The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Missão Narrada para Victor Phendragon

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Missão Narrada para Victor Phendragon

Mensagem por Evie Farrier em Seg Jul 10, 2017 11:17 pm


O Pacote de Hermes


uma missão para o deus mensageiro



Os passos eram ligeiros. Realmente ligeiros. O som ecoava por toda a Casa Grande de maneira irritante e irregular, Dionísio já estava prestes a lançar a primeira latinha de Diet Coke na cabeça de seu visitante se ele não parasse com aquilo.

-Isso é um ultraje! – Hermes exclamava para ninguém exatamente, ainda andando de um lado para o outro – Eu não tenho tempo para essas coisas, como eles se atrevem a errar assim? – o deus mensageiro virou em direção ao diretor do Acampamento Meio-Sangue – Você precisa me ajudar Dionísio! Escolha um de seus minions para essa missão!

-Se é uma missão sua, vá e escolha você mesmo – o deus do vinho apenas deu de ombros entendido.

Mesmo tendo uma resposta na ponta da língua, Hermes respirou profundamente e caminhou a passos largos para a porta da mansão no meio do mato. Ele a escancarou e tomou a varanda, seus olhos encarando os jovens que passavam pela construção.

Não, muito franzino.

Não... O que ele está fazendo, limpando o nariz?! Não deveria estar aprendendo a empunhar uma espada?!

Ah, vai ser esse aqui mesmo.


-Hey, jovem rapaz! – o deus em sua forma humana chamou o garoto que passava. Era alto, talvez um pouco mais de um metro e oitenta. Pele clara e olhos azuis, o seu porte podia ser magro, mas descava um pouco de músculos. É, ele deveria servir! – Venha aqui, se aproxime. Eu tenho uma proposta para você!

Ele não esperou pela reação do garoto, apenas voltou a entrar na enorme casa e tirar o celular do bolso. Mexeu na tela touchscreeam até escutar a porta da casa fechando-se novamente. Ergueu o olhar e sorriu de canto ao ver que o rapaz tinha o seguido.

-Parabéns! Você acaba de ganhar uma importante missão. Eu sou Hermes, sim, O Hermes – o deus ladrão falava rapidamente – Eu preciso que você vá atrás de um pacote muito importante para mim que foi enviado para um endereço completamente errado. Eu não posso mandar qualquer pessoa, então você foi escolhido especialmente para esse serviço certo Dionísio? – o deus ligeiro encarou o deus do vinho que apenas bufou e revirou os olhos – Veja, ele concorda! Agora, aqui está o endereço – Hermes falava e agia rapidamente, tirando do bolso de seu paletó um pedaço de papel. Ele segurou a mão do garoto come se o estivesse cumprimentando, deixando que o papel ficasse sobre a palma do semideus – Lembre-se meu jovem, não importa o que, é preciso que você retorne para o acampamento com esse pacote! Boa sorte garoto!

E fora isso. O garoto semideus estava parado ali, no meio da sala da Casa Grande, tendo conhecido um deus que havia lhe passado uma missão sem nem ao menos questionar o seu nome. Ele encarou Dionísio que apenas resmungou qualquer coisa:

-Pegue suas coisas e parta, você recebeu uma missão direta de um deus rapaz, vá e será ao menos reconhecido. Teste suas capacidades e volte vivo!

Fora as únicas coisas que o diretor disse antes de se afastar e ir para algum recanto da Casa Grande.



Status

Victor
HP: 620/620
MP: 620/620



Instruções


• Você estará passando pela Casa Grande por qualquer motivo, ao ser parado por Hermes.
• No papel, há um endereço em uma área perigosa do Queens.
• É importante que nesse seu post contenha a interpretação com o deus Hermes, indo até o chalé pegando os itens de sua missão e partindo para o endereço.
• Você poderá escolher os meios de viagem: ônibus, táxi, táxi das irmãs cinzentas, voando etc.


Regras


• Essa é uma missão narrada, em que recebi uma exceção as regras (para líderes é permitido passar missões OPs) para auxiliar a staff.
• É possível levar até 4 itens consigo, escolha cuidadosamente. Itens gêmeos contam como 1 só.
• Todas as armas escolhidas devem estar em spoiler e devem ser mencionadas em seu post, elas não surgirão do nada no meio da batalha, sempre estarão com você.
• Poderes e habilidades devem estar sempre em spoiler no final da narração.
• Mínimo de 7 linhas
• Prazo de 48h para postagem, caso não post no prazo sem aviso prévio por MP será penalizado de acordo com o tempo de atraso. Ou seja, quanto mais demorar, maior será a penalidade.
• Um atraso de uma semana sem post levará ao cancelamento da missão.




EVIE FARRIER
I am the bone of my sword. Steel is my body and fire is my blood.
avatar
Evie Farrier
Pretores
Pretores

Mensagens : 381
Data de inscrição : 26/12/2016
Idade : 20
Localização : Acampamento Romano

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Narrada para Victor Phendragon

Mensagem por Victor Phendragon em Ter Jul 11, 2017 2:18 am



Um pedido de Hermes.
.

Rumo ao Queens.

A cinco meses, quando fugi do orfanato onde fui criado e acabei vindo parar aqui no acampamento meio-sangue, eu tinha um objetivo que me movia e me dava forças. Saber mais de minha história me motivou a sair do Canadá e vir para os Estados Unidos, sozinho e sem absolutamente nada comigo além das roupas que eu estava usando. Fiz isto tudo em busca de informações sobre meu passado e quem eram meus pais, mas até agora, apenas sei que sou um semideus e que meu pai é Eros. Não que ser semideus seja quais quer coisa, mas sei lá.  Sequer tive dez segundos para poder ver meu pai, ver se eu me parecia com ele, ver como ele era ou saber mais sobre a minha mãe ou por que fui deixado em um orfanato. Nada sei dele além do que li em livros de mitologia ou do que eu mesmo imaginei, idealizando aquele que seria meu pai, baseado nas coisas que li e um pouco de mim, já que imagino ser parecido com ele.  Até agora, dois meses depois de vir para o acampamento, eu ainda não tive resposta nem uma do que eu vim buscar e isto está me incomodando bastante. Afinal de contas, de onde eu vim, quem são meus pais e por que eu fui largado em um orfanato? Qual a minha origem?

Tomado por uma necessidade de sanar minhas duvidas e preencher este vazio que se formou dentro de mim ao longo dos anos, tomo o rumo da casa grande, decidido a questionar o senhor D, para que, se não puder me dar respostas, pelo menos me desse uma chance de encontrar quem as pudesse me dar, meu pai.

A passos largos e firmes saio do meu quarto no chalé de Eros e me direciono a casa grande, mais distante dos chalés, cruzando a distancia entre ambos a passos ligeiros e decididos, até ser abordado por um homem magro, quase da minha altura e cabelos ondulados, que de forma inesperada me fala sobre uma proposta. Inicialmente estranharia, já que ele apenas se virou e saiu andando, mas como ele ia até a casa grande, assim como eu, segui atrás dele.

Para minha surpresa, assim que adentro na casa, sou recepcionado por um sorriso do homem, que de forma animada e rápida me explica a situação. Eu estava diante de um deus, o deus mensageiro, além do senhor D, ali com suas latinhas de cola, nada feliz.

- Mas eu? – Me surpreendo com a proposta. – O senhor é o Deus mensageiro, não poderia fazer isto em um piscar de olhos, literalmente? –

Porém, sou plenamente ignorado pelo deus, que como um rapper, fala rapidamente me cumprimentando e me passando um endereço em um papel no meio do movimento, sem me dar tempo de falar ou dizer se eu aceito ou não a missão e então se vai, tão rápido quanto me abordou, entrou e falou.

Encaro o o diretor do acampamento com uma sobrancelha arqueada e o papel em mãos, sem nem ao menos  saber do conteúdo que eu deveria buscar no endereço que me foi entregue, quase cansado pelo tanto que Hermes falou, como se fosse eu a ter ficado sem folego apenas de ter o ouvido.

- Ele é sempre... Assim? – Pergunto, meio confuso, mas aparentemente o Deus do vinho não está muito animado hoje, sendo bem direto e enfático em suas palavras.

Contudo, ele estava certo. Um deus me passou pessoalmente uma missão, que se eu cumprir, terei algum reconhecimento e isto talvez chame a atenção do meu pai e o faça vir até mim, já que eu não posso ir até o Olímpio atrás dele..... Ou talvez eu possa? Talvez, só talvez, ao completar esta missão, Hermes que é o mensageiro e patrono dos viajantes poderia me quebrar este galho e me levar até meu pai, ou dar um jeitinho para que eu possa ir até o Olímpio falar com ele. Não era uma certeza, mas era melhor do que nada.

Assim como ordenado por Dionísio, me dirijo ao meu quarto e pego algumas coisas. Apanho minha mochila e coloco meu arco e minha aljava magica dentro dela, aproveitando seu interior mágico pra disfarçar e facilitar o transporte da arma. Já estava usando meu colar dourado com o pingente de gatinho e meu smartphone divino não saia do meu bolso, que por sorte. possui  uma bateria bastante duradoura até para um smartphone mágico. Uso o aparelho para tirar uma foto do papel com o endereço e já jogo o endereço no GPS do aparelho que indica o local. Queens. Um dos distritos de Nova York. Apesar de normalmente, eu e Angel sermos inseparáveis, decido não levar a espada, já que não pretendo entrar em combate, apenas pegar a encomenda novamente e retornar para o acampamento o mais rápido o possível. Era minha primeira missão fora do acampamento e não queria acabar me envolvendo em um combate de proximidade com nem um mostro, para não acabar todo arrebentado como na minha luta contra a quimera. Por tal motivo, julgo o arco, uma arma de distancia cujo adquiri uma impressionante maestria em seu manuseio, uma melhor escolha. Até por que eu posso invocar armar custas a quais quer instante, basta que eu queria. (Off: Santo legado de Belona uhasuahsuhas)

Preparo minhas coisas e me apresento ao senhor D, para a missão. Não sei se eles fazem algum tipo de registro para isto ou não. Seguro de vida, talvez? Porém, ele apenas me diz que posso usar o Taxi das irmãs cinzentas e colocar na conta de Hermes, com um sorriso malicioso no rosto. Não deixo de me perguntar quanto custará esta corrida, para ele fazer isto, mas nada falo, apenas agradeço e as chamo pelo aplicativo do meu smartphone já colocando o endereço de destino no aplicativo, tipo Uber, enquanto pesquiso rapidamente na internet sobre o bairro e possíveis monstros e perigos na Wikipédia dos semideuses. Não que eu esteja muito preocupado com isto, já que meu colar esconde boa parte da minha presença semidivina e por minhas habilidades dou conta de esconder tranquilamente o restante dela, mas o aviso do senhor D me deixou um pouquinho aflito.

- Volte vivo? Que diabos de conselho é este? – Resmungo enquanto espero meu taxi chegar, nos limites da barreira mágica ao redor do acampamento.

Passiva de Eros:
Nível 6
Nome do poder: Perfume Inebriante
Descrição:  Seu cheiro natural é um perfume delicioso para qualquer ser. Todos os seres vivos ficam com o humor melhor perto de você, monstros nunca te detectaram, pois seu perfume lembra a eles cheiros dos seus habitats naturais.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Não será rastreado por monstros. Pode confundir o inimigo em luta, inclusive, o fazendo hesitar ao sentir seu perfume, errando ataques durante um turno.
Dano: Nenhum

Itens de utilidade:
• Mochila sem fundo [Mochila de prata com material simples, sem bolsos laterais, com um único zíper, uma única entrada e uma única saída.| A mochila não possui fundo, foi encantada para caber inúmeros objetos, ou seja, seu espaço é infinito, tudo que você colocar dentro dela permanece ali, desde que passe pela parte de cima, ou seja, você precisa conseguir colocar o item pelo buraco, que é largo o suficiente para passar até uma panela de pressão. Para pegar o item de volta basta colocar a mão dentro da mochila e pensar nele, e ele retorna para suas mãos.| Indefinido | Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos |Lendário e mágico | Loja especial do dia dos namorados]

Golden Magic [Um colar que possui um pingente em forma de gatinho. Seu formato ou estilo em nada se compara a magia que está presente nesse acessório | Efeito: Ele esconde em 75% a presença semidivina do usuário, permitindo que ele passe despercebido por monstros e use até mesmo tecnologia mais avançada. Monstros superiores e mais poderosos ainda conseguem reconhecer o usuário do colar como um semideus, mesmo que leve um tempo para distinguir a aura | Prata ou Ouro | Sem espaço para gemas | Gama | 100% sem danos | Mágico | Comprada na Pandevie Magie]

Smartphone Divino [Um smartphone feito especialmente para os semideuses. Ainda é um aparelho tecnológico, sendo necessário ter uma passiva que permita uso de tecnologia ou um item com o mesmo objetivo. O smartphone possui um sistema operacional próprio e mais avançado do que os conhecidos Android e iOS. Ele vem com aplicativos especiais para o meio-sangue: bestiário; mapa de locais mitológicos conhecidos; visão de raio-x; identificador de monstros; locais mais próximos seguros (estabelecimentos ou semideuses adultos que oferecem abrigo); disk taxi das irmãs cinzentas; mensagens de íris ao colocar um dracma contra o sensor de objetos na parte traseira do smartphone; identificador de itens ao passar pela câmera, podendo dizer material e propriedades. | Efeitos: Além de ter todos os programas populares de um smartphone, possui aplicativos exclusivos para semideuses; Efeito 1: possui runas de resistência e renovação, permitindo que o celular se reconstrua caso quebrado | Resistência Beta | Sem espaços para gemas | Status: 100%, sem danos | Mágico | Comprado no Pandevie Magie]

Armas:

Considero os dois itens como um, por serem um par e ser preciso um para usar o outro.

Aljava mágica [Uma aljava feita de couro escuro, com capacidade de 30 flechas. Essas flechas foram previamente encantadas, possuindo propriedades mágicas. 15 flechas são feitas de bronze celestial e as outras 15 são feitas de ferro estígio | Efeito 1: A aljava depois de esvaziada, ou seja, quando as flechas acabam, leva 1 turno para ser preenchida novamente com 15 flechas. Ao todo, são 2 turnos para que a aljava esteja completa com as 30 flechas | Efeito 2: As flechas de ferro estígio estão encantadas com runas de fogo, conferindo dano de fogo e chance de +20% de dano se atingir um ponto crítico. As flechas de bronze celestial estão encantadas com runas de ar, as tornando mais afiadas e rápidas, atingindo o dobro de distância que uma flecha comum atingiria, além de chance de +20% de dano se atingir um ponto crítico. | Madeira, couro, ferro estígio e bronze celestial | Um espaço para gema | Beta | Status 100%, sem danos. | Mágico | Comprado no Pandevie Magie]

Arco Superior [Um arco de bronze celestial com escritos em ouro imperial. Sua corda é mais resistente que o comum, e suas flechas – também feitas de bronze celestial – tem a ponta um pouco mais fina. | Efeitos: Metade das flechas presentes nesse arco foram impregnadas com veneno, o que faz com que aqueles que forem perfurados pela ponta de tais flechas, sofram hemorragia constante enquanto o veneno estiver presente na corrente sanguínea. A outra metade foi banhada em elixir de prometeu e selada com a runa Naudhiz o que faz com que elas se incendeiem assim que deixam o arco, soltando pequenas labaredas de fogo que causam queimaduras pequenas. | Material do arco: BC e Ouro Imperial; material das flechas: madeira e BC | Espaço para duas gemas | Beta | Status: 100%, sem danos | Mágico | Encantado por Pandora, comprado no Pandevie Magie]




Se puder me dar informações uteis da pesquisa que faço, eu agradeço Smile

Não narrei as falas ou o completo temperamento dos Deuses pq nao os conheço em on o suficiente para isto e nem acho que tenha algum staff os controlando, então preferi não o fazer para não tirar a graça de, futuramente, acabar postando junto a eles e eles terem personalidades muito distintas do que eu possa ter interpretado aqui.


avatar
Victor Phendragon
Filhos de Eros
Filhos de Eros

Mensagens : 138
Data de inscrição : 06/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Narrada para Victor Phendragon

Mensagem por Evie Farrier em Qui Jul 13, 2017 12:04 am


O Pacote de Hermes


uma missão para o deus mensageiro



O táxi havia chegado, o pagamento foi feito e a viagem foi uma loucura. Sem hipérboles ou metáforas, viajar com três irmãs disputando um olho enquanto dirigiam... Sim, era uma aventura. Elas chegaram no endereço dito pelo filho de Eros, parando bem a frente de um parque simples, com uma quadra de basquete e um playground para crianças. Elas praticamente o expulsou de lar.

Ao redor do parque existiam pequenas casas, porém poucas. Elas pareciam abandonadas, tal qual quanto o parque. Apenas três pareciam ter algum tipo de vida pelo último ano, sem ter tetos ou paredes quebradas. Dispostas na mesma rua com uma distância considerável, as três casas – apesar de velhas – estavam intactas. Ao olhar novamente no endereço fornecido, não havia nenhum número. Como ele saberia qual era a casa em que o pacote estava? Ele provavelmente teria de tentar de uma em uma!

A casa a esquerda, a do início da rua, era a que possuía o jardim mais conservado. Era pintada de verde com detalhes em amarelo, envelhecido com o tempo. A porta era de madeira escura, estava rachada e uma das janelas ao lado possuía o vidro quebrado.

A casa do meio era a mais conservada, porém com o jardim inteiramente morto, como se a própria morte tivesse passado por ali e as plantas tivessem morrido só com sua presença. A parede era branca, mas estava suja e empoeirada. Não era possível ver nada do que estava dentro através das janelas, porque elas possuíam pesadas cortinas em seu interior.

A última casa da rua possuía um cercado. Era novo e pintado, mesmo que todo o piso da varanda estivesse estraçalhado. Havia material de construção encostado na parede, o que indicava que estava em reforma. Entretanto, na lateral da parede, havia um amassado como se algo tivesse sido jogado ali com força suficiente para provocar aquele estrago.

Qual casa Victor escolheria investigar primeiro?

Status

Victor
HP: 620/620
MP: 620/620



Instruções


• É necessário escolher uma casa para iniciar a investigação. Deixe claro qual e como foi a sua abordagem!


Regras


• Essa é uma missão narrada, em que recebi uma exceção as regras (para líderes é permitido passar missões OPs) para auxiliar a staff.
• Todas as armas escolhidas devem estar em spoiler e devem ser mencionadas em seu post, elas não surgirão do nada no meio da batalha, sempre estarão com você.
• Poderes e habilidades devem estar sempre em spoiler no final da narração.
• Mínimo de 7 linhas
• Prazo de 48h para postagem, caso não post no prazo sem aviso prévio por MP será penalizado de acordo com o tempo de atraso. Ou seja, quanto mais demorar, maior será a penalidade.
• Um atraso de uma semana sem post levará ao cancelamento da missão.




EVIE FARRIER
I am the bone of my sword. Steel is my body and fire is my blood.
avatar
Evie Farrier
Pretores
Pretores

Mensagens : 381
Data de inscrição : 26/12/2016
Idade : 20
Localização : Acampamento Romano

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Narrada para Victor Phendragon

Mensagem por Victor Phendragon em Sex Jul 14, 2017 7:08 pm



Um pedido de Hermes
.

Uni, duni, tê!

Após algum tempo de espera, as irmãs cinzentas aparecem bastante irritadas. Elas sempre estão irritadas, já que não param de brigar pelo único olho que possuem.

- Entra logo garoto, não temos o dia todo.  – Fala a primeira, que deu um tapa na parte de trás da cabeça de sua irmã maior e fez o olho saltar para sua mão, o colocando na cavidade de sua orbita direita.

- Devolve meu olho. – A mais alta se joga sobre a primeira tentando pegar o olho novamente, mas é a mais baixinha que tem sorte, quando o olho salta da cabeça da outra e bate no vidro do carro, com ela o tomando em mãos.

- Anda garoto, ta esperando convite? – Fala novamente a média, ligando  a chave na ignição do taxi.

Respiro fundo e deslizo a mão por meu rosto como um clássico FacePalm.

“Deuses, eu vou morrer.”

Honestamente? Eu quase morri. Esta foi, definitivamente, a viagem mais louca da minha vida. Nem mesmo a viagem de carro de quando eu cheguei ao acampamento, se assemelhou a isto. O taxi andava a uma velocidade impressionante, com toda a paisagem passando como vultos ao meu redor. O velocímetro girava constantemente, como uma roda de bicicleta em pleno rodar, enquanto o taxi fazia movimentos absurdamente ousados desviando de veículos, postes e edifícios, junto a curvas sinuosas e até de cabeça pra baixo, quando entramos em um túnel e quase demos de frente com um caminhão de combustível. Meu corpo sacolejou tanto dentro do taxi que eu quase coloquei o que eu tinha comido no café da manhã pra fora, quando estava prensado no vidro da porta traseira direita pela força centrifuga dos movimentos enquanto as irmãs brigavam pelo olho que, tenho certeza, uma hora voou na minha testa, o que foi estopim para meu enjôo de viagem.

A parada foi brusca e se não fosse meu cinto de segurança, eu teria voado do meu acento até o vidro da frente do taxi e certamente teria parado do outro lado da pracinha. Contudo, eu ainda estava vivo.

- Anda, anda. Sai logo, temos outro para pegar. – Fala a irmã baixinha.

- Desta vez é no Olímpio. Deve ser Afrodite dando mais uma escapadinha. – Cochicha a mais alta, rindo debochadamente com a mão a frente da boca.

- Não falem disto assim. Tem gente aqui. – A terceira irmã aperta um botão no painel do carro e se vira em minha direção, com o olho em sua mão, quase o colocando na minha cara. – Anda garoto. Ta fazendo o que, que ainda não foi? – A porta ao meu lado se abre e o cinto se destrava, com ela me dando empurrões para sair do carro. Mal coloco o pé pra fora do automóvel e o taxi dispara para além do que minha visão é capaz de acompanhar.

Recomponho-me da viagem e espero um minuto para que meu estomago se acalme para então voltar o foco a minha missão. Olho ao redor e o que vejo é um parque meio detonado, boa parte dele em concreto com duas arvores secas aos cantos e alguns bancos de cimento, meio destruídos. Existe uma quadra de basquete ao centro, com aros destruídos e luminárias estragadas. Além disto, várias pequenas casas estão ao redor, bem destruídas, com paredes e telhados tombados, além de portas e janelas destruídas. Contudo, três casas chamam minha atenção.

A primeira, verde com detalhes em amarelo, apesar da porta e janelas rachadas, possuía um belo jardim, o que indica que alguém cuida dele.

A segunda, que parecia ser a de melhor estrutura, mesmo que com suas paredes brancas e empoeiradas, cortinas bloqueando totalmente a visão, tinha o jardim completamente morto, descuidado e com um certo ar mórbido. Se alguém vive ali, certamente não gosta de pessoas, plantas e quer ficar bem isolado.

A terceira, casa parecia em reforma, com um grande amassado na parede, mas uma cerca novinha ao redor dela, recém pintada, além de materiais para concertar a varanda destruída.

- To vendo que vou ter problemas. – Falo comigo mesmo, sabendo que nada, absolutamente nada, no mundo dos semideuses, era tão simples quanto bater na porta e pegar a encomenda novamente.

Provavelmente, o estardalhaço das irmãs cinzentas tenha denunciado minha chegada e eu já esteja sendo observado. Saco meu Smartphone divino e coloco na opção da câmera para, usando a câmera de raio-x, ver através das paredes o que iria me esperar dentro das residências. Usando o zoom da câmera, analiso com detalhes seu interior, usando o identificador de monstros para ver se alguma coisa ali dentro poderia me ser uma ameaça, além do identificador de itens, que mesmo sem saber qual era o item em especifico que eu vim buscar, o aparelho certamente identificaria seus materiais, efeitos mágicos e utilidades.  

Além disto, se eu achar monstros ou pessoas ali dentro, uso minhas habilidade, o combate dos cegos para, mesmo através das paredes, ver a aura de meus oponentes e saber suas intenções, seus sentimentos e identificar se seriam perigosos para mim ou não.

Como descendente de Belona, mesmo sem ainda saber disto, a guerra está no meu sangue. Conhecer e me adaptar a ela é natural para mim, assim como me preparar para a mesma, criando planos, analisando a situação e escolhendo as melhores formas de agir antes do verdadeiro embate. Os perigos do campo e de meus oponentes se revelam aos meus olhos e posso claramente ver as melhores formas e estratégias para abordar meus alvos e agir. Muitas guerras tem seus resultados definidos antes mesmo do primeiro tilintar de espadas, unicamente analisando os alvos, o campo e os desafios, planejando cuidadosamente como os enfrentar da melhor forma e alcançar a vitória sem derramar uma única gota de sangue. Estratégia

Passivo de Belona:
Nível 1
Nome do poder: A arte da guerra
Descrição:  Filhos da deusa da fúria da guerra, esses semideuses possuem um conhecimento apurado em estratégias básicas e de sobrevivência. É similar a um instinto, uma intuição, uma sequência de pensamentos que permitiam ao romano a analisar o combate como se fosse uma arte. Graças a isso, raramente entra em estado de desespero quando situações de risco surgem.
Gasto de Mp:  Nenhum
Gasto de Hp:  Nenhum
Bônus:  Conseguem elaborar planos e estratégias, assim como não são abalados com a eminência de um combate ou situações de perigo.
Dano: Nenhum
Passivo de Eros:
Nível 33
Nome do poder: Combate dos Cegos
Descrição: A prole de Eros/Cupido, durante um confronto direito com um monstro/semideus dotado de emoções, poderá renunciar a própria visão - afinal determinados sentimentos são cegos, como o próprio Eros/Cupido. Vindo a sentir a áurea do inimigo, podendo se guiar através disso, no entanto, assim como irá sentir a áurea irá também sentir as emoções que mais tomam conta do oponente no momento. Como raiva, ódio etc. Podendo utilizar disso ao seu favor, caso use tal habilidade com sabedoria.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Para ser eficaz em combate, deve ser combinada com a habilidade rompimento de energia, assim sua luta fica ainda mais forte.
Dano: Nenhum




simplificando as ações. :
Bem, primeiro analiso o local e os perigos dentro dele, usando o smartphone e o combate dos cegos, além de usar a passiva de Belona que me da vantagens de estratégias e analise apurada em combate, mas como serve para a guerra e como Belona prefere evitar os combates, antes de cair com tudo neles, estrategiar antes de sair fazendo besteira me parece um uso adequado para esta habilidade.

Por enquanto, apenas analisando as melhores opções.

Espero ter algumas respostas, além de uma ajudinha da narradora para melhor identificar uma estratégia para agir, já que eu não sou um estrategista nato como meu personagem Razz

Não sei se é preciso colocar o que eu já tinha colocado de passivos e itens usados no post anterior, mas se for preciso, me dá um toque que eu coloco.


Última edição por Victor Phendragon em Sab Set 09, 2017 1:52 pm, editado 2 vez(es)


avatar
Victor Phendragon
Filhos de Eros
Filhos de Eros

Mensagens : 138
Data de inscrição : 06/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Narrada para Victor Phendragon

Mensagem por Evie Farrier em Seg Jul 17, 2017 11:34 am


O Pacote de Hermes


uma missão para o deus mensageiro



A prole do deus alado estava sendo cauteloso, mas ainda assim, manteve-se exposto na rua. Com seu smartphone apontado para as casas, o semideus procurava pistas ou indícios de qual seria a melhor residência para que pudesse fazer a abordagem mais precisa. Porém, mesmo que o aparelho eletrônico tivesse funcionalidades que outros de similar aparência não tivesse, levava um pouco de tempo para analisar todas as casas, cômodo por cômodo a busca de monstros ou qualquer coisa estranha.

A sensação de estar sendo observado não foi infundada. Mesmo se fosse uma situação corriqueira, havia um garoto apontando o celular na direção de uma residência por tempo demais. Um estrondo veio da direção da casa do início da rua, alto o suficiente para chamar a atenção de qualquer um. No entanto, a imagem de perigo que saiu de lá foi a de uma senhora baixinha, usando um vestido floral com um avental rosado. Seus cabelos brancos eram curtos e provavelmente sua aparência normalmente fosse a de uma bondosa vovó. Mas aquela mulher idosa estava portando uma arma extremamente perigosa: um rolo de massa sujo com farinha de trigo.

-Ei você! O que pensa que está fazendo com esse troço na mão?! – ela esbravejou sem esconder o seu incomodo e raiva – Esses jovens não param de bisbilhotar e acham que podem fazer tudo! – ela avançava a passos engraçados por tentar ser rápida, mas a saia do vestido não permitia tanta mobilidade – Sabe o que é isso? Falta de pulso firme dos pais! Saia daqui! Ninguém precisa de uma criança enxerida! Deixe os Donnel em paz, eles já tiveram muito!


Status

Victor
HP: 620/620
MP: 620/620



Instruções


• Reaja a presença da senhora indignada de acordo com seu personagem, há inúmeras possibilidades! Suas escolhas vão levar a situações diferentes.


Dicas



Abri esse ponto para passar dicas para te ajudar a melhorar ok? Algumas são apenas sugestões, outras são do tipo “faça ou o narrador pode te ferrar”.

As dicas Wink:
• Sempre deixe em spoilers as informações que contém no seu post, inclusive dos itens que você está com você. Pode colar e copiar do primeiro post, não tem problema!

• Se você tem alguma passiva que te ajuda com ataques surpresas, ou um atributo corporal como reflexo deixe em spoiler também. Isso ajuda o narrador a saber como seu personagem reagiria a um ataque repentino, se ele esquivaria por puro reflexo, se ele sentiria algum incomodo, se ele receberia todo o ataque ou parcial dele por ter estado naturalmente em alerta... Essas coisas. Em resumo, se você quer que o narrador preste atenção em alguma passiva que você tem para o post dele, coloque até em destaque, pois as vezes a lista se torna muito grande e pode passar despercebido em meio a tantas habilidades (eu costumo colocar na cor vermelha o nome da habilidade e um PS no início do spoiler).

• Eu sei que não só o smartphone, mas como muitos outros itens aqui tem muitos efeitos. Mas tome cuidado! Nem sempre eles funcionam ao mesmo tempo e tem condições para serem usados. Veja esse recorte da descrição do smartphone: “identificador de itens ao passar pela câmera, podendo dizer material e propriedades.” Isso já deixa claro que o item tem de estar próximo da câmera para fazer a análise! Eu apenas ignorei que você tentou achar itens de longe, mas outro narrador poderia, por exemplo, dizer que você demorou tentando entender a funcionalidade daquilo e se distraiu o suficiente para receber um golpe (sem saber os seus atributos físicos, tanto de aulas quanto de passivas, o narrador provavelmente colocaria que o golpe foi certeiro! Por isso a importância da dica anterior).

• Cuidado com o tempo relativo. O que eu to chamando de tempo relativo aqui é a sensação de tempo que você deixa na sua narrativa. Em minha interpretação, você saiu do táxi, fez uma análise rápida do playground e das casas – até mesmo para notar que elas são diferentes – sacou o celular e ficou analisando as coisas. Isso dá uma noção de que seu personagem ficou paradão no meio da calçada sem nem ao menos preparar algum tipo de defesa ou ser discreto. Aqui é uma sugestão: sempre pense no tempo de ação e reação!

Regras



• Essa é uma missão narrada, em que recebi uma exceção as regras (para líderes é permitido passar missões OPs) para auxiliar a staff.
• Todas as armas escolhidas devem estar em spoiler e devem ser mencionadas em seu post, elas não surgirão do nada no meio da batalha, sempre estarão com você.
• Poderes e habilidades devem estar sempre em spoiler no final da narração.
• Mínimo de 7 linhas
• Prazo de 48h para postagem, caso não post no prazo sem aviso prévio por MP será penalizado de acordo com o tempo de atraso. Ou seja, quanto mais demorar, maior será a penalidade.
• Um atraso de uma semana sem post levará ao cancelamento da missão.




EVIE FARRIER
I am the bone of my sword. Steel is my body and fire is my blood.
avatar
Evie Farrier
Pretores
Pretores

Mensagens : 381
Data de inscrição : 26/12/2016
Idade : 20
Localização : Acampamento Romano

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Narrada para Victor Phendragon

Mensagem por Victor Phendragon em Sex Jul 21, 2017 12:33 pm



Um pedido de Hermes

Cuidado, ela tem um rolo de macarrão!

O barulho vindo da casa verde com detalhes em amarelo, no inicio da rua, me alarma. Viro rápido usando o celular para identificar se a figura que vinha em minha direção era um monstro. (Se for, gostaria de mudar a ação.)

No entanto, a figura que se aproximava era uma senhorinha, com um rolo de maçarão sujo com farinha branca a passos engraçados, com seu vestido restringindo sua mobilidade e dando um ar engraçado ao seu andar. Victor sorri para a senhora que vinha em sua direção, para então abaixar o aparelho. Sua face jovial e seu jeito juvenil lhe dão um ar nada agressivo, mas gracioso e afetuoso. Usando de seu charme natural, o garoto fala com a senhora visando usar de carisma e palavras suaves para evitar problemas e quem sabe conseguir alguma informação útil. Além disto, seu perfume natural lhe dava certa cobertura tornando-a menos agressiva, seja monstro ou humano.

- Ah, olá. – Falo sorrindo, olhando nos olhos da senhora, então faço uma cara triste. – Desculpe incomodar. Sou estagiário em uma empresa de entregas, a (Adicione um nome conhecido de uma empresa americana aqui.), e meu chefe mandou uma entrega errado pra cá. Agora eu tenho que achar onde foi parar o pacote, ou serei demitido e meu pai vai ficar muito bravo comigo se eu perder meu estagio. O Pior que nem sei que pacote é este, nem pra onde ele mandou, só sei que veio parar nesta rua. Tava tirando umas fotos das casas pra mandar pra ele pra ver se ele sabia qual era a casa, pra pegar o pacote, mas ele não está me respondendo. – Falo quase choroso, olhando para a senhora com uma cara de gatinho pidão, olhos grandes e emotivos. – A senhora poderia me ajudar a achar? Não posso perder este emprego ou meu pai vai me matar. – lala

Eros é filho da riqueza e da pobreza, se fazer de coitadinho e cativar a atenção e piedade alheia é natural da prole do deus alado, e Victor se aproveita disto.

Poder ativo de Eros NÃO UTILIZADO. Apenas usando a descrição da habilidade como base para o que foi dito no post, não para usar a habilidade em si. :
Nível 4
Nome do poder: Beleza Divina
Descrição: O filho de Eros/Cupido, é naturalmente bonito. A beleza de seu pai era comparada a de um anjo, sendo ele mesmo semelhante a um. Assim como Eros/Cupido, seus filhos são extremamente bonitos, charmosos, e graciosos, e quando entram em batalha, é difícil olhar para outro canto que não seja eles, pois, naturalmente se tornam o centro das atenções. Os inimigos do semideus, podem se sentir intimidados, ou admirados pela beleza do filho de Eros/Cupido, e em um combate, isso os deixa confusos.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Pode fazer o inimigo hesitar em te atacar durante um turno, geralmente, o inicial.
Dano: Nenhum


Passivas de Eros:
Nível 6
Nome do poder: Perfume Inebriante
Descrição:  Seu cheiro natural é um perfume delicioso para qualquer ser. Todos os seres vivos ficam com o humor melhor perto de você, monstros nunca te detectaram, pois seu perfume lembra a eles cheiros dos seus habitats naturais.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Não será rastreado por monstros. Pode confundir o inimigo em luta, inclusive, o fazendo hesitar ao sentir seu perfume, errando ataques durante um turno.
Dano: Nenhum

Nível 4
Nome do poder: Esteticista
Descrição: Eros/cupido é filho da pobreza e da riqueza. Portanto, seus filhos podem transformar sua aparência de acordo com seus objetivos e com a conveniência, podendo tornar suas vestimentas sofisticadas e de marca, manter sua beleza ao extremo e seus acessórios todos esbanjando riqueza, mas também pode tornar sua aparência deplorável, sujo, hirsuto e descalço, afim de se disfarçar ou de provocar pena.
Gasto de Mp: -30 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Nenhum


Itens de utilidade:
• Mochila sem fundo [Mochila de prata com material simples, sem bolsos laterais, com um único zíper, uma única entrada e uma única saída.| A mochila não possui fundo, foi encantada para caber inúmeros objetos, ou seja, seu espaço é infinito, tudo que você colocar dentro dela permanece ali, desde que passe pela parte de cima, ou seja, você precisa conseguir colocar o item pelo buraco, que é largo o suficiente para passar até uma panela de pressão. Para pegar o item de volta basta colocar a mão dentro da mochila e pensar nele, e ele retorna para suas mãos.| Indefinido | Sem espaço para gemas | Alfa | Status: 100% sem danos |Lendário e mágico | Loja especial do dia dos namorados]

Golden Magic [Um colar que possui um pingente em forma de gatinho. Seu formato ou estilo em nada se compara a magia que está presente nesse acessório | Efeito: Ele esconde em 75% a presença semidivina do usuário, permitindo que ele passe despercebido por monstros e use até mesmo tecnologia mais avançada. Monstros superiores e mais poderosos ainda conseguem reconhecer o usuário do colar como um semideus, mesmo que leve um tempo para distinguir a aura | Prata ou Ouro | Sem espaço para gemas | Gama | 100% sem danos | Mágico | Comprada na Pandevie Magie]

Smartphone Divino [Um smartphone feito especialmente para os semideuses. Ainda é um aparelho tecnológico, sendo necessário ter uma passiva que permita uso de tecnologia ou um item com o mesmo objetivo. O smartphone possui um sistema operacional próprio e mais avançado do que os conhecidos Android e iOS. Ele vem com aplicativos especiais para o meio-sangue: bestiário; mapa de locais mitológicos conhecidos; visão de raio-x; identificador de monstros; locais mais próximos seguros (estabelecimentos ou semideuses adultos que oferecem abrigo); disk taxi das irmãs cinzentas; mensagens de íris ao colocar um dracma contra o sensor de objetos na parte traseira do smartphone; identificador de itens ao passar pela câmera, podendo dizer material e propriedades. | Efeitos: Além de ter todos os programas populares de um smartphone, possui aplicativos exclusivos para semideuses; Efeito 1: possui runas de resistência e renovação, permitindo que o celular se reconstrua caso quebrado | Resistência Beta | Sem espaços para gemas | Status: 100%, sem danos | Mágico | Comprado no Pandevie Magie]

Armas.:
Aljava mágica [Uma aljava feita de couro escuro, com capacidade de 30 flechas. Essas flechas foram previamente encantadas, possuindo propriedades mágicas. 15 flechas são feitas de bronze celestial e as outras 15 são feitas de ferro estígio | Efeito 1: A aljava depois de esvaziada, ou seja, quando as flechas acabam, leva 1 turno para ser preenchida novamente com 15 flechas. Ao todo, são 2 turnos para que a aljava esteja completa com as 30 flechas | Efeito 2: As flechas de ferro estígio estão encantadas com runas de fogo, conferindo dano de fogo e chance de +20% de dano se atingir um ponto crítico. As flechas de bronze celestial estão encantadas com runas de ar, as tornando mais afiadas e rápidas, atingindo o dobro de distância que uma flecha comum atingiria, além de chance de +20% de dano se atingir um ponto crítico. | Madeira, couro, ferro estígio e bronze celestial | Um espaço para gema | Beta | Status 100%, sem danos. | Mágico | Comprado no Pandevie Magie]

Arco Superior [Um arco de bronze celestial com escritos em ouro imperial. Sua corda é mais resistente que o comum, e suas flechas – também feitas de bronze celestial – tem a ponta um pouco mais fina. | Efeitos: Metade das flechas presentes nesse arco foram impregnadas com veneno, o que faz com que aqueles que forem perfurados pela ponta de tais flechas, sofram hemorragia constante enquanto o veneno estiver presente na corrente sanguínea. A outra metade foi banhada em elixir de prometeu e selada com a runa Naudhiz o que faz com que elas se incendeiem assim que deixam o arco, soltando pequenas labaredas de fogo que causam queimaduras pequenas. | Material do arco: BC e Ouro Imperial; material das flechas: madeira e BC | Espaço para duas gemas | Beta | Status: 100%, sem danos | Mágico | Encantado por Pandora, comprado no Pandevie Magie]



avatar
Victor Phendragon
Filhos de Eros
Filhos de Eros

Mensagens : 138
Data de inscrição : 06/06/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão Narrada para Victor Phendragon

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum