The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Zara Cooper [Fixas]

Ir em baixo

Zara Cooper [Fixas]

Mensagem por Zara Cooper em Sab Ago 18, 2018 4:19 pm

TÓPICO DESTINADO ÀS MISSÕES E MVPS FIXAS DE ZARA COOPER DECORRENTES DO EVENTO:
Reconstrução de Nova Roma


avatar
Zara Cooper
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus

Mensagens : 19
Idade : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Zara Cooper [Fixas]

Mensagem por Zara Cooper em Dom Ago 26, 2018 11:49 pm




O Retorno



Caos. Depois de todo pandemônio envolto no Acampamento Júpiter, toda destruição causada pelos Endths, Zara pensava apenas em um pouco de descanso.
     Faziam três dias desde seu retorno ao Acampamento Meio-Sangue, a semideusa estava convencida de que em breve o lado romano clamaria por socorro. Afinal, a destruição provocada no local fora imensa. Portanto, aproveitou a paz momentânea para cuidar do seu estado físico e emocional. Físico devido as batalhas que sucederam a invasão dos monstros e emocional pois Zara não conseguia ser imparcial diante das perdas lamentáveis que a cidadela e seus membros sofreram.
     A filha de Zeus estava deitada em sua cama, lendo um best-seller intitulado O Alquimista de um escritor brasileiro chamado Paulo Coelho. Dentre todos os hábitos de Zara, ler era o que mais distraia seus pensamentos quando transtornada com alguma coisa. Era assim que sua empatia a fazia se sentir, perturbada ao relembrar as mortes e o péssimo estado do acampamento recém atacado.
     Como de costume, estava frio no interior do chalé um, mas a temperatura fora dali era semelhante, já que o inverno se aproximava. Os outros filhos de Zeus dormiam, e, pelo horário, Zara deveria estar fazendo o mesmo, mas lhe faltava sono. Nem mesmo o treino pesado realizado aquele dia mais cedo cansara a menina o bastante.
     A semideusa continuou alternando sua posição na cama por mais algumas horas, até que, próximo ao amanhecer, seus olhos começaram a pesar.
     — Eu te amo porque todo o Universo conspirou para que eu chegasse até você — releu em voz baixa a última frase do livro antes de fechá-lo e pousá-lo ao seu lado.
     De olhos fechados, a menina ponderou se um dia amaria alguém com tamanha intensidade, visto que se envolvia constantemente em romances efêmeros, consequência de suas atrações carnais, não tinha certeza se seria capaz de dividir seu amor com outrem algum dia, talvez ainda não tivesse encontrado a pessoa adequada ou simplesmente seu amor-próprio fosse maior do que deveria ser.

Zara acordou depois de poucas horas de sono. Primeiramente, cuidou de sua higiene matinal; escovou os dentes, banhou-se e, em seguida, acompanhou seus companheiros de chalé — guiados pelo conselheiro-chefe — até o refeitório.
     Ao adentrarem o local, serviram-se das refeições e organizaram-se em suas devidas mesas. Antes que começassem a comer, Quíron pediu a atenção de todos, batendo o casco no chão, e começou a falar. Seu semblante não era usual, mas Zara não estranhou já que todos os campistas ainda sentiam os efeitos da batalha no Acampamento Júpiter perturbarem suas mentes.
     O diretor de atividades informou que o lado romano o contatou logo pela manhã, solicitando a ajuda dos gregos para uma possível reconstrução de Nova Roma. Pediu que, depois da inspeção, todos que fossem cooperar, se apresentassem na Casa Grande às 11h, lá, ele e os líderes de cada chalé discutiriam os meios que os campistas usariam para chegarem até São Francisco e os orientariam sobre cuidados gerais como de praxe. Dentre todos os métodos, Zara já havia decidido — antes mesmo da reunião — como viajaria: avião. A menina gostava de, às vezes, sentir-se parte dos mortais comuns, isso a aproximava de sua mãe.
     Todos assentiram e voltaram suas atenções às refeições. Zara estava sonolenta depois da noite mal dormida. Sentou-se num canto, destacada, e depois que terminou de comer, levantou-se e voltou ao chalé.
     A filha de Zeus não se preocupava com a inspeção que acontecia nas terças-feiras, já que seus pertences estavam sempre muito bem organizados. Então decidiu que iria à Casa Grande antes que começasse o tumulto de semideuses por lá.
     Do lado de fora a temperatura estava mais baixa do que ela imaginara antes do café e, além do mais, não viajaria calçando chinelos e vestindo short jeans, aproveitaria apenas o moletom com capuz sobre a camiseta laranja do Acampamento Meio-Sangue e a toca preta. Então completou o look com um sobretudo, uma mom jeans e seus polêmicos dad sneakers, motivos de muitos murmúrios. Murmúrios que Zara não se importava, visto que a semideusa era adepta das fashion trends, uma de suas grandes paixões. Aliás, com o que Zara se importava?
     Aprontou uma pequena mala com algumas peças de roupas, inúmeros cosméticos e o livro que estava lendo, além de um cigarro de maconha presenteado por Franklin, um amigo, filho de Deméter. Devoradora estava em sua forma de pingente presa à uma corrente dourada fininha em seu pescoço.
     Ao se organizar, Zara saiu do chalé e percorreu rapidamente o caminho até Quíron.
     Chegando à Casa Grande, logo visualizou o centauro sentado em sua cadeira de rodas e, sem hesitação, explicou que queria ir ao Júpiter de avião e que precisava comprar as passagens, uma vez que o único computador do acampamento ficava localizado em seu escritório, em uma sala completamente revestida com escudos de metal. O centauro assentiu, aconselhando-a sobre cuidados que deveria tomar e desejando-lhe um bom percurso, já que a menina provavelmente viajaria sozinha. Seguidamente, Quíron pediu que Zara fosse ligeira com as compras, indicando-a o caminho do escritório com a mão, mesmo a menina já o conhecendo. O centauro ficaria ali fora na varanda aguardando a chegada dos conselheiros.
     Enquanto pesquisava as passagens, a semideusa matutava como seria seu trajeto. Por sorte ou por Zeus, conseguiu comprá-las para um voo que aconteceria dentro das próximas quatro horas. Iria de Montauk até o Aeroporto Internacional John F. Kennedy de táxi, lá pegaria o voo até o Aeroporto Internacional de São Francisco, onde solicitaria outro táxi para levá-la até o Túnel Caldecott. Pelo que Zara calculou, levaria, mais ou menos, dez horas até chegar ao acampamento. Se não fosse o fuso horário com diferença de três horas, a semideusa chegaria na madrugada do dia seguinte, mas talvez chegasse no mesmo dia.
     Ao sair da Casa Grande, se assustou com o conglomerado de meios-sangues pairados à frente da residência, um dos líderes ditava algo aos voluntários, Zara, cautelosamente, agradeceu a Quíron com a cabeça e voltou ao chalé, apanhou seus pertences e partiu ao encontro do lado romano.

O trajeto foi estranhamente tranquilo, Zara não cochilara nem por um minuto, conhecia os riscos.
     Preferia viajar no alto, em contato com o céu e as regências de seu pai. Além do mais, a vista dali de cima a acalmava.
     Ao chegar no aeroporto de São Francisco, Zara entrou em um novo táxi e pediu ao motorista que a levasse até a entrada principal do Túnel Caldecott, o taxista franziu o cenho, claramente estranhando o pedido da menina.
     — Essa hora, querida? Tem certeza? — perguntou, confuso.
     — Sim, meu anjo, por favor. — Zara sorriu e tentou fazer sua voz soar o mais convincente possível. O motorista assentiu com clareza, sorrindo de volta para a semideusa, aceitando a situação como algo normal.
     “Obrigada, bisa!”, agradeceu em pensamento, sorrindo. Zara não tinha ideia de como Afrodite se sentia sendo chamada de bisa, mas gostava de chamá-la assim, mudava a ideia que os outros tinham quanto a aparência da deusa.
     Ao chegarem no destino, Zara pagou pela viagem, agradeceu e saiu do carro.
     Então a menina caminhou até o meio do túnel onde havia a passagem para o domínio mitológico romano.
     — Olha quem chegou! — disse uma garota de cabelos pretos e aparência desleixada ao ver a semideusa, com tom de sarcasmo em sua voz. — Zara Cooper, a queridinha de Zeus.
     A entrada em todo o tempo era protegida por uma patrulha de três semideuses, Zara teve o azar de encontrar Marla Singer em seu horário de vigia. Marla era uma filha de Marte que odiava a semideusa, implicava com sua procedência divina, seu modo de se vestir, aparência, tudo, Zara e Marla discutiam constantemente quando próximas. A filha de Zeus se controlava para não dar uma surra na romana.
     — Ai, garota, não enche! — disse, dando de ombros para o comentário de Marla. Afinal, estava ali por um motivo muito mais importante e delicado. Em seguida, cumprimentou cordialmente os outros dois semideuses e adentrou o túnel. Pronta para começar sua missão de socorro.

Missão Fixa:
• Nova Roma pede ajuda - Dada a situação atual da cidade, muitos semideuses se mobilizaram para ajudá-la, fossem eles romanos ou gregos. Aqueles que não vivem no Acampamento Júpiter precisam ir até ele e é através desta missão fixa que o fazem. Ela é obrigatória aos jogadores que não se encontram no acampamento romano.
Recompensas: 500xp + 500 dracmas + 1 insígnia.





Camp Jupiter ••• Wearing ••• Post 1
ψ


avatar
Zara Cooper
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus

Mensagens : 19
Idade : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Zara Cooper [Fixas]

Mensagem por Hades em Ter Ago 28, 2018 7:55 am


Zara Cooper
Método de Avaliação:

Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão: 500 xp + 500 dracmas + 1 insígnia.

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%

RECOMPENSAS: 500 (+50 de xp de bônus) xp + 500 dracmas + 1 insígnia. 

STATUS:
HP: 100/100
MP: 100/100

comentários:
A forma como sua personagem pensa é cativante, na minha opinião. Assim como as escolhas pessoais que Zara toma. Acredito que a missão tenha sido muito bem desenvolvida e aproveitada. Parabéns!

Atualizado.


Ἅιδης
avatar
Hades
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 809
Localização : Importa? A morte ainda será capaz de te achar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Zara Cooper [Fixas]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum