The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Central Park

Página 11 de 12 Anterior  1, 2, 3 ... , 10, 11, 12  Seguinte

Ir em baixo

Central Park - Página 11 Empty Re: Central Park

Mensagem por Sasha Pearcy em Sab Out 19, 2019 3:25 pm


Born a goddess and
forged warrior
Tell me would you kill to save a life? Tell me would you kill to prove you're right?


August Damon Wolfstorm... Era um nome até bonito, soava legal aos meus ouvidos e combinava com o dono. Sorri quando ele tomou minha mão e a beijou como se ainda precisasse me cortejar. Não foi nenhuma surpresa quando ele disse as cores que mais gostava e mordiquei meus lábios contendo um sorriso levemente debochado, mas eu tenho certeza que há àquela altura ele já havia percebido.  Ergui um pouco meu queixo e empinei levemente o nariz: — Sasha Pearcy. Batizada como Visenya Vaftrudener em Praga. — Havia uma história perigosa por de trás da mudança de nome minha e da minha mãe: — Gosto mais do meu nome americano. — Disse piscando para ele no final da frase.  Eu não era tão óbvia assim para ele conseguir adivinhar minhas cores favoritas assim tão facilmente: — Minhas cores favoritas são, azul e lilás. Tenho uma simpatia por verde, mas não posso dizer que é uma cor favorita. — Revirei os olhos ao final da frase pensando em mais alguma coisa que eu pudesse acrescentar: — Meu animal favorito são os cavalos. Gosto muito de cavalgar e cheguei a fazer equitação quando era criança. — Acrescentei com um ar de revelação da novela das oito.

Mas quando ele revelou quem era seu pai, foi quase como uma bamba atômica no meu ser. Fechei os olhos e franzi o cenho, aquilo ia ser um problema gigante. Ele simplesmente era irmão do Richard, que ia se achar ainda mais no direito de dar palpite na minha vida: — Lembra quando eu disse que eu tenho uma espécie de tutor? Acho que vocês são parentes. — Falei com uma risadinha amarela já mensurando o tamanho da confusão que aquilo seria. Enfiei meus dedos entre os fios negros do cabelo do semideus e deixei que o peso do meu corpo caísse sobre o dele. Assenti com a cabeça de forma positiva, realmente não havia a necessidade de ter pressa ou qualquer outra coisa. Eu queria devorar lentamente cada momento, cada ínfima fração de tempo que eu passaria ao lado dele e por tanto, não importava em conhecê-lo um pouco a cada dia.

Ele puxou meu corpo e eu apenas deixei, com um sorriso satisfeito nos lábios e a plena certeza de que aquela seria a melhor noite da minha vida. As luzes transformavam o palco em um lugar mágico, a galera agitada e a música de certa forma era contagiante. O que eu e Damon fazíamos? O que qualquer casal normalmente faria. Dançamos, cantamos, fizemos coisas de pessoas normais. Estávamos ali para isso. Claro que eu não perdia uma boa oportunidade de me enlaçar com ele, roubar uns beijos. A noite de verão que já era quente se tornava ainda mais quente naturalmente. Eu só queria que aquilo não acabasse nunca. Era muito bom ter alguém que me fazia sentir completa. Talvez eu estivesse sendo precipitada, mas era assim que eu me sentia de verdade. Completa.


Itens:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• Sabre [Uma espada onde a destreza é mais influente que a força, podendo infligir grandes danos, feita com ferro estígio na lâmina e com o cabo revestido por um tipo de couro resistente e que se encaixa perfeitamente na mão daquele que a porta. | Efeito 1: A arma possui a característica incomum de ganhar um aspecto assustador quando está em um ambiente escuro, intimidando inimigos de menor nível, porém tal intimidação não é muito efetiva ao verem quem porta tal arma (rs). | Efeito 2: O sabre pode se tornar um anel liso e feito de ferro estígio. | Ferro estígio e couro. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]



wearing: Jeans with: @"August Damon Wolfstorm "in:N.Y City
No matter how many lives that I live, I will never regret
Sasha Pearcy
Sasha Pearcy
Amazonas
Amazonas

Idade : 19
Localização : Na cama do August

Voltar ao Topo Ir em baixo

Central Park - Página 11 Empty Re: Central Park

Mensagem por August Damon Wolfstorm em Sab Out 19, 2019 7:43 pm

Demons or Angels

THOSE GREEN EYES turned EVERYTHING in GREY

DUAS HORAS DEPOIS

Aquele foi o melhor dia dos últimos dois anos, com todo o julgamento e condenação, depois Ares, eu realmente estava precisando aquilo. Eu estava planejando uma fuga a muito tempo, uma escapada, poderia ver Tommy, Robert, Luke, e todos os caras do moto clube, poderia talvez encontrar Sammy e as garotas do Rockbar 66, mas quem se importava com isso agora? Eles certamente tinham seguido em frente de uma certa forma, eu estava preso, longe, e eles não eram exatamente meus familiares para ficar me visitando. Eles sabiam que eu ia voltar e eu voltei, só não para eles, e não voltei a mesma pessoa. De toda forma ainda precisava chegar na oficina, Ares garantiu que eu teria minha vida de volta no final das contas, se não morresse.

Sasha se virou para mim, me tirando dos meus pensamentos e da minha dúvida de estar ou não fazendo a coisa certa. Eu certamente queria minha vida antiga de volta, mas a loira tinha mudado meus desejos, eu sentia uma conexão com ela, além do normal, claro nossas personalidades combinavam, ela era linda, gostosa, sensual. Europeia, eu não tinha namorado muitas europeias. Mordi os lábios, me pegando em flagrante. "Já estou pensando em namoro", pensei. Entende aonde quero chegar? Mesmo com todas essas características, físicas e de personalidade, eu não me apaixonaria tão facilmente por outra pessoa e mesmo com seu jeito inexperiente para algumas coisas e possibilidade dela ser virgem, coisas que certamente me deixariam com o pé atrás, com todas essas coisas que poderiam me fazer ir contra, eu estava completamente entregue a ela, não só naquele momento, sentia que quando ela me tocava, tocava minha alma. Quando me olhava, via todo meu ser e não só Damon Wolfstorm, mas o August também, garoto que cresceu e conquistou tudo que tinha sozinho.

Uma parte de mim, bem pequena, sabia que nunca se sentiu assim e se chegou perto, não foi rápido assim, só o olhar dela me fazia ficar leve. Ela me beijou, depois da terceira apresentação eu nem tinha certeza se já havia passado muito tempo ou não, a presença dela desacelerou tudo para mim, fazendo tudo ficar ainda mais gostoso. Eu certamente me lembraria daquele festival, não só por que era a primeira vez que eu levava um par comigo, mas por que certamente não ficaria arrependido de ter feito isso. Meus olhos vibravam com a presença dela, ela era tão viva, "Sasha Pearcy, ou deveria chama-la de Viz?", o pensamento me divertiu. Puxei ela para outro beijo e finalmente falei em seu ouvido. - Vamos comer em algum lugar, depois eu preciso checar um lugar. - Falei para ela com um sorriso. - Podemos comer no festival, ir para um dos restaurantes que eu conheço, ou ir para o bar que eu costumava frequentar antes de... - Disse e parei subitamente. - Antes de ir para o acampamento. - Menti, não sendo exatamente uma mentira, mas sim algo parecido com uma meia verdade.

Ela me disse que eu devia falar só aquilo que eu tivesse interesse, mas aquilo deveria depender do interesse dela também, cada segundo, dança, riso, toque, só faziam com que eu quisesse mais e mais me abrir com ela. "August Damon Wolfstorm, está se apaixonando", me repreendi com um sorriso, antes que ela respondesse minha pergunta.

Poderes:
Nenhum
Itens:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• Alabarda [É como uma lança-machado. A lâmina na ponta é muito boa para impactos, e o outro lado bom para parar investidas. A haste é feita de um tipo de madeira resistente e encantado para tal, e a lâmina e pontas são feitas de ouro imperial. Exige força e treinamento para ser utilizada com maestria. | Efeito 1: Tal arma pode passar a ter o peso nulo, durante dois turnos, caso seja utilizada em batalha, porém pode durar mais tempo caso seja usada fora de batalha. | Efeito 2: A alabarda é capaz de encolher, ficando do tamanho de um pequeno pingente, ainda conservando a sua forma, mas apenas diminuída. | Ouro Imperial e Madeira. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

• Pulseira de perícia Avançada [Pulseira de couro que se ajusta perfeitamente ao pulso do usuário, possui amarras de cordinhas na parte de baixo, então é fácil de equipar-se com ele, se for cortado, ou destruído, perde totalmente o efeito, ou seja, é preciso estar em uso, no pulso, para que o efeito continue a ser efetivo para o semideus, do contrário, ele perde o bônus da perícia completamente, só funciona através da pulseira | Aumenta a perícia de uma arma de sua escolha em +50%, provocando um dano de +30% (Machados) | Couro | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos | Mágico | Loja especial do dia dos namorados]

• Mochila sem fundo [Mochila de prata com material simples, sem bolsos laterais, com um único zíper, uma única entrada e uma única saída.| A mochila não possui fundo, foi encantada para caber inúmeros objetos, ou seja, seu espaço é infinito, tudo que você colocar dentro dela permanece ali, desde que passe pela parte de cima, ou seja, você precisa conseguir colocar o item pelo buraco, que é largo o suficiente para passar até uma panela de pressão. Para pegar o item de volta basta colocar a mão dentro da mochila e pensar nele, e ele retorna para suas mãos.| Indefinido | Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos |Lendário e mágico | Loja especial do dia dos namorados]

Trufa do Amor (x7) – Tem formado de coração e licor de morango como recheio, ao consumir a trufa o semideus pode recuperar até 100 HP. (Ao consumir, some do perfil)


I'm not the good guy
August Damon Wolfstorm
August Damon Wolfstorm
Filhos de Ares
Filhos de Ares

Idade : 25
Localização : Pergunta pra loira.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Central Park - Página 11 Empty Re: Central Park

Mensagem por Sasha Pearcy em Sab Out 19, 2019 11:23 pm


Born a goddess and
forged warrior
Tell me would you kill to save a life? Tell me would you kill to prove you're right?


Nova Iorque era uma cidade realmente linda, era viva diferente do lugar que eu sempre vivi. Haviam tantas coisas e pessoas que era como estar em vários lugares do mundo ao mesmo tempo, você podia conhecer pessoas de todos os lugares sem andar muito. No passado seria um lugar que eu gostaria de morar, seria um lugar que eu teria sido feliz se tivesse uma vida normal. Aquele festival era um sonho, suas cores, seus sons e suas pessoas. Com certeza eu gostaria de voltar várias e várias vezes. De preferência com a companhia dele. Se eu estivesse fazendo uma viagem como antes, eu só conheceria os lugares da alta roda, os lugares da moda e tendências. Mas eu conhecer Nova Iorque pela perspectiva de um cara que conhecia cada canto da cidade, era bem melhor e mais interessante.

Tudo nele me cativava, tudo nele me fazia sentir viva e já nem conseguia tirar o sorriso bobo dos lábios. Se eu pudesse fazer um único desejo, o que eu pediria era para ficar com ele para sempre, ali naquele lugar, naquela cidade. Ter a vida normal que a gente tanto anseia. Era pedir demais aos deuses conceder aos seus filhos vidas normais? Parece que sim. Aos olhos divinos deveríamos passar o resto de nossas vidas naquele acampamento, nos expondo a riscos e quase morrendo para travar lutas que nem de responsabilidade são. Eu ficava muito grilada por pensar nisso. Ser um semideus ao mesmo tempo que parecia ser uma benção, era uma maldição gigantesca que jamais conseguiríamos reverter. Era um pouco frustrante pensar nisso, por tanto, não faria naquele momento.

Meus braços envolveram o pescoço do filho de Ares e deixei que meu corpo repousasse sobre dele, senti quando as mãos dele deslizaram pela minha cintura e acharam meus quadris. Eu o encarei e sorri com uma leve malícia nos lábios, ele me puxou e beijou meus lábios mais uma vez me roubando o ar por alguns instantes. O calor de seus lábios próximo ao meu ouvido me fez arrepiar e acabei me encolhendo um pouco. Me afastei um pouco apenas para poder contemplar seus olhos: — Que tal.. — Eu me aproximei e roubei um selinho: — Você me levar para juntar em um restaurante... — Encostei nossos lábios mais uma vez fazendo-os estalar: — Melhor! Que tal me levar para comer um sanduíche. Depois checamos o lugar que você precisa ir. E depois? Para onde vamos? — Perguntei curiosa e mordiscando meu lábio inferior. Eu estava torcendo para não ser voltar para aquele lugar do inferno.

Eu podia nunca ter namorado, mas estava longe de ser tola. Eu sabia que estava correndo o risco de perder o controle com ele e principalmente se os planos fossem passar a noite juntos. Mas eu não estava me importando com isso. Não mesmo. Mas de toda forma pensar nas possibilidades para o desfecho daquela noite me deixava um pouco ansiosa. Não importava qual fosse, eu queria ir até o fim.



Itens:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• Sabre [Uma espada onde a destreza é mais influente que a força, podendo infligir grandes danos, feita com ferro estígio na lâmina e com o cabo revestido por um tipo de couro resistente e que se encaixa perfeitamente na mão daquele que a porta. | Efeito 1: A arma possui a característica incomum de ganhar um aspecto assustador quando está em um ambiente escuro, intimidando inimigos de menor nível, porém tal intimidação não é muito efetiva ao verem quem porta tal arma (rs). | Efeito 2: O sabre pode se tornar um anel liso e feito de ferro estígio. | Ferro estígio e couro. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]



wearing: Jeans with: @"August Damon Wolfstorm "in:N.Y City
No matter how many lives that I live, I will never regret
Sasha Pearcy
Sasha Pearcy
Amazonas
Amazonas

Idade : 19
Localização : Na cama do August

Voltar ao Topo Ir em baixo

Central Park - Página 11 Empty Re: Central Park

Mensagem por August Damon Wolfstorm em Dom Out 20, 2019 9:32 pm

Demons or Angels

THOSE GREEN EYES turned EVERYTHING in GREY

Levei ela na direção da saída do parque, enquanto andávamos respondia suas perguntas: - Primeiro vamos comer, eu conheço uma lanchonete perfeita para a ocasião. Fica poucas quadras daqui, podemos ir andando e depois voltamos para pegar a moto. Que acha? - Perguntei com um sorriso, pensando sobre as outras perguntas. - Enquanto pensa na resposta vou responder as outras questões. - Falei para ela, mostrando um sorriso sarcástico, querendo apontar sua preguiça se ela se negasse a andar comigo. - Depois de comermos, eu preciso passar na minha oficina, ver se realmente está tudo como eu deixei ou se não passa de um mentiroso. - Respondi por fim.

- Para o fim da noite, se é isso que tá perguntando. Eu tenho algumas ideias em mente, mas todas terminam no meu apartamento. Afinal vamos precisar dormir eventualmente. - Falei, com um sorriso sacana, mostrando que minha intenção era realmente voltar para meu apartamento, mas passando a noite toda acordado. - No final das contas eu preciso mesmo ir para casa, para saber se está tudo realmente como eu deixei. - Admiti com honestidade e dei de ombros. Já estávamos na ponta do Central Park, de frente para o transito noturno da cidade quando eu puxei a loira para perto de mim, apontando a motocicleta em um canto. - Então blondie, qual vai ser? Moto ou pernas? - Questionei com tom de brincadeira.

A metrópole estava agitada na sexta-feira noturna. Muitos casais na rua, pessoas andando com bebidas, movimentação para fora e para dentro do parque. Muitos carros na rua, pessoas gritando umas com as outras. Uns tinham pressa, outros tinham calma. Alguns andavam sem rumo. Nova Iorque era o lugar perfeito para mim, caótico mas não muito, imprevisível e surpreendente. Eu amava estar ali com ela, não existiam muitos lugares para onde eu queria ir no final das contas, eu estava me controlando, tentando não pensar nisso, não beija-la por tempo demais, mas a verdade é que o desejo latente de luxuria estava consumindo cada parte do meu ser e eu me sentia um lobo, analisando tudo, procurando a melhor hora de atacar.

Poderes:
Nenhum
Itens:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• Alabarda [É como uma lança-machado. A lâmina na ponta é muito boa para impactos, e o outro lado bom para parar investidas. A haste é feita de um tipo de madeira resistente e encantado para tal, e a lâmina e pontas são feitas de ouro imperial. Exige força e treinamento para ser utilizada com maestria. | Efeito 1: Tal arma pode passar a ter o peso nulo, durante dois turnos, caso seja utilizada em batalha, porém pode durar mais tempo caso seja usada fora de batalha. | Efeito 2: A alabarda é capaz de encolher, ficando do tamanho de um pequeno pingente, ainda conservando a sua forma, mas apenas diminuída. | Ouro Imperial e Madeira. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

• Pulseira de perícia Avançada [Pulseira de couro que se ajusta perfeitamente ao pulso do usuário, possui amarras de cordinhas na parte de baixo, então é fácil de equipar-se com ele, se for cortado, ou destruído, perde totalmente o efeito, ou seja, é preciso estar em uso, no pulso, para que o efeito continue a ser efetivo para o semideus, do contrário, ele perde o bônus da perícia completamente, só funciona através da pulseira | Aumenta a perícia de uma arma de sua escolha em +50%, provocando um dano de +30% (Machados) | Couro | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos | Mágico | Loja especial do dia dos namorados]

• Mochila sem fundo [Mochila de prata com material simples, sem bolsos laterais, com um único zíper, uma única entrada e uma única saída.| A mochila não possui fundo, foi encantada para caber inúmeros objetos, ou seja, seu espaço é infinito, tudo que você colocar dentro dela permanece ali, desde que passe pela parte de cima, ou seja, você precisa conseguir colocar o item pelo buraco, que é largo o suficiente para passar até uma panela de pressão. Para pegar o item de volta basta colocar a mão dentro da mochila e pensar nele, e ele retorna para suas mãos.| Indefinido | Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos |Lendário e mágico | Loja especial do dia dos namorados]

Trufa do Amor (x7) – Tem formado de coração e licor de morango como recheio, ao consumir a trufa o semideus pode recuperar até 100 HP. (Ao consumir, some do perfil)


I'm not the good guy
August Damon Wolfstorm
August Damon Wolfstorm
Filhos de Ares
Filhos de Ares

Idade : 25
Localização : Pergunta pra loira.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Central Park - Página 11 Empty Re: Central Park

Mensagem por Sasha Pearcy em Dom Out 20, 2019 10:29 pm


Born a goddess and
forged warrior
Tell me would you kill to save a life? Tell me would you kill to prove you're right?


A melhor coisa de Damon é que não havia meias palavras, meias conversas ou frases com sentindo dúbio. Por mais que ele deixasse sua ironia habitual evidente, eu conseguia perceber exatamente o que ele tinha a dizer, dei um sorriso de canto e continuei caminhando ao seu lado enquanto ele respondia os meus questionamentos. A mão livre enfiei no bolso da minha calça. Se nos conhecêssemos a mais tempo, eu poderia jurar que ele já havia arquitetado esse plano há muito tempo, no entanto, não havia mais que algumas horas que estávamos juntos. Era engraçado, pois parecia que já nos conhecíamos há muitos anos, havia uma ligação, algo que era intenso e vibrante. Era uma descoberta para mim e para ele, mas eu tinha a sensação de que minha alma já conhecia a dele de tempos e tempos. Parece loucura eu sei, mas tudo isso é uma loucura.

— Vamos a pé! Nem precisava perguntar. Preciso sentir um pouco mais dessa sensação. — Dei um sorriso e uma piscada bem rápida para ele. Estávamos tão pertinho que eu seria capaz de roubar mais um beijo dele, mas eu não o fiz. Deixei meu beijo na maçã de se rosto e me afastei olhando para ele com um sorriso travesso: — Vamos Damon! Eu já estou ficando com fome. — Reclamei rabugenta como uma criança mimada. Estiquei o braço dele que ficou parado alguns instantes me olhando fazer aquela cena boba, até que finalmente começamos a caminhar abraçados. Era estranho e engraçado me ver naquela situação, algo que eu queria levar para o resto da vida.  Com certeza era a melhor noite da minha vida.

Pelo caminho vi as luzes da cidade de Nova Iorque e como aquilo tudo era bonito, as pessoas passavam por nós e era engraçado como elas nem sonhavam com o mundo que existia por trás da névoa. Um mundo onde Deuses e seus filhos se matavam. Também não senti nenhuma presença de monstro ou qualquer outra coisa, confesso que estava preocupada em ser atacada. Fechei os olhos brevemente apagando esse pensamento, não queria nada que me lembrasse do Acampamento Meio Sangue: — Quer dizer que você tem uma oficina, uma moto e um apartamento? Muito interessante. — Olhei para ele enquanto caminhávamos. O braço dele passando sobre o meu ombro: — O máximo que eu tive foi uma casinha de bonecas. — Dei uma risada sarcástica e revirei os olhos.

Ele já havia falado mais dele para mim do que eu contado alguma coisa interessante, mas o que eu tinha de interessante para contar? Já que eu estava fazendo uma coisa que ele gostava, talvez um dia eu pudesse leva-lo para conhecer o meu: — Gosta de barcos? Eu adoro velejar. Aprendi a velejar desde criança e consigo comandar um veleiro pequeno sozinha. Quando a minha mãe não estava tão surtada com os perigos sobre mim, viajámos para velejar. — Olhei para ele e coloquei um sorriso irônico nos lábios: — Se tiver coragem, posso te levar um dia. — Ri e fiquei esperando a resposta dele sobre a minha pergunta. Paramos diante de uma porta de vidro ampla e lá dentro parecia ser um local bem interessante. Estava bem movimentado e o cheio que vinha de lá era muito bom. Eu realmente precisava comer alguma coisa.



Itens:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• Sabre [Uma espada onde a destreza é mais influente que a força, podendo infligir grandes danos, feita com ferro estígio na lâmina e com o cabo revestido por um tipo de couro resistente e que se encaixa perfeitamente na mão daquele que a porta. | Efeito 1: A arma possui a característica incomum de ganhar um aspecto assustador quando está em um ambiente escuro, intimidando inimigos de menor nível, porém tal intimidação não é muito efetiva ao verem quem porta tal arma (rs). | Efeito 2: O sabre pode se tornar um anel liso e feito de ferro estígio. | Ferro estígio e couro. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]



wearing: Jeans with: @"August Damon Wolfstorm "in:N.Y City
No matter how many lives that I live, I will never regret
Sasha Pearcy
Sasha Pearcy
Amazonas
Amazonas

Idade : 19
Localização : Na cama do August

Voltar ao Topo Ir em baixo

Central Park - Página 11 Empty Re: Central Park

Mensagem por August Damon Wolfstorm em Seg Out 21, 2019 12:00 am

Demons or Angels

THOSE GREEN EYES turned EVERYTHING in GREY

Enquanto andávamos não parava de pensar em como minha vida estava mudando. Será mesmo que eu poderia voltar para minha vida antiga depois de tanta coisa? Ainda mais agora com a possibilidade de algo genuíno com a loira. Segurei a mão dela com carinho, não era minha cara fazer aquilo, mas a sensação era boa, sua mão estava quente, sua pele macia. Parecia que eu estava aprendendo a namorar e a verdade é que talvez eu estivesse. Quantas vezes eu me apaixonei de verdade por alguém? Uma, duas vezes no máximo. A maioria das vezes o romance durava uma noite, exatamente como poderia acontecer conosco, mas eu estava determinado a não deixar que aquilo fosse uma paixão de verão. Eu precisava de Sasha tanto quanto o mar precisa de ondas. Alguma coisa não estava clara para mim, a razão de estarmos tão conectados, mas eu sentia a magia de Afrodite influenciando meus pensamentos, como algo palpável.  "Você Damon? O mais cético semideus do século, acreditando na magia da deusa do amor?", ironizei em pensamento, mas a verdade é que como tantas outras coisas, essa sensibilidade á deusa só podia ser uma herança de Ares.

Quando a garota finalmente perguntou sobre minha vida que eu voltei para terra. - Sim, blondie. Eu tenho uma moto, um apartamento e uma oficina. Chama-se trabalho. - Brinquei com sarcasmo. - Sabe como funciona? Você faz um serviço, a pessoa te paga e você usa o dinheiro com coisas legais. - Finalizei, encarando o olhar fulminante dela, exibindo um sorriso de brincadeira. Ela apertou minha mão com força e eu deixei escapar um riso entre os lábios, quando Sasha fez o mesmo me senti genuinamente feliz. - Mas você devia ficar agradecida mesmo com a casinha de boneca, loira. Sua mãe te deu o melhor presente que você podia querer: Sua educação. - Falei com um sorriso caloroso. - Olha só para você, forte, determinada, cabeça dura. Perfeita. - Continuei com um sorriso no rosto. Ela corou e eu dei um pequeno beijo em sua testa, a diferença das alturas era evidente, mas não me incomodava.

Finalmente ela tocou em um assunto real sobre ela, eu sorri, era exatamente isso que eu queria. - Eu não tinha uma opinião concreta sobre o mar. - Admiti honestamente. - Eu poderia dizer que somos parecidos, mas um tsunami não aparece do nada, existem sinais. - Continuei, fazendo uma clara analogia ao fato de que eu tinha um ponto onde a chave virava e o "tsunami" aparecia do nada. - Contudo minha opinião está mudando, o mar que eu conheço pode parecer calmo em primeira vista, mas pode ficar revolto, pode acolher e pode destruir, espero não encontrar uma tempestade nesse mar, nunca. - Falei olhando nos olhos verdes da filha de Poseidon, ela assentiu entendo quem era o mar naquela frase.

Enquanto parávamos na frente da lanchonete, Sasha observava tudo no interior. - E eu adoraria velejar com você. Minha mãe costumava dizer que nossa família devia ficar longe das águas e aqui estou eu. - Ironizei com um pouco de cinismo. Atravessei as portas da lanchonete lotada, a mulher sendo arrastada comigo até o final do estabelecimento onde nos sentamos um de frente para o outro. A camiseta regata exibindo meus músculos em cima da mesa, quando uma garçonete se aproximou perguntando nosso pedido e entregando os cardápios eu deixei que ela falasse primeiro, pensando naquilo como um sinal de educação. Eu quem estava apresentando o lugar para ela. Finalmente a atendente se virou para mim. - Dois hambúrgueres com bastante salada e uma porção de batatas. Por favor. - Finalizei sorrindo educadamente para a mulher que anotou nossos pedidos e se direcionou para outra mesa.




Poderes:
Nenhum
Itens:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• Alabarda [É como uma lança-machado. A lâmina na ponta é muito boa para impactos, e o outro lado bom para parar investidas. A haste é feita de um tipo de madeira resistente e encantado para tal, e a lâmina e pontas são feitas de ouro imperial. Exige força e treinamento para ser utilizada com maestria. | Efeito 1: Tal arma pode passar a ter o peso nulo, durante dois turnos, caso seja utilizada em batalha, porém pode durar mais tempo caso seja usada fora de batalha. | Efeito 2: A alabarda é capaz de encolher, ficando do tamanho de um pequeno pingente, ainda conservando a sua forma, mas apenas diminuída. | Ouro Imperial e Madeira. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

• Pulseira de perícia Avançada [Pulseira de couro que se ajusta perfeitamente ao pulso do usuário, possui amarras de cordinhas na parte de baixo, então é fácil de equipar-se com ele, se for cortado, ou destruído, perde totalmente o efeito, ou seja, é preciso estar em uso, no pulso, para que o efeito continue a ser efetivo para o semideus, do contrário, ele perde o bônus da perícia completamente, só funciona através da pulseira | Aumenta a perícia de uma arma de sua escolha em +50%, provocando um dano de +30% (Machados) | Couro | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos | Mágico | Loja especial do dia dos namorados]

• Mochila sem fundo [Mochila de prata com material simples, sem bolsos laterais, com um único zíper, uma única entrada e uma única saída.| A mochila não possui fundo, foi encantada para caber inúmeros objetos, ou seja, seu espaço é infinito, tudo que você colocar dentro dela permanece ali, desde que passe pela parte de cima, ou seja, você precisa conseguir colocar o item pelo buraco, que é largo o suficiente para passar até uma panela de pressão. Para pegar o item de volta basta colocar a mão dentro da mochila e pensar nele, e ele retorna para suas mãos.| Indefinido | Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos |Lendário e mágico | Loja especial do dia dos namorados]

Trufa do Amor (x7) – Tem formado de coração e licor de morango como recheio, ao consumir a trufa o semideus pode recuperar até 100 HP. (Ao consumir, some do perfil)


I'm not the good guy
August Damon Wolfstorm
August Damon Wolfstorm
Filhos de Ares
Filhos de Ares

Idade : 25
Localização : Pergunta pra loira.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Central Park - Página 11 Empty Re: Central Park

Mensagem por Sasha Pearcy em Seg Out 21, 2019 9:51 pm


Born a goddess and
forged warrior
Tell me would you kill to save a life? Tell me would you kill to prove you're right?


— Um hambúrguer, batatas fritas e um milkshake de chocolate. — Observei ele com o cardápio nas mãos escolhendo o que ia pedir. Foi inevitável meus olhos observarem os músculos torneados do braço de Damon. Ele era bonito para caramba. Na minha humilde opinião, mais bonito que muito filho de Afrodite que havia conhecido pelo meio do caminho. Ele tinha uma beleza máscula e marcante, seus intensos olhos azuis me prendiam com tanta facilidade que nem conseguia desviar o olhar deles.  Agradeci a garota que anotou nosso pedido e esperei até que ele saísse: — Agora é oficial. Posso falar que tive um encontro. — Comentei com um tom zombeteiro, mas aquela brincadeira era repleta de verdade. Observei a risada de August e poderia falar mais uma milhão de bobagens como aquelas apenas para vê-lo sorri.

Eu já havia frequentado restaurantes em vários lugares, os mais caros e luxuosos, mas nenhum era tão aconchegante como aquele lugar. A música mudou e começou a tocar um Blues, alguns torceram o bico outros nem ligaram. Como ainda estávamos perto do festival, o lugar estava lotado de pessoas, o que significava que nosso pedido podia demorar um pouco. Notei uma parede cheia de cartazes de várias bandas de rock e sorri involuntariamente. Lembrei de quando tentei fazer algo parecido nas paredes do meu quarto e a minha mãe quase teve uma síncope. Voltei a encarar a prole de Ares que me olhava um tanto curioso e senti minhas bochechas ficarem levemente coradas. Passei os últimos seis anos praticamente enclausurada em minha própria casa e poucos lugares que ia, eram os bares e restaurantes monótonos da alta sociedade de D.C. Pelos Deuses! Eu estava tendo pela primeira vez um dia comum? Como uma pessoa comum.

— Acho que estou parecendo uma boba, certo?
— Falei com uma pitada de ironia. Revirei os olhos e suspirei demoradamente: — Se você quisesse jantar em Paris agora, bastava eu pegar o telefone e dar um telefonema. E na manhã seguinte tomar café da manhã nas Ilhas Gregas, também bastaria um telefonema. — Novamente suspirei deixando a minha frustração com isso: — Mas eu nunca pude aproveitar isso realmente. Quando eu tinha treze anos fui atacada por um monstro no Havaí. Só não morri porque tive a sábia ideia de pular no mar. Uma altura considerável. — O deboche foi inevitável: — Desde então sair de casa se tornou algo raro para mim. A vida que eu levava fora do Acampamento, não era tão diferente. Isolada, sempre cedendo a vontade dos outros, mesmo que isso me matasse um pouco a cada dia. Essa sou eu. Então... Essa noite para mim, foi tudo que eu desejei a minha vida toda. — Dei um sorriso tímido e abaixei a cabeça.

Levou um tempo até que nosso pedido finalmente chegasse e o cheiro daquilo estava muito bom. O assunto pesado ficou para trás e finalmente pude matar a fome que estava me perturbando e como aquilo era bom! Claro que eu roubei ketchup do prato dele e ele roubou do meu, também era obvio que eu sujei ele de ketchup, assim como ele me sujou. No fim, parecíamos dois adolescentes tendo um encontro em uma lanchonete do centro da cidade. E quer saber? Eu não estava nem um pouco preocupada se havia alguém reparando em nós ou não. Eu só estava preocupada com aquele momento e como ele era único em minha vida. E também como aquele garoto que eu havia acabado de conhecer, também se tornava tão necessário na minha vida coo meu próprio respirar.


Itens:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• Sabre [Uma espada onde a destreza é mais influente que a força, podendo infligir grandes danos, feita com ferro estígio na lâmina e com o cabo revestido por um tipo de couro resistente e que se encaixa perfeitamente na mão daquele que a porta. | Efeito 1: A arma possui a característica incomum de ganhar um aspecto assustador quando está em um ambiente escuro, intimidando inimigos de menor nível, porém tal intimidação não é muito efetiva ao verem quem porta tal arma (rs). | Efeito 2: O sabre pode se tornar um anel liso e feito de ferro estígio. | Ferro estígio e couro. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]



wearing: Jeans with: @"August Damon Wolfstorm "in:N.Y City
No matter how many lives that I live, I will never regret
Sasha Pearcy
Sasha Pearcy
Amazonas
Amazonas

Idade : 19
Localização : Na cama do August

Voltar ao Topo Ir em baixo

Central Park - Página 11 Empty Re: Central Park

Mensagem por August Damon Wolfstorm em Seg Out 21, 2019 10:55 pm

Demons or Angels

THOSE GREEN EYES turned EVERYTHING in GREY
Os dois lanches estavam perfeitos: Carne mal passada, bastante salada e queijo derretido. Depois que terminamos de comer eu pedi uma cerveja e uma dose de Old Forester. Sabia que não podia beber demais, mas uma dose para ajudar na digestão não faria mal e Bud Light era o mesmo que água com fermento. Finalmente olhei nos olhos da loira e falei. - Você quer alguma sobremesa? - Questionei com um sorriso. Então esperei para saber se ela pediria mais alguma coisa e mudei de assunto. - Eu nunca tive luxo, blondie. Minha mãe me deixou com cinco anos de idade nessa cidade, nunca soube por que ela não tinha me abandonado em Los Angeles e me trouxe até aqui. Até que recentemente notei que ela esperava que ele fizesse alguma coisa, já que estamos tão perto da casa dos deuses. Mas eu tinha uma marca que anulava por completo meu cheiro de semideus e ele não estava interessado. - Falei, puxando um pouco a regata e mostrando uma cicatriz de mutilação na pele. Entre tantas outras cicatrizes das lutas passadas aquela era só mais uma. - Bem, isso foi o que restou da minha proteção, da minha vida mortal. - Continuei e ajeitei a camiseta. - Costumava ser uma triquetra, ele disse quando tirou de mim que significava que eu tinha proteção no mar, no ar e na terra daquilo que me caçava. - Disse rolando os olhos, soltei um longo suspiro e tomei um gole da bebida âmbar, sentindo a queimação agradável.

Seus olhos estavam repletos de curiosidade para que eu contasse mais, então o fiz: - Foi assim que vim parar em Nova Iorque, todos deduzem que sou novaiorquino então nunca desmenti, mas já menti bastante a respeito, minha mãe me deixou aqui e sumiu, eu lembro de muitas coisas dela, seu sorriso, seu jeito, sua forma dura e imprevisível. Quando eu segui em frente achei que ela tinha morrido, eu tenho uma vaga lembrança de pessoas atrás dela e sairmos as pressas. - Admiti para ela. - Meu pai diz que ela não está morta, mas perdida. O fato é que ele simplesmente me largou em um canto e desapareceu. - Avisei antes que ela perguntasse. - Por isso eu acho bom que apesar dos pesares, você foi protegida e amada. - Afirmei e sorri, ela estava pensativa sobre aquilo que eu estava contando, cada palavra parecia um peso a menos nas minhas costas. Eu estava demonstrando minha intenção de me abrir, mas esperaria para saber se ela estava interessada, se gostaria que eu continuasse. De toda forma eu gostaria de saber tudo sobre ela, cada pedaço e questão sobre sua pessoa. Eu já tinha algumas peças na minha cabeça sobre aquilo que ela já tinha contado, mas queria o mapa completo.

Poderes:
Nenhum
Itens:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• Alabarda [É como uma lança-machado. A lâmina na ponta é muito boa para impactos, e o outro lado bom para parar investidas. A haste é feita de um tipo de madeira resistente e encantado para tal, e a lâmina e pontas são feitas de ouro imperial. Exige força e treinamento para ser utilizada com maestria. | Efeito 1: Tal arma pode passar a ter o peso nulo, durante dois turnos, caso seja utilizada em batalha, porém pode durar mais tempo caso seja usada fora de batalha. | Efeito 2: A alabarda é capaz de encolher, ficando do tamanho de um pequeno pingente, ainda conservando a sua forma, mas apenas diminuída. | Ouro Imperial e Madeira. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

• Pulseira de perícia Avançada [Pulseira de couro que se ajusta perfeitamente ao pulso do usuário, possui amarras de cordinhas na parte de baixo, então é fácil de equipar-se com ele, se for cortado, ou destruído, perde totalmente o efeito, ou seja, é preciso estar em uso, no pulso, para que o efeito continue a ser efetivo para o semideus, do contrário, ele perde o bônus da perícia completamente, só funciona através da pulseira | Aumenta a perícia de uma arma de sua escolha em +50%, provocando um dano de +30% (Machados) | Couro | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos | Mágico | Loja especial do dia dos namorados]

• Mochila sem fundo [Mochila de prata com material simples, sem bolsos laterais, com um único zíper, uma única entrada e uma única saída.| A mochila não possui fundo, foi encantada para caber inúmeros objetos, ou seja, seu espaço é infinito, tudo que você colocar dentro dela permanece ali, desde que passe pela parte de cima, ou seja, você precisa conseguir colocar o item pelo buraco, que é largo o suficiente para passar até uma panela de pressão. Para pegar o item de volta basta colocar a mão dentro da mochila e pensar nele, e ele retorna para suas mãos.| Indefinido | Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos |Lendário e mágico | Loja especial do dia dos namorados]

Trufa do Amor (x7) – Tem formado de coração e licor de morango como recheio, ao consumir a trufa o semideus pode recuperar até 100 HP. (Ao consumir, some do perfil)


I'm not the good guy
August Damon Wolfstorm
August Damon Wolfstorm
Filhos de Ares
Filhos de Ares

Idade : 25
Localização : Pergunta pra loira.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Central Park - Página 11 Empty Re: Central Park

Mensagem por Sasha Pearcy em Ter Out 22, 2019 5:41 pm


Born a goddess and
forged warrior
Tell me would you kill to save a life? Tell me would you kill to prove you're right?


Pela primeira vez na noite, deixei que as minhas costas fossem de encontro ao encosto da cadeira e meus ficaram vidrados em Damon. O semideus era uma caixinha de surpresas e cada vez que ele falava, quebrava qualquer expectativa que eu nutria sobre ele. Isso tornava ele cada vez mais interessante e atraente, alguém que me tirava totalmente da minha zona de conforto e rompia com as minhas expectativas. Dei um sorriso singelo e mordiquei meu lábio inferior: — Uma torta de chocolate. —  Pedi para a mesma garçonete que estava nos atendendo. Era lógico que eu não ia perder a oportunidade de saborear algo tão bom. Assim que ela se foi eu voltei a me concentrar apenas no filho de Ares: —  Luxo eu sempre tive. Até demais. Mas não vou ser hipócrita e dizer que não gostava ou queria uma vida diferente. Mas mesmo com todas as facilidades que dinheiro pode trazer, é um mundo de pessoas mesquinhas e interesseiras. Gente vazia de essência. Por esse lado, eu não achava ruim me privar de colocar a cara na rua.

O que eu podia perceber? Era que aquele jeito marrento era apenas uma das faces de August, a que ele usava para superar as dificuldades que enfrentava. E eu comecei a admirá-lo por isso. Aproximei da mesa e estendi minha mão, tocando a dele com carinho, deixei meu melhor sorriso nos lábios enquanto o encarei: — Você pode ter cometido seus erros e ter seus defeitos. Mas você é um cara maravilhoso. Um lutador. E é maravilhoso conhecer esse lado. — Disse a ele e sem seguida puxei a mão um pouco tímida. A àquela altura eu esperava permanecer na vida dele o suficiente para descobrir e conhecer melhor a sua história. Quando a garçonete chegou, notei que ela havia ficado um pouco constrangida e puxei meu braço para o meu lado da mesa, mas mesmo assim não conseguia parar de sorrir para o semideus. Caramba! Ele era capaz de roubar meu ar com apenas um sorriso. Eu poderia negar, resistir ou ter qualquer outra postura para tentar fugir disso, mas o que eu estava fazendo era o extremo oposto. Me entregando com sinceridade.

Cruzei os braços e ri, foi inevitável ao lembrar das duas pessoas que me criaram, começando pela minha mãe. Havia um pedaço sobre sua história que eu também desconhecia, que levou ela a abandonar seu verdadeiro nome e a trocar o meu. Olhei para ele e arquei a sobrancelha esquerda: — Mamãe estaria aos berros nesse momento se nos visse juntos. Acho que ela queria que eu me casasse com um daqueles riquinhos de D.C. — Mordiques o meu lábio inferior: — Mas eu a amo com todos os seus defeitos. Inclusive a falta de tempo para estar comigo e suas constantes paranoias de perseguição. Ela sempre lutou muito para que eu não sentisse a ausência de meu pai e sempre sacrificou a própria vida em prol da carreira e de mim. Então só posso dizer, que ela é uma vencedora. — Só os deuses sabiam a falta que eu sentia dela. Desde que havia chegado no acampamento não tinha notícias e nem falava com ela e isso começava a me preocupar.

— Quanto a proteção, indubitavelmente é mérito de Richard. — Dei um sorriso travesso ao lembrar de meu tutor. Ele deveria estar histérico a essa no acampamento, colocando Quíron louco! Levei um pedaço de torta a boca e fechei os olhos, afinal aquilo estava muito bom. Parecia uma criança louca por doce enquanto degustava a minha fatia: — Richard chegou em nossa casa eu tinha uns cinco ou seis anos. Achei que ele era o segurança de confiança da minha mãe, mas era muito mais que isso. Se há alguém que tenho como referência paterna, com certeza é ele. — Dei de ombros e devorei mais um pedaço do meu doce: — Chato, possessivo, nervoso, estourado e exagerado? Sim. Mas ele é um cara genial. Minha escolha de ir para lá não foi pelo meu pai, mas para que o Richard parasse de se machucar. Tenho medo de perde-lo. — Somente nesse ponto me atentei para a ironia no meu destino. Os filhos de Ares sempre estavam no meu caminho: — Você já deve ter esbarrado com ele. Provavelmente dividem o mesmo chalé, já que dividem o mesmo pai. — Disse aquilo com um tom displicentemente irônico, observando a reação dele.


Itens:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• Sabre [Uma espada onde a destreza é mais influente que a força, podendo infligir grandes danos, feita com ferro estígio na lâmina e com o cabo revestido por um tipo de couro resistente e que se encaixa perfeitamente na mão daquele que a porta. | Efeito 1: A arma possui a característica incomum de ganhar um aspecto assustador quando está em um ambiente escuro, intimidando inimigos de menor nível, porém tal intimidação não é muito efetiva ao verem quem porta tal arma (rs). | Efeito 2: O sabre pode se tornar um anel liso e feito de ferro estígio. | Ferro estígio e couro. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]



wearing: Jeans with: @"August Damon Wolfstorm "in:N.Y City
No matter how many lives that I live, I will never regret
Sasha Pearcy
Sasha Pearcy
Amazonas
Amazonas

Idade : 19
Localização : Na cama do August

Voltar ao Topo Ir em baixo

Central Park - Página 11 Empty Re: Central Park

Mensagem por August Damon Wolfstorm em Ter Out 22, 2019 8:10 pm

Demons or Angels

THOSE GREEN EYES turned EVERYTHING in GREY
Olhei para loira, seu toque despertava sensações que eu já conhecia, mas com uma intensidade que eu não imaginei ser capaz de sentir. Uma sensação forte correndo o corpo deixou claro que eu queria encurtar nossa distância o máximo possível, sua boca, seu corpo, tudo estava tão longe. Observei enquanto ela experimentava o doce que tinha acabado de chegar. Sorri e finalmente comecei a falar. - Só essas características não ajudam, quase todos naquele chalé são assim. - Brinquei, dando uma risada suave. - Certo, eu não conheço nenhum dos meus irmãos, não realmente, não lembro o nome de ninguém naquele lugar, mas tenho a sensação que se não o conheço vou conhecer. - Disse, com uma pitada de cinismo. - Espero que meu "irmão" não seja um problema. - Falei rolando os olhos.

Dei um gole na cerveja e passei as mãos nos cabelos. - Então vamos recapitular, você é filha de uma embaixadora muito rica, que teve problemas em casa e acabou presa por conta disso. Apesar de poder ter tudo ou quase tudo que quisesse, no final das contas não queria nada que te ofereciam, não realmente. - Disse com intensidade, encarando seus olhos cor de mar. - Apesar de Richard ser um bom tutor, você queria conhecer o mundo, viver suas próprias experiências, por mais perigoso que fosse. - Completei mordendo o lábio.

- Se houver verdade nas minhas palavras, eu posso ser o pior exemplo de liberdade a ser seguido, blondie. - Iniciei com um sorriso safado, virando levemente a cabeça e erguendo um sobrancelha. - A grande pergunta na minha opinião é por que? Por que manter você presa? - Questionei um pouco pensativo. - Do ponto de vista lógico, quando se está preso cometemos os atos mais poderosos em nome da liberdade. Eu sei como você se sente, Sasha, pois eu já estive preso também.- Falei, deixando por conta dela a interpretação das palavras dela. Dei o último gole no uísque e sorri para a loira, esperando sua resposta. "Prender alguém dessa forma é um pedido para a pessoa viver loucuras quando estiver livre", pensei sem acrescentar mais nada.


Poderes:
Nenhum
Itens:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• Alabarda [É como uma lança-machado. A lâmina na ponta é muito boa para impactos, e o outro lado bom para parar investidas. A haste é feita de um tipo de madeira resistente e encantado para tal, e a lâmina e pontas são feitas de ouro imperial. Exige força e treinamento para ser utilizada com maestria. | Efeito 1: Tal arma pode passar a ter o peso nulo, durante dois turnos, caso seja utilizada em batalha, porém pode durar mais tempo caso seja usada fora de batalha. | Efeito 2: A alabarda é capaz de encolher, ficando do tamanho de um pequeno pingente, ainda conservando a sua forma, mas apenas diminuída. | Ouro Imperial e Madeira. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

• Pulseira de perícia Avançada [Pulseira de couro que se ajusta perfeitamente ao pulso do usuário, possui amarras de cordinhas na parte de baixo, então é fácil de equipar-se com ele, se for cortado, ou destruído, perde totalmente o efeito, ou seja, é preciso estar em uso, no pulso, para que o efeito continue a ser efetivo para o semideus, do contrário, ele perde o bônus da perícia completamente, só funciona através da pulseira | Aumenta a perícia de uma arma de sua escolha em +50%, provocando um dano de +30% (Machados) | Couro | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos | Mágico | Loja especial do dia dos namorados]

• Mochila sem fundo [Mochila de prata com material simples, sem bolsos laterais, com um único zíper, uma única entrada e uma única saída.| A mochila não possui fundo, foi encantada para caber inúmeros objetos, ou seja, seu espaço é infinito, tudo que você colocar dentro dela permanece ali, desde que passe pela parte de cima, ou seja, você precisa conseguir colocar o item pelo buraco, que é largo o suficiente para passar até uma panela de pressão. Para pegar o item de volta basta colocar a mão dentro da mochila e pensar nele, e ele retorna para suas mãos.| Indefinido | Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos |Lendário e mágico | Loja especial do dia dos namorados]

Trufa do Amor (x7) – Tem formado de coração e licor de morango como recheio, ao consumir a trufa o semideus pode recuperar até 100 HP. (Ao consumir, some do perfil)


I'm not the good guy
August Damon Wolfstorm
August Damon Wolfstorm
Filhos de Ares
Filhos de Ares

Idade : 25
Localização : Pergunta pra loira.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Central Park - Página 11 Empty Re: Central Park

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 11 de 12 Anterior  1, 2, 3 ... , 10, 11, 12  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum