The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Lydia Blossom & Minkah Vercingétorix {FIXAS}

Ir em baixo

Lydia Blossom & Minkah Vercingétorix {FIXAS}

Mensagem por Lydia R. Blossom em Dom Ago 26, 2018 4:09 pm

Tópico destinado às Missões e MvPs Fixas decorrentes do evento Reconstrução de Nova Roma. Esse é um tópico de postagens de colaboração entre Lydia Blossom, filha de Afrodite, e Minkah Vercingétorix, prole de Ares, que são amigos de longa data.


hrtbrkr
Let's not fall in love

avatar
Lydia R. Blossom
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite

Mensagens : 129

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lydia Blossom & Minkah Vercingétorix {FIXAS}

Mensagem por Lydia R. Blossom em Dom Ago 26, 2018 8:01 pm

you know that i'm no good

♔♔♔ DEU RUIM! ♔♔♔
1.200xp + 1.000 dracmas + 3 insígnias

Enquanto segurava o papel sobre o meu dedo, fazendo pressão para o sangue que tinha acabado de ser retirado estancasse, finalmente os olhos alheios encontraram os meus. Eu não consegui pensar duas vezes antes de, rapidamente, correr em direção à Minkah e pular no maior, uma risada se alastrando em meu rosto enquanto o envolvia em um forte abraço pelo pescoço.

Faziam alguns anos que eu não encontrava Minkah e, com certeza, esse fim de mundo era o último lugar que eu achava que o encontraria. O cheiro forte do seu perfume me fez lembrar o evento de abertura de uma das lojas da Tiffany & Co. em alguma cidade que eu não lembrava, mas que os olhos de sua mãe e meu pai brilhavam ao ver nossos corpos posando para os fotógrafos da festa. As aberturas de lojas eram algo corriqueiro, mas, desde aquela abertura em específico, eu tinha um acompanhante que faria parte de todas elas.

E também era minha companhia durante várias noites, alterados pelo álcool.

Hoje tinha sido um dia cansativo, e ver a face reconhecida me fez querer chorar pela segunda vez em pouquíssimas horas. Eu precisava dormir. Urgentemente. Ajudar pessoas não era uma coisa que eu estava acostumada e eu não sabia se queria aprender a fazer aquilo. Quando finalmente soltei o garoto, olhei para o seu rosto. As sardinhas estavam no mesmo lugar que eu tinha visto na última vez, mas ele com certeza parecia mais velho depois de tantos anos.

-Como diabos você veio parar aqui? Porque nunca me falou? Espera, quem é o seu pai?!

As respostas do outro foram cessadas por gritos vindo à nordeste de nossos corpos, seguidos de um alto estrondo que fez meu corpo inteiro tremer contra o terreno abaixo de meus pés. Não que a queda tivesse feito o local tremer, mas eu sabia que aquilo não era nada bom. A poeira subiu e rapidamente as pessoas gritavam que uma construção, novamente, tinha desabado. Meus olhos encontraram os dele mais uma vez.

-Bom, acho que não vai ser agora que colocaremos o papo em dia. -Apontei com o queixo para o local da fumaça. -Mais uma vez, é você e eu no meio do inferno.

O inferno, que um dia já tinha sido o lançamento das lojas do meu pai, agora eram prédios desabando por pessoas incompetentes que não sabiam, sequer, juntar cimento com tijolos. Revirei as orbes, nossos corpos começando a correr para o local que as pessoas se afastavam.

***

Meus pés pararam da corrida apenas alguns minutos. Em nossa frente, diretamente, estava um edifício que não deveria estar no chão. Ao redor, pessoas gritavam por ajuda, mas não falavam o famoso "tico com teco". O desespero alheio era grande, e eu olhei para uma mulher que chorava à minha esquerda. Minha mão foi para o seu ombro e, uma vez que seu rosto encontrou o meu, mantive nossos olhares fixados. Não ia ser difícil tirar informações com ela naquele estado. Deixei que minha voz ficasse a mais doce possível, passando um sentimento de calma.

-Tudo o que aconteceu. Em detalhes.

Lentamente e meio à soluços, a mulher tinha informado que o prédio havia desabado junto com alguns semideuses que ajudavam a colocá-lo de pé novamente. Olhei preocupada para Minkah, enquanto ela explicava que eles, provavelmente, não tinham mais tanto tempo em baixo dos escombros, e que deveriam haver quatro ou cinco dos mesmos. Por um minuto eu fiquei aliviada em saber que não havia nenhuma criança, mas meu coração palpitou quando ela disse que uma dessas quatro ou cinco pessoas era um senhor idoso do Acampamento Júpiter, e avô dela.

-Minkah! -Minha voz saiu alta e eu sequer agradeci pela informação. Corri até o garoto novamente. -Quatro ou cinco corpos, um deles é do avô dessa garota. Eu vou procurar ajuda para levá-los até a enfermaria, comece a tirar os escombros, ok?

Virei de costas para o mesmo. A maior parte das pessoas tinha saído de perto do local quando o edifício desabou, mas eu sabia que precisava achar algumas pessoas mais fortes que eu para ajudar Minkah, ou tudo aquilo seria em vão. Enquanto trotava para o local mais próximo, quatro garotos que tinham o porte mais atlético que o de meu amigo adentraram minha visão. Abri um largo sorriso, olhando para os quatro que, pela minha abordagem súbita, pararam em minha frente.

-Vocês podem ajudar a gente? Um prédio que estava em construção acabou de desabar e...

-Ah, pelo amor de Zeus. -O primeiro da fila falou, seguido pelo loiro que estava do outro lado. -Escuta, gracinha, nós estamos cansados ok? Claramente, diferente de você, passamos o dia carregando sacos de cimento.

Minha sobrancelha esquerda se ergueu e, naquele momento, eu lembrei o motivo de eu nunca pedir as coisas.

Eu mandava.

Olhei a minha volta, não vendo mais ninguém que realmente pudesse me ajudar. Soltei uma risada breve, e olhei para eles em conjunto. Eu senti meu corpo esquentar, fazendo minhas bochechas ficarem rosadas. Um cheiro doce exalava do meu corpo, e eu parecia brilhar contra o sol que se colocava no horizonte. No mesmo momento, os quatro pares de olhos me encararam com uma expressão de desejo.

-Na verdade, meus queridos, vocês vão no ajudar. O meu amigo Minkah está retirando escombros e cada pessoa que eles acharem, vocês vão levar para a enfermaria, estão entendidos? -Os olhos piscaram rapidamente e eles assentiram, indo em direção ao moreno. Segurei no último da fila, olhando mais uma vez em seus olhos. -E você, por minha pura diversão, vai dar um tapa na bunda dele.

Soltou o mesmo, que seguiu os amigos sem protestar. Soltei um suspiro, o cheiro diminuindo para apenas o meu perfume de Flower by Kenzo, e a aura tinha sumido de meu corpo. Voltei a andar lentamente para o local.

***

Uma vez que Minkah estava retirando o último escombro para a quarta e última pessoa, olhei para uma pequena pomba que observava tudo de longe. Meus pés foram sorrateiramente em sua direção para não assustá-la. O animal olhou para mim, e eu tombei a cabeça para o lado. Por algum motivo, eu sabia que ela poderia me ajudar.

-Por favor, ache algum superior. De preferência Caroline do Acampamento Júpiter. Cabelo em um rabo de cavalo. Faça que ela venha até aqui, nem que seja a bicadas, ok?

A pomba voou em uma direção qualquer e eu olhei mais uma vez para meu amigo. Lhe ofereci um sorriso cansado.

-Eu acho que isso quer dizer que é hora de um vinho e um banho.

Resumo de Ações:
I. Pedir informação para desconhecida (Uso de Manipulação + Beleza Natural);
II. Fazer três semideuses ajudarem a retirar os corpos do local (Uso de Charme I);
III. Pedir para que as pombas chamem um superior (NPC Caroline // Uso de Comunicação com Pombas e Cisnes).

poderes PASSIVOS:
Beleza Natural: Por serem campistas naturalmente bonitos e charmosos, a beleza supera a de qualquer outro semideus no acampamento, sendo algo beirando ao sobrenatural. É simplesmente indescritível. Isso faz com que inimigos e aliados acabem se distraindo por sua beleza perturbadora, ou encantados pela mesma.
MP: 0
HP: 0
Dano: 0
Bônus: Pode deixar o inimigo atordoado durante o primeiro turno, evitando atacar logo de cara, ou se atacar (poderes que exijam miras, ou armas com a mesma característica), irão errar o alvo. Não acertarão o filho de Afrodite/Vênus, pois, de primeira, o inimigo não saberá porque não nutre o desejo de atacá-lo.

Comunicação com Pombas e Cisnes: Ambos são animais regentes da deusa do amor, logo, seus filhos podem se comunicar com as mesmas, podendo pedir pequenos favores e principalmente informações. Os pássaros não te obedecem, mas têm respeito e admiração por você.
MP: 0
HP: 0
Dano: 0
Bônus: Pode conseguir informações através deles, e com seu charme natural, até consegue que eles te ajudem.

Poderes ativos:

Charme I: Têm grande capacidade da persuasão, afinal, é impossível resistir aos pedidos de alguém tão carismático. Neste nível o poder está começando a se desenvolver, portanto só funciona com semideuses e monstros mais fracos.
MP: -15 (turno ativo)
HP: 0
Dano: 0
Extra: Pode usar para enganar ou persuadir alguém a fazer o que você quer, por exemplo, fazer um inimigo se voltar contra um aliado dele mesmo. Porém, só funciona com pessoas de nível inferior ao seu.

FPA:




hrtbrkr
Let's not fall in love

avatar
Lydia R. Blossom
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite

Mensagens : 129

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lydia Blossom & Minkah Vercingétorix {FIXAS}

Mensagem por Netuno em Ter Ago 28, 2018 3:36 pm


Lydia Blossom


Modelo de avaliação

Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão:1.200xp + 1.000 dracmas + 3 insígnias

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas:50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência:30%


RECOMPENSAS:1.200xp + 1.000 dracmas + 3 insígnias
DESCONTOS: -15 de MP

Comentários:

Continuo com o dito na sua outra avaliação: você supera minhas expectativas. Eu gosto bastante da sua personagem de verdade, adorei a maneira como ela agiu na situação. Você teve alguns errinhos aqui ou ali, coisas que uma breve leitura em voz alta poderia ajudar, mas não acho que isso deva descontar pontos da sua recompensa final. Parabéns, semideusa.
Atualizado por Hades.



_ Netuno_
Soberano dos mares

avatar
Netuno
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 129

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lydia Blossom & Minkah Vercingétorix {FIXAS}

Mensagem por Minkah W. Vercingétorix em Ter Ago 28, 2018 11:00 pm

It's always shining somewhere
I just gotta get there
Depois de trabalhar igual a um condenado nos primeiros dias de reconstrução e não receber o prêmio de funcionário da semana, — aparentemente esse título ainda era inexistente — confesso que diminui o ritmo nas seguintes jornadas. Talvez fosse o fato de a minha empolgação baixar ou simplesmente o cansaço cobrando a conta do esforço outrora realizado, mas despertava sem a mesma motivação de antes. Portanto, encontrar Lydia foi uma das melhores coisas que podia me acontecer ali dentro, em especial por dois fatores.

Primeiro porque, pela primeira vez desde a minha chegada à Nova Roma, tinha alguém para chamar de amigo; ser sociável não estava exatamente no topo das minhas habilidades como semideus. Seria bom ter alguém com conversar durante o horário de almoço. E segundo, bem, apesar de nossa amizade ter começado de uma maneira bem peculiar, eu realmente gostava da loira.

Aliás, eu jamais a teria conhecido se não fosse pela mamãe me obrigar a ir num desses desfiles de moda apenas para que ela pudesse ter um status maior junto dos seus amigos. Anyway, coisas da vida. Fato é que, durante meu período de estadia em Miami (saudades inclusive) eu e a garota varávamos diversas noites com overdoses de álcool e festas.

Retribui o abraço, inclinando um pouco o corpo para envolver sua cintura com meus largos braços. Eu jurava que nós tínhamos a mesma altura, mas agora ela parecia bem menor e diferente, seus traços não deixavam a menor dúvida de quem era sua descendência divina. Por outro lado, Lyd continuava tagarela e logo me bombardeou com uma série de perguntas.

— Foi do nada, eu estava em casa quando...
— tive o protagonismo roubado por ruídos intensos, seguidos de uma correria anormal. Mais um dia comum na vida de um semideus. Consegui captar a informação principal: tratava-se de um novo desabamento. Bufei enquanto desviava minha atenção para a jovem outra vez.

— Devo admitir que prefiro mil vezes esse inferno aqui. — retruquei o comentário alheio com um sorriso largo, meus pés se movendo em sincronia perfeita na direção da nuvem de poeira erguida; gesto que Lydia também realizou. Pelo menos meu ânimo havia retornado, estava pronto para ajudar de novo.

—X—

Ao chegar ao local, a loira foi procurar mais informações enquanto eu abria caminho por entre a multidão que gritava assustada. Consegui, pese a fumaça que dificultava a visão, alcançar o epicentro da confusão no exato momento em que Lyd me deu as informações necessárias para o resgate. Quatro ou cinco corpos, sendo um deles o de um idoso. Certo, hora da ação.

Era como estar num desses filmes hollywoodianos e dessa vez eu era o ator principal, o herói.
Adentrei o edifício com certo sacrifício, esgueirando meu corpo por entre o pequeno espaço da entrada, me locomovendo o mais rápido possível, torcendo para que não houvesse vítimas com ferimentos graves.

Diversos escombros encontravam-se espalhados pelo meu campo de visão, minha mente rápida tentando processar quais destes encobriam pessoas. Fui capaz de perceber uma pequena pedrinha deslizando do topo de uma pilha de madeira, localizada no canto do dormitório inicial. Parecia indicar algo, só esperava que não fosse mais um dos vários ninhos de gnomos contidos dentro da cidade. Meus músculos salientes foram postos a prova e corresponderam da menira ideal, retirando os pedaços do material com agilidade. Sorri ao ver a face assustada de um garoto loiro correndo. Bingo, o primeiro já tinha ido, faltavam quatro ou três, já que Lydia não havia me passado um dado exato.

Fugaz, trotei até um ponto mais adiante, onde o número de concreto empilhado era maior e mais volumoso.

— S-socorro... — ouvi uma voz áspera clamar.

Porra, o velhinho!

Meus dedos começaram a desfazer o amontoado com ainda mais velocidade, precisava salvar aquele senhor, vovó ficaria orgulhosa quando eu contasse. — Aguente firme, por favor... — a grande quantidade de elementos dificultava o meu trabalho, mas minha dedicação naquele momento era imensurável. Sem fôlego, retirei o último destroço, ajudei o senhor a retirar-se do local e caí sentado. Uau, aquilo era de fato cansador...

Sequei poucas gotas de suor que surgiram na minha testa, ignorando a umidade que também tomava conta da camiseta regata branca e focando em salvar as pessoas restantes. O show tinha que continuar. Segui até uma montanha de objetos feitos de alguma substância pesadíssima — de onde provinha uma espécie de gemido angustiante — que permaneceu imóvel mesmo depois de eu exercer toda a minha força. É, parecia que não ia dar não.

Como não vai dar, “rapá”? Saí do acampamento comi “pra caralho”! sorri com o pensamento cômico, concentrando todo o meu esforço no seguinte ato, erguendo a massa alguns centímetro, porém, não o suficiente para retirá-la. Eis que quando eu já dava o intento como falho, quatro outros semideuses surgiram, me auxiliando na tarefa que culminou num êxito total; liberando mais uma vítima.

Parece que Lyd não havia apenas ficado parada me esperando...Friends help each other. essa frase era verdadeira afinal.

— Muito obrigada, eu te amo! — uma morena de aparentes treze anos saiu mancando, me dando um beijo na bochecha. Ora, ora, minha primeira fã!
Liderei meu novo mini-exército de trabalhadores em direção ao fundo do edifício, onde gritos estridentes eram ecoados. Outra grande pilha de escombros, mas que desta vez pareceu um simples brinquedo Lego dada a quantidade de pessoas que participaram na sua remoção. Debaixo de tudo aquilo, descobrimos um adolescente ruivo, sua face totalmente tomada pelo negro da poeira.

— Bom trabalho, não teria conseguido sem a ajuda de vocês... — agradeci aos meus ajudantes antes de ter minha nádega agredida com um tapa dado por um deles. Fui tomado por uma confusão imediata até fitar a risada travessa de Lydia outra vez no meu campo de visão.

— Há-há-há, que engraçado...
— dei um soquinho leve no seu ombro direito. — Só aceito se o vinho for roubado da adega do seu pai. — pisquei, penteando meus fios de cabelo para trás. O trabalho estava feito.

Poderes Passivos:

Nível 3
Nome do poder: Força I
Descrição: A força é, sem dúvida alguma, a principal arma de um guerreiro, que o faz vencer seus inimigos mesmo que precise utilizar apenas seus punhos. Independente do porte físico do filho de Ares/Marte ou de sua idade, o semideus terá a força de um atleta de MMA profissional, sendo capaz de suportar mais peso que os demais campistas, bem como causar danos maiores em seus golpes.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +10% de força
Dano: +5% de dano se o ataque do semideus atingir o adversário.

Nível 8
Nome do poder: Velocidade Atlética
Descrição: Um bom combatente sempre está preparado fisicamente para os futuros combates, sendo que as proles do deus da guerra levam a sério seus treinamentos rígidos, buscando sempre serem melhores. Devido a condição física e biológica natural do semideus, e de seu empenho nos treinamentos, são quase tão rápidos e ágeis quanto filhos de Hermes, conseguindo correr longas metragens sem se cansarem. Movimentos de finta, esquiva e outros que requeiram velocidade/agilidade, sempre possuem mais chances de funcionar contra inimigos mais lentos, além de perderem em uma corrida apenas para seres tão velozes quanto filhos do deus mensageiro.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: 15% de chance de conseguir se esquivar, pular, e saltar em uma luta com inimigos mais fracos, ou mais lentos.
Dano: Nenhum

FPA:

Missão Fixa:
• Deu ruim! - A falta de atenção e experiência na construção de um edifício o fez desabar antes mesmo de ficar pronto. Resgate os trabalhadores e os ajude a recuperar o tempo perdido, mas antes procure alguém que possa te ajudar a curar os feridos.
Recompensas: 1.200xp + 1.000 dracmas + 3 insígnias.

Tag: Somewhere + Words: +2000 + Outfit: here



They hit the ceiling but my roof
likes space I took my chances,
so won't you Blame it on me.


avatar
Minkah W. Vercingétorix
Filhos de Ares
Filhos de Ares

Mensagens : 97

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lydia Blossom & Minkah Vercingétorix {FIXAS}

Mensagem por Hera em Qua Ago 29, 2018 10:47 pm


Avaliação


Modelo de avaliação

Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão:1.200xp + 1.000 dracmas + 3 insígnias

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas:45%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 15%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência:20%


RECOMPENSAS:960xp + 800 dracmas + 3 insígnias

Comentários:

Apesar de entender que é uma missão que rende pouco XP para ter de salvar muitas pessoas, os salvamentos foram resumidos de mais, onde alguns acabaram por serem tão rápidos que mal deu de entender o acontecido. Além disto, houve palavras trocadas, com letras faltando, pontos e virgulas que estavam sobrando ou faltando e algumas delas estavam com a concordância bastante estranha, o que dificultou o entendimento geral da ação descrita.

Apesar disto, sua escrita é fluida e de fácil compreensão para o leitor. Apenas peço para que tente elaborar melhores algumas ações e o focos das missões, além de dar uma corrigida no texto, que teve muitos erros que visivelmente foram de corretores automáticos.

Atualizado pelo Cupido!



Lady Hera
You won't ever be alone. Wait for me to come home. Remember that with every piece of you. And it's the only thing we take with us when we die
avatar
Hera
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 107

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lydia Blossom & Minkah Vercingétorix {FIXAS}

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum