The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Missão OP para Annabelle B. Lafont {A musa da dança}

Ir em baixo

Missão OP para Annabelle B. Lafont {A musa da dança}

Mensagem por Hécate em Ter Abr 24, 2018 8:54 pm


A musa da dança


A mitologia sempre fora recheada de atos heroicos ou tragédias, todas elas tão épicas que sobreviveram até os tempos atuais. Porém, isso foi graças as histórias contadas e os momentos mais importantes representados pela arte, literatura e teatro. Para que os contos se mantivessem vivos pelo passar dos milênios, as nove musas tiveram um papel vital para isso. Dotadas de conhecimento e arte, eram essas nove irmãs que permitiam que a história fosse contada de geração para geração, usando das diversas formas culturais que estavam ao seu alcance.

♣️♣️♣️

Annabelle estava em excursão  e visitava  Nova Roma quando passou em frente ao teatro, dali escutou um choro forte. Não importava para onde ela ia, o som de choro a acompanhava a atormentando até que ela adentrasse o teatro. Lá dentro, a filha de Marte encontraria Terpsícore, a musa da dança, sentada no meio do palco aos prantos.


Informativo


• A musa da dança perdeu suas sapatilhas favoritas na floresta, mas não pode ir busca-las, pois estava encarregada de cuidar do teatro naquela semana, ficando literalmente presa dentro daquelas construções.
• Ela promete uma recompensa caso você ache as sapatilhas para ela.
• Mymerkos pegaram a sapatilha e estavam para levar para o “formigueiro” deles, são apenas dois. Você precisa impedi-los antes que retornem, pois seria impossível recuperar o item com várias formigas gigantes como inimigas.
• As sapatilhas são idênticas as de uma bailarina, porém com uma pedra vermelha em seu centro como um belo e mágico enfeite.
• Retorne ao teatro com as sapatilhas para finalizar a missão.


Regras



• Prazo de 1 mês para postar
• Mínimo de 25 linhas
• Poderes devem estar em spoiler, caso não estejam não serão considerados
• Poderá levar até 5 itens com você, sendo descritos principalmente onde estão cada.
• Caso queira ganhar o item deve descrê-lo como conseguiu na missão.
• Qualquer dúvida, enviar por mp.



avatar
Hécate
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 311

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão OP para Annabelle B. Lafont {A musa da dança}

Mensagem por Vênus em Sex Ago 10, 2018 8:44 pm

Restaurada para Annabelle.


Vênus, love's lady
..
diva, déesse de l'amour et de la beauté ♦️
avatar
Vênus
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 1954

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão OP para Annabelle B. Lafont {A musa da dança}

Mensagem por Annabelle B. Lafont em Sex Set 07, 2018 1:19 am

the dancing muse's ballet shoes


Uma excursão para casa, o local que antes era habitado, agora se tratava de um simples passeio para conhecimento daqueles que ainda não haviam se aventurado por aqueles ares. Para Annabelle que já estava habituada com aquele ambiente parecido com o militar, era fácil se deixar levar pelas próprias vontades e sentimentos, sentia falta dos pais e o máximo que conseguiu no tempo antes de estes terem que se dedicar ao trabalho enquanto rastreadores foi trocar palavra ou outra. Não era possível esperar quando se tratava de um novo semideus correndo perigo no mundo mortal, local que eu jamais teve acesso, a não ser quando teve a decisão de ir até o acampamento grego.

Agora, com o tempo livre, já que provavelmente passaria todo o resto da tarde pelo acampamento Romano, atraída pela arte e pela música, a vestal trilhou o caminho até o teatro de Nova Roma, de onde escutara um choro alto logo ao do lado de fora, o que a fez sair dos devaneios a respeito dos pais, coisa que costumava fazer frequentemente, mas que naquele momento era quase impossível de se prestar atenção em qualquer outra coisa. O choro definitivamente vinha de uma mulher, uma bem dramática, era o típico som de uma rainha do drama.

Ao cuidadosamente entrar no teatro, no palco, uma luz forte iluminava uma jovem de cabelos enrolados e ruivos, a pele tão pálida que parecia até mesmo emitir um brilho sobrenatural, as vestes dela não passavam de uma única toga na cor rosa claro, ela era tão delicada que facilmente poderia ser confundida com alguma ninfa. Pela vaga lembrança da história das musas, a mais delicada de todas era Terpsícore, a musa da dança, e também, uma das favoritas da legado.

Como um gesto de interesse, os passos começavam a ficar mais rápidos em direção à musa, e então, suavemente tentando reconforta-la, a garota se ajoelha no palco e afaga o ombro do espírito da dança. – O que houve? – Era tudo o que conseguira pensar naquele instante, não tinha repertório para lidar com pessoas, afinal, o mundo interno sempre fora o seu local preferido para ficar, mas era algo que estava trabalhando para melhorar.

– Minhas sapatilhas, não consigo encontrá-las! – Finalmente a musa ergue o rosto coberto por lágrimas de suas mãos, que o seguravam e faziam uma espécie de vermelhidão pelo calor tomar conta da face, ainda assim, permanecia a mais bela de todas as musas para a semideusa. – Tem noção de onde pode tê-las perdido? – Os olhos azuis se focam nos cor de mel, somente então reparando a verdadeira cor dos olhos da musa. – Eu estive na floresta mais cedo, é sempre bom buscar ar puro e o frescor das sombras arbóreas. Me recordo de ter colocado o par de sapatilhas para dançar, afinal, estava tão feliz que mal pude me controlar – Ela continua contando a história, e a mais jovem repara que a mera lembrança trazia mais lágrimas aos olhos da outra.

– Antes de voltar para cá, tirei minhas sapatilhas, afinal, elas são as minhas favoritas e eu jamais gostaria de sujá-las. – A explicação da história se prolongava conforme a expressão no rosto da ruiva se tornava indignada. – Você tem que me ajudar, ache-as. Se conseguir cumprir essa missão posso pensar em lhe dar um presente de agradecimento. – De certa forma, Belle não precisava daquele agrado em troca de um favor, porém, como aquela musa era sua favorita, como negar um presente que serviria de recordação de sua imagem? A proposta era inegável. – Pode me descrever as características da sua sapatilha? Ajudaria na hora de procurar. – De prontidão, já se coloca de pé, olhando para a musa com confiança, o anel da lareira em sua mão era sua fonte de confiança.

– Se se lembrar de como era o local em que você as tirou, facilita na procura também. – Finaliza enquanto recebia as informações e características do item perdido, conhecia a floresta do Acampamento Júpiter como a palma de suas mãos e qualquer dica seria o suficiente para não procurar em círculos. Assim que percebe que possui informações o suficiente, confere se o pingente vermelho estava no bolso do seu shorts, afinal, caso houvesse qualquer traço de batalha, deveria agir, e como em uma floresta nunca era seguro entrar despreparada, fazia bem ter ao menos um método de defesa e ataque.

~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~

A temperatura amena da floresta era totalmente favorável à situação, o sol forte da tarde não mais atrapalhava a visão da jovem e a brisa fresca era capaz até de lhe arrepiar o corpo de tamanha satisfação. Já havia andado aquela floresta atrás do par de sapatilhas por quase uma hora, mas nada, nem sequer um rastro de sua passagem por ali. Havia memorizado o perfume da musa da dança, mas infelizmente não era o suficiente para fazê-lo permanecer até o momento, ela não havia tocado as árvores o suficiente. Precisava então, mudar sua estratégia.

Assim que se encontrava com pombos, os perguntava se haviam visto um par de sapatilhas rosa com uma pedra vermelha no meio, algo bastante característico do item. Uma hora um pombo dizia que havia visto em um canto, e o outro, dizia ter passado por rubis minutos atrás, e um, o mais assustado dizia tê-las visto com uma dupla de formigas gigantes. Decide pegar um pouco de cada informação, juntando-as até formar um caminho mental indicando a direção para onde deveria seguir, encerrando por aí as interações com as aves, agradecendo antes de sair apressada, afinal, o sol se poria em algumas horas.

Em seu objetivo final, Annabelle corria os olhos procurando por sinais em folhas de que formigas gigantes tivessem passado por ali. Assim que se depara com a primeira folha mordida, talvez um lanchinho durante o caminho de volta para casa, segue pela trilha recém aberta. Era uma chance única de provar ser uma semideusa digna de reconhecimento e compreendimento, estava exausta de não ter compreendimento, coisa que o voto de castidade pelo qual havia passado havia trabalhado bastante este quesito, mas que ainda não tinha pela maior parte da sociedade.

Já percebia as pernas e pés reclamarem com o constante trilhamento entre árvores, galhos e folhas secas no chão, pedras que eventualmente entravam em seu caminho e também, alguns espinhos caídos de troncos de espécies únicas. Prestara atenção em cada pedaço do caminho trilhado, não havia sequer um simples rastro das sapatilhas, apesar de ter traços de passagem recente de sobra. Quando os olhos tem sua atenção voltada para uma espécie de dupla de  formigas gigantes, basicamente do tamanho de um cão médio, começa a se perguntar se eram aquelas as criaturas citadas pelo pombo. Não demora muito até que a primeira para de andar virando a cabeça para a direção da morena, claramente notando alguma presença diferente ali.

Anna sentia o coração acelerar, o peito parecia pulsar enquanto se escondia entre árvores e tentava ser o mais silenciosa possível, ativara a espada Devoradora, emitindo, sem querer um brilho vermelho pelas árvores e consequentemente, chamando a atenção também da segunda criatura. Fecha os olhos como reprova instantânea e então, sai detrás das árvores sabendo que sua imagem não deixaria as criaturas atacarem primeiro. Reparando que com elas, as sapatilhas acompanhavam, avança rapidamente, desferindo golpes na formiga que estava mais próxima na fila indiana. Ambas carregavam as sapatilhas em seu torso, dando uma impressão estranha de que eram meros enfeites nas criaturas.

Segurava a espada com ambas as mãos enquanto verticalmente atacava a primeira formiga gigante, ela tentava escapar, mas como tal ação já era prevista tenta seguir na direção mais provável que a formiga fosse. Annabelle via a colega se aproximando para ajudar e com um golpe tentando acertar a cabeça da já ferida, simplesmente termina com o sofrimento pelo ferimento. A poeira que se forma no ar indicava a derrota daquele monstro em específico, mas, ao contrário do que imaginou no início, a outra formiga estava atrás da sapatilha, e não da legado.

Mas uma vez, alguns golpes de espada se fizeram necessários, com aquela a luta havia sido mais complicada, cortando-lhe as presas antes de qualquer coisa, afinal, era a parte que mais temia chegar próxima. E enfim, o golpe final, horizontal bem ao meio do corpo, dividindo-o em duas partes bastante distintas, em que a cabeça gigante caía para frente e a bunda grande caía para trás. É claro que não havia sido uma luta fácil nem com uma das criaturas nem com a outra, inclusive sentia o cansaço transparecer pelos braços que mal suportavam segurar mais a espada em uma boa posição.

Pega as sapatilhas do chão, abandonando a espada de brilho avermelhado, e as limpa com paciência, usando as mãos para afastar o mais grosso da terra que se grudara ao tecido. Era triste ver que uma sapatilha tão bonita estava, agora, arruinada, esperava que fosse possível ainda fazer algo por elas. A musa talvez pudesse fazer algo pelas próprias sapatilhas, afinal, quem conheceria mais sobre um item do que seu próprio dono? Tentando primeiro se localizar na floresta, volta a percorrer o caminho oposto do que fez, retornando até Nova Roma ansiosa por poder devolver o que foi perdido e quase roubado.

~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~♡~

Sentia o corpo transpirar um pouco devido à quantidade de tempo andada e esforço realizado durante o combate, trazia consigo a espada brilhando em vermelho, ela simplesmente não queria retornar ao estado de pingente e não havia nada que a fizesse mudar de ideia, talvez limpá-la, afinal, o sangue de formiga gigante permanecia em suas lâminas afiadas. E do ponto de vista da legado, era realmente nojento, não culpava a espada por não querer descansar enquanto não estivesse de banho tomado.

Esperava que a musa a estivesse aguardando no mesmo local que antes, mas a hora que passou pelas portas do teatro não encontrou ninguém no meio do palco, apenas o holofote mirando no local em que antes a musa estava, o que a havia deixado instigada e curiosa. – Terpsícore? – Fala em tom de voz alto, diferente do que estava acostumada a usar, o som ecoa pelo teatro vazio e então, uma música começa a tocar, era melancólica, mas trazia um som de violino e piano quase irresistível. Enfim, uma apresentação começa, a musa dançava praticamente flutuando pelo palco, a modalidade aparentava ser um ballett dos mais clássicos, assim como a música acompanhava a mesma vibe. As vestes continuavam as mesmas e com aquela observação, a semideusa se senta para assistir ao espetáculo.


Ao fim da apresentação, o olhar da musa se volta para o local em que Annabelle havia escolhido para se sentar, mas não olhava a garota, e sim, a querida sapatilha. – Você encontrou! – Ela notava com animação, saindo do estado triste da apresentação e enfim, saltitando na direção onde a jovem se encontrava. – Achou minha sapatilha! – Era possível sentir a emoção na voz da Terpsícore, estava realmente grata pelo feitio, apesar de não ter sido grande coisa para a outra, era para ela.

– Aqui, tome isto como um presente, use bem. – Enfim, ela entrega um saquinho de veludo vermelho clássico para a garota, que estuda o pacote com curiosidade, não sabia o que era, mas estava cheia de gratidão por aquilo. – Foi um prazer ajudá-la e vê-la dançar! Obrigada. – A verdade transparecia na voz, era como se estivessem em constante troca de gentilezas, ambas estavam felizes e empaticamente transbordavam de emoções que talvez não pudessem ser transformadas em palavras.

Adendos:
Itens:
+ Camiseta laranja do Acampamento Meio-Sangue.

• Devoradora [Uma espada de ouro imperial pertencente a épocas passadas da legião, possuído pedras preciosas cravadas no cabo – maioria tratando-se de rubis e safiras –, sendo que o local onde fica o punho possui um revestimento de couro esbranquiçado que se encontra em um estado perfeito de conservação, se encaixando perfeitamente no punho de qualquer semideus disposto a empunhar a arma. | Efeito 1: A lâmina possuí um brilho incomum e diversas vezes recrutas da legião encarregados do arsenal alertaram sobre a mesma, falando terem visto um par de olhos na espada. A mesma emite um brilho avermelhado até mesmo no escuro, com intensidade do brilho variando de acordo com aquele que porta a arma. | Efeito 2: Tal espada pode tomar a forma de um pequeno pingente vermelho sangue, porém nem sempre a espada vai gosta de ser transformada em pingente ou vice-versa. | Ouro Imperial e pedras preciosas. | Espaço para uma gema | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]

• Anel da Lareira [Um anel de aparência comum, feito de Bronze celestial e que se encaixa em qualquer dedo de preferência da vestal, sendo que ao ser utilizado por outra pessoa o anel irá diminuir ou aumentar. | O anel, ao ser ativado possui três tipos de fogo, porém eles só poderão – cada um – ser utilizados uma vez por missão, mvp, pvp ou evento. O primeiro irá liberar um fogo avermelhado, que pode ser posto em armas, provocando +30 de dano. O segundo é um fogo azul, que irá curar em 10% os aliados próximos (até cinco metros de distância) e, por último, há um esverdeado, que aumenta a velocidade a vestal em 15%. | Bronze Celestial. | Não possui espaço para gemas. | Resistência beta. | 100%, sem danos. | Nível 3. | Lendária. | Presente de Reclamação do grupo Vestais de Héstia/Vesta.]
Poderes:
Athena:
Nome do poder: Estratégia
Descrição: O campista é bom em elaborar planos e estratégias de batalha, o que torna a chance de erro para ataques diretos, ou criação de armadilhas, menor, ou seja, a margem de erro será inferior ao dos outros semideuses.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +10% de acerto em ataques planejados previamente.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Camaleão
Descrição: O filho de Athena sabe como procurar um esconderijo. Normalmente se camufla muito bem, conseguindo encontrar um lugar pra fugir do perigo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: A chance do semideus ser encontrado baixa em 25%
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Inteligência
Descrição: Um filho de Athena é naturalmente inteligente, por sua mãe ser a deusa da sabedoria, o semideus aprende as coisas mais rápido, o que também permite que ele note coisas que outras pessoas não percebem. O semideus de Athena sempre procura uma saída lógica, consegue bolar um plano e encontrar pontos chaves, pois tudo aquilo que não consegue entender lhe deixa frustrado. Ele sempre buscará respostas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +10% de descobrir alguma coisa, ou aprender alguma coisa. (Aumenta conforme em +5% a cada 2 níveis que o semideus adquirir).
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Furtividade
Descrição: Assim como as corujas, o campista consegue se deslocar pelos lugares sem ser notado com facilidade.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: 60% de chance não ser notado
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Sabedoria
Descrição: Os filhos de Atena conseguem descobrir os pontos fracos de seus inimigos, fazendo com que seus golpes sejam mais efetivos. Em monstros que já conheçam, ou tenham lutado, eles já saberão o ponto fraco.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +15% de chance de acertar um ponto crítico em batalha.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Perícia com Lâminas II
Descrição: O semideus filho de Athena se sente completamente confortável para atacar e defender-se com lâminas. Espadas, adagas, armas de arremesso como facas, qualquer lâmina de curto ou longo alcance pode virar uma arma mortal na mão do semideus filho de Athena. Por serem inteligentes, aprendem a manuseá-las mais rapidamente.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +20% de chance de acerto no manuseio de lâminas de mão (facas, espadas, adagas, punhais, lanças, etc)
Dano: + 15% de dano ao ser acertado pela arma do semideus, pois a precisão será mais certeira.
Vênus:
Nome do poder: Beleza Natural
Descrição: Os filhos da deusa do amor são campistas naturalmente bonitos e charmosos. A beleza supera a de qualquer outro semideus no acampamento, sendo algo beirando ao sobrenatural. É simplesmente indescritível. Isso faz com que inimigos e aliados acabem se distraindo por sua beleza perturbadora, ou encantados pela mesma.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Pode deixar o inimigo atordoado durante o primeiro turno, evitando atacar logo de cara, ou se atacar (poderes que exijam miras, ou armas com a mesma característica), irão errar o alvo. Não acertarão o filho de Afrodite/Vênus, pois, de primeira, o inimigo não saberá porque não nutre o desejo de ataca-lo.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Passos de Cisnes
Descrição: O semideus possui uma capacidade natural de se movimentar sem fazer barulho. Seus passos são leves, graciosos e charmosos, o que permite ao semideus se mover com facilidade sem ser detectado pela audição normal (audição aguçada ainda poderá captar o semideus se ele provocar ruídos através de folhas e galhos por exemplo).
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Não será detectado por inimigos que não possuam audição elevada.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Eterna Boa Forma
Descrição: A boa forma que você possui não confere apenas belas curvas, no caso das meninas, ou músculos definidos, no caso dos meninos, mas também confere certa agilidade e destreza para se esquivar de alguns ataques. Isso permite que você ganhe certa facilidade em se esquivar, ou defender em ataques diretos.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: +20% de defesa, esquiva e agilidade.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Enganador Inocente
Descrição: Você pode fingir ser um fraco ou aparentar ser inocente, de um modo belo e intrigante, fazendo o adversário pensar que você não é alvo dele e fazendo-o também sentir-se culpado caso te machuque.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Faz o inimigo ficar confuso por dois turnos, evitando atacar, mas desconfiando, ainda poderá se defender.
Dano: Nenhum.
Vestais de Héstia:
Nome do poder: Aura pacífica
Descrição: Assim como Héstia/Vesta é uma deusa tranquila e pacífica, suas seguidoras têm uma aura que emana tranquilidade e têm uma presença pacificadora.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Os adversários podem hesitar ao atacar a vestal, pois ela não emana perigo.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Perfeição Física
Descrição: Na Antiga Roma, havia diversas restrições para as meninas que fossem se tornar sacerdotisas de Vesta, uma delas era não ter nenhuma imperfeição física ou doença. Ao iniciar o sacerdócio nos dias de hoje, Héstia/Vesta abençoa suas seguidoras com a perfeição física e tornam-se saudáveis.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Se a moça tinha algum defeito físico (cicatriz, doença), a bênção recebida ao iniciar o sacerdócio a cura e ela passa a ter uma saúde perfeita.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Perícia com Espadas I
Descrição: As vestais se tornam são excelentes esgrimistas, aprendendo a manejar uma espada com uma tremenda facilidade. Mesmo sem nunca ter pego essa arma, conseguirá usá-la para estocar e se defender, mas nesse nível ainda comete erros, e dificilmente acerta pontos críticos em seu adversário, também pode acabar sendo desarmada.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: +35% de assertividade no manuseio da espada.
Dano: +15% de dano ao ser acertado pela arma do semideus.

Nome do poder: Resistência I
Descrição: As vestais são abençoadas com mais resistência física, suportando períodos de tempo relativamente longos em atividade física.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: +15% resistência física
Dano: Nenhum.

FPA

Obs.¹: Poderes à esquerda são passivos, à direita, ativos.
Obs.²: Como esta missão de trata de uma reciclada, creio que tenho o direito do dobro de Dracmas conforme descrito na promoção postada aqui.
Obs.³: Na narrativa da missão é mencionada uma recompensa pela busca da sapatilha, ficaria contente se esta ainda estivesse disponível.

Tradução de frases:
1. “frase original”; tradução.




love is a curse, not a blessing

avatar
Annabelle B. Lafont
Vestais de Héstia
Vestais de Héstia

Mensagens : 58
Idade : 17
Localização : Camp Half Blood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão OP para Annabelle B. Lafont {A musa da dança}

Mensagem por Juno em Sex Set 07, 2018 12:14 pm


A musa da dança


Método de avaliação:
Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Avaliação obtida:
Realidade de postagem + Ações realizadas – 48%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 18%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Recompensas: 3.840 XP + 3.840 dracmas + Pingente de Terpsícore [ Este item é uma perfeita lembrança de Terpsícore, a musa da dança. Trata-se de um colar de ouro com pingente em forma de sapatilhas de ballet, com design delicadamente desenhado. | Efeito: Uma vez por ocasião, o pingente emite uma canção clássica, suave aos ouvidos e reconfortante para o humor. Essa canção faz com que monstros fiquem calmos durante os próximos minutos e esqueçam de atacar. A música toca durante dois turnos, e nesses turnos os monstros ficam entorpecidos pela canção calmante. | Ouro | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100%, sem danos | OP A Musa da Dança ] (Imagem ilustrativa)

Spoiler:
Annabelle, sua missão fluiu bem e foi coerente com a proposta. Recomendo que tome cuidado com as frases longas. Elas estão bem sinalziadas através do correto uso de pontuação, mas o leitor pode vir a se confundir em alguma informação. No mais, parabéns, espero que goste do item recebido.

Atualizada




Juno

avatar
Juno
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 206

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão OP para Annabelle B. Lafont {A musa da dança}

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum