The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

[in]different

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ir em baixo

Re: [in]different

Mensagem por Hélio em Sex Fev 02, 2018 7:54 pm


Lola Kim


Método de Avaliação:

Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão: 5.000 XP

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%

RECOMPENSAS: 5.000 XP + 5.000 Dracmas

Comentários:
Sua narrativa foi impressionante e a vingança de Perséfone ainda mais. Você soube dar o toque de drama que sempre conquista os leitores sem forçar o suficiente para afastá-los. Não me prolongarei no veredito: você foi ótima, Lola Kim. Sua maldição foi aprovada do jeito que pediu, ficando então para ti nos contar o que virá a partir dela.

Atualizado.





"He shines upon men and deathless gods, and piercingly he gazes with his eyes from his golden helmet"
☀️
avatar
Hélio
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 43

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [in]different

Mensagem por Eun Deokhye em Qui Set 27, 2018 5:30 pm

“The sparks are gone, replaced by fierce, ugly tears that track down my face. Thunder rumbles somewhere far off and the air is warm. But the humid temperature is gone. The heat has broken and summer will soon be over. Time is passing.”
A luz do sol se filtrava através das copas das árvores, saudando o torso nu de Deokhye, entretanto não era uma escolha exatamente pessoal a ausência de roupas. Suas costas estavam feridas, adornada de uma vermelhidão não característica e pontos onde o sangue recente se mesclava ao sangue seco. Não muito agradável. As experiencias que possuía sobre ferimentos lhe fornecia a certeza de que não deveria deixá-los secar enquanto estivesse vestida, correndo o risco de quando fosse retirar a blusa as feridas pudessem abrir novamente. E ela estava obviamente sozinha, sentada na grama alta e ignorando a perambulação das formigas pelas suas pernas – felizmente vestidas – e o escorrer de mínimos filetes de sangue.

Deokhye concentrava-se principalmente em admirar a vista do lago que se estendia diante dela. Fazia algum tempo desde que ela se sentou perto de uma lagoa para simplesmente apreciar a vista. Era obvio que aquela situação não era exatamente o que se pode nomear como comum, mas Deokhye quase podia fingir que tudo estava indo bem – principalmente se ignorasse a dor que sentia nas próprias costas –. Alheios aos conflitos que regiam a mente da jovem, os pássaros gorjeavam nas árvores. De vez em quando, ela ouvia o bater de suas asas quando eles iam para um local diferente ou decidiam decolar para um pequeno voo antes de voltar. Ela apenas fechou os olhos, por pensar que talvez fosse o natural a ser feito, conectando-se aos sons da natureza.

Deokhye estava há uma semana vagando pelos arredores da floresta e os perigos de viver fora de um dos acampamentos mostrava-se no formato de feridas nas costas de Eun. Seus dedos ainda estavam doloridos de quando havia lutado contra o andarilho e, agora que Lola havia partido em busca do avô – apesar de ter obviamente convidado Deokhye, a semideusa sentia-se como uma intrusa caso chegasse de imediato junto a Kim –, tornando os dias de Eun bastante inúteis e adornados de lutas desgastantes. Ela estava bastante consciente que talvez isso consistisse numa estratégia dos monstros: surgir em um mesmo local e seguirem o mesmo rastro, afim de acabarem com semideuses mais rapidamente.

Pensando nisso, Eun tencionou o corpo quando ouviu o som de cascos contra a grama em algum ponto em suas costas, já sentindo os efeitos que a batalha e o risco a proporcionavam, virando o corpo em direção a provável criatura. A primeira vista assemelhava-se a um cavalo, mas... ele parecia feito de vento, não. Ele parecia feito de tempestade. Como se dentro do seu corpo as mais diversas nuvens e trovões se acumulassem. Deokhye o achou lindo, completamente fascinante, com a crina aparentemente feita de nuvens e sua coloração variando entre o cinza, laranja e azul elétrico. Era egoísmo, mas Eun não gostaria de ser a responsável por aniquilar tal criatura.

Sem pensar em prováveis consequência, Deokhye aproximou-se do cavalo de tempestade, deixando as armas na grama e oferecendo nenhum risco ao... animal. Ela poderia afirmar que seus olhos eram atentos e inteligente, a medindo como se ela representasse um risco palpável. Mas ele mal se mexeu e Deokhye não fez movimentos bruscos, estendendo a mão e deslizando sobre o torço do cavalo, bebendo da eletricidade que provinha do mesmo. “E eletricidade não me machuca, ela me deixa mais forte.” Eun comentou, sentindo o poder fluir pelo seu corpo. E o cavalo bufou, como se soubesse da informação, sacolejando a crina de um lado e outro e espalhando pequenos tufos de nuvem pelo ar. “Você é muito bonito.”

O elogio serviu para fazê-lo empinar a cabeça, batendo os cascos da frente contra o solo. Eun não demorou a conceber a personalidade orgulhosa e inteligente do cavalo, não se impedindo de sorrir, ainda com as mãos plantadas no animal em uma espécie de carinho. Demorou pouco mais de um minuto para Deokhye notar que não se sentia mais incomodada com os ferimentos – até então abertos – nas costas ou em suas mãos, obtendo a percepção que emissão de eletricidade por parte do cavalo não havia sido acidental. “Obrigada pela eletricidade...” E novamente ele sacolejou a crina de um lado a outro, caminhando para frente e mexendo nas coisas de Eun com um obvio desdém. Com o casco ele analisou as poucas armas da semideusa, a blusa laranja do acampamento – usada como toalha para que ela sentasse – e a pequena mochila cheia de roupas e água. Estava obvio que o animal achou aquilo tudo muito pobre e de baixa qualidade.

Mas Eun não sentia-se ofendida, notando que o cavalo estava apenas sendo ele mesmo. “Se está reclamando você deveria ir para outro lugar.” Ela revirou os olhos, voltando a se sentar na grama e jurando ter visto o cavalo imitar o gesto ao deitar-se ao lado de Eun. “Então, acho que posso te chamar de Yasaeng, tudo bem?”
◦◦◦


Poderes:
Passivos:
Nível 19
Nome do poder: Cura Elétrica II
Descrição: Indícios de eletricidade significam restauração e força para o filho de Zeus/Júpiter. Agora, ao entrar em contato direto com ela, o semideus consegue restaurar uma parte maior de sua energia, feridas maiores começam a se fechar e viram pequenas cicatrizes, além disso, as feridas menores desaparecem por completo, e uma parte de sua energia é restaurada. (Só pode ser usado uma vez a cada 3 turnos e a cura só ocorre se a corrente/eletricidade que entrar em contato com o semideus seja igual ou menor a 20mA).
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Recupera +50 de HP e 10 de MP
Dano: Nenhum


It's our nature. We destroy. It's the constant of our kind. No matter the color of blood, man will always fall.
avatar
Eun Deokhye
Filhos de Zeus
Filhos de Zeus

Mensagens : 31

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [in]different

Mensagem por Poseidon em Ter Out 02, 2018 8:22 am


Eun Deokhye


Método de Avaliação:

Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão: 6.000 XP

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 40%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 30%

RECOMPENSAS: 5.400 XP + 5.400 Dracmas

Yasaeng recebe 120 XP + 1 nível de lealdade
Comentários :
Eun, gostei bastante da sua narrativa. Encontrei pouquíssimos erros gramaticais e achei interessante a forma como você utilizou da energia do animal encontrado para curar seus ferimentos. Infelizmente, me senti apenada por ter de descontar uma porcentagem por não ter tido uma batalha.



Lord Poseidon ☣️
The King ☣️ God of sea ☣️ Lord of horses ☣️ Sexy ☣️ Hot ☣️ Dangerous ☣️
Maay ₢

avatar
Poseidon
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 247

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [in]different

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum