The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[O efeito de Sun Hee] Missões Fixas Georgia Blanchard

Ir em baixo

[O efeito de Sun Hee] Missões Fixas Georgia Blanchard

Mensagem por Georgia Blanchard em Sex Maio 04, 2018 2:04 am


ready set let's go

Aqui vão ser registradas as missões fixas de Georgia Blanchard, seguindo sua trama pessoal juntamente ao evento. No momento do ataque, a celestial de Éter estava no CHB concluindo atividades rotineiras.




There caught up inside, both happy and lonely, keep telling me lies, they're killing me slowly
avatar
Georgia Blanchard
Celestiais de Èter
Celestiais de Èter

Mensagens : 181
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [O efeito de Sun Hee] Missões Fixas Georgia Blanchard

Mensagem por Georgia Blanchard em Sex Maio 04, 2018 5:11 am

sing you a lullaby where you die at the end
A noite começava a cair graciosamente sobre Acampamento Meio-Sangue e tudo não poderia estar mais em paz. Os instrutores que trabalharam no turno da tarde encerravam suas aulas, campistas se dirigiam aos seus respectivos chalés para cuidar da vida enquanto outros tomavam rumo para jantar. Mas havia um som seco e constante de madeira sendo perfurada às margens da floresta, onde as sombras já haviam dominado parcialmente tudo e o único ponto de luz visto era uma faca constituída do próprio elemento que era arremessada contra o tronco de um carvalho, desaparecia e reaparecia nas mãos de sua conjuradora.

Georgia havia seguido sua rotina sem muitas surpresas naquele dia: Tinha acordado junto com os irmãos, tomou café, frequentou as aulas que julgou úteis, ajudou onde era necessária e agora havia se isolado um pouco para lidar com seus pensamentos. Julgava ter socializado demais durante aquele dia e só queria um tempo a sós consigo mesma antes de se juntar ao resto do acampamento no refeitório e encerrar o dia com um belíssimo prato de macarrão.

A cálida brisa de verão soprava os fios loiros da jovem para trás e trazia consigo cheiro de morangos e água do mar. Ao longe ainda podia ouvir as risadas e meias conversas dos outros campistas. Aquele foi um dos raros momentos que Blanchard pôde baixar a guarda e se permitir dar um sorriso. Sentia o coração em paz pela primeira vez em muito tempo.

–  Geo? – Uma voz feminina interrompeu seus pensamentos e ela virou o rosto para ver quem era, deparando-se com uma menina asiática estatura mediana, cabelos num tom castanho escuro e seu rosto seria angelical se não estivesse vermelho e inchado, como se ela tivesse chorado. Georgia parou de brincar com sua faquinha e virou o corpo completamente para a jovem, dando-lhe a atenção devida.

O que houve, Junko? – Perguntou com a testa franzida. Não conseguia imaginar quem teria feito mal a tão gentil filha de Hécate.

Aconteceu algo horrível. – Sua resposta veio em uma voz tremida, ela estava prestes a romper em lágrimas novamente e aquilo só fez com que a raiva de Blanchard aumentasse. Estava pronta para usar seus artifícios de garota louca para aterrorizar o responsável. Ela não gostava muito de contato físico, mas cortou a distancia que a separava de Junko e de forma muito desajeitada acariciou o topo da cabeça dela. Aquilo não pareceu ajudar tanto pois a menina caiu em prantos e abraçou Georgia com força, fazendo a musculatura da loira enrijecer instantaneamente.

Calminha. – Disse dando tapinhas constrangidos nas costas dela. Ficou agradecida por estar afastada do resto do acampamento, pois sua expressão facial não deveria estar muito boa. Junko a segurou pelos ombros com uma certa força enquanto tentava buscar o ar novamente. – Isso, respira. – Incentivou. Quem iria acabar chorando era Georgia, pois todo aquele contato físico e emoções desnecessárias estavam lhe dando um pouco de pânico.

A pretora do Júpiter morreu. – Disse em meio a soluços e com um olhar de desespero estampado no rosto. Georgia sentiu seu coração pular uma batida. Sun Hee havia morrido? Não era próxima da filha de íris, na verdade sequer a conhecia pessoalmente, mas aquilo não diminuía o golpe. – Houve um ataque, algo... Eu não sei! – Ela gritou e a loira teve que segura-la para que seus joelhos não cedessem. – Ela morreu salvando uns outros semideuses e agora o Júpiter estar sob ataque.

Aquela foi a vez de Georgia de se segurar. As defesas impenetráveis do acampamento romano haviam caído? Aquilo tinha o dedo podre de Nyx, mas como a deusa havia sido capaz de tal feito? Até o momento os acampamentos eram locais seguros para os semideuses viverem, principalmente Nova Roma e só em pensar na cidade que abrigava inúmeros legionários e suas famílias sendo destruída por demônios fez a celestial estremecer. Mas não podia se dar ao direito de permanecer em choque, como parte da guarda de elite de Éter, era seu dever ajudar a defender o acampamento.

Como está a situação? – Perguntou aprumando a postura, mas Junko chorava tanto que precisou de um sacode um tanto violento para poder voltar a si.

Oh, é péssima. – Disse em um tom trágico. – A criatura que apareceu... Nunca vi algo assim antes, são coisas gigantes e destrutivas. Todos estão tentando lidar com aquilo, mas precisam de reforço urgente, se não... – Ela soluçou. Não precisava terminar a frase para que a filha de Morfeu entendesse o que queria dizer. Suas palmas começaram a suar frio e o coração parecia ter inchado até duas vezes seu tamanho natural.

Como posso ser útil? –Indagou séria e Junko afastou-se alguns passos e puxou uma pulseira que estava presa em seu pulso direito. O assessório era comum á primeira vista, mas Georgia logo percebeu que não era, pois em meros segundos um portal abriu-se ao lado das duas. A loira encarou a filha de Hécate fixamente e procurou gravar bem seu rosto lavado de lágrimas. Usaria aquilo como combustível para seu ódio. – Eu volto. – Prometeu. Ambas sabiam que não havia garantia alguma para aquilo, mas Junko mesmo assim assentiu.

Ao passar pelo portal, Georgia sentiu como se tivesse sido sugada por um turbilhão de cores e sons que lhe causaram um pouco de vertigem mas não teve muito tempo para “aproveitar”, pois logo seus pés pousaram de forma abrupta no chão e ela quase caiu.

Ao abrir os olhos foi difícil não entrar em choque com a cena. Aparentemente havia sido transportada para o que seria a via principal de Nova Roma, mas aquilo estava mais parecido com uma cena de ataque terrorista. Construções desabavam, semideuses corriam desesperados, uns tentando ajudar, outros tentando fugir e Blanchard logo descobriu de quem.

No começo da rua um pesadelo havia tomado vida. A criatura era colossal, sua pele era viscosa e gosmenta fazia com que parecesse que estava virada pelo avesso. Tinha duas cabeças com rostos sofridos e demoníacos, sem definição certa, assas enormes que mais pareciam estar em decomposição e seus membros ossudos se ramificavam em mãos horrorosas. Em seu tronco haviam coisas que lembravam horrivelmente restos mortais se projetando para frente.

Georgia parecia ter temporariamente perdido a habilidade de respirar. Suas mãos tremiam e o terror havia possuído seu corpo.

“Vamos sair daqui.” Gritou uma voz alarmada em sua mente, Georgia reconheceu como a garotinha fruto de sua esquizofrenia que falara consigo em Vegas, mas seu tom esnobe dera lugar ao desespero.

“Saia agora, sua energúmena.” Disse outra voz arrogante, também foi prontamente reconhecida como a senhora com aparência de estrela de Hollywood. Igual a primeira, ela tinha uma nota de pânico e Georgia queria obedecer. Suas entranhas pareciam ter congelado e sido moídas, todos os seus instintos gritavam “corra!”, mas suas pernas não se moveram. Sem motivo aparente, o rosto de um filho de Marte que havia conhecido por acaso em fevereiro brotara sem sua mente e ela não pôde deixar de se perguntar se ele estava bem. Provavelmente sim, Jayce era malandrão demais e mesmo com poucos meses de treino a loira gostava de pensar que ele havia arrumado uma forma de se esconder. "Espero que aquele babaca esteja seguro”, pensou consigo mesma mas seu coração parecia ter alguma informação privilegiada pois apertou ainda mais.

Alguém passou esbarrando em seu ombro com força, despertando-a daquele estado de choque. Eram dois semideuses vestidos de branco, carregando um terceiro desacordado e totalmente encharcado de sangue. Suas feições jovens indicavam que não possuía mais de 14 anos. Georgia se enfureceu. Já havia presenciado a morte de um semideus pelas mãos de Nyx uma vez, naquela época era fraca e impotente. Hoje era uma abençoada de Éter, dons haviam sido concedidos para que lutasse em nome do mesmo e defendesse a humanidade.

E é exatamente isso que vou fazer. – Murmurou levando a destra até o bolso da calça e sacando um chaveiro que em meio segundo tomou sua verdadeira forma: Acheron, a espada de bronze celestial dos seguidores de Éter.

“Você vai acabar matando a gente”, disse a voz da garotinha e Georgia apertou a guarda da espada com força, iniciando sua caminhada em seguida. Não podia discordar, as chances de acabar morta eram grandes, mas se as parcas decidissem que aquele era seu fim, então seria um fim glorioso.

OBSERVAÇÕES GERAIS:


Não sei se é necessário, mas segue todo o armamento levado com Georgia para o Júpiter:

Light Bow [Uma arma extremamente peculiar, um arco do tipo composto com runas escritas por toda a sua extensão em um relevo sutil. Seu material é feito de uma mistura entre madeira escura e fios de ouro imperial, conferindo uma resistência maior e uma beleza singular. O arco pode transformar-se em um colar de corrente de ouro, com um pingente em forma de pena | Efeito 1: transforma-se em um acessório; Efeito 2: Graças as runas mágicas desenhadas no arco, flechas extracorpóreas se formam assim que o semideus puxa o cordão da arma. Apenas uma flecha é formada por vez, feita de pura luz e magia, provocam um dano pequeno de queimadura. | Madeira e ouro imperial | Espaço para uma gema | Beta, Cada flecha tem dano máximo de 35 | Status 100%, sem danos. | Mágico | Comprado no Pandevie Magie] (Dracma falso no bolso da calça)

• Acheron [Uma espada de 70cm bastante peculiar. A lâmina possui dois cortes, ou seja, possui dois gumes afiados. O metal predominante é o Bronze Celestial, cravado em seu corpo metálico está palavras em enoque – língua dos celestiais – que confere a arma uma benção-maldição. A guarda mão da espada é um dos pontos mais belos, pois possui o formato de asas. Sua empunhadura é feita de madeira reforçada e com ondulações suaves que melhoram a forma de segurá-la. | A espada pode se transformar em um chaveiro com um pingente de sua miniatura. Ela sempre retorna ao celestial depois de perdida, em sua forma de acessório; e, ao ser empunhada por um ser não celestial, a espada se torna extremamente pesada, ao ponto de nem mesmo os dotados com força apurada podem levantá-la. | Bronze Celestial. | Não possui espaço para gemas. | Resistência beta. | 100%, sem danos. | Nível 3. | Lendária. | Presente de Reclamação do grupo Celestiais de Éter.]

Faca Elemental (Ar) [Feita de bronze celestial, possui a aparência de uma faca de caça. É um item encantado pelo elemento ar, tendo em sua lâmina os escritos das runas: Perdhro, Ehwaz e Gebo | Efeitos: A faca é envolvida por uma camada de vento que a deixa praticamente invisível aos outros, os mais atentos poderão notar as correntes de ar que protegem a fisionomia da faca. Não há bônus de dano ou aumento de resistência do material, o encanto é estritamente visual e estratégico. Apenas seu portador pode ver o contorno da arma dentro das correntes de ar. | Bronze Celestial | Espaço para uma gemas | Beta | Status 100%, sem danos | Mágico | Encantado por Evie, comprado no Pandevie Magie] (presa na coxa direita, ao alcance da mão)

• Pulseira de perícia  Avançada [Pulseira de couro que se ajusta perfeitamente ao pulso do usuário, possui amarras de cordinhas na parte de baixo, então é fácil de equipar-se com ele, se for cortado, ou destruído, perde totalmente o efeito, ou seja, é preciso estar em uso, no pulso, para que o efeito continue a ser efetivo para o semideus, do contrário, ele perde o bônus da perícia completamente, só funciona através da pulseira | Aumenta a perícia de uma arma de sua escolha em +50%, provocando um dano de +30% (ESPADA) | Couro | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos | Mágico |  Loja especial do dia dos namorados] (equipada no braço direito)


• Pulseira de perícia  Avançada [Pulseira de couro que se ajusta perfeitamente ao pulso do usuário, possui amarras de cordinhas na parte de baixo, então é fácil de equipar-se com ele, se for cortado, ou destruído, perde totalmente o efeito, ou seja, é preciso estar em uso, no pulso, para que o efeito continue a ser efetivo para o semideus, do contrário, ele perde o bônus da perícia completamente, só funciona através da pulseira | Aumenta a perícia de uma arma de sua escolha em +50%, provocando um dano de +30% (ADAGA) | Couro | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos | Mágico |  Loja especial do dia dos namorados] (equipada no braço direito)

• Repulso – [Um relógio de pulso cheio de detalhes e escritos em runa, que brilham quando seu poder é ativado | Quando uma magia é lançada contra o portador desse relógio, esse se ativa automaticamente, cria um escudo invisível ao redor do portador (aquele que estiver usando) e rebate a magia contra quem a lançou. O efeito, no entanto, só dura dois turnos, depois o relógio entra em espera por outros dois turnos inteiros. | Raro | Alfa | 100% sem danos | Épico |   Festival das estações. ] (Equipada no pulso esquerdo)


• Manto dos Pesadelos: um tipo de rede com uma área de 8 metros armazenada dentro de uma pequena bola. Quando arremessada, essa bola se abre e libera o manto. Tudo o que ficar abaixo do manto caíra em um profundo sono e terá pesadelos terríveis. O efeito só acaba quando a vítima fica livre do manto. (Bolso traseiro)


• Dark Ring [Um anel escuro como a noite, com pequenos escritos em ouro brilhante – runas – e frases de incentivo | Efeitos: o anel aumenta a força do semideus em 25% durante três turnos. O tempo de ativação da runa selada com a marca de força extra, runa de resistência, mais marca de força do cajado de Pandora | Material: metal escuro | Espaço para uma pedra | Gama | Status: 100%, sem danos | Mágico | Encantado por Pandora, comprado no Pandevie Magie] (Anelar direito)

Poderes e Habilidades:


Nível 18
Nome do poder: Construto de Luz II
Descrição: A construção de itens através de luz tornar-se ainda mais eficaz. Ainda mais real e complexa, o semideus consegue construir através da luz itens de tamanho mediano com perfeição em detalhe e realismo. Agora é possível também mexer com a densidade desses itens, podendo torná-los macios para amortecer impactos ou quedas, ou ainda mais duros e resistentes para provocar mais danos. Por isso, os construtos agora adquirem a resistência Beta. Duração de 3 turnos.
Gasto de MP: 40 MP por construto criado.
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: 30% de dano a mais em criaturas das trevas/submundo.
Dano base: 40
Extra: É possível criar armas medianas, como espadas, lanças, escudos e até mesmo uma armadura semi-completa. Chicotes, cordas e correntes passam a atingir até 7m de cumprimento. Também é possível dar formas abstratas um caráter mais material, como punhos gigantes atingindo alguém.

(obs: Este poder não foi usado em luta como pôde ser observado, apenas  no início da postagem como "passa-tempo". Só pra deixar tudo bem claro q

obs 2: Junko usou uma pulseira disponível na loja Tea Drop, segue a descrição, caso a ação seja inválida porque o item foi usado por um NPC, favor desconsiderar. Eu não tive muita informação sobre isso.

• Amuleto de portal [Uma pulseira feita de bronze sagrado e pedras pequenas água marinha em formato circular irregular. A pulseira possui várias pedras água marinhas ao seu entorno, a do meio possui uma runa de mudança que auxilia o semideus a abrir um portal por tempo o suficiente para que a sua passagem e mudança de ambiente se realize com sucesso, podendo levar consigo até duas pessoas. | Efeito 1: Abre um portal para qualquer lugar que o semideus deseja ir, por dois turnos, dando tempo para levar consigo até duas pessoas. | Efeito 2: Caso o semideus perca a pulseira, após um turno ela retorna para o mesmo. | Efeitos duram dois turnos. | Gasto de MP: 50 MP por uso. | Após uma ativação deverá esperar quatro turnos para poder ser ativado novamente. | Água marinha e Bronze Sagrado | Resistência Gama | Mágico | Comprado no Tea Drop])

Missão Realizada:

NOVA ROMA PEDE SOCORRO: Você não estava em Nova Roma no momento do ataque! Mas de alguma forma ficou sabendo do ocorrido e agora precisa chegar o quanto antes para ajudar os romanos. Todos que não vivem em Nova Roma ou no acampamento Júpiter devem postar nessa missão, ela está aberta a todos, mas aqueles que postarem essa fixa não poderão participar das duas primeiras rodadas dos MvPs.
Recompensa Máxima: 500px e 500 dracmas.


Notes: x  Tagged: w/Junko Wearing: Jeans, camiseta do CHB, coturno marrom.
THANK YOU WEIRD BY LOTUS GRAPHICS EDITION!



There caught up inside, both happy and lonely, keep telling me lies, they're killing me slowly
avatar
Georgia Blanchard
Celestiais de Èter
Celestiais de Èter

Mensagens : 181
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [O efeito de Sun Hee] Missões Fixas Georgia Blanchard

Mensagem por Febo em Sex Maio 04, 2018 8:49 pm


Georgia Blanchard!

Recompensa máxima da missão: 500 xp + 500 dracmas

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 18%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%

Recompensas finais: 490 xp + 490 dracmas

Comentário:
Me agradou a forma como você desenvolveu essa primeira missão, Georgia. Simples e direta. Só quero te dar um toque: revise com mais atenção o seu texto para evitar a ausência de pontuação ou conjunção e corrigir alguns errinhos de digitação. No mais, parabéns!

Atualizado pelo iluminado do Olimpo
avatar
Febo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 275

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [O efeito de Sun Hee] Missões Fixas Georgia Blanchard

Mensagem por Georgia Blanchard em Dom Maio 06, 2018 12:08 am

sing you a lullaby where you die at the end
Tentar se locomover por uma Via Principalis mergulhada no mais profundo caos não era nenhum piquenique. Georgia sentia-se completamente perdida, mal conseguia distinguir as vozes que clamavam por ajuda das que ordenavam um ataque e para aumentar ainda mais a confusão, o monstro urrava e destruía as construções romanas como se fossem castelinhos de lego. Mas algo por ali lhe chamou atenção: O choro alto e agudo de uma criança. Como se um comando invisível tivesse sido programado, Blanchad correu pela rua, esquivando-se de semideuses e projéteis errantes em busca do pequeno em perigo, mas todo aquela confusão não lhe ajudou em nada. Desejou ter um megafone para gritar “SILÊNCIO” e fazer com que todos calassem a boca, mas obviamente semideus é para se foder mesmo.

Piscou os olhos algumas vezes como se quisesse ajustar o foco da visão e logo a mesma mudou completamente, permitindo que Georgia pudesse enxergar tons avermelhados em todos os seres vivos á sua frente, indicando a presença de calor assim como a vida presente naqueles corpos. Também podia enxergar através das paredes e escombros ao seu redor. Via muitas manchas vermelhas movendo-se com rapidez de heróis em ação, outras azuladas ao chão indicando que aquele corpo não estava mais vivo, porém nada disso era o que procurava. Sua preocupação só crescia com o passar dos minutos, mas graças aos deuses ela conseguiu localizar seu alvo.

Preso nos destroços de uma construção parcialmente destruída, uma mancha vermelha se movia desesperadamente atrás de uma parede. Agradecendo a Éter pelo dom concedido, Blanchard correu e adentou o local através de um buraco irregular do que antes seria uma sala, ou um quarto. Estava tudo tão destruído eu a tarefa de definir a arquitetura romana ficava complicada.

Havia uma grossa nuvem de poeira no ar que causava enorme desconforto no nariz e olhos da jovem, mas nada que comprometesse sua visão privilegiada. Guiada pelo som do choro, subiu as escadas com cuidado e logo viu o garotinho encolhido num canto, chorando desesperado.

Alô – Disse com sua melhor voz camuflada de calma. O menino afastou as mãos gorduchas do rosto e espiou a celestial. Com certeza pensou que fosse um inimigo se aproximando, pois ergueu-se num salto com uma faquinha de ouro na mão tremula.

Cai fora, malvadona. Eu te corto! – Ameaçou claramente amedrontado e Georgia teria rido se a situação fosse menos desesperadora, mas no momento seguinte um estrondo soou fazendo toda a estrutura comprometida estremecer. O menininho levou as mãos até a cabeça e se encolheu, como se aquele gesto pudesse protege-lo, o que causou um aperto no coração da maior.

Eu vim te ajudar. – Disse se aproximando de forma cautelosa a cada palavra, mas recebeu um olhar desconfiado. – Vai ficar tudo bem, hm? Eu sou a Georgia. – Prosseguiu dando mais um passo. O pequeno romano protelou por alguns segundos, mas um urro lamurioso vindo de fora pareceu ser o suficiente para convence-lo que Georgia era o menor de seus problemas. Com passos trêmulos ele avançou até a celestial, guardando a pequena faca dentro de sua calça.

Eu sou Ron. – A resposta dele não camuflava o medo que transbordava em suas palavras. Georgia sorriu novamente como se aquilo pudesse tranquilizar a criancinha e estendeu sua mão.

Vou te levar para um lugar seguro. – Prometeu e a mãozinha trêmula de Ron logo segurou a sua. No momento seguinte um novo estrondo foi ouvido e as paredes estremeceram indicando que o prédio estava prestes a ruir. Georgia pegou Ron no colo e prontamente desceu as escadas o mais rápido que pôde, mas mal chegou no segundo lance de degraus que o inevitável aconteceu: A construção finalmente chegou ao seu limite e começou a desmoronar.

As coisas pareciam estar acontecendo em câmera lenta. Primeiro os raios solares invadiram o ambiente escurecido indicando que o teto já não existia, uma nuvem fortíssima de poeira levantou e em seguida a escada de madeira cedeu. Blanchard teria tomado uma enorme queda se não tivesse pensado rápido e controlado o ar para que pousasse no chão suavemente. E como se soubesse o que viria a seguir, Ron agarrou os ombros da jovem com força e escondeu o rosto em seu pescoço.

Não houve tempo para correr, a única coisa que Georgia pôde fazer para evitar que fossem esmagados pelos escombros foi invocar uma barreira de luz acima de seus corpos. Fechou os olhos e se encolheu enquanto tudo desmoronava ao seu redor. Pessoalmente não acreditava que aquela barreira iria proteger tão bem, mas estava sã e salva. Sã não, mas pelo menos salva.

Algo quente gotejava no pescoço de Georgia, que demorou para perceber que eram as lágrimas do pequeno. Ela não tinha ideia do que fazer, não era boa com crianças e aquela certamente não era uma boa situação para começar a treinar. Afastou Ron de si e ergueu seu rostinho vermelho com um polegar.

Porque está chorando? – Perguntou em um tom gentil que foi prontamente pontuado por uma explosão, o que agravou o choro alheio.

P-porque tem um monstro lá fora e... Vai quebrar...Roma...Mamãe... – Ele mal conseguia juntar as palavras e aquilo causou uma imensa dor no coração da loira. Ela não sabia se a mãe de Ron estava lá fora lutando ou se havia perecido, mas sabia muito bem qual a sensação de perder a figura materna, então suas palavras seguintes vieram quentes e carregadas de afeto e uma calma que ela nem sabia que existia.

Sua mamãe é linda e corajosa. – Acariciou os fios encaracolados dele com a pontinha dos dedos e aproveitou para remover algumas pedrinhas e restos de reboco. – Ela está dando o melhor de si, pode ter certeza. Agora você precisa ser forte, hm? – Ela deu um meio sorriso. – Eu vou retirar a barreira e tirar a gente daqui. – Os lábios de Ron se abriram em um “O” surpreso e ele tentou protestar, mas Georgia o interrompeu. – Não vou deixar nada te acontecer. Agora você vai ter que confiar em mim, tá?

O pequeno assentiu e novamente abraçou a celestial que exalou um suspiro. O que faria a seguir não seria nada fácil, mas era a única forma de ambos saírem dali vivos.

A barreira que os protegia foi desligada, e por um enorme golpe de sorte as ruinas haviam se amontoado ao redor deles e sua estrutura iria aguentar por alguns segundos. Era tempo o suficiente para que Georgia estendesse a mão e concentrasse uma enorme quantidade de energia de luz, disparando um raio em linha reta. Em seguida, com a ajuda do ar, impulsionou-se para a fora com um salto através do buraco formado nos escombros. Sua pele estava cortada e suja, mas Ron parecia estar bem quando foi colocado no chão. Assustado, mas bem. Ele encarava a loira com um olhar de admiração, parecia ter esquecido do ataque em que estavam metidos.

VOCÊ É TÃO LEGAL! – Ele gritou gesticulando de forma animada e Blanchard não conseguiu segurar o riso.

Vamos, eu preciso te levar para a enfermaria. – Disse pegando a mão do rapazinho que não parava de falar.

A CASA CAIU NA GENTE, AI VOCÊ FEZ ZIUM COM A BARREIRA, DEPOIS FEZ ZIIIIIIIN COM O LASER E EXPLODIU TUDO! TÃO LE-GAL. – Ele enfatizou as ultimas palavras separando-as. Blanchard pela primeira vez em muito tempo conheceu alguém que admirasse seus feitos, mesmo que esse alguém tivesse menos de 10 anos, e aquilo a deixou com um quentinho no peito.

Quando finalmente chegou a enfermaria, ela deixou Ron aos cuidados de uma moça bonita de cabelos escuros que prometeu cuidar dele.

Te vejo por ai, se cuida. – Despediu-se assanhando os cachinhos escuros de Ron e deu-lhe as costas para que sua atenção agora estivesse 100% focada no ataque.



armamento:


Segue todo o armamento levado com Georgia para o Júpiter:

Light Bow [Uma arma extremamente peculiar, um arco do tipo composto com runas escritas por toda a sua extensão em um relevo sutil. Seu material é feito de uma mistura entre madeira escura e fios de ouro imperial, conferindo uma resistência maior e uma beleza singular. O arco pode transformar-se em um colar de corrente de ouro, com um pingente em forma de pena | Efeito 1: transforma-se em um acessório; Efeito 2: Graças as runas mágicas desenhadas no arco, flechas extracorpóreas se formam assim que o semideus puxa o cordão da arma. Apenas uma flecha é formada por vez, feita de pura luz e magia, provocam um dano pequeno de queimadura. | Madeira e ouro imperial | Espaço para uma gema | Beta, Cada flecha tem dano máximo de 35 | Status 100%, sem danos. | Mágico | Comprado no Pandevie Magie] (Dracma falso no bolso da calça)

• Acheron [Uma espada de 70cm bastante peculiar. A lâmina possui dois cortes, ou seja, possui dois gumes afiados. O metal predominante é o Bronze Celestial, cravado em seu corpo metálico está palavras em enoque – língua dos celestiais – que confere a arma uma benção-maldição. A guarda mão da espada é um dos pontos mais belos, pois possui o formato de asas. Sua empunhadura é feita de madeira reforçada e com ondulações suaves que melhoram a forma de segurá-la. | A espada pode se transformar em um chaveiro com um pingente de sua miniatura. Ela sempre retorna ao celestial depois de perdida, em sua forma de acessório; e, ao ser empunhada por um ser não celestial, a espada se torna extremamente pesada, ao ponto de nem mesmo os dotados com força apurada podem levantá-la. | Bronze Celestial. | Não possui espaço para gemas. | Resistência beta. | 100%, sem danos. | Nível 3. | Lendária. | Presente de Reclamação do grupo Celestiais de Éter.]

Faca Elemental (Ar) [Feita de bronze celestial, possui a aparência de uma faca de caça. É um item encantado pelo elemento ar, tendo em sua lâmina os escritos das runas: Perdhro, Ehwaz e Gebo | Efeitos: A faca é envolvida por uma camada de vento que a deixa praticamente invisível aos outros, os mais atentos poderão notar as correntes de ar que protegem a fisionomia da faca. Não há bônus de dano ou aumento de resistência do material, o encanto é estritamente visual e estratégico. Apenas seu portador pode ver o contorno da arma dentro das correntes de ar. | Bronze Celestial | Espaço para uma gemas | Beta | Status 100%, sem danos | Mágico | Encantado por Evie, comprado no Pandevie Magie] (presa na coxa direita, ao alcance da mão)

• Pulseira de perícia  Avançada [Pulseira de couro que se ajusta perfeitamente ao pulso do usuário, possui amarras de cordinhas na parte de baixo, então é fácil de equipar-se com ele, se for cortado, ou destruído, perde totalmente o efeito, ou seja, é preciso estar em uso, no pulso, para que o efeito continue a ser efetivo para o semideus, do contrário, ele perde o bônus da perícia completamente, só funciona através da pulseira | Aumenta a perícia de uma arma de sua escolha em +50%, provocando um dano de +30% (ESPADA) | Couro | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos | Mágico |  Loja especial do dia dos namorados] (equipada no braço direito)


• Pulseira de perícia  Avançada [Pulseira de couro que se ajusta perfeitamente ao pulso do usuário, possui amarras de cordinhas na parte de baixo, então é fácil de equipar-se com ele, se for cortado, ou destruído, perde totalmente o efeito, ou seja, é preciso estar em uso, no pulso, para que o efeito continue a ser efetivo para o semideus, do contrário, ele perde o bônus da perícia completamente, só funciona através da pulseira | Aumenta a perícia de uma arma de sua escolha em +50%, provocando um dano de +30% (ADAGA) | Couro | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos | Mágico |  Loja especial do dia dos namorados] (equipada no braço direito)

• Repulso – [Um relógio de pulso cheio de detalhes e escritos em runa, que brilham quando seu poder é ativado | Quando uma magia é lançada contra o portador desse relógio, esse se ativa automaticamente, cria um escudo invisível ao redor do portador (aquele que estiver usando) e rebate a magia contra quem a lançou. O efeito, no entanto, só dura dois turnos, depois o relógio entra em espera por outros dois turnos inteiros. | Raro | Alfa | 100% sem danos | Épico |   Festival das estações. ] (Equipada no pulso esquerdo)


• Manto dos Pesadelos: um tipo de rede com uma área de 8 metros armazenada dentro de uma pequena bola. Quando arremessada, essa bola se abre e libera o manto. Tudo o que ficar abaixo do manto caíra em um profundo sono e terá pesadelos terríveis. O efeito só acaba quando a vítima fica livre do manto. (Bolso traseiro)


• Dark Ring [Um anel escuro como a noite, com pequenos escritos em ouro brilhante – runas – e frases de incentivo | Efeitos: o anel aumenta a força do semideus em 25% durante três turnos. O tempo de ativação da runa selada com a marca de força extra, runa de resistência, mais marca de força do cajado de Pandora | Material: metal escuro | Espaço para uma pedra | Gama | Status: 100%, sem danos | Mágico | Encantado por Pandora, comprado no Pandevie Magie] (Anelar direito)

Celestial de Éter:


Nível 26
Nome do poder: Raio de Luz
Descrição: Uma grande quantidade de energia luminosa é concentrada nas palmas das mãos do seguidor de Éter. Essa energia acumulada é liberada em um raio que seguirá em linha reta, provocando um dano focado e poderoso.
Gasto de MP: 60
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: 60% de chance de provocar queimaduras de 3 grau.
Dano: 70
Extra: Nenhum

Nível 8
Nome do poder: Ocular – RaioX
Descrição: É a capacidade de ver através de materiais. Ou seja, é capaz de ver através de paredes e tecidos.
Gasto de MP: 20 por turno ativo.
Gasto de HP: 5
Bônus: Nenhum.
Dano: nenhum.
Extra: Poderá solicitar ao narrador o que tem atrás das paredes ou qualquer tipo de barreira.

Nível 14
Nome do poder:Ocular – Térmica.
Descrição: É a capacidade de ver as oscilações de temperatura em um ambiente. Seres vivos emitem uma cor térmica diferente de seres inorgânicos. Monstros possuem uma temperatura particular, assim como criaturas divinas.
Gasto de MP: 20 por turno ativo
Gasto de HP: 5
Bônus: Nenhum.
Dano: nenhum.
Extra: Poderá solicitar ao narrador um reconhecimento das coisas vivas que você poderia enxergar com a visão térmica.

Morfeu:


Nome do Poder: Apaziguador
Descrição: Sua aura sonhadora pode influenciar as pessoas com sensações boas, como aquelas que a gente tem quando sonha com algo muito bom, causa motivação e coragem.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +20% de coragem e motivação para aliados do semideus.
Dano: Nenhum
Extra: Nenhum

Missão Realizada:


SOB OS ESCOMBROS: Você tentou salvar uma criança, mas ficou preso junto a ele sob pedaços de construções destruídas, não o bastante, diversas pessoas em desespero estão correndo ao seu redor, aumentando o risco de morrer pisoteado. Livre-se dos escombros e leve a criança para um local seguro.
Recompensa Máxima: 500 XP e 800 dracmas


Notes: x  Tagged: w/ Ron Wearing: Jeans, camiseta do CHB, coturno marrom.
THANK YOU WEIRD BY LOTUS GRAPHICS EDITION!



There caught up inside, both happy and lonely, keep telling me lies, they're killing me slowly
avatar
Georgia Blanchard
Celestiais de Èter
Celestiais de Èter

Mensagens : 181
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [O efeito de Sun Hee] Missões Fixas Georgia Blanchard

Mensagem por Hades em Dom Maio 06, 2018 7:15 pm


Avaliação!

Recompensa máxima da missão: 500 xp + 500 dracmas

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%

Recompensas finais: 500 xp + 500 dracmas

Comentário:
Georgia, não tenho muito a falar sobre sua missão. Acredito que você tenha tido um bom desempenho, semideusa. Parabéns!

ATUALIZADO.


Ἅιδης
avatar
Hades
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 792
Localização : Importa? A morte ainda será capaz de te achar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [O efeito de Sun Hee] Missões Fixas Georgia Blanchard

Mensagem por Georgia Blanchard em Dom Jun 03, 2018 1:23 pm

sing you a lullaby where you die at the end
Nova Roma estava um completo desastre. Para todo lado que se olhasse, havia destruição, caos e morte. Aparentemente o Endth havia levado muito a sério a expressão “não deixar pedra sobre pedra”. Naquele momento, Georgia pelas ruinas do eu deveria ter sido um alojamento e a visão era deplorável. Haviam pilhas e mais pilhas de corpos e membros destroçados pertencentes aos jovens heróis romanos que haviam perdido a vida em nome de mais uma das tiranias de Nyx. Blanchard sentiu seu estômago se retorcer só de pensar no quão doente e mau caráter uma pessoa precisava ser para se bandear para os lados daquela infeliz.  Aquilo só aumentava seu ódio pelos feitos da deusa.

Seus olhos se cravaram num corpo particularmente jovem de uma menina que não poderia ter mais do que 16 anos. Tinha cabelos cor de avelã e a pele morena. Provavelmente ela era bonita em vida, mas agora seu rosto estava congelado em uma expressão eterna de horror e dor, seu cadáver estava maculado por um enorme corte do que poderia ter sido um machado. Georgia sentiu o sangue ferver e apertou o cabo da espada sagrada nas mão. Respirou fundo e fechou os olhos com força numa tentativa de buscar harmonia em seus pensamentos, precisava manter a mente focada apenas em ajudar a evitar mais tragédias como aquela, ódio apenas a cegaria. Curvou-se sobre o cadáver e fechou as pálpebras assim como o maxilar, desmanchando um pouco da expressão de horror. “Menos mal”, pensou com raiva antes de seguir seu caminho, porém um som atraiu sua atenção. Passando cuidadosamente por dentro dos escombros, Blanchard esgueirou-se pela parede parcialmente devastada do alojamento e seu coração pulou uma batida ao ver do que aquilo se tratava.

Aquela silhueta musculosa e tatuada podia ser facilmente reconhecida, era Jayce Maddox, o filho de Marte que havia conhecido a alguns meses durante um mental breakdown. Ele estava engalfinhado num combate voraz contra não um, mas dois lacaios do Endth. Se não estivesse numa situação tão complicada, Georgia poderia ter rido. Era obvio que o babaca egocêntrico tinha que ir pelo caminho mais difícil, mas infelizmente os demônios pareciam ser mais espertos do que outras espécies de monstros mais comuns pois um deles conseguiu arremessar longe o rapaz. Foi ai que Georgia entrou em ação.

Com um impulso potencializado pela aerocinese e a força natural lhe concedida pelo seu avô, Ares, a jovem correu em direção ao demônio que se posicionava para dar o bote no romano. Sabia que aquela não era a melhor maneira de investir, mas mesmo assim jogou seu corpo com toda a força que podia contra o demônio, derrubando-o no chão e afastando-o de Jayce.

Com a visão periférica, pôde ver que o romano a olhava embasbacado. Aquilo a irritou um pouco. Romanos não eram soldados perfeitos e inabaláveis?

Luta, animal – Rosnou antes de virar-se para o demônio, porém infelizmente seu momento de distração havia custado um preço pois antes que pudesse desviar, a criatura inverteu as posições e garras afiadas cortaram seu rosto. O sangue quente  jorrou da ferida e a dor explodiu de imediato, porém aquilo só aumentou a raiva de Blanchard, que envolveu sua cabeça com um elmo constituído de luz e bateu com toda força contra a testa do monstro, desorientando-o. Foi a chance perfeita para livrar-se com um chute e alcançar a espada que havia caído a uns centímetros de distancia.

Veio me stalkear, grega? Se tivesse avisado eu teria arrumado meu quarto. – Blanchard sentiu que a parte superior de seus lábios se ergueram numa expressão esquisita. Provocação numa hora daquelas?

Está querendo me impressionar? – Disse com um breve sorrisinho bordando os lábios, mas aquele simples ato causou dor na ferida recém aberta.

Proteja-se! – O aviso da prole de Marte veio bem a tempo para que Georgia conjurasse um escudo em formato de elipse e erguesse o braço para impedir que seu tórax fosse atravessado pelos chifres do demônio.

Como contra-ataque, Georgia desferiu o escudo construto contra o rosto do demônio para afastá-lo e desequilibrá-lo. Em seguida, empunhou a espada de ferro e a lâmina trespassou o ombro do Shax. Em meio a um grito gutural de dor, a criatura se afastou e pressionou a própria ferida, rosnando de raiva. Ele juntou um cuspe na garganta e o lançou na direção da semideusa de forma tão ágil que foi quase impossível não acertá-la. O conteúdo viscoso e ácido atingiu o calcanhar da filha de Morfeu enquanto ela tentava se desvicilhar do ataque. Com a dor na carne, Georgia despencou com um joelho chão e quase tocou a ferida, mas imaginou que seria pior usar a mão para pressioná-la. O Shax saltou contra a loira, com as garras miradas em seu rosto, mas a menina foi rápida ao fazer com que um par de asas brilhante brotasse de suas costas. Blanchard as utilizou para se proteger das garras venenosas do demônio, imbuindo nelas uma propriedade blindada.

A criatura teve o ataque obstruído e  invocou uma quantidade enorme de areia, utilizando-a para formar um tipo de redemoinho ao redor da criatura. Seu plano funcionou, de forma que o Shax manteve-se ocupado com tanta areia o circundando e o elemento também serviu para criar uma barreira forte do quadril aos pés da criatura. Com ele preso, foi fácil derrotá-lo: a lâmina de ferro estigio atravessou seu peito com facilidade e o demônio se desmaterializou. Mas antes que a celestial pudesse comemorar a vitória, ela ouviu o rosnado de um terceiro demônio que não poupou tempo nem ataque. Sua tentativa foi disparar uma nuvem de cor preta que só aumentava, tomando a forma de uma esfera de dois metros para prender Georgia. Por conta do ferimento em seu calcanhar, a loira não conseguiu se concentrar para evitar ser pega pela umbracinese.

E foi aí que o problema maior começou.

"Vai morrer pelas mãos do lacaio", a voz da garotinha debochou e foi seguida por uma risadinha estridente. Aquilo era recorrente, mais do que Blanchard desejava. O fato era que tudo ao seu redor estava mergulhado em uma especie de "blur", como celestial, poderia facilmente escapar se aquilo fosse algum tipo de ataque, mas aquilo se tratava de uma auto sabotagem. Ela ouvia os ruídos externos, como a voz de Jayce e o rosnado dos demônios, mas em uma frequência distorcida. O calafrio percorria todo seu corpo e sua pele estava pálida, apesar de que ninguém notaria aquilo por conta da esfera de sombras que a circundava, o coração disparava e ela escutava cada batida como um tambor ribombando em sua cabeça. Por um momento, ela quis gritar por ajuda mas a voz parecia presa em sua garanta. Não queria travar, não de novo, queria escapar daquilo. Era como ficar presa na própria mente. Escutou a aproximação do demônio e, por isso, seu instinto de sobrevivência a fez reagir.

Novamente, ela invocou um construto de luz em forma de um escudo a sua frente, protegendo-a de espinhos em sua direção. Além de defendê-la, o elemento fez com que a esfera de umbracinese fosse reduzida a nada, libertando-a do casulo. Assim, ela pôde ver a criatura em seu encalço, mas também sentiu uma dor em sua coxa esquerda. O escudo não a protegeu totalmente de forma que um pequeno espinho penetrou sua carne. Aquilo foi o suficiente para a filha de Morfeu abandonar a sua crise e se enfurecer, transparecendo o legado em Ares. Com a asas já para fora das costas, ela se inclinou e voou na direção do oponente, agarrando-o pelo chifre e o jogando para cima. No ar, desferiu inúmeros golpes contra o rosto da criatura que, graças a agilidade de Georgia, não foi rápido o suficiente para se defender. Os socos da semideusa deixavam claro a sua ascendência no deus da guerra, sua força era descomunal para uma mera filha de Morfeu. Ela tinha um tempero extra.

Quando se deu conta, o voo dela havia atingido uma altura grande. Então, ela decidiu retornar ao chão na mesma velocidade de 80 km/h em que havia subido, com o corpo do demônio voltado para baixo. Lá embaixo, ela desejou que um a lança de luz se materializasse em pé, com a ponta pra cima, visando atingir o Shax. Um último soco foi forte o suficiente para intensificar a queda do monstro e, em segundos, ele fora atingido pela lança na altura das costas, sendo empalado. Logo foi desmaterializado e Georgia pousou no chão, assoprando uma mecha de cabelo que havia ficado na frente do olho. Estava enfurecida pelas duas novas feridas que havia adquirido, mas logo as bochechas coraram ao perceber o olhar idiota que recebia de Jayce Maddox.

Aquele idiota com i maiúsculo.

Lembra do que eu disse? Abençoada por Éter. – foi a única coisa que ela conseguiu proferir para quebrar todo o clima estabelecido entre eles.

Além disso, ela ainda sentia o calafrio remanescente de sua pequena crise, então não conseguiria retribuir totalmente o olhar apaixonado do filho de Marte. Afinal, ela sabia que ele estava apaixonado e, quem sabe, fosse recíproco. Por conta de seu passado 'santo',a loira sempre havia tido dificuldade quanto aos sentimentos amorosos e derivados. Não estava acostumada. Blanchard foi tirada dos devaneios ao ver que o romano havia quase despencado no chão, tirando dela um risinho. Para um guerreiro, ele estava bem fraco. Mesmo ferida, ela o ajudou a se recuperar e também procurou por ajuda para curar seus ferimentos.

Ainda havia muito a se fazer em Nova Roma

Herdados por Morfeu:

PASSIVOS

Nível 37
Nome do Poder: Furtividade III
Descrição: Agora o inimigo dificilmente nota você, você sabe se esconder, ser discreto, ficar oculto, esconder seus rastros e ser silencioso. Você é quase um perito na arte de ser furtivo.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% de furtividade
Dano: Nenhum

ATIVOS

Nível 21
Nome do Poder: Caixão de Areia I
Descrição: Você consegue invocar areia suficiente para se enroscar aos pés do inimigo, subir e crescer até prendê-lo dos pés ao quadril, impedindo sua movimentação por um curto período de tempo. Isso lhe da vantagem, lhe permite fugir ou atacar, além de claro, criar um aperto desconfortável ao redor do corpo do seu inimigo. Só consegue prender uma pessoa por vez.
Gasto de MP: 15 MP
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: 30 HP
Extra: Efeito dura apenas um turno

Nível 36
Nome do Poder: Sandman III
Descrição: Agora você consegue invocar para o campo uma quantidade razoável de areia, (até 100 Kg de areia) e pode manipula-la da maneira que desejar, a fazendo levitar ou a tornando mais escorregadia.
Gasto de MP: 50 MP
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: A critério do narrador.
Extra: Nenhum
Herdados por Éter:

PASSIVOS

Nível 2
Nome do poder: Asas
Descrição: Os celestiais são reconhecidos principalmente pelas suas asas. Majestosas e belas, as asas são geralmente brancas em sua totalidade, mas ainda há alguns seguidores de Éter que possuem detalhes nas extremidades de suas penas. São como asas de anjos, nunca assumindo a tonalidade negra. Cada celestial pode descrever suas asas, porém uma vez feito não poderá muda-lo. As asas crescem a partir dos ossos das costas, por isso, muito cuidado com as camisas, elas consequentemente ganham dois rasgos nas costas sempre que permitem o alongamento das asas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

ATIVOS

Nível 4
Nome do poder: Asas blindadas I
Descrição: Visualmente as asas não recebe nenhum indício de mudança, porém, ao ativar esse poder as asas do celestial tornam-se mais resistentes, podendo ser usadas como defesa. Elas adquirem a resistência Beta com duração de 2 turnos.
Gasto de MP: 40 por turno.
Gasto de Hp: nenhum
Bônus: +30% de defesa contra o elemento trevas/sombras
Dano: 20
Extra: nenhum

Nível 18
Nome do poder: Construto de Luz II
Descrição: A construção de itens através de luz tornar-se ainda mais eficaz. Ainda mais real e complexa, o semideus consegue construir através da luz itens de tamanho mediano com perfeição em detalhe e realismo. Agora é possível também mexer com a densidade desses itens, podendo torná-los macios para amortecer impactos ou quedas, ou ainda mais duros e resistentes para provocar mais danos. Por isso, os construtos agora adquirem a resistência Beta. Duração de 3 turnos.
Gasto de MP: 40 MP por construto criado.
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: 30% de dano a mais em criaturas das trevas/submundo.
Dano base: 40
Extra: É possível criar armas medianas, como espadas, lanças, escudos e até mesmo uma armadura semi-completa. Chicotes, cordas e correntes passam a atingir até 7m de cumprimento. Também é possível dar formas abstratas um caráter mais material, como punhos gigantes atingindo alguém.

Nível 23
Nome do poder: Voo III
Descrição: Voar tornou-se tão natural quanto respirar. Agora a mobilidade e a velocidade se tornaram quase perfeitas. O semideus pode atingir uma velocidade de voo similar a 80km/h.
Gasto de MP: 20
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Ao carregar alguma pessoa, sua velocidade e mobilidade cai pela metade (caso seja alguém dotado com passivas de força essa observação se torna nula).

Herdados - Ares:
PASSIVOS

Nível 3
Nome do poder: Força I
Descrição: A força é, sem dúvida alguma, a principal arma de um guerreiro, que o faz vencer seus inimigos mesmo que precise utilizar apenas seus punhos. Independente do porte físico do filho de Ares/Marte ou de sua idade, o semideus terá a força de um atleta de MMA profissional, sendo capaz de suportar mais peso que os demais campistas, bem como causar danos maiores em seus golpes.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +10% de força
Dano: +5% de dano se o ataque do semideus atingir o adversário.

Armamento:


Segue todo o armamento levado com Georgia para o Júpiter:

Light Bow [Uma arma extremamente peculiar, um arco do tipo composto com runas escritas por toda a sua extensão em um relevo sutil. Seu material é feito de uma mistura entre madeira escura e fios de ouro imperial, conferindo uma resistência maior e uma beleza singular. O arco pode transformar-se em um colar de corrente de ouro, com um pingente em forma de pena | Efeito 1: transforma-se em um acessório; Efeito 2: Graças as runas mágicas desenhadas no arco, flechas extracorpóreas se formam assim que o semideus puxa o cordão da arma. Apenas uma flecha é formada por vez, feita de pura luz e magia, provocam um dano pequeno de queimadura. | Madeira e ouro imperial | Espaço para uma gema | Beta, Cada flecha tem dano máximo de 35 | Status 100%, sem danos. | Mágico | Comprado no Pandevie Magie] (Dracma falso no bolso da calça)

• Acheron [Uma espada de 70cm bastante peculiar. A lâmina possui dois cortes, ou seja, possui dois gumes afiados. O metal predominante é o Bronze Celestial, cravado em seu corpo metálico está palavras em enoque – língua dos celestiais – que confere a arma uma benção-maldição. A guarda mão da espada é um dos pontos mais belos, pois possui o formato de asas. Sua empunhadura é feita de madeira reforçada e com ondulações suaves que melhoram a forma de segurá-la. | A espada pode se transformar em um chaveiro com um pingente de sua miniatura. Ela sempre retorna ao celestial depois de perdida, em sua forma de acessório; e, ao ser empunhada por um ser não celestial, a espada se torna extremamente pesada, ao ponto de nem mesmo os dotados com força apurada podem levantá-la. | Bronze Celestial. | Não possui espaço para gemas. | Resistência beta. | 100%, sem danos. | Nível 3. | Lendária. | Presente de Reclamação do grupo Celestiais de Éter.]

Faca Elemental (Ar) [Feita de bronze celestial, possui a aparência de uma faca de caça. É um item encantado pelo elemento ar, tendo em sua lâmina os escritos das runas: Perdhro, Ehwaz e Gebo | Efeitos: A faca é envolvida por uma camada de vento que a deixa praticamente invisível aos outros, os mais atentos poderão notar as correntes de ar que protegem a fisionomia da faca. Não há bônus de dano ou aumento de resistência do material, o encanto é estritamente visual e estratégico. Apenas seu portador pode ver o contorno da arma dentro das correntes de ar. | Bronze Celestial | Espaço para uma gemas | Beta | Status 100%, sem danos | Mágico | Encantado por Evie, comprado no Pandevie Magie] (presa na coxa direita, ao alcance da mão)

• Pulseira de perícia  Avançada [Pulseira de couro que se ajusta perfeitamente ao pulso do usuário, possui amarras de cordinhas na parte de baixo, então é fácil de equipar-se com ele, se for cortado, ou destruído, perde totalmente o efeito, ou seja, é preciso estar em uso, no pulso, para que o efeito continue a ser efetivo para o semideus, do contrário, ele perde o bônus da perícia completamente, só funciona através da pulseira | Aumenta a perícia de uma arma de sua escolha em +50%, provocando um dano de +30% (ESPADA) | Couro | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos | Mágico |  Loja especial do dia dos namorados] (equipada no braço direito)


• Pulseira de perícia  Avançada [Pulseira de couro que se ajusta perfeitamente ao pulso do usuário, possui amarras de cordinhas na parte de baixo, então é fácil de equipar-se com ele, se for cortado, ou destruído, perde totalmente o efeito, ou seja, é preciso estar em uso, no pulso, para que o efeito continue a ser efetivo para o semideus, do contrário, ele perde o bônus da perícia completamente, só funciona através da pulseira | Aumenta a perícia de uma arma de sua escolha em +50%, provocando um dano de +30% (ADAGA) | Couro | Sem espaço para gemas| Sigma | Status: 100% sem danos | Mágico |  Loja especial do dia dos namorados] (equipada no braço direito)

• Repulso – [Um relógio de pulso cheio de detalhes e escritos em runa, que brilham quando seu poder é ativado | Quando uma magia é lançada contra o portador desse relógio, esse se ativa automaticamente, cria um escudo invisível ao redor do portador (aquele que estiver usando) e rebate a magia contra quem a lançou. O efeito, no entanto, só dura dois turnos, depois o relógio entra em espera por outros dois turnos inteiros. | Raro | Alfa | 100% sem danos | Épico |   Festival das estações. ] (Equipada no pulso esquerdo)


• Manto dos Pesadelos: um tipo de rede com uma área de 8 metros armazenada dentro de uma pequena bola. Quando arremessada, essa bola se abre e libera o manto. Tudo o que ficar abaixo do manto caíra em um profundo sono e terá pesadelos terríveis. O efeito só acaba quando a vítima fica livre do manto. (Bolso traseiro)


• Dark Ring [Um anel escuro como a noite, com pequenos escritos em ouro brilhante – runas – e frases de incentivo | Efeitos: o anel aumenta a força do semideus em 25% durante três turnos. O tempo de ativação da runa selada com a marca de força extra, runa de resistência, mais marca de força do cajado de Pandora | Material: metal escuro | Espaço para uma pedra | Gama | Status: 100%, sem danos | Mágico | Encantado por Pandora, comprado no Pandevie Magie] (Anelar direito)


Notes: x  Tagged: w/Junko Wearing: Jeans, camiseta do CHB, coturno marrom.
THANK YOU WEIRD BY LOTUS GRAPHICS EDITION!



There caught up inside, both happy and lonely, keep telling me lies, they're killing me slowly
avatar
Georgia Blanchard
Celestiais de Èter
Celestiais de Èter

Mensagens : 181
Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [O efeito de Sun Hee] Missões Fixas Georgia Blanchard

Mensagem por Hipnos em Seg Jun 04, 2018 10:46 am


Avaliação


Método de Avaliação:

Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão: 3.000 XP e dracmas

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 45%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 15%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%


RECOMPENSAS: 2.700 XP e dracmas

STATUS:
HP: 390 / 460
MP: 255 / 460

Comentários:

Gostei muito de ler a sua batalha, pois ela é coerente e fácil de enxergar o que acontece de modo completo. Você cometeu alguns erros de português que em alguns momentos complicaram a leitura, como a ausência de palavras nesta frase: "Naquele momento, Georgia pelas ruinas do eu deveria ter sido um alojamento e a visão era deplorável" ou algumas ausências de vírgulas, mas nada que prejudicasse a obra final que é a sua narrativa. Lembro-a que, em um primeiro momento, ainda não se sabe que Nyx é a responsável por este ataque, única razão para os outros 5% de desconto.
Tenha o cuidado de se recuperar antes de sua próxima missão ou batalha, pois você gastou bastante energia para derrotar os demônios Shax.
Parabéns, semideusa.

Atualizado por Febo!



Hipnos
Makes
you dream


Lotus Graphics
avatar
Hipnos
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 58
Localização : Dreams

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [O efeito de Sun Hee] Missões Fixas Georgia Blanchard

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum