The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[MISSÃO OP para Sara] Salve sua irmã de juramento

Ir em baixo

[MISSÃO OP para Sara] Salve sua irmã de juramento Empty [MISSÃO OP para Sara] Salve sua irmã de juramento

Mensagem por Emil Sorensen em Ter Out 09, 2018 5:30 pm




Salve sua irmã de juramento
Violência jamais será aceita


Sara Lim andava muito ocupada até para respirar, mas naquele dia algo lhe chamou atenção. Héstia se encontrava a beira da lareira olhando fixamente para as chamas, suas feições demonstravam sofrimento, angústia e até mesmo raiva, foi então que a semideusa percebeu que estava no lugar certo na hora certa.

— Sara... Quero lhe pedir um favor  — disse a deusa em tom quase inaudível, virando-se para a filha de Éris e olhando fixamente em seus olhos  — Observe.

Nesse momento Sara se viu em um pequeno apartamento, onde um casal brigava e a mulher estava levando a pior, um típico caso de abuso doméstico, a diferença? Ambos eram semideuses,  e a mulher era uma Vestal que tinha terminado seu tempo de sacerdócio. O semideus batia nela de forma criminosa e a mesma não reagia, seu sofrimento era tão evidente que a própria deusa que uma vez foi sua matrona decidiu intervir indiretamente.

— Quero que você tire ela das garras daquele tirano, se for necessário traga a mesma até mim  — a deusa suspirou, mantendo o tom aveludado de sua voz calmo, mas ainda trêmulo  — Posso contar com você, não é mesmo Sara?  

A deusa marcou o lugar na mente da garota, para que pudesse facilitar seu caminho pela cidade que nunca para, era um pedido pessoal, todo segredo ali era necessário.

diretrizes:



Seu objetivo aqui é livrar a filha de Afrodite do semideus abusivo e criminoso;

Os meios que você usará ficará definida por você, mas como é uma Vestal, creio que a morte só é aplicável em último caso;

Poderá colocar ele perseguindo, lhe atacando, o que quiser, ação, drama e suspense serão sempre bem-vindos;

Cuidado com a realidade de seu deslocamento em Nova York, terá colocar alguma dificuldade, como um monstro lhe perseguindo, ou até mesmo se perder no caminho( não precisa lutar com o monstro, apenas se livrar do mesmo).

A semideusa é uma filha de Afrodite, o que explica muito dos abusos sofridos, mas poderá acrescentar feitiços que mexam com a cabeça dela, aceitarei o que quiser colocar, ou pode ser amor exacerbado mesmo. rs;

O semideus é um filho de Éris, sim um irmão de Sara, no entanto deixarei a diferença de forças em sua responsabilidade (Para facilitar seu desenvolvimento);


Qualquer dúvida me chame via mp;

Prazos podem ser aumentados com aviso prévio;

Estou lhe dando uma licença poética, ou seja, a missão não precisa ser linear;

30 dias de prazo a partir da minha postagem;

Sem mínimo e máximo de linhas, deixe fluir;

Colocar habilidades e armas em spoiler;





Template made by Kyra
Emil Sorensen
Emil Sorensen
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

[MISSÃO OP para Sara] Salve sua irmã de juramento Empty Re: [MISSÃO OP para Sara] Salve sua irmã de juramento

Mensagem por Sara Lim em Qui Out 11, 2018 6:18 pm

i'm a liar
do you love me?
Em menos de uma hora em Nova Iorque, já estava perdida.

Assim que saíra do avião, pegara um táxi, que a levara para perto o suficiente do apartamento de sua ex irmã de juramento, mas, ainda precisava andar e encontrar o prédio. Enquanto andava, olhava ao redor, observando os prédios sujos e a quantidade absurda de pessoas. Ela sentia falta de North Vancouver, o lugar mais bonito e amigável de todo o Canadá. Bom, pelo menos em sua opinião. Era o antigo lar da semideusa e ela guardava um lugar extremamente especial para a cidade em seu coração. Ainda mais porque era impossível se perder.

Sabia que o imóvel era azul claro e que bem ao lado do mesmo havia um bar. Além disso, tinha o caminho carimbado em sua mente. Mas ainda assim, conseguira virar na rua errada e agora estava sem saber para onde ir. Parou de andar, ignorando os xingamentos de quem estava atrás de si. Tirou o celular do bolso, ligando-o. “Atrai monstros nada. Preciso usar o GPS, ou vou acabar demorando o triplo do tempo para chegar lá.” Prometeu a si mesma que seria rápida. Abriria o GPS, digitaria o endereço, olharia o caminho e desligaria o aparelho novamente.

Olhou para o nome da rua que se encontrava, quase dando um berro de frustração. Estava a pelo menos quatro quadras de onde deveria estar, e precisava andar até lá, já que só tinha dinheiro para pegar o táxi de volta para o acampamento. Respirou fundo, se acalmando. Guardou seu aparelho eletrônico após o desligar em sua mochila e começou a caminhar. “Tudo bem, eu consigo andar um pouco!” Aumentou o passo, convencida de que deveria chegar lá o mais rápido possível.

Cantarolava alegremente, mas se mantinha alerta. O município onde se encontrava era enorme, ou seja, era um ótimo lugar para que monstros se escondessem. Desviava de homens de negócios e carrinhos de bebê com certa dificuldade, mas conseguia se movimentar em uma velocidade constante. Em certo tempo, já estava parada em frente ao prédio. Sorriu para o homem que segurou a porta para ela, murmurando um “obrigada” e entrando na moradia em seguida.

Subiu pelo elevador, chegando ao 3° andar em poucos segundos. Puxou sua saia levemente para baixo e passou as mãos pela camiseta, tentando parecer o mais apresentável possível. Arrumou o cabelo também com as palmas e abriu um sorriso, apertando a campainha em seguida. Não conhecia a filha de Afrodite, mas o olhar bondoso era o mesmo de sua deusa patrona. Mesmo fora de serviço, a mulher a lembrava da lareira e das colegas. — Com licença. Meu nome é Sara e eu estou em missão. Minha patrona me recomendou parar nesse lugar. — Estendeu seu braço, apertando a mão da mulher.

Não gostava de mentir, mas tinha medo de que o homem que a agredia estivesse em casa. Não iria entrar na casa anunciando que estava ali para a salvar.

— Ah! Pode entrar. Meu namorado acabou de sair, então pode ficar à vontade. — Seguiu-a para dentro, sem tocar em nada. A outra fechou a porta assim que Meinu passou, soltando um suspiro. — Você é uma vestal? — Ela perguntou, com a voz cansada, sentando-se no sofá em seguida. Apontou para o assento em sua frente, convidando a filha de Éris a se sentar. — Sim, eu sou. Na verdade... Ela me enviou para cá.

A mais velha assentiu, compreendendo. — Meu nome é Sara. Qual o seu? — Graças à sua patrona, sua presença era tranquila e usava aquilo em seu favor. Com um ambiente calmo, conseguiria convencê-la a fugir. — Annelise. — Ambas sorriram, compartilhando um momento de silêncio. Enquanto Sara pensava em como abordar a situação, Anne a observava. — Escuta... Héstia está preocupada com você. E as meninas também. Nós não servimos o sacerdócio juntas, mas não quero te ver mal. Você pode me contar o que está acontecendo? Não vou te obrigar, mas seria bom se você falasse comigo.

Elas se encararam até que a ex-vestal começar a falar, com dor em sua voz. — E-ele não é o homem por quem me apaixonei. Ele passa o dia no bar, e quando volta ele me ameaça e me bate. E... — Os olhos da mais velha brilhavam, devido as lágrimas que começavam a se formar. Levou as mãos até a barriga, sorrindo levemente enquanto olhava para baixo. — E eu não quero que a criança cresça sem pai. Cresci sem minha mãe e foi horrível. Essa coisinha não merece isso.

Lim enxugou os olhos, levantando-se e indo até a outra. Sentou-se ao seu lado, envolvendo seus ombros com um braço. — Annelise, você tem uma família fora daqui. O Acampamento todo, e as vestais também. Ficar aqui só vai prejudicar a criança. É melhor crescer sem um pai do que crescer com um pai mentalmente instável. — Lise fungou, assentindo com a cabeça. — Vou te levar pra casa, ok? Arrume suas coisas. Fico aqui caso ele chegue.

Enquanto uma corria para o quarto, a outra esperava. Sara olhou ao redor, imaginando se conseguiria viver naquela situação. Haviam garrafas de bebida pela sala de estar, ela vira uma mancha de sangue seca no tapete e tinha medo de descobrir de quem era. Foi até a janela, esperando conseguir ver qualquer pessoa que entrasse ou saísse do prédio. Caso visse um homem, avisaria a companheira para se apressar. Não queria topar com o outro semideus.

Depois de menos de quinze minutos, a mulher grávida aparecera, com uma mochila e uma mala, andando rapidamente ao encontro da que estava na janela. Elas sorriram e a prole de Éris estendeu a mão, apertando a alheia, em um gesto simples, mas que mostrava que estava ali por ela.

Elas caminharam até a porta, indo em direção ao elevador. Desceram os andares sem dificuldade, saindo do prédio em seguida. Sara avistou o homem antes de Anne. Ele as fuzilava com o olhar e ela podia jurar que emanava ira pura. — O que você está fazendo, Annelise? — Antes que ele pudesse tocá-la, Meinu interceptou, ficando frente a frente com ele. Graças a sua mãe, a raiva dele a deixava mais forte.

— Ela está indo embora. — O mais alto começou a rir ironicamente, fazendo menção de empurrar sua irmã. — Não, não vai. — Ele grunhiu. A mais baixa segurou seu pulso, encarando no fundo dos seus olhos. — Vai sim. Tente fazer alguma coisa e eu vou armar uma cena. — Ele continuou a gargalhar, fazendo com que a vestal se enfurecesse.

Sem nem pensar duas vezes, usou seus poderes contra ele, fazendo com que sentisse dores musculares por todo o corpo. Depois, chutou sua canela com tudo, apenas para que ele se sentisse pior. Olhou para um homem que passava na rua e começou a berrar. — ESSE HOMEM TENTOU NOS AGREDIR. AJUDA, POR FAVOR. — Pouco a pouco, cidadãos da cidade paravam de andar, olhando-a e começando a se juntar para entender a situação. Quando tinha uma quantidade suficiente de gente ao seu redor, pegou no pulso de Anne, puxando-a para fora da massa e indo até o primeiro táxi que encontrara. Entrou após de colocar a mala no porta-malas, pedindo para que o motorista andasse o mais rápido possível. Não iria arriscar ser perseguida.

Ao seu lado, a garota chorava, desesperada. Não sabia se era por causa do trauma ou por abandonar o seu namorado, mas a confortou mesmo assim. O que sabia é que agora o bebê e a mãe ficariam seguros, seja no Acampamento ou no Templo de Fogo.


Infos necessárias:
Poderes Utilizados:
Passivas:

Nível 1
Nome do poder: Aura pacífica
Descrição: Assim como Héstia/Vesta é uma deusa tranquila e pacífica, suas seguidoras têm uma aura que emana tranquilidade e têm uma presença pacificadora.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Os adversários podem hesitar ao atacar a vestal, pois ela não emana perigo.
Dano: Nenhum

Nível 3
Nome do poder: Energia
Descrição: Caso haja um clima de discórdia, vingança ou ira no campo de batalha, você irá se sentir mais forte e revigorado.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: + 5 de HP e + 5 de MP.
Dano: Nenhum
Ativos:
Nível 5
Nome do poder: Maldição da dor I
Descrição: O filho de Eris/Discordia pode amaldiçoar o inimigo para que sinta dores em diversas partes do corpo, dores musculares leves, o que pode atrapalha-lo durante a luta.
Gasto de Mp: 20 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: 25 HP
Extra: O efeito dura apenas um turno, pode deixar o inimigo mais lento, e sentindo dores pelo corpo.
FPA:


Tag: Missão OP + Words: 1.240 + Outfit: Clique



demigods who don't even have haters, shut up. where are your haters at? wash your eyes and face and look in the mirror there's your hater, living and breathing we're celebrate more than celebrity.
Sara Lim
Sara Lim
Filhos de Eris
Filhos de Eris


Voltar ao Topo Ir em baixo

[MISSÃO OP para Sara] Salve sua irmã de juramento Empty Re: [MISSÃO OP para Sara] Salve sua irmã de juramento

Mensagem por Emil Sorensen em Seg Out 15, 2018 5:10 pm


Avaliação


CRITÉRIOS AVALIATIVOS
Enredo e coerência de batalha: 50%
Gramática e ortografia: 20%
Criatividade: 30%
Total de XP e dracmas que pode ser obtido: 2.000

Enredo e coerência de batalha: 50%
Gramática e ortografia: 20%
Criatividade: 30%
Total de XP e dracmas que pode ser obtido:2.000


Comentários:
Adorei a forma com que resolveu o seu problema, no entanto tome cuidado com enredos rápidos e objetivos, as vezes detalhes importantes ficam para atrás, ademais parabéns pela narração, espero poder aplicar outras OP's futuramente!


Emil Sorensen
Emil Sorensen
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

[MISSÃO OP para Sara] Salve sua irmã de juramento Empty Re: [MISSÃO OP para Sara] Salve sua irmã de juramento

Mensagem por Febo em Qua Out 17, 2018 12:28 pm

Atualizado.
Harren recebe 100 XP/Dracmas.
Febo
Febo
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários


Voltar ao Topo Ir em baixo

[MISSÃO OP para Sara] Salve sua irmã de juramento Empty Re: [MISSÃO OP para Sara] Salve sua irmã de juramento

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum