The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Teste: Instrutor de Combate corporal (interessados)

Ir em baixo

Teste: Instrutor de Combate corporal (interessados)  Empty Teste: Instrutor de Combate corporal (interessados)

Mensagem por Athena em Qui Maio 09, 2019 7:57 pm


Instrutor de Combate Corporal

O teste para instrutor de combate vai funcionar da seguinte maneira: Vocês terão que resolver a situação abaixo SEM UTILIZAR QUALQUER TIPO DE ARMAMENTO. Deverão ser criativos e desenvolver o desafio da melhor maneira que conseguirem. Essa postagem será avaliada por três deuses, que decidirão quem de vocês está mais apto a assumir o cargo com base na postagem. Portanto, leiam atentamente o desafio e as regras que compõe o mesmo. Boa sorte a todos.

Situação: É por volta da meia noite em ambos os acampamentos (grego e romano). O seu personagem está responsável pela ronda e cuidando da patrulha na fronteira do acampamento (divisa) quando, de repente, escuta um grito. Ao se virar percebe que ao lado de fora (além da barreira de proteção no acampamento meio sangue e além do muro de proteção do romano) um semideus acaba de chegar e trouxe consigo uma companhia nada agradável. Um humanoide de aparência assustadora está prestes a atacar o semideus, que tem por volta dos 12 anos, e como responsável pela patrulha você precisa ajudá-lo. Acontece que o seu personagem não possui armas e equipamentos que possam auxiliá-lo no combate e além dos punhos você não tem mais nada. Ainda assim você decide se arriscar e entra na luta para ajudar o pequeno. Contudo, outro imprevisto acontece e você percebe que nenhum dos seus poderes ativos está funcionando, algo na criatura está te bloqueando e a única solução que lhe resta é derrotá-lo para ativá-los novamente. Sua missão é resgatar o novato e destruir o monstro.

REGRAS

• Para esse combate o seu personagem não poderá estar utilizando nenhuma arma ou poder ativo. Poderá contar apenas com seu conhecimento, esperta e poderes passivos para conseguir derrotar a criatura, algo que não será fácil.

• O monstro – assim como você – não possui poderes ativos, mas em compensação todos os atributos dele são melhorados em 100% sobre o seu personagem. Tudo que ele possui (seja força, velocidade, agilidade) a criatura terá em dobro, além disso a resistência dele é alta, ele consegue apanhar por um longo tempo e revidar a altura. E mais, algo em sua aura é o que bloqueia os poderes ativos do seu personagem.

• A criatura é um humanoide de duas cabeças com cerca de 1, 80m. É um monstro do sexo masculino desarmado e perito em lutas corporais, ou seja, ele sabe lutar limpo, mas também gosta de jogar sujo e fará de tudo para vencer. É carnívoro e está atrás do semideus para devorá-lo e você agora vai ser o novo petisco dele.

• O desafio deve ter, no mínimo, 30 linhas e sabemos que esse é um número insignificante.

• O prazo de postagem é até 11/05/2019 a meia noite (horário de brasília).

• Requisito: Ter pelo menos uma habilidade relacionada a aula em questão (uma aula de pericia corporal, ou uma habilidade voltada a conhecimento de técnicas de batalha).

• Todos aqueles que desejarem concorrer ao cargo de instrutor de combate corporal devem postar nesse tópico dentro do prazo estabelecido.

• Boa sorte.



Palas Athena...
Sometimes the power must bow to wisdom. You can be strong, may have power, but if you are wise, you are all well. And more than that, yes you can defeat them. Once warned that to save the world destruiri you-your friends, maybe I was wrong.
Athena
Athena
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos


Voltar ao Topo Ir em baixo

Teste: Instrutor de Combate corporal (interessados)  Empty Re: Teste: Instrutor de Combate corporal (interessados)

Mensagem por Noah Blackburn em Sab Maio 11, 2019 9:14 pm

.: Teste para instrutor de combate corporal :.


Depois que me tornei instrutor, Quíron solicitou que eu fizesse parte da ronda do AMS uma vez por semana. Com minha agenda super atarefada, pedi para que minha escala ficasse sempre durante a noite, assim eu poderia ter um tempo para pensar na minha vida. Ninguém gostava de ficar com o turno da noite, por isso eu consegui facilmente que aquele desejo fosse cumprido.

Saí do refeitório depois de um jantar maravilhoso e segui para próximo do pinheiro de Thalia. Não sei dizer o tempo que fiquei ali, mas me ocupei subindo numa árvore onde eu poderia observar o perímetro de forma fácil e que me proporcionasse uma visão geral de todo o local demarcado como meu território. Entre a quietude da noite, um grito de medo e pavor pôde ser ouvido por mim. Meus olhos procuraram o dono da voz e logo encontrei: Menino, aproximadamente doze anos, desarmado e correndo feito louco.

— Socorro! - Ele gritou no momento exato que eu saltei do galho que eu estava. Peguei duas pedras rapidamente e me escondi atrás de uma árvore. Um ser de forma humanoide entrou no meu campo de visão onde a luz da lua iluminava-o perfeitamente. O corpo masculino era fácil de ser visto, mesmo na penumbra da noite.

O menino caiu e virou-se de frente para a criatura. Deu um segundo grito e eu me movi para mais próximo dele, ficando uns cinco metros e podendo enxergar o homem de duas cabeças se aproximando. Quando achei que era necessário, segurei uma das pedras com força e mirei a cabeça de número um, desenhando - mentalmente - um alvo nela, tendo a testa como ponto principal.

Com um movimento rápido o suficiente, lancei a pedra com força e acertei onde eu desejava. Um grito grotesco ecoou e ele parou, por alguns segundos, procurando quem havia lhe machucado, não tendo uma resposta. Quando ele tentou andar, lancei a segunda na mesma direção, mas esta eu errei a testa e acertei o nariz dele. Pois é, não é sempre que acertamos.

— Que feio - Falei em tom alto — perseguindo crianças indefesas a essa hora? - Ironizei enquanto saía da sombra da árvore e ficava na frente do pequeno, este que ajudei a levantar. O monstro grunhiu de forma asquerosa, como se quisesse me meter medo, mas só conseguiu que eu tampasse o nariz, pois o bafo estava demais. — Acabou? - Perguntei quando ele parou de gritar. — As pessoas dormem por aqui, sabia? Você pode acordá-las e não vai ser tão legal para você.

Ele parecia não entender o que eu dizia, mas mesmo assim não fiz questão. Concentrei minha energia nas asas e... Espere um pouco, minhas asas não estavam querendo sair. Olhei minha tatuagem e e tentei abrir um portal para sacar Hidan, mas nada acontecia. Meus poderes estavam bloqueados, igual ao bloqueador criado pela Seita.

A deselegância do monstrengo começou quando ele não deixou que eu me preparasse psicologicamente para enfrentá-lo, pois eu precisaria de mais do que apenas pedras para acabar com ele. Com um movimento rápido ele desferiu um soco em minha direção, mas esquivei para a direita e puxei o pequenino para o meu lado. — Corre além daquele pinheiro... - A mão do filho da puta pegou meus cabelo e me puxou com força. — Vali logo! - Gritei.

A mão fria do maldito me fez voltar para a situação que eu me encontrava. Por conta da minha altura, ele não conseguiu me tirar do chão, mas a força dele era algo que eu precisaria ter cuidado. Com os dentes cerrados, tateei seu punho e encontrei uma de suas cabeças. A porcaria tentou me morder, mas conseguiu chegar em seus olhos e apertar, sentindo um líquido escorrer. — AAAAAHH! - Gritou uma das cabeças, mostrando-me que funcionara.

A mão me soltou e buscou o olho machucado, mas o globo ocular já não existia mais. A cabeça da direita choramingou com dor e porque perdera seu olho enquanto a outra me olhava fixamente, como se quisesse me comer vivo.

Neste meio tempo, a criança havia atravessado a barreira mágica e isso já era um grande avanço. Olhei a criatura das cabeças aos pés e recuei alguns passos. Percebendo minha movimentação suspeita, ele avançou em minha direção com as mãos prontas para me pegar pelo pescoço. Evitei as mãos dele chutei seu abdômen, fazendo recuar alguns passos, dando tempo para que eu pudesse me esconder entre as árvores.

Meu perfume inebriante cobria o cheiro de meu sangue semidivino, mas preferi não ficar aguardando que o monstro desistisse de mim e desaparecesse. Respirei fundo e tentei lembrar dos treinos de Maisie, a garota CDF que que eu gostava de assistir os treinos. O que Maisie faria? Me perguntei mentalmente e uma resposta apareceu. Tirei o cinto que circundava o cós da calça e o deixei na mão. A calça arriscou em cair, por isso resolvi tirá-la, ficando apenas de cueca.

Era um monstro forte? Era. Era grande? Com certeza. Estava armado? Não, graças aos deuses. Estava com fome? Provavelmente. Como conseguiu encontrar o semideus?

Pelo cheiro.


Um sorriso bobo brotou em meus lábios enquanto eu terminava de tirar minha calça. As escondidas, voltei até o pequenino e pedi sua camiseta e ele tirou rapidamente. Não me pergunte porquê, mas eu entreguei minha calça para ele, deixando-o com mais dúvidas que antes.

Passei a camiseta nas árvores e fui espalhando o cheiro dele por elas, até que pude avistar, novamente, a criatura horrenda se aproximando. Larguei a camiseta no chão e fiquei atrás de outras árvores próximas. Peguei uma pedra e fiz barulho na direção da peça de roupa infantil, dando uma pista falsa para o homem de duas cabeças.

O homem correu até o lugar e fungou com força, sentindo o cheiro do semideus menor. Ele se abaixou e encontrou a camiseta. A primeira cabeça cheirou e em seguida a segunda reclamou que queria cheirar também. Quando ambos estavam ocupados, avancei com cautela e, sem fazer muito barulho, dei um chute forte na têmpora do infeliz, tentando vaze-lo desmaiar. Peguei o cinto de couro e dei uma volta na garganta daquele que eu havia arrancado um olho, apertando no máximo e prendendo a fivela do cinto ao ponto de não deixá-lo respirar.

Ao invés de desmaiar, a cabeça que chutei apenas se atordoou e me empurrou para trás, impedindo que eu terminasse o que havia começado. Me aproximei novamente chutei suas costas quando ele tentava soltar a fivela, fazendo com que sua tentativa não tivesse sucesso. — Idiota! - Gritou a cabeça que ainda conseguia respirar.

O corpo se ergueu e voltou-se para mim. Pegou um pedaço de galho que estava pelo chão, no momento que eu estava pronto para correr, mas ele acertou minha costela e eu senti que algo havia acontecido. Caí no chão com dor na região machucada e tive dificuldades para voltar a respirar. Depois de quase enlouquecer de medo achando que morreria sem ar, consegui tragar uma quantidade pequena e logo estabilizou.

Não consegui levantar, mas consegui observar a criatura de um jeito a consegui identificar seus pontos fracos, ou melhor, os pontos de pressão que me dariam um resultado melhor que o normal.

O monstro foi se aproximando aos poucos enquanto arrastava o porrete inventado. Quando chegou bem próximo de mim, arriscou em me acertar, mas consegui rolar e desviar. Ele me seguiu e tentou me matar uma segunda vez, mas eu fiz o mesmo de antes, só que desta vez eu me segurei no porrete (huum) e usei toda minha força para chutar o saco escrotal da criatura, fazendo ambas as cabeças urrarem , tirando mais ar da que estava com a garganta obstruída.

Minha mente pensou rápido e eu agi na ordem que ela falava. Costela flutuante: Me levantei rapidamente e desferi um soco nos dois últimos ossos da costela do lado esquerdo, gerando outro urro no filho da puta. O maldito ajoelhou e colocou as mãos no primeiro local que acertei com um chute. No mesmo momento eu me ergui, tentando não ficar pensando em minha costela que doía sem parar. — Esse é pela criança! - Disse com raiva, ativando minha Fúria Real. Eu odiava ver crianças sendo alvos desses monstros malditos e isso estragava meu dia, me deixando emburrado e com raiva. Maldita hora que o cabeça dupla resolveu fazer aquilo em minha frente.

Lateral do nariz: Meu cérebro indicou e eu acertei um soco forte o suficiente para arrancar sangue do nariz da cabeça que estava com ambos os olhos. Eu podia ver que o monstro estava atordoado, mas machucar fisicamente só estava me cansando e eu não iria a lugar nenhum se não acabasse com aquilo logo. Aproveitando que estava sob o efeito da dor e que estava atordoado por conta dos meus golpes, soltei o cinto do pescoço do outro e prendi um pulso esquerdo no tornozelo do mesmo lado, deixando-o na mesma posição sem consegui levantar.

Quando o monstro tentava voltar ao normal, peguei um pedaço de galho que estava por perto e coloquei na frente do pescoço da cabeça que ainda enxergava com os dois olhos. puxei para trás e dei um mata leão com o objeto, o fazendo tossir algumas vezes. A cabeça caolha me deu uma mordida que fez minha raiva aumentar, me fazendo tirar força da fúria que eu estava sentindo. — Morre, filho da puta! - gritei e apertei mais ainda, fazendo o pescoço do infeliz soltar um estralo e logo em seguida pender para a frente.

Com os olhos cheios de raiva e com o pedaço de pau na mão, desferi inúmeros golpes na cabeça que mordera meu braço, não me importando se já estava viva ou se já estava morta, eu só queria descontar toda a minha raiva.

A algazarra que eu estava fazendo com a cabeça da criatura chamara atenção e outros patrulheiros foram atraídos pelos meus gritos de ódio e de xingamentos. — Noah, calma... - Uma garota se aproximou e tocou meu rosto. — Tudo bem, acabou, ele já está morto. - Disse ela, mas meus olhos ainda não haviam enxergado o corpo do maldito virar pó, por isso eu continuava acertando cada vez mais o porrete na cabeça dele

A garota conseguiu me afastar do corpo e, em questão de seguindo, ele dissipou em pó. Larguei a madeira e caí sentado por conta da exaustão. Levei as mãos ao tosto e não consegui controlar o choro. Era um turbilhão de emoções que eu acabara de passar, assim como nunca havia deixado a fúria dentro de mim se libertar e, agora, eu sabia que não poderia deixar que aquilo acontecesse novamente, não quando pessoas estivessem por perto.

Fui levado para a enfermaria e, no fim, não terminei meu turno como patrulheiro, mas aproveitei um bom chá de camomila na enfermaria da Adélia.

Habilidades de aulas:

Nome da Habilidade: Defesa e Contra-ataque
Descrição: Após uma aula de combate corporal, o aluno aprendeu a defender-se em um combate corporal, melhorando seus bloqueios, esquiva e apurando o seu reflexo. Consequentemente, também melhorou sua probabilidade de desferir um contra-ataque poderoso e eficaz.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% de esquiva e reflexo
Dano: +15% de dano em golpes de contra-ataque.
Extra: +10% de resistência corporal.

Nome: Krav Maga - Defesa Pessoal
Descrição: O krav maga é um sistema de combate corpo-a-corpo desenvolvido em Israel que se baseia em uma abordagem que não necessita de equipamentos ou armas. Graças ao comparecimento na aula e o árduo treinamento, este personagem consegue usar de técnicas para defender-se e escapar de situações complicadas, tais como enforcamentos, agarrões, socos diretos, abordagens com facas e armas de fogo como pistola e revolveres.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: Maiores chances de escapar de situações em que se possa aplicar a defesa pessoal; +30% de esquiva, equilíbrio e agilidade.
Extra: Nenhum

Nome: Taekwondo I
Descrição: O taekwondo é uma arte marcial milenar da Coreia. Em coreano a palavra taekwondo possui o seguinte significado: caminho dos pés e das mãos através da mente. Após assistir a aula de combate, o aluno agora possui noções básicas e sabe melhor do que ninguém aplicar chutes referentes ao taekwondo. Ainda sabe apenas o básico do taekwondo, mas logo estará preparado para os golpes mais complexos que esta modalidade permite aprender.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +25 de dano em chutes; +30% equilíbrio, agilidade e flexibilidade.
Extra: Nenhum

Nome: Pontos Críticos
Descrição: Ao participar da aula de combate corporal, o semideus aprendeu quais pontos do corpo humano provocam mais danos. Estes locais são chamados de diversas formas, como pontos críticos, pontos de pressão ou pontos de impacto. Ao aplicar um golpe nas áreas como: traqueia, queixo, têmpora, testículos, costela flutuante, diafragma, lateral do nariz, clavícula, parte interna da coxa e a parte interna da junta do cotovelo; o semideus poderá aumentar as chances de crítico e seu dano.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% de acertar os pontos mencionados acima, graças ao treinamento; +40% de dano somados ao dano crítico.
Extra: Funciona principalmente em formas humanoides.

Nome do poder: Resiliência Semidivina
Descrição: Resiliência, dentre seus variados sentidos, pode significar a capacidade de se adaptar a diversas situações. Aqui, ela representa a habilidade dos filhos dos deuses de se adaptarem aos seus inimigos em combate, funcionando especificamente contra monstros. Enquanto em batalha, a cada turno que se passar, o semideus terá mais e mais vantagens contra seu oponente. Os bônus se explicam através do estudo da movimentação inimiga, além da observação de seus pontos fracos e identificação de áreas menos resistentes ou sensíveis em seus corpos.
Gasto de MP: Nenhum.
Gasto de HP: Nenhum.
Bônus: 20% de chance de acerto e esquiva quando enfrentando uma única criatura; 30% se for contra um Cão Infernal.
Dano: +20% de qualquer dano causado, se acertar em um dos pontos fracos identificados do monstro; 30% se for contra um Cão Infernal.
Extra: A cada turno, o bônus aumenta em 5%, podendo chegar no máximo a 40%; 50% se for contra um Cão Infernal.

Nome: Selva de Pedras
Descrição: com o descobrimento da existência dos semideuses pelos humanos e com toda a necessidade de saber se defenderem dos perigos, após o devido treinamento tornou-se mais fácil lidar bem com áreas urbanas, se camuflar e desviar dos perigos da vida na cidade.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +20% em facilidade de se camuflar, flexionar e esquivar.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Ás da Espionagem
Descrição: O semideus é capaz de se disfarçar e se infiltrar em um local inimigo sem ser percebido, movendo-se com discrição pelo ambiente para que não seja notado e cumpra seus objetivos naquele local com poucas chances de ser descoberto.
Gasto de MP: Nenhum.
Gasto de HP: Nenhum.
Bônus: +20% controle corporal, manipulação e raciocínio. O semideus tem 60% de chance de não ser notado no campo inimigo.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Nocaute
Descrição: É a habilidade que permite ao semideus atingir três pontos preciso no corpo de um indivíduo para causar um desmaio temporário (20 minutos ON game ou 1 turno). Em caso de inimigos cuja a resistência é ampliada demais esse golpe causa apenas atordoamento.
Gasto de MP: Nenhum.
Gasto de HP: Nenhum.
Bônus: Ganha conhecimento de anatomia humana, podendo causar mais estragos no corpo de seu oponente, descobrindo seus pontos de precisão para ampliar danos causados pelos punhos ou pelas armas.
Dano: 30 HP.

Nome: Perícia em Parkour
Descrição: Parkour é a capacidade de usar movimentos naturais do corpo humano como correr, saltar e escalar combinadas com técnicas específicas que melhoram o desempenho do praticante perante obstáculos do ambiente. Com essa habilidade, o semideus potencializa sua habilidade corporal podendo realizar movimentos complicados e acrobáticos por causa do treino. Pode realizar saltos complexos, pular de um ponto a outro (dentro dos limites lógicos), escalar paredes, andar em locais inclinados, passar por obstáculos do cenário, escalar mais rápido.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% em equilíbrio, velocidade e flexibilidade.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Inteligência Intrapessoal
Descrição: Quem possui a inteligência intrapessoal bem desenvolvida tem a capacidade de se conhecer e compreender a si mesmo, desde seus medos, fraquezas a capacidades. Dentre as sete, é a inteligência mais rara que alguém pode desenvolver, pois está ligada à capacidade de neutralização dos vícios, entendimento de seus limites, preocupações, estilo de vida, autocontrole e domínio das emoções. Com esta habilidade, o semideus é capaz de conhecer suas fraquezas e superá-las, através de autocontrole e concentração.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +10% de inteligência; +20% de autocontrole e concentração.
Dano: Reduz em -10% os danos que visem afetar as emoções do semideus.
Eros:

Nível 5
Nome do poder: Pequeno Corajoso
Descrição: Filhos de Eros/Cupido são extremamente audazes, ousados e destemidos. Não importa o inimigo os semideuses não se sentirão intimidados pela aparência ou potencial do inimigo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Poderes relacionados a intimidação e medo, são 50% menos efetivos com filhos de Eros.
Dano: Nenhum

Nível 6
Nome do poder: Perfume Inebriante
Descrição: Seu cheiro natural é um perfume delicioso para qualquer ser. Todos os seres vivos ficam com o humor melhor perto de você, monstros nunca te detectaram, pois seu perfume lembra a eles cheiros dos seus habitats naturais.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Não será rastreado por monstros. Pode confundir o inimigo em luta, inclusive, o fazendo hesitar ao sentir seu perfume, errando ataques durante um turno.
Dano: Nenhum

Nível 8
Nome do poder: Mira do Cupido
Descrição: A principal arma de Eros/Cupido e sua mais famosa era o arco-e-flecha, no qual Eros/Cupido acertava os deuses e mortais, criando e desfazendo casais. Por conta disto, os filhos de Eros/Cupido possuem uma mira muito boa, comparada a dos filhos/seguidores dos Gêmeos Arqueiros. Isso não funciona apenas com flechas, mas com facas, e armas de arremesso.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% de chance de acertar pontos críticos em lançamento de armas, arremesso de armas, como facas, adagas, lanças e flechas.
Dano: Nenhum

Nível 45
Nome do poder: Insensível
Descrição: Apesar de possuírem uma beleza extrema e aparentarem ser sensíveis e puros, os filhos de Eros são extremamente insensíveis, nunca se deixando levar pelos sentimentos alheios e sendo capazes de ver uma pessoa sofrer sem ter mínima misericórdia. Dessa forma, poderão lutar mais concentrados, não sendo afetados por sentimentos de pena, amor ou compaixão.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +50% de concentração em batalha.
Dano: Nenhum
Argonautas:

Nível 1
Nome do poder: Aura Real
Descrição: Sendo seguidor de Hera/Juno, a rainha do Olimpo e dos céus, o argonauta tem uma aura real que o iguala à alta nobreza, tendo uma presença forte e imponente.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 7
Nome do poder: Fúria Real
Descrição: A maioria das histórias mostram uma Hera/Juno raivosa e vingativa, embora não seja sua principal característica. Mas de igual forma, os adversários de um argonauta devem temer a sua fúria, pois ela não é cega ou inconsequente, mas traz vantagens ao seguidor da deusa, recompensando seus ataques.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +10% força quando enfurecido, +10% chances de acerto no uso dos poderes.
Dano: Nenhum
Extra: Como descrito pelo poder, é necessário que o argonauta esteja com a emoção de raiva e seus derivados.

Nível 8
Nome do poder: Respiração Perfeita
Descrição: O ar é inconstante na Via Láctea. Alguns planetas podem ter gases diferentes compondo sua atmosfera ou, fora do campo gravitacional de algum corpo celeste, não há atmosfera e o ar é rarefeito. Dessa forma, o Argonauta é capaz de respirar sob quaisquer circunstâncias, na ausência de ar ou sob efeito de outra atmosfera, sem sofrer danos. Não é válido para debaixo d’água.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 11
Nome do poder: Determinação
Descrição: Os argonautas adquirem a mesma força de determinação que sua deusa matrona, que nunca desistia de seus objetivos mesmo quando as situações eram adversas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +15% chances de acerto nos ataques quando envoltos por essa determinação para alcançar seus objetivos.
Dano: Nenhum

Nível 17
Nome do poder: Visualizar Auras
Descrição: Hera/Juno concede aos seus seguidores o poder de conhecer as emoções das outras pessoas, através da visualização de auras. Os argonauta de Hera/Juno são capazes de conhecer o que as pessoas estão sentindo através de um halo que sutilmente aparece em torno das pessoas, e sua cor varia conforme as emoções da pessoa. Se, por exemplo, a pessoa estiver irritada, sua aura estará vermelha; caso esteja alegre, sua aura estará amarela; caso esteja triste, a aura será cinza, etc.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 19
Nome do poder: Vigilância de Argos
Descrição: Devido à bênção de Hera/Juno aos seus seguidores, os argonautas conseguem ficar mais tempo sem dormir e sem sentir os efeitos da falta de sono tão cedo. Equivale a duas noites sem dormir até sentir a necessidade de dormir.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: O argonauta pode ficar até 48 horas sem dormir em on.
Bônus 2: Diminui o consumo de MP em 20% para que o seguidor de Hera/Juno fique mais tempo desperto. Válido apenas para os poderes ativos dos Argonautas e a diminuição do consumo de MP dura até 3 turnos.
Dano: Nenhum
Extra: Esta habilidade não pode ser acumulada com a habilidade Céu Estrelado.

Nível 22
Nome do poder: Signo das Constelações: Cisne
Descrição: Sendo considerada a deusa da noite estrelada devido à criação da Via Láctea, Hera abençoa seus seguidores através das constelações da galáxia e seus significados. O cisne é um animal delicado e sutil, de modo que sua constelação também transmite esse mesmo aspecto. Com esse signo ativo, o Argonauta consegue se mover com delicadeza e destreza, com passos silenciosos e movimentos graciosos, dificultando ser percebido por algum inimigo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Não serão detectados por inimigos, a menos que tenham audição elevada.
Dano: Nenhum

Nível 30
Nome do poder: Intuição precisa
Descrição: Os argonautas desenvolvem algo como uma intuição ou sexto sentido, alertando-os de possíveis perigos e sugerindo as melhores atitudes a serem tomadas. Não garante acerto, mas dá uma boa chance.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: A intuição do argonauta pode levá-lo a acertar o ataque ou evitar um perigo, desde que explicada no post e a critério do narrador. Funciona uma vez a cada 3 turnos.

Nível 31
Nome do poder: Signo das Constelações: Hércules
Descrição: Sendo considerada a deusa da noite estrelada devido à criação da Via Láctea, Hera abençoa seus seguidores através das constelações da galáxia e seus significados. Hércules era filho de Zeus, um semideus que tornou-se conhecido pela realização de seus 12 trabalhos e especialmente por sua força, tendo conquistado a imortalidade mais tarde. Com esse signo ativo, o Argonauta é abençoado com um bônus de força em seus golpes, o que também aumenta o dano para quem os recebe.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +20% de força em combate corporal.
Dano: +15% de dano no combate corporal

Nível 35
Nome do poder: Perícia em Combate Corporal IV
Descrição: Os primeiros argonautas não puderam depender apenas do conhecimento náutico ou perícia em luta com espadas, tendo muitas vezes que lutar com as mãos limpas e dependendo apenas de sua habilidade e força. Os argonautas são hábeis para lutar sem armas e sabem se virar se forem desarmados, sabendo lutar e se defender em quase todas as modalidades de combate corporal conhecidas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% de força, esquiva e agilidade no combate corporal.
Dano: +25% de dano em combate corporal.

Nível 38
Nome do poder: Bênção da Juventude
Descrição: Hera/Juno gerou Hebe/Juventas, a deusa da juventude, que se tornou esposa de Héracles/Hércules após a deusa e o semideus se reconciliarem. Os argonautas também são abençoados com juventude, não eterna, mas prolongada. Sua aparência se mantém jovem apesar da passagem dos anos, o que também acentua seu vigor e aptidão física.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% aptidão física e resistência corporal
Dano: Nenhum

Nível 39
Nome do poder: Signo das Constelações: Cão Maior
Descrição: Sendo considerada a deusa da noite estrelada devido à criação da Via Láctea, Hera abençoa seus seguidores através das constelações da galáxia e seus significados. Nas lendas mitológicas, o Cão Maior era um animal que alcançava velocidades impressionantes e teria sido imortalizado por Ártemis nas estrelas. Com essa bênção ativa, o Argonauta tem um bônus de velocidade em suas próximas ações.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +20% de velocidade e agilidade
Dano: Nenhum

Nível 41
Nome do poder: Signo das Constelações: Ursa Maior
Descrição: Sendo considerada a deusa da noite estrelada devido à criação da Via Láctea, Hera abençoa seus seguidores através das constelações da galáxia e seus significados. É uma das constelações mais antigas e mais conhecidas. A ursa representada pela figura teria sido Calisto, que foi transformada em fera por Hera, mas para muitas culturas também representa vitalidade, pois está visível no céu durante todo o ano, sem descanso. Com esse signo ativo, os Argonautas restauram seu MP em até 30% do valor total, igualmente sendo revestidos de vitalidade para continuar batalhando.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Restaura a barra de MP em 30%. Válido uma vez por ocasião (missão, MvP, PvP).
Dano: Nenhum

Nível 50
Nome do poder: Céu Estrelado IV
Descrição: Sendo Hera/Juno a deusa na noite estrelada, criadora da Via Láctea, seus argonautas sentem-se mais dispostos ao lutar sob essas condições, consumindo menos energia e recuperando-se mais rápido. Agora feridas fundas já viram pequenas cicatrizes, e uma grande parte de sua energia é restaurada. Só pode ser usado uma vez a cada 3 rodadas. As feridas se fecham no turno em que você usar o poder.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Reduz em 20% o gasto de MP.
Bônus 2: Pode recuperar +100 MP e HP
Dano: Nenhum
Extra: Não pode ser acumulado com o poder “Vigilância de Argos”.

Nível 58
Nome do poder: Sorte & Proteção
Descrição: Chegando neste nível e passando por tudo que já passou, o argonauta provou que merece a bênção da deusa e sua lealdade a ela, e é abençoado por isso com mais sorte e proteção em suas missões e combates.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: O argonauta tem +20% de chances de acerto em seus ataques e menos chances de cair em uma “maré de azar”.
Dano: Nenhum


Teste
Instrutor
Deu ruim

Noah Blackburn
Noah Blackburn
Argonautas de Hera/Juno
Argonautas de Hera/Juno

Idade : 23
Localização : Ilha de Argos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Teste: Instrutor de Combate corporal (interessados)  Empty Re: Teste: Instrutor de Combate corporal (interessados)

Mensagem por Athena em Qui Maio 16, 2019 11:39 pm

Aprovado (como único concorrente).
Recebe 2.500 XP e Dracmas.


Palas Athena...
Sometimes the power must bow to wisdom. You can be strong, may have power, but if you are wise, you are all well. And more than that, yes you can defeat them. Once warned that to save the world destruiri you-your friends, maybe I was wrong.
Athena
Athena
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos


Voltar ao Topo Ir em baixo

Teste: Instrutor de Combate corporal (interessados)  Empty Re: Teste: Instrutor de Combate corporal (interessados)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum