The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Alexandra Nikolaev [Fixas]

Ir em baixo

Alexandra Nikolaev [Fixas]

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Sex Ago 24, 2018 1:59 pm







Nova Roma
Batalha


▬ MVP Solo: Mini Endth▬
— P-por favor, leve isso... as barras no caso... para a Via Principalis, eles precisam p-para a reconstrução de algumas lojas.

O meu pedido atrapalhado parecia fazer o filho de Marte sorrir a minha frente. Eu nunca teria certeza, já que meu olhar permanecia evitando o contato visual. O garoto, repleto de músculos definidos pelo seu árduo treinamento, afastou-se levando consigo um carrinho de mão completo com materiais de reconstrução. Soltei um longo suspiro, esticando os braços para o alto. Fazia dias que toda a população romana, com o auxílio dos gregos, estava reconstruindo a cidade que fora tragicamente destruída.

Era o momento de reerguer o orgulho romano e, segundo os pretores e senadores, mais fortes do que nunca. Evie estava bastante otimista com esse novo momento e, se alguém como ela estava assim, eu poderia sonhar um pouco mais. A ex-líder romana tinha enfrentado as linhas de frente mais do que qualquer outro romano, deparando-se com situações que eu não poderia sonhar. Se ela dizia aquilo, as pessoas e criaturas tendiam a acreditar.

No finalzinho daquela tarde, decidi que já era hora de retornar para os dormitórios na faculdade. Já tinha adiantado boa parte das atividades exigidas e realizado pesquisas, almejava apenas descansar um pouco mais antes de iniciar uma série de aulas e situações desagradáveis. A vivência universitária estava se mostrando algo paradoxal. Eu amava o fato de estar estudando algo que apreciava e usava, além de ter feito uma amiga bastante próxima e constante. Porém odiava o fato de ter uma fama da qual não pedi, com pessoas me abordando aleatoriamente e, muitas delas, sem conseguir esconder a inveja e o interesse.

Em meio ao caminho, minhas pernas travaram no lugar. Uma sensação antiga, mas não esquecida, penetrou cada fibra muscular congelando meus movimentos. Era uma sensação opressora de medo, uma que eu senti uma única vez. A intensidade era menor, mas era indiscutivelmente referente àquilo. Aos dois colossos monstruosos que provocaram a destruição em massa no Acampamento Júpiter. Engoli em seco, meu corpo reagindo prontamente ao forte sentimento de pânico. Mãos suadas, respiração ofegante e coração quase saindo pelo peito. Eu sabia que deveria sair correndo e procurar por algum romano experiente. Meu corpo estava virando para tal intuito, quando finalmente escutei algo.

— Corram, saiam daqui! Eu vou lidar com ele!

— Professor...!

— Agora!

Era o professor Griffin!

Quando dei por mim, minhas pernas corriam em direção aos sons, passando por um casal de jovens que corriam em direção contrária a minha. Aquela era uma ala ainda abandonada, sem ter recebido a devida atenção dos engenheiros e arquitetos para a reconstrução. Escombros por todos os lados dava ao cenário um flashback vívido do que aconteceu naquela noite. Isso apenas completava a cena a minha mente, despertando um medo e desespero que eu senti apenas algumas vezes em minha vida.

Leonard, um dos meus professores na UNR, brandia corajosamente uma espada e lutava contra uma versão bastante pequena de um Endth, se comparado ao seu original. Ele possuía dois metros de altura, mas ainda exalava todo o horror em sua aparência putrefaça. Leonard esquivou agilmente do golpe de dois braços do monstro, aproximando-se para um contra-ataque. Tentei gritar, já conhecendo um pouco do padrão de ataque do monstro. Ele possuía seis braços, mas cada membro podia se esticar!

— Leo! Cuidado! — Foi minha vã tentativa, ao mesmo tempo em que já retirava o isqueiro de meu bolso.

Mas já era tarde demais. Um braço esticou como algo gosmento, a mão segurando em uma das pernas puxando o docente para trás. Leonard gritou quando caiu no chão, deixando a espada cair. O monstro avançou, cobrindo quase todo o corpo do filho de Athena, uma das cabeças abrindo a boca pronto para derramar cuspe ácido. Meus pés agiram, mais uma vez, por vontade própria ao avançar diretamente para o perigo. Acionei o isqueiro, transformando a pequena chama em uma bola de fogo ao manipular o fogo com minha outra mão. Lancei a bola em direção a face deformada da criatura, a fazendo recuar com ganidos de dor.

Aproximei rapidamente do professor, o segurando pelos braços para puxá-lo para longe do campo de batalha, o arrastando pelo chão provocando – provavelmente – alguns arranhões pelo corpo dele. O escondi atrás de um escombro, olhando por sobre a parede quebrada para ver as mãos tentando apagar o fogo que se formava ao redor de uma das cabeças. Endth, como todos que tinham batalhado contra ele no passado sabiam, eles se regeneravam terrivelmente rápido. A não ser quando o ferimento era cauterizado.

— Alex? Você... Saia daqui, é perigoso. Você precisa... Precisa se salvar! Eu vou proteger... — Leonard balbuciava confuso, e ao tentar se mover encolheu de dor.

A pancada parecia tê-lo afetado ainda mais. O monstro a poucos metros urrou em raiva, deixando claro que estava pronto para acabar com o infeliz que o tinha machucado. Vulgo, eu mesma.

— Você vai ficar aqui, professor. Eu vou lidar com a situação.

Ali já não estava mais apenas a Alex tímida e atrapalhada socialmente. Eu podia sentir Lexi tomando um pedaço de meu espírito, me deixando mais confiante e determinada. Eu nunca, jamais, deixaria alguém para trás novamente. Ou deixaria de ajudar sempre que podia. Não me importava de ser diagnosticada com uma síndrome do heroísmo agudo. Saltei o escombro, transformando meu isqueiro em um machado com lâminas incandescentes. De minha bota, retirei uma adaga de ouro imperial. Fiz a adaga flutuar, deixando que a fúria de Vulcano se expandisse até minhas armas.

Aquele maldito monstro pagaria por ainda ousar existir em território romano! Parei há cinco metros de distância, esperando pelo ataque do monstro. Quando o olhar aterrorizador dele voltou para o meu, foi impossível não estremecer e congelar por alguns segundos. Isso foi o tempo necessário para que o mini Endth atacasse, vindo com duas mãos em minha direção. Esquivei da primeira, jogando meu corpo para o lado e ativei o lado incandescente de meu machado. Enquanto a segunda mão vinha em minha direção em movimento direto, apliquei um corte vertical, de cima para baixo com toda a força que tinha, decepando aquela parte do corpo do monstro. Ele urrou, mas não parou de se movimentar. A criatura não tinha medo, pelo contrário, ele exalava o próprio terror.

Porém eu não esperava o terceiro golpe. Um que veio certeiro em meu estômago, com tamanha força que retirou meus pés brevemente do chão. Eu teria caído, se não fosse uma daquelas mãos gosmentas envolvendo o meu pescoço e puxando para perto. Apesar da sensação nojenta que tocava minha pele, aquilo estava começando a apartar meu canal respiratório, estrangulando e obstruindo minha passagem de ar. Fui erguida do chão, o que dificultava o apoio e potencializava o desespero.

Eu poderia desistir agora. Como eu pude pensar que era uma guerreira? Mas, se eu não o derrotasse, aquele monstro encontraria o Leonard, assim como outros semideuses desavisados. Se eu não o impedisse, quantos ele poderia matar até estar derrotado? Contive os movimentos bruscos, usando da pouca concentração que poderia ter naquela situação para movimentar a adaga mais uma vez. Foquei na parte do braço que me segurava, fazendo a adaga atacar inúmeras vezes até ser libertada.

Cai no chão apontando a mão em direção ao meu inimigo. Como se pudesse ajudar, fiz o mesmo gesto que faria se fosse empurrar alguém, gritando quase sem ar algum, machucando minha garganta por exigir esforço depois de ser esmagada:

— Lorem!

Era um feitiço que serviria para empurrar o meu inimigo. Isso fez com que o Endth fosse obrigado a se afastar, permitindo que eu lançasse o meu ataque final.

— Lacarnum Inflamare!

Lacunas de fogo azul surgiram ao redor do monstro, o impedindo de escapar. Sem as asas que sua versão original tinha, as cinco labaredas infernais o encurralaram, surgindo a cada direção que o monstro tomava. O elemento impedia que ele se regenerasse, permitindo que eu combinasse o controle de metal para atacar com o machado e a adaga sem precisar me aproximar dele.

Quando o mini Endth finalmente transformou-se em poeira dourada, eu tinha rastros de sangue escorrendo de meu nariz e uma enorme dificuldade em respirar. Deixei meu corpo cair de vez no chão, tossindo enquanto a adrenalina ainda mantinha meu coração disparado.

Não sei quanto tempo levei ali tentando me recuperar do gasto de energia naquela batalha. Mas sei exatamente quando Leonard apareceu em meu campo de visão. Saberia dizer a exata sensação dos braços dele envolvendo meu corpo para pegar no colo. Assim como uma parte de mim agradeceu por sentir incomodo na garganta e não ser obrigada a falar, pois tinha perdido a minha capacidade verbal assim que percebi o quanto estava confusa ao ser carregada por um professor como aquele.

— Vamos para a enfermaria.

Apenas concordei com um acenar de cabeça, não notando quando o cansaço levou meus sentidos para os braços de Morfeu.



Passivos:
Vulcano:
Nível 11
Nome do poder: Respiração forte
Descrição: Você se acostumou com fuligem e ar carregado. Ar rarefeito e toxinas que agem por meio respiratório já não lhe afetam como a maioria, bem como lugares fechados e variação de pressão – Hefesto/Vulcano vive dentro de um vulcão, e como filho dele você tem a mesma resistência.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Consegue respirar normalmente em lugares carregados, e não ficam tão cansados durante a batalha. Poderes relacionados a respiração, ar, e asfixia são 50% menos efetivos contra você.
Dano: Nenhum

Nível 55
Nome do poder: Pericia com Machados e Martelos V
Descrição: Você se tornou o mestre dos machados e martelos, agora se defende, ataca, e causa um estrago considerável. E como se tudo isso não bastasse, ainda possui aquela afinidade natural, que o torna um semideus mortal desde que possua um machado em mãos.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +100% de assertividade no manuseio da arma.
Dano: +45% de dano se arma do semideus atingir.

Nível 24
Nome do poder: Resistencia a Impactos
Descrição: Filhos de Hefesto/Vulcano são mais resistentes a grandes impactos, podendo cair de grandes altitudes e ainda sobreviver. Quedas de até dois metros de altura não machucam os filhos do senhor das forjas, mais que isso, tem o dano reduzido.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Impactos de grandes altitudes podem ter o dano reduzido em 40% para o filho de Hefesto/Vulcano, ou menos, no caso de ser algo realmente absurdo, como um penhasco. Apesar de ficar fraco, ainda poderá sobreviver.
Dano: Nenhum

Nível 25
Nome do poder: Detalhistas
Descrição: Meus filhos são acostumados a lidar com engenhocas e peças, reparando em pequenos detalhes, por isso é mais difícil esconder algo deles - são observadores atentos. Isso permite que encontrem coisas com mais facilidade, descubram segredos, e coisas ocultas – como o Bunker na floresta quando Leo Valdez seguiu a trilha deixada pelo dragão – esconderijos, e outras coisas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ganham vantagem em encontrar pistas, e achar rastros.
Dano: Nenhum

Nível 24
Nome do poder: Resistencia a Impactos
Descrição: Filhos de Hefesto/Vulcano são mais resistentes a grandes impactos, podendo cair de grandes altitudes e ainda sobreviver. Quedas de até dois metros de altura não machucam os filhos do senhor das forjas, mais que isso, tem o dano reduzido.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Impactos de grandes altitudes podem ter o dano reduzido em 40% para o filho de Hefesto/Vulcano, ou menos, no caso de ser algo realmente absurdo, como um penhasco. Apesar de ficar fraco, ainda poderá sobreviver.
Dano: Nenhum

Nível 25
Nome do poder: Detalhistas
Descrição: Meus filhos são acostumados a lidar com engenhocas e peças, reparando em pequenos detalhes, por isso é mais difícil esconder algo deles - são observadores atentos. Isso permite que encontrem coisas com mais facilidade, descubram segredos, e coisas ocultas – como o Bunker na floresta quando Leo Valdez seguiu a trilha deixada pelo dragão – esconderijos, e outras coisas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ganham vantagem em encontrar pistas, e achar rastros.
Dano: Nenhum

Nível 19
Nome do poder: Força de Vontade
Descrição: Os filhos de Hefesto/Vulcano são considerados semideuses voláteis e extremamente teimosos. Com isso, caso o HP deles seja zerado, uma vez por missão ou evento, conseguirão recuperar uma parte de seu HP, a fim de continuarem vivos. (Essa habilidade só pode ser usada uma vez por missão ou evento).
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Recupera +30 HP
Dano: Nenhum

Nível 20
Nome do poder: Pericia com Armas Criadas
Descrição: Armamentos criados pelo filho de Hefesto/Vulcano, em suas mãos são armas perfeitas, por entenderem seu mecanismo e funcionamento, também adquirem certa facilidade ao lidarem com elas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +75% no manuseio das armas criadas
Dano: +20% de dano se a arma atingir o inimigo.

Nome do poder: Força II
Descrição: Você ficou ainda mais forte, conforme cresce, se desenvolve, e executa seus treinamentos – além de claro, trabalha nas forjas, pois, se sente extremamente atraído por elas – também desenvolve uma força superior aos demais campistas, você está se saindo bem.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +20% de força.
Dano: +10% de dano em golpes físicos relacionados pelo semideus, ou que exijam a forja avantajada.

Nome do poder: Resistencia ao Fogo II
Descrição: Agora o fogo magico também não incomoda o filho de Hefesto/Vulcano como a maioria, ainda sofre alguns danos, e se machuca, mas adquiriu uma resistência natural, que impede seus ferimentos de serem mais graves.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ataques relacionados a fogo magico agora são 30% menos efetivos em filhos de Hefesto/Vulcano, e o dano também é 30% menos nele.
Dano: Nenhum
Feiticeiras:
Nível 60
Nome do poder: Pericia com Adagas IV
Descrição: A feiticeira se tornou uma ótima combatente, e com essa arma consegue realizar movimentos precisos e mortais. Ataca pontos sensíveis no corpo do oponente, causando estragos e danos consideráveis, movendo-se pelo campo e conseguindo atacar e se defender, ao mesmo tempo que usa um cajado com a outra mão. Ela se tornou uma perfeita combatente.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +100% de assertividade no manuseio da arma.
Dano: +45% de dano se a arma do semideus atingir o oponente.

Nível 19
Nome do poder: Feiticeira III
Descrição: Você está ficando cada dia mais forte, Circe está orgulhosa de você. Sua personagem dominou a arte da feitiçaria conforme o esperado, tornando seus feitiços experientes, fortes e controláveis. Você dominou sua magia por completo.
Gasto de Mp:
Gasto de Hp:
Bônus: +20% de força em feitiços (poderes ativos).
Dano: +15% de dano se o feitiço acertar o oponente.
Armas:
Axe of Hell [Machado de lâmina dupla afiadíssima, com 16 cm de lâmina curvada tendo no total 65 cm de comprimento. A sua lâmina é prateada, porém há sempre um brilho incandescente perpassando toda a sua área, principalmente quando é ativada o seu efeito | Efeito mecânico: torna-se um isqueiro Zippo prateado com labaredas estampadas | Efeito 1: Possui o elemento fogo abençoado em suas lâminas – e apenas nelas – que faz o metal esquentar e provocar queimaduras, além de aumentar em +40 de dano. Dura apenas 2 turnos e precisa de um intervalo de mais 2 para ser usado novamente | Adamantino | Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do Acampamento]

Spellcaster [Uma varinha de 35cm feita de madeira escura resistente, com adornos em metal mágico que dão um visual belo ao item mágico | Efeito mecânico: transforma-se em um anel negro delicado, o anel possui as mesmas funções que a varinha, sendo também um condutor e canalizador de energia | Efeito 1: Invoca uma névoa negra que diminui a visão do inimigo em 60% em um ambiente equivalente a 6m³, dando chance para ataques surpresas e fugas improvisadas. Apenas a usuária do spellcaster não tem a visão afetada. | Efeito 2: Diminui em 30% o gasto de MP no uso de magias (encantamentos, feitiços etc) | Efeito 3: Aumenta em +30 o dano provocado por magia | Arambarium e Madeira | Sem espaço para gemas | Beta | Status 100%, sem danos | Lendário | Nível base 3 | Arma de Grupo Extra]

• Aeon [Adaga de aparência extremamente bela e delicada, mas tão afiada quanto. Possui apenas um corte e é mais leve do que aparenta, dando a sensação de que conseguiria cortar até mesmo o ar para alcançar o seu objetivo. A empunhadura possui um rico detalhe de asas, assim como uma guarda mão feita de vibranium. | Efeito 1: Encantada com o elemento ar, a adaga possui uma camada de ar que tornam o item extremamente afiado, aumentando a profundidade do corte. Essa camada também envolve as adagas aumentando a sua proporção de alcance, estando a cinco centímetros de distância da lâmina real. | Efeito 2: Aeon possui a habilidade de ficar intangível por apenas um turno, precisando de outro turno para ser usada essa propriedade novamente. Enquanto intangível, as adagas não provocam dano ao ultrapassar algo ou alguém, apenas quando estiver em sua forma física. 40MP por uso. | Bônus de forja: +15% de dano; bônus de FPA: +30 de dano| Lâmina de ouro imperial, empunhadura de vibranium | Super Alfa | Rubi imperial: +40 de dano | Status 100%, sem danos | Mágica | Forjada por Nikolaev, obtido através de feitiço de cópia]
Ativos:
Nível 9
Feitiço: Lorem.
Descrição: Feitiço usado para empurrar ou derrubar algo.
Gasto de Mp: -20 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Caso seja realizado durante a crescente, há uma chance de +30% de que ele funcione corretamente.
Dano: A critério do narrador e da forma com que foi usado.
Extra: Apenas verbal.


Nível 17
Nome do poder: Telecinese II
Descrição: Seu dom começa a desenvolver-se melhor e seu personagem já tem mais controle sobre ele, agora é capaz de levantar objetos mais pesados como armas de bronze e ferro, mesas e cadeiras e até mesmo animais menores e o corpo de uma criança.
Gasto de Mp: 25 MP por turno usado
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: O dano é contabilizado de acordo com o uso da telecinese, pois pode ser uma habilidade ofensiva ou defensiva.


Nível 31
Nome do poder: Fúria de Hefesto/Vulcano
Descrição: Ao fazer uso desse poder, você pode fazer com que queimaduras apareçam no lugar de impacto da arma com a pele do oponente.
Gasto de Mp: - 50 de MP.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: - 100 de HP.
Extra: Nenhum.

Nível 30
Nome do poder: Controle do Fogo III
Descrição: Seu poder ficou ainda mais forte, mas isso não significa que seu personagem se tornou capaz de criar fogo, isso está longe de se tornar parte de sua realidade. Contudo, agora consegue controlar e manipular uma grande quantidade de fogo – nada comparado a um incêndio – podendo faze-lo se mover ao comando de suas mãos, desvia-lo – caso seja lançado contra você – ou atrai-lo e multiplica-lo, dobrando seu tamanho com um simples comando. Ainda por cima, aprendeu a mover as chamas de lugar, podendo lança-las como bolas de chamas pequenas em direção ao inimigo, mas lembre-se que isso só acontece com o fogo normal, o fogo magico não poderá ser controlado por você.
Gasto de Mp: - 40 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: O dano é dado conforme o uso do player em relação ao poder, a critério do narrador e da forma com que foi utilizada.

Nível 58
Feitiço:  Lacarnum Inflamare.
Descrição: Colunas de fogo azul irrompem do chão, em vários pontos do campo de batalha. Até cinco colunas podem surgir.
Gasto de Mp: 80 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Caso seja realizado durante a crescente, há uma chance de +30% de que ele funcione corretamente.
Dano: 90  HP se atingir alguém
Extra: Com certo treino, pode ser feito apenas sendo mentalizado.


Kyra


Alex Nikolaev
☾★I'd prefer machines rather than humans! ★☽
avatar
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte

Mensagens : 338

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alexandra Nikolaev [Fixas]

Mensagem por Morfeu em Sab Ago 25, 2018 4:25 am


Alexandra Nikolaev


Método de Avaliação:

Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão: 3.500 XP

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 49%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%

RECOMPENSAS:  3470 XP + 3470  dracmas + 6 insígnias

HP:
690/690 (690/690)

MP:
475/690 (475/690)


Comentários:

Bem, não tenho nenhuma consideração a fazer, o texto foi desenvolvido muito bem, sem nenhum problema aparente, parabéns!

Atualizado pelo doutor


MorFeu
avatar
Morfeu
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 122
Localização : In your dreams, baby.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alexandra Nikolaev [Fixas]

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Seg Set 03, 2018 9:43 pm







Nova Roma
Batalha


▬ MVP Solo: Horda de Zumbis▬
Acordei na enfermaria improvisada, próxima a Praça dos Legionários. Ainda um tanto confusa, meus olhos piscavam enquanto tentava focalizar as coisas que aconteciam ao meu redor. Alguns semideuses estavam machucados, por causa de acidentes ou pequenas batalhas, curandeiros andavam de um lado para o outro. Tentei levantar, mas a tontura veio acompanhada de uma mão forte e quente sobre o meu ombro.

— Não levante ainda.

Tornei meu olhar em direção a voz, sentindo meu rosto esquentar prontamente. Era o professor Leonard Griffin que estava ao meu lado! Minha mente retrocedeu para momentos antes de ter desmaiado, lembrando finalmente como eu tinha chegado ali. Estava retornando para os dormitórios na universidade, depois de ajudar com o momento de reconstrução da cidade romana, quando escutei gritos. Deparei-me com Griffin tentando auxiliar duas garotas, enfrentando sozinho um pequeno Endth. Porém, mesmo pequeno, aquele monstro era assustador. Ele acabou ferido, eu acabei indo ao resgate de maneira impulsiva. Leonard mesmo com alguns machucados, me trouxe até a enfermaria, tendo eu apagado lindamente como a Bela Adormecida. Resmunguei em vergonha, fechando os olhos desejando sumir naquele momento.

— Eu não sei o que passa nessa sua cabecinha geniosa, Srta. Nikolaev, mas nada irá mudar o fato de que você salvou minha vida. Obrigado, Alex.

A voz de dele mais uma vez obrigou-me a fita-lo. Franzi o cenho, estranhando a sensação de receber um cumprimento. Soltei um longo suspiro, forçando meu corpo a erguer-se com mais calma. Leonard auxiliou ao segurar em meu ombro, dessa vez não me impedindo de levantar da cama. Porém tê-lo tão perto ainda me deixava desconcertada!

— As outras garotas...? — Indaguei o olhando com certo temor.

— Estão bem. — Leonard sorriu abertamente. — Provavelmente assustadas demais para processar o que aconteceu. Você foi uma brava guerreira lá, Alex.

— N-não! Eu fiz nada demais! — Neguei balançando a cabeça, soltando outro suspiro frustrado. — Apenas estou feliz de estar todo mundo bem e vivo, para variar...

— Sei que pode não ser um bom momento para isso, mas eu quero agradecer de alguma forma. Ou camuflar meu interesse em forma de uma boa ação. — Leonard assumiu uma postura mais séria, ao mesmo tempo em que mantinha o olhar sereno. — Quero convidar você para trabalhar comigo em minha empresa. Primeiro como estagiária, mas ao se formar, como sócia.

— O que? Sua empresa? A Griffin Enterprises?!

— Pelo visto já conhece um pouco sobre, isso é vantajoso. Não preciso de uma resposta agora, Alex. Mas considere a ideia como um investimento tanto seu como meu. Pode me procurar para discutir melhor os termos, estou apenas aproveitando a chance de que você não pode sair correndo para realizar a proposta de maneira informal.

Meu rosto mais uma vez corou. De fato, eu tinha fugido em todas as vezes em que nos encontramos, usando até mesmo de teleporte para escapar daquele homem. Griffin Enterprises era o que tínhamos mais de parecido com um conglomerado multinacional, similar ao que a empresa do Batman fazia, a Wayne Corps. Eles possuíam todos os tipos de ramos interessantes para a atualidade, e imaginar trabalhar em um local como aquele era um sonho de praticamente toda a população que se interessava em computadores e coisas futurísticas.

— Alias, você tem bons seguranças. Deixarei você em boas mãos.

Leonard se despediu com uma piscadela brincalhona, apontando em direção aos pés da cama que eu repousava. Ele saiu ao mesmo tempo em que eu me esticava para ter um vislumbre de meus guardiões. O cão infernal e a komainu estavam dormindo em posições bem engraçadas. Ri baixinho, assoviando suavemente, sendo o som o suficiente para que eles despertassem em um salto. Lunafreya, a cadela-leoa, acabou por ser a única que conseguiu saltar para a cama, já que era – por enquanto – a maior dos filhotes. Noctis choramingou, balançando o rabo de um lado para o outro, arranhando o colchão tentando subir também. Acabei por pegar e colocá-lo em meu colo.

— Meus bebês cuidaram de mim foi? Ficaram preocupados? Eu estou bem! — Falei em um tom baixo para não chamar a atenção, mas com aquele característico timbre de mãe coruja. — Vamos logo sair daqui? Que tal chegar no dormitório e comer algo bem reforçado e gostoso?

Os dois latiram, eu duvidava que estivessem de fato entendendo o que eu estava falando, mas provavelmente estavam animados com a atenção que recebiam. Os coloquei no chão, reunindo minhas coisas para poder partir. Agradeci timidamente ao curandeiro que prestou o serviço, principalmente por permitir que os animais ficassem perto de mim. O garoto franzino sorriu enormemente, parecendo ser bastante recompensador para ele ser elogiado daquela forma.

Noctis e Lunafreya caminharam mais a frente, perseguindo um ao outro, mas sem irem muito longe. Sorri grande, ao perceber que dava muito mais trabalho ter dois filhotes em casa, mas não era solitário nem para mim, ou para eles. Estávamos próximos de uma área mais quieta, uma intercessão entre a cidade e a área universitária. Noctis e Lunafreya pararam automaticamente, começando a rosnar ameaçadoramente para as árvores.

— O que aconteceu, crianças? — Indaguei confusa, não enxergando nada a primeiro momento. — Não tem nada a.... OH FUCK!

Do pequeno bosque, aquilo se arrastava. O verbo arrastar encaixava-se perfeitamente, já que a perna canhota se encontrava em um ângulo esquisito o suficiente para provocar gastura. A falta do braço direito e a cabeça inclinada para o lado apenas completava a figura morta-viva que vinha em nossa direção. Aquilo era um zumbi?!

— Merda! Isso não pode ser possível, não pode ser! — Exclamei assim que meu campo de visão ampliou para o bosque, vendo como uma verdadeira horda de zumbis vinham em nossa direção — Se eles passarem por nós, alcançarão a universidade e a cidade. Noctis, Lunafreya!

Os animais latiram, mesmo que pequenos em tamanho eles eram grandes em bravura. Ou apenas estúpidos e sem noção do perigo. Porém eu não tinha tempo para ensinar uma lição de sobrevivência, mesmo que no fundo soubesse que era melhor fugir naquele momento. Fugir, no entanto, significaria que os zumbis no seguiriam e acabariam adentrando uma cidade cheia de convidados gregos e criaturas místicas. Retirei o isqueiro de meu bolso, o transformando em um machado, ao mesmo tempo que pegava a minha adaga escondida em minha bota, a fazendo levitar.

— Vocês tem de... Noctis, não!

O cão infernal saiu em disparada, latindo contra o inimigo. Segundo o conhecimento adquirido nas maratonas de The Walking Dead e de vários jogos, o som era bastante atrativo para mortos-vivos! Assim, em pouco tempo, todas as cabeças mortas estavam voltadas em direção ao cão infernal que avançava sem controle algum. Sem outra escolha, acabei por também avançar, acelerando meu passo ao limite que era permitido aos meus músculos. Noctis mordeu a perna de um Zumbi, mas logo um segundo estava quase caindo de boca – literalmente – para devorá-lo. Girei meu machado, aproveitando o corpo inclinado da criatura grotesca para acertá-lo em cheio na cabeça. O empurrei para o lado, controlando a adaga para que ela atingisse o crânio do segundo zumbi mais próximo.

Lunafreya tinha me acompanhado, saltando sobre o peito do zumbi que tentava livrar-se da mordida do Nocits. O salto fora muito estranho, pois o cão leão fêmea ainda era apenas um filhote. Mas pela soma dos fatores, o zumbi acabou indo ao chão, permitindo que eu fizesse um movimento direto em direção a cabeça dele, partindo o crânio ao meio com a lâmina incandescente. Três já foram, faltavam só o restante de uma horda inteira e dois animais sem muito controle, já que eles não possuíam o treinamento adequado!

Toquei em meu machado, permitindo que o metal se expandisse e fundisse com minha própria derme, criando uma camada metálica sobre os meus braços, colo e costas. Era provavelmente onde poderia ser arranhada ou mordida, não queria descobrir se era contagioso quanto na literatura e mídia! Com isso, tinha perdido o meu machado, sendo necessário trazer minha adaga até minha mão.

— Aqui seu bando de mortos vivos! Venham aqui! — Exclamei a plenos pulmões.

Segurei a adaga com a lâmina apontada para baixo, podendo assim aplicar golpes de perfuração com mais força. Tendo meu corpo protegido pelo metal, eu tive mais coragem ao atacar diretamente um zumbi. Eles tentavam puxar meu corpo, as mãos com unhas quebradas e lascadas tentavam arranhar meus braços. Ataquei com a adaga impiedosamente, ativando uma fúria de Vulcano sem nem ao menos perceber. Um a um os zumbis foram tombando ao meu redor.

Noctis e Lunafreya ajudavam como podiam, atrapalhavam os movimentos dos zumbis os fazendo cair ao jogar o corpo contra as pernas. Às vezes, eu precisava tirá-los do perigo quando estavam cercados, mas logo o número de pessoas que já estavam mortas diminuía.

— E fiquem mortos dessa vez! — Exclamei depois de perfurar a têmpora de um garoto que usava uma camisa roxa. — Oh meus deuses, eu não acredito que falei isso. Desculpa por ter te matado de novo, desculpa!

Olhei ao redor, contando uma dúzia de corpos no chão. Imaginei como iria explicar isso para algum centurião ou até mesmo aos pretores. Balancei a cabeça de um lado para o outro, desfazendo a pele metálica para ter meu isqueiro novamente. Apontei o dedo em direção ao Noctis, que abanava o rabo provavelmente pensando que estava sendo elogiado.

— Cachorro mal! Vai tomar banho com urgência quando chegarmos em casa. Na verdade, todos nós vamos. Ai meu paizinho, eu acho que tem miolos onde não deveria ter!

Frustrada e com nojo da situação toda, apenas assoviei para sair dali e resolver aquela enorme confusão.

FPA Alexandra ♣️ FPA Lunafreya ♣️ FPA Noctis
Passivos:
Vulcano:
Nível 11
Nome do poder: Respiração forte
Descrição: Você se acostumou com fuligem e ar carregado. Ar rarefeito e toxinas que agem por meio respiratório já não lhe afetam como a maioria, bem como lugares fechados e variação de pressão – Hefesto/Vulcano vive dentro de um vulcão, e como filho dele você tem a mesma resistência.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Consegue respirar normalmente em lugares carregados, e não ficam tão cansados durante a batalha. Poderes relacionados a respiração, ar, e asfixia são 50% menos efetivos contra você.
Dano: Nenhum

Nível 55
Nome do poder: Pericia com Machados e Martelos V
Descrição: Você se tornou o mestre dos machados e martelos, agora se defende, ataca, e causa um estrago considerável. E como se tudo isso não bastasse, ainda possui aquela afinidade natural, que o torna um semideus mortal desde que possua um machado em mãos.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +100% de assertividade no manuseio da arma.
Dano: +45% de dano se arma do semideus atingir.

Nível 24
Nome do poder: Resistencia a Impactos
Descrição: Filhos de Hefesto/Vulcano são mais resistentes a grandes impactos, podendo cair de grandes altitudes e ainda sobreviver. Quedas de até dois metros de altura não machucam os filhos do senhor das forjas, mais que isso, tem o dano reduzido.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Impactos de grandes altitudes podem ter o dano reduzido em 40% para o filho de Hefesto/Vulcano, ou menos, no caso de ser algo realmente absurdo, como um penhasco. Apesar de ficar fraco, ainda poderá sobreviver.
Dano: Nenhum

Nível 25
Nome do poder: Detalhistas
Descrição: Meus filhos são acostumados a lidar com engenhocas e peças, reparando em pequenos detalhes, por isso é mais difícil esconder algo deles - são observadores atentos. Isso permite que encontrem coisas com mais facilidade, descubram segredos, e coisas ocultas – como o Bunker na floresta quando Leo Valdez seguiu a trilha deixada pelo dragão – esconderijos, e outras coisas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ganham vantagem em encontrar pistas, e achar rastros.
Dano: Nenhum

Nível 19
Nome do poder: Força de Vontade
Descrição: Os filhos de Hefesto/Vulcano são considerados semideuses voláteis e extremamente teimosos. Com isso, caso o HP deles seja zerado, uma vez por missão ou evento, conseguirão recuperar uma parte de seu HP, a fim de continuarem vivos. (Essa habilidade só pode ser usada uma vez por missão ou evento).
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Recupera +30 HP
Dano: Nenhum

Nível 20
Nome do poder: Pericia com Armas Criadas
Descrição: Armamentos criados pelo filho de Hefesto/Vulcano, em suas mãos são armas perfeitas, por entenderem seu mecanismo e funcionamento, também adquirem certa facilidade ao lidarem com elas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +75% no manuseio das armas criadas
Dano: +20% de dano se a arma atingir o inimigo.

Nome do poder: Força II
Descrição: Você ficou ainda mais forte, conforme cresce, se desenvolve, e executa seus treinamentos – além de claro, trabalha nas forjas, pois, se sente extremamente atraído por elas – também desenvolve uma força superior aos demais campistas, você está se saindo bem.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +20% de força.
Dano: +10% de dano em golpes físicos relacionados pelo semideus, ou que exijam a forja avantajada.
Dano: Nenhum
Ativos:
Nível 27
Nome do poder: Absorção de Material II
Descrição: Na posse de um pingente de bronze, uma arma de ouro imperial, um pedaço de barra de ferro, ou qualquer coisa semelhante, o semideus poderá criar uma resistência a algumas partes do corpo. Basta um pequeno toque da mão, e o semideus poderá sugar esse metal para seu corpo, conseguindo criar uma pequena “casca” por sobre a pele, semelhante a uma armadura, mas não pode ser arrancada sem o comando do semideus. Agora, na posse de uma quantidade maior de material, consegue revestir mais de uma parte do corpo ao mesmo tempo, podendo deixar um pouco menos da metade do corpo revestida com o material.
Gasto de Mp: 50 HP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: O dano do golpe – em caso de luta – aumenta em 15%.
Dano: - 30 HP
Extra: Caso combine sua própria arma ao corpo, fica sem ela. O material utilizado vai virar parte do corpo do filho de Hefesto/Vulcano, portanto deixa de existir até que ele a extraia do próprio corpo.


Nível 31
Nome do poder: Fúria de Hefesto/Vulcano
Descrição: Ao fazer uso desse poder, você pode fazer com que queimaduras apareçam no lugar de impacto da arma com a pele do oponente.
Gasto de Mp: - 50 de MP.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: - 100 de HP.
Extra: Nenhum.

Nível 15
Nome do poder: Magnetismo II
Descrição: É a habilidade que permite aos filhos de Hefesto/Vulcano, controlarem o magnetismo. Já consegue manipular objetos de porte médio, podendo faze-los se voltar contra os inimigos que os lançaram em sua direção, ou manipula-los para se voltar contra os mesmos.  Pode desviar e controlar tais objetos.
Gasto de Mp: 30 MP por turno ativo
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Funciona com objetos de porte médio, máximo de 70 kg. O dano será a critério do narrador, e da forma com que o poder foi utilizado.
Armas:
Axe of Hell [Machado de lâmina dupla afiadíssima, com 16 cm de lâmina curvada tendo no total 65 cm de comprimento. A sua lâmina é prateada, porém há sempre um brilho incandescente perpassando toda a sua área, principalmente quando é ativada o seu efeito | Efeito mecânico: torna-se um isqueiro Zippo prateado com labaredas estampadas | Efeito 1: Possui o elemento fogo abençoado em suas lâminas – e apenas nelas – que faz o metal esquentar e provocar queimaduras, além de aumentar em +40 de dano. Dura apenas 2 turnos e precisa de um intervalo de mais 2 para ser usado novamente | Adamantino | Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do Acampamento]

• Aeon [Adaga de aparência extremamente bela e delicada, mas tão afiada quanto. Possui apenas um corte e é mais leve do que aparenta, dando a sensação de que conseguiria cortar até mesmo o ar para alcançar o seu objetivo. A empunhadura possui um rico detalhe de asas, assim como uma guarda mão feita de vibranium. | Efeito 1: Encantada com o elemento ar, a adaga possui uma camada de ar que tornam o item extremamente afiado, aumentando a profundidade do corte. Essa camada também envolve as adagas aumentando a sua proporção de alcance, estando a cinco centímetros de distância da lâmina real. | Efeito 2: Aeon possui a habilidade de ficar intangível por apenas um turno, precisando de outro turno para ser usada essa propriedade novamente. Enquanto intangível, as adagas não provocam dano ao ultrapassar algo ou alguém, apenas quando estiver em sua forma física. 40MP por uso. | Bônus de forja: +15% de dano; bônus de FPA: +30 de dano| Lâmina de ouro imperial, empunhadura de vibranium | Super Alfa | Rubi imperial: +40 de dano | Status 100%, sem danos | Mágica | Forjada por Nikolaev, obtido através de feitiço de cópia]


Kyra


Alex Nikolaev
☾★I'd prefer machines rather than humans! ★☽
avatar
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte

Mensagens : 338

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alexandra Nikolaev [Fixas]

Mensagem por Netuno em Ter Set 04, 2018 4:38 pm


Alexandra Nikolaev



Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão:2.500xp + 2.500 dracmas + 4 insígnias.

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%


Máximo de XP da missão: 2.500xp + 2.500 dracmas + 4 insígnias.

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc. – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Recompensa: 2.500xp + 2.500 dracmas + 4 insígnias. +180 de Xp para os Pet's. (Correção dos XP's)

comentários:
Mas bicha, a senhora é destruidora mesmo, viu? Sério, eu adorei a personagem, eu adorei a Mvp. Acho que soube conduzi-la muito bem. Sem comentários para você, simplesmente arrasou!

Atualizado por Juno, XP dos pets retificada




_ Netuno_
Soberano dos mares

avatar
Netuno
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 116

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Alexandra Nikolaev [Fixas]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum