The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Modelo de ficha para semideus

Página 2 de 72 Anterior  1, 2, 3 ... 37 ... 72  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Modelo de ficha para semideus

Mensagem por Athena em Sex Mar 07, 2014 7:56 pm

Camila
Spoiler:
Ficha aceita... Att bye Apolo...
Elena
Spoiler:
Ficha aceita
Ailee
Spoiler:
Ficha aceita, eu particularmente adorei sua historia, muito criativa e bem feita parabéns.
avatar
Athena
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 7949
Idade : 22
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Modelo de ficha para semideus

Mensagem por Lily McMillian em Sex Mar 07, 2014 8:49 pm


Lily McMillian



Pensei que seria somente mais um dia tedioso no colégio ou até mesmo em uma pequena cidade onde eu moro perto de Nova Iorque. Para minha surpresa, uma aluna nova em minha classe se transformara em uma espécie de monstro estranho, com o rosto feio e com asas e garras assustadoras. Eu literalmente não sabia se eu achasse isso totalmente bizarro ou ficasse totalmente assustada e bancasse a garotinha indefesa. Mas uma coisa vou lhe contar, eu estava com muito medo, muito mesmo. Ela me perseguiu enquanto eu ia beber água, assim que ela se transformou eu corri tentando achar um lugar para me esconder ou até mesmo para achar uma coisa para me proteger.
Virei para o outro corredor e entrei dentro da pequena sala onde o zelador guarda os produtos de limpeza, vassouras e algumas latas de lixo vazias. Olhei para os lados, tentando procura algo para me proteger, revirei algumas coisas no canto e consegui achar um bastão grande de ferro. Na hora que ia pegar o bastão, tomei um susto ao ver a aluna nova quebrar uma boa parte da porta com um chute forte. Ela tentou encravar suas garras em meu pescoço, mas o que ela conseguiu foi fazer um pequeno corte em meu rosto. Eu a empurrei e ela caiu no chão, quando ela levantou, conseguiu me empurrar contra um armário cheio de produtos de limpezas.
Na hora que ela ia se aproximar novamente de mim para tentar me matar o sinal batera. A aluna nova que agora é uma monstro rapidamente olhou para atrás e vira uma pessoa.
- Saia daqui, seu idiota ! - Ela gritou.

- E não vou deixar que machuque a Lily. - Disse o homem, e somente uma voz que eu conheço.
Ele estava com uma adaga e se aproximou da criança. Finalmente pude ver o rosto homem. Francis, amigo de infância do meu pai e também meu vizinho.
Eu dei um sorriso, ele segurou a criatura e deu alguns socos nela, a menina que havia se transformado em monstro não deixara barato e arranhara seus braços e seu rosto. Por fim, Francis goleou com sua adaga a barriga da criatura. Ela grunhiu de dor e se transformara em pó.
Após o ocorrido, Francis me levara para casa, pediu para que eu arrumasse minhas coisas e que no final de semana iríamos viajar. Naquele mesmo dia ele e o meu pai conversaram. Escondida atrás na porta da cozinha, eu tentei ouvir a conversa.

- Ela morando naquele Acampamento ? Nem pensar ! Ela deve ficar aqui ! - Meu pai dissera um pouco exaltado. - Eu for falta de proteção, sou capaz de proteger a mim e a ela. -

- Tem que entender, Josh ! Os monstros vão perseguir-la, não vão parar enquanto ela não morrer. É o meu dever proteger-la, tenho que leva-la para um local protetor. E sinto muito lhe dizer, esse lugar não é um local protetor para a Lily - Disse o Francis. - Ela precisa ir para o Acampamento o mais antes o possível. -

Meu pai ficará quieto, olhei pela pequena brecha da porta que estava semi-fechada. Vi que o meu pai estava chorando. Fiquei meio perplexa, nunca vi meu pai chorando. Fiquei meio triste ao ver meu pai daquela forma e fiquei sabendo da pior forma que iria morar em um lugar diferente, um Acampamento. Não sabia que tipo de Acampamento é esse. Uma parte de mim não queria abandonar meu pai. Sei o quão ruim foi para ele ser abandonado pela a minha mãe, agora sou eu que estou saindo por aquela porta. Antes de ir dormir, deitei-me na cama e ficará ficando o teto. Meus pensamentos já estavam se acostumando em morar em um outro lugar, já estava imaginando como seria lá. Enquanto estava começando a ter um devaneio, meu pai entrará no quarto.
Levantei e fiquei sentada na cama, ficando atentamente meu pai. Ele falu tudo o que eu já estava sabia. Ele chorou novamente e eu o abraçei. Além de ser muito persistente, ele também queria me proteger.

...


Se passaram alguns dias e eu estava com tudo pronto para ir a esse lugar novo com o Francis. Após chegar ao lugar novo, eu fiquei fitando o belo lugar, o Acampamento era muito bonito. Fui muito bem recebida pelos os outros campistas, um pequeno grupo me convidara para conhecer todo o Acampamento.
O Acampamento em si é bem legal. Tinha chalém diferentes. Alguns parecido com alguns traços gregos. Outros eram como se fossem um chalés normal e alguns coloridos. Havia o lindo campo de morangos, a casa grande parecia bem legal, o lago tinha uma linda vista. Mas o que não esperava era uma parede de escalada com lavas, eu me perguntava se realmente aquele local era totalmente seguro.O que era mais estranho era algumas pessoas que aparentava ter a minha idade e alguns mais novos estavam de armaduras, escudos e espadas.
Enquanto eu andava pelo o Acampamento, olhava para os lados até Francis me chamar e eu dei um grito. Quando eu olhei para ele eu vi que o mesmo tem pernas de bode. Sim, pernas de bode.
Ele sorriu ao ver minha reação.
- Se assustou né ?! - Ele disse ainda sorrindo. - Esse é o Acampamento Meio-Sangue. -

Olhei para os lados para observar os outros campistas com e sem armadas. Logo desviei o olhar para o Francis.
- Hum... Eu só queria saber o porque muitas pessoas estão com espadas e escudos ? -

Francis deu uma risada e dissera que iria me levar para a casa grande. Assim que chegamos lá, conheci o Quíron, o diretor do Acampamento.
Por mais eu que eu não acredite em mitos. Fiquei perplexa, mal esperava saber que minha mãe seria uma deusa. Quíron também me contara que deuses gregos existem e que monstros da mitologicos estariam a solta por aí e que no Acampamento estaria salva e aprender a saber se virar com esses monstros.
Eu fiz algumas perguntas ao Quíron e ele as respondeu. Assim que terminados de conversar, ele me levará até a varanda. Eu ia descer as escadas mas Quíron e Francis me olharam assustados.

- O que aconteceu ? - Perguntei.

Francis não conseguia falar uma palavra, apenas apontara para algo acima da minha cabeça. Quando eu olhei havia dois romãs em formato de holograma.

- O que isso significa ? - Perguntei assustada.

- Seja bem vinda ao Acampamento, filha de Perséfone. - Por fim disse Quíron.
16 ANOS
HETEROSSEXUAL
FILHOS DE PERSÉFONE


Mais sobre você on.
CARACTERÍSTICAS FÍSICAS

A garota tem uma beleza muito incomum e diferente, o faz com que chame bastante atenção, ainda mais com os seus belos olhos em um tom de mel meio escuro e bastante expressivos. Ela tem um belo tom de pele caramelado, seus cabelos castanhos escuros são longos e quando chega as pontas são cacheados e algumas madeixas tem tons de um castanho um pouco claro. Ao fitar o rosto da garota, é parecido com o de sua mãe olimpiana, mas o formato dos olhos são quase identico ao de seu pai. O corpo da garota é magro e ela é quase alta.

CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS.

Lily é uma garota gentil, amigável, bastante comunicativa e muito esforçada, por mais que o seu TDAH e sua deslexia a atrapalhe um pouco. Quando considera uma pessoa ela é bastante carinhosa, anteciosa e se possível se preocupa demais com o indivíduo. Mas quando alguém a irrita, ela pode ser a pior pessoa que existe. Lily não suporta pessoas falsas, traídoras, irritantes e principalmente as arrogantes. Por mais que ela seja uma garota comunicativa, em algumas ocasiões ela pode ser muito tímida.



Mais sobre você off.
Sobre você

Idade : Kariny
Nome : 18
Ano escolar : 2º ano - Ensino Médio

Redes sociais

Facebook : Kariny Ximenes
Twitter : @a_robotgifl
Tumblr :
Skype : 1cupcakesemidejs

OBS : Apenas se quiser colocar. Caso não queira deixe os espaços acima em branco.

Fale um pouco de você.

Sou uma pessoa normal (meia doida as vezes), mas um pouco chata. Sou bastante tímida, exceto com os meus amigos. E não gosto muito se arranjar brigas, mas se a pessoa ficar implicando comigo, claro que vou me defender.


Código por Oyuki ♣ 2012
avatar
Lily McMillian
Filhos de Perséfone
Filhos de Perséfone

Mensagens : 6

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Modelo de ficha para semideus

Mensagem por Bryann Del Fuego em Sex Mar 07, 2014 9:07 pm


NOME COMPLETO


Eu nasci no noroeste da França em uma pequena cidade chamada Saint-Malo. Morei em um orfanato a maior parte da minha vida, até que aos sete anos finalmente fui adotado por uma família alemã que foi morar na França, essa família não era das mais legais comigo, minha vida com eles era semelhante à de Harry Potter com os Dursley. Bem, meu quarto era do tamanho de um banheiro comum, ali dentro só cabiam duas coisas: minha cama e uma pequena estante com minhas poucas roupas. Todas as obrigações domésticas eram passadas para mim e caso eu não cumprisse todas elas de maneira impecável, era castigado pelo meu pai adotivo.

Como se tudo isso já não fosse ruim o bastante, com oito anos minha família descobriu meu talento musical. Desde então eles passaram a usar isso para lucrar. Me levavam em vários testes e concursos de canto, na maioria deles eu ganhava sem maiores problemas, e minha família ficava com todo o lucro, depois disso comecei a achar que ter um talento é uma coisa ruim. Felizmente consegui fugir de casa e voltar para o orfanato, onde foi recebido de braços abertos por todo mundo e como herói por ter suportado tudo aquilo. Com 12 anos fui adotado novamente, mas desta vez por uma família inglesa. Fui morar em Londres e comecei a ajudar meus pais adotivos trabalhando em tempo integral como instrutor na academia da minha nova família. Esse foi um breve resumo da minha vida até hoje, mas a partir daqui tudo vai mudar.

Era apenas mais um dia comum e monótono para mim. Como de costume eu acordará bem cedo e devorara meu café da manhã ás pressas. Agora eu estava correndo feito um louco por uma das ruas mais movimentadas de Londres, a famosa Fleet Street. Após um tempo, eu finalmente cheguei ao meu destino, a academia dos meus pais adotivos, que futuramente iria pertencer a mim. Eu trabalhava ali como instrutor e bem, hoje era o meu dia de abrir o local. Retirei as chaves que estavam no meu bolso e já estava encaixando-as na fechadura quando notei que algo estava errado. Empurrei sutilmente a porta e vi que ela não estava fechada, apenas encostada. Respirei fundo e adentrei no local a passos lentos e calmos, o medo tomava conta de parte do meu corpo, mas eu não iria deixar isso me vencer. Subi os degraus e ao chegar lá em cima, meu queixo quase caiu. Em uma das máquinas de musculação havia um homem musculoso e com um daqueles coletes de motoqueiros e óculos escuros pretos, ele estava com uma expressão de dor enquanto levantava dois pesos com seus braços.

- Novecentos e noventa e seis. - disse ele.

- Senhor..- murmurei ainda chocado.

- Novecentos e noventa e sete, novecentos e noventa e oito, novecentos e noventa e nove. - prosseguiu ele.

- Senhor! - falei novamente, mas desta vez um pouco mais sério.

- Mil! - berrou ele soltando um suspiro e largando os pesos e fuzilando-me com seu olhar. - Olá, o que você quer moleque?

- Bem, essa academia é minha e dos meus pai, e você acabou de invadi-lá. - falei enquanto pegava uma barra de ferro.

- Ah claro! Me desculpe, eu estava dando uma passagem pela cidade e decidi cuidar da minha forma física, enfim já vou indo. - disse ele usando uma toalha para secar o rosto e se levantando.

- Espere. - proferi de uma maneira calma. Eu não queria irritar o homem, sabia que ele era mais forte que eu. - Você não pode sair daqui impune, terá que pagar uma multa. - finalizei apertando a barra de ferro que estava na minha mão.

- Certo, certo, quanto você quer? - disse ele tirando um "bolo" de dinheiro do bolso. - Quinhentos? Quatrocentos? Espere um pouco. - continuou ele enquanto seguia na minha direção e parecia farejar-me. - Posso te oferecer outra coisa, você que sabe, quer dinheiro ou uma informação muito importante sobre você? - concluiu ele.

Como assim uma informação importante sobre mim? O que poderia ser tão importante? E como ele sabia aquilo? Por algum motivo fiquei muito curioso, de maneira insegura e tomado pela curiosidade falei:

- E-eu quero a informação.

Sabia que era arriscado e que poderia ser mais uma daquelas "pegadinhas", mesmo assim não consegui mudar de ideia.

- Bom, agora vou colocar você para dormir. - disse ele.

Não tive tempo nem de me preparar, quando vi estava em um campo cheio de girassóis. Um pouco mais distante vi uma mulher alta, com a pele clara e cabelos pretos que lhe caiam até a cintura.

- Aquela é a sua mãe. – disse uma voz atrás de mim. Ao virar-me deparei-me com o motoqueiro que havia invadido a academia. Quase soltei um grito, mas por fim consegui me segurar. Um turbilhão de perguntas surgia na minha cabeça. Como assim ele estava invadindo meu sonho? Que coisa é essa? Como isso era possível? Aquela mulher era mesmo minha mãe? Voltei meus olhos na direção da mulher, ela continuava ali parada até que um homem apareceu. Ele era alto, bronzeado e trajava uma camisa regata com um shorts preto. Parecia um verdadeiro garanhão. O homem e a mulher se abraçaram e logo depois se beijaram, então seguiram de mãos dadas até uma pequena casa de madeira que ali havia. De repente a cena mudou, eu agora estava de volta à academia e o tal “motoqueiro” assustador segurava meu ombro.

- A - aqueles dois são mesmo meus verdadeiros pais? – falei meio tonto enquanto olhava para o estranho homem.

- Sim. E tem mais uma coisa que você precisa saber: você é um semideus. – murmurou ele.

- S-semideus? O que é isso? – perguntei fuzilando o motoqueiro com um olhar meio confuso.

- É quando uma pessoa é filho de um mortal com um deus, como você. – proferiu ele como se estivesse entediado.

- Que tipo de deus? Bem, sei que você deve conhecer os famosos deuses gregos e sim eles realmente existem e você é filho de um deles. - finalizou o tal motoqueiro esquisitão. Fiquei em completo silêncio, estava me sentindo mudo.

Um turbilhão de perguntas novamente se formou, mas comparado com o anterior esse era muito maior. Ele estava falando a verdade? Como assim eu era filho de um Deus? Como isso era possível? Eu estava ficando louco? Ao ver minha expressão o homem abriu um sorriso e falou:

- Você não notou coisas estranhas na sua vida, como por exemplo, dislexia e monstros a sua volta?

- S-sim, mas achei que fosse só coisa da minha cabeça. – respondi ainda chocado com tudo aquilo.

- Bem não era, enfim agora que você sabe que é um semideus é só uma questão até que esses monstros te encontrem, eu se fosse você iria para o lugar mais seguro para pessoas como tu. O “Acampamento Meio-Sangue”. – disse o homem.

- Acampamento Meio Sangue? O que é isso? – perguntei ainda mais confuso.

- É o lugar onde os semideuses treinam e ficam mais fortes para poder se defender dos monstros que estão por aí a solta. – respondeu ele. – Bom, eu já chamei um táxi que estará aqui daqui a alguns minutos, agora a escolha é sua. – finalizou o mesmo.

Eu não podia viajar assim sem avisar aos meus pais, mas por algum motivo tudo que o homem dizia parecia ser verdade. Pensei por alguns segundo e então decidi arriscar tudo, não tinha nada a perder. Após alguns minutos escutei uma buzina e eu e o tal motoqueiro descemos as escadas rapidamente. Ele me entregou alguns dólares e em seguida subiu em sua moto e partiu. “Mãe e pai, me desculpem” pensei enquanto entrava no carro, entregava o dinheiro para o taxista e dizia:

- Vá até Long Island, por favor.

♦♦♦

Ao chegar no local, desci do carro e fui na direção de um grande arco com um grande letreiro em cima que meu cérebro rapidamente traduziu.

- Acampamento Meio Sangue, vamos ver as coisas boas que temos aqui.– falei passando pelo arco.

16 ANOS
HETEROSSEXUAL
FILHOS DE APOLO


Mais sobre você on.
CARACTERÍSTICAS FÍSICAS

Tenho cabelos pretos e olhos igualmente da mesma cor que parecem duas jabuticabas de tão brilhantes, sou muito bonito e possuo um corpo bem definido, isso porque eu sempre achei que cuidar do corpo era importante e por causa da minha mãe, que sempre cobroou isso de mim. Tenho um sorriso cativante e extremamente brilhante colgate gosto de me vestir de um jeito mais casual e que me deixe à vontade, porém sempre com muito estilo.
CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS.

Sou um menino muito extrovertido e alegre. Quando planejo alguma coisa vou até o fim, nunca desisto. Quando coloco uma ideia na minha cabeça, acredite, ela não irá sair mais de lá. Ás vezes sou vaidoso e confiante em excesso.  Sou muito agitado e gosto de fazer novos amigos e sou muito leal a eles. Esse talvez seja meu maior defeito junto com a minha autoconfiança extrema.



Mais sobre você off.
Sobre você

Idade : 14 anos
Nome : Fernando Vargas
Ano escolar :  9º ano - Ensino Fundamental

Redes sociais

Facebook :
Twitter :
Tumblr :
Skype :
Whatsapp: 96016-1603

OBS : Apenas se quiser colocar. Caso não queira deixe os espaços acima em branco.

Fale um pouco de você.

Digamos que eu sou um típico filho de Apolo em off também, minhas características psicológicas são bem parecidas com a do Bryann mesmo, odeio perde seja em qualquer coisa, pode ser até uma discussão inútil. Fora isso, vejamos... Amo esportes e sou muito bom neles, e nunca saio perdendo, sempre retruco e busco sair por cima. Também sou muito vingativo hehe. Bom, acho que é só.


Código por Oyuki ♣ 2012
avatar
Bryann Del Fuego
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo

Mensagens : 16

Voltar ao Topo Ir em baixo

O autor desta mensagem foi removido do fórum - Ver a mensagem

Re: Modelo de ficha para semideus

Mensagem por Athena em Sex Mar 07, 2014 9:17 pm

Bryann
Spoiler:
Ficha aceita
Zoey
Spoiler:
Ficha aceita, parabéns gostei bastante de sua historia você escreve muito bem.
avatar
Athena
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 7949
Idade : 22
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Modelo de ficha para semideus

Mensagem por Dyllan Black em Sab Mar 08, 2014 1:54 pm


Lucca Q. Winchester



Antes de contar como Lucca descobriu ser um semideus, falarei um pouco sobre o garoto e a vida que ele levava na cidade de Nápoles, na Itália. Ele morava em uma das maiores cidades italianas, na terra natal da pizza e a alguns quilômetros do monte Vesúvio, era uma cidade muito visitada por amantes de história, tanto que o centro histórico da cidade é considerado patrimônio mundial. O garoto louro estudava no período noturno em uma grande escola de ensino particular na cidade, cursando o segundo ano do ensino médio, o mesmo não trabalhava.

Ele tinha uma péssima relação com a mãe dele, dona de uma das grifes mais famosas do continente europeu, uma mulher muito rica e atarefada e tudo só estava piorando desde quando ela abriu algumas filiais e fez um desfile em Cannes, na França e em Paris. Lucca nunca teve esta relação com a mãe, pois ela não ligava para ele desde quando ele se entende por gente, ele nunca perguntou e não fazia ideia de quem seria seu pai. A mãe era descuidada com o filho, ele tinha que se virar para ir e voltar da escola no horário certo e recebia punições sempre que chegava atrasado. Os empregados da casa também recebiam o pior tipo de tratamento que poderia vir de uma mulher nojenta como Andrea Bertolazzo. Os únicos momentos em que Lucca se sentia bem era quando não estava sendo perseguido por nada sobrenatural e conversando com seus amigos na escola e se sentia extremamente feliz quando conseguia fugir da mansão dele e ir para festas em baladas espalhadas por toda a Nápoles, a tarefa se tornava fácil quando Andrea não estava em casa, o que era muito comum.

Lucca já havia beijado muitas garotas em festas, mas só uma tinha o coração dele. O nome dela era Nina, era loira, olhos azul-celeste e muito simpática, porém o garoto tinha medo de pedir ela em namoro e ela descobrisse como a vida dele era horrível, o que faria com que ela sofresse junto dele.

Mas enfim, agora que já apresentei um pouco da história de Lucca, vamos saber como ele foi parar no glorioso acampamento meio-sangue;

Era uma noite de quarta-feira e o diretor da escola entregou um bilhete anunciando uma excursão para Roma, visitaríamos os centros históricos e conheceríamos mais sobre os deuses da mitologia. Baco, Mercúrio e Febo eram os preferidos de Lucca. Então... o garoto foi para casa e mostrou o bilhete pra sua mãe, ela assinou e mandou o garoto para o quarto dele.

(...)


A excursão seria durante o dia, somente Nina iria com Lucca para a capital italiana, o resto da sala precisava trabalhar ou simplesmente rejeitaram o convite. Francamente, Lucca também não sabia o que estava fazendo naquele ônibus com as turmas do ensino matutino e vespertino, mas estava feliz por ter se sentado ao lado de Nina, que ficou calada durante a maior parte do tempo.

Já fazia uma hora que o ônibus estava na rodovia, a maioria dos alunos estavam sonolentos ou dormindo (Nina dormiu e acabou se encostando em Lucca sem querer, o que o deixou bem feliz). Até que o ônibus deu uma freada muito brusca e um "CRECK" nauseante ecoou por todo o automóvel. As pessoas acordaram, muito assustadas e um dos professores que estava na frente de ônibus gritou para que nós descêssemos. Lucca começou a sentir um mau pressentimento muito grande, ele sentia que algo mudaria muito dali para a frente.

O semideus estava certo, assim que ele desceu do ônibus, viu no que ele havia batido. Caído no meio da rodovia estava um cão de pelo menos cinco metros de altura com pelagem negra. Assim que ele sentiu o cheiro de Lucca, se levantou e avançou com um pulo, derrubando-o no chão com um impacto forte. Ele rolou por um pequeno barranco e só parou porque foi bloqueado por uma árvore, o que o deixou com um hematoma bem grande. O monstro ia voltar a atacar o garoto, mas Nina se colocou na frente dele, este hesitou em atacá-la. Então Lucca viu ela ativar alguma coisa que pareceu virar uma espada, mas a dor dele estava deixando sua visão turva, até que tudo ficou preto e Lucca apagou.

Ele acordou dentro de um avião, ele não sabia como foi parar lá dentro, mas estava entre Nina e um garoto moreno com a cara cheia de espinhas, os dois observavam atentamente o garoto e discutiam algo como "É Dionísio", "Não, é de Hermes". Lucca não estava entendendo aquilo, então os dois salvadores explicaram que o pai de Lucca era um deus grego - isso explicava porque Andrea não voltou à Grécia depois que o garoto nasceu - e que agora ele estava indo para um acampamento onde aprenderia a se defender de monstros. Eles falavam aquilo no meio dos passageiros do avião como se fosse a coisa mais normal do mundo.

O tal acampamento ficava em Long Island, ao desembarcarem em Nova York, o filho do deus grego não teve tempo de admirar a cidade, ele apenas foi colocado numa van e levado para o único lugar seguro para semideuses... o acampamento meio-sangue.
16
Hétero
Dionísio


Mais sobre você on.
CARACTERÍSTICAS FÍSICAS

Lucca, um garoto de 16 anos, não muito forte nem muito fraco para sua idade, tem o corpo ideal para sua idade e proporção de altura, sempre muito saudável e bonito, ele consegue seu destaque, tem os cabelos grandes na altura do ombro, Cabelos castanos de olhos claros e pele branca, parece um pouco com um surfista americano viciado em ondas, mas não é, Lucca  nunca gostou muito de mar, praia e coisas do tipo..
CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS.

Com uma personalidade muito forte, ele não gosta de assumir que esta errado, tem um "gênio" pessoal muito forte e um alto ego que irrita muitas pessoas, mas tirando esses defeitos, ele consegue ser simpático, um pouco reservado mas carismático, tem um sério problema em confiar nas pessoas, as vezes um pouco solitário, mas isso nunca foi problema para o mesmo.



Mais sobre você off.
Sobre você

Idade :16
Nome :Fabiano Jose Correia
Ano escolar : 1º ano - Ensino Médio
Redes sociais

Facebook : Fabiano Jose
Twitter :~
Tumblr :~
Skype :fabianojcorreia

Fale um pouco de você.

Não gostumo fazer amisade facil sou bem timido, gosto muito de ler, jogar video game, navegar pela internet,não sou muito de sair de casa com as pessoas que tenho amizade sou bem verdadeiro não gosto de mintiras odeio esperar, mas gosto que me esperem.


Código por Oyuki ♣ 2012


Última edição por Lucca Q. Winchester em Sab Mar 08, 2014 2:41 pm, editado 1 vez(es)




No início você toma uma bebida,
depois a bebida toma uma bebida, depois a bebida toma-o a si.


Dyllan Black
❄️
avatar
Dyllan Black
Filhos de Dionisio
Filhos de Dionisio

Mensagens : 45
Idade : 20
Localização : qualquer lugar que tenha bebida

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Modelo de ficha para semideus

Mensagem por Apolo em Sab Mar 08, 2014 2:07 pm

Lucca
Spoiler:
Aprovado'
avatar
Apolo
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 164

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Modelo de ficha para semideus

Mensagem por Allyria em Sab Mar 08, 2014 3:30 pm


Lyra Benson

Lisa é uma menininha adorável de 5 anos que perdera os pais em um acidente de carro. Sua mãe biológica, Annabella engravidara solteira e muito cedo de um jovem musico Anthony, mas, sem apoio dos pais a mesma foge com o namorado. Mas a vida que tiveram não foi um Mar de Rosas,além de um bebê que mudara suas vidas,haviam mudanças constantes devido a profissão de seu marido,alem de seu pai a renegar por sua gravidez indesejável. A 3 anos atras Anthony decolara sua carreira fazendo a abertura do show da banda Paramore, e todos estavam contagiados por sua alegria,as malas foram feitas,e então partiram.Estava escuro e havia pequenos serenos,mas a estrada não estava escorregadia,o que fizera Anthony pensar que devia continuar a viagem,ansiosos pela chegada.
Mas seu sonho foi desmanchado,quando seu carro deslizou na pista,e despencou de uma ponte.Os pais de Lisa ,morreram na hora,deixando sua angelical e adorável filha,no qual permaneceu em coma por 6 meses,ao acordar destinada a um orfanato de meninas.
A partir dai Lisa foi criada por freiras, do acidente? não se lembra nada...
Um ano após a tragedia a pequena menina de cabelos avermelhados e olhos azuis se encontrava alegre em um passeio do orfanato ao lago de Nova Jersey, era uma menina muito curiosa e adorava aprender, as crianças se divertiam, não era sempre que tinham a chance de sair do orfanato.Lisa era diferente das demais meninas, era travessa, tinha grande dificuldade de aprendizado e era muito hiperativa. A menina estava meio dispersa de sua turma, que tinham apenas meninas de sua idade.
Sua professora descuidada não vira a menina se afastar seguindo uma borboleta colorida, a menina era sapeca, corria atras daquele estranho ser de asas rindo alegre, a inocência da criança acabou a fazendo se perder dos demais, adentrando fundo no bosque, onde estava?. Para quem não sabe, um conselho, nunca deixe uma criança sozinha em um lugar que ela não conhece, é obvio que ela se assustara, e com Lisa não foi diferente, sozinha no meio do bosque a menina estava assustada, por uma traquinagem acabara por se perder de sua professora e coleguinhas, se alguém sentira falta ela não saberia, estava com medo e pequenos soluços irromperam de sua garganta, lagrimas descendo por seu rostinho de boneca, ela se sentou embaixo de uma arvore encolhida e permanecera ali aos prantos, sem ninguém para ajuda-la.
Estava começando a escurecer quando do nada uma moça aparece em sua frente, ela não a conhecia, e até a achava bonita.
-O que uma menina tão bonita como você faz num lugar como esse?-Perguntou a mesma e abriu um sorriso estranho para a menina.
A mesma assustada não sabia o que fazer, mas de qualquer maneira era educada demais para não responder a moça.
-Eu me perdi da madre Cecilia, não sei como voltar- disse a mesma chorosa.
-Hora Hora mas isso é ótimo-disse ela mostrando presas? Presas?
Foi ai que tudo começou a ficar estranho, a moça se transformou em um horrendo monstro, com asas, pernas de ferro, olhos vermelhos e sanguinários e seus dentes, eram de vampiros. O que era aquilo afinal?
A menina ficou assustada, coisas estranhas aconteciam com a mesma desde que era um bebê, mas sua mãe sempre a acalmava dizendo que era só sua imaginação mexendo com sua cabeça, mas agora era demais pra menina.
Tudo a seguir foi rápido demais, a mostrenga foi dar o bote e pulou pra cima de Lisa, e então um rapaz, uma menina loira e um menino bode apareceram, fazendo o que ela achava estar em sua frente a um segundo atras virar apenas pó dourado.
Ela olhou pra cima onde o garoto com cabelos loiros e olhos azuis lhe estendia a mão sorrindo.
Ela não entendeu o porque mas sorriu novamente sua vida acabara de ganhar uma reviravolta.
-Venha eu vou te levar para um lugar seguro.(WORD/ARIAL-12)

OBS: NÃO SERÃO TOLERADOS ERROS ORTOGRÁFICOS.
IDADE-5 anos
OPÇÃO SEXUAL-Hetero
GRUPO-Filhos de Afrodite


Mais sobre você on.
CARACTERÍSTICAS FÍSICAS

Lisa tem cabelos claros,loiro mel para ser mais exata, belos olhos azuis e uma boquinha pequena e vermelha, suas bochechas são delicadas e levemente rosadas, é bem pequena pra uma criança de oito anos, passaria por 6 facilmente, é magrinha. Seu sorrido simplesmente encanta qualquer um ao seu redor. (word/arial - 12)

CARACTERÍSTICAS PSICOLÓGICAS.

É uma criança alegre apesar dos traumas da infância, sempre sorri pra tudo e todos, se distrai muito facilmente, perincipalmente com coisas coloridas, não gosta do escuro. Sua maior paixão é a musica, Antony seu pai adotivo que morreu, era musico e isso que fez despertar o interresse na criança.Muito Travessa, fala mais do que deve. (word/arial - 12)



Mais sobre você off.
Sobre você

Idade :18 anos
Nome :...
Ano escolar : Escola Concluída ( Exemplo : 9º ano - Ensino Fundamental / 2º ano - Ensino Médio)

Redes sociais

Facebook :
Twitter :
Tumblr :
Skype :

OBS : Apenas se quiser colocar. Caso não queira deixe os espaços acima em branco.

Fale um pouco de você.

Não tem mínimo de linhas. Mas fale como costuma agir com as pessoas, faz amizade fácil ? É esperto(a) ?
Conte-nos sobre você.
Sou muito alegre e divertida, geralmente faço amigos facilmente, adoro me divertir, pintar, desenhar e cantar.


Código por Oyuki ♣ 2012


Última edição por Lyra Benson em Seg Abr 07, 2014 12:44 am, editado 3 vez(es)
avatar
Allyria
Descendentes
Descendentes

Mensagens : 212
Idade : 8

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Modelo de ficha para semideus

Mensagem por Apolo em Sab Mar 08, 2014 3:38 pm

Lisandra
Spoiler:
Aprovado'



A po lo
avatar
Apolo
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 164

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Modelo de ficha para semideus

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 72 Anterior  1, 2, 3 ... 37 ... 72  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum