The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Central Park

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Central Park

Mensagem por Lise Kröss Holstein em Ter Fev 16, 2016 1:46 pm


Central Park...

Mais um dia entediante no chalé de Phobos, tinha acordado, feito meus treinos diários e agora tudo o que poderia fazer, era ficar deitada na cama. A tarde até que estava calma e tranquilla, a leve brisa que entrava pela janela do chalé amenizava o calor. Me levantei e desci as escadas, sentadando no sofá da sala de estar e pegando o controle que ali estava e fiquei por longos minutos tentando ao maximo me concentrar em algum canal, seria uma coisa fácil, sempre tinha me interessado por séries de terror, e eu provavelmente ja estaria entendendo a história se não fosse o barulho dos campistas do lado de fora "Eles nunca ficam em silencio?" pensei comigo mesma. Queria apenas ficar calada e ver tv mais se eu fosse uma garota de sorte talvez pudesse tentar ter uma vida normal fora do acampamento, fazer alguma coisa... Mas é claro que isso estava longe de acontecer no momento, pra mim era impossivel ter uma vida normal. Desliguei a tv e joguei o controle de lado, fechando meus olhos com força, realmente estava entediada.

- Central Park. - Disse para mim mesma.

Me levantei do sofá e subi as escadas, colocando um vestido leve pelo calor e pegando o celular. Me retirei do chalé já caminhando ate a entrada do acampamento e chamando a carruagem da danação, olhei para o celular e fiquei pensando em quem chamar, quando ele me veio a cabeça.Logo digitei a mensagem.."Estou com saudades do meu amigo batima será que ele não queria me encontrar no Central Park?" - Escrevi e torcia que realmente ele quisesse ir até lá, desci do taxi e segui em passos lentos até o parque e me sentei no banco do local, esperando que o senhor aparecesse.


this code was designed by Doll for TPO


Última edição por Lise Kröss Holstein em Ter Fev 16, 2016 11:31 pm, editado 1 vez(es)


Lis Holstein
Son of Phobos-- Sexy and Cute -- Daughter of Fear -- Lycans
avatar
Lise Kröss Holstein
Lycans
Lycans

Mensagens : 285
Data de inscrição : 25/11/2014
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Central Park

Mensagem por Dracaenae em Ter Fev 16, 2016 2:41 pm


O tártaro nunca foi exatamente meu lugar preferido, malditos semideuses que insistiam em me enviar para aquele fim de mundo sem comida, eu me vingaria. O central Park encontrava-se vazio, arrastava minha calça invisível para os mortais, nem sabia que aparência devia ter para eles, minhas presas soltavam veneno, as garras coçando para arranhar carne fresca, se não encontrasse logo minha vitima, eu acabaria indo atrás delas. Foi quando senti o cheiro, maravilhoso, e fresco, de sangue divino, e meu olhar se apurou em direção a jovem, estava sentada em um banco da praça, salivei, semideusa crua ou assada? Não importava, só ia temperar com um salzinho antes de devorar a jovem. Me aproximei por trás da mesma e coloquei a mão em seu pescoço, a garra ficando na carne da menina- Meu lanchinho, não se mova ou vai perder seu pescocinho- Sibilei em seu ouvido passando a língua no sangue que escapava de sua garganta. Eu a mataria.

OFF: Pelas regras posso atacar fora do acampamento, mas tenho que esperar a resposta da semideusa aceitando a luta antes de comer ela viva. Então anda logo estrume to com fome.




Dracena
Vocês serão meu alimento e ainda nem sabem...
avatar
Dracaenae
Monstros mitologicos
Monstros mitologicos

Mensagens : 3
Data de inscrição : 23/01/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Central Park

Mensagem por Adam Köhler Bradshaw em Qua Fev 17, 2016 1:02 am


 
Tinha um certo costume de meter-me em encrencas e um temperamento até certo ponto desrespeitoso com as regras do acampamento Júpiter. Como de costume, e apenas para manter a rotina lá estava eu fugindo novamente do acampamento Júpiter para o Central Park desta vez iria encontrar a ilustre presença de uma velha conhecida.

Dei um leve suspiro ainda um pouco temeroso pelo lugar ao qual ela havia escolhido, arrumando sobre meu corpo a blusa antes de concentrar-se no caminho tentando lembrar aonde se encontrava o lugar aonde haviam marcado, andando em círculos algumas vezes logo notando a presença da loira e sorrindo, ao ser surpreendido coma  presença de outro mulher a frente que parecia se posicionar atrás da mesma, logo ameaçando a loira. Me aproximei sem nenhuma pressa colocando a adaga em minha mão direita e aproximando-se de seu busto, antes que ela notasse minha aproximação erguendo a adaga até sua garganta e sussurrando de forma tranquila. — Bem... A não ser que queira arrumar uma baita de uma encrenca, acho que a sua vantagem já não está mais presente, não achas? — comentei, logo demonstrando um pequeno sorriso nas costas da Dracaenae, em seguida movendo os pulsos de forma brusca e pressionando a lâmina em seu pescoço. — Pode ir se quiser... — Murmurei mostrando-se bem humorado, antes de voltar à loira e sorrir de forma alegre ao finalmente encontra-lá mesmo não estando em uma situação ao qual adoraria e me lembraria. — Parece que precisa de uma ajudinha... Sorte a sua que estava de passagem, se não estaria encrencada, Lise. — Indaguei, ao lembrar-se do nome da loira e notar o quão mudada ela estava.


acquainted
baby you're no good cause they warned me bout your type girl, i've been ducking left and right. baby you're no good, think i fell for you. you got me puttin' time in, time in, nobody got me feeling this way. you probably think i'm lying, lying, i'm used to bitches comin' right 'way. you got me touchin' on your body, to say that we're in love is dangerous, but girl i'm so glad we're acquainted
avatar
Adam Köhler Bradshaw
V Coorte
V Coorte

Mensagens : 385
Data de inscrição : 02/05/2014
Idade : 20
Localização : P.P

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Central Park

Mensagem por Lise Kröss Holstein em Qua Fev 17, 2016 4:21 pm


Central Park...

Possivelmente eu era a semideusa mais sortuda do mundo. Na verdade, sempre me metia em confusão. Podes sentir o sarcasmo em minha observação anterior, tinha combinado de encontrar um amigo no Central Park e acabei sendo atacada. Aquilo era algo hilário, ter um monstro com sua garra fincada em seu pescoço sendo que o que queria era se distrair e nem pensava em lutar. Me remexi tentando soltar as garras da Dracaenae, mas feria ainda mais meu pescoço. Quando sorrateiramente alguém se aproximou e interceptou a cobrinha. Olhei de relance e vi quem era, sorri de forma alegre por estar o encontrando mesmo que a cobrinha ainda me prendesse em suas garras. - Adam, nunca pensei que fosse dizer isso. Mas, como é bom ver você.  - Sorri bem humorada e virei o rosto para poder enchergar o semideus. Ele estava diferente, só não sabia descrever o quanto mudado estava. Talvez fosse o ar mais maduro, ou o humor, estava mais bonito também. - O Camp romano te fez bem, Sr Bradshaw. - Soltei uma pequena gargalhada, precisava parar de conversar e voltar a realidade que era destruir o monstrinho e assim poder ter uma tarde maravilhosa ao lado do meu amigo. Com um movimento sorrateiro, enfiei a mão no bolso tirando de lá uma pequena faca dada de presente por meu irmão Raphael, em sua lamina possui uma quantidade de veneno que se pegar em um ponto vital mata o monstro. Com um golpe rápido usaria a faca para cortar a garra da cobra e assim poder me soltar. E para não ficar enrolando muito com aquilo tentaria sufocar a minhoquinha, usando de uma de minhas habilidades ativas e assim dar a chance que o Adam precisa para cortar a garganta dela fora.

Armas e Poderes:
NVL 8

Esciofobia I -> Usando essa habilidade, uma ilusão é criada ao redor do inimigo: tudo fica extremamente escuro, como se toda a luz do mundo tivesse sido roubada. Caso o oponente esteja sentindo medo de alguma fonte, ele será sufocado pelas sombras, causando 20 de dano. [15 MP]

*Espadas Espartanas: espadas de bronze banhadas no sangue de Phobos. A aura emitida pelas duas espadas é capaz de fazer os inimigos de quem as empunha relembrar seus mais intensos e obscuros medos. Pode ser unida, formando apenas uma arma.

Enlace: Um kit de sete facas, contem uma quantidade de veneno em suas laminas, se pegar em algum ponto vital de um monstro pode mata-lo, mas isso depende da decisão do narrador. As facas podem ser usadas para arremesso ou em combate corpo a corpo. No punho de cada uma delas esta entalhado o símbolo dos lycans e so podem ser usadas por Elise.

Carimbo: Com tinta vermelha como sangue permite aquele que carimbar a arma dar a ela uma propriedade de luz magica, não queima nem machuca o usuário, mas se usado de maneira correta pode fazer o inimigo ficar cego pelo brilho da arma por uma rodada.

Safira encantada: Uma pequena pedra azul adornado por um fino colar de ouro branco ao qual possui a propriedade de repelir monstros. Quando ativado transforma-se em um arco de ouro branco com flechas invisíveis, tais flechas possuem a capacidade de deixar monstros, semideuses e afins surdos ou feridos dependendo da utilidade preferível por seu portador.

this code was designed by Doll for TPO


Lis Holstein
Son of Phobos-- Sexy and Cute -- Daughter of Fear -- Lycans
avatar
Lise Kröss Holstein
Lycans
Lycans

Mensagens : 285
Data de inscrição : 25/11/2014
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Central Park

Mensagem por Afrodite em Sab Fev 20, 2016 1:43 pm


Dracaenae versus Lise

As garras da Dracaenae furaram a pele da garota, agarrando com força sua pele. Qualquer movimento, seria fatal. Mas a criatura fora surpreendida por outro garoto, que ela sabia que estava ali, claro. Graças á seu poder de sentir inimigos à distância pelo calor corporal. A faca dele estava pressionada contra a pele escamosa e resistente da fera. O golpe de Lise não fora tão satisfatório por causa disso, mas causou um pequeno ferimento na mão ela. A Dracaenae também ficou levemente sem visão pelo poder de Lise, mas não ficando assustada, já que ela não possuía um foco de medo.

Lise
70/130HP
35/130MP*

Adam
120/120 HP
120/120 MP

Dracaenae
100/100HP
100/100MP



Poderes da Dracaenae, segundo o Bestiário:

► Imunidade a veneno: venenosas por natureza, outros tipos de substância não fazem efeitos em dracaenas, que conseguem processá-las normalmente em seu organismo.
► Garras afiadas - Em último caso, ou quando desarmadas, dracaenas podem utilizar suas próprias garras em batalha. Não são tão eficazes como armas, mas ainda assim são mais resistentes que o comum.
► Sentido termostático - Como cobras, as dracaenas podem sentir o calor dos inimigos. Tal habilidade detecta especificamente as emanações dos semideuses, além de servir como uma visão aprimorada, permitindo que se localizem com facilidade em qualquer ambiente.
► Pele escorregadia - Ataques de constrição tem efetividade reduzida em 50%


* Peguei do perfil da Lise essa barra de status. Apenas descontei o poder ativo usado

♥Se não especificarem quais poderes são ativos e quais passivos, descontarei 20 de MP de qualquer poder usado
♥ Poder ativo que não especifica quanto de MP que vale, descontarei 10
♥ Armas devem ser especificadas também. Sejam razoáveis, vocês não vão pra um encontro casual carregando uma armadura toda. '-'

avatar
Afrodite
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 593
Data de inscrição : 01/03/2014
Localização : Olimpo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Central Park

Mensagem por Dracaenae em Sab Fev 20, 2016 1:54 pm


-Ai sua vaca- Gritei com ela enquanto a olhava furiosa, não exatamente olhava, minha visão embaçada e aquele semideusinho inútil a ajudando- Vou fazer ambos de jantar, vão ver o que é viver presos ao tártaro- Murmurei irritada a mão sangrando. Puxaria o garoto para perto ignorando até mesmo suas armas, se conseguisse agarra-lo o usaria de escudo contra sua amiguinha mundana e estranha, ele merecia vingança, tinha atrapalhado meu bote, eu o apertaria contra meu próprio corpo e fincaria minhas presas no pescoço dele espalhando o veneno, e me livrando da criatura.

poderes usados:

► Constrição - Se conseguirem agarrar o oponente, enrolarão sua cauda nele, esmagando-o com sua força

► Presas venenosas - Dracaenas podem fazer um ataque venenoso, mordendo o alvo. Suas presas são afiadas, mas não causam tanto dano - o perigo está no veneno, que além de dano causa certa debilidade. O veneno age por 3 turnos. Dracaenas, contudo, só podem usar esse tipo de ataque uma vez a cada 5 turnos.



Dracena
Vocês serão meu alimento e ainda nem sabem...
avatar
Dracaenae
Monstros mitologicos
Monstros mitologicos

Mensagens : 3
Data de inscrição : 23/01/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Central Park

Mensagem por Lise Kröss Holstein em Ter Mar 08, 2016 6:02 pm


Central Park...

Um sorriso brotou em meu rosto quando consegui acertar minha rival, mas a vitória ainda não estava certa e precisava de muito mais que um tiro de sorte para me defender e vencer a luta.Aquilo era um sinal claro de que eu estava no caminho certo, sentia isso, apenas teria que continuar atacando. Buscava, em minha mente uma forma de ataca-la, era um monstro do tartaro, então nada haver com medo a atingiria.Guerras não são travadas apenas com força bruta, vence quem tem a melhor estrategia, e era isso que tentaria fazer, salvar e defender a mim e a Adam. Tentaria utlizar minha safira, queria que ela passasse a lutar as 'cegas' e ficasse mais vulveravel. Peguei a safira e a ativei tranformando-a em um arco de ouro branco com flechas invisíveis, carimbei a arma tentando dar uma propriedade de luz magica usando de maneira correta pode fazer o inimigo ficar cego pelo brilho forte. E, era isso que queria a cegar por uns momentos para conseguir lhe acertar e ferir com uma das flechas e também dar a chance para que Adam conseguisse se defender.

Armas e Poderes:
NVL 8

Esciofobia I -> Usando essa habilidade, uma ilusão é criada ao redor do inimigo: tudo fica extremamente escuro, como se toda a luz do mundo tivesse sido roubada. Caso o oponente esteja sentindo medo de alguma fonte, ele será sufocado pelas sombras, causando 20 de dano. [15 MP]

*Espadas Espartanas: espadas de bronze banhadas no sangue de Phobos. A aura emitida pelas duas espadas é capaz de fazer os inimigos de quem as empunha relembrar seus mais intensos e obscuros medos. Pode ser unida, formando apenas uma arma.

Enlace: Um kit de sete facas, contem uma quantidade de veneno em suas laminas, se pegar em algum ponto vital de um monstro pode mata-lo, mas isso depende da decisão do narrador. As facas podem ser usadas para arremesso ou em combate corpo a corpo. No punho de cada uma delas esta entalhado o símbolo dos lycans e so podem ser usadas por Elise.

Carimbo: Com tinta vermelha como sangue permite aquele que carimbar a arma dar a ela uma propriedade de luz magica, não queima nem machuca o usuário, mas se usado de maneira correta pode fazer o inimigo ficar cego pelo brilho da arma por uma rodada.

Safira encantada: Uma pequena pedra azul adornado por um fino colar de ouro branco ao qual possui a propriedade de repelir monstros. Quando ativado transforma-se em um arco de ouro branco com flechas invisíveis, tais flechas possuem a capacidade de deixar monstros, semideuses e afins surdos ou feridos dependendo da utilidade preferível por seu portador.
off - Demorei a postar pq estava cuidando da saúde em off, sorry.
this code was designed by Doll for TPO


Lis Holstein
Son of Phobos-- Sexy and Cute -- Daughter of Fear -- Lycans
avatar
Lise Kröss Holstein
Lycans
Lycans

Mensagens : 285
Data de inscrição : 25/11/2014
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Central Park

Mensagem por Vênus em Ter Maio 10, 2016 10:09 am


Dracaenae versus Lise

Como Afrodite acabou por sair e ninguém assumiu até agora (falha dos deuses) MvP cancelada. Recompensa 100 xp para cada um dos três presentes.

Lise
70/130HP
35/130MP*

Adam
120/120 HP
120/120 MP

Dracaenae
100/100HP
100/100MP



Poderes da Dracaenae, segundo o Bestiário:

► Imunidade a veneno: venenosas por natureza, outros tipos de substância não fazem efeitos em dracaenas, que conseguem processá-las normalmente em seu organismo.
► Garras afiadas - Em último caso, ou quando desarmadas, dracaenas podem utilizar suas próprias garras em batalha. Não são tão eficazes como armas, mas ainda assim são mais resistentes que o comum.
► Sentido termostático - Como cobras, as dracaenas podem sentir o calor dos inimigos. Tal habilidade detecta especificamente as emanações dos semideuses, além de servir como uma visão aprimorada, permitindo que se localizem com facilidade em qualquer ambiente.
► Pele escorregadia - Ataques de constrição tem efetividade reduzida em 50%


* Peguei do perfil da Lise essa barra de status. Apenas descontei o poder ativo usado

♥Se não especificarem quais poderes são ativos e quais passivos, descontarei 20 de MP de qualquer poder usado
♥ Poder ativo que não especifica quanto de MP que vale, descontarei 10
♥ Armas devem ser especificadas também. Sejam razoáveis, vocês não vão pra um encontro casual carregando uma armadura toda. '-'



Vênus, love's lady
..
diva, déesse de l'amour et de la beauté
avatar
Vênus
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 1314
Data de inscrição : 16/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Central Park

Mensagem por Myrella Inoue em Dom Maio 21, 2017 8:22 pm

Eu estava passando um tempo com meu pai em Nova York, onde ele estava morando. É claro que eu adorava o Acampamento Jupiter e não estava cansada das coisas como eram, longe disso. Apenas desejava ter um pouco da minha família de volta, de algo que não esteja gritando ordens e forçando disciplina. Queria um pouco de paz e tranquilidade e isso era difícil no Jupiter e impossível na cidade fora dele. Mas ali, no Central Park, eu sentia o perfume doce da terra e das arvores, ouvia os sons daquele lugar e relaxava. Estava com a Faca de Bronze Celestial comigo, para o caso de necessidade, e estava tentando me manter alerta quanto a perigos. Trajando uma calça jeans, tênis all star e uma camiseta amarela, deixando os braços totalmente descobertos. Os cabelos claros estavam soltos e arrumados, caindo em cachos longos até o meio das costas.

Haviam muitas coisas me preocupando, como meu pai também ter o sangue divino, eu estar me tornando alguém tão ligada ao combate, uma infinidade de monstros que me caçavam apenas por ser o que eu era... Uma infinidade de problemas que apenas um semideus entenderia. Mas o que realmente me incomodava era o fato de minha mãe divina ainda não ter me reclamado. Ela havia tido bastante tempo e até agora nada. Disseram-me, porém, que as vezes demorava para nosso progenitor se revelar - eles nos testavam e examinavam antes e, quando nos mostrássemos dignos, nos reclamavam como suas proles. Após andar um pouco aleatoriamente, sentei-me em um banco, pensando.

- Que os deuses sejam bons e mamãe se revele logo... - Murmurei, distraída.
avatar
Myrella Inoue
Sem grupo
Sem grupo

Mensagens : 22
Data de inscrição : 21/05/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Central Park

Mensagem por Joyce Karin Overwhite em Dom Maio 21, 2017 8:43 pm




do you care?
Why did you leave me here to burn?
Depois de uma longa jornada de competências em prol do Acampamento, era possível identificar os primeiros sinais de cansaço perante a semideusa. Joyce não conseguia passar mais que uma hora de olhos pregados em cima de uma cama, sem sentir o corpo todo gritar por um estímulo desconhecido para deixá-la em alerta. A morena havia acabado por pedir suspensão de atividades por algumas semanas, para desconectar-se de tanto estresse, não seguindo o caminho de sua casa na Inglaterra, seguindo então para o único lugar onde desconhecia a maioria das pessoas, mas era uma grande conhecida dos ambientes. — Uma água. — Pediu a George, o senhor na carrocinha. Sabia que estar fora do Acampamento era arriscado, sendo alvo fácil de algum ataque, mas decidiu não preocupar-se com alguma coisa se não a dispersão dos pensamentos. Pagou, afastando-se alguns metros. Num caminho aleatório pelas ruas nova iorquinas, acabara por chegar no Central Park, um dos maiores pontos turísticos da área. Sentou-se sobre a fonte central, observando o desenrolar do desfecho ocorrido ali. Casais, idosos, crianças, adultos e jovens em geral. Não havia uma demanda maior de um público só, todos estavam em uma quantidade famigerada.  

As roupas comuns demais lhe eram extremamente confortáveis, o que não a diferia de ninguém. Imaginava-se usando a camisa alaranjada do Acampamento Meio-Sangue, com letras em latim e calças surradas, desgastadas pelo treinamento intensivo. Certamente estaria atraindo o olhar de todos. A algumas horas havia cortado o cabelo, deixando de lado o uso das madeixas alongadas, deixando-as sobre o nível dos ombros. Tinha gostado, combinava com a nova personalidade. Tomou mais um gole da água, permanecendo quieta em seu canto.






ov
er
whi
te
Should’ve never not kept your word, woulda had a reason to keep mine
avatar
Joyce Karin Overwhite
Guardiões das Hesperides
Guardiões das Hesperides

Mensagens : 65
Data de inscrição : 18/01/2017
Localização : New York.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Central Park

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum