The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

ø 어린 시절의 가치 {CCFY}

Ir em baixo

ø 어린 시절의 가치 {CCFY} Empty ø 어린 시절의 가치 {CCFY}

Mensagem por Celéstia Pollok Weltz em Qua Jan 23, 2019 2:20 pm

O valor da infância

Aqui se passará a CCFY da jovem Lisa, onde, será meramente interpretativo para deixar registrado sua história desde o orfanato em que residiu e o período em que fora adotada. Em breve uma postagem será colocada nesse mesmo tópico e será usada como ccfy. Qualquer interrupção além do deus avaliador é explicitamente proibida.

Essa ccfy será dividida em uma parte bem resumida contando uma introdução da trama de Cheryl e Lisa. Leve em consideração de que é para ser pequeno mesmo, só para deixar registrado para futuras informações.


Última edição por Lisa em Qua Jan 23, 2019 6:48 pm, editado 2 vez(es)


I actually like you everything about you But I worry Long-waited love If that’s really you I need just a little bit more time Let me see you
HI • HIGH
Celéstia Pollok Weltz
Celéstia Pollok Weltz
Filhos de Phobos/Timmos
Filhos de Phobos/Timmos

Idade : 20
Localização : Indeterminada

Voltar ao Topo Ir em baixo

ø 어린 시절의 가치 {CCFY} Empty Re: ø 어린 시절의 가치 {CCFY}

Mensagem por Celéstia Pollok Weltz em Qua Jan 23, 2019 6:24 pm

O valor da infância

Aqui foi onde tudo começou. Meu primeiro dia de vida, onde, abri pela primeira vez meus olhos. Meus pais, desde aquele momento, me olharam com admiração. Tae-Yang Ori, meu pai, me olhava com os olhos cheios de lágrimas. Minha madrasta, resistia em ficar nada feliz com aquilo. — Tae, meu querido, sabe que não podemos ficar com ela. Sabemos o que ela é, se ficarmos com a mesma, correremos perigo! — Naquele momento, eu não podia ouvir nada. Afinal, era apenas um bebê. Porém, sentia de alguma forma as expressões deles ao ver o modo desesperado em que eles me tocavam.— Eu sei, Elizabeth. Só me deixe sentir ela mais um pouco. Minha querida, você viverá sem a gente, mas por favor, guie-se. Tenho certeza que encontrará seu caminho. — Ele disse, posicionando-me a um local macio, enquanto podia sentir meu corpo se balançar para lá e para cá, com sons estranhos de passos. Depois de um certo tempo, ouvia um barulho embaçado de ferro batendo, aparentemente uma porta de um carro.

A partir dali, meu corpo parecia desconfortável e eu exalava um cheiro não muito agradável as minhas narinas. Comecei a chorar. Meus pais, sabiam que tinha feito "cocô", por isso, podia notar mãos quentes acompanhar meu corpo até alguns panos umedecidos, onde, pareciam me limpar. Da mesma forma, fui encoberta novamente por aquele tecido quente e confortável, onde, me coloquei a dormir. Não conseguia sonhar visualmente nada, só sentir as sensações das mãos e dos tecidos a onde havia passado. Foi uma das melhores sensações da minha vida. Por um tempo, quando me dei conta de me manter consciente, havia sido deixada num local reto e ali fiquei, por várias horas. A partir dali, começou a minha vida no orfanato. Aquelas foram minhas primeiras sensações, e de fato, nunca as esquecerei.


(...) — Durante meus cinco anos, orfanato.


Meus cinco anos tiveram poucas e boas, principalmente quando se tratava de amizades. Eu era a "política" do orfanato. Sempre extrovertida, era geralmente amiga de todas as garotas do orfanato. Foi difícil no inicio, porém tudo foi tomando seu rumo conforme o tempo. Até que um dia, ela chegou. Era uma garota meio tímida, porém, encantadora. Eu pensei na mesma hora em fazer amizade com ela, mas ela sempre queria ficar sozinha. O nome dela, era Cheryl. Uma garota linda e de cabelos negros, sempre tentava me enturmar com a mesma, mas nunca tinha sucesso. Até que um dia, em que estávamos brincando. Eu estava posicionada na parte do parquinho, localizado na frente do orfanato. As inspetoras dali não eram nada amigáveis com as crianças, mesmo assim, sobrevivíamos.

Era dia de brincar, uma terça-feira. Cheryl gostava de brincar sozinha, com os carrinhos dos garotos. Admito que gostava muito também. — Ei, Che! Quer brincar de carrinho comigo? — Falei, mostrando o carrinho com minha voz fofa, enquanto podia ver a mesma assentindo com um sim, mexendo sua cabeça. Os meninos importunavam todas as garotas do orfanato, aquele grupo que se reunia só para causar encrenca. — As menininhas tá brincando de carrinho? Isso é coisa de menino! — Eles gritavam, mostrando a língua. Assim, ficavam importunando Cheryl, empurrando seu carrinho para que atrapalhasse sua brincadeira. — Cala boca, mímica de palhaço! — Citava, empurrando ele no chão e batendo com o carrinho em sua cara.

No mesmo instante, as inspetoras vieram e retiraram rapidamente a mim de cima do garoto, puxando meus cabelos. Recebi uma baita bronca aquele dia. Quando a gente aprontava, as inspetoras nos ajoelhavam em milho e batia com réguas em nossas mãos até que ficassem vermelhas e sangrando. Assim, enfaixavam as mãos das crianças para que elas não falassem que haviam sido machucadas. Quando voltei ao quarto, após a grande surra, Cheryl se locomoveu até mim de forma desesperada. — M-Me Peidoe, eu não quelia isso... — Cheryl tinha um jeito fofo e embaraçado de falar, algo que eu achava muito engraçado. — Não tem problema, Cheryu. Olha, que tal sermos amigas? Vem aqui ver!

Falei, tirando de baixo do travesseiro aqueles anéis que podiam ser "chupados" e tinham sabores de fruta. — Tá vendo esses anéis? Eles podem ser chupados e tem um sabor maravilhoso, toma, esse aqui é o seu. Ele é de morango. — Falei, colocando em seus dedinhos um anel de cor vermelha, que tinha gosto de morango. — O meu é de laranja. Por isso ele é laranja, tá vendo? — Falava, provocando riso enquanto mostrava o anel a jovem. Após aquele dia, passávamos a conversar todos os dias. Até nos tornar melhores amigas. Cheryl era parte de mim, e eu, dela. Vivemos felizes como grandes amigas até que um dia triste chegou.


(...) Dia da adoção, sete anos.


Só podia lembrar da janela do carro, onde via Cheryl me olhar pela janela. Sentia o couro do carro sobre meus joelhos, minhas lágrimas percorriam diretamente meu rosto pálido e asiático. As lágrimas da garota faziam com que eu me sentisse cada vez mais arrependida de estar ali. Haviam me adotado. Nunca achei que aquele dia chegaria, de fato. Mas, estava prestes a dizer adeus para uma grande amiga. Não esqueci de mostrar meu anel laranja a ela antes que o meu futuro pai ligasse o carro. Coloquei minha mão ao vidro, sorrindo. — Eu ainda irei te encontrar, Cheryl. Isso não será um adeus. — Falei, enquanto me via ir embora me distanciando cada vez mais da melhor coisa da minha vida.



I actually like you everything about you But I worry Long-waited love If that’s really you I need just a little bit more time Let me see you
HI • HIGH
Celéstia Pollok Weltz
Celéstia Pollok Weltz
Filhos de Phobos/Timmos
Filhos de Phobos/Timmos

Idade : 20
Localização : Indeterminada

Voltar ao Topo Ir em baixo

ø 어린 시절의 가치 {CCFY} Empty Re: ø 어린 시절의 가치 {CCFY}

Mensagem por Hades em Sex Jan 25, 2019 6:05 pm

Avaliação


Método de Avaliação:

Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão: 2.000 XP  

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 45%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 17%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%


RECOMPENSAS: 1.840 xp e dracmas - 50% = 920 de XP e Dracmas

Spoiler:
Acredito que tenha sido uma CCFY aceitável, como você mesmo disso no pedidos de atualização é uma introdução bastante simples sem nenhum desafio para a personagem em si (seja mental, batalha, resolvendo conflitos etc). E em alguns pontos achei confuso, apesar de retratar o ponto de vista de uma criança. Por isso resolvi reduzir a XP ainda mais: pela falta de desafios ou objetivos.

Atualizado por Hades.
Hades
Hades
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Localização : Importa? A morte ainda será capaz de te achar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

ø 어린 시절의 가치 {CCFY} Empty Re: ø 어린 시절의 가치 {CCFY}

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum