempo. Nesse instante a ruiva tentou tocar o filho de Marte que se esquivou perfeitamente, mostrando grande flexibilidade. Nesse momento atirei minha alabarda na direção do monstro com bastante perícia, o arremesso acertaria perfeitamente o pescoço e o tórax dela. A arma passou direito e eu aguardei. - Isso é seu melhor, filho de Ares? - Ela perguntou e eu forcei um sorriso, levantando a mão em sua direção. Na mesma hora o meu machado voltou voando em sua direção, ela não imaginava que eu pudesse fazer isso, mas acertei suas costas com parte achatada da arma, distraindo ela.

Sasha tentou um movimento lateral, visando o flanco, sua espada estava prestes a acertar quando a ruiva levantou uma parede de terra entre elas, fazendo com que a arma se fincasse na mesma. Meu machado estava caído no chão. Daron aproveitou a brecha e deu outra estocada, já sabendo que ela ficaria inatingível, deu um giro em seu centro e fez com que a vampira precisasse se esquivar. Saquei um machado de arremesso do chão e esperei, segurei a arma com as duas mãos e coloquei um pé na frente do outro, calculando exatamente aquilo que iria fazer.

Sasha puxou sua arma e Daron tentou outro golpe, na mesma hora a vampira se desviou e esticou a mão na direção do semideus, Sasha não chegaria a tempo e Daron estava pronto para se esquivar ou ser tocado, não pude dizer qual dos dois. Lancei o machado na direção da vampira com precisão mortal, fazendo um talho seu punho. Daron puxou a arma para baixo se desviando com um vôo para trás, enquanto terminava de decepar a mão da inimiga.

- DESGRAÇADO! - Xingou a monstruosidade, estava realmente enfurecida. - Você vai pagar por isso. - Disse e lançou uma pedra na minha direção, me joguei para o lado enquanto o pedregulho passava reto ao meu lado. Em seguida se aproximou e usou um monte de água para tentar me atingir com um punho gigantesco. Eu estava desarmado. Sasha desviou a massa de água e a vampira lançou uma lufada de ar em sua direção, empurrando-a para trás.

Outras duas pedras na minha direção, rolei para frente no momento exato para não ser acertado. Daron tentou se aproximar e ela lançou chamas na sua direção. - Eu queria mesmo começar com o judeu e deixar os pombinhos para o final, mas eu vou ter um prazer especial em matar você. - Ela falou e me atacou. Meus sentidos me avisaram e na mesma hora Daron também pressentiu, me alarmando do ataque iminente. “Filhos da guerra em completa sintonia”, pensei com sarcasmo. Enrijeci minha pele e estacas de pedra me acertaram, brotando do chão. A camada de bronze protegendo meu corpo.

Fui arremessado para direita pela pedras e a vampira dobrou o ar, alçando vôo. Ela me segurou a quatro metros de altura e me levou até o chão, usando uma das mãos. Utilizei os ossos de metal para uma proteção completa enquanto atingia o solo. Mordi os lábios e ela abriu a boca, uma sensação estranha atingiu meus ouvidos. Ela falava coisas no meu ouvido, palavras suaves e sensuais, sentia o corpo enfraquecendo muito enquanto ela fazia isso. Meus olhos encararam os dela e me senti completo, pleno. Estava feliz? Como podia? Estava morrendo nas mãos dela, quer dizer, mão.

Não consegui tirar aquela sensação de déjà vu da mente, encarando os olhos azuis do monstro. “Eu já passei por isso antes?”, me perguntei e rapidamente minha mente se voltou para algo como “Ela é tão gostosa”, completamente entorpecido. Estava sendo drenado e não sabia dizer por quanto tempo. - Eu vou devorar você por completo, sweety. - Falou, usando o mesmo “apelido” que eu tinha usado com ela, de forma sarcástica.

Um grito de dor encerrou o contato visual. - Tira a mão do meu namorado, vadia. - Escutei uma voz distante. Era Sasha, pensar nela recuperou minha vontade de viver. A vampira ergueu a cabeça de dor e me soltou, o sangue da sua coxa espirrando em mim, recuperando um pouquinho da minha consciência. Nesse momento a espada de Daron fez meus cabelos esvoaçarem, enquanto cortava o ar e o corpo intangível da vampira. Eles tinham feito um ataque combinado para tentar matar o monstro de uma vez, mas não seria fácil assim. Ela era poderosa demais.

Eu estava fraco, precisei recompor os pensamentos para poder movimentar meu corpo. Fiquei uns dois minutos no chão, com facilidade. Enquanto isso Sasha e Daron lutavam por suas vidas e pela minha. Me obriguei a ficar de pé. - Esse foi o melhor beijo que eu já dei. - Falei com ironia, sendo que nossos lábios nem tinham se tocado de verdade, ou tinham? Eu não sabia dizer, aquela era uma das piores coisas que tinha passado na vida e eu quase fui assassinado por uma ex-namorada uma vez.

Aproveitei que o combate tinha se afastado e dei dois tapas na cara, me obrigando a ficar acordado. Olhei para frente e a imagem de uma Sasha e um Daron sendo alvo de uma labareda de fogo me preencheu de fúria. Nós funcionaríamos como uma equipe ou não sairíamos vivos de lá. Corri até minha arma e entrei na luta, pronto para outro beijo. “Nem fodendo”, pensei. Ataquei a vampira na mesma hora que ela desviava para trás, uma parede de pedra se despedaçou com meu ataque, mas impediu que eu acertasse ela.

- Uma coisa de cada vez. - Disse a ruiva com um sorriso, lançando água e vento contra os outros semideuses. - Pronto para outra sessão de amassos? - Questionou ela. Trinquei os dentes e uma ideia estalou na minha mente. “Uma coisa de cada vez”, pensei sobre aquilo que ela estava falando.

- UMA COISA DE CADA VEZ! - Respondi, esperando que os dois entendessem o recado. Enquanto utilizava controle elemental ela não podia ficar intangível, ela tinha que parar um poder para começar outro, por isso Sasha foi capaz de acertá-la, mas Daron não. Por isso ela usava placas de pedra para se defender enquanto atacava com elemento.

- Foi isso que falei. - Respondeu a vampira com um sorriso maldoso, desviando rapidamente de um ataque de Sasha e de um do semideus, ficando próxima de mim. - Você ficou estúpido? Acho que suguei seus neurônios. - Ela perguntou e começou a rir de forma débil, tentei acertar ela com a alabarda, só para fazê-la se afastar e olhei para os meus dois aliados. Eles assentiram com a cabeça, demonstrando entendimento, agora tínhamos duas partes importantes para formar uma estratégia, a cabeça de Daron parecia colocar todas as engrenagens para funcionar.

A vampira se focou outra vez no semideus e eu me transformei em um urso pardo, correndo até os dois. Sasha tinha uma cara de surpresa, enquanto Daron parecia que já tinha feito aquilo antes. Ele desviou e atacou, a vampira ficou intangível e depois lançou um jato d’água na sua direção. Eu saltei em cima da vampira enquanto Daron usava os braços cruzados para resistir os efeitos da água. Ela levantou outra placa de terra que não era páreo para a minha brutalidade. O jato parou e eu passei direto.

Sasha estava se posicionando atrás dos dois formando uma linha reta perfeita. A vampira tentou tocar o semideus e ele se afastou, contra atacando em seguida. Sasha estava esperando a hora certa, por que a mulher ficou intangível outra vez. Voltei para a forma humana e me aproximei na mesma hora que a espada de Daron passava pelo peito da vampira. Ela esticou a mão restante, aquela que não foi decepada, os olhos de Daron se arregalaram.

Eu segurei o braço da vampira, um centímetro antes que ela pudesse segurar o semideus e tirar nossa única vantagem. Daron não pensou duas vezes e se afastou um pouco, já que ele era nosso trunfo. Soquei com força a face da vampira que ainda estava surpresa e nessa hora soltei seu membro, deixando o impacto empurrar ela para trás. Sasha tentou atacar suas costas, mas no último instante o monstro ficou invulnerável, no final das contas ela acertaria a mim se Daron não tivesse segurado seu corpo, freando a movimentação.

A vampira se afastou e começou a sorrir, atrai minha arma para mim novamente. Vendo que o combate corpo-a-corpo não necessariamente era a melhor saída, já que tínhamos a vantagem númerica, a monstruosidade parecia pensar em outra estratégia. - Parem! - Ordenou a vampira e eu não consegui mover meu corpo. Eu não gostava da expressão dela, como se já tivesse feito o plano perfeito para as próximas rodadas e já se considerasse com um xeque-mate.

FPA: CLICA


HP E MP DAMON:
HP INICIAL: 790\790
DANO 1: -45% = 355 de Dano.
HP DEPOIS DO DANO: 435/790
CURA 1: Sanguinário +10HP
CURA 2: Regeneração III x1 +100HP
HP FINAL: 545/790
SITUAÇÃO: Sem ferimentos, mas foi drenado pela vampira.
PS: N/A

MP INICIAL: 790/790
Poder 1: Atração II x2 = -40MP
Poder 2: Invocação de Armas II x1 = -25MP
Poder 3: Transformação Animal II x1 = -50MP
Poder 4: Transformação Animal III x1 = -55MP
Poder 5: This is Sparta x1 = -55MP
Poder 6: Soco de Aço x1 = -50MP
CURA 1: Sanguinário +10MP
CURA 2: Regeneração III x1 +100MP
MP FINAL: 625/790
PS: N/A.

PODERES UTILIZADOS:

ATIVOS:

Nível 20
Nome do poder: Atração II
Descrição: O semideus aprendeu que seu corpo e sua mente são ligados a armamentos antigos, e agora consegue reverter esse poder – gerando um imã de atração diferente – que permite ao semideus atrair a própria arma até ele. Ou seja, caso o semideus seja desarmado, ou perca sua arma em um combate, ainda será capaz de atraia-la para si, basta mover de leve as mãos, ou imaginar a arma vindo até ele. Ela vira.
Gasto de Mp: 20 HP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Pode atrair a própria arma de novo para as mãos.
Dano: Nenhum

Nível 23
Nome do poder: Invocação de Armas II
Descrição: Permite ao semideus conseguir invocar armas em campo, mas nesse nível, com um limite considerável. O semideus de Ares/Marte agora consegue invocar espadas curtas, machados leves, e arcos com aljava de 10 flechas, mas só consegue invocar no máximo duas armas por evento ou missão. Essas armas são feitas de bronze celestial e somem ao fim da luta.
Gasto de Mp: 25 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 25
Nome do poder: Soco de Aço
Descrição: As mãos do semideus são revestidas com uma espécie de aço, ficando completamente prateadas e impenetráveis. Ele usa esse poder para socar o chão com uma força descomunal (equivalente a 3 vezes o valor normal de seu poder), criando uma espécie de cratera media ao redor do corpo todo, e fazendo a terra tremer. Todos os inimigos num raio de 500 metros serão derrubados, perderão o equilíbrio e provavelmente cairão no chão.  
Gasto de Mp: 50 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: 30 HP

Nível 41
Nome do poder: Transformação Animal II
Descrição: O filho de Ares/Marte ao atingir esse nível, adquire a capacidade de transformação corporal, onde consegue mudar a forma do corpo para a de um urso pardo, dobrando sua força (porém ficando mais lento), e tornando seu corpo mais resistente a ataques diretos. Suas garras crescem, podendo causar um estrago maior, e sua fúria dobra. Também permite carregar coisas com o dobro do seu tamanho/peso, ou derrubar arvores.
Gasto de Mp: 50 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Depende da forma que for usado, se em combate, pode gerar um dano a critério do narrador. Se for para carregar, derrubar algo, não gera dano.

Nível 51
Nome do poder: Transformação Animal III
Descrição: O filho de Ares/Marte ao atingir esse nível, adquire a capacidade de transformação corporal, onde consegue mudar a forma do corpo para a de um Touro, dobrando sua força e velocidade, além de ganhar um belo par de chifres afiados. Ele ainda manterá o lado racional em batalha, e poderá carregar e derrubar coisas com uma facilidade ainda maior.
Gasto de Mp: 55 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Depende da forma que for usado, se em combate, pode gerar um dano a critério do narrador. Se for para carregar, derrubar algo, não gera dano.

Nível 55
Nome do poder: This is Sparta
Descrição: Sparta foi historicamente a cidade que mais adorou Ares/Marte, espelhando sua comunidade na sagrada arte da guerra. Ao estar em perigo, o filho de Ares/Marte poderá gritar "Sparta!!!", e imediatamente o fantasma de 30 spartanos irá aparecer ao seu redor, formando um impenetrável muro com seus escudos que protegerão o semideus e seus aliados de qualquer ataque durante um turno inteiro. A presença dos spartanos também trará temor aos inimigos do semideus, reduzindo seus atributos físicos e mentais, como força, coragem, agilidade e etc. A redução perdura durante duas rodadas. Pode ser usado uma vez por missão.
Gasto de Mp: 80 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Reduz danos de poderes ativos em 20%.
Dano: Nenhum

PASSIVOS:

Nível 1
Nome do poder:  Espírito de Guerra
Descrição: Ares/Marte é o deus da guerra, profundo amante de combates e um dos principais deuses amantes da morte. Seus filhos possuem um espírito parecido com o do deus, de modo que todos os conhecimentos referentes a guerra (como sinais de comunicação, técnicas de sobrevivência básica, manuseio de armas e tudo mais o que tiver ligação direta com guerra), surgem naturalmente na mente do semideus, mesmo que ele jamais tenha passado por alguma situação de dificuldade.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Conseguem elaborar planos, ler mapas e criar estrategias com mais facilidade.
Dano: Nenhum

Nível 4
Nome do poder: Combate não Armado
Descrição: Nos combates de uma guerra, muitas vezes o combatente acaba sendo desarmado, acabando sua munição ou perdendo sua arma, obrigando-o a utilizar apenas seus punhos para sobreviver. Sendo peritos em combates desarmados, os filhos de Ares/Marte sabem técnicas marciais de todas as artes marciais existentes, mesmo que nunca tenha feito uma aula sequer. As técnicas podem ser utilizadas para a elaboração de movimentos complexos, como mortais, piruetas, ataques acrobáticos e golpes que requeiram uma grande elasticidade.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Seus golpes desarmados dão 20 de dano base.

Nível 5
Nome do poder: Mãos trocadas
Descrição: Graças à natural facilidade no manuseio de armas, as proles do deus da guerra conseguem manusear com extrema perícia duas armas ao mesmo tempo, sendo ambidestros por natureza. Seus golpes são potentes independente de com qual mão esteja segurando a arma, além de conseguir utilizar armamentos pesados de duas mãos utilizando apenas uma, como espadas montantes, machados de guerra, lanças e etc.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Conseguirá manusear duas armas com naturalidade, desde que essas não precisem das duas mãos para ser empunhadas (ex: podem usar uma espada curta em cada mão, dois machados mais leves, duas adagas), lutando com a mesma destreza que lutaria apenas com uma arma.
Dano: Nenhum.

Nível 6
Nome do poder: Sexto Sentido
Descrição: Em meio a um campo de batalha, descansar não é opção e os filhos de Ares/Marte sempre estão atentos. Além de conseguirem notar com mais precisão e facilidade sinais de aproximação (como sons) esses semideuses possuem uma espécie de sexto sentido, de modo que ao serem alvo de um ataque direta ou indiretamente, pressentirão o perigo, podendo se prepararem melhor para o combate e evitarem serem emboscados.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Poderão, durante um único turno, pressentir o inimigo se aproximando, podendo saber de onde o ataque virá, e se preparar para ele.
Dano: Nenhum

Nível 8
Nome do poder: Velocidade Atlética
Descrição: Um bom combatente sempre está preparado fisicamente para os futuros combates, sendo que as proles do deus da guerra levam a sério seus treinamentos rígidos, buscando sempre serem melhores. Devido a condição física e biológica natural do semideus, e de seu empenho nos treinamentos, são quase tão rápidos e ágeis quanto filhos de Hermes, conseguindo correr longas metragens sem se cansarem. Movimentos de finta, esquiva e outros que requeiram velocidade/agilidade, sempre possuem mais chances de funcionar contra inimigos mais lentos, além de perderem em uma corrida apenas para seres tão velozes quanto filhos do deus mensageiro.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: 15% de chance de conseguir se esquivar, pular, e saltar em uma luta com inimigos mais fracos, ou mais lentos.
Dano: Nenhum

Nível 10
Nome do poder: Sanguinário
Descrição: Ares/Marte ama ver o sangue de seus inimigos jorrando de seus corpos, sendo esse um inevitável atrativo das guerras. Ao ser tocado pelo sangue de um inimigo, ou por algum fluído vital que se assemelhe ao sangue (Ents - seiva, deuses - icor e etc), o filho de Ares/Marte recupera parte de sua energia e força, ficando com ainda com mais vontade de ferir inimigos.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Recupera +10 HP e +10 HP
Dano: Nenhum
Extra: Pode ser utilizado uma vez a cada 3 turnos.

Nível 11
Nome do poder: Arma em Punho
Descrição: As proles de Ares/Marte aprendem desde cedo a importância de suas armas, não as deixando ou arriscando perde-las, não importa o que aconteça. Dificilmente vão poder tirar uma arma das mãos de um filho de Ares/Marte durante o combate, estes vão segurar suas armas com força e elas apenas irão poder serem removidas caso o semideus não esteja as segurando, ou caso morra.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: O semideus que tiver um nível inferior ou igual ao do filho de Ares/Marte não poderá desarmá-lo.
Dano: Nenhum

Nível 13
Nome do poder: Percepção estratégica
Descrição: Para vencer um combate, não é preciso apenas possuir a maior força, os melhores golpes e as principais vantagens, também é necessário saber utilizar as desvantagens e fraquezas dos adversários, fazendo com que eles percam para si mesmo. Ao olharem atentamente para o corpo de um oponente, os olhos do filho de Ares/Marte conseguem notar quais são as principais fraquezas do sujeito, quais os melhores pontos a se golpear e o que pode fazer para vencê-lo. As informações são dadas pelo narrador, cabendo á prole do deus da guerra as utilizarem da melhor forma possível. (só pode ser usado por uma vez em cada batalha)
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Pode pedir ao narrador que aponte dois pontos fracos no corpo do inimigo, mas cabe a você conseguir acertá-los.
Dano: Nenhum

Nível 18
Nome do poder: Imunidade Claustrofóbica
Descrição: Ares/Marte ficou treze meses trancado em urna de bronze pelos gigantes Oto e Efialtes, de modo que apenas conseguia uivando e gritando. Pelo tempo que Ares/Marte conseguiu sobreviver em um lugar tão pequeno e apertado, seus filhos herdaram uma habilidade natural de seu pai; a de conseguir sobreviver em lugares fechados e pequenos, de modo que se sintam desconfortáveis em ambientes fechados mas não sofrem possíveis efeitos negativos referente a escuridão, assim como não possuem dificuldade para lutar em lugares com pouco espaço.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ainda conseguirão se manter vivos.
Dano: Nenhum

Nível 19
Nome do poder: Preparo Físico
Descrição: Cultivadores de seus corpos e exímios treinadores, os filhos do deus da guerra, sempre buscam ultrapassar seus limites, trabalhando arduamente para isso. Sempre serão os últimos a cansar em batalha, de modo que em caso da MP do semideus ser gasta a ponto de chegar a zero, ele não irá desmaiar e poderá continuar lutando, desde que não gaste mais energia em poderes ativos. (Será impedido de usar poderes ativos, mas poderá continuar lutando, diferente de outros campistas que se chegarem a 0 de MP desmaiam e são incapazes de continuar em campo).
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 30
Nome do poder: Disciplina
Descrição: Os campistas de Ares/Marte são os mais disciplinados e focados. Com isso, sua resistência a poderes/habilidades que envolvam alterações emocionais ou na personalidade do campista é bastante forte. Poderes mentais e de persuasão tem o efeito reduzido no filho de Ares/Marte, assim sendo, dificilmente o semideus irá deixar que distrações tirem de si o foco em sua missão.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Poderes relacionados a charme, ilusão, ou jogos mentais, terão o efeito reduzido em 20% nos filhos de Ares/Marte. Se o dano ou efeito era de 100, será apenas de 80 no campista de Marte/Ares.
Dano: Nenhum

Nível 32
Nome do poder: Ignorando a dor II
Descrição: Já fortificados e com o corpo repleto de cicatrizes e demais sinais de combate, os filhos de Ares/Marte melhoram a capacidade de ignorarem a dor de ferimentos, podendo lutar normalmente mesmo se estiverem com luxação, dedos quebrado ou ferimento profundo e não mortal. Nesse nível, caso o golpe incapacite um membro do semideus, a dor poderá ser ignorada apenas durante três turnos.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Podem ignorar a dor de queimaduras de grau médio, desde que não sejam em grande escala de estrago, luxações, câimbras, fraturas em dedos e etc. Apesar de serem afetados, e sentirem dor, conseguem continuar lutando. Fraturas em braços, pernas, costelas e outros membros não entram nesse poder.
Dano: Nenhum

Nível 33
Nome do poder: Resistência
Descrição: Após tantas batalhas, tantos treinamentos e por levarem sempre seus corpos ao limite, os filhos de Ares/Marte possuem um corpo calejado, acostumado a apanhar e sofrer desgastes físicos. Ao sofrerem ataques físicos, os semideuses sofrerão danos menores, sendo capazes de suportar por um tempo maior os combates contra seus oponentes.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: 15% de resistência a mais no corpo em ataques físicos (socos, chutes, bater a cabeça dele em algum lugar, acerta-lo com bastões e etc).
Dano: Nenhum

Nível 40
Nome do poder: Espirito Ancestral
Descrição:  A violência percorre o seio da humanidade desde o seu início, e antes disto em todos os seres vivos. Sendo essa a mais primitiva razão da realização de guerras, como filho de Ares/Marte você possui os instintos da própria violência em seu corpo, sendo que sempre luta com objetivo de ferir seu oponente. Essa agressividade natural acaba fazendo com que todos os golpes físicos da prole do deus da guerra, causem um estrago ainda maior nos golpes dados pelo semideus em fúria. Se o estado de fúria não for explorado no RP, o bônus não conta.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: 20% a mais de dano caso o semideus acerte o adversário quando estiver com o poder ativo, arma ou com os punhos.

Nível 42
Nome do poder: Força IV
Descrição: Você andou malhando? Seu treinamento tem apresentado resultados surpreendentes, e sua força é sem dúvida sua principal arma, você ainda precisa de uma para lutar?
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +40% de força
Dano: +20% de Dano se o ataque do semideus atingir.

Nível 43
Nome do poder: Pericia com Machados IV
Descrição: Você se desenvolveu por completo, e com um machado em mãos se tornou um campista imbatível, consegue lançar o machado, se defender ou com ele e atacar sem quaisquer problemas, com essa arma em mãos o campista se torna realmente imbatível.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +100% de chance de acerto no manuseio de machados.
Dano: +45% de dano ao ser acertado pela arma do semideus.

Nível 50
Nome do poder: Pericia com lâminas IV
Descrição:  Você se tornou um mestre na arte de lidar com laminas, é um excelente esgrimista, sabe empunhar e lançar lanças, lidar com arremesso de facas e combater com adagas sem qualquer problema, além disso ainda consegue se defender com elas, você é mesmo um herói incrível.  
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +100% de chance de acerto no manuseio de lâminas.
Dano:  +40% de dano se o adversário for atingido pelo semideus.

Nível 52
Nome do poder: Marcha forçada
Descrição: Durante o período de guerra, os exércitos muitas vezes combatem a grandes distâncias do local aonde residem, sendo obrigados a enfrentarem dificuldades para marcharem, como falta de alimento, temperaturas climáticas inconstantes, terreno acidentado e etc. Para que não sofram tanto em suas jornadas, os filhos de Ares/Marte possuem um corpo fisiologicamente preparado. As proles do deus da guerra são capazes de ficarem até cinco dias sem comerem, três dias sem beber água, podem passar por montanhas e pântanos sem dificuldades e efeitos climáticos serão 50% menores sobre si.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Poderes relacionados a clima (vento, chuva, lama, ou etc), terão metade do efeito reduzido contra o filho de Ares/Marte.
Dano: Nenhum

Nível 60
Nome do poder: Força V
Descrição: Se antes você era forte, agora sem dúvida superou em números qualquer outro campista, sua força vai muito além dos demais semideuses, e com toda certeza isso é uma vantagem tremenda para alguém que precise lutar desarmado. Você se saiu bem.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +50% de força
Dano: +25% de Dano se o ataque do semideus atingir.

Nome do poder: Regeneração III
Descrição: Conforme seu herói ficou mais forte, e evoluiu também conseguiu entender melhor como funciona a transferência de poder dos inimigos para ti. E agora, quanto mais inimigos matar, mais energia consegue recuperar.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: A cada inimigo derrotado em batalha +100 HP e 100 MP são restaurados em sua barra de status.
Dano: Nenhum

PODERES DE LEGADO:
Nível 2
Nome do poder: Ouro Imperial
Descrição: O ouro imperial é o material perfeito para Zeus/Júpiter, o olimpo é feito de ouro, suas armas são feitas de ouro, e se duvidarmos, Zeus/Júpiter reluz em ouro. Com isso, os filhos de Zeus/Júpiter ganham um bônus de batalha ao lutarem com armas feitas de ouro imperial, pois tem facilidade em lidar com elas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Quando o semideus lutar com armas feitas de ouro imperial ganha +10% de força
Dano: 5% de dano a mais se o adversário for acertado pela arma do semideus.

Nível 3
Nome do poder: Seguido
Descrição: Naturalmente a prole de Zeus/Júpiter possui uma aura de líder que faz com que os campistas e demais semideuses aliados os sigam naturalmente, esperando ordens e afins. No entanto, vale ressaltar que, dificilmente campistas de nível superior ou com grande força mental sejam afetados.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.

ITENS:

• Alabarda [É como uma lança-machado. A lâmina na ponta é muito boa para impactos, e o outro lado bom para parar investidas. A haste é feita de um tipo de madeira resistente e encantado para tal, e a lâmina e pontas são feitas de ouro imperial. Exige força e treinamento para ser utilizada com maestria. | Efeito 1: Tal arma pode passar a ter o peso nulo, durante dois turnos, caso seja utilizada em batalha, porém pode durar mais tempo caso seja usada fora de batalha. | Efeito 2: A alabarda é capaz de encolher, ficando do tamanho de um pequeno pingente, ainda conservando a sua forma, mas apenas diminuída. | Ouro Imperial e Madeira. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

• Pulseira de perícia Avançada [Pulseira de couro que se ajusta perfeitamente ao pulso do usuário, possui amarras de cordinhas na parte de baixo, então é fácil de equipar-se com ele, se for cortado, ou destruído, perde totalmente o efeito, ou seja, é preciso estar em uso, no pulso, para que o efeito continue a ser efetivo para o semideus, do contrário, ele perde o bônus da perícia completamente, só funciona através da pulseira | Aumenta a perícia de uma arma de sua escolha em +50%, provocando um dano de +30% (Machados) | Couro | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos | Mágico | Loja especial do dia dos namorados]

• Mochila sem fundo [Mochila de prata com material simples, sem bolsos laterais, com um único zíper, uma única entrada e uma única saída.| A mochila não possui fundo, foi encantada para caber inúmeros objetos, ou seja, seu espaço é infinito, tudo que você colocar dentro dela permanece ali, desde que passe pela parte de cima, ou seja, você precisa conseguir colocar o item pelo buraco, que é largo o suficiente para passar até uma panela de pressão. Para pegar o item de volta basta colocar a mão dentro da mochila e pensar nele, e ele retorna para suas mãos.| Indefinido | Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos |Lendário e mágico | Loja especial do dia dos namorados]

Trufa do Amor (x7) – Tem formado de coração e licor de morango como recheio, ao consumir a trufa o semideus pode recuperar até 100 HP. (Ao consumir, some do perfil)


I'm not the good guy
August Damon Wolfstorm
August Damon Wolfstorm
Filhos de Ares
Idade : 25
Localização : Pergunta pra loira.

Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆ - Página 3 Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆

Mensagem por Daron A. Herzl em Sab Nov 02, 2019 10:38 pm


A Vampira


▬ Parem!, a vampira havia ordenado.

E, automaticamente, o trio obedeceu. Sua voz soou hipnótica, envolvida por um charme que era familiar aos ouvidos do romano. O azul de suas íris encararam o filho de Marte fixamente, enquanto suas capacidades motoras pareciam momentaneamente desativadas diante da beldade fatal da criatura.

▬ Esqueça ela, Daron, a mulher disse, de uma forma tão intensa que pareceu ecoar dentro de sua mente. ▬ Venha até mim, eu vou cuidar de você.

Herzl já havia sido vitimado pelo charme antes, pois era parte do ônus de se envolver com uma filha da deusa do amor. Parecia que todo o ambiente ao redor se desligava e a única coisa existente era a voz que o encantava, a qual ele sentia o ímpeto de obedecer. Estava sendo exatamente igual naquele momento, mas com uma intensidade significativamente maior.

Daron sabia que não devia obedecer, mas não conseguia frear seus passos e permanecer onde estava. Aos seus ouvidos, a voz da vampira não soou provocante e sensual como antes. O tom dela era mais melodioso e delicado, exatamente no mesmo timbre de Elena García. Aquele som preenchia seus ouvidos como um entorpecente, em uma canção suave porém fatal, que o atraía direto para a morte.

▬ Daron!, ele ouviu Sasha chamá-lo e tentar despertá-lo, mas sua voz parecia distante e quase inaudível para o romano.

O barulho de ataques também pareceu longínquo aos ouvidos do filho de Marte, mas sua parte lúcida compreendia que os gregos estavam tentando atacar a vampira e interromper seu canto. No entanto, a voz da ruiva continuava sendo emitida, indicando que eles não obtinham êxito em seus golpes devido à intangibilidade da vampira.

Então, alterando um pouco a estratégia, Damon se posicionou no caminho do legionário, a fim de impedir sua aproximação da criatura. Em resposta, a vampira reagiu manipulando as correntes de ar e provocando vento contra o filho de Ares para empurrá-lo para fora do caminho. Porém, as fazer isso, a sua pele tornou-se tangível novamente, algo que o grego havia feito-os perceber anteriormente. A filha de Poseidon havia se posicionado antecipadamente, prevendo que aquilo aconteceria. E, quando a vampira ficou passível de ser ferida, Sasha avançou e cravou sua lâmina na perna esquerda da criatura.

Seu canto transformou-se em um grito que mesclava raiva e dor. Interrompido o charme que havia em sua voz, a mente do senador pareceu voltar ao lugar e ele recuperou o domínio de seu corpo. O rapaz piscou duas vezes com força, como se sentisse a lucidez preenchê-lo outra vez. Ao abrir os olhos a segunda vez, encontrou a expressão irritada do filho de Ares.

▬ Que merda, cara! Quer morrer?

E se ele quisesse? Não era a questão, mas sua mente recém-desperta pareceu lhe oferecer uma ideia arriscada, porém funcional. A vampira tinha um particular interesse em sugar as capacidades elétricas do legado de Júpiter. Ela demonstrava que já havia coletado os outros elementos, razão pela qual não tinha o mesmo interesse pelas habilidades da filha de Poseidon. Então, se seu alvo era Daron, ele podia perfeitamente servir de isca.

Naquele momento, a fúria da vampira era destinada à filha de Poseidon após o ferimento que ela havia causado em sua perna. E, para tentar machucá-la, precisava estar em sua forma tangível para executar seus ataques e exercer o domínio dos elementos contra ela.. Percebendo aquela oportunidade, Damon se aproximou e tentou investir pelo outro lado, arriscando um golpe no flanco da criatura. Só não teve êxito porque a mulher tornou-se translúcida no último segundo e a lâmina da alabarda atravessou-a como ao ar.

Usando aqueles pequenos segundos de vantagem, o olhar do filho de Marte concentrou-se no corpo da vampira. Embora as curvas de seu corpo fossem atrativas e qualquer um pudesse perder um longo tempo admirando-a, o senador tinha como objetivo rastrear um ponto fraco em sua constituição. A forma humanóide sugeria que ela poderia ter os mesmos pontos vitais que um ser humano comum, mas era difícil confiar naquilo. O ponto que brilhou aos olhos do filho de Marte foi sob o pescoço da criatura, então ele terminou de elaborar seu plano.

De modo astuto, a ruiva tentou usar o próprio elemento de Sasha contra ela. A água da fonte próxima a eles moveu-se rapidamente e foi de encontro ao solo de mármore para deixá-lo escorregadio. Ela fez isso em concomitância à aproximação de ambos os semideuses, pretendendo derrubá-los antes que se aproximassem. A filha de Poseidon, no entanto, conseguiu reagir com agilidade, moldando a água para cima formando uma fina parede. Aquilo não iria afetar a vampira, mas impediria a queda deles. E, sem Pearcy notar, deu uma nova chance de ataque ao romano.

Daron usou uma rajada de vento para empurrar as moléculas de água totalmente para cima da vampira, garantindo que encharcaria suas roupas e cabelos flamejantes. A seguir, o legado de Júpiter sentiu a eletricidade percorrer seu corpo e concentrar-se na palma de suas mãos. Aquilo provocava um ruído estático característico, que se tornava mais alto até o ápice da concentração de energia, sendo o sinal necessário para que os gregos percebessem que não deviam se colocar no caminho naquele instante. A eletricidade dissipou-se de suas mãos na forma de raios, sendo dirigidos imediatamente para a vampira.

O corpo molhado da criatura, somado às feridas expostas de sua pele, acentuaram a intensidade da descarga elétrica e da dor sentida pela mulher. E, como ainda não havia sugado a habilidade elétrica de ninguém, ela também não era imune àquele elemento ainda. Aquilo não pareceu ter apenas ferido ela, como também aumentou exponencialmente a sua fúria.

▬ Espero que tenha absorvido esse raio, o senador disse a ela, sem necessidade de usar um tom irônico em sua fala para a acidez das palavras tornar-se óbvia.

Logo, a audição sensível do semideus, junto ao seu sexto sentido, percebeu algo estranho e diferente do que estava esperando. A vampira estava usando seu poder sobre a terra em resposta ao seu ataque, de modo que acabou por causar um abalo sísmico concentrado exatamente no solo abaixo dos três semideuses. O tremor desequilibrou-os, e a ruiva aproveitou para mover o ar na direção de Pearcy para derrubá-la sobre o chão e tentar fazê-la um alvo mais fácil.

Afastando os pés da superfície do solo, Herzl ganhou altitude enquanto movia o corpo em direção à filha de Poseidon. Seu objetivo era tirá-la do centro da batalha antes que fosse atingida pela vampira. E, enquanto Damon batalhava com a mulher e capturava a sua atenção, o legionário poderia contar sua ideia à semideusa grega.

▬ Sasha, eu tenho um plano, falou enquanto mantinha os olhos na batalha e garantia que estavam longe do foco da vampira. ▬ Vou precisar que se posicione para atacar ao meu sinal.

▬ E o que vai ser o sinal?

▬ Vou deixar a garganta dela à vista para você perfurar. Você só vai precisar se concentrar no ataque, vai ter apenas uma chance.

▬ Mas você não pode deixar ela te tocar, a semideusa reforçou e arqueou uma sobrancelha, perguntando-se como o filho de Marte cumpriria sua palavra.

▬ Confie em mim e eu vou confiar que você vai matar a vampira. Faça apenas isso, ok?

A semideusa ainda parecia ter dúvidas sobre aquilo, mas eles não tinham tempo para debater o plano, bolar novas estratégias e refletir sobre um mapa do cenário. Suas vidas dependiam de uma ação rápida e efetiva, sem chances de erros. Após a resposta afirmativa da filha de Poseidon, Herzl deixou que ela se posicionasse e retornou para o lado do filho de Ares.

A vampira estava cercada por fantasmas de soldados espartanos, facilmente reconhecíveis por suas lanças e pela formação que adotavam ao montar uma parede de escudos. Aquilo, no entanto, não poderia segurar a ruiva furiosa por muito tempo. Em um movimento veloz como vento, ela transpôs a barreira espartana e se aproximou dos filhos da guerra com sede de vingança e ávida por devorá-los, começando pelo romano.

Herzl mantinha sua espada em mãos, usando o efeito de seu anel para alterar o material da lâmina para vibranium. Assim, a espada conseguiu resistir melhor quando o senador usou sua parte chata para deter a mão da vampira e movê-la para longe de si. Na sequência, continuou avançando contra a mulher e, após estender uma carga de poder até sua lâmina, estocou-a para frente para feri-la. Apenas para ver sua espada atravessar seu corpo como fumaça.

Antes que a vampira se reaproximasse e tocasse em Herzl, o filho de Ares foi mais rápido e colocou-se no caminho, usando a haste de uma alabarda para fazê-la recuar. A seguir, ele moveu a arma habilmente em sua mão e moveu a lâmina para frente tentando acertá-la. A ruiva desviou do ataque graças à sua velocidade aprimorada, contornando o grego e avançando outra vez na direção do senador.

Em um reflexo, o legado usou o domínio sobre os ventos para empurrá-la para trás e forçá-la a recuar. No entanto, aquele era um elemento que a vampira também dominava com facilidade. A criatura moveu as correntes de ar entre ambos e inverteu-as, fazendo com que fossem ao encontro do romano. Sem esperar por aquilo, Daron teve o corpo empurrado alguns metros para trás até suas costas atingirem uma parede e marcá-la com o impacto.

Cambaleante, o filho de Marte colocou-se em pé e recuperou o equilíbrio. À sua frente, o grego havia interceptado a aproximação da vampira, mas sua intangibilidade a fazia intocável. Logo, a ruiva se aproximaria dele outra vez, então Daron procurou com seu olhar por Sasha, para conferir se ela havia se posicionado conforme o combinado. Ela estava a uma distância adequada para manter-se longe do foco da criatura, mas também conseguiria se aproximar rapidamente no momento certo.

▬ Ei!, ele chamou pela atenção da vampira.

Um raio percorreu o espaço entre eles e atingiu a ruiva, não com intensidade o suficiente para feri-la, mas apenas atrair sua atenção de volta para o legionário. Foi em tempo para que ela suspendesse o ataque elemental que estava prestes a desferir contra Damon, deixando que as placas de terra voltassem ao solo. Os olhos azuis eram assassinos e sedentos por poder quando encararam o neto de Júpiter, pronta para avançar em sua direção e capturar seus poderes.

Caberia a Sasha permanecer atenta ao seu sinal para dar fim à vampira.



Armas e Itens levados:

• Espada do Carrasco [Forjada por acidente a espada possui uma aparência bastante incomum: sua lâmina possui um segmento principal como os das outras espadas, porém na sua lateral a lâmina se divide em outras pequenas lâminas que são capazes de provocar ainda mais dano contra seus inimigos. | Efeito 1: A lâmina é capaz de suportar as mais elevadas temperaturas sem modificar a sua forma, apenas ficando incandescente. | Efeito 2: A espada possui uma espécie de consciência mágica e se afeiçoa ao seu primeiro portador e, dificilmente, irá deixar ser portada por outro semideus. | Ferro estígio. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

• Arsenal [Anel brilhante com uma pedra preciosa, esbranquiçada e minúscula em seu centro | Aço | . Possui o efeito de alterar uma arma, mudando assim sua forma, detalhes, e qualquer outra coisa que o portador desejar, desde que as alterações sejam apenas físicas. Ou seja, utilizando o efeito do anel, é possível transformar uma lança em uma espada ou faca, ou qualquer outro item de ataque. Um escudo circular pode ser transformado em um broquel, ou um escudo de corpo. Os materiais dos itens podem ser alterados, mas seus efeitos sempre serão os mesmos (exemplo: uma espada elétrica ainda causaria dano por eletricidade se transformada em uma lança) | Não possui espaços para gemas | Comum | Resistência: Sigma | Status: 100%, sem danos | Comum | Comprado na loja ].

Relicário [ Um colar com um pequeno pendente circular de ouro. O pingente abre-se ao meio, revelando espaço para duas pequenas fotografias serem guardadas. | Efeito 1: Aumenta em 20% o dano físico causado pelo portador do objeto. | Efeito 2: Auxílio na cura. Quando somada às habilidades naturais de cura do seu portador, o relicário acrescenta +20% de restauração em seu HP/MP. | Ouro Imperial | Beta | Sem espaço para gemas | Status: 100%, sem danos | Um Reino de Contos de Fadas ]

• Poção revitalizadora [Uma poção da cor de ferro derretido - um laranja metálico e um tanto incandescente - que está abrigada dentro de um pequeno frasco de vidro. | A poção recupera até 60% do HP e MP total de quem a ingerir, sendo que apenas uma utilização por batalha, mvp, pvp, missão e evento é permitido. | Poção e vidro. | Mágico. | Usos: 0/1 | Fabricado por Hela.] (x3)

• Pokemonster [Uma bolinha baseada no designer da famosa Pokebola, do anime, Pokemon. É preta e dourada, se expande nas mãos do portador e cria um portal seguro, que transporta a criatura para seu interior, e levando para uma dimensão parare-la. Possui um botão retrátil, ao apertar, libera a criatura novamente de seu mundinho particular.| Efeito 1: Ao pressionar o botão pela primeira vez, quando a Pokemonster está vazia, essa criara uma espécie de portal em frente a criatura. Um circulo luminoso repleto de escritos em grego ou latim, que se misturam a runas, criando um portal que suga a criatura para o interior da Pokemonster, o levando para uma dimensão paralela. Efeito 2: O interior é semelhante a um bosque, idêntico ao da maleta fantástica, que deixa a criatura livre para brincar, se divertir e melhor, manter-se segura enquanto seu dono está lutando do lado de fora. Efeito 3: Transforma-se em um chaveiro com o mesmo designer, que pode ser facilmente carregado por aí.| Desconhecido | Sem espaço para Gemas | Beta | Status: 100% Sem danos | Mágico | Comprado no Fantastic Beasts]

• Cristal de teletransporte [ Cristal de Topázio Azul em seu formato original, é desregular e nada polido, porém tem um tamanho pequeno e é fácil de carregar no bolso. | Efeito: Permite que a pessoa consiga viajar de uma cidade à outra. Funciona apenas fora dos domínios dos deuses, não comprometendo a segurança dos mesmos. | Gasto de MP: 20 MP por teletransporte. | Uso disponível somente uma vez por evento, missão ou CCFY. | Mágico | Comprado no Tea Drop ]

Nemeia’s Protection [ Casaco produzido a partir de partículas da pele de um leão da Nemeia, adquirindo a cor que o cliente preferir na compra e adaptando-se ao seu tamanho. | Efeito 1: Devido ao produto original, o casaco protege o tronco e braços do semideus perfeitamente, neutralizando 70% dos ataques físicos dirigidos à parte superior do corpo. | Efeito 2: Mantém o corpo do semideus aquecido mesmo quando estiver condicionado a baixíssimas temperaturas. | Pele de Leão da Nemeia | Sem espaço para gemas | Alfa | 100%, sem danos | Mágico | Comprado na loja “Ferreli & García - Mode et Style ].

• Mochila sem fundo [Mochila de prata com material simples, sem bolsos laterais, com um único zíper, uma única entrada e uma única saída.| Efeito 1: A mochila não possui fundo, foi encantada para caber inúmeros objetos, ou seja, seu espaço é infinito, tudo que você colocar dentro dela permanece ali, desde que passe pela parte de cima, ou seja, você precisa conseguir colocar o item pelo buraco, que é largo o suficiente para passar até uma panela de pressão. Para pegar o item de volta basta colocar a mão dentro da mochila e pensar nele, e ele retorna para suas mãos.| Efeito 2: A mochila permite ao semideus levar 3 itens a mais em missões e eventos, como uma forma de burlar as regras. Por exemplo, se o narrador estipulou apenas 1 item para a missão, o meio-sangue poderá levar essa mochila e com ela liberar mais 2 itens (pois ela conta como 1, gastando um dos 3 extras) | Indefinido | Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos |Lendário e mágico | Comprado na Loja Especial do BO]

Bênçãos:

Nome do Poder: Seguir Instintos
Descrição: Habilidade adquirida e desenvolvida pelo semideus no período em que esteve sendo treinado por Lupa e seus lobos, permitindo que o mesmo desenvolva os seus sentidos (visão, audição, tato, olfato e paladar) a ponto de aproximar-se de um lobo. Entretanto o sexto sentido também é desenvolvido, ao passo que o semideus passa a sentir objetos/coisas/pessoas da mitologia com facilidade, como monstros – mas não sendo guiados pelo cheiro que semideuses emanam e sim pelo poder que há no sangue dos semideuses. De modo que encontrar Acampamentos – por exemplo –, repletos de crianças proveniente de Deuses, magia e objetos encantados, é mais fácil.
Gasto de Mp: Não há gastos de MP, entretanto só poderá ser utilizado uma vez por missão/evento, podendo ficar ativo por três turnos.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: +35% em todos os sentidos – como visão, audição, tato etc.
Dano: Nenhum.
Extra: Não é necessário nível para o domínio da habilidade.

Nome do Poder: Genes Despertos
Descrição: O jovem Herzl foi abençoado por seu avô, Júpiter, e agora despertou parcialmente seus genes de Júpiter. Com isso, pode usufruir mais alguns poderes do rei olimpiano. Entretanto, esta benção o impede de se submeter a outro deus e integrar algum grupo secundário, pois seu laço está relacionado diretamente a Júpiter e sua lealdade também passa a ser dele.
Gasto de Mp: Equivalente ao poder usado.
Gasto de Hp: Equivalente ao poder usado.
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.
Extra: Deverá ter nível para usar a(s) habilidade(s) desbloqueada(s).

Poderes Passivos de Marte:

Nível 1
Nome do poder: Espírito de Guerra
Descrição: Ares/Marte é o deus da guerra, profundo amante de combates e um dos principais deuses amantes da morte. Seus filhos possuem um espírito parecido com o do deus, de modo que todos os conhecimentos referentes a guerra (como sinais de comunicação, técnicas de sobrevivência básica, manuseio de armas e tudo mais o que tiver ligação direta com guerra), surgem naturalmente na mente do semideus, mesmo que ele jamais tenha passado por alguma situação de dificuldade.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Conseguem elaborar planos, ler mapas e criar estrategias com mais facilidade.
Dano: Nenhum

Nível 4
Nome do poder: Combate não Armado
Descrição: Nos combates de uma guerra, muitas vezes o combatente acaba sendo desarmado, acabando sua munição ou perdendo sua arma, obrigando-o a utilizar apenas seus punhos para sobreviver. Sendo peritos em combates desarmados, os filhos de Ares/Marte sabem técnicas marciais de todas as artes marciais existentes, mesmo que nunca tenha feito uma aula sequer. As técnicas podem ser utilizadas para a elaboração de movimentos complexos, como mortais, piruetas, ataques acrobáticos e golpes que requeiram uma grande elasticidade.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Seus golpes desarmados dão 20 de dano base.

Nível 5
Nome do poder: Mãos trocadas
Descrição: Graças à natural facilidade no manuseio de armas, as proles do deus da guerra conseguem manusear com extrema perícia duas armas ao mesmo tempo, sendo ambidestros por natureza. Seus golpes são potentes independente de com qual mão esteja segurando a arma, além de conseguir utilizar armamentos pesados de duas mãos utilizando apenas uma, como espadas montantes, machados de guerra, lanças e etc.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Conseguirá manusear duas armas com naturalidade, desde que essas não precisem das duas mãos para ser empunhadas (ex: podem usar uma espada curta em cada mão, dois machados mais leves, duas adagas), lutando com a mesma destreza que lutaria apenas com uma arma.
Dano: Nenhum.

Nível 6
Nome do poder: Sexto Sentido
Descrição: Em meio a um campo de batalha, descansar não é opção e os filhos de Ares/Marte sempre estão atentos. Além de conseguirem notar com mais precisão e facilidade sinais de aproximação (como sons) esses semideuses possuem uma espécie de sexto sentido, de modo que ao serem alvo de um ataque direta ou indiretamente, pressentirão o perigo, podendo se prepararem melhor para o combate e evitarem serem emboscados.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Poderão, durante um único turno, pressentir o inimigo se aproximando, podendo saber de onde o ataque virá, e se preparar para ele.
Dano: Nenhum

Nível 8
Nome do poder: Velocidade Atlética
Descrição: Um bom combatente sempre está preparado fisicamente para os futuros combates, sendo que as proles do deus da guerra levam a sério seus treinamentos rígidos, buscando sempre serem melhores. Devido a condição física e biológica natural do semideus, e de seu empenho nos treinamentos, são quase tão rápidos e ágeis quanto filhos de Hermes, conseguindo correr longas metragens sem se cansarem. Movimentos de finta, esquiva e outros que requeiram velocidade/agilidade, sempre possuem mais chances de funcionar contra inimigos mais lentos, além de perderem em uma corrida apenas para seres tão velozes quanto filhos do deus mensageiro.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: 15% de chance de conseguir se esquivar, pular, e saltar em uma luta com inimigos mais fracos, ou mais lentos.
Dano: Nenhum

Nível 10
Nome do poder: Sanguinário
Descrição: Ares/Marte ama ver o sangue de seus inimigos jorrando de seus corpos, sendo esse um inevitável atrativo das guerras. Ao ser tocado pelo sangue de um inimigo, ou por algum fluído vital que se assemelhe ao sangue (Ents - seiva, deuses - icor e etc), o filho de Ares/Marte recupera parte de sua energia e força, ficando com ainda com mais vontade de ferir inimigos.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Recupera +10 HP e +10 HP
Dano: Nenhum
Extra: Pode ser utilizado uma vez a cada 3 turnos.

Nível 11
Nome do poder: Arma em Punho
Descrição: As proles de Ares/Marte aprendem desde cedo a importância de suas armas, não as deixando ou arriscando perde-las, não importa o que aconteça. Dificilmente vão poder tirar uma arma das mãos de um filho de Ares/Marte durante o combate, estes vão segurar suas armas com força e elas apenas irão poder serem removidas caso o semideus não esteja as segurando, ou caso morra.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: O semideus que tiver um nível inferior ou igual ao do filho de Ares/Marte não poderá desarmá-lo.
Dano: Nenhum

Nível 13
Nome do poder: Percepção estratégica
Descrição: Para vencer um combate, não é preciso apenas possuir a maior força, os melhores golpes e as principais vantagens, também é necessário saber utilizar as desvantagens e fraquezas dos adversários, fazendo com que eles percam para si mesmo. Ao olharem atentamente para o corpo de um oponente, os olhos do filho de Ares/Marte conseguem notar quais são as principais fraquezas do sujeito, quais os melhores pontos a se golpear e o que pode fazer para vencê-lo. As informações são dadas pelo narrador, cabendo á prole do deus da guerra as utilizarem da melhor forma possível. (só pode ser usado por uma vez em cada batalha)
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Pode pedir ao narrador que aponte dois pontos fracos no corpo do inimigo, mas cabe a você conseguir acertá-los.
Dano: Nenhum

Nível 14
Nome do poder: Ataque Surpresa
Descrição: Em meio ao filme da serie Percy Jackson, foi mostrado em um evento de caça a bandeira que os filhos de Ares/Marte gostam de surpreender seus adversários, utilizando lugares altos para os emboscarem. Após um ganho tão grande de experiência, os filhos do deus da guerra conseguem se camuflar com perfeição, utilizando a natureza ao seu favor. Ao estarem escondidos com o objetivo de emboscar um inimigo, esses semideuses se tornam praticamente invisíveis em meio ao ambiente, podendo ser detectados apenas caso o adversário possua algum sexto sentido, tenha um olfato sobrenaturalmente apurado ou seja capaz de detectar presenças através de auras.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Desde que o inimigo não tenha faro apurado, ou consiga detectar aura (rastrear de alguma maneira), não será identificado.
Dano: Nenhum

Nível 19
Nome do poder: Preparo Físico
Descrição: Cultivadores de seus corpos e exímios treinadores, os filhos do deus da guerra, sempre buscam ultrapassar seus limites, trabalhando arduamente para isso. Sempre serão os últimos a cansar em batalha, de modo que em caso da MP do semideus ser gasta a ponto de chegar a zero, ele não irá desmaiar e poderá continuar lutando, desde que não gaste mais energia em poderes ativos. (Será impedido de usar poderes ativos, mas poderá continuar lutando, diferente de outros campistas que se chegarem a 0 de MP desmaiam e são incapazes de continuar em campo).
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 30
Nome do poder: Disciplina
Descrição: Os campistas de Ares/Marte são os mais disciplinados e focados. Com isso, sua resistência a poderes/habilidades que envolvam alterações emocionais ou na personalidade do campista é bastante forte. Poderes mentais e de persuasão tem o efeito reduzido no filho de Ares/Marte, assim sendo, dificilmente o semideus irá deixar que distrações tirem de si o foco em sua missão.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Poderes relacionados a charme, ilusão, ou jogos mentais, terão o efeito reduzido em 20% nos filhos de Ares/Marte. Se o dano ou efeito era de 100, será apenas de 80 no campista de Marte/Ares.
Dano: Nenhum

Nível 32
Nome do poder: Ignorando a dor II
Descrição: Já fortificados e com o corpo repleto de cicatrizes e demais sinais de combate, os filhos de Ares/Marte melhoram a capacidade de ignorarem a dor de ferimentos, podendo lutar normalmente mesmo se estiverem com luxação, dedos quebrado ou ferimento profundo e não mortal. Nesse nível, caso o golpe incapacite um membro do semideus, a dor poderá ser ignorada apenas durante três turnos.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Podem ignorar a dor de queimaduras de grau médio, desde que não sejam em grande escala de estrago, luxações, câimbras, fraturas em dedos e etc. Apesar de serem afetados, e sentirem dor, conseguem continuar lutando. Fraturas em braços, pernas, costelas e outros membros não entram nesse poder.
Dano: Nenhum

Nível 33
Nome do poder: Resistência
Descrição: Após tantas batalhas, tantos treinamentos e por levarem sempre seus corpos ao limite, os filhos de Ares/Marte possuem um corpo calejado, acostumado a apanhar e sofrer desgastes físicos. Ao sofrerem ataques físicos, os semideuses sofrerão danos menores, sendo capazes de suportar por um tempo maior os combates contra seus oponentes.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: 15% de resistência a mais no corpo em ataques físicos (socos, chutes, bater a cabeça dele em algum lugar, acerta-lo com bastões e etc).
Dano: Nenhum

Nível 36
Nome do poder: Sensibilidade a Armas II
Descrição: O filho de Ares/Marte tem uma certa sensibilidade quando se trata de armas, sendo inclusive capaz de senti-las. Agora o semideus consegue sentir armas menores, e maiores, e até mesmo armas lendárias e antigas, forjadas pelos deuses, por Hefesto, ou coisas que foram deixados por legionários e exércitos em batalhas, esquecidas no tempo. Ao combinar esse poder com a atração de armas, será capaz de atrair essas armas perdidas, e enterradas até você, como um imã. Essas armas não desaparecem ao fim da luta, e inclusive podem ser recuperadas pelo semideus.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Permite ao semideus solicitar ao narrador se existem armas perdidas em campo, enterradas, ou submersas. Ocultas.
Dano: Nenhum

Nível 40
Nome do poder: Espirito Ancestral
Descrição: A violência percorre o seio da humanidade desde o seu início, e antes disto em todos os seres vivos. Sendo essa a mais primitiva razão da realização de guerras, como filho de Ares/Marte você possui os instintos da própria violência em seu corpo, sendo que sempre luta com objetivo de ferir seu oponente. Essa agressividade natural acaba fazendo com que todos os golpes físicos da prole do deus da guerra, causem um estrago ainda maior nos golpes dados pelo semideus em fúria. Se o estado de fúria não for explorado no RP, o bônus não conta.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: 20% a mais de dano caso o semideus acerte o adversário quando estiver com o poder ativo, arma ou com os punhos.

Nível 50
Nome do poder: Pericia com lâminas IV
Descrição: Você se tornou um mestre na arte de lidar com laminas, é um excelente esgrimista, sabe empunhar e lançar lanças, lidar com arremesso de facas e combater com adagas sem qualquer problema, além disso ainda consegue se defender com elas, você é mesmo um herói incrível.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +100% de chance de acerto no manuseio de lâminas.
Dano: +40% de dano se o adversário for atingido pelo semideus.

Nome do poder: Devoção e glória
Descrição: Na Grécia antiga, Ares/Marte sempre foi um deus um tanto quanto cultuado por póles guerrilheiras, fosse por temor, admiração ou devoção. As proles do deus da guerra também possuem um ar que inspira grande glória, fazendo com que inimigos mais fracos sintam certa admiração e respeito. Quando um adversário mais fraco tentar desferir seu primeiro golpe contra o semideus, por mais perfeito que o mesmo seja, irá errar por não desejar ferir o filho do deus da guerra, passando o efeito
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: No primeiro turno de ataque direto, ou que exija mira, o inimigo que tentar atacar o semideus (e seja humano, não monstro), terá 80% de chance de errar o golpe. Entrando em comparação a chance de acerto do ataque inimigo com os 80%. Por exemplo se um semideus com 50% de chance de acerto com uma espada desferir um ataque, ele errará pelo valor ser igual ou menor que os 80%. Poderes mentais não são afetados por esse debuff.
Dano: Nenhum

Nível 52
Nome do poder: Marcha forçada
Descrição: Durante o período de guerra, os exércitos muitas vezes combatem a grandes distâncias do local aonde residem, sendo obrigados a enfrentarem dificuldades para marcharem, como falta de alimento, temperaturas climáticas inconstantes, terreno acidentado e etc. Para que não sofram tanto em suas jornadas, os filhos de Ares/Marte possuem um corpo fisiologicamente preparado. As proles do deus da guerra são capazes de ficarem até cinco dias sem comerem, três dias sem beber água, podem passar por montanhas e pântanos sem dificuldades e efeitos climáticos serão 50% menores sobre si.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Poderes relacionados a clima (vento, chuva, lama, ou etc), terão metade do efeito reduzido contra o filho de Ares/Marte.
Dano: Nenhum

Nível 60
Nome do poder: Força V
Descrição: Se antes você era forte, agora sem dúvida superou em números qualquer outro campista, sua força vai muito além dos demais semideuses, e com toda certeza isso é uma vantagem tremenda para alguém que precise lutar desarmado. Você se saiu bem.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +50% de força
Dano: +25% de Dano se o ataque do semideus atingir.

Nome do poder: Regeneração III
Descrição: Conforme seu herói ficou mais forte, e evoluiu também conseguiu entender melhor como funciona a transferência de poder dos inimigos para ti. E agora, quanto mais inimigos matar, mais energia consegue recuperar.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: A cada inimigo derrotado em batalha +100 HP e 100 MP são restaurados em sua barra de status.
Dano: Nenhum

Poderes Ativos de Marte:

Nível 27
Nome do poder: Impacto Explosivo
Descrição: Os filhos de Ares/Marte finca sua arma no chão, e libera toda a sua força, fazendo do ponto em que a arma foi fincada sair uma grande implosão de pressão e força atmosférica, que pode lançar longe os inimigos mais próximos. Quanto mais forte e fundo a arma for fincada, e mais forte for o filho de Ares/Marte, mais forte a explosão. (Inimigos só serão atingidos se estiverem em um raio de 20 metros de distância do filho de Ares/Marte).
Gasto de Mp: 30 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: A critério do narrador dependendo do impacto.
Extra: Pode lançar um inimigo para até 30 metros de distância do filho de Ares/Marte.

Nível 35
Nome do poder: Carga de Poder
Descrição: O filho de Ares/Marte poderá dar um poderoso golpe, armado ou desarmado, cuja intensidade será muito maior que um golpe normal. Este golpe parecerá uma simples mancha no ar para todos que o verem, sendo um tanto quanto difícil se defender. Esse poder também pode ser utilizado de maneira diferente, a força extra dada ao semideus ao utilizar esse golpe permite que ele pule mais alto, ou seja capaz de levantar 100 kg a mais do que normalmente consegue. Contudo essa carga de adrenalina extra dura apenas um turno.
Gasto de Mp: 60 MP
Gasto de Hp: 10 HP
Bônus: +30% de força durante um turno.
Dano: +70 de dano

Nível 50
Nome do poder: Aumento de Massa II
Descrição: Com esse poder o usuário pode aumentar a massa muscular de seu corpo, sua altura e seu peso. Isso permite que o semideus filho de Ares/Marte consiga crescer, e aumentar sua força em mais 20% podendo chegar a atingir 2,5 metros de altura, e pesar até 200 kg.
Gasto de Mp: 80 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Quanto maior o semideus ficar, mais devagar ele se torna.
Dano: Nenhum.

Poderes Passivos de Júpiter:

Nível 1
Nome do poder: Respiração
Descrição: Os filhos de Zeus/Júpiter não são afetados por grandes altitudes, e assim como os filhos de Poseidon respiram embaixo da água, eles respiram sobre o ar – literalmente – podendo chegar a altitudes elevadas sem ser prejudicado pela pressão do ar, ter sua respiração afetada. Eles respiram naturalmente.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Consegue respirar normal em grandes altitudes
Dano: Nenhum

Nome do poder: Imunidade parcial
Descrição: A prole de Zeus/Júpiter, por ser prole de tal divindade, possui uma resistência mais acentuada contra eletricidade podendo suportar descargas altíssimas sem acabar falecendo, no entanto o mesmo não é imune a eletricidade. De maneira que, uma descarga que poderia matar um ser humano, apenas deixa a prole de Zeus/Júpiter fora de combate por alguns turnos (a depender da descarga recebida e do narrador).
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.

Nível 2
Nome do poder: Ouro Imperial
Descrição: O ouro imperial é o material perfeito para Zeus/Júpiter, o olimpo é feito de ouro, suas armas são feitas de ouro, e se duvidarmos, Zeus/Júpiter reluz em ouro. Com isso, os filhos de Zeus/Júpiter ganham um bônus de batalha ao lutarem com armas feitas de ouro imperial, pois tem facilidade em lidar com elas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Quando o semideus lutar com armas feitas de ouro imperial ganha +10% de força
Dano: 5% de dano a mais se o adversário for acertado pela arma do semideus.

Nível 4
Nome do poder: Pericia com Espadas I
Descrição: Os filhos de Zeus/Júpiter são excelentes esgrimistas, e eles aprendem a manejar uma espada com uma tremenda facilidade. Mesmo sem nunca ter pego essa arma, conseguira usa-la para estocar e se defender, mas nesse nível ainda comete erros, e dificilmente acerta pontos críticos em seu adversário, também pode acabar sendo desarmado.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +35% de assertividade no manuseio da espada.
Dano: + 15% de dano ao ser acertado pela arma do semideus.

Nível 5
Nome do poder: Comunicação
Descrição: O filho de Zeus/Júpiter tem capacidade de se comunicar com aves, e águias, podendo conseguir informações com elas com mais facilidade. Essa habilidade também lhe permite falar com espíritos dos ventos mentalmente, e ao entende-los, você também consegue extrair as coisas deles, favores, e informações com uma facilidade tremenda.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Pode conseguir informações com aves e espíritos dos ventos.
Dano: Nenhum

Nível 45
Nome do poder: Velocidade Aprimorada
Descrição: A velocidade pode ser uma grande aliada em campo de batalha e é uma habilidade que Daron desenvolveu após ser abençoado por Júpiter. Ele se tornou mais rápido, esquiva-se com facilidade, e domina a luta ao seu favor.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% de velocidade
Dano: Nenhum

Nível 47
Nome do poder: Força Aprimorada
Descrição: Ao desenvolver seus genes de Júpiter, Daron também evoluiu a sua força. Agora, consegue carregar ainda mais peso, levantar coisas mais pesadas e efetuar lançamentos com uma facilidade tremenda. Conforme se desenvolveu, ficou ainda mais forte.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +35% de força
Dano: +20% de Dano se o ataque do semideus atingir.

Nível 70
Nome do poder: Domínio da Movimentação Aérea
Descrição: Estando em pleno ar, Daron possui uma movimentação superior a outros semideuses, sendo melhor no ar do que em terra, tornando-se semelhante a um pássaro.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: +35% de força e velocidade quando o semideus lutar enquanto flutua.
Dano: +30% de dano quando o inimigo for atingido pelos poderes ativos do semideus.

Poderes Ativos de Júpiter:

Nível 32
Nome do poder: Dominador dos Ventos
Descrição: Daron recebeu a capacidade de controlar os ventos de acordo com sua vontade. Com esta habilidade, consegue criar campos de gravidade negativos e grandes ventanias, que podem erguer objetos maiores, também atrapalha o inimigo ao se locomover em campo, tornando-o lento. A visão do inimigo ficará turva, e a dificuldade de acertar algo em campo é grande.
Gasto de Mp: 60 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Dura dois turnos, o semideus não é afetado pela tempestade e pode continuar lutando normalmente, ao contrário do inimigo que fica vulnerável.
Dano: Nenhum
Extra: Nenhum

Nível 39
Nome do poder: Geração de eletricidade
Descrição: Após ser abençoado por Júpiter, Daron passou a dominar a eletricidade, podendo gerá-la e controlá-la. O legado é capaz de controlar, ainda que não facilmente, a energia que cria. Dessa forma, pode lançá-la como um ataque elemental de longo alcance, ou espalha-la ao seu redor de maneira defensiva, ou contra-ofensiva, a golpes alheios. Não serve para parar golpes físicos, mas pode impedir golpes elementais, ou causar dano a quem se aproximar dele.
Gasto de MP: 50 de MP para cada ativação da habilidade, seja ofensiva ou defensivamente
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: 60, podendo dobrar caso a vítima esteja molhada ou com fissuras na pele
Extra: Nenhum

Nível 42
Nome do poder: Maestria em Voo
Descrição: Abençoado por Júpiter, Daron passou a dominar a arte de voar e usar isso ao seu favor. Ao concentrar sua energia, O neto de Júpiter é capaz de içar a metros do chão. Ao redor de seu corpo, correntes de ar o mantem estável e equilibrado, ele também consegue ficar mais rápido.
Gasto de Mp: 40 por turno ativo.
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Já pode se erguer até 100 metros acima do solo.

Outras Habilidades:

Nome: Inteligência Interpessoal
Descrição: Quem possui a inteligência interpessoal bem desenvolvida é capaz de entender as intenções, motivações e desejos dos outros. Com essa habilidade, o semideus tem mais facilidade de se comunicar e conquistar a empatia de seus interlocutores. Quando usado de forma ativa, pode identificar as intenções e emoções de outrem uma vez por ocasião. Não envolve nenhum controle, apenas conhecimento, através de indicadores de comportamento que demonstrem como a outra pessoa se sente no momento. Pode perceber em um desvio de olhar que a pessoa está mentindo; pode notar pelos movimentos repetitivos que está nervosa; etc.
Gasto de MP: 30 MP (quando usado de forma ativa)
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +10% de inteligência. +30% de carisma e empatia.
Extra: O semideus é capaz de identificar as emoções de outrem uma vez por ocasião. Para isso, o narrador pode dar uma dica que denucie o estado emocional da outra pessoa.
Dano: Nenhum

Nome: Inteligência Lógico-matemática
Descrição: Quem possui a inteligência lógico-matemática bem desenvolvida tem a capacidade de confrontar e avaliar objetos e abstrações, discernindo as suas relações e princípios subjacentes. O semideus é hábil para o raciocínio dedutivo e solução de problemas lógicos, além de possuir mais facilidade para lidar com números e matemática.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +20% de inteligência, raciocínio lógico e elaboração de estratégias
Dano: Nenhum

Nome: Perícia Esportiva: Futebol
Descrição: Esporte tradicional do Brasil, o futebol é um exercício físico completo, que permite ao jogador trabalhar movimentos de alta intensidade e variação. Por conhecer e praticar esse esporte, o semideus melhorou seu condicionamento físico, sua resistência corporal e sua coordenação motora.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% de coordenação motora e resistência física. +15% de força.
Dano: +10% em golpes com os pés.

Nome do poder: Controle melhorado
Descrição: É a habilidade que permite ao semideus ter certo controle sobre si mesmo. Isso faz com que ele seja capaz de diminuir as batidas de seu coração, respirar de uma maneira mais calma e não demonstrar tanto medo quanto deveria. Esse controle faz com que as reações naturais que temos quando estamos nervosos, ou com medo – seja transpirar mais aumentando os odores do corpo, fazer suas batidas ficarem mais rápidas, a voz tremula e a respiração rápida – sejam controladas com um pouco de calma, o tornando mais firme em relação a si mesma. Esse tipo de reação faz com que monstros identifiquem semideuses com mais facilidade, e ter controle sobre elas também o torna um ágil gatuno na hora de escapar, atacar ou pegar seus inimigos de surpresa.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +60% de controle sobre reações desencadeadas por nervosismo ou medo. O semideus também se torna mais silencioso, seus passos ficam mais controlados o que o impede de ser detectado diretamente por inimigos sem audição aguçada.
Dano: Nenhum
Extra: Os bônus e o controle dados por essa habilidade não garantem imunidade contra poderes desencadeados por fatores externos (como criação de medo e descontrole, e até mesmo a audição aguçada). O personagem ainda pode ser encontrado por outras maneiras ou ter descontrole do corpo por ativas relacionadas a habilidades de outros personagens.

Nome do poder: Perícia em Voo I
Descrição: Através de um treinamento especializado, o semideus se tornou capaz de lutar voando sem dificuldades. Penalidades sobre movimentação, peso e afins não mais o acometem. Além disso, ele recebe um buff de velocidade e destreza enquanto no ar para realizar seus ataques e esquivas. Voar muito alto (ou seja, atravessar as camadas da atmosfera) ainda resulta em efeitos negativos caso ele não tenha resistência a isto.
Gasto de MP: Nenhum.
Gasto de HP: Nenhum.
Bônus: 35% em velocidade e destreza enquanto no ar (desde que tenha total controle sobre suas ações).
Dano: Nenhum.
Extra: Funciona em voos individuais (com asas ou algum outro tipo de magia como os ventos, por exemplo); podendo no máximo ter auxílio de vassouras mágicas, ou tênis alados e coisas do tipo. Montarias e meios de transportes voadores não usufruem desta habilidade.

Nome do poder: Gatuno Perfeito
Descrição: É a habilidade que permite ao semideus se camuflar e não fazer barulho, podendo assim não apenas conseguir informações mais facilmente como também criar armadilhas ou instalar armadilhas de uma maneira quase perfeita. Dessa forma o semideus aprende a controlar o ruído dos passos, tornando-se mais silencioso, também saberá encontrar esconderijos e descobrir o momento certo de atacar.
Gasto de MP: Nenhum.
Gasto de HP: Nenhum.
Bônus: +20% de furtividade. +30% de chance de não provocar ruídos ao andar.
Dano: Nenhum

Nome: Oponente
Descrição: Ao lutar com uma espécie completamente diferente do que é comum encontrar, o semideus consegue identificar os padrões de movimentação do monstro com mais facilidade, o raciocínio lógico dele tornou-se um pouco mais rápido e prático.
Gasto de HP: Nenhum.
Gasto de MP: Nenhum.
Bônus: 20% de raciocínio e estratégia ao lutar com monstros.
Extra: Funciona apenas com espécies que não estão na sessão de bestiário na biblioteca sagrada.

Nome: Dupla vantagem
Descrição: O conhecimento pode ser perigoso, mas completamente vantajoso se aplicado em determinadas situações. Semideuses correm perigo o tempo todo, estão acostumados a enfrentar criaturas e derrotar monstros, portanto é natural que encontrem um mesmo monstro mais de uma vez. Essa batalha continua é o que cria um conhecimento vasto e permite ao herói reconhecer padrões para sobreviver naturalmente, assim, essa habilidade permite que essa percepção não apenas fique ativa, mas lhe de vantagens contra criaturas que já enfrentou anteriormente. Aprender a usar a vantagem de padrões de movimentos, pontos fracos e técnicas de ataque é uma forma de se manter vivo, por isso, estar a frente é simplesmente essencial. Contudo, esse aprendizado só será valido para monstros, pois humanos e heróis mudam constantemente, se aprimoram, mas a maioria das criaturas – ou ao menos as que não possuem inteligência – não. Essa habilidade pode falhar em monstros com passivas de inteligência, mas ainda garantem uma esquiva melhorada e um conhecimento avantajado. Não basta saber como derrotar o monstro, também é necessário aprender como bloqueá-lo.
Gasto de HP: Nenhum
Gasto de MP: Nenhum
Bônus: +40% de chance de se esquivar dos ataques do monstro caso esteja enfrentando o mesmo pela segunda vez.
Dano: +50 creditados sobre o valor base para o cálculo de dano.
Extra: É necessário colocar o link da postagem onde o personagem enfrentou o monstro para validar esse poder, do contrario ele será desconsiderado.

Nome: Prática de Asanas
Descrição: O corpo é tão jovem quanto flexível. Exercícios de yoga enfatizam a saúde da coluna vertebral, a sua força, equilíbrio e flexibilidade. A prática dos Asanas (exercícios de Yoga) aumenta esses três atributos do semideus.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% em equilíbrio e flexibilidade
Extra: + 10% em força

Nome: Pranayama
Descrição: Inspire; expire; respire; aspire; não pire. Com o aprendizado sobre a prática do Pranayama, o semideus sabe a forma mais proveitosa de respirar e beneficiar o corpo com a distribuição correta do oxigênio. Isso o ajuda a controlar a sua energia vital adequadamente, ajudando-o a encontrar o equilíbrio entre seu corpo e sua mente. Com isso, consegue manter-se tranquilo diante de situações adversas e isso melhora seu controle corporal durante atividades físicas.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% concentração, percepção e destreza corporal.
Dano: Nenhum
Extra: O semideus tem mais chances de manter o controle emocional diante de situações adversas.

Nome do poder: Inteligência Intrapessoal
Descrição: Quem possui a inteligência intrapessoal bem desenvolvida tem a capacidade de se conhecer e compreender a si mesmo, desde seus medos, fraquezas a capacidades. Dentre as sete, é a inteligência mais rara que alguém pode desenvolver, pois está ligada à capacidade de neutralização dos vícios, entendimento de seus limites, preocupações, estilo de vida, autocontrole e domínio das emoções. Com esta habilidade, o semideus é capaz de conhecer suas fraquezas e superá-las, através de autocontrole e concentração.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +10% de inteligência; +20% de autocontrole e concentração.
Dano: Reduz em -10% os danos que visem afetar as emoções do semideus.

Nome: Pontos Críticos
Descrição: Ao participar da aula de combate corporal, o semideus aprendeu quais pontos do corpo humano provocam mais danos. Estes locais são chamados de diversas formas, como pontos críticos, pontos de pressão ou pontos de impacto. Ao aplicar um golpe nas áreas como: traqueia, queixo, têmpora, testículos, costela flutuante, diafragma, lateral do nariz, clavícula, parte interna da coxa e a parte interna da junta do cotovelo; o semideus poderá aumentar as chances de crítico e seu dano.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% de acertar os pontos mencionados acima, graças ao treinamento; +40% de dano somados ao dano crítico.
Extra: Funciona principalmente em formas humanoides.

Tatuagens:

Tatuagem SPQR [Tatuagem de coloração negra feita na parte inferior do antebraço direito. Possui o desenho de duas lanças cruzadas e uma águia, seguido abaixo pelas letras SPQR, um risco para cada ano servindo a Legião e escrito I Coorte. Uma vez por missão/evento, os poderes ativos utilizados pelo semideus terão um bônus de +20% de força/funcionalidade durante três turnos.]

Brutamontes | Força | Letra ה da escrita hebraica original. Junto às outras tatuagens, forma o Tetragrama, que representa o nome sagrado de Deus. | Aumenta a força do semideus em 30% | Parte posterior da coxa, na altura do bíceps femoral | Micro | Permanente.

Afiado | Armas e escudos | Letra ו da escrita hebraica original. Junto às outras tatuagens, forma o Tetragrama, que representa o nome sagrado de Deus. | Aumenta a perícia em lâminas em 15%, assim como aumenta o dano em 15% | Parte posterior da coxa, na altura do bíceps femoral | Micro | Permanente.

Sensations | Sentidos | Letras יה da escrita hebraica original. Junto às outras tatuagens, forma o Tetragrama, que representa o nome sagrado de Deus. | Aumenta os sentidos: audição, visão e olfato em 20% | Parte posterior da coxa, na altura do bíceps femoral | Micro | Permanente.

Cálculo de HP e MP
(Considerando status completos após esta batalha)

HP: 950/950
Dado sorteado: 5 = –55% = 427
↳ +100 (Regeneração III) + 20% (Efeito do relicário) = 547

MP: 950/950
↳ –320 (Uso de ativos) + 100 (Regeneração III) + 20 (Efeito do relicário) = 750 MP

Status final
HP: 547/920
MP: 750/920









Daron A. Herzl
רעם על ירושלים
Daron A. Herzl
Daron A. Herzl
Senadores
Idade : 21
Localização : Nova Roma

Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆ - Página 3 Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆

Mensagem por Visenya Vaftrudener em Dom Nov 03, 2019 12:33 pm



Daron e Damon confiavam no meu autocontrole mais do que eu própria e eu sabia o quanto ele era frágil, por isso eu precisava confiar nos garotos. Trabalhar em grupo sempre foi um grande desafio para mim, já que confiança não era minha principal qualidade. Segurei a espada com mais força entre meus dedos, podia sentir a textura do couro em minha pele, mas era muito mais pela minha ansiedade ao vê-los serem atingidos do que por ficar parada. Eu respirava tentando não fazer alguma merda e colocar o plano em risco, mas ver o Gus se ferindo era algo que me deixava vulnerável a errar. Meu instinto maior sempre era... Protegê-lo.

A bandida ruiva demonstrava que queria colocar um fim em tudo aquilo, seus ataques se tornavam cada vez mais ofensivos.  Eu via que Daron e Damon tinham cada vez mais dificuldade para desviar, bloquear e muitas vezes eram atingidos. Meus calcanhares muitas vezes levantaram do chão e nesses momentos a palavra esperar reverberava em toda a minha mente. Vi ela usar seus poderes elementais para jogar Daron para o alto e deixar que ele caísse, no mesmo instante ela estava pronta para arremessar uma pedra gigante contra Damon: — Chega! — Falei entre os dentes. Ou eu fazia algo ou o filho de Ares seria esmagado. Minha paciência havia chegado no limite.

Tomei impulso e corri com todas as forças das minhas pernas, quando me aproximei da monstruosidade escorreguei e acertei os joelhos dela com meus dois pés. Eu sabia que ela não cairia com aquilo, mas era o suficiente para tirar sua concentração.  Me impulsionei com o braço esquerdo e joguei meu corpo para cima, ficando em pé novamente. Eu não podia dar tempo para aquela mulher ou ela me mataria, então segurei seu braço e a puxei, a destra rasgou seu peito com a minha espada. Meu ataque havia sido mais rápido do que ela poderia esperar. Ela tentou me agarrar, mas dei um passo para trás e ataquei com a minha espada tentando um corte horizontal, obrigando-a se esquivar.

Eu podia ver o ódio que ela tinha por mim em seu olhar, então coloquei meu sorriso mais debochado no rosto: — Você foi mexer com o namorado da garota errada, querida. — Ao mesmo tempo puxei minha espada para mais próximo do meu corpo, eu sabia que aquela louca ia tentar de tudo para me agarrar. Talvez em seu pequeno estado de fúria, ela cometeu o erro de atacar utilizando a água do pequeno lago, não foi dificuldade nenhuma para mim deter aquele ataque. Notei que o chão sob nossos pés ficava cada vez mais encharcado. Talvez os elementos não funcionassem de uma forma direta, mas que tal tentar algo indireto?  

— Eu vou acabar com você garota insuportável! — Disse ela cheia de ódio e eu coloquei meu sorriso mais cínico nos lábios: — Vem tranquilo! — Respondi de uma maneira debochada. Segurando a espada com as duas mãos eu ataquei em um corte de cima para baixo com toda a minha força, ela tentou se tornar intangível, porém, nesse momento eu fixei meu olhar no dela e deixei que ela sentisse a sensação de estar em um barco em alto mar. Ela perdeu sua concentração e abriu a guarda para mim. Segurando a arma ainda com as duas mãos, aproveitei para cravá-la em seu ombro e sair rasgando sua roupa, pele e tudo mais que encontrasse pelo caminho. No entanto eu não esperava a coluna de pedra que me acertou na barriga e me jogou para trás.

Aquilo doeu para caralho e vi de relance o rosto do romano em um misto de preocupação e raiva por eu ter saído fora do plano. A sensação de dor me deixou mais lenta e sendo um alvo fácil a vampira me puxou para perto dela e me agarrou me encarando: — Agora eu vou acabar com você de uma vez. — Aquelas palavras me fizeram arrepiar, ela me puxou e em questão de segundos eu estava com o corpo todo dormente. Eu me senti tonta e não conseguia ver com clareza o que estava acontecendo comigo. Eu sabia que precisava fazer algo, mas meu corpo não obedecia. Aquele não podia ser meu fim. Eu ainda precisava ajudar Damon e Daron.

Quando recobrei os sentidos Daron estava me apoiando e eu tentando respirar desesperadamente. Meu corpo estava fraco, mas não muito. Ainda podia continuar lutando por um bom tempo: — Você precisa fazer sua parte do plano Sasha. Precisa confiar em mim e no Damon. Ou vamos morrer os três aqui! — Disse ele um pouco mais incisivo: — E nós já não estamos morrendo? Acha que é fácil ver vocês quase morrendo? — Não consegui segurar as palavras dentro da minha boca. Eu não tinha tanto sangue frio assim. Ele me olhou nos olhos e respirou fundo: — Eu prometo que nenhum de nós vai morrer, mas você precisa fazer sua parte. Aguarde o meu sinal. — Disse ele. Apenas assenti com a cabeça, mesmo não concordando com o plano, mas eu tentaria atacar na hora certa.

Me levantei ficando mais próxima da fonte de água, acompanhando a distância os movimentos dos meninos que enfrentavam a ruiva que estava ainda mais furiosa por não ter conseguido me matar. Damon a enfrentava com toda sua força, vi quando ele acertou a alabarda no tórax do monstro e a fez recuar, depois ele aproveitou que sua arma era longa acertando-a em suas pernas roubando seu apoio. Porém, quando ele se preparava para um ataque que de fato funcionasse, a maldita se tornou intangível novamente: — Filha da puta! — O palavrão escapou dos meus lábios sem eu me dar conta. A minha vontade era ir lá socar a cara dela, mas eu precisava me focar no plano: — Confiança Pearcy! Confiança! — Eu repetia isso quase que como um mantra.

A minha visão periférica notou Daron preparando um ataque, Damon precisava apenas resistir um pouco mais. Trinquei os dentes enquanto observava ele dar tudo de si, a sorte era que ele era muito bom de briga e mesmo sendo acertado pela maldita ruiva, continuava a ataca-la com sua alabarda. O filho de Ares teve que se afastar para conseguir esquivar de um ataque da inimiga e foi nesse momento que vi um imenso brilho ser disparado da mão do Romano na direção da vampira. Aquilo deveria fazer um grande estrago, deveria pelo menos ter derrubado ela, mas apensar das visíveis queimaduras que ataque havia deixado ela continuava de pé. August estava do outro lado da sala, ofegante e segurando sua alabarda pronto para um novo ataque.

Como esperávamos ela atacou Daron, o semideus estava mais vulnerável após o ataque que havia lançando contra ela. Ele caiu em suas garras facilmente e eu não podia fazer nada naquele instante ou poderia prejudicar o plano. Mas qual era o maldito plano do romano?! Eu ainda não conseguia compreender o que passava na cabeça daquele maluco. Damon claro tentou ajuda-lo, mas naquela altura, ele já havia sugado os poderes de Daron e usou eles contra o meu namorado: — Damon! — Foi impossível não gritar! Eu temia cada vez que ele se machucava, temia não o ter e isso fez com que eu pensasse nas razões da nossa separação. Se eu o amava, precisava confiar que ele sempre voltaria.

A medida que ela se movimentou com Daron na sala eu acompanhei seus movimentos, me preparando para atacar a qualquer instante. Praticamente tudo dependeria do meu ataque e eu só teria uma chance para acertar. Olhei na direção de Damon e vi que ele estava bem, apesar do ataque, mas Herzl já não parecia estar tão bem. Mordi meu lábio inferior ao notar que ela começava a drenar ele, se aquilo demorasse, provavelmente ele morreria nos braços dela. Olhei August do outro lado da sala e não precisávamos de palavras para nos comunicar, eu sabia que ele queria salvar o romano, mas ele também sabia que cada passo agora tinha que ser dado sem erros.

Enquanto ela estava ali tão entregue ao que estava fazendo, abria sua guarda para que eu ou Damon pudéssemos ataca-la, quanto mais ela sugava Daron, mas ela ficava vulnerável. Esse era o plano no fim das contas! Levei minha perna direita para trás e segurei minha espada com as duas mãos. Olhei para Damon e ele sabia o que eu queria dizer: — Confia em mim. — Apenas movi meus lábios e ele foi capaz de compreender. Dei um leve sorriso para ele e voltei a me concentrar no que tinha que fazer. Busquei forças em todo o meu corpo, em cada fibra dos meus músculos. Não ia demorar até que o sinal fosse dado ou o Filho de Marte estaria em sério perigo.

O tempo todo Daron quis servir de isca, se colando em perigo para abrir uma brecha na guarda da vampira. Só havia um lugar que eu poderia atacar que seria realmente efetivo. Eu precisava arrancar a cabeça dela ou ela poderia se regenerar e seria o nosso fim. Voltei a me concentrar, isolei qualquer coisa da minha mente e apenas desejei que os Deuses guiassem a minha espada para que eu não errasse. Mantive meus olhos bem abertos e respirei fundo, concentrando o máximo da minha força no que eu ia fazer. Todavia, não nego que a preocupação começava a tomar meus pensamentos à medida que o tempo passava. Eu não ia deixar aquele cara morrer para salvar a mim e o Damon.

Meus olhos perceberam o primeiro sinal para o ataque, os dedos de Daron se enrolando nos fios vermelhos e foi uma fração de segundos até que o pescoço dela estivesse completamente exposto. Usando toda a força das minhas pernas me impulsionei e parti na direção dos dois, minhas duas mãos seguravam minha espada com força e eu não iria errar. Assim que cheguei na distância certa eu pulei e cravei a minha arma bem no meio do crânio da vadia, quase partindo ele em dois. Daron caiu no chão totalmente atordoado, o meu medo era que ela tivesse sugado mais do que ele previa, já que ele estava bem abalado. Minha respiração estava ofegante, mas mesmo assim não tirei minha espada da cabeça dela, eu sentia que ela ainda estava viva, mas não conseguia se mover, talvez pelo fato de eu estar a prendendo daquela forma.

Não me movi até que August se aproximou e ajudasse Daron que ainda estava atordoado com o ataque da ruiva. Acompanhei de soslaio os dois se afastarem e finalmente pude puxar minha espada dando um pequeno pulo para trás. A criatura emitiu um som bestial e caiu dobrando os joelhos, senti que meus músculos relaxaram no mesmo instante e meus braços começaram a tremer. Um descuido bobo que eu não poderia ter cometido: — Sasha! — Escutei a voz de Gus me chamar e ao olhar para frente o vi atingindo a ruiva com sua alabarda na altura do tórax: — Acaba logo com isso porra! — Ele gritou ao atingir novamente o corpo da vampira. Passei minha espada para a mão direita e franzi meu cenho, eu ia pôr um ponto final em tudo aquilo. Ela não estava tão longe então precisei apenas um pequeno impulso para me aproximar e finalmente desferir um corte limpo e preciso na garganta dela, separando sua cabeça de seu corpo.

O som oco reverberou em meus ouvidos e me virei ainda há tempo de ver o corpo dela se desfazer: — Vadia! — Falei o palavrão em alto e bom tom e cuspi no chão onde ela estava. Gus se aproximou de mim e me encarou, eu ainda estava ofegante e um pouco atordoada pelos ferimentos da luta: — Achei que ia precisar de ajuda para arrancar a cabeça dela. — Disse ele cheio de cinismo e sarcasmo. Olhei em seus olhos azuis e dei um sorriso de canto: — Vai se foder Damon. —  Ele riu e tentou me puxar para dar uma beijo: — Vai cuidar do romano. Vocês dois estão péssimos! — Alfinetei e só então dei um selinho nele.  Sai dando de ombros nele e caminhando até a fonte de água que ainda estava ali, já que havia água em abundância aproveitei para me curar. Olhei dentro da piscina cristalina e me certifiquei de que não havia nada lá. Pulei na água e senti meu corpo ganhar forças novamente.

Não demorei muito, apenas o suficiente para que eles avaliassem os ferimentos. Damon parecia bem ferido e Daron também. Aproximei do meu namorado e dei uma examinada em suas feridas, aquilo ia deixar cicatrizes, eu tinha certeza. Olhei para Daron e fiz o mesmo: — Vai ficar bem? — Perguntei com um tom mais ameno. Ele apenas fez que sim com a cabeça: — Que bom. Foquem em se recuperar. Depois do mergulho já me sinto bem melhor. Então não precisam se preocupar comigo. — Agora era esperar os garotos se recuperarem para continuar nossa jornada rumo lá ao que fosse.



Arsenal:
• Sabre [Uma espada onde a destreza é mais influente que a força, podendo infligir grandes danos, feita com ferro estígio na lâmina e com o cabo revestido por um tipo de couro resistente e que se encaixa perfeitamente na mão daquele que a porta. | Efeito 1: A arma possui a característica incomum de ganhar um aspecto assustador quando está em um ambiente escuro, intimidando inimigos de menor nível, porém tal intimidação não é muito efetiva ao verem quem porta tal arma (rs). | Efeito 2: O sabre pode se tornar um anel liso e feito de ferro estígio. | Ferro estígio e couro. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]
Poderes:

Passivo:

Nível 12
Nome do poder: Força I
Descrição: Como demonstrado por Percy na série e é de conhecimento geral que Poseidon é mais forte que a maioria dos deuses por ser um dos três grandes, seus filhos possuem uma força superior à comum dos semideuses.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +15% de força
Dano: +10% de Dano se o ataque do semideus atingir.

Nível 14
Nome do poder: Rastro de Água
Descrição: O semideus passa a sentir a presença da água, mesmo que essa se encontre a quilômetros de distância. Essa pode ser a chave para quando a sede ou a necessidade de atacar seu oponente com suas habilidades se torne essencial. Além disso ao sentir a presença da água, também será capaz de encontrá-la. (Essa habilidade só é válida para rios, lagos, riachos, cachoeiras ou algo semelhante, ou seja, a quantidade de água deve ser grande, uma poça de agua a quilômetros não conta).
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Essa habilidade permite que o player solicite ao narrador que informe se tem água por perto, e a que distancia ela se encontra.


Nível 16
Nome do poder: Velocidade I
Descrição: Como demonstrado por Percy na série e é de conhecimento geral que Poseidon é mais rápido que a maioria dos deuses por ser um dos três grandes, seus filhos possuem uma velocidade superior à comum dos semideuses.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +15% de velocidade
Dano: Nenhum


Nível 18
Nome do poder: Cura II
Descrição: A agua vem se tornando uma aliada vital em suas batalhas, pois o risco de morrer diminui quando você tem esse elemento por perto. Feridas maiores agora se tornam cortes finos, e os menores desaparecer por completo, parte de sua energia também é restaurada ao tocar a agua. Você está ficando mais forte. (Só pode ser usado uma vez a cada 3 turnos).
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Recupera +50 de HP e 50 de MP
Dano: Nenhum


Nível 19
Nome do poder: Pericia com Espadas II
Descrição: Uau! Você andou treinando, e isso fez com que suas habilidades melhorassem muito, você já consegue fazer movimentos mais elaborados com as espadas e a segura perfeitamente, também é capaz de usa-la para se defender.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +70% de assertividade no manuseio da espada.
Dano: + 30% de dano ao ser acertado pela arma do semideus.
Ativo:

Nível 7
Nome do poder: Hydrokinesis II
Descrição: Nesse nível o controle do semideus sobre as águas é melhorado, de maneira que é possível levantar uma quantidade média de água, sendo possível utiliza-la para ataques, dando forma a água controlada. Entretanto é necessário ressaltar que o controle ainda não é perfeito.
Gasto de Mp: - 15 de MP.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.
Extra: Nenhum.


Nível 13
Nome do poder: Escudo II
Descrição: O semideus, nesse nível, consegue convocar uma quantidade razoável de água, a concentrando em camada em torno de uma área, fazendo com que seja difícil que ataques físicos ultrapassem tal barreira.
Gasto de Mp: - 20 de MP.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Nenhum.


Nível 17
Nome do poder: Enjoo Naval I
Descrição: O semideus poderá fazer com que seus inimigos sintam um leve enjoo, como se estivesse sofrendo os efeitos de estarem no mar, em um barco. Sendo necessário que a prole de Poseidon/Netuno mantenha contato visual para que a habilidade funcione.
Gasto de Mp: - 15 de MP por turno que se manter ativa.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Nenhum.

Sasha Pearcy
(C) Ross
Visenya Vaftrudener
Visenya Vaftrudener
Amazonas
Idade : 20
Localização : Na cama do August

Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆ - Página 3 Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆

Mensagem por Daron A. Herzl em Seg Nov 04, 2019 10:19 am


Pós Batalha


As mãos de Daron buscaram por sua mochila e puxaram-na para perto de si. Ele ainda não se sentia apto a ficar em pé, portanto permanecia sentado enquanto buscava por algo entre suas coisas. Sua cabeça girava, mas ele ainda conseguia se concentrar em um item e buscá-lo em sua mochila.

A vampira havia drenado muito de sua vitalidade, algo que ele só percebeu depois que se soltou dela. No momento em que estava em seus braços, no entanto, a sensação não parecia tão ruim ou tão fatal. Mas agora, sentia que sua pressão havia baixado subitamente e que suas energias haviam se esvaído do corpo como água.

Seus dedos envolveram um pequeno frasco de vidro com um líquido alaranjado em seu interior. Sem delongas, retirou a tampa e ingeriu todo o seu conteúdo. Era uma poção de cura, que o faria recuperar a energia e a vitalidade que a vampira haviam drenado dele.

▬ Você tá bem?, ouviu August questionar.

Agora que sua cabeça havia parado de latejar e ele era capaz de pensar outra vez, sentia que estava se recuperando gradualmente. Então respondeu afirmativamente ao grego. O som de água preencheu seus ouvidos e, com um olhar de relance, compreendeu que era Sasha próximo a fonte, recuperando sua energia através da água.

▬ Você teve mais sorte que juízo, Herzl, ele comentou.

Realmente, o plano havia sido arriscado, mas Daron ergueu os ombros com pouca preocupação. Afinal, situações extremas pedem medidas desesperadas.

▬ O importante é que estamos vivos. Vamos, deixe eu ajudar você, falou, pegando em sua mochila alguns utensílios médicos.

Damon tinha alguns hematomas da batalha, que não eram mais graves graças à capacidade dos filhos da guerra em tornarem sua pele resistente como bronze e os ossos fortes como aço. Pelo que podia notar, a perda de sua vitalidade não tinha explicações físicas ou médicas, apenas mágicas devido à ação da vampira. Por isso, procurou entre suas coisas outra poção alaranjada e entregou a August.

▬ Beba, vai ajudar, orientou.

E, enquanto o filho de Ares ingeria a poção, Daron cuidou de ferimentos superficiais em sua pele. Com uso de álcool isopropílico, limpou as pequenas feridas que havia adquirido e aplicou um medicamento a base de digliconato de clorexidina para acelerar mais a cicatrização.

Fora isso, a poção ingerida cuidaria de todo o resto e faria com que o semideus se sentisse plenamente recuperado. Segurando sua mão direita, ajudou-o a se colocar em pé e foram em direção à fonte.

▬ Se sentem melhor?, a filha de Poseidon questionou.

▬ Prontos para outra, o senador disse em um leve tom de brincadeira. Obviamente não queriam outra experiência como aquela.

Após a experiência que os aproximou da morte por alguns minutos, Herzl tomou outro caminho no labirinto. Como médico, tinha o objetivo de localizar outros semideuses que estivessem feridos e pudessem precisar de ajuda. Assim, o trio se despediu e deram continuidade às suas aventuras no local.


Armas e Itens levados:

• Espada do Carrasco [Forjada por acidente a espada possui uma aparência bastante incomum: sua lâmina possui um segmento principal como os das outras espadas, porém na sua lateral a lâmina se divide em outras pequenas lâminas que são capazes de provocar ainda mais dano contra seus inimigos. | Efeito 1: A lâmina é capaz de suportar as mais elevadas temperaturas sem modificar a sua forma, apenas ficando incandescente. | Efeito 2: A espada possui uma espécie de consciência mágica e se afeiçoa ao seu primeiro portador e, dificilmente, irá deixar ser portada por outro semideus. | Ferro estígio. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

• Arsenal [Anel brilhante com uma pedra preciosa, esbranquiçada e minúscula em seu centro | Aço | . Possui o efeito de alterar uma arma, mudando assim sua forma, detalhes, e qualquer outra coisa que o portador desejar, desde que as alterações sejam apenas físicas. Ou seja, utilizando o efeito do anel, é possível transformar uma lança em uma espada ou faca, ou qualquer outro item de ataque. Um escudo circular pode ser transformado em um broquel, ou um escudo de corpo. Os materiais dos itens podem ser alterados, mas seus efeitos sempre serão os mesmos (exemplo: uma espada elétrica ainda causaria dano por eletricidade se transformada em uma lança) | Não possui espaços para gemas | Comum | Resistência: Sigma | Status: 100%, sem danos | Comum | Comprado na loja ].

Relicário [ Um colar com um pequeno pendente circular de ouro. O pingente abre-se ao meio, revelando espaço para duas pequenas fotografias serem guardadas. | Efeito 1: Aumenta em 20% o dano físico causado pelo portador do objeto. | Efeito 2: Auxílio na cura. Quando somada às habilidades naturais de cura do seu portador, o relicário acrescenta +20% de restauração em seu HP/MP. | Ouro Imperial | Beta | Sem espaço para gemas | Status: 100%, sem danos | Um Reino de Contos de Fadas ]

• Poção revitalizadora [Uma poção da cor de ferro derretido - um laranja metálico e um tanto incandescente - que está abrigada dentro de um pequeno frasco de vidro. | A poção recupera até 60% do HP e MP total de quem a ingerir, sendo que apenas uma utilização por batalha, mvp, pvp, missão e evento é permitido. | Poção e vidro. | Mágico. | Usos: 0/1 | Fabricado por Hela.] (x3) (Tirar duas do perfil)

• Pokemonster [Uma bolinha baseada no designer da famosa Pokebola, do anime, Pokemon. É preta e dourada, se expande nas mãos do portador e cria um portal seguro, que transporta a criatura para seu interior, e levando para uma dimensão parare-la. Possui um botão retrátil, ao apertar, libera a criatura novamente de seu mundinho particular.| Efeito 1: Ao pressionar o botão pela primeira vez, quando a Pokemonster está vazia, essa criara uma espécie de portal em frente a criatura. Um circulo luminoso repleto de escritos em grego ou latim, que se misturam a runas, criando um portal que suga a criatura para o interior da Pokemonster, o levando para uma dimensão paralela. Efeito 2: O interior é semelhante a um bosque, idêntico ao da maleta fantástica, que deixa a criatura livre para brincar, se divertir e melhor, manter-se segura enquanto seu dono está lutando do lado de fora. Efeito 3: Transforma-se em um chaveiro com o mesmo designer, que pode ser facilmente carregado por aí.| Desconhecido | Sem espaço para Gemas | Beta | Status: 100% Sem danos | Mágico | Comprado no Fantastic Beasts]

• Cristal de teletransporte [ Cristal de Topázio Azul em seu formato original, é desregular e nada polido, porém tem um tamanho pequeno e é fácil de carregar no bolso. | Efeito: Permite que a pessoa consiga viajar de uma cidade à outra. Funciona apenas fora dos domínios dos deuses, não comprometendo a segurança dos mesmos. | Gasto de MP: 20 MP por teletransporte. | Uso disponível somente uma vez por evento, missão ou CCFY. | Mágico | Comprado no Tea Drop ]

Nemeia’s Protection [ Casaco produzido a partir de partículas da pele de um leão da Nemeia, adquirindo a cor que o cliente preferir na compra e adaptando-se ao seu tamanho. | Efeito 1: Devido ao produto original, o casaco protege o tronco e braços do semideus perfeitamente, neutralizando 70% dos ataques físicos dirigidos à parte superior do corpo. | Efeito 2: Mantém o corpo do semideus aquecido mesmo quando estiver condicionado a baixíssimas temperaturas. | Pele de Leão da Nemeia | Sem espaço para gemas | Alfa | 100%, sem danos | Mágico | Comprado na loja “Ferreli & García - Mode et Style ].

• Mochila sem fundo [Mochila de prata com material simples, sem bolsos laterais, com um único zíper, uma única entrada e uma única saída.| Efeito 1: A mochila não possui fundo, foi encantada para caber inúmeros objetos, ou seja, seu espaço é infinito, tudo que você colocar dentro dela permanece ali, desde que passe pela parte de cima, ou seja, você precisa conseguir colocar o item pelo buraco, que é largo o suficiente para passar até uma panela de pressão. Para pegar o item de volta basta colocar a mão dentro da mochila e pensar nele, e ele retorna para suas mãos.| Efeito 2: A mochila permite ao semideus levar 3 itens a mais em missões e eventos, como uma forma de burlar as regras. Por exemplo, se o narrador estipulou apenas 1 item para a missão, o meio-sangue poderá levar essa mochila e com ela liberar mais 2 itens (pois ela conta como 1, gastando um dos 3 extras) | Indefinido | Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos |Lendário e mágico | Comprado na Loja Especial do BO]

Habilidades Médicas:

1º Semestre
Nome do poder: Anatomia Humana e Semidivina
Descrição: Ao iniciar os estudos em Medicina, o estudante de Nova Roma aprende sobre a anatomia (humana e semidivina), passa a compreender os sistemas do corpo humano, como funcionam, o que pode impedir seu bom funcionamento e quais são as alternativas para tratá-los. No caso dos semideuses, aprendem como o DNA divino interfere na constituição do ser humano, doenças e enfermidades que são comuns aos semideuses e como tratá-los.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

2º Semestre
Nome do poder: Medicação Divina
Descrição: Agora que conhece os mistérios da anatomia humana e semidivina, o futuro médico precisa saber com mais aprofundamento sobre as alternativas de tratamento e medicação. Com isso, aprende não apenas a diagnosticar e medicar diversos tipos de doenças e enfermidades, mas sabe como buscar na natureza as alternativas para a cura. Sejam ervas, chás medicinais, terapias, remédios sintetizados - o que for, o estudante já aprendeu a identificar e produzir.
Gasto de Mp: 30 MP por medicamento produzido
Bônus: O semideus pode criar medicamentos no laboratório da Faculdade

4º Semestre
Nome do poder: Ortopedia e traumatologia
Descrição: Devido à intensidade da atividade semideusa, ossos e músculos podem ser os primeiros a protestar e sofrer alguma lesão, de modo que os médicos em formação pela Universidade de Nova Roma já sabem de antemão como tratá-los. O futuro médico conhece com profundidade o aparelho musculoesquelético de seres humanos e semidivinos, sabendo identificar o que está errado e as alternativas de tratamento para lesões, doenças e enfermidades que seus pacientes possam sofrer nos músculos ou ossos.
Gasto de Mp: 40 MP por cura em ossos ou músculos
Bônus: Recupera a fratura ou lesão ou acelera o tempo de cura;
Extra: Com o gasto de 80 MP, o futuro médico pode ativar a Visão de Raio-X para acelerar o diagnóstico da fratura ou lesão.

6º Semestre
Nome do poder: Da pediatria à geriatria
Descrição: O médico formado em Nova Roma é hábil para lidar com as diferentes faixas etárias e gêneros dos pacientes e tratá-los corretamente, com as particularidades que cada fase da vida impõe à saúde. Dessa forma, o médico também é um bom pediatra, ginecologista, obstetra, geriatra, cativando seus pacientes através de seu carisma e conquistando sua confiança graças ao seu profissionalismo.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: 50% carisma e confiança dos pacientes; O médico pode atuar em qualquer uma das áreas citadas;

8º Semestre
Nome do poder: Tratamento Médico II
Descrição: Agora formado, o médico utiliza os conhecimentos adquiridos em sala de aula para realizar tratamentos e curas bem sucedidas, com mais eficácia e maior porcentagem de cura para seu paciente.
Gasto de Mp: 120 MP
Bônus: Recupera 90% do HP/MP do paciente.

Bônus da UNR:

► Missões nas quais os alunos/graduados atuem na área de seu curso dão o bônus de +30% de XP e duplicam os dracmas. Não basta utilizar os poderes aprendidos no curso em quaisquer narrativas, é necessário atuar de modo mais intrínseco à sua área de formação.







Daron A. Herzl
רעם על ירושלים
Daron A. Herzl
Daron A. Herzl
Senadores
Idade : 21
Localização : Nova Roma

Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆ - Página 3 Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆

Mensagem por Hades em Ter Nov 05, 2019 2:47 pm

Avaliação

Valores máximos que podem ser obtidos
Máximo de recompensa a ser obtida:  15.000 xp e dracmas + 15 ossos
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Damon
Realidade de postagem + Ações realizadas – 45%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 18%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%
Recompensa obtida:  13.950 xp e dracmas + 13 ossos

Daron
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%
Recompensa obtida:  15.000 xp e dracmas + 15 ossos

Sasha
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%
Recompensa obtida:  15.000 xp e dracmas + 15 ossos


Valores máximos que podem ser obtidos
Máximo de recompensa a ser obtida:  4.000 xp e dracmas + 1 osso
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Cura
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%
Recompensa obtida:  4.000 xp e dracmas + 1 osso (+30%)

Hades
Hades
Deuses Olimpianos
Localização : Importa? A morte ainda será capaz de te achar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆ - Página 3 Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] ☠ August Damon Wolfstorm e Sasha Pearcy ♆

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum