The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Cerimônia de Casamento

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

Cerimônia de Casamento

Mensagem por Juno em Ter Out 09, 2018 11:17 pm


Lusaac Wedding


Antes de comparecer no local principal onde passa-se a festividade, o odor cítrico dos pinheiros é o primeiro sinal que o indica que está no local certo. Há uma concentração grande de copas assimétricas que fecham os caminhos mais alinhados de terra onde guiam os convidados para a festividade. Tocos menores de toras assassinadas ou vítimas de alguma consequência natural recebem adornos luminosos de garrafas com velas que clareiam ainda mais o solo pueril e arenoso. No ar, há a existência de plumas pequenas que flutuam enquanto estão sob o sabor do vento regido pela natureza e através de pequenos fios instalados entre os galhos para seguirem um tapete tipicamente delicado para o céu.
Enquanto os convidados chegam no local destinado à cerimônia, o suave som de harpa preenche seus ouvidos, uma deliciosa sinfonia regida por Hans Nikolai Kültzer.

Devido o casal cultuar um amor particular por animais, há possibilidades de assistirem pequenas espécies aparecem, como guaxinins ou veados. Onde é presidido o casamento discorre na presença de madeiras de árvores deitadas para os convidados se acomodarem com possibilidades de utilizarem outras espécies naturais como suporte para descanso. A frente onde localiza-se os noivos, há a centralização de luzes pequenas jazidas em lâmpadas que mal percebe-se no cenário, comparada com as flores que adornam o chão saudável ligando o local onde especialmente a figura feminina deve estabelecer-se de pé.

No centro onde há a passagem para padrinhos e madrinhas, é possível observar que há pequenas pétalas brancas e pequenos grãos de arroz já separados para a caminhada. As mesas que ficam localizadas aos fundos, possuem toalhas brancas e uma pilastra de madeira central que também faz coligação de iluminação ambiente. Cada estalagem possui uma estrutura de vidro, talheres e pratos de tom tipicamente claros que destoam a região já escura e isolada dando a liberdade de jazir um clima de aconchego e familiar.

Outro local que também deve-se possuir uma presença significativa de todos, esta é a árvore dos desejos onde cada um dos noivos poderá ditar algumas palavras referente ao dia e as pessoas que presenciam o momento e amarrar uma fita de uma determinada cor em um de seus galhos. Pessoas que se interessarem, estão autorizadas a pegar uma fitinha e também a amarrarem ao entorno de um galho. Seja desejando as coisas para si mesmo, aos noivos como também a qualquer pessoa que deseja. Os significados são ligados à cultura chinesa:

• Vermelho: Fortuna, alegria, bom, brilhante, verão, sul.
• Azul/Verde: Saúde, prosperidade e harmonia.
• Branco/Ouro: Simboliza o brilho, pureza e plenitude.
• Preto: Atração negativa. Cor proibida para a celebração!

No ambiente que foi escolhido pro casamento uma espécie de barreira, Robin criou uma barreira mágica para que o espaço ficasse protegido de interferência de monstros ou demônios de Nyx/Nox. A amiga da noiva teve também a ajuda de feiticeiras de Circe para reforçar a barreira e garantir a tranquilidade da celebração. Apesar do evento ocorrer dentro do Acampamento Meio-Sangue, era preferível redobrar os cuidados para que tudo ocorresse dentro da normalidade.

Roteiro da Cerimônia


Convidados:

Por favor, postem a sua chegada ao local da cerimônia até o dia 12/10, às 22h. Podem cumprimentar o noivo na chegada, pois Isaac estará no local da cerimônia. Após esse prazo, devem aguardar para postar.

Padrinhos:

Os padrinhos postam sua chegada à cerimônia a partir das 22h do dia 12/10. A partir de então, os convidados devem aguardar para voltar a postar.

A postagem do início da cerimônia deve ocorrer na seguinte ordem:

• Seren (trazendo flores)
• Elena e Daron
• Haul (trazendo as alianças)
• Bella e Ellioth

Noivos:

Postam sua chegada logo após os padrinhos.

• Isaac: O noivo estará recepcionando os convidados na entrada do local da cerimônia. Quando a cerimônia tiver início, Isaac entra após os padrinhos, junto aos seus acompanhantes, e aguarda ao lado do altar.

• Luna: Após Isaac, a noiva posta a sua chegada no local da cerimônia. Ela estará acompanhada pelo pretor e amigo Romeo Bernocchi.

Cerimônia:

A postagem da cerimônia ocorrerá no sábado, 13/10. Após a chegada dos noivos, Juno irá conduzir a cerimônia disfarçada como uma sacerdotisa dos templos de Nova Roma. A seguir, os noivos irão postar a troca de votos e Juno irá concluir a cerimônia.
Durante a postagem da cerimônia, os convidados devem aguardar para postar.

Início da Festa:

Após a realização da cerimônia, terá início a festa. Os convidados retomam as postagens, sendo conduzidos para outro espaço: clique aqui para acessar. O tópico será desbloqueado após o término da cerimônia.



A primeira interação

31/06/2017 | Praia dos Fogos

A nossa família

21/12/2017 | Seren & Haul

Agora nos unimos...

12/10/2018 | Acampamento Meio-Sangue

para toda eternidade

Luna Minn | Isaac D. Bouwknech


PS: Passe o mouse sobre as imagens.


Juno Moneta
"Você deve forjar seu próprio caminho para que ele signifique qualquer coisa"
avatar
Juno
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 226

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cerimônia de Casamento

Mensagem por Ariel Sehn Kahlfels em Qua Out 10, 2018 1:04 pm


You gon' make me hit you with that lay down, baby
Subordinando algumas vontades, a líder dos mentalistas organizou todos os compromissos no Templo e ministrou a instrução de sobrevivência mantendo os conformes impecáveis de suas atualizações mensais. Tudo havia sido devidamente feito, com os argumentos movidos pelo novo assunto não só dentro das barreiras mágicas do acampamento, como nas sedes de cada grupo cujo os patronos regiam suas práticas. A maior preocupação prevista fora a do momento em que pegou o convite e vislumbrou o prévio alerta de que uma paleta em trio de cores deveria ser excluída para as tonalidades de cada vestimenta dos convidados: Preto, vermelho e branco, logo as cores que mais personificavam o dia-a-dia da latina. O desespero se acumulou, causando uma ventania de nervosismo no estômago da prole de Hades, que tinha experiências complexas quando a relação do assunto se coligava com a moda.

Bella, como sempre, foi a alternativa que buscou em primeira instância. Não foi preciso reivindicar seus direitos provindos da amizade; a filha de Afrodite não precisava ter alguma habilidade de previsão ou ser o receptáculo do Oráculo para saber que deveria ser o intermédio da situação. Por este motivo, adiantou a busca da latina e enviou-lhe uma caixa-box contendo uma caixa negra com o vestido Prada, um salto baixo dourado da mesma marca e o kit M.A.C para maquiagem que seria feita por uma de suas pupilas, encontrada numa maleta profissional prateada. — Sempre um passo à frente. — O murmúrio saiu quando, já de banho tomado e enrolada na toalha negra que lhe pertencia, Ariel encontrou a nota deixada pela própria Winnemann.

O Diabo Veste Prada ganha a sua versão olimpiana. Sempre aqui por você, A. Faça bom proveito.

Levou cerca de uma hora para estar pronta. O termo “caiu como uma luva” não se adequava ao modelo do vestido pelo simples fato de deixar a semideusa mais estonteante do que qualquer um imaginaria que pudesse ser. Verde não era bem uma cor utilizada ou levada em consideração na maioria de seus adeptos vestuais, mas acabou por contrastar bem com a tonalidade pálida que ia contra as origens sul americanas da filha de Hades. O salto não era tão alto, visto a grande vantagem de altura que já portava, tendo em média de dez a doze centímetros, tendo Bella pensado nos mínimos detalhes. Um salto daquele tamanho não a deixaria exageradamente alta, e mais baixo que aquilo não era nem mesmo considerado por ela como utilizável. Uma mulher que se preze deveria entender daquilo. Bem, aquela era a lógica que somente alguém entendido de moda contraia.

A maquiagem era leve, o olho de gato muito bem feito combinava com os tons pastéis de bege e marrom esfumado, com os lábios pintados de nude. O salto incomodava quando afundava sobre a passagem de terra até o caminho da floresta, onde marcou com Violet para se encontrar. Não levava nenhum adereço de mão, ao contrário do esperado, já que detestava segurar um objeto por mais de vinte segundos. Estava um pouco nervosa, não pelo fato de que aquele era um dia importante e algo pudesse vir ocorrer - era uma possibilidade, nenhuma diretriz estava salva de futuros rompantes, apesar de esperar que nada atrapalhasse a ocasião - mas pelo fato de que estava indo a um casamento com uma acompanhante. Considerando os costumes sociais, tal fato não era incluso na ressalva de que nenhuma importância era dada àquilo. Significava que o compromisso existia e que estava relativamente mais sério.

Suspirou, mexendo no cabelo para organizar o que já estava certo, num gesto nervoso. As madeixas curtas promoviam a sensação de liberdade, de alívio para com o calor que muitas das vezes lhe atingia e nada mais era considerável como tão agradável. Nada, exceto, a presença daquela que esperava. Sem mais o que fazer, postou-se de pé perto de um dos grandes arranjos, adornada pelo aroma exalado das fileiras de pinheiros que acobertavam as redondezas.


wearing: this • lusaac day • w/ violet

avatar
Ariel Sehn Kahlfels
Lider dos Mentalistas
Lider dos Mentalistas

Mensagens : 414
Idade : 22

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cerimônia de Casamento

Mensagem por Nyx St. Douglas em Qua Out 10, 2018 10:22 pm



no matter what we breed, we still are made of greed. this is my kingdom come
tell me pretty lies, look me in the face, tell me that you love me, even if its fake, cause i don't fucking care at all

SWEET DREAMS ARE MADE OF THIS
B E
U S E
WHO AM I TO DISAGREE?
Nyx soube que boa parte dos semideuses fora convidada para um casamento e, com a movimentação toda dentro das coortes para a escolha de um par para ir ao evento, acabou sendo o par de uma campista que conhecia o casal de noivos de vista. Como não queria ir sozinha, a jovem convidou a filha de Marte, que aceitou, embora não entendendo muito para que tipo de lugar iriam. Porém, assim que chegou no lugar, abandonou a selvagem à própria sorte.

Estando um pouco desajeitada com aquela roupa — mesmo que fosse a que se sentisse mais confortável usando das que lhe foram apresentadas —, a garota relutava contra o desejo de se livrar de parte dela, principalmente dos calçados desconfortáveis. No fim, acabou sentando em uma das cadeiras e retirando tal acessório, preferindo estar com os pés nus. Observando os arredores, notou uma dupla de veados ao longe, em meio às árvores, e sentiu-se estranhamente acolhida por toda aquela atmosfera como não se sentia há algum tempo. Lembrou-se de sua alcateia com saudade, deixando uma lágrima cair por conta disso.

Não tinha ideia do que esse tal casamento significava, mas se o intuito era ser algo mais delicado e íntimo, eles conseguiram fazer isso bem. Pelo menos essa era sua opinião.

Trajes:
Terno e calça rosas com camisa branca que contém frases em rosa.
avatar
Nyx St. Douglas
I Coorte
I Coorte

Mensagens : 74

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cerimônia de Casamento

Mensagem por Violet E. Schroëder em Qui Out 11, 2018 12:39 pm



WAIT
FOR ME
TO COME HOME
Definitivamente um convite inusitado aquele que chegara por baixo da minha porta enquanto eu descansava após um dia de trabalho duro no SPA de Circe, mas sem dúvidas, algo que me deixara extremamente animada. Um casamento! Este aconteceria no Acampamento Meio Sangue, ou seja, meus irmãos estariam por lá, desanimador, porém, justo. O grande dia para o casal da tão falada líder dos curandeiros e ex-líder do chalé de Morfeu finalmente estava ali, e as preparações iam à mil.

Foi difícil escolher um vestido para mim, nenhum parecia bom o suficiente, nenhum me agradava de fato, talvez porque eu estava bêbada e mal conseguindo ver sequer as cores que estavam disponíveis para a minha escolha no grande armário de uma das filhas de Afrodite que decidiram seguir o mesmo caminho que o meu, ser uma feiticeira. Era ela quem iria me arrumar e definitivamente usar um dos seus vestidos era uma ótima ideia.

- Não está muito decotado? E muito aberto nas costas? - Me olho no grande espelho do quarto incerta sobre a decisão de ir ao casamento com o marrom ou não. Ele era lindo, não tinha como negar, eu havia me apaixonado pelo modelo, mas temia o que Ariel iria pensar por eu estar mostrando “mais do que eu deveria”, ou talvez não fosse. Carrie, a semideusa que me ajudava insistia em usá-lo, e para completar o look me entregava um par de sandálias de salto alto, ao menos o salto não era fino.

Horas depois, pronta com a maquiagem em tons dourados e marrom no olhos, e um gloss rosado nos lábios, sabor pêssego, além do cabelo impecavelmente ondulado, o vestido que deixou dúvidas e o sapato sugerido, me sinto finalmente pronta para passar pelo portal especialmente criado para a ocasião. Eu havia ajudado a criar barreiras ao redor do local do casamento junto com algumas outras feiticeiras e uma filha de Hécate que quase confundo com a instrutora de Perícia com Armas, portanto já tinha uma boa noção de como seria grande, mas ainda não havia visto a decoração ou organização de espaços, estava ansiosa para isso.

Porém, mais ansiosa do que de ver o casamento, eu estava de ver Ariel. Eu sabia que o código de cores proibidas talvez tenha ferido o padrão de vestimenta dela, era se vestia muito bem, mas sempre apostava nas cores menos chamativas. Me dirigindo até o local combinado como ponto de encontro antes de acompanhar as demais feiticeiras para o local da cerimônia, me deparo com a cena maravilhosa da garota latina vestida com um vestido verde longo, que me faz parar de andar no meio do caminho, sem sequer tirar os olhos dela por um segundo. Aproveito a pouca distância para observa-la de cima à baixo, estudando detalhes da veste, curvas, e especialmente, seu rosto coberto por maquiagem, totalmente diferente do que eu estava acostumada. Ela era linda, mas agora, estava deslumbrante.

Era difícil acreditar que aquela era a pessoa que eu havia me apaixonado em tão pouco tempo e por questão do acaso. Bendito filme de terror péssimo. Colocando um sorriso largo no rosto, seguro sua mão antes de dar um beijo no canto dos lábios, um simples gesto para demonstrar minha presença ali. - Você está maravilhosa! - Elogio a abraçando na mesma hora, sentia que nossa relação estava se tornando cada vez mais forte e séria, e o colar em meu pescoço confirmava tudo aquilo, além da situação em que nós estávamos.

- Vamos? Mal posso esperar para ver a decoração! - Pergunto a olhando nos olhos trazendo clara animação na minha fala. A maquiagem dela estava maravilhosa, definia bem os traços característicos e iluminavam seu rosto tirando o ar que somente os filhos de Hades emanavam.

Clique aqui para conferir o que Violet está vestindo

Jóias (por questões interpretativas):
• Cajado do Falcão [De aparência comum o cajado parece, caso analisado de forma não exatamente minuciosa, ser feito de madeira, porém é possível encontrar algumas rachaduras – que na realidade são desenhos de runas – e um brilho metálico através das mesmas. | A arma se torna uma pulseira fina com um pequeno pingente de falcão – animal símbolo de Circe -.|  A arma, em sua fabricação divina, foi feita de uma forma que permite a portadora da mesma a ativa-la, a fazendo ter um gasto menor na quantidade de MP (- 30%) durante dois turnos, podendo ser ativada apenas uma vez por missão/mvp/evento etc. Sendo que, ao ativar qualquer das runas existentes no cajado as mesmas irão durar um turno a mais. | Arambarium e Madeira. | Não possui espaço para gemas. | Resistência beta. | 100%, sem danos. | Nível 3. | Lendária. | Presente de Reclamação do grupo Feiticeiras de Circe.]

Amor Incondicional [Uma pulseira delicada feita de fios de prata com uma perola em seu centro. A pedra carrega uma benção da deusa protegendo assim a portadora de tal joia. | Tal proteção funciona contra agouros, inveja e charme, repelindo os mesmos por até dois turnos. | Prata. | Mágica | Não apresenta suporte ou espaço para gemas | Resistência: Sigma | Status: 100%, sem danos | Comum | Comprado na loja]

• Cherry [Colar fino e delicado feito de ouro, possui um simples pingente de cereja representando a filha de Hades, Ariel, portadora do colar gêmeo a este. Para quem vê, o item não possui significado ou efeito algum, porém para o casal é a representação delas mesmas, como uma forma de carregar uma à outra sempre por perto. | Efeito de ligação: Retorna a dona quando perdido ou roubado | Efeito 1: Graças a runa de união e ao encantamento, o item permite que Violet e Ariel se comuniquem através do pensamento. Não é uma leitura automática e invasiva, elas apenas podem falar frases na mente uma da outra, ou mostrar uma imagem. | Efeito 2: O colar foi encantado com o elemento água e, com o encantamento de energização, oferece +10% de dano de ataque quando a usuária usa o elemento. | Bônus de forja: +15% de dano | Ouro | Beta | Espaço para 1 gema | Status 100%, sem danos | Mágico | Forjada por Nikolaev]
CONGRATS
FOR THE
WEDDING


in the hopeffuly sky
avatar
Violet E. Schroëder
Feiticeiras de Circe
Feiticeiras de Circe

Mensagens : 202

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cerimônia de Casamento

Mensagem por Robin A. Deverich em Qui Out 11, 2018 1:46 pm

girlfriend’s wedding
w// ISAAC D. BOUWKNECH & LUNA MINN & FEITICEIRAS
O convite de alguns dias atrás pegou Robin desprevenida, mesmo que já estivesse o aguardando há alguns meses, um pedido especial o acompanhou. Luna queria que, para a proteção dos convidados, Robin criasse, com a ajuda das feiticeiras uma barreira mágica que não permitisse a entrada de monstros ou demônios, especialmente considerando os riscos que o acampamento corria com invasões e coisas do tipo.

Ciente da situação, a semideusa concordou com a proposta e o fez com muito carinho. Passou dias pensando a respeito do assunto, procurando por runas que se propusessem a dar os efeitos necessários ao local de grande extensão, trabalho este, feito com a ajuda de um grupo de feiticeiras selecionadas pela própria líder do grupo. Tentava neste período sequer focar em seus próprios pensamentos, em suas próprias emoções. Queria apagar uma parte de sua vida que ao mesmo tempo que a remetia boas lembranças, também trazia um enorme pesar.

(...)

Robin estava pronta, gostava de fazer sua própria maquiagem e cabelo pois sabia quais eram as técnicas necessárias para o seu próprio rosto. O vestido que mais parecia o céu noturno contrastava bem com o sapato no mesmo tom, mas com pedrinhas brilhantes, dando um toque de glamour para a situação. Não iria para a festa de comemoração, porém, a cerimônia era algo que não deveria perder, afinal, o casamento daquela que por muitos anos foi sua melhor amiga e também, quase namorada, era único, e torcia pelo bem estar das crianças e do casal.

Trilhava o caminho do chalé até a floresta com passos calmos e serenos, observava tudo ao seu redor e inclusive os mais variados estilos de roupa que foram escolhidas para a ocasião, sempre lembrando das três cores proibidas, vermelho, branco e, principalmente, preto. Quando os pés a guiavam para seu local em um dos roncos mais à frente do local da cerimônia, Robin não tardou em ficar brincando com o fecho da mini-bolsinha prata cheia de brilho. Era triste estar ali sozinha, mas, ao mesmo tempo, se sentia bem por estar fazendo aquilo.

Quando o olhar se deu com o filho de Morfeu que entregaria sua melhor amiga para, se levantou do seu próprio lugar e o cumprimentou com um aperto de mão e sorriso que não estava mais acostumada a dar. - Parabéns pelo casamento, espero que as crianças estejam bem! - E com aquilo, também retorna para o seu lugar assumindo o tronco deitado como seu local de descanso, visto que muitos semideuses aguardavam para cumprimentar o noivo também e garantir seu pedacinho de banco. Nunca havia conversado com o semideus frente a frente, mas sabia que ele a reconheceria das histórias de Luna, conhecia a garota muito bem para saber que ela vivia compartilhando momentos com quem ama. Quando a cerimônia começasse, sabia que não conseguiria segurar a emoção, e o que estava dentro da mini-bolsa era simplesmente um lencinho branco de algodão e o batom para retoques caso fossem necessários.

Vestido | Sapato | Maquiagem e cabelo

Itens (para questão de interpretação):
•  Anéis [ Anéis de fada geralmente delicados e cobertos por pequenas plantas e pedras preciosas tem o poder de transmitir o pensamento ao portador que o usa. Tal objeto é sempre vendido em par e não tem tamanho, pois se ajusta ao dedo do portador conforme esse o desliza, como se fosse moldável a pessoa. | Ambos os portadores do par quando em uso poderão conversar em pensamento um com o outro. Fadas tem ciúmes de seus objetos, logo raramente alguém que não seja uma fada possui um adereço como esse. | Par com o anel de Hela. | Desconhecido. | Sem espaço para gemas. | Beta. | Status 100%, sem danos. | Mágico. | Loja especial.]

♥️ Amor Incondicional [Uma pulseira delicada feita de fios de prata com uma pérola em seu centro. | A pedra carrega uma benção da deusa protegendo assim a portadora de tal jóia enquanto esta estiver no mundo mortal. | Prata abençoada. | Beta. | Status 100%, sem danos. | Mágica. | Loja de Afrodite.]

-


Still in ruin but her heart is an ocean, it may be cold but it is big a full of life it may drown you but only if you misbehave.
avatar
Robin A. Deverich
Filhos de Hecate
Filhos de Hecate

Mensagens : 273
Idade : 20
Localização : xxx

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cerimônia de Casamento

Mensagem por Kang Poppet em Qui Out 11, 2018 2:26 pm


lusaac wedding
Não tinha muitos vestidos disponíveis no armário de Poppet que fossem adequados para um casamento, e talvez sequer sairia do chalé de Nyx se não fosse por um bom motivo. O convite do casamento de Luna e Isaac havia sido entregue pessoalmente pela filha de Perséfone, e também, sua chefe, não tinha como recusá-lo, seria falta de educação e não saberia como olhá-la no dia seguinte quando chegasse ao trabalho.

Fazia um bom tempo desde que Poppet havia se animado para ir à uma festa e a ideia de estar em meio à muitos semideuses a confundindo com Pipper não era lá o que mais queria para si, mas era necessário. O cabelo não mais loiro ou colorido deixava ainda mais difícil distinguí-la de sua irmã gêmea, então somente abstrairia os comentários a respeito e enfrentaria a situação com coragem, afinal, eu não estaria completamente sozinha.

Sybil, filha de Afrodite, tia divina da semideusa e também colega de trabalho no Tea Drop também estaria ali para a cerimônia e a acompanharia a todo momento, até que seus instintos de Afrodite e Eros falem mais alto e saia caçando alguém para ser sua vítima. O ponto de encontro combinado seria o local da cerimônia, porém, a filha de Nyx tinha plena consciência de que a garota se atrasaria, portanto, escolhe apenas um local do lado da noiva nos bancos, guardando o do lado para a garota mais velha.

Seus olhos percorriam cada um que estava ali, não olhando-os nos olhos ou sequer se pronunciando, mantinha a expressão fria e fechada, apenas aguardava pela semideusa. Em algum momento, os olhos esbarram com um garoto de traços asiáticos, enquanto o estudava, mal percebe que ele havia notado o olhar, a olhando e com as mãos, passando-as no rosto, tentando tirar algo que não estava lá, mas claramente surpreso por ser observado. Era engraçado, então continuaria encarando por puro divertimento.

- Oi Pops! Te deixei esperando muito? - Somente desvia o olhar do garoto quando a garçonete da casa de chás chega, a cumprimentando finalmente dando um sorriso honesto, se sentia confortável com ela apesar de tudo. - Claro que não, senta aí, já deve estar começando! - Diz simplesmente, dando um espacinho para a outra garota, tomando o cuidado de não deixar as pernas abrirem muito, afinal, o vestido era curto e o risco era enorme. A cerimônia estava prestes a começar e um frio na barriga, bem onde havia a marca de floco de gelo havia se instalado, estava animada e ansiosa, ainda tinha um vestígio de sentimentos de quando era uma Vestal em seu interior, mas não era mais a mesma pessoa.

Vestido + Sapato & Maquiagem + Cabelo

Maldição:
Nome da Maldição: Ice cold
Descrição: Poppet ao voltar à vida trouxe como sequela uma pequena cicatriz em formato de floco de gelo em sua barriga, local atingido pelo espinho de gelo gigante que causou sua morte. Assim como a cicatriz, uma pequena mudança em sua personalidade também aconteceu, ela se tornou mais fria e menos aberta para relacionamentos em geral, afinal passar pela experiência de morte não é algo fácil e o trauma possui consequências.
Gasto de HP: Nenhum.
Gasto de MP: Nenhum.
Dano: Nenhum.
Extra: Nenhum.
@


the change is good,
good enough to leave all the frustrated feelings behind and dedicate themselves to others. love? this is going to be interesting.
avatar
Kang Poppet
Filhos de Nyx/Nox
Filhos de Nyx/Nox

Mensagens : 138

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cerimônia de Casamento

Mensagem por Louise S. Mitchell em Sex Out 12, 2018 2:18 am



Lusaac Forever <3


   
ão era sempre que havia um convite como aquele, na realidade era o meu primeiro. Sempre imaginei os semideuses crescendo, lutando e morrendo, nunca constituindo família e laço afetivos duradouros. Eu via uma nova percepção de vida.

— Não, quero minhas unhas em tons creme. – Disse para uma das funcionárias do SPA. Era a primeira que eu usava aquele espaço. Sendo líder das feiticeiras não me sobravam tempo suficiente para curtir o lugar. — O meu vestido já chegou, na verdade veio ontem de Paris. É ainda mais deslumbrante que no catálogo. – Devorei um pepino que tampava os meus olhos e olhei para a atendente. — Marque também uma massagem tailandesa e uma hora no cabeleireiro. Quero experimentar a nossa loção capilar que as feiticeiras inventaram. – Se eu iria cuidar de mim, iria me esbanjar.

Quando a noite surgiu, deitei-me para dormir. Meus dedos passavam pelas teclas do celular, tentados em ligar para Prowler. Eu não iria desrespeitar as regras, logo adicionei o visor e vi a foto perfeita do meu namorado como papel de parede. Fiquei enamorada por aquele filho de Ceres por um longo tempo, até que cai no sono.

— Meus sapatos! – Gritei para uma feiticeira que me ajudava a me arrumar. Ela tinha penteado e arrumado o meu cabelo de um jeito único, um coque que se soltava em pequenas mexas atrás do pescoço. O penteado fora criado para ressaltar meus delicados e pequenos brincos de diamante (verdadeiro, é claro). Poucas vezes eu me sentia tão filha de Afrodite como naquele momento. O visor do aparelho celular se acendeu e vibrou. Era um SMS do meu homem planta. Ele estava apenas esperando minha confirmação para deixar a sede dos guardiões.

“Amor, eu estou quase pronta. Falta apenas a maquiagem e o perfume. Me espere em frente ao chalé de Hera.

PS: Te amo!”


Eu estava incrivelmente melosa, na verdade era difícil não estar diante de um casamento. A idéia de uma vida eterna a dois, para todo o sempre me emocionava. Quando deixei os meus aposentos calçando o salto médio ainda pelas escadas, tomei a decisão de deixar a feiticeira naquele dia na ilha, levaria apenas a jovem apaixonada filha da deusa do amor. Espirrei um pouco de perfume de jasmim e retoquei o batom. Era estranho sair sem armas.

— Obrigada. – Agradeci a uma garota que lançou o portal para o acampamento grego. Atravessei com algumas feiticeiras.

Caminhei delicadamente, tomando cuidado com o salto até a frente do chalé de Hera e nem precisei de muito para me derreter diante do cavalheiro que me esperava. Prowler estava realmente maravilhoso, lindo, embora fosse impossível ele ficar ainda mais. Depositei um selo rápido nos seus lábios, eu tinha certeza que meus olhos estavam brilhando diante dele. Repassei mentalmente se havia trago o meu lenço de seda, eu precisaria em breve para enxugar as lágrimas.

— Amor, você conseguiu o improvável, está muito bonito além do normal. Não seria você um filho de Afrodite ou Eros? – Engoli a repulsa de nojo que passou por mim quando me imaginei namorando um irmão. Entreguei minhas mãos para o rapaz e atravessei o acampamento ao seu lado. — Cheiro bom, perfume novo? – Nunca tinha sentido aquele cheiro, e acredite, eu conhecia os cheiros de Prowler.

A floresta estava perfeita, as árvores, o cheiro cítrico dos pinheiros. Encostei o meu ombro ao ombro do semideus e apenas sorri para ele da forma mais carinhosa e doce que eu pudesse. Vi alguns conhecidos, mas naquele momento eu só queria saber de uma coisa; a noiva.

— Aonde iremos nos sentar? – Indaguei apontando para os troncos caídos e decorados. Tudo tinha sido pensado de forma romântica e minuciosa.  




Notes: Casamento Lusaac  ❥ Tagged: O homem mais perfeito do mundo  ❥ Words: Cerimônia  ❥Traje Esportivo Fino Clique!
Thanks @ Lilah CG


Aphrodite's Sorceress Princess
Royalty of Olympus
avatar
Louise S. Mitchell
Lider das feiticeiras
Lider das feiticeiras

Mensagens : 311

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cerimônia de Casamento

Mensagem por Newt Flower em Sex Out 12, 2018 7:15 am

O Casamento

Eu estava mesmo indo para um acampamento entre dois semideuses, era tão parecido com a vida normal, embora tivesse uma barreira contra demônios ali. As pessoas construíam suas famílias naquela vida estranha que cada um tinha, lutar e morrer era um risco ocupacional bem comum por ali. Eu não os conhecia muito bem, me sentia um penetra real no local, mas achei tão bom ir ali e me sentir como um garoto comum. Se bem que minhas roupas não eram bem o meu estilo, Otto, um amigo filho de Afrodite acabou me emprestando um de seus ternos, achei que eu tinha ficado engraçado nele, mas agradeci ele e rumei para o local do casamento.

Como um bom filho de Deméter o local me deixava em paz, a natureza era uma decoração tão mais maravilhosa que qualquer outra coisa. Meus passos eram calmos e perdidos no meio de tantos rostos que já se conheciam a anos, ainda assim eu tentava manter uma face amigável e um sorriso no rosto. Foi quando eu vi a loirinha do acampamento, uma das primeiras pessoas que falei ali. – Oi senhorita! Posso lhe acompanhar? – Falei bem humorado estendendo o braço para ela, Julieta estava muito bonita, eu estava feliz de ver ela ali e ter companhia. – Espero que não se incomode, mas casamentos me deixam emocionado! – Soltei uma piscadela para ela, estava brincando é claro, apenas para quebrar o gelo.

Caminhamos lentamente observando a decoração, a música e um cervo que tinha chegado na orla da floresta. Cumprimentei o noivo com uma felicitação simplória por não ter muita intimidade e guiei a menina para um lugar vago nas cadeiras dos convidados. – Não sei você, mas eu me sinto bem aleatório aqui! – Confessei finalmente depois de nos sentarmos, nervoso eu estava passando a mão pelo meu cabelo deixando ele um pouco bagunçado. A cerimônia ia começar e eu parei para ouvir e ver tudo, mesmo com meus pés tremendo o tempo todo, por alguma razão eu estava muito nervoso.


UMA FLOR
FEITA DE AÇO
NEWT PHILIP FLOWER
FILHO DE DEMÉTER
RASTREADOR
avatar
Newt Flower
Filhos de Demeter
Filhos de Demeter

Mensagens : 98
Idade : 15

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cerimônia de Casamento

Mensagem por Shin Tae Hoon em Sex Out 12, 2018 3:04 pm

Wedding
  Há alguns dias atrás, Luna Minn havia abordado o garoto com uma espécie de envelope que minutos mais tarde se revelaria um convite de casamento. Era óbvio que Hoon não era do tipo festivo, principalmente em momentos sentimentais e fofos como uma cerimônia de casamento, entretanto, não deixaria de contemplar um episódio tão marcante na vida de sua salvadora. E vamos ser sinceros? A curandeira o mataria caso soubesse de sua falta. E apesar do casal ser definitivamente estranho, a cria de Quione reconhecia que o amor entre ambos era o sentimento mais verdadeiro de todo o acampamento. Torcia por eles.

Com uma espreguiçada demorada e vozes de resmungos na mente por ter acordado tão cedo, Hoon começara sua caminhada até o festejo. Com um banho de dez minutos e um adicional de cinco por puro relaxamento, o moreno finalmente fora até o armário em busca de algo descente para a ocisão. Um sorriso seguido de risada escapuliu dos lábios do semideus ao fitar um terno que não usava há anos, descartado em muitas oportunidades por ser muito “exótico” e chamativo. Mas não teria outra opção, o grego esquecera de alugar um traje descente para o casamento. Com um suspiro, Hoon vestiu-se rapidamente em uma combinação azulada de causar inveja a qualquer Smurf, se esforçando para que pudesse arrumar a gola com perfeição. E por fim, o sapato de bico fino com a mesma coloração das peças anteriores.

Os retoques finais foram dados e o espírito do semideus já se estabilizara para que pudesse aparecer em um local social, obrigando as pernas a iniciarem uma caminhada até a cerimônia. Após alguns minutos gastos para concluir o caminho até o destino traçado, Hoon não perdeu tempo e tratou de procurar um lugar entre as pessoas que já estavam acomodadas, sentando-se no banco com as mãos dentro do bolso, sobrepondo a perna destra na canhota, cruzando-as. Esperava que Luna não fosse o tipo de noiva que se atrasasse, deixando todos os convidas apreensivos e ansiosos.

A encara de uma garota com os mesmos traços asiáticos do semideus o fez erguer ambas as sobrancelhas em uma surpresa automática, direcionando as mãos ao rosto para verifica-lo, limpando o canto da boca. Talvez tivesse esquecido de limpar a pasta de dente. Ou pior, o nariz do semideus poderia estar sujo! Mas após uma geral no rosto, não havia nada. Com um pigarro para disfarçar a paranoia momentânea, o garoto semicerrou os olhos para a encarada alheia e voltou a focar na movimentação do casamento, reconhecendo algumas pessoas, e rindo de outras.

Roupínea (mais ou menos):
https://pm1.narvii.com/6517/3df6d90f28bef17f86165746912610f753fe4248_hq.jpg


Between rains of blood and snow


avatar
Shin Tae Hoon
Filhos de Quione
Filhos de Quione

Mensagens : 200
Idade : 20
Localização : DIRETAMENTE DE HOGWARTS.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cerimônia de Casamento

Mensagem por Evie Farrier em Sex Out 12, 2018 8:32 pm




Casamento
Happy Ever After


Participar de casamentos não era um evento tão comum. Ainda mais para nós, semideuses, que tínhamos uma idade média de vida muito baixa. Ser convidada para o casamento de Luna e Isaac foi mais do que uma honra, era como um teste que eu mesma estava me impondo. Era a primeira vez em que apareceria para um público tão grande, depois de ter ido ao inferno. Se eu já estava acostumada com o fato de estar cega? Absolutamente não. Porém não era um fato como esse que iria me impedir de sair com a família para um evento tão importante. Parte de minha mente achava que o casamento era importante para as crianças, para que eles tivesse um vislumbre do que poderia acontecer com eles em um futuro.

— Um futuro muito distante, Farrier, muito distante! — Kyra exclamou depois de bater na lateral de meu braço.

Ri baixinho, sabendo que desde que minha visão tinha sido retirada, a mentalista vagava mais constantemente em minha mente. Algo que era permitido, é claro. Assim ela poderia me mostrar pequenas imagens do mundo ao nosso redor, mesmo que eu não tivesse mais condições de ver com meus próprios olhos.

— Eles vão crescer, você sabe. — Provoquei a ruiva, mesmo que no fundo não quisesse que isso acontecesse tão rápido.

— Querida, você me quer de mal humor?

O riso dessa vez foi mais aberto. Kyra terminava de ajustar os meus brincos e assim que as mãos dela finalizaram a façanha, eu a puxei para mim e a beijei. Uma das coisas que eu constatei era que mesmo sem ver, eu sabia exatamente o caminho que minha boca precisava trilhar para encontrar a dela.

— Eww mamas! — Nathanael gritou da porta.

— Nojento! Que dicepição! — Era a voz de Benjamin.

— Decepção, querido, decepção.

Kyra concertou o garoto antes de afastar e aproximar deles. A ruiva terminou de ajustá-los, enquanto escutava os passos de um dos gêmeos aproximando. A mãozinha segurou na barra de meu vestido, indicando um pedido mudo para que eu abaixasse. Infelizmente, eu ainda estava trabalhando em uma forma de diferenciá-los usando os meus outros sentidos.

— Mama, não se preocupa tá! Eu e o mano Benji vamos ser seus olho!

— Olhos — Kyra concertou de onde estava.

— Sim mama! E vamos proteger você também! Ninguém vai mexer com minha mama!

— Nossa mama! — Reclamou Nathanael.

Não resisti a ação de agarrá-lo e fingir que estava beijando-o todo em busca da bochecha. Já era permitido brincar com a minha cegueira daquela maneira, sem criar um clima tenso. Kyra logo nos apressou, reclamando que iriamos nos bagunçar. A filha de Vênus havia sido uma verdadeira guerreira naquele dia, já que teve de cuidar de nós três em um tempo recorde. Mas nada era impossível para a filha da deusa da beleza, certo?

(•••)
Ao chegar no local do casamento, eu escutava os mais diversos tipos de sons. As conversas alheias, o farfalhar das folhas nas árvores, pequenos barulhos de animais próximos. Mas principalmente o da harpa, delicado e suave para não prejudicar e machucar a minha audição apurada. Enquanto os gêmeos me guiavam, eles trabalhavam em descrever todo o ambiente pela visão deles. Benjamin era o menos discreto, chegando a rir de alguma roupa de algum convidado. Nathanael descrevia detalhes inusitados, que eu não esperava que uma criança notasse. Kyra seguia ao nosso lado, observando um tanto silenciosa, mas presente em seu cuidado e cheiro tão gostoso.

Estávamos quase atrasados, por isso fomos procurar um local para ficar e esperar o início do casamento. Deixaria para falar com Luna no momento certo, quando o grande momento passasse e fosse mais calmo. Enquanto tinha Benjamin em meu colo, busquei a mão de Kyra para entrelaçar nossos dedos. A ruiva mantinha Nathanael sobre o colo dela, não tardando a pegar a minha mão e beijar a palma.

— Estou bem. — Respondi a pergunta não dita, mas que eu sabia estar passando na cabeça dela. — Os meninos são bons olhos, não são meus lindos?

— Sim!!!

Eles gritaram animados, chamando um pouco de atenção.

Template made by Kyra


EVIE FARRIER
I am the bone of my sword. Steel is my body and fire is my blood.
avatar
Evie Farrier
Senadores
Senadores

Mensagens : 708
Idade : 21
Localização : Acampamento Romano

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cerimônia de Casamento

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum