The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Noite de Fogueira

Página 1 de 9 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Noite de Fogueira

Mensagem por Afrodite em Qua Ago 13, 2014 7:57 pm








---- Noite de Fogueira  

Festinha dos semideuses!


Dois dias se passaram desde o ataque, o acampamento voltava em sua rotina normal, os chalés já estavam novamente no lugar, os filhos de Athena e Hefesto passaram os dias trabalhando para reconstruírem tudo. As proles de Demeter e Dionísio deram um jeito na floresta, fazendo novas arvores e flores crescerem no lugar.
Agora, filhos de Afrodite e Apolo organizavam uma festa na praia. Uma grande fogueira erguia-se no centro, em volta havia inúmeras tochas. Uma mesa longa se estendia sobre a areia, cheia de comidas dos mais variados tipos, filhos de Hermes tinham dado um jeito de conseguir bastantes quitutes. Proles do deus do vinho organizavam as bebidas em outra mesa menor.
Em pouco tempo tudo estava organizado, alguns campistas usavam violões para reproduzirem músicas animadas. A lua estava radiante, refletindo toda a sua beleza nas ondas. Aos poucos os semideuses chegavam e aproveitavam a comemoração.

Observação:
Abusem da criatividade e se divirtam, lindos! Wink  




Thanks Anne Silva @ OPS

avatar
Afrodite
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 506
Data de inscrição : 01/03/2014
Localização : Olimpo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noite de Fogueira

Mensagem por Demétrio Ohlweiler Bërn em Qua Ago 13, 2014 8:33 pm

Annyeong hanbon jjeumeun
nal deurobwagetji
Estava anoitecendo quando saí do chalé de Eros, hoje irá acontecer um luau para os semideuses, um festa. Acho que seria legal se fosse, afinal não conheço muita gente daqui. Vestia um moletom preto com uma calça brim com um tom sóbrio, e um tênis de risca. Não demorou muito para que chegasse até a paria, nem tantos semideuses haviam chegado até então.

A noite estava consideravelmente fria, fui até a mesa qual disponibilizaria bebida e então pedi uma, uma que pudesse aquecer. mas nada muito forte para o começo. Sentei-me um tanto próximo a fogueira, pegando um violão e comecei a tocar Wings, de Birdy. Meus dedos corriam pelas casas no braço do violão e pressionavam as cordas de aço contra a madeira, enquanto a outra ditava o ritmo, balançando as ligas de aço, reproduzindo um som tanto agradável que fazia questão com a minha voz, recitando a letra da música.
Ninguém
Lumsx




Is Like a Dark Paradise

avatar
Demétrio Ohlweiler Bërn
Filhos de Eros
Filhos de Eros

Mensagens : 74
Data de inscrição : 31/07/2014
Idade : 20
Localização : Chalé de Eros

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noite de Fogueira

Mensagem por Amber Höff Spielgeman em Qua Ago 13, 2014 10:15 pm










Improviso era uma coisa usada, na maior parte por pessoas irresponsáveis que esqueceram de algum compromisso ou apenas o deixou para a última hora. Não essa não é a definição original encontrada em um dicionário, mas é a minha definição, já que era exatamente disso que ia usar e abusar esta noite, improviso. Na verdade, na maior parte das vezes eu fazia isso, mas improvisava tão bem que até eu mesma me esquecia do fato.

Abri o o enorme guarda-roupa com uma enorme vontade de sair dali e deitar no sofá, para assistir aqueles seriados chatos que passam durante a noite na televisão, mas agora já estava tudo combinado. Ótimo. Suspirei, e fui diretamente para a parte de vestidos, sabia que encontraria alguma coisa interessante ali. Revirei, revirei, e nada, mas logo me lembrei de uma coisa.

Eu peguei uma saia lilás enterrado entre muitos dos meus moletons, e uma blusa branca solta, se arrumasse do modo certo, seria um simples simplesmente elegante. Tomei um banho rápido, e fiz uma maquiagem sem muitos detalhes. Vesti minha roupa rapidamente, já que segundo meu relógio estava atrasada. Coloquei uma sandália, e pronto, ali estava. Sem mimimis.

Caminhava calmamente em direção a praia, já estava atrasada, uns minutinhos a mais não iria fazer muito a diferença mesmo. Assim que cheguei dei mais uma olhada rápida na roupa para ter certeza de que tudo estava na mais perfeita ordem, respirei fundo e me dirigi a um canto da festa. No local não havia muitas pessoas, o jeito era esperar que os outros chegassem.







Necromante | Amber Höff Spielgeman | Love u Ollie <3
avatar
Amber Höff Spielgeman
V Coorte
V Coorte

Mensagens : 78
Data de inscrição : 29/06/2014
Idade : 17
Localização : Na minha, mas se quiser eu fico na sua... -q

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noite de Fogueira

Mensagem por Adam Köhler Bradshaw em Qua Ago 13, 2014 11:20 pm




Vamo beberaté cair.

► CHAPTER ONE


Eu havia acordado mais cedo hoje, pois da ultima vez que dormi demais acabei perdendo a maior parte da luta e isso não poderia acontecer de novo. Fiquei a maior parte do tempo dentro de meu chalé sem muito oque fazer, só as mesmas bobagens de sempre, olhando as mensagens de meu celular e pensando "Oque será que estão fazendo na minha antiga escola nesse exato momento ?" , suspirei e me levantei indo para o banheiro tomando um banho super demorado, escovei os dentes e separei as minhas roupas, as jogando na cama.

Encarei todas elas e então peguei minha camiseta branca escrita "Ramones", coloquei minhas calças jeans pretas e coloquei meus all stars saindo do chalé de Perséfone. Percebi que o pobre, Death iria ficar sozinho, então deixei um bichinho de pelúcia para que ele morde-se no lugar de minhas roupas e tênis que estavam espalhados pelo quarto, tranquei a porta do chalé e com passos largos caminhava em direção a praia, me perdia em meus pensamentos, enquanto observava que o local já havia sido quase todo arrumado. Observei a festa de longe e percebi que poucas pessoas haviam chegado ao local, mas entre elas uma me chamou  a atenção.

A decoração estava ótima, chamava bastante a atenção aquele lugar, me aproximei da mesa aonde tava as bebidas e peguei duas bebidas na mesa e com passos laros e um sorriso no rosto me aproximei da bela, moça e pronunciei: - Oiie, quer uma bebida, moça ? - dizia ele esboçando um sorriso no rosto e ficava quieto por uns instantes com um tom sereno e educado voltava a falar:- Então... sou Lucc, tenho dezessete anos e sou filho de Perséfone. Qual seu nome, idade e pai/mãe divino ? - dizia ele beliscando seu vinho, enquanto aguardava a moça se decidir se pegaria ou não a outra bebida.


TAG: Uma Rempinha de gente aí. | Music: Narcissistic Cannibal | ©



acquainted
baby you're no good cause they warned me bout your type girl, i've been ducking left and right. baby you're no good, think i fell for you. you got me puttin' time in, time in, nobody got me feeling this way. you probably think i'm lying, lying, i'm used to bitches comin' right 'way. you got me touchin' on your body, to say that we're in love is dangerous, but girl i'm so glad we're acquainted
avatar
Adam Köhler Bradshaw
V Coorte
V Coorte

Mensagens : 385
Data de inscrição : 02/05/2014
Idade : 20
Localização : P.P

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noite de Fogueira

Mensagem por Sophie-Anne Baudelaire em Qua Ago 13, 2014 11:24 pm

All my life, I've been fighting a war
It's in your blood stream
A collision of atoms that happens before your eyes
It's a marathon run
Or a mountain you scale without thinking of size
Ouviam-se gritos na casa da fazenda, gritos tão distantes que pareciam apenas fantasmas, ecos. A Mulher andava pela casa admirando a obra que fizera, ela se sentia satisfeita com o tom de vermelho que a casa assumiu, olhar para aquela arte lhe fez bem. A mulher caminhou da casa, a cozinha já lhe enjoava. Ela andou até a sala e viu aquele liquido mortal vermelho saindo do corpo de Dorothée, a mulher que um dia lhe ofendeu. Ela subiu as escadas e foi para o quarto antes pertenceu a uma menina e então quando viu lá estava um lobo, ou uma loba, que uivava para a janela pedindo vingança, mas Hera não se preocupa com a raiva de mestiços. Quando ela saiu da casa, o campo que antes era verde, agora estava vermelho. Dezenas e dezenas dos antigos servos de Dorothée gemiam e pediam misericórdia enquanto seus sangues saiam de seu corpo junto com sua vida. Aquilo trouxe grande satisfação para Hera. Aquele sofrimento era canção para os seus ouvidos enquanto ela andava pelos campos.
O lobo uiva novamente.
Quando Hera volta o olhar para a casa, ela vê que o lobo não mais estava uivando na janela. Agora ele estava lentamente indo em direção á Hera, ignorando todos os corpos, e em sua boca saia espuma de raiva. Hera faz um gesto que normalmente faria qualquer ser se curvar ou ir embora, mas o lobo não foi afetado. Então ele corre atrás de Hera e o lobo vê uma expressão de horror em Hera. O lobo se joga em cima e lhe ataca.

 Edith acorda de seu sonho com enjoo, um terrível enjoo que sempre lhe vinha quando ela sonhava na época em que ela era uma loba. Ela corre para o banheiro e então vomita, o interior de sua barriga começa a arder fortemente novamente como ocorria frequentemente desde que ela chegara naquele lugar.
Após o feito, ela voltou para a sua cama e sentou no canto dele e observando as paredes, mas com a mente na antiga França.
-Zeus, Hera. – ela sussurra os nomes para si, os nomes que ela nunca iria esquecer até então uma doce vingança.
Alguns vultos passavam pela parede apressadamente e alguns até pulavam e corriam para uma só direção. Edith imediatamente se levanta e entra em estada de alerta. Ela pega a sua capa e abre a porta para fugir.
Então ela vê vários campistas rindo em grupos, todos conversavam e iam de modo despreocupado para algum lugar. Edith decide segui-los para ver se era alguma reunião no acampamento devido ao ataque ou qualquer coisa. Ela entra em seu chalé novamente e veste algo muito mais adequado que um pijama com listras rosa. Ela toma um banho antes, escova os dentes e veste uma roupa simples como um jeans preto e uma blusa comprida acinzentada. Ela pega a sua capa para caso de algum problema e anda na direção que os outros, mas anda sozinha e ainda pensando na antiga França.

No fim era apenas uma festa na praia, pelo que Edith podia ver. A decoração era bonita e o lugar não podia ser melhor. Ver o horizonte deixava Edith calma.
Ela via as pessoas conversando e rindo e decidiu se sentar num lugar perto dali para ver se conseguia se socializar.
-sua vida vai ser feliz, se você quiser – um dia Hécate falou para ela e era isso o que ela estava tentando fazer.
Ela ficou vendo o movimento em volta de si, totalmente calada e sem se mexer muito. Era algo que ela estava acostumada, sofrer como uma dama. Era assim que ela passaria o resto do dia, muito melhor que ter os pesadelos da antiga França.
I can't talk to you or your friends





A Morte Escarlate


É por fraqueza que odiamos um inimigo e pensamos em nos vingar; é por preguiça que nos acalmamos, desistindo da vingança.
avatar
Sophie-Anne Baudelaire
Filhos de Hecate
Filhos de Hecate

Mensagens : 41
Data de inscrição : 03/08/2014
Localização : All around the world

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noite de Fogueira

Mensagem por Amber Höff Spielgeman em Qui Ago 14, 2014 2:54 pm










Ir a uma festa e não tomar nenhuma bebida é algo completamente "OP". Não há festas sem bebidas, e não há quem saia ilesos em relação a elas. Eu não gostava muito da ideia de beber. Sou sincera demais sem álcool, e com álcool ainda seria pior. Mas, recusar uma bebida em uma festa seria um erro fatal para quem quer socializar.

Lucc me ofereceu uma bebida enquanto o garoto se apresentava para mim. Eu aceitei em um sorriso e tomei um pequeno gole antes de me apresentar também . - Sou Alysson, tenho dezesseis anos e sou filha de Zeus. - eu bebi outro gole da bebida enquanto examinava o garoto com olhares disfarçados. - Como vai, Lucc? - perguntei casualmente deixando escapar um sorriso.

Minhas pernas tremeram um pouco e minhas mãos também, pensei que fosse a bebida, que mal percebi o gosto, mas foi só uma sensação desconfortável que logo passou. Não pude de deixar de pensar o quanto o garoto era bonito. Tentei tirar muitos de meus pensamentos que me vieram à cabeça em seguida e me concentrar em esperar uma possível resposta de Lucc.





Necromante | Amber Höff Spielgeman | Love u Ollie <3
avatar
Amber Höff Spielgeman
V Coorte
V Coorte

Mensagens : 78
Data de inscrição : 29/06/2014
Idade : 17
Localização : Na minha, mas se quiser eu fico na sua... -q

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noite de Fogueira

Mensagem por Adam Köhler Bradshaw em Qui Ago 14, 2014 3:38 pm




Vamos beber até cair.

► CHAPTER TWO


Ao ouvir as respostas da menina fiquei um pouco surpreso, olhei para a bebida um pouco tímido, pois ela não era uma campista qualquer. Aquela menina era filha do chefão dos deuses, aquele que todos temiam. Voltei a observa-lá e percebi um sorriso em seu rosto, ela parecia estar se divertindo com a minha situação, era um tanto embaraçoso, ela bebeu mais um pouco da bebida e então voltou a falar comigo, deixando escapar um sorriso em seu rosto.

Fiquei quieto por alguns instantes e falava:- Primeiramente, prazer em conhece-lá, Alysson. Vou indo muito bem e você ? - belisquei a bebida, a tomando lentamente. Dei um sorriso e olhei para o céu vendo as estrelas, estavam lindas como sempre e eu ali naquela praia junto a uma companhia um tanto inesperada. Quem imaginaria que estaria dando em cima da filha de Zeus ? Muitos poderiam me chamar de louco, mas oque de piro iria acontecer ? Naquele momento os meus pensamentos estavam embolados, preferia continuar a conversar com a menina e tentar se dar bem na noite, dei um sorriso voltando ao normal e dizia: - Então... estou conversando com uma das filhas dos três grandes, acho que deveria me sentir honrado não ? - Dei um sorriso, estava tentando não parecer chato diante a menina e voltei a tomar a minha bebida, enquanto falava: - Você é bem bonita, principalmente seus olhos, são muito lindos. - Disse aquilo num tom sereno e amigável, meu rosto corou um pouco e olhei para a baixo elevando o copo aos lábios, beliscando a bebida e apreciando o gosto do vinho.
TAG: Alysson e me. | Music: Until It's Gone | ©



acquainted
baby you're no good cause they warned me bout your type girl, i've been ducking left and right. baby you're no good, think i fell for you. you got me puttin' time in, time in, nobody got me feeling this way. you probably think i'm lying, lying, i'm used to bitches comin' right 'way. you got me touchin' on your body, to say that we're in love is dangerous, but girl i'm so glad we're acquainted
avatar
Adam Köhler Bradshaw
V Coorte
V Coorte

Mensagens : 385
Data de inscrição : 02/05/2014
Idade : 20
Localização : P.P

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noite de Fogueira

Mensagem por Annabeth Chase em Qui Ago 14, 2014 5:58 pm


Fogueira
Depois do ataque ao acampamento o trabalho para a filha de Athena fora árduo, passara dois dias reprojetando o acampamento da melhor forma possível, juntamente a seus irmãos e as proles de Hefesto, que fizeram a maior parte do trabalho braçal, o que com toda certeza não era fácil, deveriam estar tão cansados quanto ela.
A garota se encontrava em um estado deplorável, se sentia exausta, não dormira direito, e olheiras cobriam seus olhos agora, ainda assim pôs-se a arrumar para a festa na fogueira, deveria relaxar um pouco, agora que estava tudo feito, porém queria era ir direto pra cama, dormir nem que fosse uma hora, ainda  assim não podia, prometera a Clarisse que iria ao Lual na praia lhe fazer companhia.
Vestiu-se apressadamente, shorts jeans e camiseta branca, penteou os cabelos longos, e vestiu apenas rasteirinhas nos pés, assim ficaria mais fácil e confortável e então caminhou em direção a praia.
Alguns semideuses já estavam espalhados pelo local, se divertindo, conversando, e bebendo, pareciam tão mais animados que ela, suspirou, pegou um drink e sentou-se num tronco de arvore perto a fogueira, olhando as chamas queimarem.

A arma dos fracos é criticar os fortes. A arma dos fortes, é ignorar os fracos.
Thanks Maddoll @ TPO


ANNABETH CHASE  ღ
avatar
Annabeth Chase
Filhos de Athena
Filhos de Athena

Mensagens : 247
Data de inscrição : 13/06/2013
Idade : 19
Localização : Camp Half Blood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noite de Fogueira

Mensagem por Thalia Grace em Qui Ago 14, 2014 6:02 pm


Você tem que deixar o passado para trás. .

O que importa é o que você escolhe ser a partir de agora ღ.
Lual da Praia

Thalia estava matando a saudade de casa de uma forma meio complicada, chegara ao acampamento a menos de uma semana, e nesses poucos dias, tivera apenas poucas horas para falar com as amigas, que sentia tanta falta. O acampamento fora atacado, passara dois dias lutando para conter a fúria dos montros, e agora iriam comemorar a moda antiga, com a noite de fogueira na praia, a tanto tempo que ela não fazia isso, talvez fosse bom para  a garota se divertir um pouco.
Vestiu-se com shorts preto, e camiseta preta, e pra completar o visual colocou seus all star nos pés, e  logo estava pronta, seus cabelos manteria no estilo repicado e rebelde de sempre, não precisava mudar isso em si mesma.
Caminhou pela trilha da floresta e não demorou muito a chegar ao local, onde já ocorria a festa, os campistas já distribuídos por ali animadamente, avistou ao longe a melhor amiga, Annie estava com uma cara péssima, deveria estar cansada, não parara direito nos dois últimos dias, sempre se dedicando em melhorias e projetos, era tão ela.
Encaminhou-se a filha de Athena com um sorriso e beijou-lhe a  face de modo terno.
-Muito trabalho sabidinha? Serio mesmo Annie, deveria descansar, está péssima- disse a filha de Zeus a olhando seriamente.
.
Thanks Geovanna Mambiet @ TPO


Thalia grace
I don't give a damn 'bout my bad reputation.
avatar
Thalia Grace
Caçadoras de Artemis
Caçadoras de Artemis

Mensagens : 37
Data de inscrição : 08/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noite de Fogueira

Mensagem por Catherine L. Von Price em Qui Ago 14, 2014 7:01 pm


Coragem é quando você sabe que não vai dar certo, e mesmo assim tenta.

E a festa rolava solta na praia, a musica estava alta, e mesmo eu caminhando pela praia, já podia ouvi-la ao longe, eu queria ir, estava animada, ainda assim não conhecia ninguém por ali ainda, como interagir com pessoas que você nem conhece? Não é tão fácil chegar em alguém e simplesmente virar amiga dela do nada, pelo menos pra mim não era.
A praia estava lotada, notei logo de inicio, o pessoal do acampamento parecia mais animado agora, depois de toda a correria que acontecera, a noite estava linda, a decoração impecável, e a música divina, eu realmente amava musica. Peguei uma taça com salada de frutas e me sentei em uma das almofadas observando a festa que rolava solta, já que não conhecia ninguém iria permanecer na minha.

Thanks: Alice R. @ TPO & WE


* CATHERINE LOUISE *
A liberdade não é um presente; é um direito nato



avatar
Catherine L. Von Price
Filhos de Demeter
Filhos de Demeter

Mensagens : 177
Data de inscrição : 30/07/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noite de Fogueira

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 9 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum