The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg Empty [LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg

Mensagem por Theon Malmberg em Qua Out 09, 2019 8:07 pm

What are you doing here?

Tópico para as postagens das minhas mvps, obrigado, de nada, beijinhos na bunda!

:fleur-de-lis:


Última edição por Theon Malmberg em Qua Out 09, 2019 8:28 pm, editado 1 vez(es)


— DANGEROUS
Your silence drives me crazy. Talking with your hands gets me naked. Your heart in my mouth feels amazing
Theon Malmberg
Theon Malmberg
Filhos de Perséfone
Filhos de Perséfone


Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg

Mensagem por Theon Malmberg em Qua Out 09, 2019 8:22 pm

Dados para o Corvo Gigante


— DANGEROUS
Your silence drives me crazy. Talking with your hands gets me naked. Your heart in my mouth feels amazing
Theon Malmberg
Theon Malmberg
Filhos de Perséfone
Filhos de Perséfone


Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg

Mensagem por Narrador Principal em Qua Out 09, 2019 8:22 pm

O membro 'Theon Malmberg' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Labirinto de Dédalo' : 2, 5
Narrador Principal
Narrador Principal
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Idade : 24
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg

Mensagem por Theon Malmberg em Qua Out 09, 2019 8:31 pm

I am beautiful and a perfect liar;


Eu não era muito criativo com fantasias, na verdade, a criatividade não era algo que costumava me acompanhar em qualquer que fosse a atividade. Sim, podia-se dizer que eu era um semideus careta. Logo, não estranhei quando a primeira fantasia em que pensei quando soube da festa de Halloween foi a de deus grego. Por sorte, Kendrick(a única meia-irmã que conhecia) me impediu de cometer a gafe e me convenceu a mudar pelo menos de região, saindo da Grécia e indo para o Egito. Sim, cá estava eu, com uma roupa de faraó caminhando em direção a uma festa onde haveria pessoas com quem nunca tinha falado antes.

Eu não era de frequentar eventos sociais, mas a verdade é que minha libido estava lá em cima, ou seja, eu precisava encontrar alguém para me ajudar com esse “problema” e eu não encontraria ninguém se ficasse trancado no chalé de Perséfone para sempre. Revirei os olhos assim que entrei no salão escuro cheio de semideuses, o arrependimento da socialização tinha acabado de bater. Caminhei até a mesa com as bebidas e peguei um copo vazio para encher com o liquido vermelho do ponche.

Com o copo cheio em mãos tornei a caminhar, desta vez em direção a porta lateral que aparentemente dava para a área externa. Pisquei algumas vezes assim que vi o grande labirinto que existia ali. Levei a bebida a boca ao recuperar do “susto” e observei os poucos que adentravam o “desafio”. A verdade é que a primeira coisa que pensei foi que aquele seria o local ideal para tentar umas brincadeiras mais reservadas com alguém. Sem perder muito tempo, mas também sem ser muito apressado, passei pelo portal de entrada do ambiente enquanto terminava de tomar o suco e jogava o copo no chão ao lado.

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg Flourish


Eu não sabia quando tempo tinha se passado desde que adentrei o labirinto, ou quantos passos tinha dado, a única coisa que eu tinha certeza era que estava perdido e que aquilo não tinha sido uma ótima ideia. Além de não ter encontrado nenhum garoto para um pouco de diversão, ainda estava me fazendo gastar energia enquanto andava de um lado para o outro tentando encontrar o retorno para a festa. Mas como nada na vida de um semideus é fácil, claro que alguma coisa iria acontecer: um grito feminino ecoou pelo local, me fazendo virar em um susto para olhar para trás.

Assim que tornei a me endireitar dei de cara com um grande corvo preto apoiado em um dos muros a minha frente. Ele não estava ali antes, como tinha aparecido do nada? A ave me encarava com seus grandes olhos vermelhos. Meu corpo pareceu congelar, eu não conseguia mover nenhum músculo, estava com os pés enraizados no chão.  Eu sabia que aquele bicho não era nada pacífico, estava bastante claro pelo seu olhar. E também sabia que assim que eu me movesse ele avançaria para cima.

— Me fodi.

Engoli o seco ao resmungar baixinho. O congelamento do susto tinha se desfeito e meu corpo já retornava ao normal quando dei um passo para trás. Aquilo foi o suficiente para a grande ave abrir suas asas e se lançar em minha direção. Joguei o corpo para o lado e cai no chão fazendo uma cambalhota para desviar do ataque aéreo da ave. Aproveitei o tempo que ele precisou para dar a volta em voo para puxar o anel pendurado em meu pescoço e transformá-lo em espada, ativando a arma segundos antes de receber a segunda investida.

Aproveitei a aproximação do monstro para golpear lateralmente o seu corpo em baixo de uma de suas asas, o suficiente para fazer um corte e afastá-lo como distração, já que dificilmente aquilo o destruiria de primeira. A ave gritou ao ter seu corpo tocado pela lâmina, seu grito era mais alto que os corvos normais e bastante agudo. Levei as mãos até os ouvidos na mesma hora, tentando tampá-los para abafar o ataque sônico. Quando ela parou de gritar ainda parecia como se o barulho estivesse ecoando dentro de minha cabeça, foi quando notei a mão direita com um ponto vermelho, o que indicava o pequeno sangramento no ouvido do mesmo lado.

Corri na direção do pássaro com a espada levantada, mas antes mesmo que pudesse atingi-lo em um golpe, ele levantou voo e rapidamente passou sob minha cabeça, desviando do ataque. Ele era rápido, aquilo seria um problema. Teria que retardá-lo d alguma forma. Graças aos deuses o plano não demorou a aparecer em minha cabeça, como não tinha tempo para analisar, decidi por em prática antes que o bicho decidisse atacar novamente. Mais uma vez corri em sua direção com a espada levantada para realizar o ataque.

Assim como na primeira vez, o corvo levantou voo para desviar do ataque e passar por cima de mim, exatamente como eu tinha previsto. Girei o corpo durante a corrida ao mesmo tempo em que mexia os dedos da mão livre da espada fazendo uma eletricidade negra se acumular entre eles antes de lança-la contra o animal, atingindo-o em cheio na parte de baixo de seu corpo. A ave caiu no chão ao ser eletrocutada, o que me deu oportunidade mais uma vez de atingi-la com a espada, do lado oposto de onde tinha sido o primeiro golpe.

Aquilo não deixou o monstro nada feliz, o que era de se esperar. Assim que se recuperou, avançou em minha direção com suas grandes garras que pareciam ter se transformado em algum tipo de metal. Tentei desviar, mas sentir a queimação ao ter sido cortado de raspão por suas garras metalizadas no braço esquerdo. Para não perder nenhuma oportunidade, em meio ao grito de dor, voltei a lançar a eletricidade contra ele, atingindo-o e fazendo-o cair novamente. Acertei-o com a lâmina mais uma vez, só que desta vez fazendo corte em sua asa esquerda, o que dificultaria o seu voo.

Ele tentou bater as asas para sair do chão mas não conseguiu muito a não ser planar, se eu não aproveita-se aquele momento muito dificilmente teria outra oportunidade de acabar com ele. Desta vez lancei duas descargas de eletricidade negra em sua direção para que o atordoamento durasse mais tempo. Assim que seu corpo de penas bateu contra o solo avancei e realizei outro corte na asa que não tinha sido atingida por precaução. Mas ele não tinha acordado ainda, de fato os raios tinham sido mais fortes.

Aproveitei que ainda estava desacordado e cravei a espada em sua barriga, levantando-a com força para que o cortasse ao meio até dizimá-lo a pó. Apoiei a ponta da lâmina no chão enquanto respirava ofegantemente e aproveitava a escuridão da noite para me recuperar um pouco. Aquela não era uma boa maneira de se começar uma festa. Quando a respiração voltou ao normal, dei meia volta para continuar o caminho pelo labirinto, desta vez sem desativar a espada. Algo me dizia que aquele não seria o ultimo problema a encontrar por ali.

FPA | FANTASIA


Dados de Dano retirados:
• 2. - 25% de HP
• 5. - 05% de HP
Total: 30% de HP, equivalente a 66 de HP.

Gastos de MP realizados:
• 4 x Eletricidade Escura I
Total: 40 MP

Cura Realizada:
• Cura Noturna I
Total a ser recuperado: 20 HP e MP


STATUS FINAIS
HP: 174/220
MP: 200/220



Itens Carregados:


// Jey Eternal [Um anel de ouro imperial liso, com uma única pedra de rubi em seu centro, uma peça delicada e unissex que em mãos erradas, pode trazer acabar trazendo ao seu portador uma tremenda má sorte. | Efeito 1: O anel se ajusta perfeitamente ao dedo do usuário, contudo, ao desfrutar desse e desliza-lo por seu dedo, tal portador ficara 5 anos mais jovem, será literalmente como se voltasse no tempo, sem chance de retornar ao normal. (Esse efeito só funciona uma única vez, apaga as lembranças dos 5 anos vividos por seu portador e o faz retroceder na vida, além disso, como efeito colateral, o semideus sofrerá de delírios continuamente, podendo ter vislumbres de coisas tenebrosas relacionadas a seu passado, ou pior, ao passado de Daphine, que morreu sendo torturada por um dos cárceres do rei do inferno). | Efeito 2: Transforma-se em uma espada de ouro imperial com mensagens de boa sorte, vitória e poder. | Espaço para uma gema | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento] { Anel pendurado no pescoço com uma corrente dourada }

// Mochila-Carteira [Trata-se de uma mochila que assume qualquer coloração que o usuário desejar, podendo comportar até duas armas médias, como espadas e duas adagas. Caso o semideus opte por carregar itens de cura ou similares a mochila irá comportar até quatro desses itens. | Efeito 1: A mochila diminui de tamanho, passando a ser uma pequena carteira de bolso. Mas você deve desativar o efeito caso queira pegar suas armas de volta. | Tecido mágico | Resistência Beta | Sem espaço para gemas | 100% sem danos | Evento de Natal 2017] { Guardada no bolso interior da parte de baixo da fantasia, em forma de carteira }

// Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ] { Guardada dentro da carteira}

// Orquideo [Uma pequena esfera de vidro flutuante que exibe um brilho azulado em seu centro, formando flores diversas para representar a deusa da primavera. | Efeito 1: É capaz de sentir e reproduzir por meio de imagens os desejos mais profundos no coração daqueles que estão seu redor. Efeito 2: Durante um único turno, se o desejo for algo material e palpável, o orquideo será capaz de materializar o objeto em questão, que some após um curto período de tempo (em luta 2 turnos, em game on interpretativo uma hora). | Vidro | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos| Mágico | Presente de Perséfone] { Guardada dentro da carteira}

Habilidades Utilizadas:


Poderes Passivos:
Nível 1
Nome do poder: Beleza incomum
Descrição: Os filhos de Perséfone possuem uma beleza bastante incomum. Belos como uma rosa, os mesmos possuem uma aura sombria que os torna bastante obscuros. Isso faz com que monstros e/ou semideuses sintam certa hesitação em avançar.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Irão evitar atacar o filho da deusa das flores no primeiro turno.
Dano: Nenhum

Nível 4
Nome do poder: Pericia com Espadas I
Descrição: O semideus tem certa facilidade em lidar com espadas, tanto curtas quanto longas, e mesmo sem nunca ter usado uma espada em batalha, saberá o que fazer, mesmo que cometa alguns erros.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +10% de assertividade no manuseio de espadas.
Dano: +5% de dano se o oponente for atingido pela arma do semideus.

Nível 7
Nome do poder: Cura Noturna I
Descrição: O semideus fica mais forte durante a noite, mesmo que de dia seja tão habilidoso quanto. Sendo sua mãe a rainha do submundo, no entanto, é durante a escuridão que você consegue se curar. No mais tardar da noite, suas feridas começam a se fechar lentamente, mas nesse nível, apenas pequenos cortes conseguem se regenerar. (Só pode ser usado uma vez a cada 3 turnos).
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Recupera 20 HP e 20 MP
Dano: Nenhum


Nível 13
Nome do poder: Pericia com Espadas II
Descrição: O semideus se desenvolveu conforme o esperado, ele sempre teve facilidade em lidar com espadas, mas agora, já consegue executar movimentos mais precisos, e os erros se tornaram menores.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +35% de assertividade no manuseio de espadas.
Dano: +15% de dano se o oponente for atingido pela arma do semideus.

Poderes Ativos:
Nível 7
Nome do poder: Eletricidade Escura I
Descrição: Como filha de Zeus/Júpiter, a deusa possui habilidade com eletricidade - e seus filhos herdam uma parte dessa habilidade -. Porém é um tipo de energia/eletricidade diferente, é uma eletricidade negra. A prole da deusa da primavera consegue gerar pequenas descargas de raio negro que podem causar desconforto no oponente.
Gasto de Mp: 10 MP por raio invocado.
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: 15 HP por raio atingido.
Extra: Só consegue criar no máximo 4 raios.


:fleur-de-lis:


— DANGEROUS
Your silence drives me crazy. Talking with your hands gets me naked. Your heart in my mouth feels amazing
Theon Malmberg
Theon Malmberg
Filhos de Perséfone
Filhos de Perséfone


Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg

Mensagem por Anfitrite em Sab Out 12, 2019 11:58 am


Theon

Valores máximos que podem ser obtidos



Máximo de recompensa a ser obtida: 1.200XP – 1.200 dracmas – 1 osso
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 18%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Recompensa obtida: 1.176 XP e Dracmas + 1 osso

Comentário:
Theon, peço que sinalize melhor as criaturas que enfrenta em suas batalhas. Pois embora você tenha me dado as características e dito uma única vez que era um corvo, ainda assim demorei a conseguir localizar a criatura. Deixar o monstro enfrentado no spoiler ou no pedido de avaliação para identificação.
Atualizado.


Anfitrite
Anfitrite
Anfitrite
Deuses Menores
Deuses Menores


Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg

Mensagem por Vincent V. Valentine em Dom Out 13, 2019 12:55 pm

Após tantos feridos aparecerem na festa falando sobre o tal labirinto, decidi ir até ele. Passava pela minha cabeça que, se pessoas machucadas saiam dele, provavelmente teriam aquelas que não conseguiam. Com isso avancei, depois de terem me dito onde seria sua entrada e como me manter protegido. ”Espero que não tenha ninguém morto, não quero levar más notícias para Quieron.” De fato seria algo terrível a perda de companheiros de acampamento, e ser portador de tal mensagem não seria nada agradável.

Andei por alguns minutos, me deparando com becos sem saída, passagens complicadas e diversas bifurcações. Tinha demorado um pouco ao meu ver, mas enfim tinha achado um dos semideuses. Suspirei aliviado, o vendo bem e aparentemente sem ferimento algum. Aproximei-me dele, me apresentando em seguida e perguntando seu nome, além de questionar se estava ferido. — Que bom que encontrei alguém. Prazer, sou Vincent. Depois de tantas pessoas saindo do labirinto, feridas, decidi vir a procura de pessoas que não conseguiram escapar. E acabei te achando. Me diga, está ferido? — O jovem não entendeu muito bem pelo que parecia, e logo apontou para seu ouvido, embora tenha apertado minha mão.

Ele dizia seu nome, e informava-me o que tinha ocorrido com ele. Não fiquei preocupado, já que ele estava bem a não ser pelo tímpano perfurado, pelo que ele dizia. Olhei seriamente, levando minhas mãos cheias de mana até o local ferido, reduzindo a dor ao toque, além de amenizar a ferida.

Para mim não era o bastante. Por isso decidi usar uma segunda habilidade para complementar a primeira, e assim comecei a cantar, me limitando ao refrão de uma canção. — That's the price you pay, Leave behind your heart and cast away, Just another product of today, Rather be the hunter than the prey… — Silenciei-me ao término do refrão, vendo que enfim o tratamento tinha sido efetivo.


Considerações:
Fantasia
Magias Usadas:
Passivas:
Ativas:

Apolo:
Nível 10
Nome do poder: Canção da cura I.
Descrição: Com sua voz encantadora e seus dotes de curandeiro, os filhos de Apolo/Febo podem cantar uma canção que cura todos ao seu redor, exceto a si, numa área de 7 metros.
Gasto de Mp: 40 de MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +10% de HP e MP para todos os aliados ao redor do usuário.
Dano: Nenhum

Nível 3
Nome do poder: Cura I
Descrição: Como seu pai Apolo/Febo, o semideus consegue conjurar uma aura alaranjada fina ao redor da pessoa que precise de seus cuidados. Esta aura possui propriedades curativas além de conseguir diminuir as dores (sejam elas de ferimentos externos ou internos).  Durante o seu uso, plantas ao seu redor serão revitalizadas também.
Gasto de Mp: 10 de MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: + 10% de HP e MP total, além de analgesia, dores na região curada não irão atrapalhar.
Dano: Nenhum
Extra: Os poderes ativos relacionados a cura só podem ser efetuados em terceiros.
Itens Levados:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

+ Camiseta laranja do Acampamento Meio-Sangue/Camiseta roxa do Acampamento Júpiter.

+ Colar de contas do Acampamento.

• Iryak [ Arco élfico com cerca de 1 metro e 50 com runas entalhadas por toda a sua espessura, a corda é feita de um material transparente e de resistência alta, encantada para conjurar flechas incorpóreas e infinitas. |Efeito 1: O arco possui personalidade própria, cria uma ligação com a mente de seu portador (semideus) e poderá se comunicar mentalmente com ele. | Efeito 2: As flechas desse arco são incorpóreas, para materializa-las basta puxar a corda e elas magicamente aparecem no arco, além disso, são infinitas. |  Efeito 3: O metal utilizado para fabricar o arco, também possui 25% de resistência a magia, portando, magias lançadas contra o semideus que estiver na posse desse arco, terão um efeito reduzido na mesma porcentagem. | Arandur | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]
Vincent V. Valentine
Vincent V. Valentine
mentalistas de psique
mentalistas de psique

Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg

Mensagem por Héstia em Dom Out 13, 2019 8:22 pm


Vincent

Valores máximos que podem ser obtidos


Máximo de recompensa a ser obtida: 4.000 XP – 4.000 dracmas – 1 osso
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Recompensa obtida: 4.000 XP – 4.000 dracmas – 1 osso
Comentário:
Vincent, quando em um post de cura, o foco deve ser a cura. Não há problema algum - e é necessário-, fazer um enredo antes dela mas, nesse caso sua cura foi realizada em dois parágrafos bem menores que a sua introdução. Outra dica, é você somar a porcentagem da sua cura de forma correta. Dessa vez vou relevar, mas da próxima ocorreram descontos.

Theon recupera seu HP e MP.


Héstia...
Some peoples with brave, some peoples something good!
Héstia
Héstia
Deuses Menores
Deuses Menores

Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg

Mensagem por Theon Malmberg em Ter Out 15, 2019 11:02 am

What are you doing here?

Jogando dados para Múmia Amaldiçoada

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg 2a68f483c8a41670437a23387e7378ae


Múmia Amaldiçoada
Descrição: Basicamente uma pessoa que foi amaldiçoada… pobre coitado. Em alguns casos eles estão enrolados em bandagens e em outros não há a presença delas, afinal isso varia muito de acordo como o morto foi sepultado, não é mesmo? São lentos e geralmente não são exatamente inteligentes, seguindo apenas ordens daquele que o trouxe de volta.

Poderes Passivos

Imunidade mágica: São criaturas completamente imunes à magia, de modo que nenhum feitiço ou encantamento surte efeito em tais seres.

Imunidade ao charme: Poderes relacionados ao charme e sedução também têm seus efeitos anulados.

Poderes Ativos

Invocador de escaravelhos: Tais criaturas conseguem invocar em torno de cinquenta escaravelhos que começam a caminhar cegamente em direção ao alvo da múmia.

Status: 3.000 HP e MP
Nível Mínimo para um semideus enfrentar: 10
Recompensa máxima a ser obtida: 2.500 xp e dracmas + 1 osso

Dados de Dano dos Peões (Labirinto de Dédalo):
1. - 50% de HP.
2. - 25% de HP.
3. - 10% de HP.
4. Nenhum dano sofrido.
5. - 05% de HP.
6. - 15% de HP.
7. - 30% de HP.
8. - 45% de HP.


:fleur-de-lis:


— DANGEROUS
Your silence drives me crazy. Talking with your hands gets me naked. Your heart in my mouth feels amazing
Theon Malmberg
Theon Malmberg
Filhos de Perséfone
Filhos de Perséfone


Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg

Mensagem por Narrador Principal em Ter Out 15, 2019 11:02 am

O membro 'Theon Malmberg' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Labirinto de Dédalo' : 3, 6
Narrador Principal
Narrador Principal
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Idade : 24
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg

Mensagem por Tobi Klotz em Sex Out 18, 2019 9:03 am


DADOS

Lançando dados para uma múmia amaldiçoada.

Descrição

Basicamente uma pessoa que foi amaldiçoada… pobre coitado. Em alguns casos eles estão enrolados em bandagens e em outros não há a presença delas, afinal isso varia muito de acordo como o morto foi sepultado, não é mesmo? São lentos e geralmente não são exatamente inteligentes, seguindo apenas ordens daquele que o trouxe de volta.

Poderes Passivos

Imunidade mágica: São criaturas completamente imunes à magia, de modo que nenhum feitiço ou encantamento surte efeito em tais seres.

Imunidade ao charme: Poderes relacionados ao charme e sedução também têm seus efeitos anulados.

Poderes Passivos

Invocador de escaravelhos: Tais criaturas conseguem invocar em torno de cinquenta escaravelhos que começam a caminhar cegamente em direção ao alvo da múmia.


Status: 3.000 HP e MP
Nível Mínimo para um semideus enfrentar: 10
Recompensa máxima a ser obtida: 2.500 xp e dracmas + 2 ossos


Dados de Dano dos Peões:

1. - 50% de HP.
2. - 25% de HP.
3. - 10% de HP.
4. Nenhum dano sofrido.
5. - 05% de HP.
6. - 15% de HP.
7. - 30% de HP.
8. - 45% de HP.
Tobi Klotz
Tobi Klotz
Filhos de Trívia
Filhos de Trívia

Idade : 16

Voltar ao Topo Ir em baixo

[LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg Empty Re: [LABIRINTO DE DÉDALO] — Theon Malmberg

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum