The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

[RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard Empty [RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard

Mensagem por Amberlee Jean Elessedil em Seg Mar 11, 2019 5:24 pm

Neste tópico se encontram as missões fixas de Amberlee Jean Elessedil, prole de Nice e legado em Dionísio, e Eretria Ostergaard, prole de Belona, residente da V coorte, referentes ao evento Blood Of Chaos. Favor não postar aqui caso não seja avaliador.


run, girl, run
Amberlee Jean Elessedil
Amberlee Jean Elessedil
Filhos de Nice
Filhos de Nice

Idade : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

[RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard Empty Re: [RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard

Mensagem por Amberlee Jean Elessedil em Seg Mar 11, 2019 5:57 pm






And the guns, shot above our heads, And the shame, was on the other side. Oh, we can beat them, forever and ever, Then we could be heroes just for one day
Amberlee limpou o suor que escorria pela testa e respirou fundo, apoiando as mãos nos joelhos, por causa do corpo que estava curvado sobre as próprias pernas. Tinha feito seu melhor tempo desde que chegara ao acampamento – vinte e dois segundos e três centésimos –, mas precisava melhorar. Na pista de corrida da sua antiga escola, bateu um recorde consagrado há anos: dezenove segundos e nove centésimos. Ali, no CHB, com todo o preparo físico que lhe era disponibilizado, a filha de Nice tinha certeza que conseguia bater os dezoito segundos. Com mais uma puxada de ar, olhou de relance para Amily, que afirmou com a cabeça e gritou um “já”.

A morena tomou impulso e começou a fazer o que mais gostava na vida: mover rapidamente as pernas, sentindo a brisa do vento no rosto, com os fios de cabelo bagunçados, correndo diretamente com um só objetivo, a vitória. Sabia que tinha ido melhor do que antes e, ao cruzar a linha feita na areia da praia, escutou a loira gritando atrás de si, em espécie de comemoração. Virou-se rapidamente, andando até ela com uma euforia inexplicável. – O que? O que foi? Eu bati meu último recorde? – a líder do chalé de Nice afirmou com a cabeça, fazendo com que o coração de sua irmã palpitasse sem cessar. – Mas, calma. Não se anime tanto, você bateu só dois centésimos. – com uma gargalhada gostosa, a mais nova moveu a mão na frente do rosto, limpando mais algumas gotas do suor que descia. – Centésimos são uma vida para um atleta.

Ambas começaram a caminhar lado a lado, de volta para o chalé. A loira tinha olhado em seu relógio, e era o momento exato para retornar a sua suposta casa e preparar-se para o treinamento especial, liderado por Ariel e Halsey, líder dos mentalistas e do chalé de Éris, respectivamente. A primeira já era de conhecimento de Amberlee, pois participou da sua aula no labirinto, o que fez a filha de Nice lembrar-se da companheira de atividade que teve alguns dias atrás. Eretria não tinha aparecido mais, e a Elessedil não fazia ideia de onde ela tinha se enfiado. Provavelmente voltara para casa, ou alguma coisa do tipo. O pensamento sobre a menor sumiu exatamente como tinha aparecido, repentinamente.

Preparou-se, então, depois de um longo banho quente e reconfortante. Resolveu deixar os cabelos soltos, prendendo apenas a franja que insistia sempre em atrapalhar quando não devia, e colocou uma roupa que provavelmente lhe ajudaria em qualquer batalha. Prendeu na bainha a faca de bronze que ganhou ao ingressar oficialmente no acampamento, e, nas costas, colocou Alabarda com segurança. Sem mais delongas, saiu do chalé acompanhada de seus irmãos, e, juntos, eles lançavam uma aura de vitória por onde quer que passassem.

O local já estava frequentado por alguns outros semideuses, que se posicionavam ao redor de Ariel e Halsey. Não pôde deixar de notar a ligação que existia entre as duas, e sorriu, por ver que elas utilizavam aquilo não apenas para benefício próprio, mas queriam também ajudar os outros. Depois de escutar atentamente a todas as explicações, Amberlee varreu os olhos pelo local, procurando ver alguém conhecido, que pudesse realizar as atividades junto com ela. Ironicamente, se deparou com quem não esperava ver de novo.

Eretria estava parada alguns metros da mais alta, também procurando alguém que conhecesse para fazer o que era designado pelas outras líderes. Respirando fundo, Amberlee aproximou-se dela, cruzando os braços e pendendo a cabeça para o lado. Ao ver o olhar de reprovação da outra, reprimiu uma risada, negando com a cabeça. – Você pode não gostar de mim, Eretria. Mas, não pode negar que formamos uma bela dupla.
Missão fixa escreveu:• Blood of Chaos: Para participar do evento, o semideus deve postar essa missão fixa para garantir a sua entrada. Nesta missão deverá ser narrado como o campista chegou ao local programado para o evento acontecer - a arena - e o que lhe motivou a participar.
Recompensa: 500 XP e 250 Dracmas.
itens levados:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• Alabarda [É como uma lança-machado. A lâmina na ponta é muito boa para impactos, e o outro lado bom para parar investidas. A haste é feita de um tipo de madeira resistente e encantado para tal, e a lâmina e pontas são feitas de ouro imperial. Exige força e treinamento para ser utilizada com maestria. | Efeito 1: Tal arma pode passar a ter o peso nulo, durante dois turnos, caso seja utilizada em batalha, porém pode durar mais tempo caso seja usada fora de batalha. | Efeito 2: A alabarda é capaz de encolher, ficando do tamanho de um pequeno pingente, ainda conservando a sua forma, mas apenas diminuída. | Ouro Imperial e Madeira. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

blood of chaos • arena • usando isto








run, girl, run
Amberlee Jean Elessedil
Amberlee Jean Elessedil
Filhos de Nice
Filhos de Nice

Idade : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

[RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard Empty Re: [RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard

Mensagem por Eretria Ostergaard em Seg Mar 11, 2019 8:31 pm

I been doing shIt these hoes don't like • • • •

A convicção de que sua estadia naquela panteão ainda não tinha acabado se solidificou quando o anúncio do treinamento realizado por duas das instrutoras gregas chegou aos ouvidos da legionária. Eretria ainda tinha dúvidas de seu real propósito ali e não media esforços para adiar a reflexão de tal coisa sempre que uma notícia interessante era abraçada por sua atenção. De certa forma seria regida por um batalhão de novos conhecimentos que, ao seu ver, teriam uma linha de inserção interessante em seu currículo de habilidades.

Primeiro procurou saber sobre o comportamento das líderes pretendendo evitar qualquer reação que provocasse complicações maiores. Tinha uma certa dificuldade para seguir regras e se manter no alinhamento ético de qualquer coisa, o que por si só já seria um ótimo desafio. Tratando-se de um evento ornamentado para implementar habilidades nunca antes treinadas, a romana precisaria de um lote generoso de concentração para conseguir se destacar. De pé, encarava o batalhão de semideuses dispostos a enfrentar aquela nova jornada. Pelo discurso formalizado pelas líderes, as atividades não possuiriam níveis absurdamente difíceis, apesar de conter fragmentos de uma dificuldade particular no individual, o que acabou preocupando a prole de Belona. Tratando-se de uma filha da discórdia e uma nascida das trevas com poderes psíquicos, aquilo realmente lhe trazia um alerta específico.

Determinada a entrar de corpo e mente - forçada ou não - naquele evento, a intercambista soltou uma respiração pesada que nem mesmo percebeu quando tinha prendido. Cinco itens foram a margem máxima de arsenal permitidos, tendo passado pela revista. Achava um exagero daquilo, mas concordava com o método de supervisão. Qualquer outro poderia ser menos invasivo, mas também seria menos efetivo. Nada melhor do que sentir na mão aquilo o que se deve, certo? Com base em tal reflexão, a romana esperava ter um encontro muito próximo com um poder inabalável demonstrado pelas duas líderes, que lhe ofereceriam um gostinho do que poderia se tornar futuramente.

Tirada de seu devaneio pela voz de alguém que não imaginaria ver outra vez, a morena virou o rosto por cima do ombro, sem se dar o trabalho de mover o corpo para fitá-la de outro modo. A carranca estava ali, tão notável quanto a beleza daquela garota irritante. Infelizmente era algo que Eretria poderia notar com mais cautela dessa vez. — O evento nem começou e você já está sofrendo alucinações? — Um sorriso zombeteiro se formou nos lábios da menor, que negou brevemente com a cabeça segundos depois.

missão fixa escreveu:• Blood of Chaos: Para participar do evento, o semideus deve postar essa missão fixa para garantir a sua entrada. Nesta missão deverá ser narrado como o campista chegou ao local programado para o evento acontecer - a arena - e o que lhe motivou a participar.
Recompensa: 500 XP e 250 Dracmas.

itens:
• Espada do Carrasco [Forjada por acidente a espada possui uma aparência bastante incomum: sua lâmina possui um seguimento principal como os das outras espadas, porém na sua lateral a lâmina se divide em outras pequenas laminas que são capazes de provocar ainda mais dano contra seus inimigos. | Efeito 1: A lâmina é capaz de suportar as mais elevadas temperaturas sem modificar a sua forma, apenas ficando incandescente. |Efeito 2: A espada possui uma espécie de consciência magica e se afeiçoa ao seu primeiro portador e, dificilmente, irá deixar ser portada por outro semideus. | Ferro estígio. |Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

• Punhal Ritualístico [Uma lâmina comum feita de prata comum, seu cabo possui desenhos decorativos e parece se encaixar na mão do portador. É extremamente afiada.| Efeitos e Bônus: Nenhum.|Prata. |Não possui espaço para gemas. | Beta.| 100% | Lâmina comum.| Nível 1 | Aula de Magia Aplicada, dada por Kang Pipper.]

• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• • • • Need a re-up we connect with a homie


That's my shape, I made the shadow. That's my name, don't wear it out though. feeling myself can't be illegal, so
sue me
Eretria Ostergaard
Eretria Ostergaard
V Coorte
V Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

[RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard Empty Re: [RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard

Mensagem por Ariel Sehn Kahlfels em Ter Mar 12, 2019 3:52 pm

Amberlee e Eretria
blood of chaos

Método de Avaliação:
Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão: 500 XP

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%

RECOMPENSAS: 500 XP e 250 dracmas
Comentários:
Amberlee, você tem uma personalidade peculiar. Averiguei sua ficha para constatar se bate com o descrito na proposta original da personagem e acabei me surpreendendo com a lealdade dos fatos mantidos. Não encontrei erros na escrita, concordância ou algum motivo que me fizesse descontar alguns pontos da sua avaliação. Espero revê-la exercendo outras missões! Cuidado com a escolha da cor da fonte para o template. Branco é considerado uma cor agressiva para a vista.

Eretria, sua escrita é agradável e as cores do template contrastam bem com a visão. Não encontrei erros que pudessem me fazer realizar algum desconto de sua nota. A relação entre as personagens parece ser interessante, vou manter o olho no desenrolar dos fatos. Espero revê-la fazendo outras missões e participando ativamente do evento!
「R」


Atualizado pelo Cupido!


u banished my shades of gray

hover over me and find out what u did.
Ariel Sehn Kahlfels
Ariel Sehn Kahlfels
Filhos de Hades
Filhos de Hades

Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

[RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard Empty Re: [RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard

Mensagem por Eretria Ostergaard em Ter Mar 12, 2019 8:46 pm

I been doing shIt these hoes don't like • • • •

Amberlee, a filha de sabe-se lá qual deusa - Eretria não se recordava mais, sabia que se tratava somente de uma filiação correspondente ao gênero feminino - continha uma personalidade sagaz que não combinava muito com os traços delicados de sua face ou com o corpo esguio, num vislumbre parcial. É claro que não podia considerar espiar por baixo das vestes, nem mesmo sob a responsabilidade de uma permissão hipotética. Por que estava considerando vê-la sem roupa, no final das contas? Não seria um pecado extremo, seria? Após o breve diálogo fundamentado pela “saudade” da outra em confrontá-la numa primeira instância, a legionária se viu numa posição de confusão notável. Uma movimentação estranha se formou nas proximidades, vários semideuses se aglomeravam discretamente mais para lados contrários, deixando para a prole de Belona captar um festival de transmissão de expressões. O que diabos estava acontecendo?

Com a mão adornando o punhal da faca presa a bainha na lateral da cintura, a mais baixa da dupla se posicionou para barrar os corpos que se moviam em pura desordem. A próxima coisa que viu foi uma mão formar uma concha com os dedos ao redor da nádega direita de Amberlee, exercendo um aperto hostil. No próximo segundo, a mão do assediador estava servindo de forca para seu próprio pescoço. Como uma originária guerreira, Eretria girou o punho do semideus, forçando-o a inclinar a coluna para se livrar da intercepção ao mesmo tempo que não conseguia conter o impulso de apalpar o ar, falhando miseravelmente. — Parece que a modernidade não alcançou você, hm? Não deve se encontrar com mulheres que sabem se defender com frequência. — Apertou os dedos em torno do pulso que ainda segurava, sentindo os músculos se contraindo em resposta.

Soltando-o ao promover um impulso violento no corpo másculo, a integrante da quinta coorte observou melhor a forma em como ele parecia aleatório. Em sã consciência, alguém naquela posição estaria se dispondo de um mar de desculpas ou uma afronta à altura, o que de fato não veio. No lugar disso, o rapaz de fortes braços e estatura mediana passou a apalpar um dos seios de uma loira com semblante parecido com o de uma garota de programa. Não procurando julgá-la pela face, a morena suspirou. Por que homens tinham que ser tão nojentos? — Fique aí. — Murmurou num sobressalto, referindo-se a Amberlee. Num susto, deu alguns passos para trás, evitando ser a próxima vítima de assédio. Infelizmente não aconteceu o mesmo com Teddy, um dos legionários que haviam entrado em intercâmbio com seu grupo. O rapaz teve uma das nádegas apalpadas, correspondendo ao gesto com um soco forte no ar, pela sorte infeliz daquele cara.

Teddy Galber era filho de Baco, tão forte quanto uma das crias de Marte, apesar de se tratar de uma conotação visual. De nenhuma maneira a aparência seria um comparativo firme da realidade sobre filiação, mas de certo ele intimidava pelo tanto de músculos transbordando no corpo. Dois de seus irmãos tentaram segurá-lo, conseguindo conter a fera, enquanto o assediador continuava numa caça insaciável por vítimas. Um grupo de rapazes estava prestes a tomar conta da situação quando, numa observação aprofundada, Eretria ressaltou um detalhe. — Os olhos dele estão translúcidos. Parecem rosa, se vistos de lado. — Mordiscou o lábio inferior. — Segurem-no pelos braços para que ele não…. Faça nenhuma merda. — Indagou, pedindo ao grupo de brutamontes mais próximo. Coincidentemente, se tratava de Teddy e seus irmãos.

Quando lhe garantiram a seguridade do rapaz, Eretria se aproximou, segurando-o pelo rosto. Um bafo esquisito exalava através da abertura dos lábios acompanhado de pedidos para ser solto, enquanto as pernas se agitavam em rebeldia pela apreensão. Era possível notar a forma constante em como as mãos se fechavam e abriam, apalpando o ar enquanto nada se solidificava dentro da concha manual. — Ele está enfeitiçado. — Suspirou. Não era períta em feitiços ou reconhecimento de suas aplicações, mas sabia quando alguém não estava em plena consciência de si mesmo. Já tinha acordado tão perdida quanto ele estava em um episódio passado de sua vida. Não desejava aquilo para ninguém.

No instante seguinte desferiu um aperto na jugular do enfeitiçado, entre as duas extremidades, apenas o bastante para retirar sua consciência por alguns minutos. — Levem-no para a enfermaria e solicitem a ajuda de um dos filhos de Hécate. Alguém precisa ajudá-lo com isso. — submeteu como indicativo final, recebendo um bombardeio de olhares por alguns instantes. Se tinha uma coisa que odiava mais do que não saber o que estava acontecendo consigo mesma, era atrair atenção. Se despediu de Teddy, que se disponibilizou a levar o rapaz para uma das tendas mais próximas com os outros irmãos e pigarreou, engolindo a seco.

— Não precisa ficar me olhando. — Resmungou quando se virou para encontrar com o olhar de Amberlee, bufando. Curiosamente ela não lhe incomodava, diferente de todo o restante. Não gostava de conversas ou proximidades. Aquilo era, no mínimo, engraçado.

A legionária se afastou por alguns passos, buscando por uma garrafa de água deixada sobre uma bancada com vários comes e bebes. Aquela ideia era realmente sadia, visto que todos teriam um longo dia pela frente. Alimentar e hidratar os participantes de uma atividade elaborada era um estímulo inteligente.


missão fixa escreveu:• Ops: Alegando estar sofrendo algumas alucinações, um campista passou a apalpar qualquer coisa ou qualquer um que visse pela frente. Adquirindo fama de assediador, ficava mais difícil conseguir ajuda a cada nova apalpada. Ajude essa pobre criatura a se livrar da tormenta! É uma tormenta?
Recompensa: 750xp e 800 dracmas.

itens:
• Espada do Carrasco [Forjada por acidente a espada possui uma aparência bastante incomum: sua lâmina possui um seguimento principal como os das outras espadas, porém na sua lateral a lâmina se divide em outras pequenas laminas que são capazes de provocar ainda mais dano contra seus inimigos. | Efeito 1: A lâmina é capaz de suportar as mais elevadas temperaturas sem modificar a sua forma, apenas ficando incandescente. |Efeito 2: A espada possui uma espécie de consciência magica e se afeiçoa ao seu primeiro portador e, dificilmente, irá deixar ser portada por outro semideus. | Ferro estígio. |Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

• Punhal Ritualístico [Uma lâmina comum feita de prata comum, seu cabo possui desenhos decorativos e parece se encaixar na mão do portador. É extremamente afiada.| Efeitos e Bônus: Nenhum.|Prata. |Não possui espaço para gemas. | Beta.| 100% | Lâmina comum.| Nível 1 | Aula de Magia Aplicada, dada por Kang Pipper.]

• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• • • • Need a re-up we connect with a homie


That's my shape, I made the shadow. That's my name, don't wear it out though. feeling myself can't be illegal, so
sue me
Eretria Ostergaard
Eretria Ostergaard
V Coorte
V Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

[RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard Empty Re: [RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard

Mensagem por Eretria Ostergaard em Qua Mar 13, 2019 12:23 pm

I been doing shIt these hoes don't like • • • •

Tomando algum espaço pessoal para colocar as ideias em ordem, Eretria não percebeu de início como tinha se afastado. A morena precisava de um momento em silêncio para crer que realmente tinha feito a coisa certa, agindo com liderança numa situação de calamidade individual. Em sua mente orbitava uma única questão: Estava defendendo um assediador? Estaria indo contra sua política de ética, além de descumprir com seu dever de mulher numa sociedade crítica. A intensa comodidade de estar num ambiente onde os combates não atingiam planos morais era um grande favor para a benevolência de sua sanidade mental, diferente do que tinha atraído para si mesma naquele dia. De repente, outra questão lhe ocupou um pequeno espaço: Tinha sido uma boa ideia dispor de sua mente para provações? Conhecendo os rumores sobre as capacidades de um mentalista e de um nato filho da discórdia, Eretria começava a achar que tinha se metido numa enrascada.

Os devaneios lhe tiraram a concentração para qualquer coisa ao seu redor, não se atentando devidamente para a nova presença no recinto. — Você sabe que não precisava ter me defendido, não sabe? Eu poderia ter feito isso sozinha. — A voz de Amberlee entrou por um dos ouvidos e saiu pelo outro lado sem demarcar o efeito que a mais alta gostaria de provocar. Notou então que a romana não estava mantida naquela dimensão, causando-lhe um suspiro. Mas, para contrariar seu comportamento, a filha de Belona deu alguns passos para frente, recostando-se no tronco de uma figueira com aspecto antigo.

— O que quer? — Ríspida e direta, murmurou em resposta.

Havia algo de estranho na presença daquela garota. Era como se, de uma forma bizarra e incômoda, já se conhecessem. Reavendo seus costumes antigos de mais ou menos seis meses atrás, Eretria poderia jurar que já tinha lhe dado uns bons amassos numa das festas salientes promovidas pelos filhos de Baco, onde tinha se deitado com um quantitativo considerável de pessoas. Distinguir homens de mulheres era uma preocupação desnecessária nos conceitos da morena mais baixa, que não via problema em considerar o mesmo sexo como uma opção para se relacionar. Até preferia, se fosse botar na ponta do lápis o número de homens que lhe provocaram um gradativo desgosto com o desempenho demonstrado. Em outras palavras, nenhum sujeito havia se reportado de outra maneira, a não ser como um broxante companheiro.

No decorrer dos tempos foi notando que aventuras românticas não combinavam com seus trejeitos e forçar a barra não era algo em planejamento. Não buscava alguém para compartilhar uma vida inteira, muito menos queria redescobrir as linhas escritas por um renomado romancista contemporâneo em desventuras prazerosas. Não se lembrava, na verdade, em um dia que realmente tinha sentido prazer com alguma coisa, mas, sempre que fitava o castanho suave nos olhos da semideusa poucos metros distante, duvidava de suas próprias escolhas. Era estranho.

— Obrigada. — Amberlee percebeu que não era o momento para alfinetá-la com alguma graça, retirando-se sem nenhum aviso prévio.

Um suspiro prolongado escapou entre as via nasal da morena que permaneceu estacada no lugar, negando brevemente com a cabeça. Era difícil lidar com a ambiguidade destrutível que segmentava corpo e mente, que funcionavam num compasso desigual irritante. Minutos se passaram e nada de mover um milímetro do corpo para fora do lugar. Provavelmente todos já tinham começado seus afazeres, enquanto a legionária se destacava como uma ambulante aleatória. Coisa que, dois minutos depois, passou a ser cargo de outrém.

Numa distância aproximada de vinte passos, uma figura feminina lhe observava. Tinha cabelos castanhos, pele alva e tinha mais ou menos a altura de Amberlee. Lembrava-se dos traços captados com certa dificuldade, não reconhecendo estranheza naquele olhar. A menina começou a se aproximar, incerta, provocando curiosidade na romana. — Pare bem ai. — Anunciou, esticando uma mão para lhe interromper.

— E-Eretria? Eu não sei pra onde ir. — Fitando-a melhor, reconheceu a voz e assimilou com as características.

— Cassie? — Era uma das filhas de Vulcano.

— Me perdi do meu grupo, estou rodando e rodando mas não saio do lugar. — Admitiu, mordendo o lábio inferior. Suas bochechas estavam coradas pelo esforço, além da vergonha.

— Você veio para o evento?

— Isso.

— É na arena. Você não recebeu um mapa? — Tirou do bolso da jaqueta um pequeno pedaço de pergaminho com as instruções para encontrar todos os lugares, mostrando como referência.

— Não. Não faço ideia de onde fica o que por aqui. Pode me ajudar?

Olhando-a dos pés a cabeça, a legionária deu de ombros.

— Venha comigo, estava mesmo indo para lá.

Por todo o caminho de ida, Eretria direcionou pontos de referência e salientou locais de importância, além dos horários que deveriam ser respeitados naquele panteão. O funcionamento divergia drasticamente do que tinham costume no Acampamento Júpiter, servindo como um guia para outras ocasiões em favor da presença de Cassie no acampamento grego. Mal tinham chegado no destino final e inconscientemente seus olhos procuravam pela presença perturbadora da garota que tinha lhe procurado minutos atrás.


missão fixa escreveu:• Lost, versão fail: Um legionário novato acabou se perdendo dentro do Acampamento e terminou se dispersando do grupo enviado para participar do evento. Sem saber para onde ir, o coitado precisará de ajuda para chegar ao destino final: A arena.
Recompensa: 500xp e 500 dracmas.

itens:
• Espada do Carrasco [Forjada por acidente a espada possui uma aparência bastante incomum: sua lâmina possui um seguimento principal como os das outras espadas, porém na sua lateral a lâmina se divide em outras pequenas laminas que são capazes de provocar ainda mais dano contra seus inimigos. | Efeito 1: A lâmina é capaz de suportar as mais elevadas temperaturas sem modificar a sua forma, apenas ficando incandescente. |Efeito 2: A espada possui uma espécie de consciência magica e se afeiçoa ao seu primeiro portador e, dificilmente, irá deixar ser portada por outro semideus. | Ferro estígio. |Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

• Punhal Ritualístico [Uma lâmina comum feita de prata comum, seu cabo possui desenhos decorativos e parece se encaixar na mão do portador. É extremamente afiada.| Efeitos e Bônus: Nenhum.|Prata. |Não possui espaço para gemas. | Beta.| 100% | Lâmina comum.| Nível 1 | Aula de Magia Aplicada, dada por Kang Pipper.]

• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• • • • Need a re-up we connect with a homie


That's my shape, I made the shadow. That's my name, don't wear it out though. feeling myself can't be illegal, so
sue me
Eretria Ostergaard
Eretria Ostergaard
V Coorte
V Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

[RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard Empty Re: [RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard

Mensagem por Halsey Rose Maddox em Qua Mar 13, 2019 2:34 pm

Eretria Ostergaard
blood of chaos

Método de Avaliação:
Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão: 1.050 XP

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 49%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 29%

RECOMPENSAS: 1.029 XP e 1274 dracmas
Comentários:
Eretria, realizei a soma das suas postagens e fiz uma avaliação só, para facilitar as nossas vidas. Sua escrita é fluida e sua personagem parece ter uma personalidade bastante forte, o que você consegue deixar bem claro em suas palavras. O desconto ocorreu por causa da segunda missão fixa, que você poderia ter descrito melhor quem é essa Cassie e como você auxiliou ela - mesmo que a NPC tenha apenas acompanhado a sua personagem - para chegarem até a arena. Gosto de como faz uma continuidade de uma missão para a outra, prossiga fazendo isso.
「R」


Atualizado pelo Cupido!


heiress of chaos
and discord


Halsey Rose Maddox
Halsey Rose Maddox
Líder de Éris
Líder de Éris

Idade : 20
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Voltar ao Topo Ir em baixo

[RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard Empty Re: [RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard

Mensagem por Amberlee Jean Elessedil em Qui Mar 14, 2019 8:51 pm






And the guns, shot above our heads, And the shame, was on the other side. Oh, we can beat them, forever and ever, Then we could be heroes just for one day
Depois do episódio com o semideus maluco apalpando as nádegas de Amberlee, a filha de Nice ficou um pouco atordoada com o que tinha acontecido. Poderia, de fato, ter se defendido de uma forma bastante individualista, mas ficou feliz com a interferência de Eretria, pois isso mostrava que a outra semideusa se importava – mesmo que minimamente – com ela. E, por algum motivo, aquilo deixava a Elessedil satisfeita. Talvez, porque pensou que nunca seria um ponto de foco na visão da mais baixa, e conseguir aquilo satisfazia a sua sede de vitória. Ou, talvez – mas só talvez – ela estivesse começando a notar mais detalhes em Eretria. Nunca foi muito boa com relacionamentos, a não ser com Will, seu melhor amigo, que não teve nenhum tipo de notícias desde que se mudou de vez para o Acampamento Meio-Sangue.

Perdida nos pensamentos do passado, a morena tropeçou em uma pedra, que estava em seu caminho, e revirou os olhos, batendo em alguém que também caminhava no sentido contrário. – Ai, mas que grande porcaria. – reclamou, olhando para o local onde tinha desequilibrado, e logo depois lembrando que tinha uma outra pessoa envolvida no acidente, a qual a prole de Nice devia um pedido de desculpas. – Foi mal. Foi mal mesmo, eu devia ter olhado, não costumo ser tão avoada desse je... – parou de falar assim que viu a silhueta parada em sua frente. Reconheceria em qualquer lugar aqueles cabelos loiros e olhos azuis, que lhe fitavam com cautela e certa surpresa. O outro garoto que o acompanhava olhava aquele encontro com curiosidade.

Amberlee engoliu em seco e respirou fundo. O que ele estava fazendo ali? – O-Ohmsford? – perguntou, a voz saindo quase inaudível. O garoto afirmou com a cabeça, abrindo seu sorrisinho de canto. – Eu mesmo, Elessedil. Alguém tinha que vir atrás de você, não acha? – a dúvida estampada no rosto da garota fez com que outra risada saísse dos lábios de Will. Ela realmente não estava entendendo o que, nem como, seu amigo mortal estava dentro dos limites do Acampamento Meio-Sangue. Não fazia a menor ideia. – Parece que somos mais parecidos do que você imaginava, hm? Sua cara de surpresa não nega nada. Muito prazer, Will Ohmsford, filho de Mercúrio. – ela piscou várias vezes, procurando as palavras certas para dizer. Ou melhor, as perguntas certas que deveriam ser feitas. Will era um semideus e, ainda por cima, romano? Isso realmente não podia estar acontecendo. O loiro chamou o outro garoto, de cabelos escuros e olhos verdes, para perto dele, que aproximou-se com animação. – Este é Theo, filho de Vênus e...Meu namorado. – outra surpresa. Amberlee sabia das escolhas sexuais do melhor amigo, mas nunca pensou que ele namoraria alguém filho de uma deusa que a maior das virtudes é o narcisismo. Talvez o garoto não fosse tão ruim. – Você esqueceu de mencionar que eu sou legado em Belona, Will. – os dois deram uma risadinha, enquanto a morena olhava de um para o outro, perdida.

Amber, eu sei que tenho muitas coisas para explicar, mas no momento estamos um pouco perdidos. Não sabemos chegar na arena, para o treino de Ariel e Halsey. E, ainda bem que encontramos uma residente do lugar, que pode nos guiar de bom grado até lá. – mesmo ainda bastante impactada com a situação, Amberlee absorveu as palavras de Will, afirmando brevemente com a cabeça e começando a andar na frente do casal. Era muita novidade de uma vez, e normalmente a Elessedil sabia lidar com esse tipo de coisa. Só que, dessa vez era diferente. Pensou, durante todo esse tempo, que o afastamento de Will iria protege-lo de uma realidade que ele não saberia lidar. Que o impacto do melhor amigo ao ver sua reclamação tinha sido por desconhecimento do que estava acontecendo. Muito pelo contrário. Agora ela entendia que a surpresa do filho de Mercúrio era saber que Amberlee, a pessoa que ele era mais próximo no mundo, era exatamente igual a ele: uma garota com poderes.

Chegando os três na entrada da arena, a filha de Nice correu os olhos, procurando pela sua companheira de atividades, que tinha sumido durante muito tempo. Pôde vê-la entrando com outra garota na arena, o que fez a morena suspirar. Será que aquilo era um indicativo de que nenhum tipo de relação podia ser construído, porque já existia alguém? Amber não fazia ideia, e iria pensar bastante antes de arriscar. Arriscar e perder, para ela, era muito pior do que não arriscar. Virando-se em direção a Will, cruzou os braços, olhando-o ameaçadora. – Temos muito o que conversar, Ohmsford. Mas, depois. Agora, eu tenho outros assuntos para tratar. E você, Theo, cuide bem dele, hm? Ou eu te castro. – uma risada ecoou o local, saindo dos lábios do filho de Vênus. Ele parecia ser divertido, e sua presença tranquilizava a legado de Dionísio, porque ela sabia que seu melhor amigo estava em boas mãos.
missão fixa escreveu:• Lost, versão fail: Um legionário novato acabou se perdendo dentro do Acampamento e terminou se dispersando do grupo enviado para participar do evento. Sem saber para onde ir, o coitado precisará de ajuda para chegar ao destino final: A arena.
Recompensa: 500xp e 500 dracmas.
itens levados:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

• Alabarda [É como uma lança-machado. A lâmina na ponta é muito boa para impactos, e o outro lado bom para parar investidas. A haste é feita de um tipo de madeira resistente e encantado para tal, e a lâmina e pontas são feitas de ouro imperial. Exige força e treinamento para ser utilizada com maestria. | Efeito 1: Tal arma pode passar a ter o peso nulo, durante dois turnos, caso seja utilizada em batalha, porém pode durar mais tempo caso seja usada fora de batalha. | Efeito 2: A alabarda é capaz de encolher, ficando do tamanho de um pequeno pingente, ainda conservando a sua forma, mas apenas diminuída. | Ouro Imperial e Madeira. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

arena • will + theo • usando isto








run, girl, run
Amberlee Jean Elessedil
Amberlee Jean Elessedil
Filhos de Nice
Filhos de Nice

Idade : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

[RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard Empty Re: [RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard

Mensagem por Ariel Sehn Kahlfels em Sex Mar 15, 2019 12:56 pm

Amberlee Jean Elessedil
blood of chaos

Método de Avaliação:
Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão: 500 XP e dracmas

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%

RECOMPENSAS: 500 XP e 500 dracmas
Comentários:
Amberlee, em primeira instância devo lhe agradecer por considerar o comentário sobre o tom da fonte do template. Branco, como pode ver nesse template de avaliações, chama muita atenção e pode causar certo incômodo na vista. Sua escrita impecável é surpreendente, li e reli procurando por erros que não existem e isso é imensamente satisfatório não só para mim, como é para Halsey também. Não encontrei motivos para descontar sua pontuação!
「R」


u banished my shades of gray

hover over me and find out what u did.
Ariel Sehn Kahlfels
Ariel Sehn Kahlfels
Filhos de Hades
Filhos de Hades

Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

[RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard Empty Re: [RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard

Mensagem por Amberlee Jean Elessedil em Qui Mar 21, 2019 1:30 pm

Lançando os dados para o setor 1


run, girl, run
Amberlee Jean Elessedil
Amberlee Jean Elessedil
Filhos de Nice
Filhos de Nice

Idade : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

[RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard Empty Re: [RPs] Amberlee Jean Elessedil e Eretria Ostergaard

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum