The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Floresta

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Ir em baixo

Floresta - Página 5 Empty Re: Floresta

Mensagem por Maxwell Wittelsbach em Sab Dez 22, 2018 10:58 pm

montarias em fuga
sobre crianças levadas e morangos
Os morangos tinham um gosto especialmente azedo em sua boca, cujo paladar não estava habituado ao sabor excêntrico da fruta. Ao fim, contudo, ele conseguia sentir um adocicado tênue, quase inexistente. Não deixou de comparar aquilo com a sua atual força de vontade, enquanto caminhava a passos largos para a coorte. Havia passado por uma tenebrosa manhã de treinos, árdua para alguém que outrora costumava participar de aulas durante todas as horas de seu dia; a verdade era que Maxwell tornara-se relaxado ao chegar ao Acampamento Júpiter, sem as mãos de ferro dos organizadores do antigo projeto no qual estava incluso desde o dia que fora levado da Coreia até Dresden, na Alemanha. Repugnando-se por deixar que a preguiça tomasse conta de seu cérebro, o filho de Plutão entregara-se às ações combativas até a exaustão, de modo que apenas saíra dos Campos de Marte por ter sido expulso pelo centurião de sua coorte.

Seguia em direção às casas de banho, pronto para tirar de seu corpo toda a quentura que as descargas constantes de adrenalina haviam causado, e todo o suor que o combate lhe havia infligido. Contudo, ao findar a última das frutinhas que carregava nas mãos — as consumia apenas para recuperar parte de sua energia, mas acabara gostado especialmente do azedume característico, e também do cheiro —, ouviu barulhos de cascos batendo com selvageria no chão, de forma que, ao virar-se, deparou-se com a manada de equinos correndo em frenesi em sua direção. Os olhos rápidos do coreano contaram pelo menos sete, desembestados por conta de algum fator que Maxwell não conseguia identificar naquele momento.

Teve tempo apenas de jogar-se em saltos para o lado, no intuito de não ser pisoteado pelo bando que passou por si com agressividade. Relinchavam como se estivessem com medo de alguma coisa, mas, em uma nova avaliação do perímetro, Maxwell não conseguia realmente encontrar motivos para aqueles cavalos estarem tão agitados. Imaginou, porém, que estariam fugindo dos estábulos, e por conta disso — preferindo não ir atrás dos animais por saber perfeitamente que sua aura funesta os assustaria mais ainda, impossibilitando que agisse de forma a acalmá-los —, o filho de Plutão resolveu dirigir-se à origem do problema para que pudesse resolver. Obviamente, não era do seu feitio preocupar-se com coisas além das que lhe convinham — ele não estava de fato preocupado, no entanto. O Wittelsbach sabia que poderia ganhar honrarias caso prestasse serviços ao acampamento, bem como gratificações em dracmas e bonificações em missões — os pretores tornavam-se extremamente benevolentes com aqueles que ajudavam ao máximo o lugar onde moravam. Por este motivo, e apenas por ele, Maxwell desviou-se do caminho que outrora tomava para retornar aos estábulos, próximos à floresta.

Notou logo de cara, ao aproximar-se, que algumas cobras de brinquedo estavam dispostas sobre o gramado, como se tivessem sido jogadas de qualquer jeito. Caminhou até o local, olhando com indiferença para a brincadeira de mal gosto que provavelmente haviam feito; contudo, sua mente trabalhava de forma silenciosa e astuta, e seus olhos deixaram as carcaças de plástico colorido para esquadrinhar o perímetro de circundava as imediações dos estábulos. Não viu quaisquer movimentações suspeitas, nem ouviu barulho algum que se diferisse dos naturais cantos de pássaros e dos outros timbres da natureza. Contudo, dando uma atenção maior, conseguiu, porventura, diferenciar um barulho disforme do farfalhar de folhas — algo que parecia mais com risadas abafadas.  

Revirando os olhos para o que provavelmente seria uma travessura de crianças, Maxwell cerrou os punhos e dirigiu-se a passos suaves e inaudíveis para o interior dos estábulos. Sua ideia original era dar uma surra nos moleques assim que os encontrasse, pois tinha em mente toda a criação que tivera na mansão dos Wittelsbach, em Dresden, e por lá os responsáveis por sua educação eram demasiadamente mais rígidos com as diabruras. As cicatrizes em suas costas eram uma herança que avivavam as memórias do legado de Éris. Ao adentrar o âmbito, contudo, ele repensou: não deveria tratar daquela forma simples crianças. Não porque estava sendo misericordioso, mas porque aquilo poderia acarretar em consequências para si. E se havia uma coisa que Max sabia fazer era se importar apenas com o próprio rabo.

Deparou-se, então, com dois garotos encolhidos em uma das baias, sentados sobre pacotes de feno limpo. Maxwell os interceptou com um olhar frio e insensível, causando um arfar de susto em ambos. Eles não aparentavam ter mais de dez anos, sendo, então, apenas dois molequinhos inconsequentes. Suas risadas pararam assim que os dois pares de olhos pousaram sobre a figura altiva do filho de Plutão, circundado por sua aura mortuária.  

Foram vocês que assustaram os cavalos? — seu tom grave foi a única coisa que reverberou no ambiente.  

Os dois ficaram calados. Os rostos expressavam as feições de quem havia acabado de ser pego cometendo o pior dos crimes.  

Eu fiz uma pergunta — Maxwell voltou a falar, a voz tão mansa que poderia explodir a qualquer minuto.

É-é-é-é q-que...

Não... N-não queríamos...

Maxwell, então, puxou-os de seus lugares pelas orelhas, as duas crianças reclamando com a dor no local. O filho de Plutão guiou-os até a saída dos estábulos, largando-os somente quando eles estavam de pé às portas de madeira.  

Escutem bem pois só irei falar uma vez — Wittelsbach começou, reunindo toda o seu tom passivo-agressivo naquelas falas. Fitava ambos nos olhos, as irises tão negras que podiam trespassar as almas existentes nos diminutos corpos. — Vocês vão atrás de todos aqueles cavalos, e eu os quero muito bem presos em cada baia e com comida e água trocadas — disse, inclinando-se a cada palavra para aproximar-se dos rostos dos dois garotos. Em contrapartida, os meninos se encolhiam pelo medo que o filho de Plutão exalava. — Ou então quem vão ficar presos ali serão os dois senhores — as últimas palavras foram sussurradas de forma tão ameaçadora que as crianças gemeram. — Fui claro?  

Os meninos assentiram com voracidade, e, sem perder mais tempo, correram em direção à floresta, para a qual os equinos haviam fugido. Maxwell observou-os até que desaparecessem, e até mesmo ponderou se deveria esperá-los ali. Contudo, chegou à conclusão de que não valia a pena continuar fedendo a suor enquanto o trabalho seria feito através da imposição de medo. Dirigiu-se, então, às casas de banho.  

Quando tornou a passar por ali, contudo, todos os sete cavalos que haviam fugido estavam de volta às baias, muito bem acomodados e somente voltaram a relinchar quando a prole do rei do submundo adentrou o local, pois assustaram-se com a sua presença carregada de morte. Sorrindo cinicamente de canto, Maxwell dirigiu-se à sua coorte, pronto para reportar seu trabalho para o centurião e, quem sabe, receber alguns mimos.

MISSÃO:

Montarias em Fuga! -> Graças a uma travessura de um grupo de semideuses, os portões dos estábulos foram abertos e os animais fugiram assustados! Você tem duas opções aqui: levar de volta o máximo possível de mascotes dos semideuses para os estábulos (no mínimo 2); ou descobrir os responsáveis por essa bagunça! Locais de Postagem: Floresta ou estábulos. Recompensa: 100-150 XP, 150 dracmas.
OBSERVAÇÃO:

Eu não encontrei um local chamado "Estábulos" no acampamento Júpiter, portanto resolvi postar aqui por parecer um local mais apropriado, como recomenda na própria descrição da missão. Grato desde já.
floresta • missão fixa • alone


monster
Maxwell Wittelsbach
Maxwell Wittelsbach
V Coorte
V Coorte

Idade : 25
Localização : [20:29:13] Genevra E. Diarmaid : A PADARIA FOI AÇALTADA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Floresta - Página 5 Empty Re: Floresta

Mensagem por Afrodite em Dom Dez 23, 2018 3:48 pm


Maxwell

Método de Avaliação:
Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão: 150 XP

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%

RECOMPENSAS: 150 XP e dracmas
Comentários:
Maxwell,

Sua escrita e o seu personagem muito me agradam. Prossiga assim, espero que se desenvolva cada vez mais no Júpiter.

Aurevóir!


Att pelo dr



Aphrodite
Love's Goddess
heartbreaker
Afrodite
Afrodite
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Localização : Olimpo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Floresta - Página 5 Empty Re: Floresta

Mensagem por Maxwell Wittelsbach em Qui Fev 28, 2019 3:15 am

Não que fosse adepto do exibicionismo, mas por vezes Maxwell simplesmente gostava de encontrar-se completamente nu, do jeitinho que veio ao mundo. Não era fácil, entretanto, manter aqueles rituais simplistas em pleno Acampamento Júpiter devido à quantidade de pessoas que lá residiam. Por isso, sempre que via-se sozinho, em oportunidades de ouro como aquela, o filho de Plutão retirava todas as suas roupas. Naquele momento, ele despiu-se dos jeans de lavagem clara e da camisa social que usava, deixando as peças dobradas sobre o tronco de uma árvore caída. Daquele jeito, com o bilau balançando e a bunda brilhando no sol, ao melhor estilo Edward Cullen, Maxwell passou a correr pela floresta feito uma gazela livre. Depois de mais ou menos dez minutos, o homem vestiu-se e saiu dali.


monster
Maxwell Wittelsbach
Maxwell Wittelsbach
V Coorte
V Coorte

Idade : 25
Localização : [20:29:13] Genevra E. Diarmaid : A PADARIA FOI AÇALTADA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Floresta - Página 5 Empty Re: Floresta

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum