The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

BxB

Página 6 de 19 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 12 ... 19  Seguinte

Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Athena em Ter Jan 30, 2018 11:28 pm

O membro 'Alexandra Nikolaev' realizou a seguinte ação: Lançar dados


#1 'Forja' : 7

--------------------------------

#2 'Forja' : 3


Palas Athena...
Sometimes the power must bow to wisdom. You can be strong, may have power, but if you are wise, you are all well. And more than that, yes you can defeat them. Once warned that to save the world destruiri you-your friends, maybe I was wrong.
avatar
Athena
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 11004
Idade : 23
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Ter Jan 30, 2018 11:32 pm

Item não saiu lendário ou épico, ganhando então o status de mágico.


Item final

• Gáe Dearg [Uma lança grande, com dois metros de comprimento total. Seu material é recoberto por tinta vermelha que confere o tom éreo-avermelhado dela, à exceção do fio da lâmina, que é bronze. Logo após a lâmina há uma delgada extensão onde se encontra cunhadas as palavras "Πέτρος, ο γιος του πάθους". No extremo oposto se localiza um contrapeso de metal escuro que facilita o movimento com a lança. O grande cabo é todo recoberto por adornos semelhantes a outra Gáe, a Gáe Buidhe, com as mesmas letras dos alfabetos latinos, grego e gaélico dispostas aleatoriamente entre os espaços gerados pelas linhas. | Efeitos mecânico e de ligação: a lança sempre irá retornar ao bolso do usuário (depois de dois turnos caso seja tomada ou perdida) na forma de uma pedra vermelha. | Efeito 1: Graças as runas mágicas, a arma está encantada com o elemento do ar. Isso criou uma camada cortante que potencializa o dano em 20% | Bônus de forja: +15% de dano | Bronze Celestial | Alfa | Espaço para 1 gemas | Status 100%, sem dano | Mágico | Forjado por Alex Nikolaev]

Instruções
Acrescentar o item na conta do Peter
Retirar dele 4.000 dracmas, valor acertado com o player pelo trabalho caso o item saísse mágico
Acrescentar o valor em minha conta


Alex Nikolaev
☾★I'd prefer machines rather than humans! ★☽
avatar
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte

Mensagens : 338

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Hércules em Qua Jan 31, 2018 10:06 pm

Alexandra Nikolaev

Método de Avaliação:
Realidade de postagem + Ações realizadas – 735 xp
Escrita: Gramatica, erros, pontuação, coerência, concordância e etc – 735 xp
Habilidade condizente com os itens criados – 730 xp
TOTAL: 2.200 xp

Avaliação da Produção:
Realidade de postagem + Ações realizadas – 720 xp
Escrita: Gramatica, erros, pontuação, coerência, concordância e etc – 669 xp
Habilidade condizente com os itens criados – 730 xp
Total: 2.134 XP

Atualizado.


avatar
Hércules
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 91

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Dom Fev 04, 2018 10:17 pm





Item do Abramov

Era mais um belo dia para poder me dedicar a forja. Em verdade, pouco estava treinando ou fazendo outras coisas. Preferia desse modo, afinal estava feliz construindo e atendendo pedidos. Era a minha forma de ajudar os outros semideuses, aqueles que pareciam ter o destino de ir para a frente de batalha enfrentar monstros e criaturas perigosas. Um desses garotos parecia ser o filho de Zeus, ele tinha deixado um pedido completo para melhorar sua arma e armadura.

Preferi começar com a lança de nome Inquisidora. Era uma lança de tamanho comum, mas sua beleza em nada se comparava as lanças que já tinha visto – e até mesmo criado. Era uma lança com dupla lâmina, sendo uma delas menor e uma réplica perfeita da maior. Os detalhes no corpo do item bélico eram lindos, sem falar do material que eu simplesmente não conseguia identificar! O tom misterioso do item apenas fazia-me apaixonar ainda mais. Belo. Elegante. Misterioso. E há quem pergunte porque eu gosto mais de itens do que de pessoas.

O primeiro processo solicitado pelo filho de Zeus era o de acrescentar uma gema a Inquisidora. Para tanto, depositei a arma sobre uma mesa larga para que eu tivesse conforto em trabalhar com um item daquele tamanho e proporção. Peguei a ônix, uma pedra escura e redonda, pequena e discreta. Mas a sua habilidade? Era o de retirar a vida, potencializando o dano que Inquisidora teria. Aproximei da lâmina maior, colocando a gema sobre a parte do cabo mais próxima do encaixe entre os metais. Com todo o cuidado e paciência, fui descendo a pedra negra, fazendo com que ao mesmo tempo um espaço fosse criado ali para poder encaixar a gema mágica ao item bélico. Ao acoplar e unir os dois, o metal ajustou-se ao corpo até então estranho, adaptando-se até aceitar não só a nova forma, mas também o acréscimo de energia.

A segunda parte do pedido envolvia um pouco mais de magia. Abramov havia solicitado que a arma se tornasse ainda mais poderosa em suas mãos, ou seja, que quando eletrizada de alguma forma, o dano pudesse ser ainda mais intenso. Para tanto, enquanto negociávamos, eu pedi um frasquinho de sangue do filho de Zeus, algo necessário para que o desejo dele fosse possível. Recolhi esse mesmo frasquinho de um pequeno refrigerador, usando de um feitiço de duplicação para manter um comigo e o outro usar na arma. Quem sabe eu poderia usar um desses futuramente? Retornei para a mesa onde repousava a Inquisidora, selecionando a minha caneta mágica. Destampei o frasco de sangue o aproximei do bico de metal da caneta, permitindo que ela sugasse o conteúdo vermelho para fazer daquele líquido a sua tinta.

Analisei a lança com cuidado, afinal não queria estragar a arte feita ali. Ao deparar-me com um local mais propício para desenhar as runas mágicas, preparei-me para encantar a arma. Comecei desenhando a runa da união, Raidho. Com isso, uniria o item as habilidades de Zeus, o senhor dos raios e da tempestade. Tal união era permitida apenas pelo uso do próprio sangue semidivino que contem uma pequena porcentagem da energia do deus. Logo ao lado desenhei a runa de energização, Algiz. Provocar mais energização ampliaria ainda mais poder, permitindo que o propósito daquele encantamento fosse alcançado. No fim, preferi desenhar um pouco mais acima a runa Fehu, para atrair sucesso. Com isso formou uma espécie de triângulo, uma figura geométrica que trazia harmonia e poderia, quem sabe, provocar ainda mais equilíbrio entre as runas. Depois de desenhá-las, repousei a caneta sobre a mesa e aproximei as mãos da área com as palavras mágicas. Era hora de selá-las, pois sem isso, elas seriam apenas manchas feitas de sangue de um garoto. Fechei os olhos para poder concentrar e tentei relaxar o corpo enquanto conduzia a minha energia até a arma, permitindo que cada uma das runas brilhasse quando eram seladas no item.

Terminado o trabalho, sorri sem esconder o orgulho. Levantei e peguei a lança, não resistindo a girá-la um pouco para testar o peso e o equilíbrio dela. Não dava para negar, aquele item que era poderoso acabar ade se tornar ainda mais.

Item final

• Inquisidora [Uma lança de tamanho comum e cabo tão simples quanto. Apesar de não ser feita de ouro imperial, sua coloração é semelhante à do material. Pequenos talos decoram toda sua extensão, como várias correntes elétricas paralelas e vez ou outra interligadas. Entre sua ponta afiada e a haste, uma águia dourada mantém as asas abertas como o símbolo de orgulho e poder de Zeus. Por fim, na ponta contrária, uma versão menor da lâmina principal possibilita que a arma corte pelos dois lados, tornando-a perigosa para aqueles que se oporem a ela. Podendo estes terem o mesmo destino que aqueles que um dia se opuseram à inquisição. | Efeito 1: transforma-se em um brinco pequeno e fácil de se retirar ou colocar. | Efeito 2: o armamento do semideus será capaz de sugar – através de um corte – parte do MP do adversário de seu portador e convertê-lo para si. Dessa forma, 30% do MP do adversário do semideus ao ser cortado com essa arma será roubado e convertido ao portador do armamento. Essa habilidade poderá ser usada uma única vez por luta, evento ou missão. Se a pessoa que for atingida por essa arma tiver um MP superior à do usuário que empunha a arma, o MP deste fica cheio, mas não aumenta. | Efeito 3: Graças a um encantamento com runas a arma - quando sobre o efeito elétrico - poderá tirar até o dobro de dano, ou seja, pode variar de seu dano comum até o dobro, variando de como o golpe foi aplicado e até mesmo a forma que a arma foi eletrizada.  | Material Semidivino Indetectável | Ônix imperial: Causa dano baseado na vida do oponente. 15% da vida total, ou seja, se o oponente do portador possui 100 de vida, a arma além do dano normal vai tirar +15 de vida. Esse efeito dura apenas dois turnos e precisa de outros quatro turnos de espera para recarregar. | Espaço para 2 gemas | Alfa Prime | Status: 100%; sem danos | Necessário possuir nível 22 para domínio completo desse armamento | Lendária | Dano base de 40 (para humanos, monstros e semideuses) | Evento de natal 2017]

Instruções

Retirar a ônix dos itens do Abramov
Atualizar a arma com os acréscimos
Item não terá custo, pois fizemos uma troca de favores já acertada entre os off.

Runas:
Algiz
Posição normal: Tal Runa é ideal para provocar energização mais intensa, fazendo com que sua próxima runa criada dure dois turnos a mais. Entretanto irá perder 20 hp.

Raidho
Posição normal: Causa união, geralmente aplicada a grupos de pessoas (dura 3 turnos desde o momento de sua ativação).

Fehu
Posição normal: Atrai Sucesso (dura 3 turnos desde o momento de sua ativação, tem 15% de chances de funcionar).
Itens usados:
Blood Magic [Uma caneta aparentemente comum, porém de aparência elegante. Porém essa caneta não funciona com tinta normal, mas apenas com sangue. Para encher o tubo, é preciso encostar a ponta da caneta em um pequeno machucado ou qualquer fonte do sangue a ser usado. Sua grafia varia de acordo com o desejo do dono, podendo ser mais forte e assim usando mais da tinta sangrenta, ou mais fina e delicada. Feita basicamente de arambarium - metal que conduz magia com mais facilidade – e ouro compondo todos os detalhes. | Efeito: Ela tem o efeito de sempre retornar ao dono depois de algum tempo. Foi encantada para criar runas mais duradouras, e com uma intensidade 10% maior do que de uma runa original, além disso, a caneta diminui o gasto de MP em 50%, e da choques em qualquer um que tentar rouba-la. A caneta possui sangue suficiente para a criação de até 10 runas, depois disso precisa ser recarregada novamente. | Arambarium e Ouro | Resistência: Beta | Status: 100%, sem danos | Mágica | Comprado no Pandevie Magie]

Grimorio: Encadernado com couro vermelho, é um livro de feitiços selado, que apenas se abre pelas mãos de seu portador – qualquer outro individuo que conseguir abrir o grimorio, só vera páginas em branco – a capa tem o desenho de um pentagrama de cinco pontas, e é coberto por símbolos. O Nome do portador é gravado na capa.
Habilidades:
Nível 14
Nome do poder: Forjador III
Descrição: Agora você entende de mecanismos complexos e avançados, podendo fabrica-los com uma facilidade e maestria inexistente em qualquer outro semideus. Suas armas são mais fortes do que as armas de qualquer outro forjador, e agora que entende isso, você simplesmente se torna o destaque do momento.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +25% de resistência e +20% de força em armas fabricadas pelo semideus. Além disso, as gemas nas mãos dos filhos de Hefesto não precisam ser reforjadas, ele encaixa sem precisar modelar a arma, e a deixa tão perfeita quanto. É algo extremamente natural. (Armas Betas podem virar alfas, mas nunca alfa prime, o status da arma (Alfa, beta, ou sigma, sempre subira um nível acima do atual, não mais que um).
Dano: +15% de dano as armas fabricadas pelo semideus de Vulcano/Hefesto.

Nível 19
Nome do poder: Feiticeira III
Descrição: Você está ficando cada dia mais forte, Circe está orgulhosa de você. Sua personagem dominou a arte da feitiçaria conforme o esperado, tornando seus feitiços experientes, fortes e controláveis. Você dominou sua magia por completo.
Gasto de Mp:
Gasto de Hp:
Bônus: +20% de força em feitiços (poderes ativos).
Dano: +15% de dano se o feitiço acertar o oponente.





Alex Nikolaev
☾★I'd prefer machines rather than humans! ★☽
avatar
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte

Mensagens : 338

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Dom Fev 04, 2018 11:58 pm





Item do Vince (CLICK PARA VER O PEDIDO)

Eu tinha um moletom cinza em mãos para encantar. Sim, exatamente, uma peça de roupa! Eu a encarava encantada, sentindo a maciez do tecido assim como apreciava o seu estilo. Aquele moletom era poderoso e estava prestes a ficar ainda mais. Caminhei em direção a uma mesa grande, espaçosa o suficiente para que aguentasse a verdadeira forma do item. Assim que a coloquei, pressionei minhas mãos sobre o tecido até que o senti endurecer. Logo o que parecia ser uma veste comum e até mesmo popular, ia se transformando em uma armadura completa.

Aquela era a Shooting Star, uma armadura feita para um filho de Apolo. Vince tinha procurado os meus serviços almejando algo simples até, mas que tinha provido a oportunidade de conhecer aquele belo e incrível equipamento. Soltei um suspiro, talvez idêntico aos que as garotinhas deixavam escapar quando encontravam o seu crush na escola.

Fui em direção a uma prateleira onde eu guardava os itens deixados por meus clientes, selecionando uma gema. Aproximei da armadura feita de arandur e a analisei de maneira crítica, pensando em quais dos dois locais para colocar a gema seria melhor. Acabei decidindo no peitoral, pois inevitavelmente aquele era um local em que todo mundo tentava proteger mais. Aproximei a gema de resistência do lugar elegido, prendendo a respiração enquanto abaixava o item até acoplar ao metal. O soltei e finalmente respirei, sorrindo enquanto observava a gema fundir-se a armadura, fazendo parte dela de maneira literalmente mágica.

Transformei o item novamente em um moletom, apenas por se mais simples de guarda-lo dessa forma. Ainda havia mais um trabalho para fazer naquela manhã.


Item final

Shooting Star [Armadura leve em modelo masculino que se adapta perfeitamente ao corpo do usuário. É composta por uma cota de malha que veste o semideus até o comprimento de suas pernas, deixando como única exceção parte do pescoço e da cabeça. Acima da malha estão as peças da armadura: o peitoral, as ombreiras, as manoplas, as perneiras e as grevas. Além disso, inclui um sistema mecânico que proporciona o encaixe perfeito para o uso de elmos, podendo proteger a parte superior do corpo por completo, caso seja a vontade do semideus. A parte de baixo da armadura é composta por uma espécie de saiote, feito de material mais maleável, e na lateral da cintura existem duas bainhas feitas de tecido que conseguem suportar uma arma média cada, dando assim para carregar armas de porte médio e pequeno. Todas as peças são predominantemente num tom prateado, com detalhes em reluzentes, e foi desenhada de modo a dar impressão de que o semideus tivesse um aspecto angelical. Por ser uma armadura leve, não impede a movimentação do semideus e nem prejudica sua agilidade ou uso de poderes que dependam desta, já que também inclui um mecanismo de dobradiças maleáveis que facilitam os movimentos do personagem, principalmente com as pernas e os braços. | Efeito 1 — Reduz 50% de danos físicos; Efeito 2 — Aumenta a Agilidade do semideus em 40%; Efeito 3 — Mecanismo de Transformação — se transforma em uma blusa de moletom cinza com capuz para facilitar na hora de carregar | Arandur | Gema de Resistência: Tem o formato e a cor de uma pedra âmbar, mas é mais resistente. Ao ser combinada a armadura torna o usuário 30% mais resistente a ataques de poderes relacionados à magia. Reduzindo ataques lançados contra o personagem na mesma porcentagem, fazendo com que o dano também seja menor no momento do impacto. O efeito só funciona enquanto o semideus estiver vestindo a armadura em questão.  | Alfa | Status: 100% sem danos | Épico | Evento de ano novo]
Instruções

Retirar 500 dracmas do Vince e acrescentar a minha conta
Retirar a gema utilizada da mochila dele


•••

Item do Romeo (CLICK PARA VER O PEDIDO)

Eu tinha mais um item de roupa sobre a minha maior mesa. Dessa vez era uma regata preta sem estampas. Aparentemente os semideuses estavam ficando cada vez mais espertos, porém como não ser no mundo de hoje? Desde que a névoa caiu naquele ataque dos monstros, todos estavam tomando todas as precauções possíveis. Então cada vez mais itens com mecanismos de transformação ou ilusão eram feitos, para que nós pudéssemos caminhar entre os humanos sem temer que a névoa falhasse mais uma vez.

Toquei o tecido para que ele se transformasse em uma armadura feita de adamantino, um exemplar magnifico e cheio de detalhes, próprio para um legionário como o Romeo. O equipamento chamava-se Égide e fazia jus ao seu significado. Era uma armadura completa, quase não cabendo em minha mesa.

Segui em direção a prateleira, pegando as duas gemas trazidas pelo romano. Repousei ambas sobre a superfície amadeirada, colocando a mão no queixo enquanto decidia onde acoplá-las. Feito um pequeno plano, selecionei primeiro a gema refletora, a colocando sobre o centro do peito. Prendi a respiração enquanto aproximava a pedra do metal, o movimento sendo sutil e delicado ao depositá-la no lugar certo. Um suspiro escapou pesado de meus lábios, enquanto observava o adamantino rodear a gema mágica, absorvendo a sua energia e a adaptando a sua constituição. O mesmo ato foi feito com a gema de resistência, sendo colocada abaixo da gema anterior.

Terminado o serviço, transformei a armadura novamente em uma regata, apenas porque seria mais fácil de guardá-la daquela forma.

Item final

Égide [Fora de uso, a armadura repousa na forma de uma camiseta regata preta e lisa. Quando ativado o mecanismo de transformação, a camiseta se expande e reveste todo o corpo do usuário com uma camada rígida e grafite de adamantino, em uma completa armadura de encaixe perfeito. As regiões das articulações apresentam uma proteção ligeiramente inferior, de modo a não inibir a movimentação mas sim facilitá-la. | Efeito 1: Reduz 50% de danos físicos recebidos. | Efeito 2: Amplia a agilidade do portador em 40%. | Efeito 3: O mecanismo de transformação é ativado quando o dono desfere um soco no próprio peito. | Adamantino. |  Gema refletora: Tem o formato perfeito de uma turmalina em tons de azul brilhante, muito clara. Quando encaixada a uma armadura, aumenta a resistência dessa em +10% além de refletir ataques. A armadura combinada a essa gema ganhara um espelho invisível, que quando ativo reflete dois ataques relacionados a poderes ativos ou magias lançadas contra seu portador. O efeito dura apenas dois turnos, e precisa de outros três turnos para que seja ativo novamente. | Gema de Resistência: Tem o formato e a cor de uma pedra âmbar, mas é mais resistente. Ao ser combinada a armadura torna o usuário 30% mais resistente a ataques de poderes relacionados à magia. Reduzindo ataques lançados contra o personagem na mesma porcentagem, fazendo com que o dano também seja menor no momento do impacto. O efeito só funciona enquanto o semideus estiver vestindo a armadura em questão. | Alfa | Status: 100% sem danos | Épico | Evento de ano novo]
Instruções

Retirar 1.000 dracmas do Romeo (cada gema custou 500 dracmas)
Retirar as gemas utilizadas da ficha do Romeo: gema de resistência e gema refletora

Habilidades:
Nível 14
Nome do poder: Forjador III
Descrição: Agora você entende de mecanismos complexos e avançados, podendo fabrica-los com uma facilidade e maestria inexistente em qualquer outro semideus. Suas armas são mais fortes do que as armas de qualquer outro forjador, e agora que entende isso, você simplesmente se torna o destaque do momento.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +25% de resistência e +20% de força em armas fabricadas pelo semideus. Além disso, as gemas nas mãos dos filhos de Hefesto não precisam ser reforjadas, ele encaixa sem precisar modelar a arma, e a deixa tão perfeita quanto. É algo extremamente natural. (Armas Betas podem virar alfas, mas nunca alfa prime, o status da arma (Alfa, beta, ou sigma, sempre subira um nível acima do atual, não mais que um).
Dano: +15% de dano as armas fabricadas pelo semideus de Vulcano/Hefesto.





Última edição por Alexandra Nikolaev em Seg Fev 05, 2018 1:57 am, editado 1 vez(es)


Alex Nikolaev
☾★I'd prefer machines rather than humans! ★☽
avatar
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte

Mensagens : 338

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Seg Fev 05, 2018 1:56 am





PS: Acabei percebendo que os posts com a gemas ficariam extremamente repetitivos e longos, por isso resolvi fazer tudo de uma vez. Por ser mais generalista e sem detalhes, compreendo se avaliarem como uma única forja, por assim dizer, e não como trabalhos individuais. Porém dessa maneira adianto o trabalho e melhoro um pouco a parte de criação, evitando a repetitividade.


O ponto positivo de estar começando a me tornar conhecida pelo trabalho que prestava nas forjas era que eu sempre tinha algo para trabalhar. O ponto negativo? Agora eu tinha muito o que trabalhar! Eram inúmeros pedidos e que inevitavelmente tinham acumulado. Decidida a por ordem na minha vida profissional, pois pelo menos nisso eu tinha controle, organizei um modo de trabalhar em vários itens ao mesmo tempo.

Precisei pedir por uma mesa maior ao acampamento. Assim, selecionei primeiro todas as armaduras que foram entregues por seus donos no decorrer da semana. As coloquei sobre a mesa para que eu pudesse ter uma visão melhor e uma mobilidade para trabalhar naquilo. Em um quadro na parede, estava anotado todos os pedidos para que não acabasse me perdendo em meio ao trabalho.

Segurando um saquinho de couro um tanto grande, pois estava cheio de gemas e pedras mágicas, aproximei da primeira armadura. Ela pertencia a uma curandeira chamada Charlotte, uma garota tão adorável quanto a sua armadura era. O equipamento tinha sido nomeado como Ipseidade, tendo o charme de um uniforme, mas tão protetor quanto um equipamento de defesa deveria ser. A curandeira solicitou que fossem acopladas duas gemas, assim selecionei a gema elemental deixada por ela. A pedra abençoada pelo elemento da luz foi colocada primeiro como um detalhe no bolso militar. A outra gema, a refletora, foi colocada no centro, pois era estrategicamente mais viável que ela ficasse na melhor área para refletir ataques.

Ao lado da armadura militar estava a Protego cujo dono era um filho de Eros muito charmoso. Era uma armadura do tipo leve, mas completa e que provavelmente ajustava-se perfeitamente ao corpo do semideus. Fred, como ele tinha pedido para chama-lo quando apresentou-se, pediu que apenas uma gema fosse acrescentada ao seu equipamento. Revirei dentro do saquinho até encontrar a gema refletora. A segurando com firmeza, a coloquei calmamente no centro da armadura, observando com um pequeno sorriso como o metal ajustava-se ao item mágico acrescentado, até torna-lo parte de si.

A seguinte armadura era de uma filha de Afrodite, mas não uma qualquer. Era a mesma que possuía uma famosa loja em Nova Roma e diziam ter se tornado, recentemente, uma amazona. Como uma guerreira, ela precisava aprimorar a armadura que usava. O equipamento bonito lembrava-me um pouco do mesmo que era usada por Diana Prince, a própria Mulher Maravilha. Elena tinha deixado a gema de resistência para ser colocada em seu equipamento, e foi essa mesma pedra que procurei dentro do saquinho. Ao encontra-la, também coloquei no centro superior da armadura, observando admirada como o metal adaptava-se a gema.

A próxima armadura era uma de aparência alada, talvez fosse por isso que chamava-se Heaven. Era de um material que ainda era desconhecido, mas que não tirava a beleza de todo o equipamento. A filha da noite que tinha deixado a armadura ali apenas solicitou o acréscimo da gema refletora. Portanto, bastou que localizasse a pedra mágica e a colocasse sobre o centro superior. A armadura demorou um pouco mais do que as outras para aceitar a pedra, talvez fosse o poder que o item já continha antes daquele acréscimo.

A última armadura pertencia a uma filha de Júpiter, também amazona. O equipamento dourado com detalhes vermelhos chamava a atenção não só pela elegância, mas também por seu design greco-romano. O clássico sempre estaria na moda, afinal de contas. Diferente dos outros pedidos, este deveria ser feito de um modo diferente. Primeiro peguei a poção de terra, comprada pela semideusa anteriormente e deixada para mim. Destampei e derramei o liquido sobre o metal dourado, tendo de esperar uns bons minutos para que fosse absorvido e, portanto, selado. Depois, toquei o item com o intuito de ativar seu mecanismo de transformação, fazendo com que tomasse a forma de um bracelete. Apenas nesse momento que coloquei a gema de nome mais incomum que tinha conhecido: Pikachu. Sorrindo ao lembrar do jeito com que a amazona ficou ao entregar a pedra mágica, eu a coloquei sobre o bracelete, esperando que ela se ajustasse e adaptasse de maneira independente. Assim, o item também teria o efeito nas duas formas: tanto quanto acessório como armadura.

Para finalizar a primeira parte do trabalho, apenas transformei os equipamentos em sua forma de acessórios – os que podiam ser mudados – e os guardei para poder liberar a mesa para a segunda parte do trabalho.

•••

Agora disposta sobre a mesa estavam as armas que tinham sido entregues, algumas feitas até mesmo pelos donos das armaduras que tinha acabado de trabalhar. Ansiando terminar o mais rápido e eficaz possível, estralei os dedos e capturei o saquinho com as gemas e pedras mágicas.

A espada oriental que capturou minha atenção era a primeira. A lâmina era extremamente bela e exótica, mas o que esperar de uma filha de Arcus? Porém o que ela tinha de aparência fofa – inclusive era o nome do item – ela tinha de letal. Capturei as pedras imperais, decidindo coloca-las no início da lâmina, próximo a empunhadura, alinhadas de maneira discreta. Foram escolhidas pela atual pretora a Ônix, a Ametista e a Âmbar, pedras que potencializariam enormemente o dano que a arma tirava. Aquela espada seria a definição de que até mesmo coisas belas podiam ser perigosas.

Ao lado da espada jazia um cajado belo e com detalhes de dragão. A filha de Perséfone e também curandeira pediu para acrescentar uma gema elemental do fogo, eu realmente não queria ficar na frente dela quando ela decidisse verificar a potência elemental de seu cajado. Capturei a gema de dentro do saquinho e a coloquei em um dos olhos do dragão, apenas para tornar discreto e bonito, sem estragar ou dificultar o uso do item.

A próxima seria uma espada de material que eu não conseguia identificar, porém que pertencia a filha da noite. Chamada de Avalon, a espada parecia possuir potencial para ampliar os seus efeitos. Parando com os devaneios, segurei as duas gemas solicitadas pela romana. A primeira a ser acoplada era a ônix imperial, posteriormente a do caos. Segui o mesmo conceito usado a espada oriental, alinhando as gemas no início da lâmina, próximo a empunhadura.

Diferindo das armas ofensivas, o próximo item era um escudo. Porém, ele estava em sua forma de relógio, pois igualmente solicitou em sua armadura, a filha de Júpiter queria que a gema tivesse efeito também na forma de acessório. Assim, apenas peguei o relógio e selecionei a gema elemental deixada pela amazona, a colocando na pulseira do item. Era uma ideia inteligente já que filhos de Júpiter podiam aproveitar-se de seu elemento principal usando itens auxiliares.

O último item bélico a ser trabalhado pertencia a um filho de Eros chamado Beau. Curiosamente, o item deixado pelo filho do deus alado não era um arco-e-flecha, muito pelo contrário. Era uma bela corrente, algo que poucos sabiam manusear. Peguei as duas últimas pedras dentro do saquinho, sendo elas a ônix imperial e o rubi imperial. Definitivamente o grego estava querendo potencializar o dano as suas correntes, já que essas pedras serviam para isso. As coloquei nos elos iniciais da corrente, onde ele poderia protege-las e, ao mesmo tempo, outros teriam mais dificuldade de acertá-las.

Finalizando os trabalhos, simplesmente me joguei em uma cadeira. Preguiçosa e faminta, olhei ao redor com um sorriso orgulhoso por ter terminado tudo em uma única manhã. Apesar do serviço ter sido simples em comparação a outros que tinha feito, a grande quantidade acabou por deixar uma sutil dor em minhas costas. Porém, não era nada em comparação a sensação de satisfação por ter realizado o trabalho mais rápido do que eu tinha esperado.


Charlotte:

• Ipseidade [ Diferente de uma armadura comum que deixa o semideus com uma aparência militar, essa lembra vagamente vestimentas semelhantes a um uniforme, sem deixar a proteção de lado. A armadura é composta por botas de combate que vão até os joelhos, cujo os detalhes da frente fazem que pareçam semelhante a cadarços, sem serem de fato. A calça é feita de tecido liso e negro, bastante resistente o que permite uma boa locomoção. Já a parte de cima é feito de um peitoral do mesmo tecido, mas na cor branca, esse se assemelha muito a um colete militar com detalhes em dourado, sobre ele é colocado um sobretudo na mesma cor, cuja os detalhes deixam a frente colada no quadril e solto nas costas, dando um ar angelical a curandeira. A armadura ainda possui um par de luvas negras, lisas e delicadas feitas de um material delicado e um lenço vermelho para ser colocado no pescoço. Apesar de parecer feita de tecido ela não é, o metal nela foi modificado de forma a parecer uma vestimenta comum, ou um uniforme militar. | Efeito 1: Reduz 50% de danos físicos. Efeito 2: Aumenta a esquiva da portadora em 40%. Efeito 3: Quando inativo se transforma em um colete jeans delicado e sem mangas, com detalhes em pedraria que tornam qualquer tipo de vestimenta charmosa. | Adamantino | Gema Elemental: amplia os poderes do elemento luz em +10% aumentando seu dano na mesma porcentagem, e diminuindo o gasto de MP de poderes relacionados a esse elemento em 20%. Além disso, a gema também deixa a armadura resistente ao elemento, ganhando um bônus de 40% de resistência ao elemento escolhido. | Gema refletora: aumenta a resistência dessa em +10% além de refletir ataques. A armadura combinada a essa gema ganhara um espelho invisível, que quando ativo reflete dois ataques relacionados a poderes ativos ou magias lançadas contra seu portador. O efeito dura apenas dois turnos, e precisa de outros três turnos para que seja ativo novamente | Alfa | Status: 100% sem danos | Épico | Evento de ano novo]

Instruções
O trabalho custou 1.000 dracmas
Retirar da ficha dela as gemas: refletora e elemental

Fred

• Protego [Armadura leve em modelo masculino que se adapta perfeitamente ao corpo do usuário. É composta por uma cota de malha que veste o semideus até o comprimento de suas pernas, deixando como única exceção parte do pescoço e da cabeça. Acima da malha estão as peças da armadura: o peitoral, as ombreiras, as manoplas, as perneiras e as grevas. Além disso, inclui um sistema mecânico que proporciona o encaixe perfeito para o uso de elmos, podendo proteger a parte superior do corpo por completo, assim como mecanismos retráteis nas costas, capazes de darem espaço para que se possa abrir asas, caso assim o semideus deseje. As ombreiras metálicas são bem afiadas, e por isso deve-se ter muito cuidado. Na lateral da cintura existem duas bainhas feitas de tecido que conseguem suportar uma arma média cada, dando assim para carregar armas de porte médio e pequeno, isso aliado a um cinto com uma fivela prateada. Uma espécie de capa esvoaçante dá ao semideus uma aparência mais triunfal. Todas as peças são predominantemente num tom negro, com detalhes reluzentes e que dão um aspecto brilhoso à armadura, e foi desenhada de modo a dar impressão de que o semideus tivesse um aspecto demoníaco. Por ser uma armadura leve, não impede a movimentação do semideus e nem prejudica sua agilidade ou uso de poderes que dependam desta, já que também inclui um mecanismo de dobradiças maleáveis que facilitam os movimentos do personagem, principalmente com as pernas e os braços. | Efeito 1 — Reduz 50% de danos físicos; Efeito 2 — Reduz 40% de danos provenientes do elemento Luz; Efeito 3 — Mecanismo de Transformação — se transforma em uma bela jaqueta de couro negro, com fechos prateados para facilitar na hora de carregar | Ferro Estígio | Gema refletora: aumenta a resistência dessa em +10% além de refletir ataques. A armadura combinada a essa gema ganhara um espelho invisível, que quando ativo reflete dois ataques relacionados a poderes ativos ou magias lançadas contra seu portador. O efeito dura apenas dois turnos, e precisa de outros três turnos para que seja ativo novamente | Espaço para uma gema| Alfa | Status: 100% sem danos | Épico | Evento de ano novo]

Instruções
O trabalho custou 500 dracmas
Retirar da ficha a gema refletora

Elena

❥ Wonder Warrior [Uma armadura semi-completa feminina, composta por botas medianas, saia protetora, peitoral e braceletes que cobrem ¾ do antebraço. Ela é feita de tecido reforçado por fibras de carbono, as botas também possuem metal protetor podendo proteger as pernas de ataques a longa distância. É considerada uma armadura equilibrada, nem muito leve ou muito pesada | Efeito 1: Aumenta a velocidade, agilidade, esquiva em +25%. Efeito 2: Reduz o desgaste físico em -30%, permitindo que a usuária permaneça mais tempo em batalha | Fibra de carbono, bronze celestial Beta | Gema de Resistência: torna o usuário 30% mais resistente a ataques mágicos. Reduzindo ataques lançados contra o personagem na mesma porcentagem, fazendo com que o dano também seja menor no momento do impacto. O efeito só funciona enquanto o semideus estiver vestindo a armadura | Status: 100%, sem danos | Mágico | Comprado na Ferreli & García - Mode et style]

Instruções
O trabalho custou 500 dracmas
Retirar da ficha a gema de resistência

Evie

• Heaven [Uma armadura semi-completa, do tipo leve. Seu material possui a cor prateada com um sutil brilho azul celeste quando pego pelo reflexo. Ela é composta por botas, peitoral e ombreiras. Seu material de base ainda é desconhecido, sendo ele presente apenas neste item único. A armadura possui detalhes em formas de asas e um tecido ao redor da cintura de cor roxa. Ela foi banhada em poções mágicas, permitindo a transformação em uma jaqueta e potencializando alguns atributos. A jaqueta é de tom escuro, com uma ave de rapina desenha nas costas. Mesmo em sua forma de jaqueta, os efeitos permanecem funcionais. Também há desenhos de runas e talismãs em seu metal, denunciando que o item foi encantado magicamente. Graças a runa de renovação, Kenaz, o efeito da poção de velocidade é renovado depois de um turno de intervalo | Efeito 1: ela diminui em 50% o impacto de danos físicos, aumenta naturalmente em 20% a agilidade e velocidade; Efeito 2: oferece uma imunidade condicional ao elemento trevas/sombras, sendo necessário o oponente ser nível superior para provocar danos com esse elemento; Efeito 3: encantada com a poção da velocidade, a armadura possui o efeito ativo de aumentar certos atributos por 3 turnos: 100% de velocidade, 40% de força, 20% de resistência. São necessários 2 turnos de intervalo, em que a runa Kenaz é ativada (-15MP) para renovar a poção da velocidade na armadura. | Material de metal prateado (único) | Gema refletora: aumenta a resistência dessa em +10% além de refletir ataques. A armadura combinada a essa gema ganhara um espelho invisível, que quando ativo reflete dois ataques relacionados a poderes ativos ou magias lançadas contra seu portador. O efeito dura apenas dois turnos, e precisa de outros três turnos para que seja ativo novamente | Resistência: Alfa | Status: 100%, sem danos | Mágica | Nível mínimo para uso: 20 | Conquistada na missão Os Signos da Luz]


• Avalon [Uma espada singular e única, feita de um material extremamente raro. Com uma lâmina de 80 cm, pode ser empunhada perfeitamente por duas mãos ou uma, seu peso ajusta-se perfeitamente nas mãos de sua portadora. É de duplo corte, sendo o gume extremamente afiado. A cor de sua lâmina é prateada, mas emite um sutil e delicado brilho azulado quando recebe certa iluminação. Já a guarda mão possui um traço artístico que remete a asas | Efeito de retorno – Sempre retorna ao dono depois de um turno ou depois de dois minutos (para one-posts).| Efeito 1 Roubo de vida: O dano causado pela arma do semideus poderá ser convertido em HP para seu portador. 25% do dano retirado é convertido em HP para quem empunhar o armamento. | Material semidivino indetectável | Ônix Imperial: Causa dano baseado na vida do oponente. 15% da vida total, ou seja, se o oponente do portador possui 100 de vida, a arma além do dano normal vai tirar +15 de vida. Esse efeito dura apenas dois turnos e precisa de outros quatro turnos de espera para recarregar | Caos: permite que até o dobro do dano base seja retirado. Ou seja, a depender da qualidade do golpe (descrição e sucesso na área atingida) a joia irá permitir que o dano seja no máximo duplicado, podendo ser um bônus variando do mínimo até esse máximo. | Espaço para uma gema| Alfa Prime | Status 100% Sem danos | Necessário possuir nível 22 para domínio completo desse armamento | Lendária | Dano base de 40 (para humanos, monstros e semideuses) | Evento de natal 2017]


Instruções
O trabalho custou 1.500 dracmas
Retirar da ficha a gema refletora, caos e ônix imperial

Max

• Imperium [Uma armadura feminina completa, no melhor estilo greco-romano. O metal apresenta-se na cor dourada, o tecido em tom avermelhado | Efeito mecânico: transforma-se em um bracelete de ouro que fica sobre o braço superior. Ao tornar-se uma armadura, ainda permite que algumas partes não apareçam, cabendo a usuária a escolher quais partes irão surgir e proteger seu corpo | Efeitos 1: Reduz em 50% o dano físico; Efeito 2: Recupera 15% da MP e HP do valor atual por 3 turnos, uma vez por evento; Efeito 3: Encantada com a poção de terra, a armadura ganha a propriedade terrena, ganhando 50% de defesa contra o elemento terra. Também ganha +30% de defesa a impactos. | Pikachu: Permite a semideusa gerar uma pequena quantidade de energia elétrica (50 mA) sem gasto de MP para aumentar a potência de seus poderes ativos, causando um dano de +10, ou curar a si mesma. Também funciona na forma de bracelete. | Espaço para 2 gemas | Vibranium, detalhes em ouro | Super Alfa | Status 100%, sem danos | Lendário | CCFY Promoção de Natal]

• Navitas [Um escudo de forma circular que possui uma característica singular e bela, seu nome vem do latim e significa energia. Feito a base de grafeno e adamantino, o escudo ao ser acionado possui uma aparência translúcida com detalhes em metal, graças ao grafeno. Esse material é um dos mais condutivos do mundo, além de mais leve. Em sua forma básica é 200 vezes mais forte que o aço, porém ao ser manipulado e combinado com o adamantino, ele possui apenas cinco vezes mais força em comparação ao metal comum. Sua dimensão é aproximadamente 50cm de diâmetro, o suficiente para proteger parte do corpo. | Efeito mecânico: pode ter a forma de um relógio funcional. | Efeito 1: Diminui a resistência a impactos em 50% sem machucar o braço do semideus. Efeito 2: Durante dois turnos será capaz de refletir os ataques direcionados a esse de qualquer natureza mágica, elemental ou física, depois disso, o efeito entra em espera por outros cinco turnos. | Grafeno e Adamantino | Gema Elemental: amplia os poderes do elemento (Raio/Eletricidade) em +10% aumentando seu dano na mesma porcentagem, e diminuindo o gasto de MP de poderes relacionados a esse elemento em 20%. Além disso, a gema também deixa a arma resistente ao elemento, ganhando um bônus de 40% de resistência ao elemento. Também funciona na forma de relógio | Espaço para uma gema | Alfa | Status: 100% sem danos | Épico | Evento de ano novo]

Instruções
O trabalho custou 1.500 dracmas
Retirar da ficha a gema Pikachu, elemental e a poção de terra.

Sun Hee

• Fofuxa [Wakizashi com lâmina espelhada colorida em várias tonalidades de violeta e roxo de 40 cm de comprimento por 3 cm de largura, cabo adornado e coberto por fios de linho roxo para melhor aderência com 20 cm de comprimento.| Efeito 1: A arma sempre retorna ao dono, caindo ao seu lado.| Efeito 2:A arma ganha propriedades venenosas, causando um dano de +25, além de paralisar a região atingida do oponente por um turno (ex: atingiu o braço, o braço fica paralisado).| Efeito 3: Roubo de vida: O dano causado pela arma do semideus poderá ser convertido em HP para seu portador. 25% do dano retirado é convertido em HP para quem empunhar o armamento. | Material semidivino indetectável| Ônix Imperial: Causa dano baseado na vida do oponente. 15% da vida total, ou seja, se o oponente do portador possui 100 de vida, a arma além do dano normal vai tirar +15 de vida. Esse efeito dura apenas dois turnos e precisa de outros quatro turnos de espera para recarregar.| Ametista Imperial: Ao cortar envenena o alvo, causando 35 de dano por turno. (Não enfraquece o alvo com o dano.) Dura 5 turnos. | Âmbar Imperial: Adiciona mais +30 de dano a arma. | Alfa Prime | Status% Sem danos | Necessário possuir nível 22 para domínio completo desse armamento | Lendária | Dano base de 70 (para humanos, monstros e semideuses) | Evento de natal 2017]


Instruções
O trabalho custou 1.500 dracmas
Retirar da ficha as gemas imperiais: ametista, âmbar e ônix.

Luna

Dragon Staff [Um cajado mágico, tendo utilidade apenas para aqueles que possuem o dom da magia. Tem um metro e meio de altura e em seu topo há um adorno feito em ouro imperial em forma de cabeça de dragão. Na boca, há o espaço para ser acrescentado uma gema mágica. O cajado possui runas de proteção e que facilitam o uso feitiços | Efeito 1: O cajado cria um escudo translúcido a frente, com 1,5m de altura e 1m de largura, possuindo um brilho esbranquiçado e círculos mágicos de tons azuis e esverdeados. Esse escudo funciona com a mesma propriedade que teria um escudo de resistência alfa, durando 2 turnos. É necessário um intervalo de um turno para que funcione novamente a capacidade de gerar o escudo; Efeito 2: Aumenta em +30% as chances de sucesso ao lançar um feitiço, auxiliando quando o inimigo for aparentemente mais forte. Esse efeito também diminui o gasto de energia ao usar feitiços em 25% | Madeira Reforçada e Ouro Imperial | Beta | Gema Elemental: amplia os poderes do elemento Fogo em +10% aumentando seu dano na mesma porcentagem, e diminuindo o gasto de MP de poderes relacionados a esse elemento em 20%. Além disso, a gema também deixa a arma resistente ao elemento, ganhando um bônus de 40% de resistência ao elemento escolhido | Status: 100%, sem danos | Mágico | Comprado no Pandevie Magie]

Instruções
O trabalho custou 500 dracmas
Retirar da ficha a gema elemental

Beau

Nebula [Correntes duplas com duas pontas afiadas cada, uma em forma de pirâmide e a outra em forma de estrela de quatro pontas. As correntes se enroscam no antebraço do usuário quando ativadas e são comandadas mentalmente pelo seu portador. São feitas de um material raro e resistente, possuindo um brilho que lembra o das estrelas. São capazes de se esticar até 25 metros. | Efeito 1: Roubo de vida: O dano causado pela arma do semideus poderá ser convertido em HP para seu portador. 25% do dano retirado é convertido em HP para quem empunhar o armamento. | Efeito 2: Propriedade de luz: Monstros das trevas não terão sorte contra esse armamento, a arma condutora do elemento luz causara +30 de dano em seres, criaturas ou semideuses que conduzirem o elemento trevas/sombras. | Efeito 3: Efeito mecânico: Quando não ativadas, possuem a forma de dois anéis prateados com um cristal azulado de adorno | Material semidivino indetectável| Ônix Imperial: Causa dano baseado na vida do oponente. 15% da vida total, ou seja, se o oponente do portador possui 100 de vida, a arma além do dano normal vai tirar +15 de vida. Esse efeito dura apenas dois turnos e precisa de outros quatro turnos de espera para recarregar| Rubi Imperial: +40 de dano a arma| Alfa Prime | Status% Sem danos | Necessário possuir nível 22 para domínio completo desse armamento | Lendária | Dano base de 80 (para humanos, monstros e semideuses) | Evento de natal 2017]

Instruções
O trabalho custou 1.000 dracmas
Retirar da ficha as pedras rubi imperial e ônix imperial
.



Habilidades:
Nível 14
Nome do poder: Forjador III
Descrição: Agora você entende de mecanismos complexos e avançados, podendo fabrica-los com uma facilidade e maestria inexistente em qualquer outro semideus. Suas armas são mais fortes do que as armas de qualquer outro forjador, e agora que entende isso, você simplesmente se torna o destaque do momento.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +25% de resistência e +20% de força em armas fabricadas pelo semideus. Além disso, as gemas nas mãos dos filhos de Hefesto não precisam ser reforjadas, ele encaixa sem precisar modelar a arma, e a deixa tão perfeita quanto. É algo extremamente natural. (Armas Betas podem virar alfas, mas nunca alfa prime, o status da arma (Alfa, beta, ou sigma, sempre subira um nível acima do atual, não mais que um).
Dano: +15% de dano as armas fabricadas pelo semideus de Vulcano/Hefesto.





Alex Nikolaev
☾★I'd prefer machines rather than humans! ★☽
avatar
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte

Mensagens : 338

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Febo em Seg Fev 05, 2018 3:01 pm

Atualizado.
avatar
Febo
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 281

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Max Hayes em Ter Fev 06, 2018 10:58 pm

Nome do Item: Riot
Descrição do item: É uma espada curta ligada a uma corrente em seu cabo. A espada seria bastante comum, feita de ouro imperial e similar a imagem anexada acima. A magia estaria principalmente nessa corrente. Ela envolveria o braço do usuário, mesmo por cima de manoplas ou luvas, possuindo um pequeno cumprimento, confortável o suficiente para que não atrapalhar o manuseio. Porém, é possível jogar a espada, fazendo com que a corrente cresça até 10m e após o lançamento, a corrente retrocede a mão do usuário. A corrente seria de adamantino e não seria muito grossa ou pesada, ela não é para ser usada como ataque direto.
Efeitos desejados: Que a corrente altere de tamanho a minha vontade, chegando até os 10m de cumprimento. O item pode se transformar em uma pulseira.
Material: Adamantino e Ouro Imperial
Observações: Pelo que eu entendi, você precisa sortear para saber se cai lendário, épico ou mágico. Se possível posso tá realizando mais pedidos depois a depender de qual tipo de item acabe saindo?


Maxine Hayes


∆ LYL - FG


avatar
Max Hayes
Amazonas
Amazonas

Mensagens : 477

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Lee Chae-rin em Ter Mar 13, 2018 9:04 pm

NOME:Agni e Rundra
MATERIAIS: Vibranium e Adamantium se possivel
DESCRIÇÃO DO OBJETO: Duas adagas de exatamente vinte e dois centímetros e meio, sendo dez centímetros e meio só de lâmina e  com uma espécie de soqueira embutida de forma que o usuário passa usar em golpes a curta e média distância.  A lâmina tem alguns entalhes remetendo aos lobos e a fases da lua além de algumas rosas na parte traseira da lâmina.
EFEITOS: Se possivel Magia de retorno e ligação com o usuário, além de transformação em um anel .
EXTRAS: imagem ilustrativa
OBSERVAÇÕES: Se possivel acoplar duas gemas Link : http://www.bloodolympus.org/t1674p50-loja-de-materiais#62179


NOME:Dragon karambit
MATERIAIS: Vibranium
DESCRIÇÃO DO OBJETO: Dez pequenos anéis que escondem o dedo completamente, os mesmos possuem individualmente uma lâmina de cerca de dez centímetros dando a pequena impressão de projeção das "garras" para frente. A mesma pode ser usada na forma animal do usuário de forma que a arma se adapta perfeitamente aos dedos grotescos durante a transformação.
EFEITOS: Se possivel Magia de retorno e ligação com o usuário, além de transformação um anel com imagem de um dragão e adaptação para forma lycan do usuário
EXTRAS: imagem ilustrativa
OBSERVAÇÕES: Se possivel acoplar duas gemas  Link : http://www.bloodolympus.org/t1674p50-loja-de-materiais#62179




♥️
Lee Chae-rin

''A força do lobo é sua matilha, a força da matilha é o lobo''
avatar
Lee Chae-rin
I Coorte
I Coorte

Mensagens : 301
Idade : 23
Localização : Acampamento Romano

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Ter Mar 13, 2018 10:17 pm





Depois de uma maratona de aprimoramento, finalmente tinha chegado um pedido de criação. Eu gostava de todo tipo de trabalho, mas forjar armas a partir do zero ou usando meus próprios recursos... Era como fazer arte.

O pedido vinha de Max, uma filha de Júpiter que felizmente parecia ter retornado as minhas forjas depois de ter solicitado dois trabalhos anteriores. A satisfação de estar criando clientes fies impulsionava ainda mais a minha motivação em continuar com esse tipo de função. A amazona pediu, no entanto, uma arma inusitada e inovadora. Era como uma kusarigama ocidental. Uma corrente estaria ligada a uma espada, ao invés de uma foice como diz a tradição oriental. Essa mesma corrente, estaria envolta no antebraço da semideusa, permitindo que ela lançasse o item laminado na direção que quisesse, sendo que este retornaria para a usuária através de encantamentos. Ou melhor dizendo, era como uma versão mais elegante da espada usada pelo personagem principal de God of War.

Primeiro lidaria com a espada.

O material de base seria o ouro imperial, o que fazia sentido já que a minha cliente era filha de Júpiter. Eles tinham mais facilidade no manuseio de equipamentos feitos a partir desse metal. Se possuía alguma lógica? Talvez, mas eu ainda não tinha sido iluminada por ela. Depois de ter acendido e deixado a fornalha esquentar, levitei as barras de ouro imperial para dentro do caldeirão, para que elas derretessem. Enquanto isso, comecei a arrumar a mesa ao lado da bigorna. Separei o molde, ajustei as ferramentas e até mesmo enchi um enorme balde com água para realizar o processo de resfriamento e fortalecimento do metal.

Quando o ouro imperial estava no ponto que eu queria, usei do controle sobre metais para poder levitar o caldeirão extremamente quente. Isso facilitava demais o trabalho de despejar o líquido dourado sobre a forma de espada curta. Depois de preencher o espaço que queria, movi o caldeirão para perto da lavanderia para que não atrapalhasse ou esquecesse de limpá-lo posteriormente. Enquanto esperava o material esfriar, puxei uma grande almofada para o centro da forja. Precisava otimizar o tempo buscando uma corrente ao invés de forjar uma. Para tanto, eu precisava acessar um lugar que era no mínimo interessante.

Ao sentar sobre a almofada, ajustei a minha postura e comecei uma técnica de respiração para acalmar o corpo. Consequentemente, minha mente também ficava mais tranquila e cada vez mais fluída. Comecei a imaginar o lugar que eu queria estar: o cemitério de armas. Filhos de Vulcano, ou Hefesto para os gregos, tinham acesso a uma verdadeira dimensão paralela em que poderíamos retirar coisas e trazer para nossa realidade. Meu corpo se tornava algo similar a uma projeção astral. Algo que não estava completamente ali, mas que poderia exercer influência física nas coisas ao redor. O cemitério era um tanto macabro, como um ferro-velho digno de um filme de terror. Existiam coisas que nem mesmo eu conseguia identificar seu propósito. Vagar ali era algo perigoso, pois eu poderia literalmente perder o caminho de volta, atraída demais pela aura do cemitério. Por isso, não tardei a aumentar a velocidade de busca, apurando a minha visão em busca de algo que pudesse ser aproveitado como corrente.

Demorou um minuto e meio para que eu finalmente encontrasse o que eu queria. Estava enrolado em escombros, mas era uma corrente do tamanho que eu precisava. Ao me aproximar, também pude notar que era de um dos materiais mais almejados para forjas: adamantino. Sorrindo naquela minha forma etérea, aproximei dos escombros e segurei na corrente tentando puxá-la. Mas foi como se ela estivesse presa a algo. Olhei ao redor e tentei usar da minha manipulação de metal, mas não estava funcionando naquele lugar! Resmungando baixo, decidi que faria aquilo à moda antiga. Segurei firme na corrente, pousei um pé em um metal liso mais alto e fiz força para puxar aquele item por bem ou por mal. Porém, mesmo com minha força de filha de Vulcano eu estava tendo um pouco de dificuldade. Demorou quase um minuto inteiro depois de várias tentativas para que a corrente finalmente se desprendesse daquele monte de metal... Porém ela não foi a única a se libertar!

Um autômato muito estranho foi ativado, girando os braços robóticos e quebrados no próprio eixo fazendo com que os escombros voassem, dois deles me atingindo e provocando uma forte ardência no local. Ele começou a faiscar e a fazer sons estalados de metal enferrujado que finalmente era movido. Engoli em seco, pois cada vez mais ele se erguia sem ter uma forma definida! Se eu iria enfrentar aquilo? De forma alguma! Aquele era um cemitério de armas deixado pelo próprio Vulcano! Que ideias mirabolantes foram deixadas para trás pelo próprio deus da forja? Era loucura enfrentar uma máquina sem regras e propósito! Então eu não hesitei em aproveitar que ele ainda estava se reconstituindo para levantar, segurar firme a corrente e correr o mais distante que podia.

Retornar havia sido como levar um soco na barriga. Tive de me afastar do perigo ou poderia acabar trazendo a máquina maluca comigo. Ao ter a minha consciência presa novamente ao meu corpo, tudo girou ao meu redor provocando náuseas, além de gemidos de dor graças ao meu ombro avermelhado. Certo, eu conseguia tocar o ambiente do cemitério, mas o contrário também era verdadeiro! Ao menos, caindo a minha frente, estava a corrente de adamantino que tinha me dado tanto trabalho. Levantei da almofada carregando o item bélico até a bigorna. A desvantagem de pegar algo daquele lugar? Geralmente precisavam de concertos e ajustes. Antigamente eu levaria horas para poder renovar aquilo, mas vinha ganhando cada vez mais experiência como ferreira.

Concentrei-me novamente, tocando a corrente enquanto tentava conduzir a minha energia para o seu metal. Na maioria das vezes usar de uma habilidade era apenas o trabalho de desejar que ela acontecesse. Imaginar como seria e conduzir para que tomasse forma no mundo externo. Eu estava permitindo que minha própria energia consertasse a corrente enferrujada e quebrada, mesmo que para isso tivesse um determinado custo interno. No fim, ela estava 90% recuperada, necessitando apenas de alguns pequenos ajustes de polimento e reforçamento de metal. Algo que fiz em pouco tempo.

Terminada a corrente a coloquei sobre apoios na parede, retornando a minha atenção a espada. Retirei a lâmina bruta do molde, pronta para poder modelar a maneira que eu quisesse. Aquele trabalho levaria horas, se eu não tivesse a habilidade de esquentar e esfriar o metal a meu bel prazer. Isso evitava as viagens para a brasa e depois o esfriamento no balde. Então, tudo o que eu fiz a seguir foi martelar o metal até adquirir a forma mais refinada, mais próxima a espada que a garota queria. Depois, usei da manipulação do metal para poder fazer o trabalho mais minucioso e que daria mais trabalho. Para finalizar com a lâmina, a afiei e poli usando máquinas apropriadas para isso, localizadas a esquerda de minha forja.

O próximo passo foi a empunhadura. Utilizei o resto do ouro imperial e madeira para fazer a base da espada, tomando o cuidado de fazer no cabo uma espécie de aro. Assim, quando finalizei a empunhadura da espada, voltei a pegar a corrente de adamantino. Precisei romper o último elo da corrente para poder liga-lo ao aro da empunhadura, unindo assim os dois tornando-os um único item. Foi necessário novamente usar a habilidade de esquentar o metal e fortificar a parte quebrada, para que não ficasse frágil. No fim, o último processo de forja foi o de acoplar a espada a empunhadura. Mais uma vez usei de meus poderes para facilitar o processo.

Estiquei os braços para o alto, relaxando sobre a cadeira a frente da mesa. Meus ombros ainda estavam tensos, a pele um tanto envermelhada pelo encontro com a máquina louca no cemitério de armas. Porém, eu trabalho ali ainda não havia sido encerrado. Antes de prosseguir, fui até a geladeira comer algum petisco e beber bastante água. Havia aprendido que trabalhar horas seguidas e gastando energia no processo apenas me desgastava demais. Pior, podia comprometer a qualidade de meu trabalho!

Depois de um rápido descanso, aproximei da área mais reservada ao laboratório. Peguei de dentro do mini-frigobar um frasquinho com tampa azulada. Dentro daquele frasco em forma de tubo havia o sangue de Maxine. Era um acordo que sempre fazia com meus clientes, pois usar o sangue do portador da arma para encantá-las sempre as faziam ter uma conexão especial. Fui a estante do lado para selecionar minha caneta mágica, abrindo o tubo para poder repousar o bico da caneta sobre a beirada do frasco. O inclinei até o que o líquido vermelho entrasse em contato com o metal, permitindo que a caneta mágica absorvesse o conteúdo viscoso.

Com a Bloody Magic completa, aproximei da arma, a pegando e repousando sobre a mesa. A analisei brevemente, fazendo um plano mental de quais runas usar e onde coloca-las. O trabalho seria complicado, pois desenharia as palavras de poder sobre as correntes. Os elos podiam ser grossos, mas ainda assim não ofereciam muita área para ser trabalhada. Assim, mesmo que eu ficasse com uma bela dor nas costas depois, me debrucei sobre as correntes para poder começar a trabalhar nos encantamentos.

A primeira runa a ser feita foi a Raidho, palavra que provocava a união, sendo repetida três vezes. Com isso, estaria unindo a arma a amazona, aumentando as chances de que os encantamentos e efeitos fossem ativados de acordo com a sua vontade. Isto também permitiria que a arma estivesse ligada a Hayes, retornando a sua mão de acordo com a sua vontade por causa da ligação criada entre dono e armamento. A segunda runa representava a transformação, sendo esta a Wunjo. Porém logo foi acompanhada pela runa que provocava mudanças, a Dagaz. Com isso, estaria permitindo que as correntes alterassem o seu tamanho de acordo com a vontade da pessoa pela qual estava ligada.

Terminada as runas, sentei novamente e repousei as mãos sobre as correntes. Era hora de doar um pouco de minha energia para aquele item novamente, porém, dessa vez, para selar o encantamento. Respirei fundo, fechei os olhos e pouco a pouco fui conduzindo meu chi para a palma de minha mão. Runa por runa foi recebendo a minha energia mágica, permitindo que as palavras ficassem literalmente dotadas de poder. No fim, estava um tanto ofegante, pois sempre existia um custo para a realização de magia.

Porém ainda havia um último trabalho a ser feito. Peguei o meu martelo e o girei em minhas mãos. De início tinha achado esquisito moldar um item a ponto de dar a aparência de um simples acessório. Porém, agora mais experiente, nem ao menos hesitava nos meus movimentos. Sabendo empregar a força necessária para não provocar danos a minha arma, apenas descia o martelo o usando como condutor de meus desejos e habilidades. Em minha mente, focava a imagem de uma fina pulseira, feita de ouro. Depois de três marteladas, a arma se desdobrou, encolhendo em seu tamanho até tomar a forma do acessório mentalizado.

Finalmente tinha acabado!

Item final

• Riot [Uma espada de 60cm de cumprimento, com apenas um gume extremamente afiado. Sua empunhadura é ligada a uma corrente, porém está contem runas mágicas que permite a manipulação de seu tamanho, de acordo com o desejo da filha de Júpiter. Em seu tamanho normal, estará envolvido no antebraço da garota sem machucá-la, com sobra suficiente que permite o manuseio da espada sem prejudicar os movimentos. | Efeito de transformação: pode transformar-se em uma fina pulseira de ouro imperial | Efeito de ligação: a usuária pode fazer a arma retornar para sua mão quando quiser | Efeito 1: A corrente pode alterar o seu cumprimento, crescendo até a dez metros, de acordo com o desejo da usuária. Apenas ela pode dar esse comando | Bônus de forja: +15% de dano | Adamantino e Ouro Imperial | Espaço para uma gema | Super Alfa | Status 100%, sem danos | Mágica | Forjada por Nikolaev]

Runas Usadas:
Runas usadas

Raidho
Posição normal: Causa união, geralmente aplicada a grupos de pessoas (dura 3 turnos desde o momento de sua ativação).

Wunjo
Posição normal: Bem estar e transformação para melhor (dura 3 turnos desde o momento de sua ativação, tem 15% de chances de funcionar).

Dagaz
Posição normal: Provoca mudanças (Dura um turno ao ser ativada).
Habilidades Ativas:
Nível 37
Nome do poder: Restauração de Armas
Descrição: O semideus, com um simples toque, poderá remontar as armas que ele mesmo rompeu, ou quebrou, também serve para restaurar armas que foram amassadas, danificadas, ou enferrujadas. Isso não quer dizer que poderá concertar qualquer coisa, apenas armamentos como machados, lanças, espadas, adagas. Não funciona para maquinários, ou para construir armas, apenas concerta-las.
Gasto de Mp: -60 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Nenhum

Nível 19
Nome do poder: Esquenta e Esfria
Descrição: O semideus consegue alterar a temperatura das armas, escudos ou armaduras do inimigo (o semideus decide no ataque), podendo resfriar ou esquentar o mesmo, causando danos no usuário, mas para isso, precisara tocar o alvo, mais precisamente, o local que deseja esfriar ou esquentar.
Gasto de Mp: 30 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: 20 HP (para calor), 35 HP (para frio)
Extra: Só consegue esfriar em uma temperatura mediana, o suficiente para machucar, já esfriar, torna os movimentos do usuário mais lentos, pois, a temperatura se assemelha ao gelo, e pode causar queimaduras leves – de frio – e deixar o usuário com calafrios – em caso de armaduras – já armamentos, provavelmente seriam soltos da mão do inimigo.

Nível 25
Nome do poder: Magnetismo III
Descrição: É a habilidade que permite aos filhos de Hefesto/Vulcano, controlarem o magnetismo. Agora já consegue manipular metais pesados, de porte grande, podendo desvia-los e manipula-los da maneira que bem entender.
Gasto de Mp: 40 MP por turno ativo
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Funciona com objetos de porte médio, máximo de 150 kg. O dano será a critério do narrador, e da forma com que o poder foi utilizado.

Nível 35
Nome do poder: Cemitério de Armas III
Descrição: Hefesto/Vulcano, tem cemitérios de armamentos velhos, armas, e pedaços de metais espalhados pelo mundo, restos de invenções, autômatos estragados e outras coisas poderão ser vistos nesse cemitério. O filho de Hefesto/Vulcano, poderá ter acesso a esse cemitério sempre que desejar, podendo puxar para o campo (invocar), algo que deseje. Seu poder atingiu o ápice de poder, e agora, uma espécie de tela plana se abre para você, assim sendo, em seu olho esquerdo vai aparecer uma espécie de programação única, com todos os objetos disponíveis dentro do cemitério de armas do seu pai, e você poderá selecionar o que deseja trazer para o campo, podendo resgatar qualquer coisa que deseje para o campo. Lembrando que, isso é um cemitério, e as coisas jogadas nele geralmente são defeituosas, estragadas, enferrujadas, podendo inclusive estarem amaldiçoadas.
Gasto de Mp: - 60 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Nenhum
Passivas de Vulcano:
Nome do poder: Reparos Rápidos
Descrição: Filhos de Hefesto/Vulcano conseguem consertar aparatos mecânicos rapidamente, gastando metade do tempo que uma pessoa comum levaria para tal.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Conseguem concertar qualquer coisa em apenas dois turnos.
Dano: Nenhum

Nível 9
Nome do poder: Sensibilidade Mecânica
Descrição: O filho de Hefesto/Vulcano  pode detectar falhas em minérios de metal e identificar o tipo de maquinaria e uso por toque.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Sempre saberá o que está errado e como concertar
Dano: Nenhum

Nome do poder: Projetos
Descrição: Você é capaz de entender e fazer desenhos técnicos voltados a projetos de engenharia, e possivelmente recriar tais projetos os fazendo tornar-se reais. Isso significa que com um projeto em mãos, você consegue desenvolve-lo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 14
Nome do poder: Forjador III
Descrição: Agora você entende de mecanismos complexos e avançados, podendo fabrica-los com uma facilidade e maestria inexistente em qualquer outro semideus. Suas armas são mais fortes do que as armas de qualquer outro forjador, e agora que entende isso, você simplesmente se torna o destaque do momento.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +25% de resistência e +20% de força em armas fabricadas pelo semideus. Além disso, as gemas nas mãos dos filhos de Hefesto não precisam ser reforjadas, ele encaixa sem precisar modelar a arma, e a deixa tão perfeita quanto. É algo extremamente natural. (Armas Betas podem virar alfas, mas nunca alfa prime, o status da arma (Alfa, beta, ou sigma, sempre subira um nível acima do atual, não mais que um).
Dano: +15% de dano as armas fabricadas pelo semideus de Vulcano/Hefesto.
Habilidades Feiticeiras:
Nível 19
Nome do poder: Feiticeira III
Descrição: Você está ficando cada dia mais forte, Circe está orgulhosa de você. Sua personagem dominou a arte da feitiçaria conforme o esperado, tornando seus feitiços experientes, fortes e controláveis. Você dominou sua magia por completo.
Gasto de Mp:
Gasto de Hp:
Bônus: +20% de força em feitiços (poderes ativos).
Dano: +15% de dano se o feitiço acertar o oponente.
Itens usados:
Blood Magic [Uma caneta aparentemente comum, porém de aparência elegante. Porém essa caneta não funciona com tinta normal, mas apenas com sangue. Para encher o tubo, é preciso encostar a ponta da caneta em um pequeno machucado ou qualquer fonte do sangue a ser usado. Sua grafia varia de acordo com o desejo do dono, podendo ser mais forte e assim usando mais da tinta sangrenta, ou mais fina e delicada. Feita basicamente de arambarium - metal que conduz magia com mais facilidade – e ouro compondo todos os detalhes. | Efeito: Ela tem o efeito de sempre retornar ao dono depois de algum tempo. Foi encantada para criar runas mais duradouras, e com uma intensidade 10% maior do que de uma runa original, além disso, a caneta diminui o gasto de MP em 50%, e da choques em qualquer um que tentar rouba-la. A caneta possui sangue suficiente para a criação de até 10 runas, depois disso precisa ser recarregada novamente. | Arambarium e Ouro | Resistência: Beta | Status: 100%, sem danos | Mágica | Comprado no Pandevie Magie]

Grimorio: Encadernado com couro vermelho, é um livro de feitiços selado, que apenas se abre pelas mãos de seu portador – qualquer outro individuo que conseguir abrir o grimorio, só vera páginas em branco – a capa tem o desenho de um pentagrama de cinco pontas, e é coberto por símbolos. O Nome do portador é gravado na capa.






Alex Nikolaev
☾★I'd prefer machines rather than humans! ★☽
avatar
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte

Mensagens : 338

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 19 Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 12 ... 19  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum