The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Missão Fixa- Astaroth Wright

Ir em baixo

Missão Fixa- Astaroth Wright Empty Missão Fixa- Astaroth Wright

Mensagem por Astaroth Wright em Qui Jan 17, 2019 4:41 pm


Ideais adiante

observação leia!:
Para alguns o conteúdo pode ser sensível, então se forem ler, tenham isso em mente!
Com a saída de Bae por problemas com as vestais, o trabalho tinha aumentado consideravelmente para todos os ceifadores. Astaroth se encontrava no salão da gruta dos anjos, observando o teto da construção em um dos poucos momentos que tinha para espichar as pernas, não era um descanso em si, apenas estava ''meditando'' segundo ele. Foi então que as sombras do lugar pouco iluminado se abriram, vendo de dentro das mesmas seu patrono pousando diretamente sobre o trono.

Sr Wright, como está? — a voz era serena e grave, o deus estava mais tranquilo dos que nos dias anteriores — Estou bem milorde, e o senhor? — respondeu da mesma forma impessoal de sempre — Estou bem meu rapaz. Mas venho aqui para pedir sua ajuda, existe um mortal matando diversas pessoas no Harlem, esta alma já está começando a dificultar a ordem natural. Então peço que dê um jeito de resolver isso.— decretou, mantendo o olhar vazio e a voz sem alteração de tom — Então posso dar a sentença? — questionou o semideus, vendo o deus somente assentindo com a cabeça enquanto as sombras começavam a engolir seu corpo novamente. O semideus levantou da cadeira, esticando os braços acima da cabeça em um rápido bocejo de tédio, estava na hora de ir para o Harlem.
(...)

A chegada lá não poderia ser melhor, um negro em um bairro conhecido como de predominância negra. Todos pareciam tão amigos, era como se estivesse em casa, crianças jogavam basquete na rua, algumas pessoas. Parou em frente a uma banca de jornais que estava prestes a fechar, deixando vendo uma manchete gigantesca ''Assassino em série na zona norte do Harlem, faz vítimas sem parar. Por favor, após as 18 horas fiquem em suas casas.''. Mesmo com a dificuldade em ler, conseguia perfeitamente saber que após às 18 era o momento em que ele poderia descobrir o que iria acontecer, não faltava muito, era visível a irritação das mães para que os filhos parassem de jogar, e as lojas começando a fechar.

A partir dali só restava esperar, para que a chance surgisse. Sentou em um banco da calçada, enquanto via o sol cair, e a noite surgir, e como o semideus amava a noite, se sentia em casa, acolhido e ao mesmo tempo saudoso, era como se tivesse um buraco no centro do seu peito deixado por causa de seu passado conturbado. Era o momento de superar aquilo e começar a dar um início aos seus planos a vida não poderia parar muito menos seus ideais deixados de lado. Perdido nos próprios pensamentos sequer tinha notado que agora se encontrava em um lugar quase deserto, algumas poucas pessoas ainda circulavam mas logo adentravam em suas residências, Asta então partiu em uma pequena ronda pelo bairro. O amigo da vizinhança.

Andejou por diversos quarteirões, diversos becos e nada ainda tinha feito com que ele tivesse uma epifania, o descontentamento na sua face era claro e isso com toda a certeza seria descontado no criminoso. Foi então que um grito abafado foi ouvido em um beco escuro, o momento pelo qual Wright esperava finalmente tinha chegado, era o momento de entrar nas sombras e fazer o seu papel como um ceifador competente. Concentrou as energias rapidamente, sendo envolvido pela escuridão do local, tornando-se invisível  enquanto corria na direção do beco, beco esse que ficaria guardado eternamente em suas memórias.

Cala a boca sua negra estúpida. Você é feita para servir a nós brancos, puros! — disse um rapaz loiro, que carregava consigo uma conta do Acampamento Meio-Sangue. Um renegado? Na verdade um desertor. O filho de Poseidon não poderiam agir enquanto o outro arrastava a mulher para o lado mais fundo do beco, não deixaria ela se ferir, mas também não queria um alarde. Esperou mais alguns segundos, até que o outro finalmente deu a janela que ele precisava para um ataque perfeito, desferiu um chute na direção do peito do homem, jogando-o para trás. E logo depois saiu de sua invisibilidade.

Fique tranquila, moça, não deixarei nada acontecer ok? — ela estava atônita e paralisada, o semideus somente afagou a cabeça dela, um pouco antes de retornar a olhar para o Loiro — Então você é o cara que está matando todo mundo? Acho que temos alguns assuntos pendentes.— disse Wright enquanto sua foice tomava forma.

Oh, pelo visto tenho mais um de cor para matar. E um dos valiosos ainda, não é meio-sangue? — sorriu, sacando uma espada de bronze celestial, claramente procurava um embate com Astaroth, e ele não iria deixar barato tal acontecimento — Você é um semideus racista. Garanto que é um Skin Head que se acha puro sangue não é? Esqueceu que todos somos bastardos? — franziu o cenho, acenando com a mão direita para que o outro viesse em sua direção, não tinha muito tempo a perder ali, aquele homem era a escória, não merecia sequer um minuto de vida.

A nossa supremacia é clara, é por isso que eu mato, você é um deles, por isso não é capaz de entender! Eu sou  Joseph,  e um dia terei orgulho de dizer que matei todos vocês, porcos malditos.

O criminoso encolheu o rosto de raiva, avançando na direção do ceifador enquanto brandia a espada, golpe este que fora aparado pelo cabo da foice e empurrado para cima. O semideus deu um chute frontal no peito do espadachim, fazendo-o tomar distância enquanto girava a foice acima da cabeça, mirando um golpe fatal na direção da cabeça do outro. Vendo que sua vida estava prestes a se esvair, o inimigo colocou a espada no caminho do golpe, forcejando para que o avanço da julgadora fosse contido enquanto os dois forçavam suas armas uma contra a outra.

O olhar frio de Astaroth contra o sanguinário e embebido em ira do rapaz, era um contraste realmente curioso, nem mesmo no mundo dos semideuses certos preconceitos haviam sido superados, nem mesmo divindades que não se importavam com cores, gêneros  e afins conseguiam entender o porquê se alguns de seus descendentes serem tão maus uns para os outros.

—Você receberá sua punição agora, rapaz, além de ser alguém podre, ainda desrespeitou a ordem natural do mundo.

Girou o pulso, fazendo a ponta da foice cravar-se no ombro do outro, ao mesmo tempo o grito de agonia retumbou por todo o bairro. Na pequena janela de tempo em que teve, Wright puxou a foice para si rasgando o ombro de seu adversário e fazendo com que a espada dele caísse no chão, mas antes fazendo um corte em seu peito. Agora o torturador e aproveitador estava desarmado, indefeso e machucado, o medo era evidente em sua face, o corpo tremia, as pupilas estavam dilatadas, e nada mais lhe restava do que fechar os olhos e aceitar a morte.

A diferença de forças entre os dois era evidente, um deles nunca teve o interesse de explorar seu potencial como semideus, e isso era claro. Asta ergueu a foice, desferindo um golpe na direção do pescoço dele, cortando-lhe a garganta enquanto observava sua alma sendo puxada pelo próprio deus em pessoa, ou divindade.

— Matou por causa de pele, por preconceito e por maldade. Merece a pior das estadias no inferno. Tenha uma boa morte.


missão:
♕ Equilíbrio na Balança: Um mortal está matando pessoas sem motivo aparente e trazendo desequilíbrio à balança da vida. Somente uma vida pode evitar esse desastre e trazer ordem de volta ao mundo. Ceife a alma desse assassino e acabe com mais mortes desnecessárias. Além da luta, é obrigatório que se explique quem é essa pessoa e seu real motivo por trás dos assassinatos.
Nível mínimo: 20
Recompensa: 1.800 XP + 1.800 dracmas
passivas:
Nível 45
Nome do poder: Visão Noturna IV
Descrição: Acostumados com a escuridão, os ceifadores possuem facilidade em enxergar em meio a esta. Entretanto, nesse nível, sua visão alcança até 80 metros à sua frente.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.

Nível 48
Nome do poder: Besta Noturna III
Descrição: Nível final da habilidade, onde finalmente os ceifadores chegam ao ápice de seu poder noturno, tendo sua força consideravelmente aumentada, além de resistir melhor à ataques físicos.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: 30% em força e 10% em resistência a golpes físicos.
Dano: Nenhum.

Nível 50
Nome do poder: Pontos Vitais II
Descrição: Nesse nível, o ceifador enfim se torna um mestre na arte de matar. Dessa forma, ele consegue distinguir naturalmente os pontos vitais do corpo humano, de maneira a lhes acertar com mais facilidade.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: 50% de dano crítico.
Dano: Nenhum.

Nível 55
Nome do poder: Emboscada V
Descrição: Sempre que realizar um golpe surpresa, as chances de ser um golpe crítico são maiores, além de causar mais da dano que o normal.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: 50% de chance de acerto crítico.
Dano: Nenhum.

Nível 32
Nome do poder: Cura Sombria III
Descrição: Ao entrar em contato com as sombras (é necessário um ambiente escuro, como um quarto durante a noite etc) automaticamente os ceifadores sentem-se melhor, passando ter o corpo curado. Porém em tal nível é impossível curar ferimentos grandes ou cortes profundos. É necessário ressaltas que sombras criadas pelo próprio semideus não irão cura-lo. Só pode ser usada a cada 3 turnos;
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Recupera 60 de HP e MP.
Dano: Nenhum.

Nível 40
Nome do poder: Perícia com Foices IV
Descrição: Sendo a foice o instrumento característico da morte, os seguidores desta possuem maior facilidade a aptidão no manuseio da arma em questão. O objeto em suas mãos é manobrado de maneira mais fácil e precisa, tanto ofensiva quanto defensivamente. Aqui, o ceifador enfim chegou próximo a perfeição.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: 90% de assertividade no uso da foice.
Dano: +70% de dano ao ser acertado pela foice de um ceifador.

ativa:
Nível 33
Nome do poder: Invisibilidade II
Descrição: Assim como revelado nos livros, depois que Ares liberta Thanatos de Sisyphus, o deus da morte decide não mais abordar as almas diretamente, ao contrário, ele prefere as ceifar invisível. Dessa forma, seus ceifadores podem optar pelo mesmo tipo de abordagem, ainda que de maneira limitada. Não sendo filho do deus, eles podem contar apenas com as sombras para os camuflar em meio a elas. Nesse nível já conseguem lutar mesmo invisíveis.
Gasto de Mp: 20 por turno ativo.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.
Extra: Só funciona durante a noite, ou em locais muito escuros.
fpa:


criado por ; modificado por


Time to let go
Astaroth Wright
Astaroth Wright
Ceifadores de Thanatos/Leto
Ceifadores de Thanatos/Leto


Voltar ao Topo Ir em baixo

Missão Fixa- Astaroth Wright Empty Re: Missão Fixa- Astaroth Wright

Mensagem por Hades em Seg Jan 21, 2019 8:17 pm

Avaliação


Método de Avaliação:

Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão: 1.800 XP e Dracmas  

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 17%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 27%


RECOMPENSAS: 1.692 xp e dracmas

Comentário:
Houveram algumas construções confusas como: "Todos pareciam tão amigos, era como se estivesse em casa, crianças jogavam basquete na rua, algumas pessoas." E por isso o desconto em relação a gramática. E em alguns momentos durante a luta travada contra o semideus racista eu não conseguia localizar os elementos no espaço, para isso recomendo que você tente colocar os personagens de uma forma mais clara, para que seus movimentos sejam compreendidos! Mas foi uma ótima missão, parabéns semideus.


Atualizado por Hades.
Hades
Hades
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Localização : Importa? A morte ainda será capaz de te achar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum