The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Mess

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

Mess

Mensagem por Vênus em Dom Out 12, 2014 10:02 am

Trabalhe duro, coma bem! O hall da bagunça está arrumado no estilo romano com sofás pouco confortáveis. A comida é excelente, e entregue por atentos espíritos do vento. Cada grupo de soldados é designado a uma área, mas sinta-se livre para andar e se misturar. Só fique atento com as pizzas voadoras..



Vênus, love's lady
..
diva, déesse de l'amour et de la beauté ♦️
avatar
Vênus
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 2045

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mess

Mensagem por Becka Klasfox La'Fontaine em Seg Jun 18, 2018 1:56 pm



↞  Ave Atque Vale↠

As ultimas horas ainda martelavam na cabeça da pretora em um ritmo um tanto frenético. Roma tinha caído e boa parte da cidade estava destruída, suas barreiras violadas estavam sendo vigiadas devido a vulnerabilidade e o medo de que tudo voltasse a acontecer. Becka não fazia ideia de como os monstros do ataque a São Francisco ao acampamento, mas tinha certa desconfiança e isso por si só já era suficiente para deixa-la pensativa. O senado estava sem lugares adequados para uma reunião, as coortes eram cheias de semideuses que não entendiam o que estava para acontecer e o prisioneiro estava sendo mantido junto a um pequeno grupo dentro do Mess, uma construção pequena dentro do refeitório com sofás confortáveis o suficiente para manter o grupo por algumas horas. O lugar tinha apenas três cômodos, a sala em que todos estavam, a sala de reuniões improvisada onde Fred estava sendo mantido e um banheiro pequeno até demais. Espíritos do vento saiam e entrevam o tempo todo e Becka estava começando a ficar desconfortável com tantos olhares sobre ela.

A jovem tinha que decidir o que fazer, mas não fazia ideia de como seguir em frente...

Seu olhar se ergueu de encontro ao de Evie em busca de algum tipo de conforto ou auxilio, ela confiava na garota que um dia tinha sido sua colega de trabalho. Evie fazia a parte aventureira e e arriscava, Becka cuidava da papelada no escritório e tentava manter o acampamento longe de qualquer confusão. Agora, ela estava sozinha, Sun Hee tinha morrido em batalha ao tentar apunhalar a antiga pretora e com isso também revelera os demonios, um deles estava preso com elas e deveria ser interrogado por eles, acontece que os métodos de Becka eram muito distintos do da maioria e ela sabia que não seria capaz de torturar o garoto.

— Um bom líder deve conhecer seus limites e saber a hora certa de recuar — Começou incerteza. — Mas também deve conhecer a capacidade daqueles que lhe rodeiam e guia-los a fazer o que não pode — Ela não era uma adulta, nunca fora de fato, mas tinha ciência de que era responsável por algo muito maior do que ela mesma. — Devemos reunir o máximo de informações possíveis, portanto estou dando poder a Evie Farrier de seguir com o interrogatório junto a Hela, vocês podem usar os métodos que acharem melhor, desde que não o matem — O olhar de alerta que ela lançou para as duas era bem claro "façam o que quiserem desde que o garoto saia vivo".

— Pelo que sei os outros semideuses estão coletando dados do que restou do monstro e Kyra Ferreli está analisando os armamentos dos mortos. — Becka mordeu o lábio antes de continuar. — Além disso peço que enviem alguém até os curandeiros e emitam um aviso aos legionários, vamos fazer exames e todos aqueles que tiverem sangue negro serão imediatamente presos sobre ordem do senado e acusados como traidores, devem passar por investigação. Por ultimo, chamem o garoto Romeo para a sala, quero falar com ele em particular. — Concluiu olhando o grupo ao redor. — Alguém tem algo a dizer?
❄️


Becka Klasfox La'Fontaine
Quer ser feliz? Seja louco, sorria sempre mesmo sem motivo..
avatar
Becka Klasfox La'Fontaine
Pretores
Pretores

Mensagens : 623
Idade : 23
Localização : Camp Jupiter

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mess

Mensagem por Hela A. Deverich em Seg Jun 18, 2018 6:05 pm

The Devil.
 ʤ  listening xxx with Becka, Evie & Fred ʤ words: xxx  ʤ


Finalmente o interrogatório havia chegado. Só de pensar no garoto traidor Hela podia sentir o ódio fervendo. Seu sangue parecia se sobrecarregar de adrenalina e suas mãos até mesmo estremeciam.

Deverich não ficou nem um pouco surpresa de estar participando do interrogatório. Havia praticamente prendido o garoto e tinha tantas perguntas quanto qualquer outro ali. Ela podia sentir a presença de Erebus desperta em sua mente. “Você precisa dar um sumiço nele. Dê um jeito.”

Os sussurros do deus das trevas em nada contribuíam para o ódio crescente em seu peito. Hela se sentou no sofá, brincando com o isqueiro enquanto olhava o garoto. Pensava em muitas formas de causar-lhe dor. No entanto, precisava se controlar. Havia prometido a si mesma tentar manter o seu controle e basear-se em diálogo.

Balançou a cabeça negativamente ao terminar de ouvir Becka e se levantou, andando ao redor do garoto enquanto o olhava da cabeça aos pés. Parou em frente ao mesmo, trincando o maxilar enquanto o olhava nos olhos. Fechou as mãos em punho, dando um soco no maxilar do garoto com a canhota, bufando ao ver que não havia sinal de sangue.

Desferiu um soco contra o nariz do romano com toda sua força, esperando ver o sangue descer. Estava completamente fora de si. A fina linha que a mantinha contida cedendo a medida que ela desferia socos e mais socos contra o rosto do demônio.

Suas mãos se fecharam ao redor da garganta alheia enquanto ela o olhava com uma expressão descontrolada. Não sabia exatamente o porque de estar fazendo aquilo. Mas podia ouvir a risada de Érebus ecoando em sua mente enquanto o romano parecia asfixiar.

Não tinha controle sobre si mesma, mesmo que uma pequena parte racional gritasse que não deveria matar o garoto, tudo que ela conseguia era ceder ao instinto assassino que a dominava.




Última edição por Hela A. Deverich em Sab Jun 23, 2018 3:11 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Hela A. Deverich
Líder de Hécate
Líder de Hécate

Mensagens : 1079
Idade : 20
Localização : xxx

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mess

Mensagem por Evie Farrier em Qui Jun 21, 2018 5:49 pm




I am the bone of my sword.
Unknown to death, nor known to life.


Permanecer em silêncio parecia o correto naquele momento. Palavras não poderiam descrever o que eu estava sentindo ou pensando daquela situação. Imaginar que na sala ao lado estava um traidor fazia o meu sangue ferver e quase perder a compostura. Foi graças a falhas em perceber os aliados de minha mãe que resultaram na calamidade que devastou Roma. Escutar as decisões de Becka estava sendo mais fácil do que eu imaginava. Não apenas por ela ser uma amiga, mas sim por ela representar o papel de minha comandante. Já não éramos mais companheiras, hierarquicamente ela estava acima de mim nas decisões quanto aos romanos. Porém, não duvidava das decisões que a filha de Baco fazia, pelo contrário, a admirava por aceitar os seus próprios limites.

Assim que ela finalizou as ordens, apenas neguei com a cabeça. Não havia perguntas ou comentários a serem feitos, apenas um papel a ser desempenhado. O mesmo papel desagradável que alguém precisava fazer, mas poucos tinham estômago o suficiente.

Adentrar o mesmo recinto que Fred estava foi uma surpresa ao ver que a “brincadeira” já tinha sido iniciada pela nossa convidada grega. Hela terminava de aplicar um belo soco no maxilar do filho do deus do amor, parecendo perceber que não seria tão fácil machucar aquele rosto bonito. Se eu me movi para impedir a garota quando ela ergueu o punho mais uma vez? Não, eu sabia como aqueles interrogatórios aconteciam, pois tinha participado de um deles em primeira mão. Meses atrás, eu estive em um lugar semelhante ao que Ashford estava agora.

Tudo o que fiz foi cruzar os braços e encostar o quadril na lateral de um dos sofás, olhando para a cena atentamente. Deixei que Hela tivesse o gosto de descontar a raiva sentida por toda uma comunidade, sendo a primeira a realizar o primeiro golpe efetivo em quem deveria ser apenas um dos nossos inimigos. Porém não precisei de muito para ver que a grega estava perdendo um pouco do controle. Olhei para os presentes da sala antes de soltar um suspiro, sabendo que alguém precisaria de um pouco de coragem para pará-la.

Deverich... — Chamei o nome dela ao me aproximar, mas ela não parecia mais me escutar. Segurei de maneira firme o antebraço da filha de Hécate, para chamar a atenção dela para mim — Hela! Nós precisamos que ele seja capaz de falar — A troca de olhares durou breves e intensos segundos. A soltei apenas quando a senti afrouxar o aperto no pescoço de Fred — Você precisa de perguntas sendo respondidas tanto quanto nós. Não estou dizendo que ele não vai sofrer durante o processo. — Garanti em uma fria serenidade, assistindo a garota se afastar um pouco para respirar fundo. Foi a chance que eu precisava para olhar Ashford de perto. Segurei o rosto dele o obrigando a me fitar — E eu vou garantir que você vai falar apenas a verdade. Nisi in veritate!

O feitiço foi proferido em tom frio e vingativo. Era uma magia que o obrigaria a responder de maneira sincera qualquer pergunta que fosse feita. E cada um naquela sala tinham várias indagações a serem feitas.

Quem são os seus aliados? — Questionei afastando do garoto, girando o chaveiro em minha mão. Era na verdade uma arma, uma das mais mortais que eu tinha e eu não teria medo de usá-la a qualquer momento — Quem é o seu líder? Onde ficam as suas bases? RESPONDA.



Feitiço:
Nível 21
Feitiço: Nisi in veritate.
Descrição: Um feitiço que torna o alvo incapaz de mentir por cinco turnos. Tudo que você perguntar, ele lhe dirá com sinceridade.
Gasto de Mp: - 15 de MP por turno.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Caso seja realizado durante a lua nova, há uma chance de +30% de que ele funcione corretamente.
Dano: Nenhum.
Extra: Apenas verbal.
Template made by Kyra


EVIE FARRIER
I am the bone of my sword. Steel is my body and fire is my blood.
avatar
Evie Farrier
Senadores
Senadores

Mensagens : 727
Idade : 21
Localização : Acampamento Romano

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mess

Mensagem por Fred Ashford em Qui Jun 28, 2018 11:38 am







O Interrogatório
— O demônio em meio a corte

Nada justificava o fato de um traidor não pagar. Todavia, o traidor em questão era eu e não estava disposto em sofrer tanto, não por alguém que não tinha o direito de fazer o que não controlava. Well. Vamos desde o início.

Fui escoltado por alguns semideuses armados e levado até um lugar bastante aconchegante, comparado ao palácio de Nox. Uma cadeira de ferro foi onde sentei, mas me deixaram desamarrado depois que jurei pelo Estige que não fugiria de Nova Roma. Lares corriam de um lado a outro e, de alguma forma, tentavam me acertar com comidas deliciosas, mas estava sem fome para pegar algo e saborear. Podia jurar que aqueles loucos me xingavam antes de jogar algo, mas o problema maior foi quando a pequena asiática atrevida entrou no local e veio em minha direção.

— Você é linda, sabi... - Antes que eu terminasse ela me cartou um soco no maxilar. Não muito forte, mas me deixou em estado de alerta para o próximo movimento que foi em direção ao meu nariz. — Acredite, gracinha, você não vai querer sentir meu sangue em sua pele. - Disse ao parar o soco que, possivelmente arrancaria o licor enegrecido que meu sangue havia se tornado.

Burrice minha? Talvez.

A garota foi acertada por uma onda de raiva e não pude ser rápido para segurar os próximos socos, só me permiti que não acertasse pontos que me fizesse sangrar muito. Bem, meu lábio foi uma consequência pequena daqueles malditos socos. Eles viram meu sangue gotejar e cair sobre uma fatia de pizza que estava pelo chão. Ele borbulhou no alimento, até que mostrou o ácido mortal que era.

Maldita Nox... pensara em tudo.

Minha vontade era de dizer poucas e boas para a nanica endemoniada, mas precisava me manter calmo.

— Você é maluca! - Proferi. — Alguém já te disse isso?

Em resposta, a morena rapidamente me agarrou pelo pescoço e usou sua força para me estrangular. Minhas mãos foram de encontro as dela e forçaram para que não fosse morto tão facilmente. Todavia, uma bela guerreira aproximava e meus lábios sorriram. Evie estava ali, isso me informava que estava livre das acusações que outrora sofrera. Ela fez a endiabrada me soltar, mas me lançou um feitiço que me fez formigar por dentro. Mentir estava no meu DNA de demônio.

— Quem são os seus aliados?

Minha língua estava travada e o primeiro nome que soltei foi o de alguém bastante querido por mim e que, provavelmente, me faria levar mais alguns sopapos.

— Sun Hee... - Ri junto de minha fala. — Guitti, mas esse já desapareceu e foi Nox quem o fez.

Respirei fundo, pois sabia que haviam mais e, com certeza, fariam as moças se arrepiarem ao ouvir. Todavia, se eu dissesse que Elena era aliada de Nox, estaria mentindo, sendo que ela não nos aparecera nos últimos encontros, pois estava indecisa em relação a primordial da noite.

— Vince... - Falei com pesar — Vince Le fay.

Evie era mais durona do que a tal Hela, mesmo que a outra batesse bem e fosse bastante rápida com as mãos.

— Quem é o seu líder? Onde ficam as suas bases? RESPONDA.

— Líder? Ele desapareceu com mais alguns semideuses... - Referi-me ao filho de Hades asiático. — É o que acontece quando não fazemos o que ela deseja.

Olhei-a nos olhos.

— Nox tem muitas bases, mas só conheço duas: Uma no centro de Nova Iorque e a outra no seu próprio palácio - respirei fundo — no Tártaro.

Kyra


FREDERICK ASHFORD
I dreamed I was missing
You were so scared
But no one would listen
Cause no one else care

After my dreaming
I woke with this fear
What am I leaving
When I'm done here?
avatar
Fred Ashford
Argonautas de Hera/Juno
Argonautas de Hera/Juno

Mensagens : 429
Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mess

Mensagem por Kyra C. Ferreli em Seg Jul 02, 2018 11:38 am




Lembranças
Implorei as lembranças para que elas nunca mais voltassem. Mas... elas ainda não tinham deixado meu coração.
O meu corpo estava curado, mas parte da minha alma parecia ter sido tirada de mim. Meu coração estava apertado e pequeno, enquanto lembranças da última batalha ainda percorriam minha mente. Sun Hee se fora e deixara para trás apenas lembretes de sua traição, de sua morte e claro, dos motivos que a levaram até aquele momento. Pensar nela era doloroso, mas nosso trabalho ainda não tinha acabado, muito pelo contrário, estava apenas começando.

As forças de Nox pareciam estar se infiltrando por nossos poros, tornando difícil saber quem era amigo e quem era inimigo. Eu não esperava por nada daquilo, estava tudo fora de controle e isso por si só era o suficiente para me deixar desesperada. Suspirei baixo... eu tinha que me concentrar ou tudo estaria perdido.

Fazia apenas uma hora que tinha saído do acampamento meio sangue, Evie conseguira abrir um portal para o templo de Psique a meu pedido e com isso consegui o espaço que precisava para voltar a ter controle de mim mesma. Minha tarefa não era simples e por si só me parecia bastante dolorosa, eu vagaria para longe a fim de reviver as lembranças de Sun Hee e encontrar pistas por entre suas memorias. Acontece que isso... me faria saber exatamente coisas que eu não sabia se estava pronta para descobrir.

Eu tremia, hesitava, mas sabia que precisava fazer aquilo.

Respirei fundo para controlar as lagrimas e desembainhei a lâmina com cuidado, a colocando sobre a mesa do templo sagrado das memorias. Eu precisava encontrar conforto e aquele lugar me proporcionaria isso, eu já não contava com minha própria força, tive que buscar algo externo para me concentrar.

Meus olhos se pregaram sobre a peça colorida, tão bonita quanto a antiga dona, delicada, colorida e radiante, exatamente como ela.

Ah Sunny!

Eu tinha muitas perguntas que ficariam sem resposta agora, eu queria confronta-la e queria fazer com que as lagrimas parecem de jorrar dos meus olhos, mas não consegui. Meu coração já não tinha lugar para raiva e todos os sentimentos que fiz questão de esconder de Evie voltaram com tudo, eu tinha sido forte no campo, mas ali sozinha não precisava ser.

Um soluço escapou por entre meus lábios, levei a mão a boca para abafa-lo de alguma maneira e respirei fundo, deixando que mais lagrimas escorressem por meu rosto e pingassem sobre a madeira da mesa. Eu tentei me controlar, mas demorou certo tempo para que eu conseguisse fazer com que as lagrimas parassem e meu coração voltasse ao ritmo normal. Precisava disso... precisava extravasar aqueles sentimentos ou nunca ficaria bem, mas também tinha uma tarefa...

Tarefa essa que eu não sabia ser assim tão complicada até estar diante daquela arma.

Respirei fundo uma, duas vezes antes de voltar a encarar aquela arma, e sem saber quanto tempo mais poderia adiar aquela situação a toquei. Meus dedos percorreram a superfície da lâmina e se firmaram ali mesmo, meus olhos se fecharam sem controle e minha energia fluiu procurando por algo. A ruptura do tempo se tornou incerta e uma energia calorosa tomou conta do meu corpo, quando dei por mim via a mim mesma pelos olhos de Lee Sun Hee.

A batalha entre nós era árdua, eu podia sentir o desejo de seu corpo e a felicidade por estar treinando e aprendendo um pouco mais. Também podia sentir aquela vontade doida que ela tinha de me vencer e outra coisa...

A imagem tremulou e mudou, agora eu estava em uma espécie de caverna larga, lutando com o que parecia um homem protegido por um campo de força. Ao meu redor Guitti e Elena pareciam estar se esforçando para tentar algo enquanto Samanta avançava com uma lâmina larga e assustadora. Eu podia sentir a preocupação de Sunny naquele momento, mas também fique chocada por ver minha irmã em meio ao confronto e perceber que talvez ela fosse aliada de outra pessoa.

Ofeguei...

A imagem mudou de novo e de novo, trazendo novas lembranças para minha mente. Evie sendo torturada, Sunny salvando a melhor amiga e tomando o senado, virando a nova pretora. Sunny no palácio de Nox no tártaro, Sunny sendo possuída por um demônio... Sunny matando humanos no ultimo confronto com a seita.

Trinquei os dentes, minha mente deu um nó e minhas mãos ficaram dormentes. Minha cabeça latejava forte e mais rostos e lembranças surgiam ao redor delas, desde a batalha de São Francisco ao encontro com Renly em um labirinto qualquer. Sangue manchou meu queixo e desceu escorrendo, pingando sobre a lâmina da espada e a mesa, mas continuei forçando minha mente a trabalhar, buscando por cada detalhe que pudesse salvar nossas vidas naquele momento.

Estávamos em guerra...Todo e qualquer detalhe seria crucial naquele momento.

A fenda ficou mais larga, Vince e Fred surgiram no meu campo de visão junto ao que parecia um mundo diferente. Sun Hee libertou duas criaturas gigantescas, então partiu para espiar junto ao espelho de uma dimensão segura. Com isso, o ataque a nova Roma começou e ela percebeu que venceríamos a batalha, viu ali a oportunidade perfeita para se livrar de uma vez por todas de um casal que amava. Seus planos, claro, foram frustrados, nossa discussão perdurou brevemente e as proteções que cobriram nossos corpos nos garantiram uma vitória e muitos machucados, mas para ela...

Trouxe a morte.

Ofeguei baixinho enquanto via suas ultimas lembranças, seu fantasma me enviando uma mensagem e então sua alma se tornando uma estrela. Ofeguei baixinho e fui tirada de suas lembranças.

Meus joelhos cederam e minha mente ficou levemente turva, muita energia tinha sido consumida por aquelas lembranças, não apenas física... mas mental e sentimental também. Eu me sentia fraca como nunca antes, podia sentir meu rosto manchado pelo sangue que escorrera por meu nariz e podia sentir meus braços e pernas tremendo. Mesmo assim me obriguei a me mexer.

Puxei um pedaço de ambrosia do bolso e o consumi rapidamente, em seguida me levantei e fechei a expressão, tornando-a neutra, porém ansiosa. Peguei a espada e a coloquei de volta a baia sem qualquer pressa, então deixei o templo e fui direto em direção ao portal. Eu precisava voltar ao acampamento, precisava contar a eles o que tinha descoberto e precisava ser rápida quanto a isso.

...

A viagem pelo portal durou apenas alguns segundos, mas os minutos que perdi descobrindo a localização de Evie me atrasaram mais do que eu pretendia. Corri em direção ao refeitório e invadi a salinha as pressas, dando de cara com um grupo de romanos reunidos ali dentro. Eu conhecia boa parte daqueles rostos, mas quem eu procurava não estava naquele aposento.

— Onde ela está? — Eu não precisava completar as perguntas, todos sabiam que eu era a mulher da antiga pretora.

— Na sala — Becka indicou. — Mas eu não entraria aí se fosse você — Não lhe dei ouvidos, não tinha tempo para aquilo no momento.

Invadi a sala sem pedir permissão e ignorei a cena de tortura a minha frente, meus olhos estavam sombrios com tudo que eu tinha visto e eu precisava contar a ela o mais rápido possível. Ainda tinha traidores entre nós... traidores que eu conhecia, que eu amava e que outrora acreditava serem bons amigos, bons irmãos.

— Evie, tenho as informações que precisamos, eu sei onde fica o palácio de Nox. — Foi breve, eu não precisava dizer muito, ela entenderia, veria nos meus olhos e o resto deixaria de importar, tudo que eu precisava naquele momento estava bem a minha frente.

Era ela.

Kyra


DO YOU EVER WONDER IF THE STARS SHINE OUT FOR YOU?
avatar
Kyra C. Ferreli
mentalistas de psique
mentalistas de psique

Mensagens : 627
Idade : 20

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mess

Mensagem por Luna Minn em Seg Jul 02, 2018 6:35 pm

unnecessary
AVOIDING THE

Ajudar na enfermaria após o ataque em Nova Roma não era nada fácil. Eu vira e fui a causa da morte de muitos e dos ferimentos de outros, Isaac naquele momento já deveria estar no chalé de Morfeu informando a todos a respeito da situação da cidade e especialmente, cuidando dos nossos filhos. Eu estava preocupada ainda sobre como eles estavam, mas ainda não era hora de voltar para casa. Um informante da pretora Becka me procurava enquanto eu terminava de cuidar de um braço quebrado, praticamente esmagado, de uma criança que deveria ter seus seis ou sete anos de idade.

- Luna, é urgente. Todos devem passar por um teste sanguíneo, se o sangue for preto deverão prendê-los. -
Eu sabia exatamente do que aquilo se tratava, eu já tinha visto sangue preto quando curei Vince, filho de Apolo e agora, provavelmente ex-instrutor de Primeiros Socorros. Confiei que ele poderia mudar e se unir ao lado daqueles que lutam pela vida, daqueles que lutam pelo bem estar e pela saúde, mas claramente não era assim. - Espere aqui, preciso conversar com Becka a respeito da situação também.

Imediatamente começo a organizar os curandeiros enquanto o informante Romano me aguardava no local que menos atrapalharia a passagem. Peço para que filhos de Ares, ou Marte no caso dos romanos, passem primeiro pelo teste dos demônios, como passei a chamar a situação assim que tudo foi organizado. Dou ordens para que os filhos de Ares prendam qualquer um que tenha sangue preto, e aqueles que se recusarem a passar pelo teste, que também sejam presos devido a atividade suspeita.

Tomei a iniciativa também de enviar uma mensagem de Iris para Quiron, afinal, o Acampamento Meio-Sangue também poderia estar escondendo vários dos seguidores de Nyx. Dividi os curandeiros entre grupos de cura e grupos de avaliação sanguínea, tentando ser o mais justa e breve possível, passeia  impedir que os filhos de Apolo e Febo continuassem seu trabalho enquanto não passarem pelo exame, afinal, um de seus irmãos era Vince. O olhar impaciente do romano que me aguardava indicava que eu já estava perdendo tempo demais, eu ouvira Sunhee, e precisava me unir à Becka e ao Senado para tentar colocar um basta, ou ao menos controlar um pouco a situação.

Meu maior medo?

Que matassem Fred, o demônio que haviam capturado durante uma batalha após a luta contra o Endth. Precisávamos dele para ter todas as informações que deveríamos obter.

Deixo um aviso a respeito da minha localização com os curandeiros e então, me despedindo destes, começo a correr para o local que chamava “Mess”, talvez pela bagunça, eu nunca havia estado lá antes, o Acampamento Júpiter, apesar de morar em Nova Roma, ainda era uma espécie de segredo para mim.

Guiada pelo semideus desconhecido, finalmente me uno ao grupo de semideuses ali reunidos, Becka, a pretora que conheci através de um treinamento longo mesmo no Acampamento Jupiter parecia nervosa com a situação, aparentava aguardar por alguém, além de preocupada com o que quer que fosse que estivesse acontecendo em uma das salas a qual ela não parava de olhar nem ao menos para me cumprimentar. Quando ouço a movimentação toda ali, ouço a voz de Kyra dizendo que havia descoberto a localização da base dos Demônios.

Eu não ousaria entrar na sala, porque sabia que o que quer que estivesse acontecendo ali, não haveria morte. Eu esperava, ao menos. - Becka? - Pergunto permanecendo ao lado da pretora tentando fazer com que minha aura apaziguadora, ela conseguisse ficar menos apreensiva e que conseguisse agir sem se desesperar com os fatos. - Elas não vão matá-lo, vão? - Me refiro à Evie e Hela, eu sabia que ambas não gostariam de matar alguém que poderia nos ajudar ao descobrir coisas importantes sobre Nyx, coisas que poderiam nos ajudar a combater esta guerra que colocava em perigo não somente Nova Roma, mas também, todo o mundo mortal, semideus e divino.

Itens:
Dragon Staff [Um cajado mágico, tendo utilidade apenas para aqueles que possuem o dom da magia. Tem um metro e meio de altura e em seu topo há um adorno feito em ouro imperial em forma de cabeça de dragão. Na boca, há o espaço para ser acrescentado uma gema mágica. O cajado possui runas de proteção e que facilitam o uso feitiços | Efeito 1: O cajado cria um escudo translúcido a frente, com 1,5m de altura e 1m de largura, possuindo um brilho esbranquiçado e círculos mágicos de tons azuis e esverdeados. Esse escudo funciona com a mesma propriedade que teria um escudo de resistência alfa, durando 2 turnos. É necessário um intervalo de um turno para que funcione novamente a capacidade de gerar o escudo; Efeito 2: Aumenta em +30% as chances de sucesso ao lançar um feitiço, auxiliando quando o inimigo for aparentemente mais forte. Esse efeito também diminui o gasto de energia ao usar feitiços em 25% | Madeira Reforçada e Ouro Imperial | Beta | Gema Elemental: amplia os poderes do elemento Fogo em +10% aumentando seu dano na mesma porcentagem, e diminuindo o gasto de MP de poderes relacionados a esse elemento em 20%. Além disso, a gema também deixa a arma resistente ao elemento, ganhando um bônus de 40% de resistência ao elemento escolhido | Status: 100%, sem danos | Mágico | Comprado no Pandevie Magie]

• Escudo Auxiliador [Um escudo de aparência comum que, a princípio, parece ser mais velho e desgastado, porém não se engane. O seu formato e redondo, se encaixando no pulso do semideus que o porta, deixando a mão do mesmo livre, já que o encaixe é no pulso e antebraço. | Ao ativar o efeito o escudo torna-se transparente e seu peso torna-se nulo, permitindo que o semideus porte armas ou quaisquer objetos no mesmo braço onde encontra-se o escudo, como se não estivesse com nada preso ao braço. O escudo também se expande, podendo englobar o semideus e mais outra pessoa, sendo indispensável em curas em batalha, por exemplo. Ambos os efeitos podem ser ativados simultaneamente, entretanto só podem ser ativos uma vez por missão/evento etc, durando dois turnos. | Ouro Imperial. | Não possui espaço para gemas. | Resistência beta | 100%, sem danos. | Nível 3. | Lendária. | 10 de HP (caso seja utilizado para atingir outros semideuses). | Presente de Reclamação do grupo Curandeiros de Asclépio/Esculápio.]

Leather Armor [Uma armadura leve unissex, composta mais por tecido reforçado e mágico do que por metais. É uma armadura do tipo leve, propícia para jogadores que buscam mais mobilidade e velocidade em seus movimentos. Ela pode ser considerada completa, por cobrir praticamente todo o corpo do seu usuário e incluir até mesmo um capuz que esconde o rosto. Ela possui muitas aberturas para se esconder armas de porte pequeno, como punhais, facas e adagas. | Efeito 1: Diminui os ruídos de movimento em 70%, tornando mais difícil escutar o portador dessa armadura enquanto se move. Efeito 2: aumenta em 25% a agilidade, equilíbrio e reflexo. Efeito 3: Ao usar o capuz, a presença do usuário reduz em 30%, tornando mais difícil de identifica-lo caso se dedique a ser mais discreto | Tecido reforçado e mágico | Beta | Espaço para uma gema Espaço para uma joia/gema | Status: 100%, sem danos | Mágico | Comprado no Ferreli & García - Mode et style]

Túnica do Mago Conjurador [Uma túnica unissex repleta de estilo e beleza, seu tecido é vermelho escuro e os adornos em dourado. O seu tecido mágico é melhor aproveitado por aqueles que possui magia correndo por suas veias, ou esse item será apenas um belo traje a ser usado, sem ter seus efeitos ativados | Efeito 1: Aumenta em 25% a força dos feitiços. Efeito 2: Aumenta a defesa mágica em 40% | Tecido mágico | Beta | Espaço para uma joia/gema | Status: 100%, sem danos | Mágico | Comprado na Ferreli & García - Mode et style]

Velociraptor linha Luxo [ Nessa linha não é apenas o conforto que predomina, mas também o poder, apesar de aparentar ser um tênis comum, esse foi fabricado para auxiliar e estimular o semideus a melhorar seus movimentos em combate, o tornando mais forte e mais rápido | Efeito 1: O calçado muda de acordo com o dono e suas preferências, o tênis será alterado magicamente para o modelo que mais o agrada. Efeito 2: Promove +40% de velocidade ao portador. Efeito 3: Quando estiver com o tênis nos pés, golpes relacionados as pernas, como chutes ou saltos ganham 30% a mais de força | Material mágico especial |Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos | Mágico | Comprado na Ferreli & García - Mode et style]

• Amuleto de Asas [ Um colar feito de ouro e ouro branco trançado com um pingente feito de uma pedra única e colorida como arco-íris, sendo que esta é totalmente negra em um ambiente sem luz. | Uma vez por narrativa o amuleto pode ser ativo, fazendo com que o semideus ganhe um par de asas perfeitamente funcionais por três turno inteiros. | Ouro, ouro branco e pedra desconhecida. | Sem espaço para gemas  | Beta. | Status 100%, sem danos. | Mágica. | Underworld's Poisons.]

Child of Light [Corrente de bronze com um pingente de prata em forma de coração no qual carrega a foto dos filhos e do companheiro. O pingente é cravejado com pequenas turmalinas que dão um brilho especial a peça | Aumenta em 5% de potência em toda cura realizada pelo portador da joia. | Bronze, prata e Turmalina | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos| Mágico | Presente de Lee Chae-rin]

Golden Magic [Um colar que possui um pingente a escolha do seu dono. Seu formato ou estilo em nada se compara a magia que está presente nesse acessório | Efeito: Ele esconde em 75% a presença semidivina do usuário, permitindo que ele passe despercebido por monstros e use até mesmo tecnologia mais avançada. Monstros superiores e mais poderosos ainda conseguem reconhecer o usuário do colar como um semideus, mesmo que leve um tempo para distinguir a aura | Prata ou Ouro | Sem espaço para gemas | Gama | 100% sem danos | Mágico | Comprada na Pandevie Magie]

• Flor de Cristal [Um anel negro com inscrições prateadas. Largura média e vistoso, nas laterais desenhos de rosas e "zzz" são intercalados em todo o perímetro. No centro do anel, na parte exposta, as iniciais "I & L" são gravados em letras cursivas. Pertence a Luna Minn | Mecanismo 1: Liga de Emissão de Sinal de Emergência(LEPE) é uma liga a base de prata e Césio, que quando aquecida emite um Pulso Radioativo, que pode ser captado pela mesma liga ou um aparelho de leitura de radioatividade; alcance do pulso de 150 metros // Mecanismo 2: Mecanismo de Pulso de Emergência(MPE). O Mecanismo é programado para liberar uma descarga elétrica de 12 volts diretamente na LEPE toda vez que o batimento do portador chegar a 30 batimentos por minuto, liberando um Pulso por Minuto| Titânio com liga de prata | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% |Comum | Forjado por Beorn Jarbeorn]

• Anel [ Feito de um material negro que emite um brilho delicado em cores que variam de acordo com o grupo. O símbolo entalhado no anel é a representação do grupo que o semideus comanda, além disso o nome deste está gravado na parte de dentro. | Efeito: Quando o semideus entra em batalha usando o anel faz com que seus subordinados ganhem mais foco e seus comandos mais claros, criando +20% de motivação para aliados no campo de batalha. | Desconhecido. | Sem espaço para gemas. | Beta | Status 100%, sem danos. | Comum. | Esse item não entra na contagem de itens por ser um símbolo de liderança que pode ser usado a qualquer momento |  Sistema de medalhas]

Habilidades Passivas:
Adquiridas:
Nome: Perícia Corporal I
Descrição: Treinar o corpo e a mente para tornar-se um melhor guerreiro é quase que uma obrigação de cada meio-sangue, caso ele deseje sobreviver nesse mundo louco. Assim sendo, depois de uma aula de perícias, o corpo do semideus foi condicionado e treinado para melhorar a agilidade, a esquiva e o reflexo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% em agilidade, esquiva e reflexo.
Dano: Nenhum

Nome: Perícia Corporal II
Descrição: Treinar o corpo e a mente para tornar-se um melhor guerreiro é quase que uma obrigação de cada meio-sangue, caso ele deseje sobreviver nesse mundo louco. Assim sendo, depois de uma aula de perícias, o corpo do semideus foi condicionado e treinado para melhorar a resistência corporal. Irá se cansar mais dificilmente, estando preparado para realizar exercícios físicos mais complexos. Assim, possui um melhor desempenho em combate, podendo permanecer lutando mais tempo que outros.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% em resistência física.
Dano: Nenhum

Filha de Perséfone:
Nome do poder: Olhar Infernal
Descrição: Os filhos da deusa do submundo não tem os olhos afetados pela noite, e podem enxergar tão bem no escuro, quanto no claro.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Poderão enxergar perfeitamente no escuro, desde que a escuridão não esteja envolvida pela magica de alguém.
Dano: Nenhum

Curandeira de Asclépio:
Nome do poder: Aura apaziguadora
Descrição: Um bom curandeiro tem que apaziguar o coração dos feridos e familiares, portanto você possui uma aura pacifista que acalenta os corações dos enfermos e familiares.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: O poder irá apenas funcionar caso o indivíduo esteja possuído.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Convicção Inabalável
Descrição: Médicos não podem deixar-se abalar por nada: eles dificilmente ficarão assustados ou abalados com algo, assim como serão surpreendidos com menos eficácia e nenhuma mentira lhes escapa, embora às vezes os mentirosos mais hábeis, como os filhos de Éris, consigam ocultar em parte sua mentira. Omissão não é afetada, pois não é uma mentira.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Capazes de detectar facilmente mentiras de semideuses com nível igual ou inferior, exceto os semideuses com habilidades para tal.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Agilidade III
Descrição: Os procedimentos médicos exigem certa agilidade, portanto, curandeiros são um pouco mais ágeis que os humanos normais.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: 20% agilidade
Dano:  Nenhum.


life has made me
TOUGHER & STRONGER
avatar
Luna Minn
Imortais
Imortais

Mensagens : 1500
Idade : 21
Localização : Camp Half Blood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mess

Mensagem por Romeo Bernocchi em Ter Jul 03, 2018 2:07 am

one kill
is all it takes
Romeo? — uma voz conhecida veio de trás de mim acompanhada por um toque em meu ombro esquerdo, fazendo-me contrair o corpo pelo susto levado. Entretido com a análise do que restara do senado, não escutei sua aproximação.

Martin! Tudo bem? — cumprimentei-o ao me virar, empregando na voz uma animosidade que eu pouco sentia.

Tudo sim, senhor. — e houve uma pausa, como se ele não esperasse pela minha pergunta e, por isso, tivesse ficado um pouco perdido. Seu olhar desviou para os escombros às minhas costas.

Martin? — chamei-o, reconquistando sua atenção.

Ah, sim, claro. — ele coçou a cabeça, um pouco constrangido. — A Becka espera por você no mess.

Engoli em seco, surpreso pela notícia. Sabia que ela havia enfrentado Frederick, o rapaz que assumiu ser seguidor de Nox na batalha contra o Endth da Via Principal, e que o derrotara, mas não era o meu trabalho me intrometer no que ela faria depois de capturá-lo. Mesmo que os monstros tivessem sido derrotados, eles deixaram para trás uma desgraça colossal e era nisso que eu estava concentrado.

Obrigado, legionário. — apoiei a mão destra em seu ombro oposto após acertar um soco em meu próprio peito, reduzindo Égide a somente uma camiseta preta, e colocar no bolso de trás do short o bloco de notas que segurava.

Pus-me a correr em direção ao acampamento, gastando um tempo considerável até alcançar o refeitório, onde a pretora me esperava. Queria ter perguntado a Martin sobre o estado dela e com quem estava, mas talvez aparentasse desnecessariamente surpreso e/ou curioso. Matutei a respeito disso ao longo de todo o trajeto, ansioso e ao mesmo tempo temeroso para com a motivação do chamado de Becka.

Reduzi o ritmo ao chegar, passando as costas das mãos pelo rosto para livrá-lo das gotículas de suor que por ele escorriam. Respirei fundo e dei uma ajeitadinha no cabelo, como se fosse mudar alguma coisa na forma em que me apresentaria à filha de Baco.

Abri a porta do mess cuidadosamente e a cerrei logo que entrei, deparando-me com Luna e Becka. Meus olhos rumaram à outra porta - fechada - assim que escutei alguns murmúrios. Pouco a fim de me mostrar abusado, apenas me aproximei da dupla e a cumprimentei com um breve acenar de cabeça, me pronunciando logo em seguida:

Mandou me chamar, Becka? — eu mantive a mão esquerda apoiada no guarda-mão de Ira, que estava embainhada na minha cintura, enquanto encarava a jovem, intrinsecamente desesperado para abrir aquela porta e ver o que estava acontecendo.

item:
• Disparate [A espada bastarda é composta por misteriosos materiais místicos de tons escuros e sombrios, ostentando um aspecto ligeiramente esfumaçado. 1,20m é sua extensão completa, possibilitando o manejo com uma ou duas mãos. O guarda-mão apresenta delicados entalhes que exibem, numa nuance escarlate, a frase "μανία του πολέμου". | Efeito 1: O corte da lamina pode provocar hemorragia contínua, de forma que, durante três turnos, o inimigo do semideus continuará perdendo +20 HP. | Efeito 2: O armamento do semideus será capaz de sugar - através de um corte - parte do MP do adversário de seu portador e converte-lo para si. Dessa forma, 30% do MP do adversário do semideus ao ser cortado com essa arma será roubado e convertido ao portador do armamento. Essa habilidade poderá ser usada uma única vez por luta, evento ou missão, se a pessoa que for atingida por essa arma tiver um MP superior à do usuário que empunha a arma, o MP deste fica cheio, mas não aumenta. | Efeito 3: Transforma-se num Zippo enegrecido com um desenho dourado fosco de uma tocha cruzada com uma espada. | Material semidivino indetectável | Rubi Imperial: Uma gema vermelha e brilhante que se encaixa perfeitamente a arma escolhida, aumentando seu dano. Adiciona 40 de dano a arma. | Rubi Imperial: Uma gema vermelha e brilhante que se encaixa perfeitamente a arma escolhida, aumentando seu dano. Adiciona 40 de dano a arma. | Onix Imperial: Uma redonda totalmente negra sem nenhum tipo de desenho. É uma pedra bastante discreta. Causa dano baseado na vida do oponente, aumentando em 15%. Esse efeito dura apenas dois turnos e precisa de outros quatro turnos de espera para recarregar. | Alfa Prime | Status: 100%, sem danos | Necessário possuir nível 22 para domínio completo desse armamento | Lendária | Dano base de 120 (para humanos, monstros e semideuses) | Evento de Natal 2017]

• Ira [A lâmina de ferro estígio desta espada bastarda de gume duplo possui cerca de 10cm de largura e 1,1m de comprimento, possibilitando o manejo tanto com uma quanto com duas mãos. O guarda-mão é composto pelo mesmo material e sua extensão - outros 10cm - é totalmente revestida por couro, contribuindo para o conforto do usuário. | Efeito 1: A arma se alimenta do HP de quem atinge e armazena sua essência, passando-a para o seu portador por dois turnos, ou seja, durante este período 50% do HP das vítimas atingidas por essa arma será transferido para o dono dela. Caso ele precise, o HP furtado lhe curará. | Efeito 2: Retorna para o proprietário após 2 turnos ou 5 minutos em on. | Ferro estígio e couro | Espaço para duas gemas | Alfa | Status: 100%, sem danos | Mágica | A Mente Liberta (evento)]

• Égide [Fora de uso, a armadura repousa na forma de uma camiseta regata preta e lisa. Quando ativado o mecanismo de transformação, a camiseta se expande e reveste todo o corpo do usuário com uma camada rígida e grafite de adamantino, em uma completa armadura de encaixe perfeito. As regiões das articulações apresentam uma proteção ligeiramente inferior, de modo a não inibir a movimentação mas sim facilitá-la. | Efeito 1: Reduz 50% de danos físicos recebidos. | Efeito 2: Amplia a agilidade do portador em 40%. | Efeito 3: O mecanismo de transformação é ativado quando o dono desfere um soco no próprio peito. | Adamantino. |  Gema refletora: Tem o formato perfeito de uma turmalina em tons de azul brilhante, muito clara. Quando encaixada a uma armadura, aumenta a resistência dessa em +10% além de refletir ataques. A armadura combinada a essa gema ganhara um espelho invisível, que quando ativo reflete dois ataques relacionados a poderes ativos ou magias lançadas contra seu portador. O efeito dura apenas dois turnos, e precisa de outros três turnos para que seja ativo novamente. | Gema de Resistência: Tem o formato e a cor de uma pedra âmbar, mas é mais resistente. Ao ser combinada a armadura torna o usuário 30% mais resistente a ataques de poderes relacionados à magia. Reduzindo ataques lançados contra o personagem na mesma porcentagem, fazendo com que o dano também seja menor no momento do impacto. O efeito só funciona enquanto o semideus estiver vestindo a armadura em questão. | Alfa | Status: 100% sem danos | Épico | Evento de ano novo]

• Cinturão [ A medalha brilha com algo semelhante a prata e o nome do semideus está gravado no centro, a medalha é presa por tiras de couro ajustável que moldam a cintura do semideus perfeitamente. | Efeito: Quando o semideus entra em batalha usando o cinto poderá melhorar seus comandos, criando incentivos para os legionários e os deixando menos perdidos. +20% de motivação para aliados. | Couro e metal desconhecido | Sem espaço para gemas. | Beta | Status 100%, sem danos. | Comum. | Esse item não entra na contagem de itens por ser um símbolo de liderança que pode ser usado a qualquer momento |  Sistema de medalhas]

avatar
Romeo Bernocchi
Pretores
Pretores

Mensagens : 711
Idade : 20
Localização : Acampamento Júpiter

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mess

Mensagem por Becka Klasfox La'Fontaine em Dom Jul 08, 2018 1:07 pm



↞  Ave Atque Vale↠

Ela podia ouvir em partes a confusão dentro da sala, mas tratou de ignorar por um tempo suficiente longo para que Evie e Hela pudessem extrair o que precisavam de informações. Becka sabia que as duas não iriam mata-los e por isso tinha permitido que a tortura fosse tão longe, pelo menos até Kyra entrar naquele local. A ruiva passou como um borrão por ela e Luna, que também tinha chego a pouco para poder tratar do ferido, agora estava dentro da sala com as outras duas meninas.

— Somos semideuses, não bárbaros — Becka respondeu a Luna, respirando fundo antes de encara-la. — Peça que fechem a porta, você tem permissão para curar o garoto e deixa-lo bom novamente, já o torturamos o suficiente por agora, mas vou pedir a você quel trave todos os fluxos que permitem a ele usar seus poderes, não podemos permitir que ele escape.. — As instruções vinham de maneira breve, a garota estava seria e ainda possuía machucados, mas não tinha tempo para pensar naquilo com o acampamento em desordem.

Podia lidar com o agora.... precisava lidar.

Nesse momento Romeo invadiu o pequeno aposento, surpreendendo Becka por um curto momento antes de permitir que ela se voltasse a parecer neutra. A jovem quase esquecera do garoto, mas com a situação atual sabia que a decisão que tomara era mais do que certa. Becka tinha visto o desempenho do centurião da quinta coorte, treinara ele em aulas e em combates diversos e já não conseguia ver o menino atrapalhado que chegara ao acampamento no jovem soldado a sua frente.

— Você foi rápido — Sorriu de canto antes de apontar o sofá a frente. — Sente-se, tenho algo a lhe propor e preciso ser rápida — Ela mesma se acomodou a frente do garoto antes de continuar, falando baixo para que os semideuses da sala ao lado não a ouvissem por hora. A sala estava vazia e ela tinha pouco tempo antes que todos retornassem. — Eu vi seu desempenho na batalha e sei que está preparado para mais do que isso. O senado está dividido e não sei em quem podemos confiar por agora, temos traidores entre nos e precisamos agir rápido para colocar o acampamento em ordem, com isso, sinto que podemos acabar criando desconfianças — Ela tinha medo, por si e por todos aqueles que devia proteger, mas não tinha tempo para hesitar.

— Você é o centurião mais antigo e um dos poucos que sei que são leiais o suficiente o acampamento, quero que assuma o cargo de Sun Hee e fique ao meu lado como um bom colega — Becka ergueu o olhar o encarando sério. — Se aceitar darei inicio a cerimonia que vai te tornar o novo pretor.

❄️


Becka Klasfox La'Fontaine
Quer ser feliz? Seja louco, sorria sempre mesmo sem motivo..
avatar
Becka Klasfox La'Fontaine
Pretores
Pretores

Mensagens : 623
Idade : 23
Localização : Camp Jupiter

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mess

Mensagem por Hela A. Deverich em Ter Jul 10, 2018 8:52 pm

The Devil.
 ʤ  listening xxx with Becka, Evie & Fred ʤ words: xxx  ʤ


Hela podia ouvir a voz de Evie a chamando. Mas não conseguia soltar. "Mate-o! Você precisa das informações. Mas eu quero vingança! Vingue-me tirando a vida daqueles que ela escolheu amar. Daqueles que lhe deram devoção! Me vingue!", a voz de Erebus ecoava repetidamente em sua mente. Foi só quando a mão de Evie tocou seu braço que ela se deu conta do que acontecia. Trocou um breve olhar com a senadora, sentindo a mão arder. O sangue de Fred havia respingado um pouco em sua pele nua e agora havia feridas bastante desagradáveis aos olhos.

Concordou com Evie. Precisava de respostas. Mas Erebus a estava enlouquecendo. Ouviu as perguntas de Evie, olhando o garoto proferir o nome de Sun Hee. A ex-pretora morta. Uma traidora. Ainda assim, Hela sentiu-se triste. ㅡ Sun Hee morreu. ㅡ disse com frieza, achava que seria mais fácil para ela do que para Evie dizer. ㅡ Guitti. Ele era um filho de Hades poderoso. E Vince Le Fay. Filho de Apolo. Instrutor de primeiros socorros. ㅡ a garota completou as informações para Evie. Gregos era voláteis. Mas ao menos não tinham a confiança que os romanos depositavam uns nos outros. Menos chances de se frustrarem, Hela pensava consigo mesmo.

Hela respirou fundo. Começava a se sentir atordoada. ㅡ Quero os nomes dos seguidores que não têm pacto de sangue. Todos que você sabe. Mesmo os que você não tem certeza. ㅡ disse em tom duro, sentindo a faca de ouro imperial, que estava no cano do coturno, fria contra a pele da perna.

Foi surpreendida quando a porta se abriu e Kyra entrou. Olhou a menina, sentindo a dor e confusão que emanavam dela. Ser empática poderia ser um grande problema em momentos como aquele. Não houve fala, mas Hela sabia que as garotas conversavam entre si com os olhos - e talvez até algo mais -. Tornou a olhar para Fred, o garoto não parecia bem e ainda não tinha respondido tudo que ela queria saber. ㅡ Tragam um curandeiro agora. Ele vai morrer. ㅡ Hela disse de forma enfática, sentindo a morte se aproximar enquanto encarava Evie com os olhos negros como a mais profunda treva.


avatar
Hela A. Deverich
Líder de Hécate
Líder de Hécate

Mensagens : 1079
Idade : 20
Localização : xxx

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mess

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares
» Mess

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum