The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

VI Aula de Combate Corporal -//- Taekwondo II

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

VI Aula de Combate Corporal -//- Taekwondo II - Página 2 Empty Re: VI Aula de Combate Corporal -//- Taekwondo II

Mensagem por Febo em Qua Set 12, 2018 5:06 pm

Modo de avaliação:
Introdução: 420 XP
Informação: 420 XP
Personagem: 420 XP
Missão: 420 XP
Habilidade: 420 XP
Total: 2100 XP ( +30 por aluno) + 500 dracmas (+50 de dracmas por aluno).

Max Hayes 
Introdução: 420 XP
Informação: 420 XP
Personagem: 420 XP
Missão: 420 XP
Habilidade: 420 XP
Alunos: 3
Total: 2.280XP - 800 dracmas

Atualizadas.
Luna, não é possível acrescentar esses bônus na habilidade em si. Você precisa, quando utilizá-las, dizer ao narrador que tais bônus existem e, claro, deixá-los em spoiler. Assim eles serão considerados.
Febo
Febo
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários


Voltar ao Topo Ir em baixo

VI Aula de Combate Corporal -//- Taekwondo II - Página 2 Empty Re: VI Aula de Combate Corporal -//- Taekwondo II

Mensagem por Maisie K. Blackwood em Ter Abr 02, 2019 2:53 pm

Chain reaction, it's so electric
Taekwondo, again


Aula comprada
Play Piano: Você perdeu o prazo de todas as aulas daquele instrutor, mas anseia por faze-las. Com essa pack você pode fazer as aulas já postadas por seu instrutor. O máximo de XP conquistado em cada uma das aulas será de 120 XP. Valor: 5.500 dracmas.
Link da compra: aqui

A instrutora de Combate Corporal havia convocado seus alunos para uma nova aula de Taekwondo. Ao ouvir o recado, imediatamente meus músculos lembraram das dores nas pernas após o primeiro treino. Mas, ainda assim, era uma boa oportunidade de desenvolver mais algo que já havia aprendido. Quem sabe na segunda aula eu não sofresse menos?

Por isso, lá estava eu às 9h nos Campos de Marte aguardando pelo começo da atividade. O cenário elaborado para aquela aula, no entanto, era diferente da primeira que eu havia participado. O chão coberto por tatames eram familiares, a novidade eram as camas elásticas distribuídas pelo lugar e os dois visitantes desconhecidos posicionados junto com Max.

– Estes são Yan e Jackson. Eles vão me ajudar a demonstrar as técnicas de chute que vamos praticar hoje - Max disse, apresentando os dois visitantes. Conforme ela, o primeiro era um filho de Mercúrio alto e corpo franzino, mesmo com músculos definidos. Talvez ele não fosse forte, mas agilidade devia ser um de seus dons. Já o outro era filho de Belona e mais baixo que os outros dois, com porte físico similar ao de Yan.

Max retomou alguns dos ensinamentos da primeira aula de Taekwondo, fazendo-nos lembrar da filosofia da aula. Além disso, voltou a ressaltar dicas importantes para a aplicação de chutes, como o uso dos quadris para desenvolver o movimento e a importância de não chutar com a ponta dos pés.

A seguir, Yan e Jackson iniciar suas demonstrações, exemplificando os chutes aéreos que iríamos desenvolver na aula. Enquanto os demais alunos ficavam extasiados com a demonstração, eu mantive-me atenta aos movimentos de seus corpos, tentando visualizar e compreender como eles executavam aqueles chutes.

– Agora vocês. Comecem aquecendo nas camas elásticas - Max orientou, e aquela foi a parte mais divertida da aula até então.

Meu instinto infantil fez com que eu apressasse o passo até lá e saltasse sobre uma das camas, sentindo a energia potencial do objeto atenuar o efeito da gravidade ao pular. – Uuuuhuuuuu - gritei, caindo sobre a superfície elástica. E eu não fui a única a agir como criança ao ir pros pula-pulas não. Colocando-me em pé, comecei a pular verticalmente, tentando não ficar pipocando de um lado para o outro, ou perderia a noção do equilíbrio.

O começo foi uma grande brincadeira, onde pulávamos e tentávamos chegar mais alto, para então tentar tornar a brincadeira um pouco mais séria. Eu tentava executar um giro completo enquanto saltava, para depois tentar realizar esse giro durante a execução de um chute com a perna.

Após poucos minutos, já sentia praticamente todo o corpo suado. A camiseta que usava já estava grudando no corpo, assim como alguns fios que não haviam ficado bem presos no rabo-de-cavalo. Parei de me mover sobre a cama elástica, mas levei algum tempo ainda até que a energia potencial se dissipasse dela e eu conseguisse parar. Quando o fiz, tive uma leve sensação de vertigem ao tentar descer da superfície.

– Uou! - Max reagiu, indo até mim para amparar a possível queda.

– Tô bem! Não bebi nada! - protestei em minha defesa, em um tom divertido com a filha de Júpiter.

Após garantir que eu estava enxergando apenas uma Max, a instrutora se afastou para ajudar outros semideuses. Aquela história de vamo pulá de repente não me parecia tão divertida assim. Mas, felizmente, meu corpo estaria um pouco mais acostumado à sensação de saltar e chutar no ar.

E ainda bem, porque era exatamente aquilo que eu tinha que fazer agora.

Posicionei-me diante de um dos bonecos de treinamento que estavam ao redor dos tatames para praticarmos. Eles estavam posicionados mais altos naquela ocasião, considerando que teríamos que saltar para atingir o alvo. Comecei, então, tentando aplicar o chute com os pés juntos, que era mais simples e aparentemente simples de executar.

Na teoria, bastava saltar, erguer os joelhos e levar os pés para frente. Mas, quando tentei fazer isso da primeira vez, foi um completo fiasco. Eu não consegui atingir a altura ideal com os pés, então acabei só executando um salto com chute meio ridículo, me desequilibrando para trás quando voltei a colocar os pés no chão.

– Mantenha o tronco mais ereto - disse Jackson, um dos convidados de Max para aquela aula. Ele se aproximou para corrigir o movimento e detalhar como eu deveria realizá-lo, para depois demonstrar aquele chute aéreo. – Tente de novo.

Assenti com um movimento da cabeça e soltei o ar, preparando-me para repetir o que ele havia feito. Dei um passo para frente rapidamente, juntando os pés e flexionando os joelhos para me impulsionar para cima. Esforcei-me para saltar o mais alto possível e manter o tronco ereto, para então estender os pés em direção ao peito do boneco. E, claro, tive o cuidado de não aplicar aquele golpe com a ponta do pé, mas com a sola. Para a minha surpresa, o boneco se desequilibrou e caiu pra trás. Quem diria, não?

Sorri satisfeita e obtive o olhar de aprovação do filho de Belona, que logo continuou caminhando entre os alunos para ajudá-los em suas dificuldades. Agora sozinha, ergui o boneco de treino pedindo desculpas, ainda mais porque eu o atingiria mais algumas vezes ao treinar outros chutes.

Pratiquei outros chutes aéreos que considerava mais simples e de fácil execução, como o chute “dividir”, executado com as duas pernas simultaneamente, e o chute “em seguida”, que era a aplicação de dois chutes consecutivos após um salto frontal. Aqueles exercícios duraram bastante tempo, era o período que a instrutora fornecia para os alunos antes da última “prova”.

A última atividade da aula era quebrar tábuas de madeira que os responsáveis estariam segurando no ar. Seria necessário aplicar algum chute aéreo para conseguir quebrá-la. “Que?”, pensei comigo, sem acreditar que eu seria capaz de fazer tamanha façanha.

Aguardei a iniciativa dos primeiros colegas, para que pudesse assistir a execução dos movimentos e também me preparar para quando fosse a minha vez. As correções dos instrutores também ajudava, mas o segredo de um golpe perfeito ainda era o movimento do quadril e aplicar o chute com a sola do pé.

– Maisie - Max chamou, pois eu era uma das últimas alunas que havia restado.

Após uma longa respirada, tomei a frente e me posicionei no tatame, a uma distância considerável de onde o trio estava. Primeiro Max estava segurando uma tábua acima de sua cabeça, segurando-a para o lado a fim de não ser atingida.

Para fazer meus pés atingirem aquela altura, tentei aplicar o chute gancho 360º. Para executá-lo, era necessário saltar, girar o corpo uma volta completa e, no fim, golpear o alvo lateralmente ou com o calcanhar. Ele era um golpe um pouco mais elaborado, mas seria eficiente para realizar o objetivo da aula.

A uma certa distância, impulsionei-me para frente e saltei, executando o giro e estendendo o pé para golpear a tábua. Mas errei a altura do golpe. Aterrissei no solo com cara de tacho, vendo a tábua ali, intacta. Observei brevemente Jackson, que agora apenas assistia o desenvolvimento de nossa técnica, e lembrei-me de seu conselho: postura ereta.

Posicionei-me novamente para realizar o golpe, respirando fundo antes de mais nada. Impulsionei-me para frente tendo o cuidado de manter minha postura, girando o corpo após um salto. Ali era muito importante ter atenção ao movimento dos quadris, usando-os para impulsionar o movimento. Ao concluir o giro, estendi o pé direito para frente, atingindo a tábua com a lateral do calcanhar.

E ela quebrou.

– Eu consegui!! - disse surpresa e contente.

Eu realmente não achei que aquilo fosse possível. Sempre achei que aquele negócio de quebrar tábuas era coisa de judocas faixas pretas. Então cumprir o objetivo da aula era algo que havia me deixado muito feliz.


Habilidades usadas:

Passivos de Athena:

Nome do poder: Sabedoria em Combate
Descrição: Os filhos de Atena conseguem descobrir os pontos fracos de seus inimigos, fazendo com que seus golpes sejam mais efetivos. Em monstros que já conheçam, ou tenham lutado, eles já saberão o ponto fraco.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +15% de chance de acertar um ponto crítico em batalha.
Dano: +10% de dano em monstros que já tenham enfrentado anteriormente.
Extra: Precisa avisar ao avaliador quando enfrentou o monstro.

Nome do poder: Memorização
Descrição: A mente do semideus é capaz de arquivar informações com mais facilidade, lembrando-se de caminhos percorridos, dados sobre coisas que já viu ou conheceu. A boa memória do semideus o faz capaz de lembrar informações importantes sobre o cenário ou sobre inimigos que já enfrentou.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +10% de inteligência e +30% de capacidade memorial
Dano: Nenhum
Extra: Caso o semideus já tenha enfrentado determinado inimigo ou passado por alguma situação, se lembrará de detalhes que o ajudem a superar o problema.

Nome do poder: Visão de batalha
Descrição: Com o decorrer dos anos e a inteligência avançada, vem a visão aprimorada de uma batalha. Essa visão permite ao semideus entender a forma como os outros lutam mais rapidamente, e conseguir identificar e se adequar às diferenças. Por exemplo: um romano e um grego não são soldados da mesma maneira, assim como um humano também não o é. Ao compreender isso e adquirir essa visão, o semideus também consegue achar meios mais eficazes de se defender e de derrotar um inimigo, apenas o estudando.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +10% de chance de acertar o alvo em pontos críticos.
Dano: + 15% de dano se o golpe acertar.

Nome do poder: Agilidade II
Descrição: Os filhos de Athena/Minerva podem não ser tão fortes quanto os de Ares/Marte, mas possuem um controle corporal ainda mais aprimorado. A agilidade da prole da deusa é apurada, permitindo movimentos cada vez mais elaborados e complexos.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +20% de agilidade.
Dano: Nenhum.

Nome: Aprendizado apurado III
Descrição: A inteligência de um filho de Athena é um dos pontos mais fortes do semideus, quando bem desenvolvida e estimulada. Ao estudar algo, o filho da deusa da guerra estratégica ganha mais domínio sobre o assunto do que qualquer outro semideus.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +15% de bônus em habilidades aprendidas.
Dano: +15% de dano em habilidades aprendidas.
Extra: Necessário colocar essa habilidade em destaque, para que narrador esteja ciente do aumento no bônus e dano.

Passivos de Belona:

Nome do poder: Combate não Armado
Descrição: A prole da deusa Belona tem um vasto conhecimento sobre combates. Seu corpo e seu espíritos foram forjados para o combate. Assim, eles possuem a capacidade de luta corporal muito elevada, sabendo técnicas marciais mesmo que nunca tenha realizado uma aula sequer antes. As técnicas podem ser utilizadas para a elaboração de movimentos complexos, como mortais, piruetas, ataques acrobáticos e golpes que requeiram uma grande elasticidade.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nome do poder: Ambidestria
Descrição: A ambidestria nada mais é do que a capacidade de se usar ambas as mãos como predominantes. Tanto a mão destra quanto a canhota possuem um desenvolvimento motor elevado, permitindo o manejo de equipamentos e, principalmente, armas. Assim sendo, filhos da deusa da guerra conseguem manusear com perícia duas armas ao mesmo tempo ou alternando as mãos.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Conseguira manusear duas armas com naturalidade, desde que essas não precisem das duas mãos para ser empunhadas (ex: podem usar uma espada curta em cada mão, dois machados mais leves, duas adagas), lutando com a mesma destreza que lutaria apenas com uma arma.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Corpo Guerreiro I
Descrição: O filho de Belona tem o corpo preparado para a guerra e combates de longa duração. Seu metabolismo e funcionamento é diferente de qualquer outro semideus, tendo assim os componentes biológicos potencializados. Isso oferece maior resistência corporal (diminui o cansaço físico e a dor de impactos no corpo), imunológica e permite que a hipercinesia não cause sobrecarga cerebral ou muscular.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +15% em resistência corporal, +20% de imunidade a infecções e venenos.
Dano: Nenhum

Habilidades Aprendidas:

Nome: Perícia Corporal I
Descrição: Treinar o corpo e a mente para tornar-se um melhor guerreiro é quase que uma obrigação de cada meio-sangue, caso ele deseje sobreviver nesse mundo louco. Assim sendo, depois de uma aula de perícias, o corpo do semideus foi condicionado e treinado para melhorar a agilidade, a esquiva e o reflexo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% em agilidade, esquiva e reflexo.
Dano: Nenhum

Nome: Perícia Corporal II
Descrição: Treinar o corpo e a mente para tornar-se um melhor guerreiro é quase que uma obrigação de cada meio-sangue, caso ele deseje sobreviver nesse mundo louco. Assim sendo, depois de uma aula de perícias, o corpo do semideus foi condicionado e treinado para melhorar a resistência corporal. Irá se cansar mais dificilmente, estando preparado para realizar exercícios físicos mais complexos. Assim, possui um melhor desempenho em combate, podendo permanecer lutando mais tempo que outros.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% em resistência física.
Dano: Nenhum

Nome: Pontos Críticos
Descrição: Ao participar da aula de combate corporal, o semideus aprendeu quais pontos do corpo humano provocam mais danos. Estes locais são chamados de diversas formas, como pontos críticos, pontos de pressão ou pontos de impacto. Ao aplicar um golpe nas áreas como: traqueia, queixo, têmpora, testículos, costela flutuante, diafragma, lateral do nariz, clavícula, parte interna da coxa e a parte interna da junta do cotovelo; o semideus poderá aumentar as chances de crítico e seu dano.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% de acertar os pontos mencionados acima, graças ao treinamento; +40% de dano somados ao dano crítico.
Extra: Funciona principalmente em formas humanoides.

Nome: Magnificência Semidivina
Descrição: Após um longo dia de treinamento, no qual as capacidades físicas do semideus foram postas à prova, o resultado apareceu. Assim sendo, o aprimoramento de seus atributos corporais - força, constituição, destreza, controle corporal e velocidade - agora é evidente.
Gasto de MP: Nenhum.
Gasto de HP: Nenhum.
Bônus: +10% nos atributos corporais.
Dano: Nenhum.

Nome: Taekwondo I
Descrição: O taekwondo é uma arte marcial milenar da Coreia. Em coreano a palavra taekwondo possui o seguinte significado: caminho dos pés e das mãos através da mente. Após assistir a aula de combate, o aluno agora possui noções básicas e sabe melhor do que ninguém aplicar chutes referentes ao taekwondo. Ainda sabe apenas o básico do taekwondo, mas logo estará preparado para os golpes mais complexos que esta modalidade permite aprender.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +25 de dano em chutes; +30% equilíbrio, agilidade e flexibilidade.
Extra: Nenhum



Make a wish change to reality





Maisie Blackwood
intelligence is the only way we have to master our instincts.
Maisie K. Blackwood
Maisie K. Blackwood
Centuriã da III Coorte
Centuriã da III Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

VI Aula de Combate Corporal -//- Taekwondo II - Página 2 Empty Re: VI Aula de Combate Corporal -//- Taekwondo II

Mensagem por Noah Blackburn em Qua Abr 17, 2019 5:37 pm

Critério Avaliativo

Criatividade: 30
Ortografia: 30
Coerência: 20
Ações Realizadas: 20
Aparência: 20
Total: 120 exp Play Piano Pack

Avaliação

Criatividade: 30
Ortografia: 30
Coerência: 20
Ações Realizadas: 20
Aparência: 20
Total: 120 exp

Nome: Taekwondo II
Descrição: O taekwondo é uma arte marcial milenar da Coreia. Em coreano a palavra taekwondo possui o seguinte significado: caminho dos pés e das mãos através da mente. Após assistir a aula de combate, o aluno agora possui noções básicas e sabe melhor do que ninguém aplicar chutes referentes ao taekwondo. Agora o semideus que possui essa habilidade conhece técnicas mais complexas de combate que envolvem chutes.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +35 de dano em chutes; +40% equilíbrio, agilidade e flexibilidade.
Extra: +70% de chance de sucesso em um salto e no pouso
Atualizado por Macária!
Noah Blackburn
Noah Blackburn
Mortos
Mortos

Idade : 24
Localização : Ilha de Argos

Voltar ao Topo Ir em baixo

VI Aula de Combate Corporal -//- Taekwondo II - Página 2 Empty Re: VI Aula de Combate Corporal -//- Taekwondo II

Mensagem por Meiying Liuwei em Qua Jul 17, 2019 4:02 pm




no matter what we breed, we still are made of greed. this is my kingdom come
tell me pretty lies, look me in the face, tell me that you love me, even if its fake, cause i don't fucking care at all

SWEET DREAMS ARE MADE OF THIS
B E
U S E
WHO AM I TO DISAGREE?

Essa aula adquirida pelo play piano, clique.

Marie novamente não teria abdicado de suas roupas de sempre para ir as aulas de Max, as qual já teriam se tornado uma rotina viciante para semideusa. — Vamos terminar logo essas aulas de Taekwondo antes que eu me mate, haha. — Parecia apenas uma brincadeira naquela hora, mas a garota temia estar falando a verdade. No mesmo instante, com um sorriso alegre dominando seu rosto e uma confiança impecável, Alina teria chegado a área destinada ao treinamento. Ela, na verdade, parecia ter chegado um pouco atrasada e tomou ciência disso quando observou que a instrutora já teria começado, mas não estaria falando nada essencial que impedisse a execução completa das técnicas ali ensinadas.

Não era a primeira vez que Max daria novamente um treino sobre a arte denominada Taekwondo, pois a legado já tinha participado da primeira e sabia que poderia confiar em si mesma para conseguir aprender as técnicas mais uma vez. Para sua surpresa, no entanto, as mesmas não seriam tão simples quanto ela pensaria que fosse. A profissional estava acompanha de dois homens, que em conjunto, demonstravam ser excepcionais naquela arte. — Olá, alunos. Venho dizer que hoje teremos dois convidados, chamados de Yan e Jackson. — Tais palavras foram seguidas de reverencias dos dois citados, que se denunciavam provavelmente ansiosos para o inicio do exercício.

Eles começaram a dar as devidas e principais demonstrações exercendo os chutes que seriam abordados no enredo do evento, até que Max ordenou:

— Hora de treinarmos um pouco nas camas elásticas. Assim poderão se acostumar antes de realmente partirem para os chutes. — Com certeza a amazona filha de Júpiter tinha conhecimento do que estava falando, logo, Marie não demorou muito para obedecê-la. Pular na cama elástica não seria uma das melhores e mais gostosas sensações que a semideusa presenciara, visto que a vontade de desmaiar por conta do enjoo seria frequente. — Max! Preciso parar um pouco, não estou bem. — Ela realmente aparentava não estar muito confortável com a situação em que se encontrava.

O fato era que a jovem nunca gostou de voar muito menos de se sentir ao pleno ar, mesmo sendo apenas pelo efeito tênue do elástico com a gravidade. — Não se acanhe, querida. No inicio é assim mesmo. Mas se realmente quer conseguir fazer os chutes precisará se acostumar com isso. — A neta da noite não gostava de poder aceitar que a sua instrutora estava certa. Ela apenas desejava conseguir, mas com certeza precisaria deixar esse seu enjoo e medo de voo de lado para isso.

A garota de cabelos castanhos teve que tomar alguns goles de água provindo das garrafinhas ali designadas e sentar um pouco em um banco de apoio para que se recuperasse do breve enjoo sentido por conta do pulo. Quando voltou, um pouco desanimada mas ainda sim com esperança, se viu novamente pulando sobre as camas elásticas. O ar que antes visava ser seu inimigo agora agraciava seu rosto de forma magnífica, e o enjoo, antes um fardo, teria se transformado apenas em um costume. Sem que ela percebesse, já estava treinando e pulando muito bem e de modo inteiramente excepcional.

Mas treinar pulando em um simples elástico não seria apenas o único aquecimento, ela precisava fazer algumas piruetas. Dito isso, ela não hesitou em tentar executá-las, que por ironia, com a maior eficiência. Até então ela já poderia se considerar uma ótima aluna, por que já havia superado algumas dificuldades sem mesmo estar exercendo ainda os chutes de verdade. O suor, presente em toda sua roupa e corpo, a lembrava de tomar mais alguns goles de água antes que continuasse.

Sua breve paixão por sua mãe teria a levado a continuar e a ter foco principalmente naquele momento, pois sua genitora estava envelhecendo e como filha de uma primordial não poderia se defender para sempre, não sem a ajuda de sua filha.

Os sentimentos, além do cansaço já eminente na neta de Nyx parecia estar a levando para um beco sem saída. Mas, com toda certeza, não se deixaria abalar. — " Eu estou fazendo isso por você, mãe. Eu não quero apenas ser um fardo para você, quero te proteger! Como você me protegeu. Quero que saiba que agora que te resgatei não vou simplesmente te abandonar em nossa mansão, vou lutar pelo nosso amor e quem tentar vai ser morto lutando! " — pensou. Aqueles seriam uns pensamentos fortes e recheados de puro amor que até um mentalista poderia sentir a quilômetros dali.

Nem mesmo o clima tenso daquela aula poderia deixar de retirar algumas lágrimas do rosto da mulher, que amarrava seu cabelo num rabo de cavalo um tanto desorganizado. — Por você, mamãe. — sussurrou baixinho, se movimentando até Max pedindo com um tom grave para que ela fosse sua acompanhante daquela parte do treinamento. — Já que é o que deseja, muito bem. — A instrutora não demorou para aceitar com um semblante sorridente no rosto, pois estaria observando alguém determinado a aprender.

Ambas semideusas seguiram até o meio da área, onde Marie já tentava executar o chute aéreo sem pedir quaisquer orientações. Max, com um olhar cruzado, parecia indicar um rosto de que informava a legado de estar fazendo o golpe de modo errôneo. — Preste atenção em seus pés, jovem! Você está se preocupando demais em fazer do jeito certo sem se perguntar como, por isso, estou aqui! — dissera, posicionando a pose da neta da magia na forma adequada. — Tente agora. — afirmou a garota, de modo profissional.

Ainda sim tentando novamente, Marie estava errando de forma absurda o chute. — Não, não, não. Você tirou o pé da postura e sua pose não está de forma ereta como da primeira vez. Mantenha a pose ereta, respire, mantenha força nos pés de apoio e novamente aborde o chute. — As ordens pareciam claras e a crédula menina de cabelos castanhos parecia ter captado a mensagem. Soltando o ar dos pulmões após seguir as ordens dadas pela instrutora, ela prosseguiu novamente com o chute aéreo, no qual gerou total sucesso.

A filha de Júpiter, intrigada, demonstrou um breve sorriso em seu rosto. — Muito bem, está fazendo do jeito certo agora. Mas não conte vitória, ouviu? Temos ainda a parte final do treinamento. — assegurou, de forma a se movimentar com passos densos até uma parte da área para enfim dar as últimas instruções que denotariam a ultima parte citada. Por fim, Marie precisaria treinar seu chute com tábuas de madeira posicionadas em alturas diferentes. Ela, já habituada com o chute aéreo, pode quebrar as de altura inferiores sem muita dificuldade.

Já as superiores, nutriam dificuldade para a habilidade da jovem. No momento em que iria desistir, observou Max a olhando com um olhar de "você pode, você consegue." Isso, de alguma forma, fez com que a jovem desse um salto e quebrasse as placas que faltavam. Tal ato, seguiu de lágrimas e um grito emocionante.

— AAAA eu conseguii! — Ela parecia realmente muito feliz e pensara, com a maior crença, que sua mãe também estava.

Habilidades adquiridas:

Nome: Taekwondo I
Descrição: O taekwondo é uma arte marcial milenar da Coreia. Em coreano a palavra taekwondo possui o seguinte significado: caminho dos pés e das mãos através da mente. Após assistir a aula de combate, o aluno agora possui noções básicas e sabe melhor do que ninguém aplicar chutes referentes ao taekwondo. Ainda sabe apenas o básico do taekwondo, mas logo estará preparado para os golpes mais complexos que esta modalidade permite aprender.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +25 de dano em chutes; +30% equilíbrio, agilidade e flexibilidade.
Extra: Nenhum

Meiying Liuwei
Meiying Liuwei
Curandeiros de Asclépio
Curandeiros de Asclépio

Idade : 18
Localização : Hospital de Asclépio.

Voltar ao Topo Ir em baixo

VI Aula de Combate Corporal -//- Taekwondo II - Página 2 Empty Re: VI Aula de Combate Corporal -//- Taekwondo II

Mensagem por Noah Blackburn em Dom Ago 04, 2019 2:16 pm

Critério Avaliativo

Criatividade: 30
Ortografia: 30
Coerência: 20
Ações Realizadas: 20
Aparência: 20

Avaliação

Criatividade: 30
Ortografia: 30
Coerência: 20
Ações Realizadas: 20
Aparência: 20
Total: 120 exp

Nome: Taekwondo II
Descrição: O taekwondo é uma arte marcial milenar da Coreia. Em coreano a palavra taekwondo possui o seguinte significado: caminho dos pés e das mãos através da mente. Após assistir a aula de combate, o aluno agora possui noções básicas e sabe melhor do que ninguém aplicar chutes referentes ao taekwondo. Agora o semideus que possui essa habilidade conhece técnicas mais complexas de combate que envolvem chutes.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +35 de dano em chutes; +40% equilíbrio, agilidade e flexibilidade.
Extra: +70% de chance de sucesso em um salto e no pouso
Noah Blackburn
Noah Blackburn
Mortos
Mortos

Idade : 24
Localização : Ilha de Argos

Voltar ao Topo Ir em baixo

VI Aula de Combate Corporal -//- Taekwondo II - Página 2 Empty Re: VI Aula de Combate Corporal -//- Taekwondo II

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum