The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

OP Lauren L. Hill - Luna Minn

Ir em baixo

OP Lauren L. Hill - Luna Minn

Mensagem por Arcus em Qui Out 26, 2017 3:33 pm


Resgate do semideus Ryan

Introdução

O mundo já não era mais o mesmo, ao fim das batalhas de Nova York e São Francisco, o mundo humano foi deixado devastado. Lauren passara a ser procurada pelas suas habilidades, muitos semideuses feridos jaziam nos escombros da cidade.

Dentre tantos semideuses, um chamado peculiar... um semideus filho da mensageira do arco-íris escondia-se próximo a um dos escombros de um prédio, sua perna estava necrosando, presa sob uma viga, muito machucado e com várias escoriações.
Com a pouca consciência que restava ao semideus, este criou uma mensagem de íris pedindo socorro ao AMS. Vocês foram enviadas para o resgate.

O que não podiam imaginar era que uma das equipes especializadas para detectar e combater ameaças sobrenaturais já estivesse a par da situação dos semideuses e os caçando. Agora deveriam desviarem-se de monstros remanescentes, mas também de um perigo muito maior: humanos com medo.


Objetivo: Vocês devem resgatar o meu filho grego vivo. Devem narrar desde o encontro até deixa-lo em segurança no AMS.

Instruções:

O resgate não será tão simples assim... para conseguir salvar Ryan, vão passar por Nova York destruída, encontrar monstros e trombar com a equipe policial humana.

Deverão narrar:

  • A chegada até Ryan: Como o encontraram?

  • O resgate: Como o resgataram?

  • As batalhas: Podem ser antes ou após o resgate.

  • O desfecho: Ryan em segurança no AMS



Não haverá prazo para a postagem, podem fazer mais de um post para completar a missão.

Dúvidas por MP

Informações necessárias para completar a missão:

Adversários


Os monstros: Rolem o dado do boss uma vez, qualquer uma das duas.

► Se o número sorteado for par: Enfrentem uma matilha de cães infernais

► Se o número sorteado for ímpar: Enfrentem duas harpias.


A equipe tática terá dardos tranquilizantes usados em armas, são ágeis e inteligentes como humanos comuns, mas muito bem treinados.
Serão hostis e não vão querer muita conversa a não ser que tentem enganá-las.

- O número de integrantes da equipe fica a critério de vocês.



Desfecho

O desfecho será decidido por vocês: Se vão enfrentar, tentar conversar, matar ou fugir dos humanos é uma decisão de vocês.
A decisão de vocês pode acirrar a briga entre semideuses e humanos ou ajudar a causa, escolham sabiamente.

Boa sorte garotas!
avatar
Arcus
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 158

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: OP Lauren L. Hill - Luna Minn

Mensagem por Lauren L. Hill em Sex Out 27, 2017 9:32 pm

Roll







HUMAN
Don't ask me to lie

avatar
Lauren L. Hill
Filhos de Ares
Filhos de Ares

Mensagens : 436
Idade : 20
Localização : Somewhere.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: OP Lauren L. Hill - Luna Minn

Mensagem por Athena em Sex Out 27, 2017 9:32 pm

O membro 'Lauren L. Hill' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Cartinhas Danadinhas' : 6


Palas Athena...
Sometimes the power must bow to wisdom. You can be strong, may have power, but if you are wise, you are all well. And more than that, yes you can defeat them. Once warned that to save the world destruiri you-your friends, maybe I was wrong.
avatar
Athena
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 10961
Idade : 23
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: OP Lauren L. Hill - Luna Minn

Mensagem por Luna Minn em Sab Jan 27, 2018 6:24 pm

saving
DEMIGOD RYAN

O chamado do filho de Íris, Ryan me deixou alarmada com a situação pós invasão dos monstros nas cidades de Nova York e São Francisco. Eu já fazia o meu caminho de Long Island para o centro da cidade na van que geralmente transportava os morangos das colheitas para os mercados, era dia de semana então esta estava carregada de morangos frescos e cheirosos, me fazendo conseguir relaxar um pouco com a missão. Eu pensava nas possibilidades de como Ryan poderia estar, Quíron havia comentado que a situação era feia e que o risco do semideus ficar sem uma perna era extremamente grande. O sátiro ao meu lado, disfarçado de manco, comentava sobre os últimos acontecimentos entre sátiros e ninfas, mas eu não dava muita atenção, respondendo somente o necessário e dando sorrisos breves para o mesmo.

O tempo passava rapidamente, e minhas mãos seguravam a minha mochila sem fundo nervosamente, eu estava completamente apavorada por sair do acampamento considerando as condições atuais de risco em se estar do lado de fora. Em um momento que o Sátiro ficou quieto, decido que já passara da hora de encontrar Ryan e dar uma checada em sua condição. Retiro rápido o amuleto de Íris e o coloco contra o sol, assim que um arco-íris se forma na minha frente, jogo um dracma, que desaparece assim que toca as cores. A imagem à minha frente começa a tremer até que a imagem do semideus estirado no chão sob escombros chega até minha retina.

- Ryan, preciso saber sua localização! - Pergunto rapidamente, as mensagens de Íris tendiam a ser rápidas, e se tivesse alguém com ele, certamente saberiam que eu estava a caminho, o que poderia ser bom ou ruim, a depender de quem estivesse com ele. - Brooklin! - A voz do garoto ressoava fraco mas era o suficiente para que eu compreendesse, falo mais uma vez apressada. - Estou chegando. Aguenta firme. - A situação dele não era nada boa, ele estava fraco e sem dúvidas aqueles pedaços de concreto deveriam estar amassando a perna dele com tanta força que eu o admirava por ainda estar acordado.

- Consegue ir mais rápido? - Meu nível de ansiedade neste momento já chegava ao seu nível médio, a perna balançava inquietantemente enquanto o motorista ia na mesma velocidade de sempre. - Desculpa, a van não aguenta mais que isso. Mas estamos perto do Brooklin, vamos chegar em vinte minutos. - Minha boca se abre com a indignação da tranquilidade do sátiro, Ryan não tinha esse tempo, qualquer segundo era crucial para a sua vida. - Vou andando. - Falo ao notar o trânsito que se formava conforme nos aproximávamos das avenidas principais da cidade, aquilo ia demorar bem mais do que vinte minutos, e eu estava bastante ciente disso.

Assim que ele para a van, abro a porta, ajeito minha mochila e uso e abuso do meu tênis para correr na direção do bairro, Nova York era minha cidade e eu sabia me virar bem nela, sabia caminhos e desvios para atravessar a cidade mais rapidamente. Começo a me enfiar nos becos que apesar de bastante terríveis e sujos, eram o caminho mais fácil para o Brooklin. A respiração já estava um pouco ofegante e a dor na panturrilha começava a aparecer, mas eu não parava nem por um segundo, o tempo estava passando e eu estava contra ele.

Eu não prestava muita atenção nos fatores visuais que me apresentavam, mas uma coisa eu conseguia sentir de longe, o cheiro característico de monstros e cachorro molhado. Desta vez era tão forte que meu coração se acelerava pelo medo repentino, eu precisava respirar para não me desesperar e não me deixar ser notada. Mas onde estavam? O chão tremia com os movimentos dos cães infernais que se aproximavam, não era noite, portanto eles não tinham sombra para se movimentarem por, menos uma vantagem. Paro de andar imediatamente ao notar do meu lado direito a movimentação em um dos becos pelos quais eu passava apressadamente.

Ao dirigir meu olhar para os cães, que noto serem quatro, ouço os roncos bravos destes, eu estava ferrada, completamente ferrada. Engulo em seco e saco a minha lança de dentro do bolso da armadura de couro, por dentro da roupa que eu usava de disfarce. Eles não me atacavam nem por um segundo, me dando uma vantagem enorme sobre eles. Olho ao redor e não havia ninguém por ali, era um local seguro e escondido para se ter uma batalha. Eu precisava correr com isso, acabar logo com os monstros entrometidos.

Avanço nos dois primeiros monstros, aqueles que eram considerados o alfa e o beta da matilha. Com golpes rápidos com a lança, usando ambas as partes a que perfura e a que corta, afeto os dois direto na parte baixa do peito, no alfa, simplesmente corpo o couro grosso e escuro como a noite, no beta, a lança atravessa seu peito e acerta direto o coração, fazendo-o explodir em poeira dourada. Sem me tocar da presença dos outros dois agora me cercando, avanço mais um golpe, desta vez virando a lança para trocar o seu lado, um golpe que fora totalmente falho quando com um empurrão de um dos subordinados, caio no chão e fico presa pelas garras do monstro, estas não me machucavam pois a maneira que me acertaram não era com esta intenção.

Pensando rápido no que eu deveria fazer, dou um chute para trás com o máximo de força que eu conseguia, pegando justamente no estômago do cão infernal, que com um salto sai de cima de mim e vai chorando para longe, me dando espaço para me virar e atacar o quarto monstro direto na barriga com a lâmina cortante fazendo-o assim como o beta, desaparecer em fumaça de poeira dourada. O alfa agora grunhia feito doido, e aquilo sem dúvidas me afetaria seriamente, se não fosse pelo colar de corda de violão encantada que eu estava usando, o mesmo colar que evita que ataques auditivos me prejudicassem.

O terceiro cão infernal agora recuperado do chute, voltava a avançar, mas estar ajoelhada no chão tentando me levantar me deu uma vantagem de posição estratégica, fazendo com que facilmente a lança atravessasse a barriga do monstro e mais uma vez pegasse parte vital de suas vísceras, explodindo em poeira dourada, o alfa avança para mim, os amiguinhos não o veriam perder para uma mera semideusa, mas sem dúvidas os quatro se encontrariam no Tártaro. Como fiz com o beta, me levanto do chão e rapidamente finco o lado que furava da minha lança com tudo no peito alfa, eu sentia os ossos se esmagarem com o atrito e sentia também o coração parar de pulsar brevemente, ele ainda não tinha morrido. Forço ainda mais a lança no coração dele e por fim, ele some em poeira dourada assim como seus colegas. O sol que estava em seu ponto mais alto me fazia sentir a cabeça quente e o suor escorrer pela testa. Mas meu trabalho ainda não fora feito.

Faço com que minha lança voltasse a ser chaveiro, guardando-o em seu devido lugar, e tornando a correr a todo vapor em direção do Brooklin, esperando que agora, nada me impedisse de continuar com o que eu deveria fazer. - Quase lá. - Falo baixinho ao notar a placa indicando o bairro que eu tanto procurava, finalmente eu havia chegado ao meu destino, mas onde estava o semideus? A quantidade de pessoas ao meu redor começava a aumentar, me fazendo parar de correr de pouco em pouco, seria o meu pior pesadelo se eu chegasse até o garoto e ele estivesse rodeado por curiosos. Mas eu não duvidava de que aquela possibilidade tinha grande chances de acontecer.

Ao andar pelas ruas, à alguns quarteirões à minha frente, próximo da Brooklyn Bridge, uma multidão se aglomerava em torno de um terreno aparentemente vazio, mas o cheiro de poeira no ar deixava claro que ali era o cenário das chamadas de Íris que Ryan nos enviou no acampamento. Imediatamente pego minha mochila sem fundo e de dentro dela procuro o meu jaleco branco recém lavado, vestindo-o apressadamente, voltando a arrumar a mochila em meus ombros e por fim, começo a avançar pela multidão, tentando chegar até o prédio caído com o máximo de pressa, pedindo licença me auto nomeando como Paramédica.

Conforme as pessoas entendiam o que estava acontecendo a notícia de que uma médica estava chegando foi se espalhando e o caminho foi se abrindo mais facilmente. Quando finalmente consigo me livrar de todo o aperto e ganho uma visão limpa do que acontecia ali, noto o corpo do garoto estirado no chão com um pedaço de concreto enorme bem em cima de sua perna. Eu conseguiria tirar aquilo de cima do garoto fácil, mas não podia demonstrar que eu não era simplesmente uma pessoa normal, eu tinha que manter a minha pose de médica humana, completamente humana.

Passo os olhos ao redor das pessoas ali, Ryan estava desmaiado pela dor, mas ainda dava tempo de salvá-lo, escolho as quatro pessoas mais musculosas da multidão, e logo, mais duas aparecem oferecendo ajuda. Era lindo ver como as pessoas se ajudavam em situações extremas como aquela, mas era muito raro ter alguém realmente disposto a ajudar.

Conforme nos reunimos ao redor do semideus desacordado, eu começava a passar as instruções. - Eu não poderei ajudar a retirar a pedra pois preciso estancar qualquer sangramento, seria fatal para ele. Estou contando com vocês para tirarem isso daqui, só não se machuquem. - Olho para os rostos dos meus seis ajudantes passando confiança e convicção nas minhas palavras. Me ajoelho ao lado do garoto e seguro sua perna com força, assim que eles erguessem a pedra, eu manipularia sua energia e no fim, ele estaria bem o suficiente para conseguir andar. A contagem regressiva começava, minhas mãos se apertavam ao redor da perna do semideus, segurando as veias e artérias principais de sua perna, mordendo os lábios apenas esperando a hora.

- Agora! - O grito do humano mais forte ressoa e quando a pedra se ergue e é movida para o lado, inicio imediatamente o processo de manipulação energética do garoto, os ossos que estavam fraturados agora estavam intactos, os músculos esmagados tinham novamente suas fibras unidas e fortes, mas a pele ainda se mantinha castigada, o fiz de propósito. A pedra estava agora jogada seguramente ao lado do corpo de Ryan, os seis ajudantes estavam ofegantes e comemoravam, assim como o resto da multidão que aplaudia o trabalho realizado, não consigo não sorrir com aquela reação, mas eu ainda precisava levar o semideus de volta ao acampamento.

Como uma atadura improvisada, mesmo sem necessidade, rasgo meu jaleco e envolvo a perna do garoto com uma força leve como se o usasse para estancar o ferimento. Me abaixo para falar bem no ouvido do garoto, passando instruções, sabendo que ele iria acordar a qualquer momento. - Ryan, meu nome é Luna, finja que ainda está desmaiado, eu vou te tirar daqui o quanto antes. - O silêncio se instalou ao nosso redor, e uma mão em meu ombro me fez desviar rapidamente me afastando do corpo que me tocava.

- Quer nos acompanhar por bem ou por mal? - A voz da mulher era firme e fazia eu me sentir uma completa criminosa. Droga, não. Eles haviam me descoberto. Eu precisava agir rápido e fugir. Mas ao lado dela, um outro homem, igualmente armado e sério, me encarava, pareciam estar prontos para me fazer dormir caso eu resolvesse revidar.

Droga, droga, droga.

O clima tenso era sentido pelo ar como uma corrente elétrica. Eu precisava sair e fugir com o Ryan urgentemente. O colar de contas, eu estava com ele, me recordo de uma das contas que ganhei a pouco tempo por ter derrotado os monstros e ajudado a salvar tantas vidas. - Ei, garota, vamos. - Desta vez o homem musculoso foi o que proferiu aquelas palavras. Mas algo inesperado acontece.

A minha visão fica tão clara que sou obrigada a fechar os olhos, eu esperava que aquilo não fosse só comigo, porque se fosse eu estaria ferrada, completamente perdida, mas os murmúrios e a confusão generalizada ao meu redor, me faz ter a certeza de que aquilo não era só comigo. - Luna me segue. - Ouço a voz de um jovem homem, só podia ser o Ryan. Ele começa a me puxar em direção à algo colorido, se destacava no meio do branco que ainda tinha em meus olhos.

Um tiro é disparado seguido de gritos e ameaças sobre como não poderíamos escapar, era a Seita agindo, precisávamos correr. Eles estavam atirando em cego, e eu era a cega no meio do tiroteio, disparo atrás de disparo. Corro até que sinto que meus pés não mais tocavam asfalto, mas sim folhagem e galhos secos, ouço um grunhido vindo do filho de Arcus provavelmente reclamando sobre sua perna pouco ferida.

Não demora muito para minha visão retornar ao normal, e lá estávamos nós, na frente da entrada para o acampamento meio sangue. - Luna, eu... - Ryan caía lentamente no chão ao meu lado, noto que em seu ombro um dardo parecido com uma injeção o espetava. Ele havia sido acertado, droga. O seguro antes que o garoto se espatifasse no chão completamente, o segurando no colo com facilidade apesar do peso extra por ele estar completamente desacordado agora.

Passo pela barreira do acampamento pronta para curá-lo inteiramente na enfermaria. Com a minha pressa em ajudá-lo, já adianto o processo, manipulando uma última vez sua energia vital, fazendo com que seu ferimento se fechasse por completo e finalmente o deixando dormir até passar o efeito do sonífero. Quíron ficaria feliz em saber que o semideus estava bem e de volta.

Condição da personagem:
HP: 840/840
MP: 800/840

Ficha de Atributos

Duplicadores:
Nome: Pacote intermediário de XP - Nível 3
Descrição: Por 2 meses em OFF, todo ganho de XP do semideus é duplicado. (Valido até 12/02/2018)

Nome: Pacote intermediário de Dracmas - Nível 3
Descrição: Por 2 meses em OFF, todo ganho de dracmas do semideus é duplicado.(Valido até 14/03/2018)

Poder Ativo - Filho de Íris:
Nível 2
Nome do poder: Bloqueio visual
Descrição: O Semideus filho de Íris/Arcus pode canalizar a luz do ambiente, deixando-a mais intensa nos olhos de seu adversário. Isso o deixará sem foco por alguns instantes.
Gasto de Mp: 10
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: O inimigo ficará atordoado por um turno.
Dano: Nenhum

Nível 61
Nome do poder: Teleporte III
Descrição: Permite o filho de Íris/Arcus teleporte  além de objetos, a si mesmo e até mais dois companheiros através das mensagens de íris/Arcus.
Gasto de Mp: 80
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Itens levados:
• Belladonna Spear [ Uma lança negra de duas pontas de um metro e setenta de altura de bastão e dez centímetros de lança em cada ponta, totalizando uma altura de um metro e noventa. A primeira lança é feita especialmente para furar, tendo três lâminas torcidas com uma ponta bastante afiada, enquanto a segunda é mais utilizada para cortar, possui uma lâmina dupla afiadíssima. O bastão é fino e transparente, aparentando ser frágil, porém é extremamente resistente e leve tornando-a facilmente manuseável. Pode ser usada tanto como lança, quanto como bastão. | Efeito 1: A arma foi banhada com um veneno especial que fundiu-se a lamina, qualquer um atingido por essa terá sangramento continuo, ou seja, a ferida continuará aberta por um tempo, mesmo que o oponente do semideus tente se curar, assim perderá +20 HP durante 5 turnos inteiros, totalizando uma perda de 100 HP. Efeito 2: É condutora do elemento trevas, assim sendo, qualquer poder desse elemento lançado contra essa arma, poderá ser rebatido ou repelido por ela. Efeito 3: Sempre retorna ao bolço dono com a forma de um chaveiro. | Adamantino | Espaço para 3 gemas | Alfa Prime | Status: 100% Sem danos | Necessário nível 20 para domínio completo da arma | Lendária | Evento Cidade dos Monstros].

Leather Armor [Uma armadura leve unissex, composta mais por tecido reforçado e mágico do que por metais. É uma armadura do tipo leve, propícia para jogadores que buscam mais mobilidade e velocidade em seus movimentos. Ela pode ser considerada completa, por cobrir praticamente todo o corpo do seu usuário e incluir até mesmo um capuz que esconde o rosto. Ela possui muitas aberturas para se esconder armas de porte pequeno, como punhais, facas e adagas. | Efeito 1: Diminui os ruídos de movimento em 70%, tornando mais difícil escutar o portador dessa armadura enquanto se move. Efeito 2: aumenta em 25% a agilidade, equilíbrio e reflexo. Efeito 3: Ao usar o capuz, a presença do usuário reduz em 30%, tornando mais difícil de identifica-lo caso se dedique a ser mais discreto | Tecido reforçado e mágico | Beta | Espaço para uma gema Espaço para uma joia/gema | Status: 100%, sem danos | Mágico | Comprado no Ferreli & García - Mode et style]

Velociraptor linha Luxo [ Nessa linha não é apenas o conforto que predomina, mas também o poder, apesar de aparentar ser um tênis comum, esse foi fabricado para auxiliar e estimular o semideus a melhorar seus movimentos em combate, o tornando mais forte e mais rápido | Efeito 1: O calçado muda de acordo com o dono e suas preferências, o tênis será alterado magicamente para o modelo que mais o agrada. Efeito 2: Promove +40% de velocidade ao portador. Efeito 3: Quando estiver com o tênis nos pés, golpes relacionados as pernas, como chutes ou saltos ganham 30% a mais de força | Material mágico especial |Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos | Mágico | Comprado na Ferreli & García - Mode et style]

Vitesse [ Uma confortável blusa de algodão, na cor preta. | Efeito 1: A blusa é leve e agradável, além de ter um efeito mágico que melhora a velocidade do usuário em 30% | Efeito 2: O tecido não suja e não adquire manchas, permanecendo impecável e cheiroso independente das situações ao qual seja submetido | Algodão mágico | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Comprado na Ferreli & García - Mode et style ]

• Corda de violão encantado [Uma corda de violão de aço, que pode formar o fio para um colar. | A corda, abençoada por Orfeu, o protege de ataques baseados no som ou ruídos, emudecendo os sons à sua volta uma vez por evento ou missão. | Aço | Sem espaço para gemas, mas pode usar pingentes, pois pode ser usado como o fio de colar | Alfa | 100%, sem danos | Mágico | Evento Cidade dos Monstros]

• Amuleto de Íris [ Um amuleto feito com fios trançados de couro, sendo muito simples, porém bonito de se olhar, seu pingente é uma pedra transparente, semelhante à pinta de ouros do baralho, sendo que esta é bastante resistente e difícil de quebrar. | Quando a pedra entra em contato com a luz do sol forma um arco-íris pequeno, perfeito para enviar mensagens de Íris instantâneas, basta jogar um dracma. | Couro e pedra desconhecida. | Sem espaço para gema. | Beta. | Status 100% sem danos. | Mágico. | Underworld's Poisons.]

• Mochila sem fundo [Mochila de prata com material simples, sem bolsos laterais, com um único zíper, uma única entrada e uma única saída.| Efeito 1: A mochila não possui fundo, foi encantada para caber inúmeros objetos, ou seja, seu espaço é infinito, tudo que você colocar dentro dela permanece ali, desde que passe pela parte de cima, ou seja, você precisa conseguir colocar o item pelo buraco, que é largo o suficiente para passar até uma panela de pressão. Para pegar o item de volta basta colocar a mão dentro da mochila e pensar nele, e ele retorna para suas mãos.| Efeito 2: A mochila permite ao semideus levar 3 itens a mais em missões e eventos, como uma forma de burlar as regras. Por exemplo, se o narrador estipulou apenas 1 item para a missão, o meio-sangue poderá levar essa mochila e com ela liberar mais 2 itens (pois ela conta como 1, gastando um dos 3 extras) | Indefinido | Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos |Lendário e mágico | Comprado na Loja Especial do BO]

Habilidades Adquiridas:
Nome da Habilidade: Perícia com Bastões e Lanças I
Descrição: O usuário entendeu como funciona a arma e como ter um bom manuseio de armas de extensão como bastões e lanças e pode se mostrar melhor nisso do que aqueles que nunca tiraram um tempo para treinar a habilidade de fato.
Gasto de HP: Nenhum.
Gasto de MP: Nenhum.
Extra: +10% de assertividade ao usar qualquer uma das armas citadas nesta habilidade.
Dano: +5% de dano ao realizar golpes com fazendo uso de uma das armas.

Nome: Perícia Corporal I
Descrição: Treinar o corpo e a mente para tornar-se um melhor guerreiro é quase que uma obrigação de cada meio-sangue, caso ele deseje sobreviver nesse mundo louco. Assim sendo, depois de uma aula de perícias, o corpo do semideus foi condicionado e treinado para melhorar a agilidade, a esquiva e o reflexo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% em agilidade, esquiva e reflexo.
Dano: Nenhum

Nome: Perícia Corporal II
Descrição: Treinar o corpo e a mente para tornar-se um melhor guerreiro é quase que uma obrigação de cada meio-sangue, caso ele deseje sobreviver nesse mundo louco. Assim sendo, depois de uma aula de perícias, o corpo do semideus foi condicionado e treinado para melhorar a resistência corporal. Irá se cansar mais dificilmente, estando preparado para realizar exercícios físicos mais complexos. Assim, possui um melhor desempenho em combate, podendo permanecer lutando mais tempo que outros.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% em resistência física.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Rastreadores
Descrição: Habilidade que permite ao semideus encontrar e localizar monstros ou criaturas – como animais e até semideuses – através de rastros, pistas, odores, pegadas ou qualquer coisa que pode ser deixada para trás. Isso também permite encontras rastros que foram apagados, afinal, existem criaturas que conseguem mesclar seus rastros e até mesmo apaga-los ou disfarça-los. Semideuses com essa habilidade dificilmente serão enganados por pistas falsas, tendo mais chance de seguir um caminho certeiro, pois, sabem identificar o que foi forjado e criado do que realmente foi deixado para trás.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: +40% de chance de descobrir alguma coisa deixada para trás. + 30% de percepção. +50% de chance de não ser enganado por armadilhas ou rastros falsos deixados por terceiros para desvia-lo do caminho certo. Pode solicitar ao narrador que indiquem pistas do caminho certo a ser seguido.
Dano: Nenhum.

Nome: Perícia Acrobática - Saltos
Descrição: Treinar a técnica de diversos saltos deu ao semideus a experiência necessária para aplicá-lo nas mais diversas situações, inclusive em combate ou durante a fuga. Com essa aula, você pode justificar movimentos mais complexos em sua narração, além de ter melhorado a sua condição física com o treinamento recebido.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% agilidade, flexibilidade e equilíbrio
Dano: Nenhum

Nome: Perícia em Ambidestria
Descrição: Depois de treinar, o semideus é capaz de usar ambas as mãos e pernas em combate, distribuindo força e equilíbrio necessário para já ter a mesma eficiência no uso. Será capaz de, por exemplo, usar duas armas ao mesmo tempo além de equilibrar-se mais fácil por ter ambas as pernas como dominantes.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +15% de força e equilíbrio.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Resiliência Semidivina
Descrição: Resiliência, dentre seus variados sentidos, pode significar a capacidade de se adaptar a diversas situações. Aqui, ela representa a habilidade dos filhos dos deuses de se adaptarem aos seus inimigos em combate, funcionando especificamente contra monstros. Enquanto em batalha, a cada turno que se passar, o semideus terá mais e mais vantagens contra seu oponente. Os bônus se explicam através do estudo da movimentação inimiga, além da observação de seus pontos fracos e identificação de áreas menos resistentes ou sensíveis em seus corpos.
Gasto de MP: Nenhum.
Gasto de HP: Nenhum.
Bônus: 20% de chance de acerto e esquiva quando enfrentando uma única criatura; 30% se for contra um Zumbi.
Dano: +20% de qualquer dano causado, se acertar em um dos pontos fracos identificados do monstro; 30% se for contra um Zumbi.
Extra: A cada turno, o bônus aumenta em 5%, podendo chegar no máximo a 40%; 50% se for contra um Zumbi.

Poderes Passivos - Filhos de Perséfone:
Nome do poder: Beleza Incomum III
Descrição: Em tal nível a atração que o semideus, prole de tal divindade, excerce é ainda maior, sendo comparado ao encanto dos filhos de Afrodite/Vênus. Fazendo com que o mesmo ganhe vantagens no campo de batalha.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nunca será atacado de primeira, no primeiro turno, inimigos sempre vão evitar atacar você, lhe dando a chance de começar fazendo estrago. E, inimigos que permanecerem o observando, irão se tornar mais lentos.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Esquiva II
Descrição: Se antes você era ágil, com certo treino, se tornou um gatuno ágil, em batalha, é mais rápido que a maioria dos campistas, e consegue se defender, se esquivar de forma rápida e eficaz, o que a maioria não consegue fazer.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% de esquiva e velocidade
Dano: Nenhum

Poderes Passivos - Curandeiros de Asclépio:
Nome do poder: Mãos gentis
Descrição: Suas mãos são leves e delicadas para tratar de feridos. A dor que você causa é mínima, e você saberá muito bem como colocar ataduras, talas, bandagens, torniquetes e etc. no lugar correto, do jeito correto, e com o mínimo de tempo e dor possível.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nome do poder: Aura apaziguadora
Descrição: Um bom curandeiro tem que apaziguar o coração dos feridos e familiares, portanto você possui uma aura pacifista que acalenta os corações dos enfermos e familiares.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: O poder irá apenas funcionar caso o indivíduo esteja possuído.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Percepção energética
Descrição: Todos os corpos são constituídos de energia, os curandeiros tem a capacidade de perceber essa energia, onde ela está mais forte ou mais fraca, assim como se essa energia está danificada ou não segue seu fluxo normal. Dessa maneira, um curandeiro pode perceber que há algo de errado com a energia vital de alguém
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Permite perceber e localizar onde a energia vital está sendo perdida ou danificada, mas sem muita precisão. Pode notar que existe uma energia negativa ou interrupção da fluidez da energia em um braço ou no tórax.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Conhecimento de anatomia
Descrição: O corpo humano não é um segredo para você, o nome de cada veia e por onde ela passa, levando o que pra onde, cada ínfimo detalhe dos músculos, ossos e demais tecidos são conhecidos por você.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Consegue tratar o paciente com maior precisão.
Dano: Nenhum.
Extra: – 10% de chance de causar danos colaterais na hora de tratar ferimentos.

Nome do poder: Adaptabilidade Medicinal.
Descrição: Usar um cipó como torniquete, uma serpente como uma potencial fonte de antídoto, ou qualquer outro tipo de coisa mais ou menos avançada que isso. Agora Curandeiros poderão fazer isso..
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: +15% de de eficácia com tratamentos improvisados.
Dano: Nenhum.
Extra: Nenhum.

Nome do poder: Força aprimorada
Descrição: Carregar pacientes e imobilizar pacientes em estado de eclampsia e epilepsia exige força, por isso, os abençoados do deus Asclépio são mais fortes que o comum.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: 15% Força
Dano:  Nenhum.

Nome do poder: Convicção Inabalável
Descrição: Médicos não podem deixar-se abalar por nada: eles dificilmente ficarão assustados ou abalados com algo, assim como serão surpreendidos com menos eficácia e nenhuma mentira lhes escapa, embora às vezes os mentirosos mais hábeis, como os filhos de Éris, consigam ocultar em parte sua mentira. Omissão não é afetada, pois não é uma mentira.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Capazes de detectar facilmente mentiras de semideuses com nível igual ou inferior, exceto os semideuses com habilidades para tal.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Luz Solar II
Descrição: Quando o curandeiro estiver em contato com a luz será ainda mais poderoso e eficiente de forma geral.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: + 30% de efetividade em ações terapêuticas.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Agilidade III
Descrição: Os procedimentos médicos exigem certa agilidade, portanto, curandeiros são um pouco mais ágeis que os humanos normais.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: 20% agilidade
Dano:  Nenhum.

Poderes Ativos - Curandeiros de Asclépio:
Nome do poder: Manipulação energética III
Descrição: Além de perceber a energia vital, os curandeiros podem manipula-la e restaura-la. Suas habilidades evoluíram conforme o esperado, cortes profundos já podem ser fechados completamente, além disso, agora o curandeiro também será capaz de parar hemorragias com mais facilidade.
Gasto de Mp: 20 de MP.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: + 40% de HP e MP por uso.
Dano: Nenhum.
Extra: Nenhum.


life has made me
TOUGHER & STRONGER
avatar
Luna Minn
Imortais
Imortais

Mensagens : 1314
Idade : 21
Localização : Camp Half Blood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: OP Lauren L. Hill - Luna Minn

Mensagem por Circe em Dom Jan 28, 2018 2:22 am


Avaliação


Valores máximos que podem ser obtidos

Máximo de XP da missão: 5.000

Realidade de postagem + Ações realizadas – 50%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc – 20%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência – 30%

Realidade de postagem + Ações realizadas: 45%
Escrita: Gramática, erros, pontuação, coerência, concordância, etc: 13%
Criatividade/Estratégia em combate + inteligência: 22%

RECOMPENSAS: 8.000 XP + 8.000 dracmas (duplicadores já contabilizados).

Comentário:
Vou começar com os pontos negativos, logo após os positivos. Notei várias vírgulas faltando em alguns lugares, mas em outros elas estavam em exagero, sugiro que leia o texto em voz alta para que consiga corrigir com mais facilidade. Também percebi erros nas concordâncias, onde deveriam ser plurais faltavam o 's' do final; faltou concordância em algumas palavras femininas que foram empregadas como masculinas. Peço que atente-se aos vários pronomes possessivos que usas (meu/minha), você os repete varias vezes. Cuidado ao usar letra maiúsculas de forma errada em palavras no meio de frases (notei uma apenas, mas é bom se atentar).

Você enfrentou uma matilha de cães infernais e mesmo assim fez com que eles fossem inofensivos. Faltou um pouco de coerência nessa parte, por isso dos descontos.

Entretanto, seu texto fluiu muito bem. Confesso que tem textos que deixam o avaliador com tédio, mas o seu foi um que me prendeu e me fez querer saber mais e mais do desfecho da história. Sua escrita não é pesada e envolve bastante o leitor. Foi uma ótima missão, PARABÉNS!

Atualizado por Hades.


Circe, The lady of magic


∆ LYL - FG
avatar
Circe
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 199

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: OP Lauren L. Hill - Luna Minn

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum