The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[MFs] Phoenix Holm Sundström

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

[MFs] Phoenix Holm Sundström Empty [MFs] Phoenix Holm Sundström

Mensagem por Phoenix Holm Sundström em Dom Set 29, 2019 5:50 pm

Espaço para Missões Fixas :3


are you here?
Phoenix Holm Sundström
Phoenix Holm Sundström
V Coorte
V Coorte

Idade : 19
Localização : Acampamento Júpiter - Nova Roma

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MFs] Phoenix Holm Sundström Empty Re: [MFs] Phoenix Holm Sundström

Mensagem por Phoenix Holm Sundström em Dom Set 29, 2019 6:16 pm

Maybe...I like it I’m twenty five. When I’m not a kid or an adult When I’m just me I shine the brightest
Eu estava completamente alegre por estar coberto de outros semideuses novamente do Meio-Sangue. Naquela festa de Halloween poderia encontrar diversas pessoas e também me relacionar com elas para que adquirisse um maior número de amizades – aquilo que era uma das minhas principais motivações para estar ali – e também conversar e trocar experiências sobre diversas outras coisas que também aconteciam no outro acampamento.

Estávamos num castelo e eu me sentia levemente aflito por estar ali, parecia que em qualquer momento Hécate retornaria e atribuísse novamente uma maldição pra todos que estavam ali presentes como fez na festa de Apolo. Por sorte, ao saber que ela se encontrava envolvida na organização daquela festa, eu fiquei um pouquinho mais tranquilo. Ao mesmo tempo, a possibilidade de conhecer todo o ambiente da festa me deixava ainda mais motivado para que eu saísse pra fora e visse o local pelo lado de fora. Sendo assim, dirigi-me ao lado de fora apenas por alguns instantes para saber onde realmente estava.

O palácio que era utilizado para festas encontrava-se na Escócia, um dos países atrelados ao Reino Unido e que eu tinha grande vontade de morar se não tivesse envolvido com o Acampamento Júpiter. Naquela ocasião, conhecer mesmo que em pequena parte um país me deixava completamente animado para retirar o maior número de informações possíveis. Paralelamente, não queria ficar muito tempo do lado de fora pois algum monstro poderia sentir o meu cheiro e tentar me atacar e justamente pronto, encontrava-me com uma das minhas espadas caso alguma coisa acontecesse.

Festas sempre me deixavam completamente sem saber como agir. Talvez por eu ser completamente tímido e sentir uma grande necessidade de estar sempre em contato com outras pessoas. A proposta de fazer novos amigos era extremamente tentadora e eu com certeza faria o meu máximo para que ao menos conseguisse um novo amigo para levar para a vida ali dentro, visto que a vida adulta mais tirava amigos do que nos dava alguma. Do lado de fora do castelo, observei algumas árvores e notei a direção do vento e rapidamente voltei para dentro, optando por não dar sopa para um possível monstro me atacar.

Dentro do castelo, eu observei em maior parte o salão principal onde de fato ocorria a festa e me censurei o suficiente para permanecer apenas ali. Talvez houvesse prendas por parte de Hécate e passar vergonha levando um pequeno ou grande susto estava completamente fora de meus planos. Também ciente que o local possuía segredos, eu não estava nem um pouco disposto em ir atrás dos mesmos, optando pela minha segurança e uma imagem completamente limpa pelo menos por hora.

Fantasia para as demais postagens:
https://hips.hearstapps.com/digitalspyuk.cdnds.net/18/26/1530203439-titans-robin.jpg

Explorando o castelo
Você é bem curioso e decidiu que queria saber mais sobre o lugar que estava e, por isso, decidiu dar uma voltinha por aí. Tome cuidado com o que vai encontrar porque, se eu fosse você, estaria de olhos bem abertos.
Requisito – Mínimo nível 1.
Recompensa até: 950 XP – 1.500 dracmas – 1 osso

Itens levados:
• Ragnarök [Uma espada de Ferro Estígio com 70 centímetros de comprimento e que se encaixa perfeitamente na mão do semideus, afeiçoa-se apenas ao primeiro que a empunha e impede que um desconhecido a empunhe. | Efeito: O primeiro golpe desferido - e acertado - pelo semideus permitira que esse recupere 5% do MP e HP total. Necessário 2 turnos de espera para utilizar novamente. | Efeito de ligação: Sempre retornará ao dono após ser arremessada ou posta ao chão. | Ferro Estige | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem dano | Comum |  Fim de semana: Sexta feira 13]


Última edição por Phoenix Holm Sundström em Dom Set 29, 2019 9:56 pm, editado 2 vez(es)


are you here?
Phoenix Holm Sundström
Phoenix Holm Sundström
V Coorte
V Coorte

Idade : 19
Localização : Acampamento Júpiter - Nova Roma

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MFs] Phoenix Holm Sundström Empty Re: [MFs] Phoenix Holm Sundström

Mensagem por Phoenix Holm Sundström em Dom Set 29, 2019 6:30 pm

Maybe...I like it I’m twenty five. When I’m not a kid or an adult When I’m just me I shine the brightest
Eu prosseguia andando pela festa tranquilamente e observei um fantasma em frente a um tabuleiro de xadrez com uma feição curiosa. Depois da minha missão envolvendo um filho de Melinoe, me sentia mais a vontade com alguns fantasmas e até mesmo acabava tentando me comunicar com um deles. Talvez não fossem tão ruins assim, pelo menos era a ideia que eu tinha deles e ela não era nem um pouco preconceituosa. Talvez pudéssemos ser amigos ou até mesmo conversar e dialogar para uma possível troca de experiências. Eu estava disposto a qualquer coisa naquela ocasião para que pudesse conhecer todo o tipo de pessoa ou até mesmo fantasma que estivesse abaixo daquele teto do castelo.

Eu me aproximei lentamente do fantasma e tudo o que vi foi ele arrumar o tabuleiro de xadrez de maneira rápida.

– Quer jogar? – Ele prontamente me questionou.

– Acho que seria uma boa já que me encontro levemente em estado de tédio. – Aceitei rapidamente o convite e logo me sentei a frente dele. Somente quando começamos a realmente jogar que ele havia então declarado que eu só poderia sair dali quando derrotasse ele uma partida.

– O que? – Perguntei levemente assustado, afinal minha experiência com xadrez era ligeiramente pequena. Talvez o outro não fosse tão bom e estivesse fazendo aquilo para colocar medo nos demais semideuses e estava conseguindo ao menos me dar medo. – Isso não é justo. – Fiquei com os braços cruzados e então aguardei o movimento do fantasma em questão enquanto eu tentava articular os pinos de maneira ofensiva para que pudesse acabar com aquilo o mais rápido possível.

– Como você... Morreu? – Perguntei em meio ao jogo, talvez fosse uma pergunta levemente íntima e que pudesse me trazer uma resposta grosseira.

– Cortaram a minha cabeça... Por hora, me apelidaram de Nick Quase Sem Cabeça e o membro em questão parece uma tampa que desgruda do meu pescoço, quer ver? – Ele perguntou rapidamente e eu neguei. Mesmo assim ele mostrou e eu fiquei levemente horrorizado com aquilo.

– Erhm... Deve ter sido doloroso. – Prontamente respondi, estava tentando o atrapalhar para que conseguisse atingir o fantasma em sua maneira de pensar e prontamente consegui. Fazer relembrá-lo de sua morte havia me deixado com o caminho livre para uma vitória de primeira. – Yes! Eu venci! – A dama branca deu xeque-mate no rei preto do fantasma e como não havia outra peça, a vitória era minha.

Contente, abandonei a mesa com o fantasma e o observei fazer o convite para outros semideuses, ele não perdia tempo realmente.

Xadrez com um morto
Você só queria dar uma espiadinha no cômodo, mas acabou sendo abordado por um fantasma que decidiu que só lhe deixaria sair dali se você ganhasse dele em uma partida de xadrez, do contrário você ficaria ali com ele. Para sempre. Ah, ia me esquecendo, nem tente fugir porque as armaduras vazias na porta não estão tão vazias assim.
Requisito – Mínimo nível 1.
Recompensa até: 2.500 XP – 2.500 dracmas – 2 ossos

Itens levados:
• Ragnarök [Uma espada de Ferro Estígio com 70 centímetros de comprimento e que se encaixa perfeitamente na mão do semideus, afeiçoa-se apenas ao primeiro que a empunha e impede que um desconhecido a empunhe. | Efeito: O primeiro golpe desferido - e acertado - pelo semideus permitira que esse recupere 5% do MP e HP total. Necessário 2 turnos de espera para utilizar novamente. | Efeito de ligação: Sempre retornará ao dono após ser arremessada ou posta ao chão. | Ferro Estige | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem dano | Comum |  Fim de semana: Sexta feira 13]


are you here?
Phoenix Holm Sundström
Phoenix Holm Sundström
V Coorte
V Coorte

Idade : 19
Localização : Acampamento Júpiter - Nova Roma

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MFs] Phoenix Holm Sundström Empty Re: [MFs] Phoenix Holm Sundström

Mensagem por Phoenix Holm Sundström em Dom Set 29, 2019 6:50 pm

Maybe...I like it I’m twenty five. When I’m not a kid or an adult When I’m just me I shine the brightest
Após retornar da partida de Xadrez com o fantasma abusado, prontamente retornei ao Salão Principal da festança e de antemão já procurei um lugar para me sentar e observar cada um que estava presente naquela festa. Naquela ocasião eu torcia bastante para ver rostos familiares como o de Frieryat, por exemplo. Amigos que havia feito recentemente em Nova Roma graças ao Roma Café eram aqueles que eu mais queria ver naquela situação. Me encontrava feliz por arranjar novos laços que eram intensos desde o começo até o fim, talvez tivesse encontrado a verdadeira família de amigos que eu tanto precisava para conseguir me manter feliz por mais tempo. Paralelamente, eu me encontrava animado para conhecer novas pessoas e também promover a paz dentro da festa pois sempre havia uma pequena confusão que deveria ser separada para que não acabasse em uma briga ainda mais intensa.

Enquanto me encontrava sentado, aproveitava para dar uma bebericada de um refrigerante que havia pego momentos antes de ir para um dos cantos me sentar para observar as demais pessoas. Eu estava bastante feliz por estar numa festa mas de alguma forma, eu me sentia levemente incompleto e insatisfeito. Porém, não lembrava ao certo o motivo daquilo e até mesmo preferia não pensar naquilo para não adquirir maiores problemas e ficar com a cabeça doendo pelo resto da festa. Estava ali unicamente para me divertir e também para palpitar sobre a vida alheia mesmo que fosse sozinho.

– Mas o que? – Disse ao notar uma pequena confusão no meio do salão principal e prontamente me levantei e fui em direção aos dois semideuses que haviam ingerido bebidas alcoólicas que provavelmente tinham sido adulteradas pelos fantasmas para que respondessem aos seus comandos. – Estamos numa festa para nos divertir e não para brigar, por favor parem! – Dizia principalmente aos dois semideuses em questão, afinal queria a paz perdurando no ambiente. Prontamente e de longe, observava dois fantasmas que aparentavam estar controlando os dois semideuses por meio das bebidas.

Com a paz levemente retomada na festa e com os semideuses voltando aos poucos a dançar e ao que estavam fazendo, fui em direção aos fantasmas. – Vocês deviam ter vergonha na cara de fazer pessoas brigarem numa ocasião de diversão. – Cruzei os braços, Melinoe estava sendo de fato um problema ultimamente. – Saiam daqui ou terei que apelar para a deusa que estrangule vocês ou faça vocês sumirem! – Ameacei prontamente. Talvez, pela minha missão anterior envolvendo fantasmas, eles tivessem o mínimo de percepção de que eu não estava mentindo de fato e por isso, eles largaram o controle dos semideuses e então desapareceram, tornando a festa um ambiente de paz novamente.

Dada como concluída a missão, voltei para a minha cadeira para observar o resto da festa enquanto bebericava mais um pouco do meu refrigerante.

Fantasmas à solta
Melinoe é um tanto ranzinza não ficou feliz com a comemoração dos semideuses. Alguns dos campistas começaram a se comportar de maneira esquisita e estão tentando seriamente começar uma grande briga no salão principal, tudo isso porque esses bonitinhos ingeriram bebidas alcoólicas contrabandeadas e tornaram-se vulneráveis ao controle dos fantasmas. Você foi designado para tentar ajudar a resolver o problema, banindo os fantasmas de volta para o lugar ao qual pertencem.
Requisito: Mínimo nível 10
Recompensas até: 4.000 XP + 4.000 Dracmas + 8 ossos

Itens levados:
• Ragnarök [Uma espada de Ferro Estígio com 70 centímetros de comprimento e que se encaixa perfeitamente na mão do semideus, afeiçoa-se apenas ao primeiro que a empunha e impede que um desconhecido a empunhe. | Efeito: O primeiro golpe desferido - e acertado - pelo semideus permitira que esse recupere 5% do MP e HP total. Necessário 2 turnos de espera para utilizar novamente. | Efeito de ligação: Sempre retornará ao dono após ser arremessada ou posta ao chão. | Ferro Estige | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem dano | Comum |  Fim de semana: Sexta feira 13]


are you here?
Phoenix Holm Sundström
Phoenix Holm Sundström
V Coorte
V Coorte

Idade : 19
Localização : Acampamento Júpiter - Nova Roma

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MFs] Phoenix Holm Sundström Empty Re: [MFs] Phoenix Holm Sundström

Mensagem por Phoenix Holm Sundström em Dom Set 29, 2019 7:08 pm

Maybe...I like it I’m twenty five. When I’m not a kid or an adult When I’m just me I shine the brightest
Enfim cansado de ficar sentado de canto na festa, resolvi me levantar para conhecer o lugar pelo menos por hora. Não estava nem um pouco disposto a passar por situações de medo ou qualquer outra coisa que pudesse me deixar com um pouquinho mais de vergonha de estar ali presente. Dei de ombros, afinal estava completamente disposto a adquirir qualquer tipo de experiência que fosse possível para conhecer mais o local da Escócia visto que dificilmente retornaria para aquele país.

Subi uma das escadas do castelo e deparei-me com uma porta. Talvez a maçaneta se encontrasse quebrada ou qualquer outra coisa e eu torcia bastante para que ela estivesse trancada pelo lado oposto para que minha curiosidade não me atiçasse a abrir a mesma. Infelizmente, ela conseguiu abrir-se ao meu toque e eu adentrei o quarto completamente escuro e prontamente a porta rangeu e bateu, trancando-se instantaneamente. – Céus! – Exclamei com um pouco de susto e medo, talvez aquele escuro não fosse nem um pouco apaziguador para o que se passava dentro de mim. Eu já estava, naquela ocasião, tremendo de medo de estar num ambiente completamente inseguro.

Aos poucos, as luzes foram se acendendo e o ambiente ia sendo revelado. Naquela hora eu voltei a checar a maçaneta para ver se conseguiria voltar ao local de origem mas a mesma não queria abrir de forma alguma. “Droga, por que eu fui pensar que isso iria acontecer?” – Pensei na mesma hora e então fui observando o ambiente. Tratava-se de um manicômio abandonado em tons de verde esmeralda com algumas cadeiras e macas completamente sujas por mofos e ensanguentadas. Naquela mesma hora empunhei a espada pois ouvia sons. Eu não estava nem um pouco preparado para cruzar o ambiente em questão mas não tinha outra hipótese, tinha que retornar para a festa.

– Alguém me tira daqui! – Batia na porta de maneira desesperada enquanto observava alguns zumbis virem em minha direção. Eu precisava manter a calma e me livrar deles o mais rápido possível, mas não estava nem um pouco com a coragem necessária. Respirei fundo e comecei a correr, utilizando a espada para cortar a cabeça dos zumbis e alguma das mãos que se submetiam ao meu caminho, não queria ser tocado de forma alguma. Pulava as camas, os armários onde guardavam os instrumentos hospitalares e desferia golpes para que decapitasse cada um dos zumbis que se metessem no meu caminho. – Céus... Isso é um pesadelo. – Conforme andava pra frente, as luzes atrás de mim iam se apagando, acompanhando o meu trajeto. O barulho de zumbis não cessara e era o suficiente pra me deixar ainda mais nervoso. Por sorte, conseguia ver o fim da sala.

Os zumbis iam pouco a pouco sendo decapitados um por um e iam caindo ao chão jorrando o líquido anterior de suas cabeças e eu ia deixando o cenário ainda mais assustador para os próximos que adentrassem ali. Ao fim, encontrei uma porta que me levaria de volta ao castelo e prontamente a entrei, saindo daquele manicômio completamente amaldiçoado e retornando para o corredor do castelo. Agora faltaria saber qual seria a próxima encrenca que eu iria me meter.

Cômodos malucos
O castelo é um tanto mais complexo do que aparenta. Algumas portas podem te levar para lugares aleatórios como manicômios abandonados, igrejas caindo aos pedaços, outros castelos ainda mais tenebrosos e vários lugares que já foram esquecidos pelos homens. Sem querer, você foi para um destes lugares e ao tentar retornar descobriu que a porta não te levava de volta. Agora precisa enfrentar os perigos do lugar desconhecido e encontrar um meio de retornar para o lugar de onde veio.
Requisito – Mínimo nível 8.
Recompensas até: 6.000 XP – 6.000 Dracmas – 6 ossos.


Itens levados:
• Ragnarök [Uma espada de Ferro Estígio com 70 centímetros de comprimento e que se encaixa perfeitamente na mão do semideus, afeiçoa-se apenas ao primeiro que a empunha e impede que um desconhecido a empunhe. | Efeito: O primeiro golpe desferido - e acertado - pelo semideus permitira que esse recupere 5% do MP e HP total. Necessário 2 turnos de espera para utilizar novamente. | Efeito de ligação: Sempre retornará ao dono após ser arremessada ou posta ao chão. | Ferro Estige | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem dano | Comum |  Fim de semana: Sexta feira 13]


are you here?
Phoenix Holm Sundström
Phoenix Holm Sundström
V Coorte
V Coorte

Idade : 19
Localização : Acampamento Júpiter - Nova Roma

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MFs] Phoenix Holm Sundström Empty Re: [MFs] Phoenix Holm Sundström

Mensagem por Phoenix Holm Sundström em Dom Set 29, 2019 8:02 pm

Maybe...I like it I’m twenty five. When I’m not a kid or an adult When I’m just me I shine the brightest
Eu estava completamente ciente que entrar naquele labirinto me traria um total de zero consequências mas estava completamente enganado. Os diversos percursos me deixavam completamente desesperado pois um labirinto poderia me levar para qualquer lugar que ele quisesse e até mesmo me meter nas piores situações possíveis. Pacientemente eu ia explorando cada canto do labirinto até que me via preso e tinha que voltar algumas casas para trás para que pudesse percorrer por um novo caminho sem que fosse interrompido. A verdade era que eu tinha um pouco de medo de acabar me encontrando com algum monstro que quisesse me comer ou alguma coisa do gênero, mas eu estava completamente preparado com a minha espada e apenas por isso havia a levado para a festa em questão.

Levando em conta a experiência anterior de ter passado no manicômio, o labirinto não parecia ser uma ideia ruim. Segui meu caminho tranquilamente enquanto observava outros semideuses também perdidos no meio do trajeto e quando reparei, na minha frente, uma pessoa imediatamente sumira num local onde não havia saída e eu acabei pisando e caindo juntamente com ela. – Aaah! – Gritei em meio a queda então caindo com uma grande quantidade de força no chão. O buraco era iluminado pelo ambiente de cima e estávamos agora – eu e a pessoa – juntos na tarefa de tentar escapar dali.

Observando mais a frente de onde tínhamos caído, era possível ver uma cobra dormindo mas alguns filhotes da mesma que encontravam-se acordados. – Precisamos dar um jeito de não sermos notados. – Pensei rapidamente sussurrando ao semideus que havia caído juntamente comigo para que bolássemos uma estratégia para sairmos dali sem sermos vítimas de uma cobra gigante. Mas, de fato, o problema não era ela e sim os filhotes. Como poderíamos passar sem sermos notados? Começava não só a pensar nos poderes de Belona mas também nos de Hipnos e havia um muito útil que deixaria nossos passos em silêncio e prontamente o utilizei, deixando o ambiente em um completo silêncio para que a cobra gigante não acordasse e os filhotes não nos notassem.

Ao fim, começamos a andar em frente as cobras filhotes que não entendiam a ausência de som e que também não conseguia nos ver naquele escuro. Por fim, conseguimos passar sem maiores dificuldades e então, um caminho de volta para o labirinto ou para a festa era então revelado para nós e ambos voltávamos em direção aos demais percursos. Optei por retornar para a festa enquanto o colega que havia se submetido na mesma situação que eu havia optado de retornar ao labirinto. Minha cabeça estava doendo e eu não estava mais nem um pouco disposto de passar pela mesma situação de novo.

Ao fim, abandonei o percurso e a vala em questão retornando para a festa.

Poderes:
Nome do poder: Silêncio Mortal
Descrição: O filho de Hipnos/Somnus pode deixar tudo numa área de 50 metros ao seu redor em completo silêncio. Nenhum som será emitido por nada nem ninguém. Dura um turno.
Gasto de Mp: 10 MP.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.

O labirinto
Você achou que era sim seguro entrar no labirinto, mesmo contra tudo que Quíron e o senhor D. disseram, acontece que você acabou pisando em uma parte oca e a terra cedeu, te jogando diretamente para sabe lá deuses onde. Como se tudo isso não fosse ruim o suficiente, há uma enorme cobra ao dormindo ao seu redor e ela tem filhotes que estão acordados e muitíssimo afim de te usar como refeição. Ops.
Requisito – Mínimo nível 10.
Recompensas até: 5.000 XP – 5.000 Dracmas – 5 ossos

Itens levados:
• Ragnarök [Uma espada de Ferro Estígio com 70 centímetros de comprimento e que se encaixa perfeitamente na mão do semideus, afeiçoa-se apenas ao primeiro que a empunha e impede que um desconhecido a empunhe. | Efeito: O primeiro golpe desferido - e acertado - pelo semideus permitira que esse recupere 5% do MP e HP total. Necessário 2 turnos de espera para utilizar novamente. | Efeito de ligação: Sempre retornará ao dono após ser arremessada ou posta ao chão. | Ferro Estige | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem dano | Comum |  Fim de semana: Sexta feira 13]


are you here?
Phoenix Holm Sundström
Phoenix Holm Sundström
V Coorte
V Coorte

Idade : 19
Localização : Acampamento Júpiter - Nova Roma

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MFs] Phoenix Holm Sundström Empty Re: [MFs] Phoenix Holm Sundström

Mensagem por Phoenix Holm Sundström em Dom Set 29, 2019 8:24 pm

Maybe...I like it I’m twenty five. When I’m not a kid or an adult When I’m just me I shine the brightest
Eu encontrava-me completamente alegre na festa e me sentia a vontade. Muitas pessoas ao meu redor me deixavam completamente disposto a continuar ali apenas para ficar vendo no que dava a bebedeira de algumas outras pessoas. Com meu refrigerante em mãos – pois não me aventuraria a beber coisas alcoólicas – e com um grande sorriso no rosto, observava os demais semideuses que estavam compartilhando o mesmo lugar comigo naquela festa que estava aos poucos ficando cada vez melhor. Os desafios e medos anteriores me impediam de sair novamente em busca de uma nova aventura. Eu observava todos de longe sem mais e sem menos, até mesmo observava um sátiro causando rapidamente com alguns semideuses que estava dando em cima e aquilo começava a me incomodar de leve, pois nem todos gostamos de receber cantadas e respostas esbravejantes que acabavam mais incomodando e gerando uma má impressão do que qualquer outra coisa em questão.

– Não posso continuar vendo isso e não fazer alguma coisa a respeito. – Comentei baixinho comigo mesmo. Talvez seu dono em questão estivesse completamente distraído e não estivesse notando que ele estaria causando alguns desconfortos nos demais semideuses que estavam presentes na festa. Pacientemente durante o meu caminho, eu observava alguns semideuses e repousava meu olhar sobre um loiro que jurava conhecer pela aura que ele tinha ao seu redor. Era especialista em observar aqueles detalhes relacionados a aura de uma pessoa e ele tinha uma que realmente me chamava a atenção. Porém, ele ficaria para depois pois meu foco era completamente outro.

– Ei. – Disse chamando o sátiro de canto.

– O que houve? – Ele respondeu prontamente.

– Você tá deixando as pessoas sem jeito e incomodando algumas pessoas com o seu jeito... Eu só vim te dar um toque que você pode acabar se metendo em alguma confusão. – Eu comentei prontamente, dando de ombros, afinal se ele se metesse com gente errada, eu não iria o defender. – Tô falando isso pelo seu bem e como conselho, não gostaria de ver você tumultuando com os demais. – Terminei.

– Me desculpe... Não era a intenção. – Ele respondeu e eu assenti rapidamente, talvez não fosse uma pessoa que estivesse causando intencionalmente e talvez sofresse da mesma dificuldade que eu: não saber se expressar.

Permaneci perto do sátiro para fiscalizar se algo sairia do controle e ele permaneceu calmo e sem se meter em confusões por uma grande quantidade de tempo até encontrar outro sátiro para conversar. – Bom... Acho que achou sua companhia. – Disse prontamente me afastando e observando ambos os dois de longe, nada sairia do controle e o ambiente voltava na sensação de paz intensa. Aquele dia estava sendo trabalhoso, porém me rendendo bastante experiências nas mais diversas áreas.

Um sátiro/fauno engraçadinho
Um sátiro/fauno resolveu que seria uma boa ideia causar tumulto na festa, por isso, começou a roubar bebidas enquanto seus donos estavam distraídos, dar em cima das semideusas e ficar balançando seu bastão no ar enquanto esbravejava. Você, cansado daquela situação toda, resolveu ir falar com o sátiro em uma tentativa de acalmar os ânimos antes que as coisas tomassem um rumo mais agressivo.
Requisito – Mínimo nível 1.
Recompensa até: 2.500XP – 3.000 dracmas – 3 Ossos


Itens levados:
• Ragnarök [Uma espada de Ferro Estígio com 70 centímetros de comprimento e que se encaixa perfeitamente na mão do semideus, afeiçoa-se apenas ao primeiro que a empunha e impede que um desconhecido a empunhe. | Efeito: O primeiro golpe desferido - e acertado - pelo semideus permitira que esse recupere 5% do MP e HP total. Necessário 2 turnos de espera para utilizar novamente. | Efeito de ligação: Sempre retornará ao dono após ser arremessada ou posta ao chão. | Ferro Estige | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem dano | Comum |  Fim de semana: Sexta feira 13]


are you here?
Phoenix Holm Sundström
Phoenix Holm Sundström
V Coorte
V Coorte

Idade : 19
Localização : Acampamento Júpiter - Nova Roma

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MFs] Phoenix Holm Sundström Empty Re: [MFs] Phoenix Holm Sundström

Mensagem por Hades em Seg Set 30, 2019 8:12 pm

Phoenix


Missão Fixa - Explorando o Castelo


Valores máximos que podem ser obtidos


Máximo de recompensa a ser obtida: 950 XP – 1.500 dracmas – 1 osso

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas – 30%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 16%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 15%

RECOMPENSAS:  580 XP – 915 dracmas – 1 osso

Comentários:
Apesar de ser uma missão bem simples, você não cumpriu bem com o objetivo da mesma. Eu não encontrei nenhuma parte onde a personagem explora o castelo. Pelo contrário, tudo que há em seu texto é alguém que dá uma olhada do lado de fora e retornar ao salão principal. Isso não é uma exploração, no máximo, você deu uma volta pelo lugar. Além disso, também percebi alguns erros em sua escrita e os listarei logo abaixo:
Phoenix Holm Sundström escreveu:
Eu estava completamente alegre por estar coberto de outros semideuses novamente do Meio-Sangue. (...)
Ao mesmo tempo, a possibilidade de conhecer todo o ambiente da festa me deixava ainda mais motivado para que eu saísse pra fora e visse o local pelo lado de fora. Sendo assim, dirigi-me ao lado de fora apenas por alguns instantes para saber onde realmente estava.(...)
(...)não queria ficar muito tempo do lado de fora pois algum monstro poderia sentir o meu cheiro e tentar me atacar e justamente pronto, encontrava-me com uma das minhas espadas caso alguma coisa acontecesse.(...)
(...)observei algumas árvores e notei a direção do vento e rapidamente voltei para dentro, optando por não dar sopa para um possível monstro me atacar.(...) Você já tinha pensado nessa possibilidade antes e aqui praticamente repetiu a mesma coisa que já havia escrito no parágrafo anterior.

Missão Fixa - Xadrez com um Morto


Valores máximos que podem ser obtidos


Máximo de recompensa a ser obtida: 2.500 XP – 2.500 dracmas – 2 ossos

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas – 25%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 16%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 15%

RECOMPENSAS: 1.400 XP – 1.400 dracmas – 1 osso

Missão Fixa - Fantasmas à Solta


Valores máximos que podem ser obtidos


Máximo de recompensa a ser obtida: 4.000 XP + 4.000 Dracmas + 8 ossos

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas – 30%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 18%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 15%

RECOMPENSAS: 2.520 XP + 2.520 Dracmas + 4 ossos

Missão Fixa - Cômodos Malucos


Valores máximos que podem ser obtidos


Máximo de recompensa a ser obtida: 6.000 XP – 6.000 Dracmas – 6 ossos.

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas – 20%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 15%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 10%

RECOMPENSAS: 2.100 XP – 2.100 Dracmas – 2 ossos.

Missão Fixa - O labirinto


Valores máximos que podem ser obtidos


Máximo de recompensa a ser obtida: 5.000 XP – 5.000 Dracmas – 5 ossos

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas – 25%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 15%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 25%

RECOMPENSAS: 3.250 XP –  3.250 Dracmas – 3 ossos

Missão Fixa- Um sátiro/fauno engraçadinho


Valores máximos que podem ser obtidos


Máximo de recompensa a ser obtida: 2.500XP – 3.000 dracmas – 3 Ossos

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas – 35%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 15%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 25%

RECOMPENSAS: 1.875 XP – 2.250 dracmas – 2 ossos

Recompensa Total: 11.725 XP – 12.435 dracmas – 13 ossos

Comentários:
Phoenix,
Como em todos os textos eu teria de pontuar as mesmas coisas, achei melhor fazer um apanhado geral sobre as missões. A sensação que cada texto passa é de que foi feito correndo e sem a devida atenção. As missões simples não cumpriram totalmente o objetivo e as missões complexas pareciam muito mais simples do que realmente são. Não vi desafio algum para a personagem que é apenas level 14. Sei que algumas missões são para level 1, mas cabe a vocêm enquanto escritor, colocar dificuldades e desafios à altura de sua personagem, tornar as coisas mais interessantes. Espero que se atente bem a este tópico nas próximas missões e que também revise seus textos com mais atenção já que algumas construções de sentenças e parágrafos acabam sendo bem confusas.
Hades
Hades
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Localização : Importa? A morte ainda será capaz de te achar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MFs] Phoenix Holm Sundström Empty Re: [MFs] Phoenix Holm Sundström

Mensagem por Phoenix Holm Sundström em Ter Out 01, 2019 9:15 am

Maybe...I like it I’m twenty five. When I’m not a kid or an adult When I’m just me I shine the brightest
A festa em si estava sendo completamente perfeita e eu aproveitava cada momento dela olhando a todos de longe e analisando o comportamento de cada um que se mantinha no meu campo de visão. Acostumado a ficar de lado nas festas, era o melhor que eu podia fazer ao invés de ir atrás conversar com outras pessoas e passar a angústia de não saber se eu estava sendo agradável ou não. A conversa rolava solta na conversa, o suficiente para que tivéssemos informações a respeito de quase todo mundo que estivesse naquele ambiente. Eu mesmo ouvia várias histórias e tinha grandes motivos para ir atrás das pessoas para que elas me contassem por conta própria mas eu não estava completamente disposto a conversar, afinal estava ali mais para me divertir e com a ajuda da minha espada, poderia passar por várias missões secundárias que poderiam resultar em outras coisas.

Baseado em minha maneira de olhar, eu notei que uma dupla de semideuses acabou desaparecendo e bastava aquilo para que eu me enchesse de corpo e alma para que fosse atrás deles em questão. Rapidamente peguei a espada e tomei um rumo dentro do castelo na intenção de encontrá-los. Eu observava o ambiente de maneira com que ficava completamente encantado por ser um castelo bem antigo e com traços da época medieval que havia sido o ápice de vários castelos que haviam sido erguidos.

Enfim adentrei um corredor e passei de uma sala por sala na esperança que pudesse encontrar os dois rapazes que haviam sumido. Então, comecei não só a analisar como a maçaneta da porta se portava – se estava fechada ou aberta – e também esperava para ouvir algum som por mais básico que ele fosse. Naquela altura só queria encontrar os dois semideuses para que pudesse voltar para a festa. No corredor, eu esperava ouvir sons que pudessem me levar a uma conclusão ou até mesmo aos garotos em questão.

Foi assim que percebi que passei por uma porta, ao ouvir barulhos de gritos aflitos, que eles estavam dentro de uma sala com uma mulher fantasma os torturando e eu não poderia deixar aquilo barato. Imediatamente abri a porta da sala e interrompi tudo aquilo que estava acontecendo. – Ei! Deixe-os em paz! – Eu quase que ordenei nessa hora e corri para soltar os dois que estavam amarrados, afinal aquela situação não poderia persistir. – Melinoe teria vergonha se soubesse do que está fazendo com pessoas inocentes! – Argumentei contra a fantasma em questão, na intenção de a fazer se sentir completamente mal por aquilo. Mas, antes que eu de fato pudesse desamarrá-los, um exercito de mortos vivos surgiu e me fez ter que lutar contra eles.

Eu tentava – naquela ocasião – utilizar minha espada de maneira ofensiva e também aprender novas maneiras de conseguir a segurar com a mão esquerda pela minha ambidestria de Belona. Mas, ainda levemente sem jeito, optei por deixar a espada na mão direita e então comecei a cortar a cabeça dos mortos vivos com determinada dificuldade, a lâmina não era tão eficiente e eu precisava de um pouquinho mais de força para que enfim conseguisse. Os mortos vivos estavam guardando aquele local e um por um, eles iam caindo em frente a minha espada que fazia cortes precisos em regiões que seriam de extrema importância como braços e cabeça. Ao fim, consegui me livrar do exército sem maiores problemas por hora.

– Solte-os! – Ordenei e a fantasma então fugiu, deixando o caminho livre para que eu retirasse os dois garotos dali e os devolvesse para a festa. -Já acabou, não vão mais torturar vocês. – Eu disse com um sorriso. Por sorte, essa missão encontrava-se concluída e eu agora ia em direção a uma nova. Aos semideuses encontravam-se levemente aflitos mas agora toda aquela tortura iria acabar e eles estariam livres para aproveitar o resto da festa se assim desejassem.

Sequestrados
Uma dupla de semideuses desapareceu e seus amigos pareciam preocupados, mesmo sem conhecê-los e entediado com a festa, você achou que poderia encontrá-los. Acontece que você não contava que teria um exército de mortos vivos guardando o local enquanto o fantasma de uma mulher os torturava. Acho que as coisas ficaram um pouquinho ruins para você.
Requisito – Mínimo nível 15
Recompensa até: 3.500 XP – 3.500 dracmas – 3 ossos


Itens levados:
• Ragnarök [Uma espada de Ferro Estígio com 70 centímetros de comprimento e que se encaixa perfeitamente na mão do semideus, afeiçoa-se apenas ao primeiro que a empunha e impede que um desconhecido a empunhe. | Efeito: O primeiro golpe desferido - e acertado - pelo semideus permitira que esse recupere 5% do MP e HP total. Necessário 2 turnos de espera para utilizar novamente. | Efeito de ligação: Sempre retornará ao dono após ser arremessada ou posta ao chão. | Ferro Estige | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem dano | Comum |  Fim de semana: Sexta feira 13]


are you here?
Phoenix Holm Sundström
Phoenix Holm Sundström
V Coorte
V Coorte

Idade : 19
Localização : Acampamento Júpiter - Nova Roma

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MFs] Phoenix Holm Sundström Empty Re: [MFs] Phoenix Holm Sundström

Mensagem por Phoenix Holm Sundström em Ter Out 01, 2019 9:28 am

Maybe...I like it I’m twenty five. When I’m not a kid or an adult When I’m just me I shine the brightest
Eu me encontrava agora passeando pela borda do lago do castelo e começava a olhar para os lados enquanto procurava alguma coisa que pudesse chamar a minha atenção em meio a um monte de coisas e pessoas que faziam as mais diversas atividades além de festejar a ocasião. Minha fantasia era extremamente chamativa pelos detalhes que a mesma possuía e era fácil chamar a atenção das outras pessoas com ela. Rapidamente meus olhos cruzaram o lago e notaram um pequeno barco flutuando que tinha alguns itens mas não possuía nenhuma pessoa dentro deles.

Ao lado, encontrava-se uma pessoa pedindo ajuda de maneira desesperada e que encontrava debatendo-se. Eu respirei fundo e corri para perto de um grupo para pedir ajuda o mais rápido que eu pude e então, levei a ajuda de meia dúzia de semideuses para próximo da pessoa para que pudéssemos retirá-la dali. Ao menos, tinha ajuda para que conseguisse salvar a pessoa em questão. Enfim, juntamo-nos para que conseguíssemos retirar a pessoa antes que ela virasse comida do monstro em questão que já se encontrava abaixo de seus pés.

Nós seguramos em sua cintura e então a puxamos para cima para que o monstro não pudesse pegar a semideusa que estava dentro do lado e logo perguntamos como ela havia parado ali. A criatura também não deixava barato e tentava puxar a pessoa para baixo, mas nossa força era superior a que a mesma fazia e rapidamente a puxamos com uma força brusca e então conseguimos retirá-la sem maiores objeções.

Ela então havia respondido que havia parado ali justamente por ter bebido demais e que tinha caído do barco que encontrava-se com alguns itens. – Da próxima vez, tome cuidado. – Eu dizia levemente preocupado. Talvez pudesse ocorrer com outras pessoas e aquilo poderia se tornar um perigo não só para uma pessoa como para um grupo que tivesse entornado o caldo no quesito bebida. Ao fim, estávamos todos seguros e a criatura de dentro do lado então parecia ter aquietado até o momento em que se levantou e deu uma rabada na água que espirrou em todos nós que estávamos na borda. Droga! Minha fantasia!

O monstro do lago
Você estava passeando pela borda do lago quando percebeu um pequeno barco flutuando por ali, intrigado, notou que havia itens, mas não pessoas e decidiu que precisava de ajuda para saber o que estava acontecendo. Acontece que ao longe, pôde perceber que alguém parecia se debater e pedir por ajuda. Agora você tinha duas opções: ir para dentro e chamar por reforço ou tentar resolver sozinho e arriscar-se a virar alimento para a criatura misteriosa junto do semideus clamando por ajuda.
Requisito – Mínimo nível 20.
Recompensa até: 5.000 XP – 3.000 dracmas – 4 ossos



Itens levados:
• Ragnarök [Uma espada de Ferro Estígio com 70 centímetros de comprimento e que se encaixa perfeitamente na mão do semideus, afeiçoa-se apenas ao primeiro que a empunha e impede que um desconhecido a empunhe. | Efeito: O primeiro golpe desferido - e acertado - pelo semideus permitira que esse recupere 5% do MP e HP total. Necessário 2 turnos de espera para utilizar novamente. | Efeito de ligação: Sempre retornará ao dono após ser arremessada ou posta ao chão. | Ferro Estige | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem dano | Comum |  Fim de semana: Sexta feira 13]


are you here?
Phoenix Holm Sundström
Phoenix Holm Sundström
V Coorte
V Coorte

Idade : 19
Localização : Acampamento Júpiter - Nova Roma

Voltar ao Topo Ir em baixo

[MFs] Phoenix Holm Sundström Empty Re: [MFs] Phoenix Holm Sundström

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum