The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira

Ir em baixo

X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira Empty X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira

Mensagem por Maxine H. Henz em Qua Fev 20, 2019 9:20 pm





Capoeira
Aula de Combate

Cenário da Aula

O palco dessa aula são as arenas do acampamento, ocorrendo no período da manhã. O clima está agradável e o sol não incomoda a ninguém. O chão foi coberto por tatame apropriado para treinamento de combate, visando proteção contra as quedas futuras. Ao fundo, músicas advindas da cultura original da capoeira está tocando.


Introduzindo


A capoeira é uma expressão cultural brasileira que mistura arte-marcial, esporte, cultura popular e música. Desenvolvida no Brasil principalmente por descendentes de escravos africanos , é caracterizada por golpes e movimentos ágeis e complexos, utilizando primariamente chutes e rasteiras, além de cabeçadas, joelhadas, cotoveladas, acrobacias em solo ou aéreas. Uma característica que distingue a capoeira da maioria das outras artes marciais é a sua musicalidade. Praticantes desta arte marcial brasileira aprendem não apenas a lutar e a jogar, mas também a tocar os instrumentos típicos e a cantar. Um capoeirista experiente que ignora a musicalidade é considerado incompleto.



A Aula e Golpes



Após feita uma introdução, Max irá demonstrar os golpes a seguir, explicando cada um deles da melhor maneira. Após, irá permitir que eles sejam praticados, passando assim a circular pela arena para dar instruções e dicas específicas.

Os Golpes

Ginga: É o conjunto de movimentos que dão à capoeira a falsa aparência de uma dança. Os objetivos da ginga é não oferecer ao oponente um alvo fixo, esconder a malandragem do capoeirista e enganar o adversário, geralmente induzindo-o a um ataque e dando ao capoeirista a possibilidade de contra-atacar com eficiência.

Traumatizantes: Os golpes traumatizantes são golpes ofensivos, golpes que podem causar danos ao adversário.

• Martelo: estando em pé, a perna de trás sobe lateralmente, flexionada depois estende-se para atingir o adversário. Também pode ser aplicado com uma mão apoiando-se no chão, onde a mão que vai ao chão é a oposta à perna que aplica o golpe.

• Meia-lua de frente: estando com as pernas lado a lado, lança-se uma das mesmas estica varrendo a horizontal em um movimento de rotação de fora para dentro, fazendo a trajetória de uma meia-lua. Acerta-se o adversário com a parte interna do pé.

• Queixada ou queixada de costas: aplica-se em pé, estando em base de uma perna e estendendo a outra contra o oponente em forma de giro, de dentro para fora. A parte que atinge o adversário é a parte lateral externa do pé.

• Ponteira: golpe que atinge o adversário com a perna de trás utilizando a parte debaixo dos dedos, na planta do pé, semelhante ao bicão/bicuda do futebol. Normalmente, mira-se a região abdominal do adversário.

• Armada ou meia-lua de costas: a armada aplica-se estando em pé. Através de um movimento de rotação, um pé fica firme ao chão enquanto o outro sobe varrendo a horizontal atingindo o adversário com a parte externa do pé.

• Chibata: salto mortal para frente, onde um ou os dois pés visam atingir o adversário com o(s) calcanhar(es). Também podem ser aplicado apoiando as mãos no chão.

Golpes Desequilibrantes

• Rasteira: passa a perna rente ao chão em um movimento circular ou semicircular puxando a perna do adversário desequilibrando-o. Pode ser aplicada estando em pé ou abaixado.

• Tesoura: envolve o adversário com as pernas e depois gira o corpo para desequilibrá-lo. A mesma pode ser aplicada no chão por trás ou pela frente. Também pode ser aplicada no alto, salta-se antes de aplicar a mesma, que também pode ser pela frente ou por trás.

• Vingativa: aproxima-se rapidamente do adversário (normalmente logo após um golpe), coloca-se lado a lado com ele e com uma das pernas atrás servindo de apoio e aplica-se um empurrão com o cotovelo, costas, ou cabeça para trás. A perna que fica por trás do adversário é a que estiver lado a lado com a perna do oponente.

• Crucifixo: ao receber um golpe de perna alta, o aplicante aproxima-se do adversário, colocando a perna do adversário sobre seu ombro. Assim, o aplicante levanta ainda mais a perna do adversário desequilibrando-o. Normalmente aplicado contra golpes giratórios altos como a armada ou contra o martelo.

• Gancho: puxa a perna do adversário, por trás, usando a própria perna em forma de gancho. O aplicante pode estar em pé, ou apoiado em uma das mãos.



Missão da Aula

Após treinar a ginga, você deve treinar pelo menos 4 golpes sendo dois de cada estilo (traumatizante ou desequilibrantes). Ao final da aula, será feita uma roda de capoeira sendo optativo participar ou não. Caso participe, ganhará bônus de experiência pelo combate amigável e pela qualidade da postagem feita.


Sobre Maxine

Max, como gosta de ser chamada, é uma filha de Júpiter e amazona. Apesar de ter um corpo franzino e uma aura naturalmente travessa, ela possuía força e conhecimento graças as suas filiações. Sempre de bom humor e disposta a conversar com qualquer pessoa, aprendeu com sua mãe a como misturar-se em qualquer grupo social. Portanto, poderá interagir livremente com Hayes, sabendo que ela possui sempre uma resposta divertida ou um comentário irônico para fazer.


Habilidade Oferecida

Nome da Habilidade: Capoeirista
Descrição: Após uma aula de combate corporal, o aluno aprendeu a arte da capoeira. Assim, aplicará golpes eficientes principalmente com os pés, além de ter melhorado a sua capacidade de esquiva e agilidade graças ao método de combate dessa modalidade.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% de esquiva e agilidade
Dano: +20% de dano em golpes feitos com as pernas/pés.
Extra: Nenhum


Adendos Finais

— Sem template com barra de rolagem, por favor. Fica ruim de avaliar, pontos serão descontados caso tal uso ocorra.
— FPA em spoiler assim como poderes utilizados.
— Dúvidas podem me enviar MP ou questionar no chat.
— Prazo do Treino: 20/03
— É possível treinar com outro player ou NPC, contanto que deixe bastante claro em seu texto com quem está treinando.
— Bônus será aplicado caso  realize a atividade extra.

Aula -//- fallen angel made this code ♔



Mrs.HayesHenz


∆ LYL - FG


Maxine H. Henz
Maxine H. Henz
Amazonas
Amazonas


Voltar ao Topo Ir em baixo

X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira Empty Re: X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira

Mensagem por Puermina em Dom Mar 17, 2019 12:09 pm


Capoeira
Aula de Combate Corporal

Logo que acordava, ficava animada em ter outra aula com Max. A amazona era divertida e estava sempre... elétrica! Sendo assim, coloquei roupas leves e bem soltinhas, como uma camiseta regata e uma calça de viscose, ambas brancas. Prendia o cabelo com uma fita e passava rapidamente no refeitório para comer duas barras de cereais e um copo de suco de laranja.

Chegando na arena de treinamento, via o chão coberto por tatame e respeitosamente tirava os chinelos para pisar ali. O clima estava agradável naquela manhã. Eu tinha sido a primeira a chegar - talvez por empolgação - e já começava a alongar. Esticava todo o meu corpo para não ter lesões bobas, então sentava no tatame colorido e flexionava as pernas, alongando-as tanto quanto podia.

Passado algum tempo, Max iniciava a aula introduzindo o que era a capoeira, sendo a técnica que aprenderíamos hoje. Dizia que era um misto de música e luta, tendo seus movimentos ritmados no compasso do som daqueles instrumentos. Era uma espécie de dança híbrida, aos meus olhos. Ela ainda nos deu uma base histórica-geográfica do estilo antes de começar a demonstrar os movimentos a começar pela famosa ginga do capoeirista brasileiro. Ela alternava braços e pernas. Quando um braço estava diante do rosto, a perna do lado respectivo estendia-se para trás e quando o corpo trocava de peso para o outro lado, braços e pernas acompanhavam o movimento. Demonstrado isto, ela pegou um instrumento de corda única e longo, começando a tocar junto de um chocalho e uma pedrinha.

Concentrava-me nas mãos e, devagar, começava a gingar, alternando pernas e braços, tais como havia visto Max realizar. Após pegar o jeito e me acostumar com meu corpo realizando aqueles movimentos, tentei entrar no ritmo da música tocada. Percebi que teria que acelerar o passo, mas antes que eu pudesse fazê-lo, Max chegou perto e disse que minha mão e o calcanhar deviam se integrar ao jogo. Ela girava minha palma da mão mais para fora e pedia para eu quase fecha-la, como uma concha e estendia mais minha perna até esticar bem o calcanhar no tatame. Corrigido isso, Max voltava a tocar, observando minha gingada - melhor, segundo ela - e então voltava a caminha por entre os semideuses presentes. Continuei treinando por mais alguns minutos e quando estava começando a me acostumar, a professora parava de tocar e pedia atenção, pois mostraria agora os golpes.

A amazona, durante a aula teórica, explicava que haviam dois tipo de golpes. Os Traumatizantes, que se tratavam de golpes ofensivos, golpes que podem causar danos ao adversário, e os golpes Desequilibrantes, sendo aqueles que davam certa vantagem ao desestabilizar o adversário. Após isso, ela ficava diante da turma e demonstrava cada um dos golpes, explicitando-os. Ao término do último movimento, ela dava a tarefa para escolhermos 4 dos que acabamos de ver para treinar antes da "roda".

Tomava meu espaço e começava a praticar a Queixada. Achava o nome divertido e o movimento bem lúdico só que ao tentar realiza-lo percebia que não tinha a habilidade necessária pra girar e me manter equilibrada tão depressa. De repente, uma criança chega perto e pergunta se poderíamos treinar juntas. Sorri e assentia, adorando a ideia. Ambas treinamos juntas o mesmo movimento, cada qual,realizando o giro da perna de dentro para fora, de cada vez. Estendíamos a mão à frente para não causarmos traumas no corpo uma da outra. Sentia que melhorava e era ainda mais divertido com uma dupla. Assim que estávamos bem com o golpe, dizia que queria treinar agora a Meia-lua de frente. Mais fácil que de dentro para fora, fazia o desenho de uma meia-lua com a perna direita, de fora para dentro, atingindo a mão da criança que treinava comigo. Estabilidade ainda era um desafio a ser conquistado, mas aos poucos chegaria lá. Era meu primeiro treino usando ambas as pernas! Realizei mais duas vezes o movimento e então fora a vez da minha dupla. Fizemos mais duas séries de três golpes, cada e então testamos os movimentos aliados à ginga. Fiquei impressionada com a habilidade que estávamos conquistando.

Tomávamos uma água e voltávamos logo para os outros dois movimentos. Entramos em acordo e treinaríamos a Rasteira e a Tesoura. Começamos com o que parecia mais simples, a rasteira! Deixei que ela começasse, servindo de boneca de treino, quase caindo no primeiro movimento, mas me mantive de pé. Da segunda vez, não tive tanta resistência, indo ao chão. Levantei-me e apliquei o mesmo movimento, abaixando e estendendo uma das pernas até que pudesse arrastá-la num movimento semicircular até desestabilizar ambas as pernas da parceira. Como estava começando, não tive força para desequilibrar. Da segunda vez fui melhor, com mais agilidade e agressividade. Levantei e ajudei ela a se erguer. Repetimos mais duas vezes, cada e então decidimos treinar a tesoura. Fora este o golpe que achei mais interessante, pois envolvia o adversário com as pernas para então o desequilibrar e, caso o capoeirista fosse ágil, dava para levantar depressa e finalizar com outro golpe. Desta vez eu quis iniciar, abaixando e aplicando o movimento de pernas entrelaçadas. Tive que girar o meu corpo, para que ela caísse. Aquilo era tão divertido quanto parecia. Todo meu corpo conversando, pois precisava das mãos para apoio e a cabeça bem atenta ao que se passava. Estudávamos em dupla, mas tinha noção de que em um campo de batalhas era exigido muito mais de mim e essa habilidade seria bem útil em diversas situações de combate.

Quando terminamos todos de treinar, Max disse algumas palavras como Mestre e nos convidou para uma roda de capoeira, chamando dois percussionistas para tocar atabaque e pandeiro. Nos arrumamos m círculo e ao tocar, ela pedia por palmas ritmadas (1,2,3...1,2,3...) e cantava, convidando o primeiro duo à jogar. Tinha um grandão do outro lado do círculo que estava tão animado quanto eu. Assobiei - como pude - e entrei na roda num aú (estrelinha), descendo as pernas lentamente, e gingava contra o grandão. Estávamos atentos e no ritmo da música. Ele tentava um martelo, mas eu agachava, defendendo-me do golpe e me reerguia, voltando à ginga, partindo para uma meia-lua, que ele se defendeu da mesma forma, mas eu já emendava numa queixada com a perna livre! Ele não esperava por aquilo e era atingido, ficando perplexo. Eu era boa atriz e ajudava quando blefava, principalmente agora que fingia realizar o mesmo golpe, só que com a perna trocada, mas na verdade eu abaixava para dar uma tesoura no grandão. A queda foi tão engraçada que quase quis gritar: madeeeeeira, contudo, Max o fazia por mim. Levantava e dava o braço pro semideus levantar, agradecendo o jogo.

adendos:
FPA:
poderes e habilidades:

Nível 1
Nome do poder: Beleza Natural
Descrição: Os filhos da deusa do amor são campistas naturalmente bonitos e charmosos. A beleza supera a de qualquer outro semideus no acampamento, sendo algo beirando ao sobrenatural. É simplesmente indescritível. Isso faz com que inimigos e aliados acabem se distraindo por sua beleza perturbadora, ou encantados pela mesma.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Pode deixar o inimigo atordoado durante o primeiro turno, evitando atacar logo de cara, ou se atacar (poderes que exijam miras, ou armas com a mesma característica), irão errar o alvo. Não acertarão o filho de Afrodite/Vênus, pois, de primeira, o inimigo não saberá porque não nutre o desejo de ataca-lo.
Dano: Nenhum

Nível 9
Nome do poder: Bom ator
Descrição: Devido a sua habilidade em contar mentiras, você acaba sendo um improvisador nato e essa habilidade pode lhe ser muito útil para sair de momentos difíceis.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +10% de força em poderes ativos que necessitem de persuasão, ilusão ou mentiras. +15% de chance de sair de uma situação complicada usando tal habilidade.
Dano: Nenhum



♥️ Puermina ♥️
embaixadora do amor próprio e protetora da infância
Filha de Éris & Legado de Afrodite
Puermina
Puermina
Amazonas
Amazonas


Voltar ao Topo Ir em baixo

X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira Empty Re: X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira

Mensagem por Koda Smith em Qua Mar 20, 2019 9:46 pm



Training
Capoeira lession


Já havia treinado alguns estilos de luta antes, além de já ter ouvido várias canções de batalha. Mas devo admitir que foi uma surpresa gratificante entrar na arena do acampamento ao som característico de músicas de uma roda de capoeira.

Antes de ir para a aula, procurei saber mais sobre o estilo de luta. Somente a história de origem da capoeira já é algo que possui um bom atrativo. O pano de fundo para a criação daquilo que misturava uma dança, uma luta e uma expressão cultural era fascinante. Não pude deixar de me envolver no ritmo da música, enquanto esperava a aula começar.

Fazia algum tempo que eu não frequentava uma aula ministrada pela Max. Nada, porém, havia mudado. A amazona continuava com o mesmo comportamento altivo de sempre. Sua explicação sobre o estilo marcial foi bem abrangente. E então, veio a parte prática da aula.

Para iniciar, Max mostrou a ginga, movimento básico para a roda de capoeira. Ela servia para, entre outras coisas, manter uma imprevisibilidade sobre os golpes aplicados. O oponente tinha dificuldade em prever os movimentos do capoeirista. Em conjunto com a música, a ginga era um ótimo passo de dança além de um ótimo exercício.

Com uma agilidade incrível, Max demonstrou cada um dos golpes de capoeira para a turma. Não era raro ouvir uma exclamação de surpresa, conforme um movimento complexo era feito. Eu mesmo deixei escapar algumas exclamações. Quando terminou, a instrutora nos deixou livres para treinar os golpes que mais fossem fáceis.

Procurei um espaço grande o suficiente para não bater acidentalmente em alguém e comecei a, inicialmente, me alongar. A capoeira exige muito do corpo, tanto de flexibilidade quanto de força. Após isso, comecei a treinar a ginga. Era a parte mais fácil da capoeira. Cadenciar meus movimentos ao ritmo da música não foi nada complicado. Pelo contrário. Era até divertido fazer isso.

Depois de treinar a ginga até ficar algo quase natural, Comecei a treinar alguns movimentos com minhas pernas. Primeiro dei algumas joelhadas no ar, até o movimento sair com alguma facilidade. Os treinamentos anteriores, além da minha agilidade natural ajudaram um pouco no processo. Seguindo o treino, comecei a ensaiar alguns chutes giratórios, focando colocar minha força na canela. Nas primeiras vezes não foi fácil, pois meu equilíbrio não estava ajudando, mas depois de certo tempo, os chutes também começaram a sair normalmente.

Começando a gingar, comecei a ensaiar um dos primeiros chutes que Max nos ensinou, o “Martelo”. Usando a perna de trás, a erguia em um chute, visando acertar a cabeça de um oponente inexistente. Inicialmente, fiz lentamente o movimento, e fui aumentando a velocidade conforme minha confiança no golpe aumentava.

Parei uns segundos para respirar, e admirar meu avanço, e então comecei a ensaiar outro golpe, a “Armada”. Visando atingir o oponente com o calcanhar, o movimento exigia um movimento de rotação, com a perna do chute descrevendo um arco até atingir o oponente. O movimento era mais fácil de ser treinando, então comecei com a rotação, para pegar o tempo certo de erguer a perna. Fiz o movimento por algumas vezes e logo peguei a manha. Então comecei a adicionar o chute depois da rotação. Não era um movimento difícil, mas poderia ser complicado terminar o golpe sem perder o equilíbrio. Foi penoso aprender essa parte, mas, com o tempo, ficou mais fácil.

Adicionando a ginga ao movimento, não foi difícil realizar a “Armada” por algumas vezes seguidas. Refiz o movimento até obter um resultado satisfatório. Após isso, fiz mais uma rápida pausa para recuperar o fôlego e tomar água, imediatamente voltando ao trabalho.

Um dos movimentos mais fáceis, que servia mais para desestabilizar o oponente do que de fato machucá-lo, era a rasteira. Um movimento circular com a perna, visando atingir as pernas do alvo, derrubando-o ou simplesmente tirando o ritmo dele. Era um movimento bem fácil, então depois de algumas repetições, tanto em pé quanto abaixado, dominei facilmente a técnica.

Um movimento em especial me chamou a atenção. Era a “Vingativa”, movimento que também visava derrubar o oponente, mas utilizando uma aproximação mais direta. O golpe consistia em ficar de lado com o oponente, utilizando uma perna como apoio para derrubar o oponente, com o resto do corpo. Esse movimento me chamou a atenção pois parte de sua postura me lembrava muito uma postura de wushu, a postura do cavalo. Essa postura havia sido complicada para mim, então, indo um pouco contra o treino proposto, dediquei alguns segundos a realizar essa postura, para fortalecer meus músculos e fazer eles se lembrarem de como era ficar assim.

Após o alongamento “fora da curva”, comecei a realizar o movimento. Era um golpe mais complicado de se treinar sozinho, então, depois de algumas repetições, pedi para um semideus que estava perto de mim me ajudar com o treino. Expliquei o que estava fazendo e, alguns segundos depois, começamos a gingar. Era realmente mais fácil treinar com um parceiro, então começamos a aplicar o golpe um no outro, alternadamente. As quedas eram até divertidas, mas realmente tirava todo o equilíbrio da pessoa. Depois de nos darmos por satisfeitos, nos cumprimentamos e fomos até Max, que estava chamando os semideuses para participar de uma roda de capoeira.

Era muito interessante ver os semideuses em quase perfeita sincronia na ginga e, então, quebrar essa dança ao aplicar um golpe. Em nenhum momento alguém foi atingido de forma séria. Era apenas uma roda normal. Quando tive chance, entrei na roda com um salto mortal, caindo e já iniciando a ginga. O semideus que me ajudou com o treino da “Vingativa”, veio até mim com uma “estrela” e começou a me acompanhar na ginga.

Era um pouco complicado encaixar golpes nele, pois a nossa ginga era bem sincronizada. Ensaiamos alguns “martelos”, que eram facilmente desviados, assim como as “amarras”. Era um “combate” bem equilibrado, e eu estava me deixando levar pelo ritmo da música, até que o garoto percebeu meu devaneio e encaixou uma “vingativa”, me levando ao chão rapidamente.

Talvez em uma situação normal aquilo tivesse me subido à cabeça, mas naquela roda, eu simplesmente dei um sorriso e aceitei a ajuda para me levantar. Depois de mais alguns golpes, nos cumprimentamos e saímos da roda, dando lugar para outra dupla. Após vários golpes e gingas depois, toda a turma foi dispensada.

Minha mente pedia por mais, mas meu corpo estava exausto. Decidi por fim tomar um banho e encerrar o dia. Havia aprendido muito com aquela aula, e queria reter o máximo de conhecimento o maior tempo possível.

FPA:

PODERES UTILIZADOS::
Nível 13
Nome: Aprendizado apurado I
Descrição: A inteligência de um filho de Athena é um dos pontos mais fortes do semideus, quando bem desenvolvida e estimulada. Ao estudar algo, o filho da deusa da guerra estratégica ganha mais domínio sobre o assunto do que qualquer outro semideus.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +5% de bônus em habilidades aprendidas.
Dano:  +5% de dano em habilidades aprendidas.
Extra: Necessário colocar essa habilidade em destaque, para que narrador esteja ciente do aumento no bônus e dano.

Nível 15
Nome do poder: Agilidade I
Descrição: Os filhos de Athena/Minerva podem não ser tão fortes quanto os de Ares/Marte, mas possuem um controle corporal ainda mais aprimorado. A agilidade da prole da deusa é apurada, permitindo movimentos cada vez mais elaborados e complexos.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +10% de agilidade.
Dano: Nenhum.

Koda Smith
Koda Smith
mentalistas de psique
mentalistas de psique

Idade : 22
Localização : Mais perdido que cego em tiroteio

Voltar ao Topo Ir em baixo

X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira Empty Re: X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira

Mensagem por Maxine H. Henz em Sex Mar 22, 2019 12:48 pm

Aula encerrada, logo mais a avaliação será postada


Mrs.HayesHenz


∆ LYL - FG


Maxine H. Henz
Maxine H. Henz
Amazonas
Amazonas


Voltar ao Topo Ir em baixo

X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira Empty Re: X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira

Mensagem por Maxine H. Henz em Sab Mar 23, 2019 11:09 pm

Tag: Avaliação
Capoeira



MÉTODO AVALIATIVO

Criatividade: 50
Ortografia: 30
Coerência: 40
Ações Realizadas: 30
Total: 150 exp + 200 exp pela atividade extra = 350exp


Puermina

Criatividade: 50
Ortografia: 30
Coerência: 40
Ações Realizadas: 30
Total: 350exp

Comentário: Esse post foi melhor do que o anterior, parabéns Mina! Muito suave e divertido de ler. Espero você nas próximas aulas!

Koda

Criatividade: 50
Ortografia: 30
Coerência: 40
Ações Realizadas: 30
Total: 350exp
Comentário: Fico feliz de ter conseguido postar a tempo, pois foi uma ótima leitura. Parabéns Koda! Espero te ver também nas próximas aulas.


Nome da Habilidade: Capoeirista
Descrição: Após uma aula de combate corporal, o aluno aprendeu a arte da capoeira. Assim, aplicará golpes eficientes principalmente com os pés, além de ter melhorado a sua capacidade de esquiva e agilidade graças ao método de combate dessa modalidade.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% de esquiva e agilidade
Dano: +20% de dano em golpes feitos com as pernas/pés.
Extra: Nenhum




(C) Ross


Mrs.HayesHenz


∆ LYL - FG


Maxine H. Henz
Maxine H. Henz
Amazonas
Amazonas


Voltar ao Topo Ir em baixo

X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira Empty Re: X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira

Mensagem por Afrodite em Dom Mar 24, 2019 4:22 pm

2100 xp fixos + 30 por aluno = 2160 xp

ATUALIZADOS



Aphrodite
Love's Goddess
heartbreaker
Afrodite
Afrodite
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Localização : Olimpo

Voltar ao Topo Ir em baixo

X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira Empty Re: X Aula de Combate Corporal -//- Capoeira

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum