The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Cachoeira

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Re: Cachoeira

Mensagem por Robin A. Deverich em Sex Jul 21, 2017 7:25 pm


— the pleasant unknown
W// IZZY S. BLANKENHEIM
Seus olhos continuavam atentos, e de certa forma, estavam achando graça que um simples esquilo pudesse simplesmente tê-la chamado sua atenção. Logo ela, uma ceifadora que não fazia nada em sua vida, apenas aclamava seu bom deus protetor. Entretanto, ela estava ali para aprender, e de fato, havia muitas coisas a quais Robin não sabia, e imaginou que ninguém melhor do que a garota estranha Romana para lhe ensinar.

Ela relaxou os braços, deixando com que o cabo de sua foice tocasse o chão, sem se importar o cheiro de fumaça com a qual a faísca que a mesma produzia estava realizando naquele lugar mágico. Desta vez, ela estava apenas refletindo para o lugar ideia, a qual imaginou que poderia ser construído um acampamento para os famosos e ‘’boçais’’ romanos. De fato, ela não se agradava tanto em estar ali, ou melhor, sentir-se deslocada seria uma opção mais exata para o que sentia.

Desta vez, ela estranhamente não ouviu quaisquer barulho sequer, entretanto, sentia a presença de alguém por perto, e quando virou-se, notou o físico da bela garota romana, que parecia divertir-se com a situação a qual Robin se encontrara a poucos minutos. – Do jeito que eu sinto fome, mais fácil o lobo ser o meu almoço... – Ela sorriu de escárnio, girando a foice de ceifadora no ar a fazendo brilhar e logo desaparecer da sua mão. – Ravi tem um apetite de tigre, não é mesmo? – e logo pode-se ouvir o miado de seu gato esqueleto, que parecia encarar a garota nova como se fosse uma ameaça, e isso apenas tornava a situação inusitada para a pequena garota de cabelos coloridos.

Ela apenas suspirou, andando em direção a garota e esticando a mão em um cumprimento breve e ‘’humano’’, não querendo passar-se por desrespeitosa com alguém que tinha muito que lhe ensinar. – Digamos que meu senso de direção tenha se perdido na última missão que eu fiz. – A garota deu de ombros, olhando-a para ela e se sentindo um tanto ameaçada com a diferença de altura aparente.





Still in ruin but her heart is an ocean, it may be cold but it is big a full of life it may drown you but only if you misbehave.
avatar
Robin A. Deverich
Filhos de Hecate
Filhos de Hecate

Mensagens : 276
Idade : 20
Localização : xxx

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cachoeira

Mensagem por Izzy Sawyer Blankenheim em Seg Jul 24, 2017 12:50 pm

☾ Batle ☽
Everyone has an untold story hidden behind closed doors. Try to understand that people are not always as they first seem.



“You can destroy your now by worrying about tomorrow.”

Era quase engraçado observar a reação da menor referente ao lobo, até porque Izzy não duvidava de semideuses e suas ligações engraçadas com animais, logo, percebia que Robin não estava blefando, mas sendo sincera. – Desconfiava que para o seu tamanho você comia muito pouco, vejo que estava enganada – Izzy estava apenas brincando, mas não podia perder a oportunidade de tirar uma com a cara dela, tinha ficado suficiente intima da garota para poder provoca-la livremente e tinha que admitir que gostava disso.

A menção do gato, Izzy se virou, desviando o olhar para a criaturinha peculiar que acompanhava a ceifadora, foi inevitável o arquear de sobrancelha e a pergunta muda que surgiu em sua testa, mas Izzy não se pronunciou quanto a isso. A maioria dos semideuses tem animais um tanto quanto mais normais, ela nunca tinha visto nada com aquela espécime, o que chegava a ser bastante engraçado, sendo ela uma amazona. Passos curtos sobre a relva despertaram a mente da jovem filha de Marte, que ergueu o olhar de encontro a menina, que agora caminhava em sua direção.

Izzy estranhou o cumprimento, até porque semideuses não costumavam fazer aquilo, apertar as mãos ou beijar as bochechas um dos outros, por um minuto – muito curto de tempo – a pequena se sentiu envergonhada, sem jeito. Não era dada a educação ou costumes antigos e se sentia desajeitada ao fazê-los, mas mesmo assim ergueu a mão e apertou a de Robin de maneira suave, controlando a força para não machucar a mais nova. – Então vamos encontra-lo de volta – A morena sorriu e soltou a mão dela rapidamente, então desviou o olhar para a cachoeira.

Aquele paraíso era pouco visitado pelos semideuses romanos por conta das Ninfas travessas que ali viviam, mas mesmo assim Izzy gostava de passar a tarde por ali vez ou outra, principalmente quando estava pensativa demais. – Pelo lado bom você encontrou o melhor lugar do romano para fazer nada – Brincou ela, então maneou a cabeça em direção a trilha.

– Quer que eu mostre o caminho de volta e inicie seu tour pela cidade, ou prefere admirar a paisagem e se preparar mentalmente para o que vai encontrar antes de começar a explorar a região? – A filha de Marte perguntou, descendo o olhar de encontro ao dela, a encarando de forma descarada, algo que tinha costume de fazer, olhar nos olhos da pessoa enquanto falava. A maioria não gostava disso, mas ela não se importava.





Everyone wants happiness without any pain, but you can't have a rainbow without a little rain.






●Isabelle Luna Sawyer Blankenheim●
Gostaria que você soubesse que existe dentro de si uma força capaz de mudar sua vida, basta que lute e aguarde um novo amanhecer.
avatar
Izzy Sawyer Blankenheim
II Coorte
II Coorte

Mensagens : 327
Localização : Em algum lugar

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cachoeira

Mensagem por Robin A. Deverich em Dom Set 10, 2017 10:42 pm


— the pleasant unknown
W// IZZY S. BLANKENHEIM
Mesmo que seus olhos ainda se mantivessem na garota, algo nela não conseguia dar-se por segura ali, não saberia dizer se era o fato de não estar em um terreno onde era o seu habitual e ter Ravi ainda mais inquieto ao seu lado lhe dava dúvidas se de fato havia feito uma boa escola em sua pequena colônia de férias dos gregos. – Na verdade, eu acho engraçado quando as pessoas me julgam pela altura. – Cantarolou assim que sua mão foi solta pelo breve cumprimento, abaixando-se para pegar o gato, sentindo partes de seu pelo pinicar sua pele, mas aquilo não a incomodava e logo seguindo seu olhar que ia em direção a cachoeira. – Porque eu sempre uso isso a meu favor. –

Ela ainda estava um tanto quanto encantada pela beleza do lugar, e ouvir as palavras da garota lhe traziam um certo alívio, não que isto fosse relacionado a sua ‘’segurança’’, e sim pelo fato de ter finalmente a companhia de alguém a qual ela possuía um enorme prazer em passar algum tempo conversando, mesmo que coisas triviais. – É o meu dom... me perder em bons lugares. – Sorriu de escárnio, olhando para o gato em seus braços que miou em resposta, mesmo que ainda estivesse levemente desconfiado sobre a presença da romana.

Logo seu olhar voltou a garota, que percebeu a reciprocidade da forma com a qual as duas se encaravam, e isso intrigava a pequena garota, porém lhe animava. Era raro alguém no acampamento lhe olhar tão fixo, principalmente por conta de sua aparência que aos poucos estava se tornando um tanto quanto medonha. – Eu prefiro não perder tanto tempo, se assim a satisfaz. – Pronunciou dando de ombros, ouvindo um longo ronronado se fazer no ar.






Still in ruin but her heart is an ocean, it may be cold but it is big a full of life it may drown you but only if you misbehave.
avatar
Robin A. Deverich
Filhos de Hecate
Filhos de Hecate

Mensagens : 276
Idade : 20
Localização : xxx

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cachoeira

Mensagem por Lee Chae-rin em Sex Set 15, 2017 10:38 pm


Cachoeira
Uma noite fora do normal ... talvez...
E
stava nervosa... Cabelo perfeito, roupa leve e tranquila...saparo confortável para andar naquele local... tudo estava ótimo ... mas definitivamente aquela poderia não ser uma boa noite para ficar a sós com o filho de vulcano, mas se não fosse aquela, talvez nunca mais tivéssemos outra ── Só espero que nada de errado aconteça ── falava enquanto olhava uma ultima vez para o espelho na coorte I enquanto acertava o cabelo e a roupa escolhida. Não iria simplesmente com as roupas casuais para um local tão belo quanto aquele... Pouco tempo foi preciso para que conseguisse chegar até aquele local magnífico onde conseguia ver com certa clareza a água  ── Merda... lua cheia...── acabei por respirar fundo naquele momento, com calma o sapato foi retirado e colocado acima de uma pedra ── Porque eu escolhi logo hoje.... ── falava um tanto alto ── Espero que nada desperte durante este momento.... ──

Vestindo: isso







♥️
Lee Chae-rin

''A força do lobo é sua matilha, a força da matilha é o lobo''
avatar
Lee Chae-rin
I Coorte
I Coorte

Mensagens : 301
Idade : 23
Localização : Acampamento Romano

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cachoeira

Mensagem por T'zza Roth em Dom Set 17, 2017 7:15 pm


Don't you know? This is the future you've always
dreamed


O som continuava alto, quase tão potente quanto o barulho que ecoava pela forja vazia a cada martelada dada no ferro quente e eu estava cantando junto, claro. Lately i've been losing sleep dreaming about that things i could be... Sussurrei o trecho da música, diferente do original mas que, ainda sim, me pegava de alguma forma por que era isso que eu andava fazendo, não é mesmo? Quem nunca perdeu algumas noites de sono por conta de um sonho que atire a primeira pedra! O ritmo parecia entrar em mim e me fazia mexer, dançar e relaxar os poucos segundos que podia enquanto o ferro aquecia na fornalha e se preparava para uma nova série de marteladas e modelagens quando o assobio me chamou a atenção. Correspondências? Me perguntei enquanto erguia os óculos escuros redondos, largos e com uma lente grossa para evitar que o material derretesse quando as faíscas do metal entrassem em contato com a proteção. Deixo aqui registrado que a melhor coisa que nós fizemos desde a invenção da ciência foi, certamente, a criação e entendimento da moda steampunk - tem coisa melhor do que vestir esses óculos tão legais?

Mas voltando para a parte que nos interessa, deixei o metal esfriando em água gelada e me dirigi até a caixa de correspondências subterrânea e quando abri havia um bilhete. Eu ergui minhas sobrancelhas tal qual você, leitor, deve ter feito também e me apoiei na caixinha para ler e sentir a surpresa começar a se estabelecer no meu rosto conforme a mensagem chegava ao fim. Cachoeira? Acho que eu tenho alguma coisa que eu possa usar. Claro que tinha, eu era uma pessoa que gostava do calor e do sol, como não teria roupa de banho? Com alguns dígitos e uma pequena ajuda do reconhecimento de voz, pedi ao sistema da casa para que me fornecesse o momento em que ela passou aqui para deixar a mensagem e você deve entender a minha surpresa quando reparei que não era de manhã e sim noite, não é? Eu sempre vivo debaixo da terra mesmo, é raro para mim sair das forjas e eu mal vejo o entardecer - o sol eu vejo todos os dias ao sair de manhã para correr e me manter exercitado. Cacetada, já está tarde assim? Melhor ir de camisa mesmo. Falar sozinho o que eu preciso fazer me ajuda a manter a concentração, um dos exercícios que fui aprendendo sozinho e que se tornou bem eficaz embora me deixei parecendo um louco - ou retardado, fica aí a seu critério.

Não demorou muito para me convencer do que vestir ou para sair de casa mas confesso que demorou para que eu encontrasse a trilha e chegasse até a cachoeira já que, por vezes, eu me perdi no meio do caminho e precisei voltar algumas rotas. Eu ouvi sua voz antes mesmo de a ver e não consegui segurar o sorriso e nem o riso com isso. Despertar o que? A fome? Por que eu to morrendo de fome já. Brinquei apenas para quebrar o gelo e o clima que ela parecia estar enfrentando dentro de si. Desde que se tornou uma das escolhidas pelo Deus do Medo, Chae tem vivido uma estranha luta interior e meu papel nessa briga era apenas ajudar ela a alimentar o seu lado positivo com piadas e frases cômicas na esperança de lhe arrancar algum sorriso. Eu não precisei olhar para ela de cima a baixo ou no caminho reverso, eu sabia que ela estava linda e o pensamento disso me deixou tímido; cara, como ela consegue gostar de uma pessoa como eu? Se você, que estiver lendo isso, souber, me avise! Eu pensei que ainda estava de tarde ou de manhã quando recebi seu bilhete mas já estava de noite... Comecei antes de avançar um passo na direção dela e coçar a barba crescente em meu queixo. São as consequências de se morar abaixo do solo, eu acho que perdi totalmente a noção do tempo e do meu relógio biológico para o sono. Além de umas coisas que também perdi mas não vamos entrar em detalhes, não é? Com um balançar de ombros, eu pisquei para a filha de Vênus e ri. Mas e aí? Você está bem? Como foi seu dia? Perguntas demais, coisas demais para saber em pouquíssimo tempo.




Our memories will be lost in time... Like tears in the rain.
avatar
T'zza Roth
V Coorte
V Coorte

Mensagens : 45

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cachoeira

Mensagem por Lee Chae-rin em Dom Set 17, 2017 9:20 pm


Cachoeira
Uma noite fora do normal ... talvez...
U
m turbilhão de pensamentos parecia encher minha cabeça naquele exato momento. Era difícil conviver com uma besta dentro de si e não ter medo a todo momento de acabar machucando algum campista desavisado, talvez isso já poderia ter acontecido se eu não tivesse a ajuda do filho de Vulcano a qual aguardava. Olhava para o espelho d'água e sentia como se pudesse ver minha face dividida naquele momento, um lado bom e um lado completamente escuro e sombrio que não exitaria em matar se fosse preciso ou se algo entrasse em seu caminho; eu conseguia conviver com aquilo a algum tempo, alguns meses talvez, mas de alguma forma sempre senti que aquilo existia em min, desde pequena.... mas porque so despertar depois de chegar ao acampamento Júpiter? Os olhos ainda estavam fixos na imagem turva espelhada nas águas, era a primeira vez que me sentia completamente distraída, mas uma voz cortou o silêncio me fazendo voltar a realidade " Você veio" o pensamento se formou juntamente com um sorriso um tanto bobo ── Não esperava que viesse tão cedo, T'zza ── a resposta pulou de meus lábios sem que notasse. De forma calma andei em direção ao mesmo virando completamente de costas para a lua, sabia que aquilo poderia ser perigoso, mas mesmo assim precisava aprender a controlar e conviver com aquele monstro  ── Não se preocupe quanto ao horário, eu sabia que poderia acontecer isso... ── havia parado cerca de meio metro do filho de vulcano, queria correr para abraçar o mesmo, mas o medo de perder o controle ante a fera que morava em meu interior era tão grande, que sempre tentava ser cautelosa diante de algumas coisas ── Na verdade não faz muito tempo que havia colocado o bilhete para que você o visse...── havia um certo nervosismo que não conseguia esconder. Sim, era possivel uma filha de Vênus ficar nervosa, principalmente diante da pessoa que ela gosta e que faz questão de lhe ajudar; T'zza era o meu farol dentro da escuridão medonha que havia adquirido como herança de meu pai ── Desculpa ter sido tão de repente assim ──  as palavras pareciam escapar cada vez mais assim como a vontade de abraçar o garoto a frente so crescia cada vez mais, porém tive de conter aquele impulso muitas vezes ── Meu dia... Foi como todos os outros... pequenas patrulhas... correr pela floresta para acalmar a fera... e deixar a mesma caçar durante a tarde... ── as palavras falharam no final. Era bem difícil admitir que deixava aquela fera tomar o controle em pequenos momentos e com isso so crescia mais ainda o medo de algo ruim acontecer ── Bem... na verdade eu te chamei para que ficasse-mos um pouco sozinhos... ── um suave rubor se formou deixando meu rosto completamente quente, mas naquele momento havia me virado e ido em direção a borda da cachoeira onde acabei sentando colocando os pés dentro da água ── Sei que nunca fiz nada assim... mas ... sei lá.. deu vontade de fazer. ──




Vestindo: isso







♥️
Lee Chae-rin

''A força do lobo é sua matilha, a força da matilha é o lobo''
avatar
Lee Chae-rin
I Coorte
I Coorte

Mensagens : 301
Idade : 23
Localização : Acampamento Romano

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cachoeira

Mensagem por Nyx St. Douglas em Qui Nov 29, 2018 9:32 pm




no matter what we breed, we still are made of greed. this is my kingdom come
tell me pretty lies, look me in the face, tell me that you love me, even if its fake, cause i don't fucking care at all

SWEET DREAMS ARE MADE OF THIS
B E
U S E
WHO AM I TO DISAGREE?
Nyx fitava as bandagens que cobriam seus punhos com cuidado, notando que tal medida não impedira de ficar com os punhos levemente feridos devido aos golpes e técnicas que tinha praticado naquele dia. Desajeitadamente retirou-as de seus punhos e colocou-os na água corrente da cachoeira, não se importando muito se ficaria molhada no processo. Aquela medida aliviou um pouco o leve incômodo que sentia — mesmo que já estivesse acostumada à sensação, era bem melhor se ver livre dela —, o que a fez ficar por um longo tempo daquela maneira. A jovem aproveitou o momento de solidão para avaliar sua estada no acampamento e, por consequência, sua relação com as pessoas que a cercavam.

Primeiramente, os pretores. Enquanto o chamado Romeo era bastante simpático, Becka era muito doida. Mas ela a deu muito mais do que apenas simpatia: ela a deu um emprego e uma chance para se provar ser merecedora de confiança. Então, estava eternamente grata a jovem. Depois, Shane, o filho de Atena, era extremamente confiável. Um amigo leal do acampamento grego, pelo menos era o que aparentava. Jonny era um cara legal do lado romano, embora não entendesse muito bem os motivos por trás de algumas das suas frustrações. Eunji é a garota faz-tudo, munida sempre de alguma ferramenta e com um coração aberto para ouvir as mais diversas coisas.

Então, as crushs — que denominava daquela maneira por ter ouvido uma conversa entre duas garotas que falavam desses tais crushs e, dessa forma, ter conseguido associar o que sentia por aquelas garotas como aquilo — Soleil e Yoonjin. A primeira era uma mentora muito bonita: A caçadora de Ártemis inalcançável. A segunda era a novata que a desconsertava com tamanha beleza e uma indiferença gritante ao que ouvia dos outros, inclusive as cantadas que lhe passavam. Igualmente inalcançável, mas de um jeito diferente, afinal ela ainda era inexperiente, mesmo com o enorme potencial para ser alguém poderoso.

E lhe causava sentimentos bem esquisitos, ainda por cima. Mais esquisitos do que a admiração que sentia pela caçadora de Ártemis.

Ao olhar para os lados, decidiu entrar no lago para dar um mergulho, já um pouco mais familiarizada com a natação pelas aulas que frequentava no acampamento. Pulando na água gelada, submergiu durante alguns segundos, focando somente na sensação que sentia ao redor de seu corpo antes de emergir e sacudir a cabeça freneticamente, parecido com a ação de um cachorro ao sair da água. Sentia suas roupas se encharcarem com o líquido, mas, honestamente, não se importava.

Arsenal e Tatuagens:
Tatuagem SPQR [Tatuagem de coloração negra feita na parte inferior do antebraço direito. Possui o desenho de duas lanças cruzadas, seguido abaixo pelas letras SPQR, um risco para cada ano servindo a Legião e escrito Iª Coorte. Uma vez por missão/evento, os poderes ativos utilizados pelo semideus terão um bônus de 5% de força/funcionalidade durante três turnos.]

Invicto | Inteligência [ Uma tatuagem de nota musical em seu pulso direito | Amplia a mente do semideus, o fazendo aprender mais rapidamente tudo que lhe é ensinado. Além disso, sua capacidade de descobrir coisas e sua percepção sobre situações aumenta em 20%, seus planos e estratégias com isso, ganham bônus de 20% de chance para darem certo| Ainda recebe bônus de 5% em habilidades adquiridas em aula. | Pulso Direito | marca pequena | Permanente.]


Alpha's Pack
avatar
Nyx St. Douglas
Centurião da I Coorte
Centurião da I Coorte

Mensagens : 219

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cachoeira

Mensagem por Choi Yoon Jin em Qui Nov 29, 2018 10:21 pm

Mal haviam se estabelecido naquele lugar novo e Heeyong já fora atrás de confusão. Ficara sabendo que podiam treinar com monstros, caso encontrassem algum pelas redondezas do Júpiter, e por isso o irmão gêmeo de Yoonjin não tardou a abandoná-la para ir aventurar-se. Ele sequer havia tido a curiosidade de explorar os terrenos daquele lugar onde passariam a morar antes de sair feito um maníaco. Yoonjin, conformando-se que aquela seria a cruz que carregaria para o resto da vida, apenas respirara fundo ao ver o irmão se distanciando naquela manhã.  

Ela, então, sozinha e apenas na companhia de seus pensamentos, passou a caminhar sozinha pelos locais, sem realmente atentar-se a muita coisa ou às pessoas. Quando chegaram, haviam sido designados aos cuidados de uma garota veterana — Nyx — que em um primeiro momento parecera demasiadamente estranha para Yoonjin. Ela era calada e por diversas vezes tivera ações pouco humanas ao redor dos gêmeos. Mas aquilo não incomodava Yoonjin de jeito nenhum; o que feriu seu orgulho foi saber que Nyx era bem mais nova que si e já era detentora de tamanho poder, enquanto ela, a Choi, ainda era uma mera novata.  

Uma birra, pode-se classificar assim, mas a coreana, que sempre fora tão sensata e tivera as ideias no lugar correto, não podia evitar de sentir-se assim. Afinal, por muitos anos fora a menina dos olhos de Deus para sua família em Seul, na Coreia; e, de uma hora para outra, ela só era mais uma semideusa dentre tantos outros.  

Seus pés acabaram levando-a pela trilha da floresta, a qual já havia sondado com olhos atentos na tarde anterior, e ela encontrara um recanto cujo silêncio era somente quebrado pelo barulho da água corrente que caía da cachoeira. Yoonjin resolveu que seria um ótimo lugar para que se sentasse e pudesse pensar com clareza, estando rodeada pelo clima bucólico recheado de paz. Ela precisava traçar planejamentos mentais para que se destacasse, para que se tornasse tão forte quanto qualquer um ali no Acampamento Júpiter; talvez mais, até.  

Respirou fundo, deixando que o ar puro preenchesse seus pulmões, enquanto sentava-se em um rochedo próximo à margem do rio logo abaixo da cachoeira. Tomou cuidado para que não sujasse suas roupas — um vestido claro — porque sabia que acabaria manchando. Fechou os olhos, deixando que o som da natureza guiasse seus pensamentos para que ela pudesse se planejar com clareza.  

Mas não conseguiu. Ela foi interrompida por um barulho, e, quando seus olhos abriram-se, a figura já havia mergulhado. Yoonjin não sabia de quem se tratava — certamente, poderia ser uma náiade, já que aquele tipo de espírito da floresta era comum em locais como aquele. Se fosse, a coreana esperava que se afastasse rapidamente, porque sabia quão inconvenientes elas podiam ser. Contudo, sua teoria quebrou-se quando, emergindo, ela notou que a pessoa de aparição tão repentina tratava-se de Nyx, a garota que a fizera se sentir diminuída logo no primeiro dia de estadia.  

Ela balançou a cabeça como um cachorro que acabara de tomar banho, e o simples ato espalhou gotículas de água para todos os lados. Algumas caíram, inclusive, na própria Yoonjin, que tomava o devido cuidado para que aquilo não acontecesse. A semideusa sentiu a irritação começar a queimar sua pele, e isso só se intensificava porque, raios, Nyx era muito linda. E ela parecia não ter noção daquilo.  

A novata resfolegou, expulsando para fora de seus pulmões um monte de ar numa atitude incrédula. Olhou para o próprio vestido — que tinha leves tons de verdes, muito claros para não serem confundidos com o branco — e depois novamente para a semideusa que estava, ainda, no rio.  

— Só pode ser brincadeira...
「R」


words don't
come easy
grabbing your
body between us
avatar
Choi Yoon Jin
I Coorte
I Coorte

Mensagens : 45
Idade : 22
Localização : sweet dreams are made of this.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cachoeira

Mensagem por Nyx St. Douglas em Qui Nov 29, 2018 10:40 pm




no matter what we breed, we still are made of greed. this is my kingdom come
tell me pretty lies, look me in the face, tell me that you love me, even if its fake, cause i don't fucking care at all

SWEET DREAMS ARE MADE OF THIS
B E
U S E
WHO AM I TO DISAGREE?
Ao ouvir a voz feminina, sua atenção foi logo direcionada a detentora da tal. Ao encarar as orbes da garota e perceber que era Yoonjin, sua crush/novata que estava sob seus cuidados, corou violentamente. A sensação de vergonha juntamente com o aumento da temperatura de seu rosto, evidenciado pelo fluxo sanguíneo que dava a cor rósea às suas bochechas, a fez virar-se de costas para a jovem e dar passadas largas para dentro da cachoeira. Ao chegar em certa profundidade, jogou água contra sua cara e bateu nela, concentrando-se em obter foco antes de voltar seu olhar para a garota. Então, imitando o comportamento humano, pigarreou antes de falar:

— Yoonjin... Que faz aqui? — avançou receosa para próximo de onde tinha deixado as bandagens. — Aconte... Acontece..u algo?

Olhando atentamente para a garota, logo percebeu partes de seu vestido floral um pouco mais escuras e não demorou muito pra concluir o que tinha acontecido: Quando emergira da água, acabara molhando um pouco a semideusa ao sacudir sua cabeça. Assumindo uma postura rígida, a filha de Marte fez uma breve reverência, como o que tinha visto outras pessoas fazerem, enquanto recolha sua voz para falar um sonoro...

— Desculpa. Não ver chegar você. — e manteve tal posição por alguns segundos antes de levantar seu olhar receosamente.

Arsenal e Tatuagens:
Tatuagem SPQR [Tatuagem de coloração negra feita na parte inferior do antebraço direito. Possui o desenho de duas lanças cruzadas, seguido abaixo pelas letras SPQR, um risco para cada ano servindo a Legião e escrito Iª Coorte. Uma vez por missão/evento, os poderes ativos utilizados pelo semideus terão um bônus de 5% de força/funcionalidade durante três turnos.]

Invicto | Inteligência [ Uma tatuagem de nota musical em seu pulso direito | Amplia a mente do semideus, o fazendo aprender mais rapidamente tudo que lhe é ensinado. Além disso, sua capacidade de descobrir coisas e sua percepção sobre situações aumenta em 20%, seus planos e estratégias com isso, ganham bônus de 20% de chance para darem certo| Ainda recebe bônus de 5% em habilidades adquiridas em aula. | Pulso Direito | marca pequena | Permanente.]


Alpha's Pack
avatar
Nyx St. Douglas
Centurião da I Coorte
Centurião da I Coorte

Mensagens : 219

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cachoeira

Mensagem por Choi Yoon Jin em Qui Nov 29, 2018 11:38 pm

Parecera que a garota mais jovem percebeu sua presença apenas quando a frase saíra de sua boca. Yoonjin observou-a reagir com suas ações estranhas, pouco usuais. Nyx era a pessoa mais singular que conhecia por conta daquele jeito esquisito, mas isso estava longe de ser algo negativo. Apesar de ferir seu orgulho, Yoonjin sentia curiosidade para com a mais nova, procurando observar cada um de seus detalhes sempre que podia, mas sem deixar transparecer qualquer tipo de interesse que poderia ter.

A Choi notou a forma como Nyx havia ficado encabulada com a sua presença, e os pensamentos racionais da novata direcionaram aquele fato a uma única resposta: as atitudes indiferentes e frias da mais velha causavam desconforto na maioria das pessoas que conviviam com ela, e aquele poderia ser o motivo para as bochechas coradas da semideusa veterana e para que tenha corrido para longe num primeiro momento. Yoonjin arqueou uma sobrancelha, esperando que ela fosse embora, mas surpreendeu-se ao vê-la retornar para perto de si. Ainda parecia encabulada, embora seu rosto tivesse perdido a coloração avermelhada característica da vergonha.

Ela começou a falar daquele jeito engraçadinho, e a Choi quase se esqueceu de que seu vestido havia sido molhado. Quase. Como que percebendo sua falta, e para se redimir, a filha de Marte dobrara-se em uma mesura próxima demais à indefinida, e a atitude apenas serviu para que mais respingos caíssem sobre si.

Yoonjin suspirou, passando as mãos por sobre o tecido fino do vestido. Voltou seu olhar para a garota à sua frente e acenou para que ela ajeitasse sua postura.

— Está tudo bem — Yoonjin disse, no intuito de acalmá-la. — Vou lavar isso mais tarde — apontou para o próprio vestido. E, em seguida, sua atenção voltou-se para a prole de Marte, os olhos cerúleos percorrendo o corpo encharcado da mais nova. — Você terá mais trabalho, com essas roupas totalmente molhadas. — Deixou que o olhar repousasse sobre  superfície cristalina da água, as ondas leves refletindo em seus olhos. — Mas o banho deve estar gostoso.

Talvez fosse a falta de Heeyong ao seu lado, porque ela simplesmente puxava assunto com a garota que claramente não tinha o maior dom da fala, quando a ação não era do seu feitio. Mas aquele pensamento logo se dispersou.
「R」


words don't
come easy
grabbing your
body between us
avatar
Choi Yoon Jin
I Coorte
I Coorte

Mensagens : 45
Idade : 22
Localização : sweet dreams are made of this.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cachoeira

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum