The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[RP's] Billy Castle

Ir em baixo

[RP's] Billy Castle Empty [RP's] Billy Castle

Mensagem por Billy Castle em Dom Maio 05, 2019 6:39 pm

Tópico destinado a todas as postagens de Billy Castle referentes ao evento 'Um Reino de Contros de Fada'. O humano e erudita de Prometheus poderá ser acompanhado tanto por NPC's quanto por personagens de outros jogadores.
Billy Castle
Billy Castle
Eruditos de Prometheus
Eruditos de Prometheus

Idade : 16
Localização : Por aí...

Voltar ao Topo Ir em baixo

[RP's] Billy Castle Empty Re: [RP's] Billy Castle

Mensagem por Billy Castle em Seg Jun 10, 2019 6:00 pm

❖ Feel The Magic ❖


Independente do motivo não era do meu feitio chegar atrasado nas aulas, mesmo naquelas que não me agradavam nem um pouco, tanto que tinha orgulho de possuir um histórico de presença impecável. Haviam conhecimentos que só conseguíamos adquirir em sala, debatendo junto dos demais para ver as coisas de diferentes perspectivas, e como tinha ido para lá com o único intuito de estudar levava minhas tarefas muito a sério. Infelizmente naquele dia houveram alguns contratempos que não fui capaz de prever, e o pior de tudo foi que eles esperaram para ocorrer justo quando tínhamos uma atividade de campo marcada.

Existia um horário para o ônibus partir e eu estava atrasado!

A turma especial da Battle Academy havia sido reunida na frente da escola para uma excursão coordenada pelo próprio diretor Haddock em conjunto com alguns professores, na qual todos iríamos treinar algumas habilidades específicas em forma de testes. Entre elas estavam técnicas de combate, rastreio e identificação de pistas no ambiente, focada principalmente naquelas deixadas por criaturas mitológicas. Perícias básicas e bastante úteis para qualquer um que fazia parte dessa realidade envolvendo os semideuses.

Parecia simples e até meio chato para alguns, mas a verdade era que a grande maioria dos alunos se encontrava bastante animada pelo fato de estarem saindo de dentro da instituição para algo possivelmente divertido. Como um colégio interno, não eram muitas as vezes que isso acontecia, a não ser pelos poucos que tinham família e permissão para viajar aos fins de semana - e/ou durante as férias.

Eu era um desses que não saía muito, afinal minha mãe morava a centenas de quilômetros da academia e eu só podia vê-la graças a praticidade que os portais me proporcionavam. Porém, como a magia ainda era uma aquisição um tanto recente na minha vida, isso não era algo com o que eu estava acostumado.

Apressado e com o coração a mil, engoli a seco o pedaço de pão que eu tinha pego pouco antes de sair da biblioteca de Prometheus e suspirei aliviado assim que pude avistar o ônibus ainda parado na frente dos grandes portões da instituição.

Graças aos deuses.

Ajeitei a alça da minha mochila transversal sobre o ombro e continuei meu trajeto até o diretor, que parecia esperar por minha chegada com um tiquinho de impaciência estampada em seu rosto.

— Desculpe pelo atraso, Sr. Haddock. — Esbocei uma breve careta ao me aproximar, coçando a nuca meio sem jeito. — Houveram alguns contratempos lá na biblioteca e... bem, eu dormi demais.

Ele disse que tudo bem, que não era necessário explicar e que o importante era ter chego a tempo. Também comentou que não poderia esperar muito mais, e caso eu tivesse me atrasado cinco minutos a mais teria perdido a excursão. Agradeci aos deuses por isso não ter acontecido.

Portais eram mesmo capazes de fazer milagres.

Uma vez dentro do ônibus, cumprimentei Raiden com um discreto aceno de longe, gesto que foi acompanhado por um sorriso tímido e bastante sem jeito que certamente não passou despercebido por Thomas. Logo pude ouvir a cria de Dionísio fazer uma piadinha aleatória para me constranger, mas ele acabou recebendo uma cotovelada do filho de Hefesto mais lindo da turma enquanto eu fazia o possível para ignorar o comentário.

O rubor nas minhas bochechas foi inevitável, porém desviei o olhar, me sentei confortavelmente em uma das poltronas da frente e abri o livro que eu havia levado para ler durante a viagem: Call Me By Your Name - André Aciman.

•••

Além da baderna clássica da turma do fundão e a confiscação de um cantil cheio de vodka da mochila de um dos alunos do Battle Club, não houve nenhum problema ou complicação durante o percurso até a floresta onde faríamos as atividades práticas daquele dia.

Assim que descemos, o diretor Riszard repassou as instruções de como nossa aula de campo funcionaria e nos deixou sob os cuidados dos demais docentes que haviam vindo conosco. Entre eles estava o Srta. Blossom, coordenadora do Sorcery Club e uma das figuras que eu mais admirava naquele lugar. Ela era simplesmente brilhante, ainda mais se estivermos falando de amuletos e alas de proteção.

Esperava um dia poder me tornar um mago tão talentoso quanto ela.

A busca por pistas começou de imediato, com os alunos se dividindo em grupos que variavam entre dois e cinco integrantes de diferentes clubes para poderem utilizar seus conhecimentos específicos de maneira a suprirem as limitações uns dos outros. Trabalho de equipe era a chave para o sucesso, e graças a ele conseguimos coletar um bom número de informações, capturar alguns espécimes de diabretes e encurralar um bando de besouros gigantes, que foram forçados a recuar e nos deixar em paz enquanto estivéssemos ali.

Assim que conseguimos coordenar os esforços da maioria, também rastreamos uma matilha de cães infernais até a caverna próxima de onde estávamos passando o tempo até anoitecer. Não nos aproximamos mais do que vinte metros do local, afinal o objetivo daquela atividade não era exterminar aqueles oponentes e sim reconhecer os padrões que pudessem indicar a sua presença.

Pouco depois o diretor coordenou o grupo para seguir em direção a uma enorme área aberta, uma clareira onde poderíamos almoçar e treinar habilidades físicas até o horário de retorno.

Lá houve uma breve comoção entre um aluno do Battle Club e Thomas Armstrong, que começaram uma briga por sabe-se lá o que. Raiden já estava pronto para entrar no meio do conflito pelo melhor amigo, e preocupado com as proporções que aquilo podia tomar eu fui o mais rápido possível chamar o Sr. Haddock para resolver aquilo de uma vez por todas.

Nesse meio tempo, Romeo - um dos mais jovens e adoráveis membros do Sorcery Club - passou a perseguir um coelho vestido com trajes de gala, algo que não dei muita importância até vê-lo pular em um buraco ou toca e desaparecer.

Um, dois, cinco, dez minutos e nada do pequeno semideus retornar...

O alvoroço começou pouco tempo depois da constatação do sumiço, o que fez com que o diretor tivesse que segurar as pontas e, com uma voz firme, ordenar os alunos para que calassem a boca. Após duas tentativas, o quase grito do homem conseguiu colocar ordem nos alunos, possibilitando que os ânimos aflorados fossem relativamente contidos.

Ordenando a todos que sentassem, o diretor andou de um lado para o outro, pensando no melhor plano de ação para o que tinha acabado de acontecer. Por fim todos foram divididos em grupos de quatro integrantes para uma missão de resgate emergencial, sendo esta uma atividade de total prioridade no momento. As diretrizes consistiam em localizar o aluno perdido e resgatá-lo em segurança o mais rápido possível. Nada mais, nada menos.

— Sim, senhor! — Proferi em uníssono aos demais colegas de turma, que já deixavam suas diferenças de lado por um bem maior.

Analisamos os arredores do buraco onde Romeo tinha caído, sua profundidade e possíveis propriedades místicas, até que foi considerado seguro descer e Thomas foi o escolhido para ir primeiro. Recolhemos uma boa quantidade de cipós, trançamos uma espécie de corda mais resistente e os alunos e professores mais fortes foram descendo o filho do deus do vinho para a inspeção direta.

Supostamente havia uma floresta lá em baixo, mas era muito mais fundo que o esperado. Talvez um portal ou coisa semelhante, mas antes mesmo que tivéssemos chance de fazer mais perguntas a 'corda' improvisada se partiu e Thomas despencou cratera abaixo.

Alguns segundos de silêncio precederam uma gritaria horrenda, com pessoas colocando a cabeça para dentro do buraco e chamando pelos dois que tinham caído, outras dizendo que eles tinham morrido e até duas crianças chorando pelo ocorrido. Foi então que pudemos ouvir o som de alguém imitando um macaco vindo de dentro da 'troca mágica', revelando que o bobalhão estava bem e que era seguro descer.

Graças a tal descoberta, nos organizamos em fila e de um em um fomos descendo para a missão de resgate. Alguns com medo de altura e/ou escuro tiveram que receber uma 'ajudinha' dos outros, mas deu tudo certo.

Quando foi a minha vez, senti como se estivesse em queda livre num local quase que totalmente escuro, onde toda a iluminação provinha unicamente da entrada do buraco. Foram uns dez segundos de frio na barriga, até uma forma luz ofuscar minha visão e eu sentir que caí sentado em uma área com grama. Quando abri os olhos eu estava em um ambiente totalmente diferente, parecia uma floresta mas ao mesmo tempo ela não possuía características com as quais eu estava acostumado.

Cores, formas e criaturas exóticas estavam por todo lado, parecendo que eu tinha entrado em um clássico reino de fantasia.

— Bem vindo a floresta encantada. — Disse uma voz do além, que imediatamente me fez levantar e segurar o cabo da minha adaga com firmeza.

Onde é que eu estava? E para onde foi todo mundo?

Coisos:
Itens em Posse:
• Adaga [Uma adaga de aparência comum, feita de arambarium e contendo um símbolo entalhado na lâmina, tal símbolo é semelhante a uma tocha acesa, cabendo perfeitamente na mão do semideus. | A lâmina possui um brilho próprio, semelhante a fogo, podendo iluminar locais escuros, a mesma não poderá ser utilizada em combate ao ser utilizada para iluminar ambientes. Ao ser encaixada em locais como portas/caixas trancadas/cadeados/locais a mesma poderá abri-los, desde que não seja selada com algum meio divino/magico. | A adaga pode transformar-se em um cajado caso seja esse o desejo do semideus portador, fornecendo um bônus de 10% de chance de acerto na utilização de feitiços. | Arambarium. | Não possui espaço para gemas. | Resistência beta. | 100%, sem danos. | Nível 3. | Lendária. | Presente de Reclamação do grupo Eruditas de Prometheus.

• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]
Habilidades Utilizadas:
Passivas:
• Nome do poder: Conhecimento
Descrição: O semideus possui um raciocínio rápido, capaz de assimilar com facilidade novas coisas. Possuindo sede de conhecimento.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.

• Nome do poder: Conhecimento Mágico
Descrição: É natural para tais semideuses identificarem a magia e adquirirem conhecimentos sobre a mesma, possuindo conhecimento sobre grimórios, feitiços, línguas magicas, símbolos etc.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.
Ativas:
--
Missão Realizada:
• Missão fixa inicial: Para adentrar no evento de contos de fada é necessário fazer a missão fixa acima, sendo encontrado pelo coelho e guiado por ele até uma toca que o guiara para o mundo mágico. Você deve explicar como foi atraído pela criatura e o que te fez seguir ela, a missão termina com seu personagem caindo em um buraco que parece não ter fim, mas que num piscar de olhos também desaparece, te deixando em uma floresta estranha, onde alguém grita: Bem vindo a floresta encantada.

Recompensas: 500 XP e 500 Dracmas + 1 Fragmento.
Considerações:
• Battle Academy é uma escola para humanos e semideuses que faz parte da minha trama, e nesta há a turma especial que é diretamente ligada a aprendizados a respeito do mundo mitológico, treinamentos e afins. Para mais informações, leia o início post do diretor aqui.

• Não sei se contaria para o bônus do dia dos namorados, mas Raiden Beauchamp - citado algumas vezes neste texto - é o atual crush de Billy, portanto se possível eu gostaria de receber o bônus de 30% de exp e 50% de fragmentos nesta missão.

• Qualquer dúvida a respeito da trama, favor me enviar uma MP.

• Desculpe o tamanho do post introdutório, acabei me empolgando um pouco.
「R」


❖ Caelesti Igne ❖
"O fogo não é apenas dor e destruição, ele também pode ser um presente; uma centelha de vida."
Billy Castle
Billy Castle
Eruditos de Prometheus
Eruditos de Prometheus

Idade : 16
Localização : Por aí...

Voltar ao Topo Ir em baixo

[RP's] Billy Castle Empty Re: [RP's] Billy Castle

Mensagem por Selene em Seg Jun 10, 2019 7:23 pm


Billy Castle


Método de Avaliação:

Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão: 500 XP

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%

RECOMPENSAS (+30% de XP e Dracmas + 50% de Fragmentos)
 
650XP + 650 Dracmas + 2 Fragmentos.

Comentários:

Geral (coerência);
Adorei como pode mesclar sua trama (escola, romance) com sua ida ao mundo encantado. No começo pude ficar em dúvida (confusa) se descontava pela fuga perceptível pelo o que é descrito na descrição da missão mas decidi (após uma releitura detalhada) que era algo voltado ao seu personagem e com sua relação com o resgate, por isso considerei coerente.

Ortografia, gramática e fluidez;
Quanto a esse aspecto notei que sua escrita é excelente e como deixa claro em seu texto é mais que perceptível. Nada além disso poderia declarar, criança.

Avaliação final;
Após considerar todos os principais pontos pertinentes ao seu texto vi que merecia a recompensa máxima. Nada mais que merecido, Billy!

Espero poder lhe avaliar novamente.
Atenciosamente,
The Moon.



Atualizado por Hécate.




Selene
the moon
Selene
Selene
Deuses Menores
Deuses Menores

Localização : Desconhecido(a)

Voltar ao Topo Ir em baixo

[RP's] Billy Castle Empty Re: [RP's] Billy Castle

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum