The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[Narrada para Zara] Versace on the floor

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

[Narrada para Zara] Versace on the floor Empty [Narrada para Zara] Versace on the floor

Mensagem por Psique em Ter Jan 29, 2019 2:39 pm

Versace on the floor

Quando Leah, uma das veteranas do chalé de Afrodite, desapareceu depois de ter sido mandada para Viena para resolver uma emergência em uma loja da Versace, Quíron ficou preocupado com o que teria de ser enfrentado e, por essa razão, escolheu uma criança com poderes mais potentes, embora fosse mais inexperiente.

Infelizmente para Zara, ou não, era ela quem havia sido escolhida. Quíron contou como as pessoas que estavam entrando na loja desapareciam logo depois de algumas horas ali e nunca mais eram vistas. A polícia não conseguia identificar nada de anormal e tudo que havia como pista era a localização. — Faça suas malas. A van do Acampamento a espera para partir em meia hora. Lembre-se: leve apenas o necessário. — e foi assim, que ela voltou para o chalé correndo. Aquela história toda parecia muito louca, mas ela achou que seria legal.

Instruções:

• Prazo de 5 dias, logo, você tem até 03/02/2019 para postar.

• Colocar todos os poderes e itens levados em spoiler ao fim do post.

• Template com fonte (mínimo) tamanho 12 e largura (mínima) 500 px.

• Como pôde ver, há várias lacunas, seu prêmio será dado com base em seu desenvolvimento na missão, portanto, não tenha preguiça de explorar as brechas, porém, atente-se às minhas instruções.

• Narre como foi seu dia até o momento que Quíron a abordou e lhe deu a missão.

• Narre até o momento em que a van pegou a estrada.

• Eu tenho o mesmo prazo que você para postar, avisarei caso eu atrase (novamente).

• Qualquer dúvida: Mande-me uma MP. Não se preocupe, não será prejudicado com relação ao prazo caso eu demore responder a MP.



missed my tears, ignored my cries; life had broken my heart, my spirit, and then you crossed my path, you quelled my fears, you made me laugh, then you covered my heart in kisses
Psique
Psique
Deuses Menores
Deuses Menores

Localização : No abraço de Eros ♥

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Narrada para Zara] Versace on the floor Empty Re: [Narrada para Zara] Versace on the floor

Mensagem por Zara Cooper em Sex Fev 01, 2019 7:58 pm




BYE-BYE, CAMP!



Manhã ensolarada. Muito suor. Zara acordara energética aquele dia. Depois do afamado café da manhã do Acampamento Meio-Sangue, a semideusa se dirigiu até a Arena onde acontecia um treinamento preparatório voltado para um torneio de espadachins que aconteceria dentro de algumas semanas. Decerto, a loira participaria.
     — Uau, Gabs! Você por aqui? — Enquanto destravava sua garrafa de água, na pausa para um breve descanso — o famoso intervalo —, Zara encontrou um amigo antigo.
     Gabriel era filho de Apolo e um dos muitos meios-sangues que odiavam a proveniência divina. Quando completara doze anos, conhecera Zara e compartilhara momentos sensíveis com a filha de Zeus. Histórias horripilantes envolvendo carnificinas e, tristemente, a morte de todos os seus familiares. Além disso, aprendera bastante inglês com a menina.
     — Enquanto não inventam um fuzil como os que usávamos no Brasil, preciso aprender a usar isso aqui — respondeu, exibindo a espada de lâmina dupla empunhada em sua mão esquerda.
     Zara riu do humor sarcástico do rapaz e o abraçou em seguida, deixando-o sem jeito, como sempre acontecia. Independente do seu passado cabuloso, Gabriel era uma boa pessoa. Zara gostava do seu jeitão desordenado. Além do mais, foi com ele que a filha de Zeus fumou seu primeiro baseado em uma noite muito... muito louca na floresta do acampamento.
     Antes que pudessem prosseguir com o diálogo, o apito do treinador assobiou. Era hora de voltar. Zara deu um último gole na sua água e os dois começaram a caminhada de volta à Arena.
     — Sabe... — começou Gabriel, mas um barulho alto de galope se aproximando dos dois o interrompeu.
     Zara se virou involuntariamente, com Devoradora erguida no ar e o corpo em posição de ataque.
     — Calma, calma, garotinha! — Alguns metros à sua frente encontrava-se Quíron, o centauro. A expressão impressa em sua face não indicava a chegada de boas notícias. Zara conseguia perceber seu humor de longe, mesmo que ele não pronunciasse uma palavra. Convivera com o diretor desde seus oito anos de idade, o conhecia muito bem. — Acompanhe-me, por favor, senhorita — pediu, agachando-se na direção da semideusa. Zara entendeu o sinal e logo montou em seu dorso.
     — Gabs! — chamou enquanto o centauro se virava. O filho de Apolo analisava confuso a situação. Ao encarar Zara, a garota piscou um de seus olhos e, com as mãos, gesticulou para que conversassem depois. O garoto assentiu e Quíron galopou em direção — ao que parecia — à Casa Grande.

Ali, na varanda da residência, o centauro assumiu sua outra forma, menos mitológica e mais humana; sentado em sua cadeira de rodas, o diretor explicou toda a situação embaraçosa à menina e, no final, lhe entregou um envelope e ordenou que Cooper partisse em meia hora pois a Van do acampamento a aguardava.
     Zara não sabia ao certo o que tudo aquilo significava, mas agradeceu ao centauro por confiar nela e por atender previamente suas preferências. A filha de Zeus sabia o que tinha dentro daquele envelope, não conseguiria deixá-lo fechado por muito tempo. Por isso, enquanto caminhava até o chalé de número um, o abriu para confirmar sua presunção.
     Bingo! Duas passagens aéreas, uma de ida e outra de volta, Zara sorriu ao tocar os papéis, voar era sempre uma oferta muito boa. Quíron conhecia essa predileção da garota, usara seu escritório — aquele esquisito, com o único computador de todo o acampamento — outra vez para comprar passagens quando Nova Roma precisava de ajuda, decerto ele tinha os dados da menina salvos na máquina. Agradeceu mentalmente à Zeus por não precisar entrar naquele inventário de objetos estranhos outra vez e também por não precisar gastar a mesada que sua avó lhe pagava todo mês.
     Ao guardar as passagens de volta no invólucro de ofício, Zara sentiu que havia outro papel ali dentro. E, para sua surpresa, assim que o revelou entendeu de imediato que se tratava de um recado. Pois além de parecer um pedaço rasgado da página de um caderno, estava escrito o seguinte:

[Narrada para Zara] Versace on the floor XhJjMS8

     O conselho? Zara hesitou, pensou em voltar atrás e perguntar ao diretor de atividades qual a finalidade da mensagem, mas, por fim, imaginou que tivesse acontecido um engano. Ademais, a semideusa não tinha tanto tempo, Quíron comunicou que em meia hora a Van estaria partindo, ela já estava cinco minutos atrasada. Sua tia-avó, Leah, precisava de ajuda e cruzar o oceano seria uma viagem demorada.

Dentro do chalé, Zara cuidou da sua higiene corporal e, vestida com seu roupão branco, correu do banheiro até o compartimento onde ficavam suas roupas e acessórios. De lá a semideusa retirou as peças que usaria e as repousou em cima da cama; uma t-shirt, parceria entre as marcas Fendi e Fila, duas queridinhas da loira, mom jeans da Levi’s, óculos Westward Leaning, sneakears da Naked Wolfe e por último sua Belt Bag preta básica.
     Após se vestir, Zara fez um coque simples no cabelo e pegou de dentro do criado-mudo ao lado da sua cama quatro itens comprados na Tea Drop que poderiam auxiliá-la de alguma maneira na viagem: um pirulito, um chiclete, um pãozinho de queijo e uma barrinha de cereal sabor cereja. Cada um com uma finalidade, Zara os recolheu e enfiou um por um — incluindo o envelope muito bem dobrado — dentro da Belt Bag presa à sua cintura.
     Antes de sair do chalé, confirmou se guardara em um de seus bolsos o pingente vermelho que dava vida à Devoradora, caminhou até estátua que representava seu pai localizada no centro do local e se ajoelhou no mármore branco. Zara pediu que o deus protegesse Brave, seu Pégaso, e que lhe acompanhasse na missão. Um trovão ribombou dentro do chalé, a garota sorriu ladino e, finalmente, deixou a construção para trás.
     Seguiu uma trilha até as margens do acampamento onde se encontrava a tal van que provavelmente a levaria até o Aeroporto Internacional John F. Kennedy localizado ali mesmo em Nova York.
     — Hello! — cumprimentou o motorista assim que adentrou o veículo.
     — Olá, senhorita Zara, tudo pronto?
     — Sim! — respondeu. O motor roncou e a van seguiu rumo ao seu destino.

Apêndice:
Itens:
Arsenal:
• Devoradora [Uma espada de ouro imperial pertencente a épocas passadas da legião, possuído pedras preciosas cravadas no cabo – maioria tratando-se de rubis e safiras –, sendo que o local onde fica o punho possui um revestimento de couro esbranquiçado que se encontra em um estado perfeito de conservação, se encaixando perfeitamente no punho de qualquer semideus disposto a empunhar a arma. | Efeito 1: A lâmina possuí um brilho incomum e diversas vezes recrutas da legião encarregados do arsenal alertaram sobre a mesma, falando terem visto um par de olhos na espada. A mesma emite um brilho avermelhado até mesmo no escuro, com intensidade do brilho variando de acordo com aquele que porta a arma. | Efeito 2: Tal espada pode tomar a forma de um pequeno pingente vermelho sangue, porém nem sempre a espada vai gosta de ser transformada em pingente ou vice-versa. | Ouro Imperial e pedras preciosas. | Espaço para uma gema | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]
Consumíveis:
• Chiclete Bolha Grande [ Uma bola de chiclete vermelha grande, sabor morango. | Efeito: Ao ser mordido, o chiclete permite soprar até 4 bolhas pequenas que ficam flutuando ao redor do campo durante uma batalha, se alguém a toca, a bolha explode e tira 50 HP da pessoa ou monstro. | Efeito dura por três turnos. | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop]

• Pirulito Fantasma [ O semideus que comer essa muda a forma do corpo completamente, tornando-se uma espécie de espectro. | Efeito: Durante dois turnos quem lutar com ele nessa forma não conseguira atingi-lo, contudo o mesmo não acontece com o semideus, que poderá atacar seu inimigo com ataques corporais ou com armamentos, sem sofrer danos. Poderes ativos ficam vetados após a ingestão, voltando imediatamente após o fim do efeito. | Efeito dura por dois turnos. | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop]

• Pão de queijo [ Um pão de queijo de tamanho médio recheado com requeijão e pedacinhos de ambrosia, se mantém quentinho dentro do saco de papel pronto para o consumo. | Efeito: Como uma comida reconfortante, o consumo deste recupera até 150 HP e MP do semideus portador do item. | Efeito imediato | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop ]

• Energy Bars [ Barrinha sabor cereja com cereais e mel. | Efeito 1: Após o consumo o semideus é capaz de se sentir revigorado e bem disposto, sem mexer na barra de HP ou MP. Aumenta a velocidade em 10%. | Efeito dura por dois turnos. | Uso único, some após o consumo. (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop ]





Camp Half-Blood ••• Wearing ••• External Mission #1


[Narrada para Zara] Versace on the floor QNIZsUH
Zara Cooper
Zara Cooper
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Narrada para Zara] Versace on the floor Empty Re: [Narrada para Zara] Versace on the floor

Mensagem por Psique em Qua Fev 06, 2019 9:44 pm

Versace on the floor

Tranquilamente, a van fazia caminho até o aeroporto. Zara estava um banco e atrás dela encontravam-se algumas caixas empilhadas e cheias de morangos. Então, foi possível ouvir um barulho seco no teto e a pancada fez com que todo o veículo estremecesse. O motorista parou o veículo enquanto o barulho e as vibrações continuavam a ecoar na lataria. Algumas das caixas com morangos caíram, fazendo o cheiro do fruto se tornar ainda mais intenso dentro do pequeno espaço.

Pensaram em ficar quietos ali dentro e esperar a confusão passar. Mas então, uma espada afiada perfurou o teto, tirando um fino do rosto da loira. Eles precisavam fazer alguma coisas ou iriam ser mortos sem oferecer nenhuma resistência.

Status:
Zara Cooper
HP: 240/240
MP: 240/240

Fúria
HP: 600/600
MP: 600/600

Instruções:

• Prazo de 5 dias, logo, você tem até 11/02/2019 para postar.

• Colocar todos os poderes e itens levados em spoiler ao fim do post.

• Template com fonte (mínimo) tamanho 12 e largura (mínima) 500 px.

• A van está sendo atacada, vocês precisam dar um jeito nisso.

• Eu tenho o mesmo prazo que você para postar, avisarei caso eu atrase.

• Qualquer dúvida: Mande-me uma MP. Não se preocupe, não será prejudicado com relação ao prazo caso eu demore responder a MP.



missed my tears, ignored my cries; life had broken my heart, my spirit, and then you crossed my path, you quelled my fears, you made me laugh, then you covered my heart in kisses
Psique
Psique
Deuses Menores
Deuses Menores

Localização : No abraço de Eros ♥

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Narrada para Zara] Versace on the floor Empty Re: [Narrada para Zara] Versace on the floor

Mensagem por Zara Cooper em Seg Fev 11, 2019 5:40 pm




THE RAID



O odor de morangos fresquinhos e recém-colhidos que exalava dentro do veículo estava maravilho. Zara desejou ser levada até a Áustria dentro da van, mas após relembrar que voaria, mudou de ideia. O céu era sua segunda casa, a sensação de estar dentro de um avião em uma altitude elevada como aquela era fantástica.
     Enquanto vivia um devaneio precedente ao voo, Zara foi obrigada a despertar. A van forçada a interromper seu percurso. Algo havia pousado em cima do veículo, o impacto estremeceu o miniônibus. Zara se assustou e pediu que o motorista freasse. Involuntariamente a semideusa retirou de dentro do bolso de sua calça o pingente vermelho e aguardou enquanto ouvia passos grosseiros no teto do transporte.
     — Espere! — ordenou ao perceber a mão do condutor tocar a maçaneta da porta ao seu lado. — E silêncio.
     — Sim, senhora! — respondeu.
     A van havia percorrido pelo menos meio quilômetro, ainda estavam atravessando uma trilha em meio a vegetação quando ela foi supostamente atacada. Zara não sabia com certeza qual problema a esperava do lado de fora. A julgar pelo fato de ser filha de Zeus e que exalava um perfume muito atraente para monstros, duvidava que se tratava de um simples pássaro ou uma fruta que despencara coincidentemente em direção ao teto.
     Não precisou ponderar sobre o assunto, a certeza do perigo se materializou após a semideusa quase perder parte do seu rosto. Uma lâmina muito afiada cavou um buraco no teto da van e por pouco não perfurou a cabeça da menina.
     Zara gritou e revelou Devoradora, mesmo de dia, a espada emitiu seu brilho avermelhado. O motorista alterou a marcha do veículo e o ligou, estava a ponto de acelerar, mas Zara ordenou mais uma vez que ele não fizesse. O homem contestou, mas a filha de Zeus não compreendeu o que ele falara. Acima de suas cabeças, uma voz árida vociferou, a menina logo entendeu o motivo. A espada da criatura havia agarrado na ferragem, foi então que a loira considerou uma possível solução.
     Cooper concentrou sua energia divina e manipulou um conjunto de partículas de água muito finas acima da cabeça do inimigo, criando uma nuvem chuvosa. Em seguida escutou o barulho dos pingos atingirem o teto e a voz da criatura proferir um palavrão. A espada presa sacudiu e escorregou, mas antes que fosse totalmente retirada da ferragem, Zara abandonou o veículo, extraiu parte de sua energia elétrica e a arremessou na direção da criatura que já não era mais um mistério. A filha de Zeus conhecia muito bem aquele demônio voador.
     A Benevolente parecia confusa e enfurecida após a investida. Zara não esperou pelo contra-ataque e correu de volta para dentro do veículo.
     — Acelera! — pediu apressada ao motorista que pisou firme no acelerador sem nem pensar duas vezes.
     O que uma das servas de Hades queria com a semideusa? Zara havia tido problemas com o deus uma vez após a morte de Arthur, o filho de Nyx que a guiara até as margens do acampamento. Mas, por hora, tudo parecia ter sido resolvido... Até aquele súbito aparecimento. A aura vermelha envolta da lâmina brilhava com bastante intensidade. Zara sabia o que aquilo significava: seus sentimentos estavam conturbados, sentia saudade, ódio, ansiedade e, além de tudo, colocava em perigo a vida de um inocente. O homem ao seu lado parecia apavorado. Arthur morrera tentando lhe salvar. Aquele episódio não poderia se repetir. Zara sabia que, mesmo em alta velocidade, a possibilidade da Benevolente os alcançar era enorme.
     Então a semideusa cerrou o punho que segurava Devoradora e se concentrou em acalmar o motorista — com moderação pois era bisneta de Afrodite e tranquilizá-lo demais poderia prejudicar a corrida — e também avisá-lo sobre possíveis obstáculos. Em algumas horas o avião que a levaria até Viena decolaria, Zara não queria se atrasar.

Apêndice:
Itens:
Arsenal:
• Devoradora [Uma espada de ouro imperial pertencente a épocas passadas da legião, possuído pedras preciosas cravadas no cabo – maioria tratando-se de rubis e safiras –, sendo que o local onde fica o punho possui um revestimento de couro esbranquiçado que se encontra em um estado perfeito de conservação, se encaixando perfeitamente no punho de qualquer semideus disposto a empunhar a arma. | Efeito 1: A lâmina possuí um brilho incomum e diversas vezes recrutas da legião encarregados do arsenal alertaram sobre a mesma, falando terem visto um par de olhos na espada. A mesma emite um brilho avermelhado até mesmo no escuro, com intensidade do brilho variando de acordo com aquele que porta a arma. | Efeito 2: Tal espada pode tomar a forma de um pequeno pingente vermelho sangue, porém nem sempre a espada vai gosta de ser transformada em pingente ou vice-versa. | Ouro Imperial e pedras preciosas. | Espaço para uma gema | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]
Consumíveis:
• Chiclete Bolha Grande [ Uma bola de chiclete vermelha grande, sabor morango. | Efeito: Ao ser mordido, o chiclete permite soprar até 4 bolhas pequenas que ficam flutuando ao redor do campo durante uma batalha, se alguém a toca, a bolha explode e tira 50 HP da pessoa ou monstro. | Efeito dura por três turnos. | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop]

• Pirulito Fantasma [ O semideus que comer essa muda a forma do corpo completamente, tornando-se uma espécie de espectro. | Efeito: Durante dois turnos quem lutar com ele nessa forma não conseguira atingi-lo, contudo o mesmo não acontece com o semideus, que poderá atacar seu inimigo com ataques corporais ou com armamentos, sem sofrer danos. Poderes ativos ficam vetados após a ingestão, voltando imediatamente após o fim do efeito. | Efeito dura por dois turnos. | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop]

• Pão de queijo [ Um pão de queijo de tamanho médio recheado com requeijão e pedacinhos de ambrosia, se mantém quentinho dentro do saco de papel pronto para o consumo. | Efeito: Como uma comida reconfortante, o consumo deste recupera até 150 HP e MP do semideus portador do item. | Efeito imediato | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop ]

• Energy Bars [ Barrinha sabor cereja com cereais e mel. | Efeito 1: Após o consumo o semideus é capaz de se sentir revigorado e bem disposto, sem mexer na barra de HP ou MP. Aumenta a velocidade em 10%. | Efeito dura por dois turnos. | Uso único, some após o consumo. (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop ]
Poderes e Habilidades:
AFRODITE

Nenhum utilizado.

ZEUS

Passivos

Nome do poder: Ouro Imperial
Descrição: O ouro imperial é o material perfeito para Zeus/Júpiter, o olimpo é feito de ouro, suas armas são feitas de ouro, e se duvidarmos, Zeus/Júpiter reluz em ouro. Com isso, os filhos de Zeus/Júpiter ganham um bônus de batalha ao lutarem com armas feitas de ouro imperial, pois tem facilidade em lidar com elas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Quando o semideus lutar com armas feitas de ouro imperial ganha +10% de força
Dano: 5% de dano a mais se o adversário for acertado pela arma do semideus.

Nome do poder: Pericia com Espadas I
Descrição: Os filhos de Zeus/Júpiter são excelentes esgrimistas, e eles aprendem a manejar uma espada com uma tremenda facilidade. Mesmo sem nunca ter pego essa arma, conseguira usa-la para estocar e se defender, mas nesse nível ainda comete erros, e dificilmente acerta pontos críticos em seu adversário, também pode acabar sendo desarmado.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +35% de assertividade no manuseio da espada.
Dano: + 15% de dano ao ser acertado pela arma do semideus.

Nome do poder: Respeito
Descrição: Por onde quer que vá o filho de Zeus/Júpiter será respeitado, seu pai é o senhor do Olimpo, o que o torna quase um príncipe na terra. Isso faz com que de certa forma o semideus empunha respeito, podendo chegar a ser temido pelos demais campistas, ou invejado. Entretanto tal poder dificilmente irá funcionar com individuos de nível elevado ou força mental forte.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Pode fazer um inimigo hesitar durante o primeiro turno, evitando atacar diretamente.
Dano: Nenhum.

Ativos

Nome do poder: Descarga Inicial
Descrição: A prole de Zeus/Júpiter em tal nível poderá manipular a eletricidade, fazendo com que a mesma seja disparada contra um alvo, por exemplo, antes que a mesma seja dissipada. No entanto, é preciso que exista alguma fonte de eletricidade no local.
Gasto de Mp: -15 de MP
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: - 25 de HP, no entanto se o alvo estiver molhado ou com a pele rompida o dano poderá duplicar ou triplicar.
Extra: Nenhum.

Nome do poder: Nuvem Seguidora
Descrição: O semideus consegue invocar uma pequena nuvem de chuva na cabeça do inimigo, essa nuvem perseguidora ficará seguindo o oponente do filho de Zeus/Júpiter durante duas rodadas inteiras, além de encharca-lo, dificultara seus movimentos, e o deixara distraído.
Gasto de Mp: 40 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: O dano fica a critério do narrador, quem fica exposto a nuvem de chuva, além de ficar encharcado, terá a visão e os movimentos dificultados durante a batalha.





Montauk ••• Wearing ••• External Mission #2


[Narrada para Zara] Versace on the floor QNIZsUH
Zara Cooper
Zara Cooper
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Narrada para Zara] Versace on the floor Empty Re: [Narrada para Zara] Versace on the floor

Mensagem por Psique em Dom Fev 17, 2019 3:03 pm

Versace on the floor

Naquele momento, parecia que Zara havia conseguido se livrar da fúria que, atordoada, caiu na beira da estrada e ficou esperando a confusão passar. Enquanto seguia para o aeropoto, ela não imaginava que o monstro estaria seguindo seu cheiro como um cão farejador. Mas dessa vez, a fúria estaria com reforços. Suas duas "irmãs".

A cria dos céus havia chegado sã e salva em seu destino e o mostorista não via a hora de se livrar dela porque reconhecia o perigo que a outra oferecia. No entanto, logo após fazer os ditos "procedimentos padrão", a garota ainda tinha mais uma hora e meia para não ser atacada por nenhum monstro. Mas teve certeza de que não teria tanta sorte assim quando percebeu as três figuras feiosas que a olhavam de longe, como se esperassem o momento certo. Zara, então, percebeu suas duas opções: ficar ali e esperar ser atacada ou ir atrás das monstrengas e tentar ter alguma vantagem.

Status:
Zara Cooper
HP: 240/240
MP: 195/240

Fúria 1
HP: 345/600
MP: 600/600

Fúria 2
HP: 600/600
MP: 600/600

Fúria 3
HP: 600/600
MP: 600/600

Instruções:

• Prazo de 5 dias, logo, você tem até 22/02/2019 para postar.

• Colocar todos os poderes e itens levados em spoiler ao fim do post.

• Template com fonte (mínimo) tamanho 12 e largura (mínima) 500 px.

• Caso decida atacá-las primeiro, você tem direito a três ações. Que podem ser tanto de ataque como de defesa.

• Eu tenho o mesmo prazo que você para postar, avisarei caso eu atrase.

• Qualquer dúvida: Mande-me uma MP. Não se preocupe, não será prejudicado com relação ao prazo caso eu demore responder a MP.



missed my tears, ignored my cries; life had broken my heart, my spirit, and then you crossed my path, you quelled my fears, you made me laugh, then you covered my heart in kisses
Psique
Psique
Deuses Menores
Deuses Menores

Localização : No abraço de Eros ♥

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Narrada para Zara] Versace on the floor Empty Re: [Narrada para Zara] Versace on the floor

Mensagem por Zara Cooper em Qua Fev 20, 2019 11:46 pm




BLUE PARKFIGHTING



Ah, o Queens! Zara conseguiu chegar ao condado em segurança, graças aos deuses conseguira desnortear a fúria em Montauk e seguir com a viagem sem que acontecesse qualquer incidente muito grave. Mesmo depois de todo frenesi causado pela criatura. Certamente, havia uma fissura no teto do veículo, mas um bom filho de Hefesto concertaria aquilo em poucos minutos.
     De frente para o Terminal 4 do aeroporto, logo após Cooper deixar a van, o motorista arrancou com o veículo. Zara tentou se despedir, mas o máximo que conseguiu fazer foi agradecer com um berro. Ela compreendia a pressa do rapaz, afinal, era bastante arriscado estar ao seu lado em qualquer local que não fosse o acampamento. Péssima desvantagem por ser filha do senhor dos céus.

Check-in concluído e uma surpresa: o voo atrasaria algumas horas. O avião que a levaria até Viena havia sofrido alguns problemas técnicos. Zara praguejou mentalmente, mas não tinha muito o que fazer além de esperar. Por isso seguiu uma pequena rota até uma área isolada no Blue Parking — o vasto estacionamento para carros defronte ao aeroporto — e acendeu um pequeno pedaço do cigarro de maconha que encontrou no menor bolso da sua Belt Bag.
     A menina havia aspirado o primeiro trago quando enxergou à alguns metros a sua frente a silhueta tortuosa de três demônios lhe encarando ardilosamente. Zara analisou preocupada seu arredor, assegurou-se de que não haviam pessoas normais — sem ascendência divina — por perto. Enxergou um ou outro sujeito estacionando seus carros e caminhando devagar em direção ao interior do JFK. Aos que lhe avistassem, Zara rezou para que a névoa manipulasse muito bem suas visões... sabia como terminaria aquele encontro.
     O menu de alternativas da semideusa quanto ao que fazer a seguir era escasso. As opções de Zara eram, simplesmente: atacar ou atacar. Imaginar a balbúrdia que seria lidar com aquelas nojentas dentro de um local fechado e com várias pessoas foi por si só uma ideia pavorosa, a descartou logo de imediato.
     — Que prazer revê-la, querida — disse uma das criaturas após abrir suas asas de morcego e levitar alguns metros do chão. — Minha irmã precisa comer, está faminta depois do encontro que teve com a senhorita.
     Com a biqueira do tênis, Zara amassou o cigarro recém jogado no chão e revelou Devoradora outra vez.
     — Prazer, vadia! — A garota vociferou e avançou.
     A criatura que planava foi a primeira a atacar. Deu um rasante na direção do estômago da garota. Zara desviou da investida e moveu sua espada — formando o desenho de uma lua crescente no ar — na direção da mostrenga ainda em movimento.
     A segunda carregava consigo um chicote. Ao se aproximar em pleno voo, a garota percebeu que a arma ardia em chamas. A corda flamejante projetou-se horizontalmente sentido ao seu pescoço. Zara gritou um insulto e se agachou abruptamente, sentiu um fio do seu cabelo loiro queimar. Antes que a criatura desferisse um novo golpe e a amarra se lançasse contra ela outra vez, Zara se levantou e — com a lâmina de Devoradora — riscou um traço diagonal no ar em direção ao seu ombro. Pretendia decepar o braço que a fúria segurava o chicote. Ou, ao menos, conseguir desarmá-la.
     A terceira parecia enfraquecida, Zara a reconheceu como sendo a que encontrara algumas horas atrás em Montauk. Não pela aparência, já que as três eram similarmente feias, mas essa empunhava uma espada, a mesma espada que furara o teto do transporte do Acampamento Meio-Sangue.
     — Você não pode sair por aí destruindo as coisas dos outros, viu?! — A fúria vacilou numa tentativa de voo, Zara ergueu Devoradora e a golpeou com o objetivo de acertar a lâmina em seu pescoço cadavérico.
     Por ter lidado com as criaturas antes, Zara as conhecia bem. Ou as destruiria de uma vez por todas ou, além de não conseguir salvar Leah e fazer da missão um autêntico fracasso, aquelas pragas tentariam subjugá-la com seus poderes altamente persuasivos. Zara não poderia permitir a audácia.

Apêndice:
Itens:
Arsenal:
• Devoradora [Uma espada de ouro imperial pertencente a épocas passadas da legião, possuído pedras preciosas cravadas no cabo – maioria tratando-se de rubis e safiras –, sendo que o local onde fica o punho possui um revestimento de couro esbranquiçado que se encontra em um estado perfeito de conservação, se encaixando perfeitamente no punho de qualquer semideus disposto a empunhar a arma. | Efeito 1: A lâmina possuí um brilho incomum e diversas vezes recrutas da legião encarregados do arsenal alertaram sobre a mesma, falando terem visto um par de olhos na espada. A mesma emite um brilho avermelhado até mesmo no escuro, com intensidade do brilho variando de acordo com aquele que porta a arma. | Efeito 2: Tal espada pode tomar a forma de um pequeno pingente vermelho sangue, porém nem sempre a espada vai gosta de ser transformada em pingente ou vice-versa. | Ouro Imperial e pedras preciosas. | Espaço para uma gema | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]
Consumíveis:
• Chiclete Bolha Grande [ Uma bola de chiclete vermelha grande, sabor morango. | Efeito: Ao ser mordido, o chiclete permite soprar até 4 bolhas pequenas que ficam flutuando ao redor do campo durante uma batalha, se alguém a toca, a bolha explode e tira 50 HP da pessoa ou monstro. | Efeito dura por três turnos. | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop]

• Pirulito Fantasma [ O semideus que comer essa muda a forma do corpo completamente, tornando-se uma espécie de espectro. | Efeito: Durante dois turnos quem lutar com ele nessa forma não conseguira atingi-lo, contudo o mesmo não acontece com o semideus, que poderá atacar seu inimigo com ataques corporais ou com armamentos, sem sofrer danos. Poderes ativos ficam vetados após a ingestão, voltando imediatamente após o fim do efeito. | Efeito dura por dois turnos. | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop]

• Pão de queijo [ Um pão de queijo de tamanho médio recheado com requeijão e pedacinhos de ambrosia, se mantém quentinho dentro do saco de papel pronto para o consumo. | Efeito: Como uma comida reconfortante, o consumo deste recupera até 150 HP e MP do semideus portador do item. | Efeito imediato | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop ]

• Energy Bars [ Barrinha sabor cereja com cereais e mel. | Efeito 1: Após o consumo o semideus é capaz de se sentir revigorado e bem disposto, sem mexer na barra de HP ou MP. Aumenta a velocidade em 10%. | Efeito dura por dois turnos. | Uso único, some após o consumo. (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop ]
Poderes e Habilidades:

AFRODITE

Nenhum utilizado.

ZEUS

Passivos

Nome do poder: Ouro Imperial
Descrição: O ouro imperial é o material perfeito para Zeus/Júpiter, o olimpo é feito de ouro, suas armas são feitas de ouro, e se duvidarmos, Zeus/Júpiter reluz em ouro. Com isso, os filhos de Zeus/Júpiter ganham um bônus de batalha ao lutarem com armas feitas de ouro imperial, pois tem facilidade em lidar com elas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Quando o semideus lutar com armas feitas de ouro imperial ganha +10% de força
Dano: 5% de dano a mais se o adversário for acertado pela arma do semideus.

Nome do poder: Velocidade I
Descrição: Os filhos de Zeus/Júpiter lidam com raios e tempestades, e sabe que a velocidade de um raio, assim como a de Zeus/Júpiter é vantajosa. Os filhos de Zeus/Júpiter são mais rápidos que a maioria dos campistas, e chegando a se assemelhar a velocidade dos filhos de Hermes.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +15% de velocidade
Dano: Nenhum

Nome do poder: Pericia com Espadas II
Descrição: O filho de Zeus/Júpiter evoluiu conforme seu treinamento, agora consegue executar esquivas, atacar e defender com a arma com uma vantagem impressionante, diferente de campistas que não tem esse dom natural com a arma. Além disso, seus movimentos parecem mais elaborados.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +70% de assertividade no manuseio da espada.
Dano: + 30% de dano ao ser acertado pela arma do semideus.

ADQUIRIDAS

Nome do poder: Corpo Intuitivo I
Descrição: Após um árduo treinamento no qual o semideus pôs o corpo a prova, estressando-o até o limite, o semideus ganhou a capacidade de se adaptar a qualquer situação adversa. A habilidade lhe confere a capacidade de manter suas bonificações de agilidade e velocidade mesmo que sua movimentação esteja limitada por outros fatores que não sejam ferimentos e magias.
Gasto de MP: Nenhum
Gato de HP: Nenhum
Bônus: +20% de Velocidade e +20% Agilidade, também não perderá bonificações destes atributos quando estiver com movimentação limitada por algo que não seja lesão, congelamento ou magia.

Nome: Street Dancer
Descrição: O Street Dance é uma modalidade de dança que surgiu nos Estados Unidos nos anos 1970, provinda da cultura Hip Hop. Ela tem traços corporais bem definidos, como movimentos enérgicos e ginga peculiar, mas não é uma dança sem possibilidade de inovações. Quem pratica Street Dance precisa ter uma coordenação corporal aprimorada. Esta dança melhora a capacidade cardio-respiratória, a memorização, a flexibilidade e a agilidade.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% força e agilidade
Dano: Nenhum
Extra: Nenhum





Queens ••• Wearing ••• External Mission #3


[Narrada para Zara] Versace on the floor QNIZsUH
Zara Cooper
Zara Cooper
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Narrada para Zara] Versace on the floor Empty Re: [Narrada para Zara] Versace on the floor

Mensagem por Psique em Seg Fev 25, 2019 6:11 pm

Versace on the floor

A primeira criatura apenas arranhou a pele da cria de Zeus antes de se atingida de raspão por sua arma. Mas aquilo a fez recuar no exato momento em que o chicote quase atingiu Zara e a semideusa sentiu apenas o cheiro de cabelo queimado onde o calor o tocara o suficiente para queimar alguns fios, mas não incendiar sua cabeça. O golpe de Zara a atingiu de raspão e seu braço quase foi, completamente, arrancado.

De súbito, a mais fraca das fúrias, acabou sendo decapitada e virou pó. A garota, então, foi agarrada com o chicote pelo braço e acabou sendo arremessada em direção a um dos carros que estavam ali no estacionamento. O alarme soou alto, e as pessoas viraram-se para olhar. Para a sorte de Zara, alguém veio gritando e, com medo de serem capturadas, as fúrias fugiram correndo.

No mesmo instante, os alto falantes externos começaram a chamar seu nome, anunciando que ela era a única que ainda estava fora do avião. Quanto tempo passara ali?

Status:
Zara Cooper
HP: 235/240
MP: 195/240

Instruções:

• Prazo de 5 dias, logo, você tem até 02/03/2019 para postar.

• Colocar todos os poderes e itens levados em spoiler ao fim do post.

• Template com fonte (mínimo) tamanho 12 e largura (mínima) 500 px.

• Você tem direito a quatro ações. Que podem ser tanto de ataque como de defesa.

• Eu tenho o mesmo prazo que você para postar, avisarei caso eu atrase.

• Qualquer dúvida: Mande-me uma MP. Não se preocupe, não será prejudicado com relação ao prazo caso eu demore responder a MP.



missed my tears, ignored my cries; life had broken my heart, my spirit, and then you crossed my path, you quelled my fears, you made me laugh, then you covered my heart in kisses
Psique
Psique
Deuses Menores
Deuses Menores

Localização : No abraço de Eros ♥

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Narrada para Zara] Versace on the floor Empty Re: [Narrada para Zara] Versace on the floor

Mensagem por Zara Cooper em Sab Mar 02, 2019 10:17 pm




NIGHTMARE



Anoitecia. Zara havia se perdido no tempo, até pronunciarem seu nome. Ouvira a recepcionista dizer que o avião atrasaria algumas horas. Algumas horas, não minutos. No entanto, gostou de ter escutado o chamado. Imaginou que fazia algum tempo que a procuravam, já que conseguira ouvi-los do lado de fora do aeroporto. Provavelmente, o emissor berrava no microfone.
     Ao deixar para trás um carro alarmado e um monte de curiosos perto de onde o confronto acontecera, Zara, finalmente, adentrou o avião e prosseguiu com sua viagem salva-vidas.
     Cooper amava estar àquela altura, mas, a fadiga causada pelo reencontro com as fúrias desde que saíra do acampamento lhe cansara. Não demorou muito até seus pensamentos oscilarem e seus olhos se fecharem.
     Há exatamente duas semanas a garota não tinha pesadelos. Sabia que uma hora ou outra poderia acontecer. Sempre acontecia, ademais com semideuses. Portanto, após algum tempo dormindo, cenas penosas surgiram na sua mente.
     Estava em um lugar obscuro. De tempo em tempo, riscos metalizados cintilavam na sua frente, embaçando sua visão e dificultando ainda mais que ela captasse qualquer coisa. Tentou perguntar onde estava, mas sua boca não emitiu som algum.
     — Senhor, temos um novo alvo no Bunker 112, Nova Iorque.
     — Sunrise Mart? — perguntou a voz de um adolescente.
     — Sim, na Broome St.
     — Descendência?
     — Um filho de Hermes, estava tentando roubar um queijo no setor de laticínios.
     — Ótimo, consigo contato com o Principal de lá?
     — Sim, senhor.
     — Obrigado.
     Após o diálogo desconexo, Zara se viu em outro lugar. Estava em um espaço exageradamente iluminado. Tanto que conseguiu enxergar apenas, alguns metros à sua frente, um garoto baixo de cabelos pretos sentado em uma espécie de cadeira robótica. Ao se aproximar, ficou aflita, ele estava preso a ela pelos punhos e também por uma chapa de metal que saía do apoio lombar e transpassava por sua boca.
     A filha de Zeus correu em sua direção, tentou ajudar, mas percebeu que o menino não a enxergava e que seu toque atravessava seu corpo magro, como se ela fosse um espectro. Os olhos do garoto estavam arregalados e miravam algo atrás da semideusa, seu semblante tomado por desespero assustou a loira. Antes que pudesse se virar e ver o que lhe causava tanto terror, um braço segurando uma seringa cheia de uma espécie de líquido vermelho passou por ela e furou o ombro do garoto. Zara se virou e gritou, mas tudo escureceu e ela acordou, suando, no banco do avião.
     — Senhora, está tudo bem?
     Quando a visão da garota luziu, percebeu que a maioria dos passageiros a olhavam curiosos. Zara limpou o suor da testa e respondeu à aeromoça que havia sido só um pesadelo. A mulher lhe entregou um copo d’água e se retirou.
     Cooper não quis voltar a dormir durante o resto do percurso. Ficou imaginando o que poderia significar aquele pesadelo, sabia que era real... sempre era. Mas quem eram aquelas pessoas? O que eles estavam tramando? Aquela criança aprisionada era o filho de Hermes citado na primeira cena? Desejou salvá-lo, mesmo depois da sua atitude contestável. E aquele líquido vermelho parecia algo muito... muito errado.
     Enquanto ponderava, o avião foi perdendo altitude até pousar. O Aeroporto de Dublin era encantador. Se não fosse o mais bonito que Zara já conheceu. A estrutura vidrada e muito bem arquitetada com suas formas variadas era apaixonante. Assim como toda a Irlanda. Quis explorar seu interior, mas aquele era um pouso de escala, somente para reabastecer a máquina ou embarcar novos passageiros.
     Depois de concluído os procedimentos, o avião — por fim — decolou rumo à Áustria. Aquele voo seria menos demorado, mais três ou quatro horas no céu. Enquanto voava, Zara percebeu o quanto estava faminta e decidiu que a primeira coisa que faria após se livrar da aeronave seria procurar em Viena um local onde pudesse se alimentar.
     Quando chegou no país, já era hora do almoço. Estranhou, mas logo lembrou da diferença entre os fusos horários de cada região. Poderia comer ali, no Aeroporto Internacional de Viena, mas preferiu entrar em um táxi e pedir que o motorista lhe deixasse próximo à rua Kohlmarkt, uma das mais conhecidas da cidade. Lá, Zara, com certeza, encontraria um ou centenas de restaurantes.
     Após pouquíssimos minutos, a prole de Zeus deixou o veículo e entrou na extensa rua. Kohlmarkt ficava em um local parecido com uma espécie de calçadão, localizada no centro de Viena e recheada de belíssimos prédios antigos e dos estabelecimentos comerciais mais famosos do mundo. Consumista, Zara precisava se concentrar em salvar sua tia-avó antes de sair comprando tudo que ousasse cruzar na frente da sua visão.
     Em meio à multidão de pessoas, enquanto caminhava apressada procurando por qualquer lugar onde pudesse comer, Zara teve seus passos interrompidos por um homem alto e parrudo que parou bem na sua frente. Carregava consigo uma enorme bolsa de tecido preto e parecia estar alcoolizado; seus olhos estavam semicerrados e suas pernas, estranhamente tortas, bambeavam.
     — Precisa de ajuda? — Zara perguntou, assustada.
     — Que cheiro forte você tem...
     A garota segurou o pingente vermelho dentro da sua Belt Bag e recuou um passo para trás.
     — Calma, menininha, eu sou um sátiro enviado do Acampamento Meio-Sangue.
     — Fale baixo — pediu a menina.
     — Esse lugar é lindo, não é mesmo? Tem tudo o que você precisa aqui.
     — Sim, preciso almoçar, conhece um bom lugar?
     — Acompanhe-me — pediu o homem.
     Zara seguiu o rapaz até um restaurante self-service próximo, ela não entendeu claramente se ele estava bêbado ou se havia bebido, dormido e acordado daquela maneira, mas imaginou que fosse a segunda opção, já que ele conseguia conversar, mesmo trocando uma palavra ou outra de vez em quando.
     Enquanto comiam, Zara perguntou seu nome. Paul era o nome do sátiro. Imediatamente a garota lembrou do bilhete entregue por Quíron. Então, interrompeu sua refeição e lhe entregou o papel rasgado. Ao ler, a criatura começou a choramingar. A prole de Zeus esperou até que ele terminasse e o incentivou a comer o restante da sua refeição.
     Quando terminaram, Paul explicou o que acontecera consigo. Ele havia sido mandado para uma missão de busca em Viena. Procuraria uma filha de Hécate e a levaria até o acampamento. Ele encontrou a menina, seguiu com ela até o hostel onde havia se hospedado. Devido a uma forte tempestade, partiriam no dia seguinte para o acampamento. Porém, quando acordou, havia uma mancha de sangue no lençol onde a garota havia dormido e ela não estava mais lá.
     Zara consolou o rapaz antes que ele voltasse a chorar. Após uma pausa longa, ele continuou. Além da filha de Hécate, havia Cindy, a semideusa o encontrara e estava conseguindo convencê-lo a retornar ao acampamento. Ele até acreditava que a prole de Afrodite havia sido mandada para, justamente, resgatá-lo. Então, antes de deixar a cidade, ela quis comprar algo em um estabelecimento local e, ao adentrá-lo, acabou desaparecendo. Paul tentou encontrá-la, mas não conseguiu. Enviou uma mensagem de Íris para o acampamento e pediu uma missão com urgência.
     Leah foi a escolhida para resgatar sua irmã, mas acabou sumindo da mesma maneira. Agora Zara seria a nova cliente da grife exterminadora.
     — Conheceu Leah?
     — Não — respondeu o sátiro em meio à soluços.
     — Serei a próxima a entrar naquela loja. Não quero que você ingira bebidas alcoólicas hoje. Fique do lado de fora me esperando, se eu demorar, não se preocupe, preciso entender o que está acontecendo naquele lugar... — Zara usou seu charme para persuadir o sátiro a obedecê-la. Completou dizendo-lhe que o mesmo voltaria com ela para casa, sem pirraça.
     — Okay — respondeu, limpando seu rosto molhado em seguida. — Isso pode te ajudar. — Antes de deixar o restaurante, Paul lhe entregou a bolsa sacola preta.
     — O que é isso? — Zara a abriu, mas não encontrou nada dentro, ainda que a mesma pesasse e tivesse certo volume.
     — É uma capa encantada, a menina recebera de sua mãe, Hécate. Ela vivia com bandidos negociantes que lhe prendiam em troca de pequenas e valiosas transformações que a garotinha conseguia fazer através de magia. Sua mãe lhe dera para que ela conseguisse fugir e me encontrar, já que o artigo lhe mantinha invisível. Deixou a bolsa com o objeto e um recado dentro.
     — Está dizendo que se eu jogar esse tecido sobre meu corpo ficarei invisível? — perguntou, curiosa.
     — Exato! — concordou Paul. — A capa era bem maior que a menina, talvez fique perfeita em você.
     Zara ficou furiosa com o final daquele diálogo. Sabia que os deuses não podiam interferir diretamente no destino de seus filhos, mas, por que não a transportar de vez até o acampamento no lugar de lhe dar um “presente” e colocar a vida de uma criança em risco?
     — Vamos embora, essa conversa está me dando náuseas — disse por fim.

Apêndice:
Itens:
Arsenal:
• Devoradora [Uma espada de ouro imperial pertencente a épocas passadas da legião, possuído pedras preciosas cravadas no cabo – maioria tratando-se de rubis e safiras –, sendo que o local onde fica o punho possui um revestimento de couro esbranquiçado que se encontra em um estado perfeito de conservação, se encaixando perfeitamente no punho de qualquer semideus disposto a empunhar a arma. | Efeito 1: A lâmina possuí um brilho incomum e diversas vezes recrutas da legião encarregados do arsenal alertaram sobre a mesma, falando terem visto um par de olhos na espada. A mesma emite um brilho avermelhado até mesmo no escuro, com intensidade do brilho variando de acordo com aquele que porta a arma. | Efeito 2: Tal espada pode tomar a forma de um pequeno pingente vermelho sangue, porém nem sempre a espada vai gosta de ser transformada em pingente ou vice-versa. | Ouro Imperial e pedras preciosas. | Espaço para uma gema | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]
Consumíveis:
• Chiclete Bolha Grande [ Uma bola de chiclete vermelha grande, sabor morango. | Efeito: Ao ser mordido, o chiclete permite soprar até 4 bolhas pequenas que ficam flutuando ao redor do campo durante uma batalha, se alguém a toca, a bolha explode e tira 50 HP da pessoa ou monstro. | Efeito dura por três turnos. | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop]

• Pirulito Fantasma [ O semideus que comer essa muda a forma do corpo completamente, tornando-se uma espécie de espectro. | Efeito: Durante dois turnos quem lutar com ele nessa forma não conseguira atingi-lo, contudo o mesmo não acontece com o semideus, que poderá atacar seu inimigo com ataques corporais ou com armamentos, sem sofrer danos. Poderes ativos ficam vetados após a ingestão, voltando imediatamente após o fim do efeito. | Efeito dura por dois turnos. | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop]

• Pão de queijo [ Um pão de queijo de tamanho médio recheado com requeijão e pedacinhos de ambrosia, se mantém quentinho dentro do saco de papel pronto para o consumo. | Efeito: Como uma comida reconfortante, o consumo deste recupera até 150 HP e MP do semideus portador do item. | Efeito imediato | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop ]

• Energy Bars [ Barrinha sabor cereja com cereais e mel. | Efeito 1: Após o consumo o semideus é capaz de se sentir revigorado e bem disposto, sem mexer na barra de HP ou MP. Aumenta a velocidade em 10%. | Efeito dura por dois turnos. | Uso único, some após o consumo. (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop ]
Poderes e Habilidades:
AFRODITE

Passivo(s)

Nome do poder: Charme I
Descrição: Os filhos de Afrodite/Vênus têm grande capacidade da persuasão, afinal, é impossível resistir aos pedidos de alguém tão carismático.  Neste nível o poder está começando a se desenvolver, portanto só funciona com semideuses e monstros mais fracos.
Gasto de Mp: 15 MP por turno ativo
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Pode usar para enganar ou persuadir alguém a fazer o que você quer, por exemplo, fazer um inimigo se voltar contra um aliado dele mesmo. Porém, só funciona com pessoas de nível inferior ao seu.

ZEUS

Passivo(s)

Nome do poder: Lider I
Descrição: Assim como os filhos de Afrodite são capazes de persuadir pela sedução, os filhos de Zeus/Júpiter tem a capacidade de convencer as mentes mais fracas a segui-los e "acatar" suas ordens graças ao talento em liderar. É, claro que há um limite, alguém certa imunidade aos controles mentais - por exemplo - não será facilmente persuadido. Sendo que dificilmente irá funcionar em um filho de Athena calmo e pleno. Entretanto poderá ter efeito caso estejam em meio a uma batalha ou sofrendo de emoções fortes.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.





Viena ••• Wearing ••• External Mission #4

[Narrada para Zara] Versace on the floor 3dR9Up4


[Narrada para Zara] Versace on the floor QNIZsUH
Zara Cooper
Zara Cooper
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Narrada para Zara] Versace on the floor Empty Re: [Narrada para Zara] Versace on the floor

Mensagem por Psique em Sex Mar 08, 2019 4:22 pm

Versace on the floor

O começo da aventura de Zara no território estrangeiro não fora muito conturbado. Depois de conversar com o sátiro, ela percebeu que o referido item tinha uma vibração estranha, indicando que, talvez, fosse melhor não usar. Logo, ela ajeitou para os ajustes finais e seguiu até a loja da grande marca que tinha uma placa de "fechada". Ela olhou através do vidro e pôde perceber que o local estava, aparentemente vazio. Mas para sua surpresa, quando girou a maçaneta, a porta se abriu.

A filha de Zeus então, entrou no local, espiando-o com alguma curiosidade. Foi dali que uma moça de cabelos ruivos como fogo e seios enormes, saiu do que, ela pensava, ser o "estoque" da loja. — Posso te ajudar? — perguntou a ruiva com alguma simpatia. Mas então, antes que Zara pudesse desconfiar, a criatura assumiu sua verdadeira forma. Gritos, vindos dos fundos do estabelecimento, fizeram com que Zara olhasse alarmada e se distraísse, sendo jogada no chão pela criatura que, firmemente, apertava seu pescoço.

Status:
Zara Cooper
HP: 235/240
MP: 195/240

Empousa
HP: 300/300
MP: 300/300

Instruções:

• Prazo de 5 dias, logo, você tem até 13/03/2019 para postar.

• Colocar todos os poderes e itens levados em spoiler ao fim do post.

• Template com fonte (mínimo) tamanho 12 e largura (mínima) 500 px.

• Você tem direito a quatro ações. Que podem ser tanto de ataque como de defesa.

• Eu tenho o mesmo prazo que você para postar, avisarei caso eu atrase.

• Qualquer dúvida: Mande-me uma MP. Não se preocupe, não será prejudicado com relação ao prazo caso eu demore responder a MP.



missed my tears, ignored my cries; life had broken my heart, my spirit, and then you crossed my path, you quelled my fears, you made me laugh, then you covered my heart in kisses
Psique
Psique
Deuses Menores
Deuses Menores

Localização : No abraço de Eros ♥

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Narrada para Zara] Versace on the floor Empty Re: [Narrada para Zara] Versace on the floor

Mensagem por Zara Cooper em Qua Mar 13, 2019 9:38 pm




BUSTY REDHEAD



Zara desconfiou ao conseguir entrar na loja sem dificuldade, desde que deixara o acampamento, imaginava que algo esquisito poderia estar acontecendo no estabelecimento, porém, fechado? O que quer que estivesse ali dentro, estava manipulando muito bem a névoa em torno do local. O que Donatella estava achando daquilo tudo? Será que a designer imaginava que a loja estava funcionando normalmente?
     Logo ao entrar, a semideusa foi recebida por uma mulher ruiva. Tinha quatro vezes mais peito que a garota. Zara não conseguiu ignorá-los ou mesmo não os invejar, eram realmente bonitos.
     — Quem é você? — Desconfiada, segurou o pingente jogado dentro da Belt Bag presa à sua cintura e, para sua surpresa, de supetão e sem qualquer resposta, a mulher revelou sua verdadeira identidade.
     Claro, devido à sua descendência, a loira não era persuadida com facilidade, a criatura deveria ter percebido sua lucidez e decidiu atacá-la de uma vez. Zara vacilou ao expor Devoradora e então a mulher das pernas esquisitas avançou e agarrou seu pescoço com bastante força.
     — Mais uma para nossos experimentos. E filha de Zeus! — disse enquanto pressionava o pescoço da garota. — O Principal vai adorar o presentinho!
     O pingente avermelhado caiu alguns metros longe da menina, Zara percebeu que a criatura não queria matá-la, mas desmaiá-la. Sentiu sua respiração falhar, não aguentaria tanto tempo até que sua visão escurecesse completamente. Tentou usar sua força para socar a mostrenga, que desviou do primeiro golpe. Então envolveu sua mão direita com uma densa carga de eletricidade e se concentrou no rosto da mulher, em seguida, socou habilmente sua face pálida, na tentativa de afastá-la e conseguir recuperar sua espada.

Apêndice:
Itens:
Arsenal:
• Devoradora [Uma espada de ouro imperial pertencente a épocas passadas da legião, possuído pedras preciosas cravadas no cabo – maioria tratando-se de rubis e safiras –, sendo que o local onde fica o punho possui um revestimento de couro esbranquiçado que se encontra em um estado perfeito de conservação, se encaixando perfeitamente no punho de qualquer semideus disposto a empunhar a arma. | Efeito 1: A lâmina possuí um brilho incomum e diversas vezes recrutas da legião encarregados do arsenal alertaram sobre a mesma, falando terem visto um par de olhos na espada. A mesma emite um brilho avermelhado até mesmo no escuro, com intensidade do brilho variando de acordo com aquele que porta a arma. | Efeito 2: Tal espada pode tomar a forma de um pequeno pingente vermelho sangue, porém nem sempre a espada vai gosta de ser transformada em pingente ou vice-versa. | Ouro Imperial e pedras preciosas. | Espaço para uma gema | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]
Consumíveis:
• Chiclete Bolha Grande [ Uma bola de chiclete vermelha grande, sabor morango. | Efeito: Ao ser mordido, o chiclete permite soprar até 4 bolhas pequenas que ficam flutuando ao redor do campo durante uma batalha, se alguém a toca, a bolha explode e tira 50 HP da pessoa ou monstro. | Efeito dura por três turnos. | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop]

• Pirulito Fantasma [ O semideus que comer essa muda a forma do corpo completamente, tornando-se uma espécie de espectro. | Efeito: Durante dois turnos quem lutar com ele nessa forma não conseguira atingi-lo, contudo o mesmo não acontece com o semideus, que poderá atacar seu inimigo com ataques corporais ou com armamentos, sem sofrer danos. Poderes ativos ficam vetados após a ingestão, voltando imediatamente após o fim do efeito. | Efeito dura por dois turnos. | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop]

• Pão de queijo [ Um pão de queijo de tamanho médio recheado com requeijão e pedacinhos de ambrosia, se mantém quentinho dentro do saco de papel pronto para o consumo. | Efeito: Como uma comida reconfortante, o consumo deste recupera até 150 HP e MP do semideus portador do item. | Efeito imediato | Uso único, some após o consumo (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop ]

• Energy Bars [ Barrinha sabor cereja com cereais e mel. | Efeito 1: Após o consumo o semideus é capaz de se sentir revigorado e bem disposto, sem mexer na barra de HP ou MP. Aumenta a velocidade em 10%. | Efeito dura por dois turnos. | Uso único, some após o consumo. (1/1) | Mágico | Comprado no Tea Drop ]
Poderes e Habilidades:
AFRODITE

Passivo(s)

Nome do poder: Resistência
Descrição: O filho de Afrodite/Vênus, é um sedutor nato, que conhece a magia por trás do charme, e da sedução. Isso faz com que se tornem invulneráveis a poderes envolvendo a beleza do oponente e magias com amor, essas não atingem o seu personagem.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Poderes relacionados a enganação do coração, charme, sedução e beleza não surtem efeito na prole da deusa do amor.
Dano: Nenhum

ZEUS

Passivo(s)

Nome do poder: Ouro Imperial
Descrição: O ouro imperial é o material perfeito para Zeus/Júpiter, o olimpo é feito de ouro, suas armas são feitas de ouro, e se duvidarmos, Zeus/Júpiter reluz em ouro. Com isso, os filhos de Zeus/Júpiter ganham um bônus de batalha ao lutarem com armas feitas de ouro imperial, pois tem facilidade em lidar com elas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Quando o semideus lutar com armas feitas de ouro imperial ganha +10% de força
Dano: 5% de dano a mais se o adversário for acertado pela arma do semideus.

Nome do poder: Força I
Descrição: Zeus/Júpiter é um deus que tem uma força superior a boa parte dos outros deuses, chegando a ser comparado com Ares. Seu irmão, Hércules, era um dos semideuses mais fortes a ser conhecido, e assim como ele você adquire uma força superior a boa parte dos campistas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +15% de força
Dano: +10% de Dano se o ataque do semideus atingir.

Nome do poder: Velocidade I
Descrição: Os filhos de Zeus/Júpiter lidam com raios e tempestades, e sabe que a velocidade de um raio, assim como a de Zeus/Júpiter é vantajosa. Os filhos de Zeus/Júpiter são mais rápidos que a maioria dos campistas, e chegando a se assemelhar a velocidade dos filhos de Hermes.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +15% de velocidade
Dano: Nenhum

Nome do poder: Pericia com Espadas II
Descrição: O filho de Zeus/Júpiter evoluiu conforme seu treinamento, agora consegue executar esquivas, atacar e defender com a arma com uma vantagem impressionante, diferente de campistas que não tem esse dom natural com a arma. Além disso, seus movimentos parecem mais elaborados.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +70% de assertividade no manuseio da espada.
Dano: + 30% de dano ao ser acertado pela arma do semideus.

Ativo(s)

Nome do poder: Electric punch
Descrição: Na ausência de armas o semideus pode criar uma grande carga elétrica em suas mãos, semelhante a uma luva de boxe, que percorre o punho do semideus e o torna ainda mais forte. Essa descarga ao atingir o corpo do inimigo – como um soco do semideus, sim, ele precisa socar o oponente para que funcione – além de ter o impacto do soco, descarrega a energia do punho para o corpo do oponente, impedindo-o de conseguir disparar poderes ativos no turno seguinte.
Gasto de Mp: 40 MP
Gasto de Hp:Nenhum
Bônus: O oponente não conseguira usar poderes ativos ou que precisem de mira durante um turno (o próximo).
Dano: 20 do soco + 40 da descarga elétrica, totalizando 60 HP.
Extra: Nenhum

ADQUIRIDAS

Nome do poder: Corpo Intuitivo I
Descrição: Após um árduo treinamento no qual o semideus pôs o corpo a prova, estressando-o até o limite, o semideus ganhou a capacidade de se adaptar a qualquer situação adversa. A habilidade lhe confere a capacidade de manter suas bonificações de agilidade e velocidade mesmo que sua movimentação esteja limitada por outros fatores que não sejam ferimentos e magias.
Gasto de MP: Nenhum
Gato de HP: Nenhum
Bônus: +20% de Velocidade e +20% Agilidade, também não perderá bonificações destes atributos quando estiver com movimentação limitada por algo que não seja lesão, congelamento ou magia.

Nome: Street Dancer
Descrição: O Street Dance é uma modalidade de dança que surgiu nos Estados Unidos nos anos 1970, provinda da cultura Hip Hop. Ela tem traços corporais bem definidos, como movimentos enérgicos e ginga peculiar, mas não é uma dança sem possibilidade de inovações. Quem pratica Street Dance precisa ter uma coordenação corporal aprimorada. Esta dança melhora a capacidade cardio-respiratória, a memorização, a flexibilidade e a agilidade.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% força e agilidade
Dano: Nenhum
Extra: Nenhum





Viena ••• Wearing ••• External Mission #5

[Narrada para Zara] Versace on the floor 3dR9Up4


[Narrada para Zara] Versace on the floor QNIZsUH
Zara Cooper
Zara Cooper
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus


Voltar ao Topo Ir em baixo

[Narrada para Zara] Versace on the floor Empty Re: [Narrada para Zara] Versace on the floor

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum