The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

MvP Solo - Daron A. Herzl versus Cão Infernal

Ir em baixo

MvP Solo - Daron A. Herzl versus Cão Infernal

Mensagem por Daron A. Herzl em Sex Mar 23, 2018 12:39 pm


Adestramento involuntário


O caminho para os Campos de Marte já estavam se tornando rotineiros para o jovem de cabelos acobreados, os quais as pernas já o levavam automaticamente para o mesmo lugar na mesma hora de sempre. O rapaz tinha preferência pelas primeiras horas do dia, quando encontrava o local vazio e podia treinar com o conforto que a privacidade podia proporcionar.

A sequência de ações tomadas também já eram conhecidas pelo seu corpo, quase se tornando automáticas: correr algumas voltas em torno do Campo para aquecer o corpo, alongar os músculos, e então se dirigir até o estande de armas e escudos para praticar sua destreza com aquelas armas contra bonecos de pano e areia ou no ,circuito de treinamento que havia na arena.

▬ Bom dia, Herzl. Tão cedo quanto ele, seu centurião e um dos instrutores também costumava estar desde cedo no Campo de Marte, e estranhamente escolhera aquele dia para lhe dirigir a palavra. ▬ Não quer um desafio diferente hoje? Você já está ficando na zona de conforto assim.

Com aquelas palavras, o centurião conquistou toda a atenção do jovem hebreu, que tinha que concordar que já não estava mais encontrando dificuldade naquela sequência de treinamentos que fazia toda a manhã. A verdade é que o verdadeiro crescimento vem fora da zona de conforto,quando mente e corpo são condicionados além do que estão acostumados e, assim, forçam-se a evoluir. Era daquilo que Daron precisava e sabia disso.

Com um quê de curiosidade com o que estava por vir, seguiu o centurião até uma área diferente do Campo, onde havia uma jaula grande coberta por um tecido negro. O outro semideus bateu com sua espada nas grades da jaula, criando um som ritmado que estava acordando uma criatura mal-humorada ali dentro. Ao ouvir rosnados incomodados, o centurião abriu um sorriso e retirou a cobertura de sobre a grande gaiola, revelando o que havia em seu interior.

Tratava-se de um cão preto de pelo menos três metros de altura e boas centenas de quilos. Pouco simpático e avesso a brincadeiras, seu rosnado demonstrava que havia acordado com a pata esquerda naquela manhã, fitando o semideus com seus ameaçadores olhos vermelhos. Ao exibir os dentes, percebia-se a capacidade que tinham de dilacerar carne em uma abocanhada só, com a ajuda de suas garras também afiadas. O legionário recém-chegado retirou sua espada da bainha lentamente, empunhando-a diante da fera antes que a jaula fosse aberta.

A grade frontal foi erguida e o cão começou a avançar devagar, em meio a rosnados, deixando a saliva escorrer de encontro ao solo. Enquanto isso, o semideus observava o seu inimigo tentando analisá-lo, identificando suas possíveis fraquezas e buscando meios de derrotá-lo. Seu coração pulsava fazendo parecer que todo o interior do seu corpo estava ribombando, então o garoto tentava também normalizar sua respiração e tranquilizar seus batimentos para não transparecer medo para aquela fera. Seu medo era tudo o que o cão precisaria para alimentar sua fúria e atacar impiedosamente.

Aqueles segundos em que ambos se encaravam parecia aquela tensão inicial que se instaurava antes de uma briga na matilha, quando dois lobos se rondavam encarando-se ameaçadoramente. Daron lembrava-se muito bem daquela cena devido ao seu tempo com Lupa e seus lobos, tendo feito parte de um momento como aquele. Dominando suas emoções e recobrando um pouco seu autocontrole, ele deu um passo adiante. Foi tudo o que precisou para o cão investir.

Devido ao seu tamanho descomunal para um cachorro, ele não conseguia ser muito rápido ou ágil, mas assim que aproximasse sua bocarra, faria um grande estrago. O semideus esquivou-se para o lado assim que o monstro estava perto o suficiente, mas os dentes ferozes do cão ainda alcançaram seu braço, rasgando a manga de sua camisa roxa e arranhando sua pele superficialmente. Ainda assim, o polonês sentiu o braço arder após a passagem dos dentes infernais daquele canino. De frente para seu inimigo, recuou alguns passos para trás tomando alguma distância.

▬ Daron, pegue!. Um escudo veio na direção de Daron, jogado pelo centurião, para ajudá-lo a se proteger adequadamente. Era simples e não muito pesado, perfeito para o conhecimento raso que o semideus possuía no manuseio daquele armamento.

Agora era sua vez de atacar, pois o cão não ia ficar ali esperando enquanto ele arrumava o escudo e se recobrava da dor do arranhão. O legionário prendeu o escudo no braço do melhor jeito que pôde, enquanto já dava alguns passos na direção do seu oponente, para então correr para atacá-lo. Mas, ao invés de atacar frontalmente como o cão devia esperar, o semideus jogou-se ao chão para rolar sobre o próprio corpo e atingir o pulso do monstro com a espada em um ataque inesperado. Ele grunhiu com a dor, rosnando com irritação em seguida.

Antes que Daron se levantasse do seu rolamento, o cão pulou sobre ele com as patas dianteiras, pressionando seu tórax com seu peso excepcional e aproximando os perigosos dentes do rosto do semideus. Naquele momento, o semideus agiu puramente por instinto. Em um milésimo de segundo, sentiu seus ossos mais fortes e sua pele mais resistente, para então tentar socar as patas do animal para que saísse de cima dele. Nem cócegas fez. Quando o cão aproximou a boca ameaçando uma mordida, o semideus involuntariamente acumulou na ponta dos dedos pequenas esferas de energia, que logo foram de encontro aos olhos do monstro.

O animal ganiu com a dor inesperada causada em seus olhos, aliviando a força sobre o corpo de Daron ao tentar levar uma das patas ao rosto. Naquele momento, o semideus aproveitou para ferir a outra pata do cão, perfurando-a com sua espada. Dessa forma, conseguiu se libertar e se afastar do cão.

O tempo tinha que ser usado a favor do legionário naquele momento, enquanto o monstro ainda estava atordoado e não conseguia enxergar bem. Com as órbitas feridas, a fera tentou olhar na direção do semideus, para encarar diretamente os seus olhos azuis eletrificados, que demonstravam sua fúria e alertavam que o pior ainda estava por vir.

Controlando a gravidade ao redor de si, Daron saltou e se impulsionou para cima, ganhando altitude o suficiente para superar a altura da cabeça do cão, caindo com a espada na direção de seu crânio. A espada afundou enquanto o animal agoniava com a dor, tentando mover a cabeça a fim de expulsar o semideus dali. Mas antes que conseguisse, acabou sendo transformado em pó.

Daron caiu aqueles metros sem se dar conta que também poderia ter controlado a gravidade para atenuar sua queda. O cansaço não o fizera pensar como deveria.

▬ Se voltar amanhã, no mesmo horário, tenho outros desafios para você, o centurião disse, sem se preocupar em perguntar se seu subordinado estava bem. O garoto apenas assentiu com a cabeça, deixando o legionário mais experiente lhe dar as costas e se afastar.

Poderes de Marte:


Passivos

Nível 1
Nome do poder:  Espírito de Guerra
Descrição: Ares/Marte é o deus da guerra, profundo amante de combates e um dos principais deuses amantes da morte. Seus filhos possuem um espírito parecido com o do deus, de modo que todos os conhecimentos referentes a guerra (como sinais de comunicação, técnicas de sobrevivência básica, manuseio de armas e tudo mais o que tiver ligação direta com guerra), surgem naturalmente na mente do semideus, mesmo que ele jamais tenha passado por alguma situação de dificuldade.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Conseguem elaborar planos, ler mapas e criar estrategias com mais facilidade.
Dano: Nenhum

Nível 3
Nome do poder: Força I
Descrição: A força é, sem dúvida alguma, a principal arma de um guerreiro, que o faz vencer seus inimigos mesmo que precise utilizar apenas seus punhos. Independente do porte físico do filho de Ares/Marte ou de sua idade, o semideus terá a força de um atleta de MMA profissional, sendo capaz de suportar mais peso que os demais campistas, bem como causar danos maiores em seus golpes.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +10% de força
Dano: +5% de dano se o ataque do semideus atingir o adversário.

Nível 6
Nome do poder: Sexto Sentido
Descrição: Em meio a um campo de batalha, descansar não é opção e os filhos de Ares/Marte sempre estão atentos. Além de conseguirem notar com mais precisão e facilidade sinais de aproximação (como sons) esses semideuses possuem uma espécie de sexto sentido, de modo que ao serem alvo de um ataque direta ou indiretamente, pressentirão o perigo, podendo se prepararem melhor para o combate e evitarem serem emboscados.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Poderão, durante um único turno, pressentir o inimigo se aproximando, podendo saber de onde o ataque virá, e se preparar para ele.
Dano: Nenhum

Nível 7
Nome do poder: Pericia com lâminas I
Descrição: O semideus filho de Ares/Marte tem certa facilidade em lidar com laminas, por hora, apenas aquelas de curto alcance, facas, espadas curtas, ou adagas, em suas mãos essas armas parecem se encaixar perfeitamente.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +10% de chance de acerto no manuseio de lâminas.
Dano: +5% de dano se o adversário for atingido pelo semideus.


Ativos

Nível 5
Nome do poder: Ossos de Aço
Descrição: A herança biológica dos filhos de Ares/Marte é perfeita, naturalmente preparada para suportar as árduas batalhas de uma prole do deus da guerra.  O semideus consegue revestir os ossos com uma pequena camada de metal reforçado e indestrutível, impedindo que sua estrutura óssea seja rompida, ou quebrada, podendo suportar ataques diretos com mais facilidade, sem romper seus ossos.
Gasto de Mp: 15 MP por turno ativo.
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 6
Nome do poder: Pele de Bronze
Descrição: A pele do filho de Ares/Marte ganha um brilho dourado, ficando tão resistente quanto bronze, o que o permite ficar protegidos contra ataques perfurantes, e de efeitos como sangramento;
Gasto de Mp: 20 HP por turno ativo
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Poderes de Júpiter:


Passivos

Nível 4
Nome do poder: Pericia com Espadas I
Descrição: Os filhos de Zeus/Júpiter são excelentes esgrimistas, e eles aprendem a manejar uma espada com uma tremenda facilidade. Mesmo sem nunca ter pego essa arma, conseguira usa-la para estocar e se defender, mas nesse nível ainda comete erros, e dificilmente acerta pontos críticos em seu adversário, também pode acabar sendo desarmado.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +35% de assertividade no manuseio da espada.
Dano: + 15% de dano ao ser acertado pela arma do semideus.


Ativos


Nível 1
Nome do poder: Bolas de Energia
Descrição: O semideus consegue acumular sobre a ponta dos dedos, cinco esferas de energia pequena, e atira-las contra o inimigo como se fossem balas – só que mais rápidas – que ao baterem contra o corpo do inimigo, deixando a sensação de dormência no local atingido, e o membro ou parte do corpo formigando de uma forma irritante, o deixando mais lento, e atordoado durante um turno inteiro.
Gasto de Mp: 5 MP por esfera de energia
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: 7 HP por esfera que atingir o corpo, totalizando 35 HP
Extra: Nenhum

Nível 4
Nome do poder: Intimidação
Descrição: A prole de Zeus/Júpiter possui um olhar penetrante e, quando enfurecido, os olhos da prole tornam-se – aparentemente – elétricos avisando a inimigos que um golpe logo irá ocorrer. E, quando isso ocorre, o próximo golpe do semideus causa +10 de dano.
Gasto de Mp: -10 de MP
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: +10 de dano.
Dano: Nenhum.
Extra: Nenhum.

Nível 5
Nome do poder: Voo II
Descrição: O semideus aprendeu a controlar a gravidade ao redor do corpo, e ao compreender o que o mantem preso na superfície, também é capaz de solta-la e molda-la da maneira que quiser. Agora já consegue ficar mais tempo, voar mais rapidamente e se erguer em altitudes mais elevadas. Podendo permanecer por mais tempo no céu. Seu controle também melhorou.
Gasto de Mp: 10 MP por turno ativo
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Já pode se erguer até 2 metros do chão.

Armas:

• Espada do Carrasco [Forjada por acidente a espada possui uma aparência bastante incomum: sua lâmina possui um segmento principal como os das outras espadas, porém na sua lateral a lâmina se divide em outras pequenas lâminas que são capazes de provocar ainda mais dano contra seus inimigos. | Efeito 1: A lâmina é capaz de suportar as mais elevadas temperaturas sem modificar a sua forma, apenas ficando incandescente. | Efeito 2: A espada possui uma espécie de consciência mágica e se afeiçoa ao seu primeiro portador e, dificilmente, irá deixar ser portada por outro semideus. | Ferro estígio. | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]







avatar
Daron A. Herzl
Senadores
Senadores

Mensagens : 107
Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP Solo - Daron A. Herzl versus Cão Infernal

Mensagem por Deimos em Sex Mar 23, 2018 9:47 pm

MODELO DE AVALIAÇÃO

Criatividade - 30%
Desenvolvimento - 50%
- coerência;
- enredo;
Português - 20%
Total - 100%

AVALIAÇÃO

Criatividade - 15%
Desenvolvimento - 40%
- coerência;
- enredo;
Português - 15%
Total - 70%

Máximo exp: 2.100
Máximo de Dracmas: 3.500

Observação: Começando pela parte de criatividade, uma postagem bastante simples, de monstro contra jogador, e um Cão Infernal como monstro, ao meu ver, é algo bem standard. Eu, particularmente, gosto muito de inovações em combate e acho que um Cão Infernal não é um desafio muito digno de um irmão meu.

Sobre a coerência, o Cão infernal ignorou totalmente a presença do Centurião que o atiçou contra você, e isso fez com que você perdesse alguns pontos.

Eu estava prestes a tirar alguns pontos de você, a mais, quando você narrou que o cão infernal pressionou seu tórax com as patas, mas então você usou suas habilidades para anular este efeito, parabéns! Gostei desse toque, de verdade!
Atualizado por Juno.
avatar
Deimos
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 105

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum