The Blood of Olympus

[MF] Liz Smith

Ir em baixo

[MF] Liz Smith Empty [MF] Liz Smith

Mensagem por Liz Smith em Qua Out 09, 2019 12:53 pm

Missões Fixas
Área reservada para as postagens das missões do evento "Halloween". Apenas Liz e convidados podem postar aqui.
Liz Smith
Liz Smith
Amazonas
Idade : 18
Localização : Procurando...

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MF] Liz Smith Empty Re: [MF] Liz Smith

Mensagem por Liz Smith em Ter Nov 05, 2019 11:46 pm

Se a minha mão profana esse sacrário, pagarei docemente o meu pecado.

Liz Smith, a bola certeira

Da próxima vez que me convidassem para uma festa em um castelo, traria mais armas. E, provavelmente, usaria uma roupa mais confortável para lutar, pois meias-arrastão não eram o recomendado para isso.

Estava aproveitando a festa na companhia de Andy, que havia aceitado minha dica de fantasia e estava, naquele momento, usando uma linda e sexy roupa de Caçadora, enquanto eu utilizava o uniforme clássico da Canário Negro. O clássico casado com body preto e meias-arrastão. A vantagem da capa na fantasia de Andy era que minha mão podia passear por todo seu corpo, sem que eu precisasse me preocupar com olhares tortos para nós.

Em certo momento da festa, queria encontrar um lugar mais privado naquele castelo, para que eu pudesse ficar mais à vontade com Andy. Ponto positivo: encontramos uma varanda onde não tinha nenhuma alma viva para nos atrapalhar. Ponto negativo: não estávamos de fato sozinhas.

Assim que entramos no quarto, meus lábios automaticamente procuraram a boca da filha de Melinoe. Como eu tinha escolhido a roupa, propositalmente sabia o modo mais fácil de retirá-la. Contudo, um vento gélido denunciou a presença de um fantasma no local.

—Se vocês desejam sair daqui, devem representar uma cena de Romeu e Julieta! — O tal poltergeist nos ameaçou, de forma nada amigável. — Caso não façam isso, espero que estejam dispostas a passar a eternidade aqui! — Terminou sua ameaça com um riso malicioso.

Respirei fundo, tentando acalmar todos os hormônios que haviam despertado em meu corpo. Estar junto de Andy me fazia ter muitos desejos lascivos. Mais do que o normal. Tudo o que eu queria, naquele momento, era arrancar a roupa da negra e possuir seu corpo ali mesmo. Contudo, sabia que as coisas não seriam tão fáceis assim.

— Por mais que esse lugar seja ótimo para estar com você, Andy, acho que precisaremos fazer o que esse fantasma quer, ou então perderemos toda a festa. — Minhas mãos deslizavam pelo rosto da garota. — Afinal, quem não gosta de Shakespeare, não é? — Com um beijo roubado, comecei a me preparar para encenar a tal cena.

Deixei que Andy escolhesse qual seria a parte que encenaríamos, quem interpretaria qual personagem e pormenores do tipo. Assim que fui escalada para ser Romeu, amarrei meu cabelo em um rabo de cavalo simples, deixando apenas uma pequena franja solta. Andy me contou qual seria a cena a ser interpretada e eu logo sorri, pois sabia muito bem o que aconteceria. No final, aquilo tudo não passaria de uma deliciosa preliminar para o que faríamos mais tarde.

Tomamos nossas posições, e, por alguns segundos, fiquei admirando o corpo escultural de Andy, totalmente delineado pelo uniforme de heroína. Mordi meu lábio fortemente, tentando focar no texto e na interpretação. Assim que a semideusa começou a se mexer, preparei meu número.

No começo da cena, Romeu conversava com um criado. Como só havia duas atrizes para aquele número, decidi fazer também às vezes de criado, modificando minha voz o suficiente para que pudesse parecer duas pessoas. Por alguns momentos, quase perdi o fio da meada, me distraindo com a dança de Andy, que claramente estava mais provocativa e sensual do que o normal.

Por sorte, o momento em que eu não aguentava mais ficar longe da semideusa era o mesmo momento em que Romeu começava a interagir com Julieta. Aproveitando a brecha, a tomei em meus braços, continuando a dançar com ela.

— Se a minha mão profana esse sacrário, pagarei docemente o meu pecado: meus lábios, peregrinos temerários, o expiarão com um beijo delicado. — Parte da minha mente tinha ficado surpresa com o vocabulário que eu havia empregado. Porém não me deixei abalar, seguindo com o texto conforme Andy respondia minhas frases.

Deixei que a garota me conduzisse na dança, pois estava completamente entregue aos seus caprichos, resistindo para não acabar com a cena antes do esperado. Quando a cena do primeiro beijo finalmente aconteceu, pude respirar mais aliviada.

— Santa, que eu colha o que os meus pais imploram. — Pude voltar a sentir o gosto doce dos lábios de Andy após essa frase. Após isso, continuei o texto. — Seus lábios meus pecados já purgaram.

Assim que as últimas falas estavam finalmente sendo ditas, pude me aproveitar da boca de Andy mais um pouco, até que a cena, enfim, terminasse. O poltergeist aplaudiu energeticamente, se é que isso era possível para um ser daqueles. As portas foram destrancadas e ele simplesmente sumiu, deixando Andy e eu livres para fazer o que quiséssemos.

— Acho que a festa pode ficar mais um pouco sem a nossa presença. — Minha voz estava ofegante, enquanto meus dedos procuravam os fechos da roupa de Andy. — Tudo o que eu quero, é você toda para mim.

Meu corpo todo ficou em chamas quando senti as mãos de minha companheira me apalpando. Me deixei levar pelas emoções, até que finalmente ouvi a confirmação dos desejos de Andy.

— Seu pedido é uma ordem.


Liz escreveu:Missão realizada: Uma peça para dois
Tem um poltergeist engraçadinho na varanda e ele decidiu que seria muito divertido trancar semideuses lá até que eles o entretenha e façam sua vontade. Acontece que a criatura quer que vocês encenem Romeu e Julieta. Sua missão é entreter o poltergeist com a cena romântica, e você e seu parceiro vão ser os protagonistas!
Requisito – Mínimo nível 1.
Recompensas até: 3.000 XP – 3.000 Dracmas –  4 ossos.


Fantasia utilizda:

Canário Negro




Última edição por Liz Smith em Ter Nov 05, 2019 11:49 pm, editado 1 vez(es)


New frequency, new cry
The fire that you tried to burn me with, it made me who I am. All the things you said I couldn't do, guess what? Yes, I can
Liz Smith
Liz Smith
Amazonas
Idade : 18
Localização : Procurando...

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MF] Liz Smith Empty Re: [MF] Liz Smith

Mensagem por Andromeda Chiamaka em Ter Nov 05, 2019 11:47 pm

i walked with you once upon a dream
that look in your eyes is so familiar, a gleam

Uma peça para dois
Tem um poltergeist engraçadinho na varanda e ele decidiu que seria muito divertido trancar semideuses lá até que eles o entretenha e façam sua vontade. Acontece que a criatura quer que vocês encenem Romeu e Julieta. Sua missão é entreter o poltergeist com a cena romântica, e você e seu parceiro vão ser os protagonistas!
Requisito – Mínimo nível 1.
Recompensas até: 3.000 XP – 3.000 Dracmas –  4 ossos.

Desde que Liz colocara suas roupas de Halloween de uma personagem chamada Canário Negro, supostamente uma heroína de histórias em quadrinhos, Andy lutava para manter seu olhar numa altura apropriada. O esforço era tanto que nem hesitou ao aceitar as vestes que foram oferecidas, de uma outra personagem, uma aliada da tal Canário, nomeada de Caçadora.

Sentia-se ridícula naquela vestimenta. Uma máscara roxa enorme cobria grande parte de seu rosto. Uma roupa de couro colava e marcava todas as curvas de seu corpo, deixando seu abdômen e braços expostos. Uma longa bota e uma elegante capa completavam o uniforme. Próxima à Liz, que trajava o que parecia ser um corpete mais composto e longas meias vazadas, sentia-se vestida demais. E, em comparação, sua beleza natural parecia traí-la.

Mas, pela maneira que a descendente de Afrodite corou ao ouvir Liz sugerir que aceitassem a imposição do espírito brincalhão que as trancafiou naquela varanda, que descobriram ao se afastaram do salão da festa para tomarem um ar fresco — Andy torcia silenciosamente para que elas se beijassem e, quem sabe, cruzassem alguns limites que as roupas bloqueavam —, não via nenhum problema em estar diante de tamanha sensualidade.

“Se vocês desejam sair daqui, devem representar uma cena de Romeu e Julieta! Caso não façam isso, espero que estejam dispostas a passar a eternidade aqui!” Havia ameaçado o poltergeist, com uma risada maligna e um brilho malicioso nos olhos.

Se a filha de Melinoe fosse honesta, tinha que admitir que estava preparada para simplesmente banir a criatura para longe e dar continuidade ao beijo acalorado e delicioso que Liz havia dado no momento que a porta se fechara atrás delas. Sua pele ardia em desejo para sentir as mãos da campista tocá-la diretamente, mãos que percorriam e apalpavam seu corpo durante toda sua curta estadia na festa e todo o caminho até aquela varanda.

No entanto, não podia negar ser uma fã do trabalho de William Shakespeare. Lera Romeu e Julieta tantas vezes que decorara praticamente todos os diálogos. E Liz parecia interessada com a ideia de encenarem uma peça teatral de romance. Talvez ela considerasse aquilo como um aquecimento antes de passarem para atividades mais físicas e íntimas.

Somente a carícia que recebia em seu rosto, enquanto a legado concordava com os termos do poltergeist era o suficiente para instigar uma onda de hormônios que a fariam, literalmente, aceitar qualquer coisa para agradar a garota. O beijo no final do convite simplesmente selou o acordo.

Corando e sentindo suas palmas suarem dentro de suas manoplas, a filha de Melinoe escolheu, coincidentemente, a cena em que Romeu e Julieta se viram pela primeira vez num baile de máscaras. Liz deixara todas essas decisões em suas mãos e, talvez pela maneira deliciosa que vinha sendo provocada desde que a recebera em seu quarto para se trocarem, decidiu que a legado de Éolo seria seu perfeito Romeu.

O poltergeist as observava, deitado no parapeito da varanda e parecia exalar animação ao ver que as duas iriam acatar sua demanda. Aquela era, sem dúvidas, a primeira vez que conhecia um ser daqueles ser tão aficcionado por uma obra literária.

Tomaram suas posições, afastando-se alguns passos, embora o olhar de Andy continuasse, quase como se fosse atraído magneticamente, cravado em Liz. Naquela cena, ela deveria estar dançando com alguém, porém, como eram apenas as duas, a negra ergueu suas mãos e as posicionou no ar com perfeição.

Uma troca de olhares foi o suficiente para que entendessem que a cena estava prestes a começar. No mesmo instante, a descendente de Afrodite começou a mover-se graciosamente, numa dança solitária elegante e exemplar. Lembrava-se das lições que tivera com sua mãe e o aprendizado era visível em seus movimentos, fluidos e naturais. No entanto, pensando em quem, exatamente a assistia, Andy colocou uma sensualidade extra em suas ações, completadas pelos olhares ocasionais que lançava por cima de seu ombro para sua companheira.

De sua parte, Liz fazia duas vozes, uma representando Romeu e a outra o criado que o acompanhava na cena. Cada frase de Romeu, se não um tanto distraídas, expressava um desejo que fez o ventre de Andy se contrair, pois sabia que eram destinadas a ela. Via-se tentada a sair da personagem, quando, subitamente, Liz tomou o espaço a sua frente, encaixando-se contra seu corpo e, com uma tensão sexual adicional, prosseguindo a dança.

“Se a minha mão profana esse sacrário, pagarei docemente o meu pecado: meus lábios, peregrinos temerários, o expiarão com um beijo delicado”, disse a legado, sem hesitar.

Andy sorriu levemente, erguendo as sobrancelhas. Chegou a sua vez de atuar. Esqueceu-se de Romeu e Julieta. Pensou apenas na garota que a tinha nos braços e deixou que as palavras de Shakespeare escapassem de seus lábios.

“Bom peregrino, a mão que acusas tanto revela-me um respeito delicado”, nesse momento, a filha de Melinoe afastou-se, dando um leve giro, antes que encontrar novamente as mãos de Liz e pressionar-se contra ela. “Juntas, a mão do fiel e a mão do santo palma com palma se terão beijado.”

Trocaram as frases entre si, como se estivessem ensaiado por horas e, a cada entrega bem colocada, Andy via-se mais encantada por Liz. Seu pulso acelerava cada vez mais e sua respiração ficava mais pausada, cada expiração soando como um suspiro. E, quando finalmente foi beijada, teve que forçar-se a não puxá-la contra si e aprofundar o beijo.

“Ficou nos meus o que lhes foi tirado”, retorquiu, com a mesma intensidade, e a maneira como encarava os lábios da loira e ofegava não tinham relação alguma com Julieta. O desejo em sua voz era completamente seu e dedicado apenas à Liz.

E se a duração e força do beijo que recebera em resposta fosse algum indicativo, o sentimento era recíproco. Andy quase não reparou nos aplausos de satisfação do poltergeist ou em sua ausência na varanda. Só tinha olhos para a semideusa a sua frente e tratou de, lentamente, envolvê-la pela cintura, colando seus corpos um no outro de uma maneira quase dolorosa.

A proposta de permanecerem ali foi muito bem-vinda e o sorriso que surgiu nos lábios da descendente de Afrodite era quase predador.

“Não há outro lugar que deseje estar, nesse momento, do que onde estou agora.” Respondeu, deslizando suas mãos até que elas encontrassem a bunda da outra. As palavras que ouviu trouxeram arrepios para seu corpo e, em segundos, sentiu os fechos de sua roupa sendo abertos. “Então faça-me sua.”

Fantasia:
Huntress/Caçadora
Transcrição completa da cena:
ROMEU — Quem é a moça que enfeita a mão daquele cavalheiro?
CRIADO — Não a conheço.
ROMEU — Ela é que ensina as tochas a brilhar, e no rosto da noite tem um ar de joia rara em rosto de carvão. É riqueza demais pro mundo vão. Como entre corvos pomba alva e bela entre as amigas fica essa donzela. Depois da dança, encontro o seu lugar, pra co’a mão dela a minha abençoar. Já amei antes? Não, tenho certeza; pois nunca havia eu visto tal beleza.
[...]
ROMEU — Se a minha mão profana esse sacrário, pagarei docemente o meu pecado: meus lábios, peregrinos temerários, o expiarão com um beijo delicado.
JULIETA — Bom peregrino, a mão que acusas tanto revela-me um respeito delicado; juntas, a mão do fiel e a mão do santo palma com palma se terão beijado.
ROMEU — Os santos não têm lábios, mãos, sentidos?
JULIETA — Ai, têm lábios apenas para a reza.
ROMEU — Fiquem os lábios, com as mãos unidas; rezem também, que a fé não os despreza.
JULIETA — Imóveis, eles ouvem os que choram.
ROMEU — Santa, que eu colha o que os meus ais imploram. (Ele a beija) seus lábios meus pecados já purgaram.
JULIETA — Ficou nos meus o que lhes foi tirado.
ROMEU — Dos meus lábios? Os seus é que os tentaram; quero-os de volta.
(Beija-a)
JULIETA — É tudo decorado



Andromeda Cath Chiamaka
YOU KNOW THAT I'D JUST DIE TO MAKE YOU PROUD
Andromeda Chiamaka
Andromeda Chiamaka
Filhos de Melinoe
Idade : 20
Localização : Underworld

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MF] Liz Smith Empty Re: [MF] Liz Smith

Mensagem por Maisie De Noir em Qua Nov 06, 2019 12:29 am


Liz

Valores máximos que podem ser obtidos:


Máximo de recompensa a ser obtida: 3.000 XP – 3.000 Dracmas –  4 ossos.
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas – 45%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Recompensa obtida: 2.850 XP – 2.850 Dracmas –  4 ossos.

Comentários:
Sua missão passou a impressão de ser muito rápida, as informações pareceram serem jogadas li às pressas. Tanto que a aparição do fantasma, por exemplo, ficou quase em segundo plano, apenas para estar lá. Tenha um pouco mais de calma, arrumando os pensamentos e as ações. No mais, parabéns!



Andromeda

Valores máximos que podem ser obtidos:


Máximo de recompensa a ser obtida: 3.000 XP – 3.000 Dracmas –  4 ossos.
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Recompensa obtida: 3.000 XP + 3.000 Dracmas + 4 ossos

Comentários:
Foi uma ótima missão, a forma como detalhou me permitiu de fato visualizar o que acontecia. Parabéns.

Atualizado por Hades.
Magnólia recebe 200 de xp/dracmas + 2 ossos.


LOVE
Maisie De Noir
Maisie De Noir
Líder dos Celestiais
Idade : 21
Localização : Palácio Celestial

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MF] Liz Smith Empty Re: [MF] Liz Smith

Mensagem por Liz Smith em Seg Nov 11, 2019 10:28 pm

Eu não saio por aí procurando encrenca. Em geral as encrencas é que vêm ao meu encontro.

Liz Smith, a bola certeira

Assim que Andy e eu tivemos nosso momento de diversão e relaxamento, decidi explorar mais o castelo, pois não havia visto quase nada durante a minha chegada.

Era uma construção muito bonita, embora seja antiga. As pessoas andavam pelo local fazendo várias coisas. Algumas estavam comendo alguns doces que encontravam pelo caminho e sofrendo as mais diversas consequências disso. Outras várias pessoas pareciam ter a mesma ideia que Andy e eu tivemos, se retirando para os vários cômodos do gigantesco castelo.

— Adolescentes… — Apenas pensei nisso quando os vi. Afinal, éramos vários adolescentes com os hormônios a flor da pele, em um local diferente do habitual. Não precisava ser um semideus para se deixar levar pela vontade.

Mas não era só semideuses que estavam pelo local, não. Pude ver alguns fantasmas perambulando pelo local, quase como se estivéssemos no castelo de Hogwarts, com seus vários fantasmas. Porém, se todos forem iguais ao Poltergeist que prendeu Andy e eu em um quarto, eles não seriam tão legais assim quanto o Nick Quase Sem Cabeça.

Pensar em Hogwarts havia me dado uma ideia. Nos livros, o castelo era cheio de passagens secretas. Era quase intrínseco que esse castelo também tivesse seus segredos. Com um sorriso no rosto, comecei a procurar as tais passagens.

Não demorou muito até que eu encontrasse a primeira passagem, que estava escondida atrás de uma pintura que, coincidentemente, retratava uma passagem secreta em uma estante de livros. Decidi me aventurar pelo caminho.

Era uma escada simples, encravada na pedra. Não continha nenhum degrau falso ou coisas do tipo. De fato, menos interessante do que eu achei que seria. Ao final, acabei parando perto do saguão onde a festa estava acontecendo.

— Bem, vamos procurar mais passagens. — Não deixei minha descoberta tirar o ânimo de mim e continuei a caçar segredos pelo castelo. Encontrei várias passagens, que me levavam de um lugar para outro na construção. Graças aos deuses, não havia encontrado nenhum Salgueiro Lutador, ou algum lobisomem, mas vi vários fantasmas pelo caminho.

Alguns tentavam mexer comigo, mas meu rosto de “poucos amigos” os mantinha afastados. Por fim, decidi procurar Andy novamente. Estava começando a me sentir solitária e queria ganhar alguns carinhos… e outras coisas...


Liz escreveu:Explorando o castelo
Você é bem curioso e decidiu que queria saber mais sobre o lugar que estava e, por isso, decidiu dar uma voltinha por aí. Tome cuidado com o que vai encontrar porque, se eu fosse você, estaria de olhos bem abertos.
Requisito – Mínimo nível 1.
Recompensa até: 950 XP – 1.500 dracmas – 1 osso


Fantasia utilizda:

Canário Negro



New frequency, new cry
The fire that you tried to burn me with, it made me who I am. All the things you said I couldn't do, guess what? Yes, I can
Liz Smith
Liz Smith
Amazonas
Idade : 18
Localização : Procurando...

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MF] Liz Smith Empty Re: [MF] Liz Smith

Mensagem por Osten B. Griffin em Seg Nov 11, 2019 10:40 pm


Liz

Valores máximos que podem ser obtidos:


Máximo de recompensa a ser obtida: 950 XP – 1.500 Dracmas –  1 ossos.
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Recompensa obtida: 950 XP – 1.500 Dracmas –  1 ossos.

Spoiler:
Sua missão foi simples, mas gostei de ler ela, só sugiro que, numa próxima, desenvolva mais. Você tem potencial.

Atualizado por Hefesto.
Osten recebe 200 xp/dracmas + 2 ossos.


• SON OF ZEUS •
• REAPER LEADER •
• DISTURBED •
Osten B. Griffin
Osten B. Griffin
Líder dos Ceifadores
Idade : 24

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MF] Liz Smith Empty Re: [MF] Liz Smith

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum