The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

BxB

Página 33 de 36 Anterior  1 ... 18 ... 32, 33, 34, 35, 36  Seguinte

Ir em baixo

BxB  - Página 33 Empty Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Qua Set 11, 2019 9:17 pm

evento
Coração e Energia

Existiam dois pontos fundamentais em uma máquina: seu motor principal e a fonte de energia. O autômato invocado do cemitério de armas não possuía nem um nem outro em qualidade suficiente para ser reaproveitado.

A boa notícia era de que eu poderia dar vazão a minha criatividade. A má notícia era de que eu tinha ideias demais. Incapaz de decidir qual seria a melhor, acabei contatando o professor da UNR que tinha me orientado durante o curso de graduação. Jamais seria orgulhosa demais para não pedir ajuda ou saber admitir que existiam pessoas melhores em determinadas áreas.

— Alex eu acho que você tem algum dispositivo holográfico potente. Esse design de robô gigante do lado de fora é perfeito. — Karl comentou enquanto dobrava as mangas de sua blusa até o cotovelo. — Mas estou curioso, em que posso ajudar?

— Eu espero que você seja fã o suficiente de Transformers. — Brinquei com um sorriso um tanto presunçoso. — Porque o robô lá fora não é um holograma.

As reações de Karl Bennett variaram em questões de segundos. Primeira dúvida, seguido de incredulidade, suspeita, surpresa e choque. Tentei inutilmente não rir, ainda mais quando aquele homem tão bem dotado de elegância e charme saiu correndo para o lado de fora, gritando em euforia quando deparou-se com a realidade de que aquilo era, de fato, um autômato.

Ao retornar, meu antigo supervisor na universidade pediu para ver todo o projeto. Com certo orgulho do que tinha feito até o momento, exibia para o legado romano as pernas e os braços.

— Já vi que está aplicando bem o seu conhecimento de robótica. No que precisa de ajuda, Alex? — Karl perguntou uma vez mais.

— A dinâmica do motor e fonte de energia. Eu estou tendo dificuldade em encontrar um equilíbrio, todos os meus cálculos até o momento levam ao mesmo resultado: kabuum!

Fiz um som de explosão ao fim, apenas para demonstrar que nenhuma suposição minha tinha obtido sucesso em evitar que o motor superaquecesse ao tentar fazer a máquina funcionar. Karl riu, sentando-se sobre a cadeira de escritório, pedindo permissão para mexer em meu computador. Prontamente puxei a cadeira do lado, para acompanhar e absorver um pouco mais de conhecimento de quem possuía PhD no assunto.

O nosso trabalho se concentrou em pura física e mecânica, já que estávamos partindo da ideia de um motor completamente novo sem perder a potência que um normal possuía. Para tanto, mais uma vez usei do relógio que reproduzia itens, invocando motor V8 tão característico do Camaro. Naquele modelo mais avançado, ele possuía uma transmissão de 10 velocidades e um câmbio otimizado. O torque era de 62.9 KGFM e com 461 CV de potência. Rezava a lenda que a aceleração poderia chegar de 0 a 100km/h em apenas 4,2 segundos.

— E você conseguiu isso apenas assim, em um clique no relógio. — Karl comentou embasbacado, passando a mão sobre a barba. — Sabe Alexandra, o natal está muito próximo. Espero que me considere na sua lista de presentes!

O riso escapou fácil de meus lábios, pois eu sabia que meu antigo supervisor possuía aquele ar brincalhão inerente a sua personalidade. Nós dois nos aproximamos do motor sobre a mesa, eu não contive o assovio ao ver como ele era tão belo em seu design e, ao mesmo tempo, tão potente.

— Eu vou por o vibranium na fornalha, você começa a desmontar o motor. — Planejei rapidamente.

A ideia era a de projetar um novo design. Um que não fosse atrapalhar na forma humanoide e nem em sua forma automobilística. Nós dois passamos todo o período da manhã planejando um traço único, que remetesse a um coração, sem perder a funcionalidade e o propósito. Certamente o coração da máquina seria revestido com vibranium, principal material defensivo até então conhecido, contendo em seu interior peças originais do motor V8. Começamos a por em prática o planejado logo em seguida, cabendo a mim a função costumeira da forja: liquefazer um lingote de vibranium, colocar o metal líquido como material principal na impressora 3D, ativar o arquivo de desenho gráfico feito previamente e esperar que o coração/motor ficasse pronto. Era uma das coisas mais bonitas que eu já tinha feito, ao menos, era essa a sensação que eu tinha. Talvez fosse o significado que aquela peça possuía, de ser o centro principal de meu futuro bebê. Realmente possuía os traços similares aos de um coração, com entradas e saídas necessárias para ser conectada ao construto como um todo.

Ao terminar, levitei o coração de vibranium até uma mesa, o abrindo conforme tinha sido programado pra fazer. Karl aproximou-se, ajudando a montar e a ajustar as partes originais do motor em seu novo modelo. Nossos estômagos nos obrigaram a parar quando a fome apertou, lembrando tanto a mim quanto ao legado romano que ainda éramos humanos e precisávamos de vitaminas naturais para continuar funcionando. Entre brincadeiras e planos, tivemos um almoço rápido antes de voltarmos para a forja, além de um copo enorme de suco misturado com néctar para recuperar as energias.

Coração do Bumblebee estava pronto. O que restava outro problema a ser resolvido: a distribuição de energia. Uma máquina tão grande quanto aquela consumiria grandes escalas de energia, o que exigiria uma carga constantemente alta. Como evitar o descarregamento rápido? Como não fazer as coisas explodirem com uma circulação de energia tão concentrada? Até porque, caso o Bee fosse em batalha, seria altamente não recomendável o uso de gasolina como combustível principal, já que isso também conduziria a possíveis explosões.

— Eu não quero contar apenas com a magia. Todo item possui um limite em sua constituição para receber carga mágica e eu já tenho planos prévios para complementar a ciência com a magia. — Comentei enquanto encarava o holograma que flutuava com a imagem de uma bateria de carro. — Ele tem a potência muito grande, o que acaba tornando impossível invocar uma bateria proporcional simplesmente por não caber dentro de seu peito.

— O que acha de energia solar? — Karl sugeriu depois de tanto tempo em silêncio.

Minha postura ajustou assim que a ideia perpassou minha mente. Rapidamente comecei a conduzir o meu bracelete tecnológico a uma pesquisa extensa sobre energia solar. Era formada basicamente por painéis solares, conhecidos como módulos fotovoltaicos, que captam a luz do sol e geram energia. É composto por células fotovoltaicas, que são alimentadas pela radiação solar e transformam em energia elétrica. Isto porque, o funcionamento das células fotovoltaicas que compõem os módulos é extremamente dependente da entrada das partículas de luz (os fótons) em seu interior.

— Isso é perfeito! Podemos fazer um aerofólio como o módulo, bem discreto e imperceptível e que quando vire o robô humanoide vá para o lado mais interno para proteção. — Abri o programa de desenho gráfico, projetando no ar o que nós tínhamos até o momento do conteúdo que estaria dentro do peitoral do Bee. — Mas ainda faço questão de ter a bateria original do Camaro em algum lugar, como energia reserva, em último caso o Bee ainda funcionaria em estado de emergência por algumas horas.

O relógio foi mais uma vez usado para comprar as placas solares. Karl trabalhou rapidamente em uma forma de adaptar as placas a um aerofólio, um design que ficava na parte traseira do carro para melhorar a sua aerodinâmica. Enquanto isso, eu trabalhava para ajustar as partes do sistema fotovoltaico dentro do meu robô.

Ele era composto basicamente por quatro partes. A primeira era referente as placas ou módulos, responsável pela captação da radiação solar e conversão em energia elétrica. A segunda ao banco de baterias, que obviamente era responsável pelo armazenamento de energia elétrica, permitindo o funcionamento da máquina mesmo durante a noite. O impasse da intensidade elétrica foi resolvido pelo controlador de carga, um dispositivo eletrônico que cobria o gerenciamento de carga do banco de baterias e, em alguns casos, pelo gerenciamento de energia pelos demais dispositivos e programas. A última parte funcionava autonomamente, sendo o inversor solar. É o componente responsável pela transformação da corrente contínua gerada pelas placas solares e armazenada nas baterias em corrente alternada, possibilitando a utilização da energia elétrica em equipamentos feitos para operar ligados à rede elétrica. Seria o inversor solar a permitir o uso de coisas como GPS, rádio dentre outros.

Para fazer o aerofólio, usamos novamente da impressora tridimensional e vibranium derretido, já propositalmente com o design a receber os módulos de energia solar. Com o relógio, invoquei a bateria de um Camaro, tendo em mãos todos os itens necessários para finalizar a parte interna do peitoral do Bumblebee.

— A parte interna está pronta! — Comemorei ao ver as “entranhas” do construto já devidamente posicionadas. Mas logo balançava a cabeça de um lado para o outro. — O que não quer dizer nada sobre o lado externo e o capô do carro.

— Bem, isso eu deixarei que você se divirta sozinha. Eu preciso retornar ao campus. — Ele avisou com um certo pesar na voz. — Lembre-se que como pagamento eu vou querer dar uma volta no Bee.

Ri baixinho e agradeci inúmeras vezes pelo suporte que Karl Bennett tinha dado. Mas preferi também encerrar por ali, pois invocar tantas coisas com o relógio também tinha seu preço que, ao acumular, poderia sair “caro” demais. Apenas no dia seguinte, com as energias renovadas, foi que eu voltei a trabalhar no que seria o capô do carro. Tinha restaurado os faróis que ficavam na altura do peito e reconstituído boa parte de seu material externo. Como? O restante do vibranium líquido foi levitado até o corte de lâmina que havia no tórax, sendo provavelmente o golpe que tinha estragado o motor e a bateria original do autômato. Então utilizei da habilidade que esfriava o metal, precisando apenas de meu martelo mágico para fixar e ajustar ao modelo que tinha em mente. Só então eu poderia dizer que tinha finalizado o tronco de meu grande baby.

— Deixarei para tratar de sua cabeça amanhã, grandão, preciso comparecer a uma reunião na Griffin, mas logo ao amanhecer de amanhã estarei aqui. — Prometi à máquina, respirando fundo antes de cobri-lo com um grande pedaço de lona.






Alexandra Nikolaev
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 33 Empty Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Qua Set 11, 2019 9:20 pm

evento
Pernas


Eu tinha retornado naquela mesma madrugada.

A reunião tinha sido um acordo de sucesso entre a empresa e uma filiação europeia. Mas tinha sido um desastre total quando vi Camila com o tal Rodrigo. Eles não estavam fazendo nada demais, apenas bebendo algo na copa. Mas eu conhecia todos os olhares daquela latina e sua postura corporal. Eu sabia que ela estava confortável perto dele, relaxada e com um sorriso sincero. Ela estava feliz e bem.

O problema? Ela estava feliz e bem sem mim. Deuses, o quanto isso era distorcido? No fundo eu queria que ela estivesse minimamente sofrendo, com saudades ou até mesmo arrependida. No fundo eu ainda tinha esperanças. Algo que tinha sido pisado e chutado assim que finalmente tinha caído a ficha de que ela tinha seguido em frente. E o que tinha restado para mim senão minha grande habilidade de criar? Construir máquinas, armas, dispositivos mirabolantes. Mas nada que fosse proteger meu coração daquele aperto, nada que me ajudasse a controlar os sentimentos que me atormentaram o suficiente para conduzir meus pés a estarem ali, no meio da noite, desesperada para ocupar a mente que não fosse com a maldita morena.

Bebendo uma forte dosagem de café amargo, encarei a cabeça que repousava sobre a mesa. Em minha mente traçava planos e um novo design que fosse semelhante ao que pretendia para o meu Bumblebee. Repousei a caneca sobre a mesa, desmontando a carcaça para poder ter uma olhada no circuito interno. Procurei pelos erros e pelos mecanismos que precisariam ser descartados ou jogados fora.

Primeiro trabalhei no design externo. Queria fazer o mesmo efeito que a produção possuía com o Bee bonzinho e o Bee em modo de batalha, assumindo uma máscara quando entrava em combate. Para tanto, me dediquei até o amanhecer, usando programação e design para tentar reproduzir o efeito sem apelar para a magia de transformação. Quando finalizado, coloquei o vibranium para derreter na fornalha, aguardando o ponto de liquefação enquanto trabalhava no circuito interno.

Tomei o tempo necessário para verificar parte por parte, dispositivo por dispositivo, chip por chip, para não deixar que nada dentro da cabeça do Bee estivesse fora do lugar ou danificado. Isso foi o tempo para que o metal ficasse líquido, sendo levado então para a impressora tridimensional para realizar o trabalho de criação da parte externa da cabeça.

Ao começar a lidar com programação, debrucei-me com a estrutura interna. Memória, programas básicos, mapas e acesso a data-base de informações. Configurei a fala e o processamento dos dados, assim como a classificação e outros detalhes mais voltados a programação do software. Foi durante esse processo que pensei em incrementar um pouquinho mais a capacidade do Bumblebee. Procurei no relógio reprodutor de itens binóculos que possuíam o infravermelho e a leitura de calor. Ao materializá-los, não fiz cerimônia em desmontá-lo e pegar a essência do objeto, aplicando as lentes e dispositivo específicos nos olhos do autômato.

O “cérebro” então ficara finalmente pronto. Levantei-me e caminhei até a impressora, retirando o que viria a ser a parte externa da cabeça de meu Bee. Sentada a frente do novo material, encaixei parte por parte, testando a dinâmica de retração e expansão do metal para assumir a segunda face de combate. Ao terminar, precisei apenas do constrói-tudo, minha lapiseira mágica que assumia a forma de qualquer ferramenta que eu precisasse. Foi assim que consegui realizar os ajustes finais necessários, além de polir o metal até deixá-lo refletindo a imagem do ambiente ao redor.

O dia já tinha amanhecido quando terminei de fixar o último parafuso. Afastei encarando aquela enorme cabeça simpática, sorrindo brevemente enquanto acariciava o que seria similar as bochechas.

— Hey Bee... — Murmurei, sentindo minha voz falhar depois de longas horas de quietude. — Por favor, não me deixe jamais sim?

Encostei a testa contra o metal, sentindo meu corpo trêmulo e cansado, a exaustão emocional finalmente vencendo a minha teimosia. Chorei em silêncio, as mãos apoiadas contra um robô que ainda nem ao menos funcionava.

•••

O robô sentado do lado de fora estava parcialmente completo. Toda a sua estrutura mecânica e operacional havia sido restaurada e inovada. Mas ainda faltavam os toques finais. Toques esses que envolvia a arte e a magia.

Depois do pequeno surto emocional, tinha decidido descansar, acordando apenas no meio da tarde com disposição renovada. Não podia fazer muito pela minha vida amorosa, mas eu poderia “dar à luz” a uma criação poderosa. Decidia a agarra-me ao que poderia fazer, deixei o robô um pouco de lado para seguir em direção a parte do laboratório que existia dentro de minha forja. Desde que tinha ido ao mundo do conto de fadas eu tinha adquirido itens interessantes. Dentre estes estava algo chamado Estela. Uma espécie de ferramenta com uma ponta de cristal, que possuía o efeito magnífico de absorver a magia e encantamento de um item e transferi-lo para outro.

Por isso, em minha mesa de laboratório, havia algumas pedras cristalinas de tamanho pequeno e oval. Eram pedras sem efeito algum, compradas em uma loja alternativa no Shopping Valley em Nova Roma. Um pouco acima das pedras estava o Peixonalta e um colar dourado.

Primeiro selecionei a pelúcia inteligente, sendo este o verdadeiro motivo de tê-lo elegido como “vítima” de minha magia. Toquei em sua estrutura com a posta da estela, capturando com o cristal a essência de sabedoria que aquele item tinha. Vendido pela loja de Emmanuelle, o peixonalta fora comercializado como um ajudante que podia acessar informações e auxiliar o seu dono. Era essa capacidade que eu estava “roubando”, preenchendo o cristal da ferramenta com um brilho interno. Quando completo, guiei a ponta cristalina até a pedra de semelhante estrutura, transferindo o poder para ali. Ser capaz de fazer isso era uma regalia particular que eu possuía, depois de ter sido acolhida pelos Kahunas e abençoada pela própria Rhiannon, deusa celta dos encantamentos. Dessa forma, usando dos equipamentos certos, eu tinha ali uma gema de sabedoria.

Depois veio o colar dourado. Eu tinha um modelo idêntico, um que permitia que minha presença semidivina fosse suprimida. Para a maioria, era o meio mais importante para usar tecnologia. A minha ideia era o de transpassar essa capacidade para uma pedra, a transformando em uma gema de poder e acoplar em Bumblebee. Afinal, ele era um autômato de última geração, contendo metal divino e tecnologia em seu interior. Toquei no pingente simples, deixando que a estela pegasse o seu efeito tão importante para a vida mundana de um semideus, para só então transferir para a segunda pedra sobre a mesa. Chamaria aquela pequena pedra mágica de Gema Anuladora.

Deixei a estela de lado, pegando a Blood Magic e a colocando no cinto de ferramentas. Com as novas gemas em mãos, fui para o lado de fora da forja, onde Bumblebee aguardava sentado e desligado. Acionei o seu peitoral, o fazendo abrir com o comando. Sorri enormemente ao ver o coração dele ali, sem pulsar, mas tão belo pelo detalhado e minucioso trabalho. Encaixei as gemas ali no interior, em meio a estrutura interna muito bem protegida pelo corpo revestido de vibranium.

Com a caneta em mãos, perfurei a ponta de meu dedo deixando que ela sugasse o sangue para usá-lo como tinta. Assim, pude colocar o signo de união tanto no coração quanto na parte baixa da cabeça do Bumblebee. Eu precisava criar um vínculo com aquela máquina, mesmo que ele tivesse uma programação perfeita para isso. Com a ligação mágica, ele retornaria para mim e me veria como sua única desenvolvedora. Quase como uma mãe, eu diria. Depois, espalhado pelo corpo, desenhei as palavras de poder referente a mudança e transformação, assim como a de movimento. Era uma forma de auxiliá-lo magicamente a ter o mesmo efeito que o Bumblebee possuía e cativava nos filmes: ao de se transformar rapidamente entre um robô gigante e um carro superesportivo. Completei a caneta uma vez mais, repetindo o mesmo encantamento que tinha feito anteriormente nas pernas, agora o refazendo nos braços. Os sigilos de vento, movimento e energização para que Bumblebee pudesse flutuar.

Coloquei a caneta em meu cinto de ferramentas, tirando dessa vez o martelo mágico que me auxiliava nas transformações. Sorri grande, sabendo que era loucura querer transformar aquela máquina potente e enorme em uma versão tamanho de brinquedo. Mas, eu tinha feito coisas nessa vida que me permitiam ousar e desafiar a lógica. Girei o martelo mágico, o acertando em pontos estratégicos, mantendo em mente a imagem mental do produto final: uma versão pequena do Bumblebee. Até que depois de um custo energético, já que minha vontade era perpetuada através de minha energia pelo martelo, eu finalmente vi a enorme criatura de metal diminuindo de tamanho até ter sua forma mini.

— Rá! Isso foi demais! — Exclamei ofegante, cambaleando para o lado depois de ter selado tantas palavras de poder e feito algo gigante reduzir drasticamente. — Yep, preciso de descanso. Mas antes...

Fiz com que Bumblebee retornasse ao seu tamanho normal, engolindo em seco enquanto meu coração disparava dentro do peito. Era hora de despertar o gigante de aço.

— Bumblebee, ativar! — Verbalizei o comando.

Senti meu corpo arrepiando enquanto escutava e vislumbrava os primeiros sinais de “vida” de Bumblebee. Os olhos piscaram, mudando de vermelho para amarelo e então azul. A enorme criatura metálica moveu as mãos, as engrenagens funcionando perfeitamente. Ele inclinou em minha direção, a mão destra sendo erguida com certa hesitação. Os dedos levemente gélidos roçaram a lateral de meu corpo, como se estivesse me cumprimentando.

— Tente falar. — Pedi em um sopro de voz.

— Olá Alexandra. — A voz era ruidosa, metálica, mas ainda assim carregada de um tom emocional que eu sabia ter programado, mas que ainda assim me fazia estremecer.

— Você está vivo! Oh meus deuses, eu consegui, você funciona!

Mesmo que eu tivesse todos os planos, cálculos e tivesse levado dias o montando... Obviamente eu tinha duvidado que no fim fosse realmente dar certo. Meus olhos lacrimejaram, a emoção parecendo estar em um caos, já que tinha começado a rir em puro júbilo. O semblante de Bumblebee assumiu uma determinada expressão de confusão, mas eu apenas gargalhei mais ainda e me joguei contra o peito dele, contente demais para conseguir por em palavras o que ter criado aquilo realmente significava para mim.






Alexandra Nikolaev
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 33 Empty Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Qua Set 11, 2019 9:38 pm

evento
INFORMAÇÕES



    • Bumblebee [Um autômato de 4m de altura, possuindo características similares ao do personagem de igual nome da franquia Transformers. Ou seja, é um construto que pode assumir a versão mais atual e potente de um Camaro amarelo, com potência capaz de alcançar 100km/h em 4,5seg. Em sua cabeça foi implementado sistemas que reproduzem voz e rádio, além de análise de ambiente. Seus olhos possuem dispositivos infravermelhos e de calor. De seu braço direito, uma espada retrátil foi implementada, possuindo dois metros de cumprimento. Assim como no braço esquerdo um escudo circular retrátil também foi acrescentado a constituição. Ambos como dispositivos que podem ser acionados de maneira mecânica. Em seu peitoral há o motor em forma similar ao de coração, além de um sistema interno que faz a máquina funcionar com energia solar e uma bateria extra. Durante o dia Bumblebee recarrega, podendo mover-se em plena função por até dois dias sem necessidade de carregamento novamente. A bateria extra, no entanto, dura apenas 12h de funcionamento. Em seu peitoral estão os faróis que seguem o comando básico de iluminação. | Efeito de ligação: é vinculado a Alexandra, retornando e obedecendo a ela como principal mestre e programadora.; Efeito de transformação: Capaz de tomar uma forma de miniatura, tanto em sua versão automobilística quanto em seu aspecto robótico. | Efeito 1: Transformação acelerada, permitindo que o robô se transforme em um carro e o carro em um robô de maneira magicamente fluida e perfeita.; Efeito 2: Encantamentos foram feitos nas rodas, capacitando Bumblebee a flutuar sobre superfícies, contanto que haja uma, sem perder a velocidade. | Bônus de forja: 15% de dano, bônus de FPA +30, bônus PosUNR: 20% de dano. | Efeito lendário/épico aqui | Vibranium e dispositivos | Super Alfa | Gema Anuladora: Reduz em 75% a presença mística; Gema de Sabedoria: Ao ajustar essa gema a um acessório ou item, permitirá que o portador seja abençoado com a sabedoria, apurando a inteligência e a capacidade de ajudar.; Espaço para uma gema apenas se cair lendário | Status 120%, sem danos | Dano base: ???| Lendário/Épico | Forjado por Nikolaev]


Importante:
• Espada, escudo e itens inseridos na cabeça são itens comuns e de mecanismos que não são mágicos. A espada e o escudo foram feitos propositalmente para se desdobrar e retrair, não sendo um efeito mágico mas sim graças a mecanismos internos.
Vibranium aqui
Colar aqui
• Permissão para rolagem de dados
• Não esquecer o bônus da UNR

Itens Usados:
• 3D [Um modelo aparentemente comum de impressora 3D, em seu tamanho mais compacto que poderia ser encontrado no mercado, possuindo assim as dimensões de 55 x 53 x 52 cm. É um modelo SLA. Esse modelo permitia o uso da resina liquida, usado principalmente na criação de protótipos de alta complexidade e com muitos detalhes. O processo de impressão SLA cria objetos impressos em 3D a partir de uma resina líquida e que faz uso de uma fonte de luz para solidificar o material. | Efeito mecânico: Ajusta o tamanho para o do tamanho do objeto a ser impresso, assumindo também um tamanho mini que cabe na palma da mão. | Efeito 1: Graças aos encantamentos, um item pode levar entre 5 minutos (se for pequeno, como facas e adagas) e 15min (grandes e complexos). Em narrativas dinâmicas, o narrador terá liberdade para ditar quantas ações um item em específico levará para ficar pronto; Efeito 2: Com as modificações e adaptações, é possível usar metal divino em sua forma líquida ao invés da resina líquida comum, fazendo com que o objeto final seja feito a base do metal inserido como fonte; Efeito 3: Os bônus que existem na impressora são passados para os itens criados, tais como bônus de forja, FPA e lendários | Bônus de forja: +15% de dano; Bônus de FPA: +30 de dano; bônus lendário: +30 de dano | Efeito lendário: + 30% de dano crítico. | Vibranium e material comum da impressora | Super Alfa | Espaço para 3 gema | Status: 100% | Lendário | Forjado por Nikolaev]

• Personal [Um bracelete que deve ser usado no pulso, com design que remete ao estilo sci-fi. É na verdade um dispositivo, com processador avançado e placa-mãe personalizada. Funciona como um computador, exibindo um display holográfico. Graças a benção de tecnologia, Alexandra não precisa de muitos toques sobre o item, sendo ligado perfeitamente ao pensamento e desejo da filha de Vulcano. Após reajustes, um mecanismo de PEM foi acrescentado ao dispositivo.| Efeito de ligação: retorna a dona quando perdido ou roubado | Efeito 1: Possui o elemento luz, usado para a projeção dos hologramas.; Efeito 2: Junto com a função do PEM (pulso eletromagnético) signos mágicos tornam possível um bloqueio de comunicação entre aparelhos eletrônicos. Ou seja, ao ativar o PEM, uma onda eletromagnética será lançada continuamente pelo ambiente, impossibilitando o uso de eletrônicos e derivados. Contramedidas normais não são possíveis de bloquear o PEM mágico, graças ao efeito mágico. A onda pode atingir uma área de até dois quarteirões, por ser potencializado magicamente.; Efeito 3: Aliando programas e magia de signos, o personal é capaz de captar presenças na região e demonstrar através de mapas, hologramas ou radar, a depender de como a usuária deseje que seja exibido. Ao estar a menos de 10 metros de uma estrutura ou dentro dela, como prédios, graças a runa de terra essa magia também pode projetar a arquitetura de um lugar. | Bônus de forja: +15% de dano; bônus de FPA: +30 de dano | Vibranium | Super Alfa | Espaço para 1 gema | Status 100% | Mágico | Forjado por Nikolaev]

• Martelo Mágico de Forja [Um martelo de forja, com traços rústicos, feito de bronze celestial e aço reforçado. Possui runas mágicas que lhe dão propriedades mágicas. | Efeito de ligação: funciona apenas nas mãos de Alexandra, nas mãos de outra pessoa se torna apenas um martelo comum, assim como retorna a sua dona depois de dois turnos, caso perdido ou roubado; Efeito de transformação: vira um chaveiro com uma réplica menor do original | Efeito 1: Graças as runas de sorte, transformação, mudança, equilíbrio e sabedoria, o martelo é capaz de com poucas marteladas fazer com que o metal tome a forma que a ferreira deseja. Funciona apenas para efeitos de forja, não será permitido uso em PvPs, porém poderá ser usado e levado em missões | Bônus de forja: 15% a mais de dano; bônus lendário: Quando o inimigo for atingido pela espada, por menor que seja o corte, o mesmo irá continuar aberto e sangrando por, até, oito turnos. Causando um dano de 15 de HP a cada turno, independente da ferida.| BC e aço reforçado | Alfa | Espaço para 3 gemas | Status 100%, sem danos | Lendário | Forjada por Nikolaev]

• Martelo Magico [ Martelo de forja feito de Hefestiana, que emite um brilho arroxeado ao redor e possui desenhos de mecanismos em toda sua lamina. Possui cerca de 40 centimetros de altura, sendo relativamente leve. | Efeito 1: Permite que o semideus forje itens mágicos, criando armas com efeitos de ligação ou com propriedades dos 4 elementos básicos (limitado a esses dois). Para isso basta o semideus pensar no efeito desejado e bater com o martelo mágico na arma escolhida e pronto, estará feito. Efeito 2: Não pode ser quebrado devido ao material com que foi fabricado. | Hefestiana | Sem espaço para gemas. | Alfa | Status 100%, sem danos. | Mágico. | Sistema de medalhas]

• • Constrói tudo [Inicialmente esse item é apenas uma lapiseira simples de desenho, contudo para o forjador pode virar muito mais. | Efeito 1: A lapiseira pode se transformar em qualquer item utilizado para ajustes, desde afiadores, chaves, polidores, marcadores, tesouras e qualquer coisa que sirva para realizar e ajustar detalhes em suas criações, as deixando ainda mais perfeitas. Efeito 2: Esse item ajuda e auxilia a encontrar erros e ajustar os detalhes mais complicados e minuciosos. | Hefestiana | Sem espaço para gemas. | Alfa | Status 100%, sem danos. | Mágico. | Sistema de medalhas]

Blood Magic [Uma caneta aparentemente comum, porém de aparência elegante. Porém essa caneta não funciona com tinta normal, mas apenas com sangue. Para encher o tubo, é preciso encostar a ponta da caneta em um pequeno machucado ou qualquer fonte do sangue a ser usado. Sua grafia varia de acordo com o desejo do dono, podendo ser mais forte e assim usando mais da tinta sangrenta, ou mais fina e delicada. Feita basicamente de arambarium - metal que conduz magia com mais facilidade – e ouro compondo todos os detalhes. | Efeito: Ela tem o efeito de sempre retornar ao dono depois de algum tempo. Foi encantada para criar runas mais duradouras, e com uma intensidade 10% maior do que de uma runa original, além disso, a caneta diminui o gasto de MP em 50%, e da choques em qualquer um que tentar rouba-la. A caneta possui sangue suficiente para a criação de até 10 runas, depois disso precisa ser recarregada novamente. | Arambarium e Ouro | Resistência: Beta | Status: 100%, sem danos | Mágica | Comprado no Pandevie Magie]

• Estela [Uma ferramenta mágica perfeita para ser usada em laboratório. É de tonalidade prateada, possuindo 15 cm, sua ponta é adornada com um cristal mágico que permite que os efeitos aconteçam. Uso exclusivo para funções de laboratório mágico, não sendo aconselhável uso em batalha pois exige extrema concentração, qualquer falha pode levar a consequências que afetam o item. | Efeito 1: Ao estar manipulando um item, o mago poderá remover os efeitos ao passar a estela sobre as runas ou marcas que denunciam a magia. É como uma borracha apagando o encantamento. | Efeito 2: Ao ter no mínimo dois itens próximos, a estela irá absorver o efeito mágico de um item e, ao tocar no outro, irá transferir esse mesmo efeito. | Arambarium | Beta | Sem espaço para gemas | Status: 100% Sem Danos | Evento um Reino de Contos de Fadas]

• 7GFINFO [Um relógio Watch branco tradicional, com pulseira ajustável ao pulso do usuário. É um aparelho moderno com grande capacidade tecnológica que permite a usuária acessar redes de internet e bancos de dados diversos de qualquer lugar do mundo. O aparelho funciona como um microcomputador que ao simples comando exibe um display holográfico para facilitar o acesso e a navegação. Tal mecanismo também pode ser acessado por comando de voz. | Efeito: Permite criar um tipo de tela em frente a estruturas solidas (como paredes, muros, arvores, pedras) que permite a usuária enxergar do outro lado, como se estivesse assistindo TV. A voz e a imagem serão reproduzidas para ela, mas quem está do outro lado não enxerga a garota. Efeito 2: O relógio também funciona como uma reprodutora de itens. Buscando itens na internet é possível reproduzir a imagem desses em hologramas e depois invocar “copias” modificadas pelo relógio de objetos de pequeno e médio porte (ex: Peças para máquinas). Os itens terão resistência beta ou menor e um custo de 50 MP por objeto invocado, já que esse se materializa a base de energia divina. | Sem espaço para Gemas| Bronze Celestial | Beta | Status: 100% sem danos| Mágico | Evento: Um reino de contos de fadas.]

• Peixonalta [É uma criatura mágica ligada a objetos do reino das sereias, que serve como uma espécie de assistente pessoal, mordomo ou conselheiro daqueles que o “contratam”. A criatura possui uma personalidade que se adapta a de seu dono para se tornar o que ele precisa e poder auxiliá-lo da melhor maneira. Consegue falar diversas línguas e pesquisar sobre qualquer coisa, é muito inteligente. Sua aparência lembra a de um urso de pelúcia em forma de peixe dourado, com cerca de meio metro. Ele possui uma cauda de sereia no lugar das barbatanas, um aquário na cabeça e o corpo que muito se assemelha ao de um urso. | Efeito de transformação: Por ser uma criatura ligada a objetos, quando está em repouso se liga a algum objeto que o semideus possui para poder descansar, e só volta a aparecer quando é convocado. Efeito 1: É um ótimo conselheiro e sempre saberá como auxiliar o semideus. Efeito 2: Ele possui uma espécie de sensor/radar que sempre lhe avisa quando o perigo está perto. Efeito 3: É capaz de manusear objetos com perfeição e pode inclusive ajudar o semideus em suas batalhas e criações | Material Desconhecido | Sem espaço para Gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Comprado na Under The Sea]
Magia:
Benção: Sigil
Descrição: Um sigilo é um signo criado para um propósito mágico específico. Um sigilo é geralmente composto por uma combinação complexa de traços ou figuras geométricas, cada uma com um significado ou intenção próprio. Essa benção permite que a semideusa use o conhecimento de sigil oferecido por Rhiannon, deusa celta dos encantamentos.
Custo de MP: Variável
Custo de HP: Variável
Dano: Nenhum
Bônus: Permite que a semideusa faça encantamentos, usando novos símbolos que são um reflexo dos que existem no livro de magia do RPG. Ou seja, a imagem e o nome muda, mas o objetivo e o efeito permanecem igual ao das runas.
Extra: Não dá acesso as outras sessões do laboratório, apenas para encantamentos.


Nasc
Posição normal: Causa união, geralmente aplicada a grupos de pessoas (dura 3 turnos desde o momento de sua ativação).

Claochlú
Posição normal: Bem estar e transformação para melhor (dura 3 turnos desde o momento de sua ativação, tem 15% de chances de funcionar).

Aer
Posição normal: Invocação de Ar (Tal runa deverá ser aliada a outras runas para ter efeito mais efetivo, caso não seja, uma pequena área, irá surgir o elemento invocado. Será o suficiente para caber na mão de uma pessoa e desaparecerá depois de um turno).

Fuinneamh
Posição normal: Tal Runa é ideal para provocar energização mais intensa, fazendo com que sua próxima runa criada dure dois turnos a mais. Entretanto irá perder 20 hp.

Ag Bogadh
Posição normal: Aumenta a movimentação, seguindo a velocidade dos ventos (dura um turno ao ser ativada).

Nuacht
Posição normal: Provoca mudanças (Dura um turno ao ser ativada).
UNR (Graduação e Pós):
1º Semestre
Nome do poder: Conhecimento Avançado em Física
Descrição: A ordem natural das coisas passa a fazer mais sentido na mente do aluno, pois ele estudou arduamente para compreender as leis da física perfeitamente. Agora ele sabe aplicá-las não apenas nos livros, mas como para toda a ação tem uma reação, tornou-se capaz de aplicar tais conhecimentos na prática.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

2º Semestre
Nome do poder: Conhecimento em Matemática
Descrição: Os números que antes saltavam das páginas e se embaralhavam em uma dança confusa diante dos olhos dos semideuses disléxicos agora se ordenam em uma sinfonia que o meio-sangue compreende e sabe utilizar. Geometria, trigonometria, funções, equações diferenciais... Com muito estudo e cobranças incessantes dos professores mais carrascos, o semideus compreendeu a arte matemática para saber utilizá-la na profissão e na sua vida.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

5º Semestre
Nome do poder: Programador
Descrição: O semideus aprende a falar a mesma linguagem que as máquinas e computadores - seja essa linguagem C, C+, Java, PHP, etc. Dessa forma, ele pode desenvolver um algoritmo para programar alguma de suas criações a fazer algo.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

6º Semestre
Nome do poder: Perícia dos Materiais
Descrição: A criação de peças e mecanismos requer o uso de diversos materiais, materiais estes que o semideus precisa conhecer e compreender como funcionam. Mas, diferente das universidades comuns, Nova Roma também ensina sobre os materiais divinos e semidivinos existentes para que possam ser utilizados pelos semideuses.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

7º Semestre
Nome do poder: Restaurador
Descrição: O estudante desta área concorda que máquinas são mais simples que seres humanos: se estragam, há uma solução ao alcance de suas mãos. Então, assim como o semideus pode criar, ele também pode restaurar alguma máquina que tenha sido estragada, aprimorando sua funcionalidade ao substituir peças e restaurar o aparelho.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

Nome da Habilidade: Mestre das máquinas
Descrição: Com o estudo aprofundado em robótica, Alexandra conseguiu a aprimorar ainda mais seu conhecimento nas construções de máquinas e autômatos. Agora, suas criações (relacionadas à tecnologia, mecânica, robótica etc.) são mais poderosas e perfeitas, sendo difícil a garota cometer um erro.
Gasto de MP: nenhum
Gasto de HP: nenhum
Bônus: +20% de resistência para as máquinas, construtos e dispositivos.
Dano: +20% de bônus no dano provocado por elas.
Extra: Nenhum

Nome da Habilidade: Conhecimento especializado em robótica
Descrição: Graças a pós-graduação em robótica, a semideusa consegue compreender fácil e até mesmo intuitivamente os sistemas complexos que envolvem o conteúdo estudado. Possui conhecimento sobre controle, automação e os elementos da robótica, biorobótica, exoesqueleto robótico e eletrônica; permitindo que a prática seja fluída, eficaz e natural. Sabe como identificar um problema envolvendo máquinas apenas em observá-la, além de ter aparatos para criar tecnologia avançada em seus autômatos e construtos.
Gasto de MP: nenhum
Gasto de HP: nenhum
Bônus: +50% de chance de sucesso em suas criações.
Dano: Nenhum
Extra: Nenhum
Vulcano:
Nome do poder: Reparos Rápidos
Descrição: Filhos de Hefesto/Vulcano conseguem consertar aparatos mecânicos rapidamente, gastando metade do tempo que uma pessoa comum levaria para tal.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Conseguem concertar qualquer coisa em apenas dois turnos.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Tecnopatia
Descrição:  A tecnopatia é a habilidade de se conectar mentalmente a diversas formas de tecnología. Isso permite ao semideus entender, controlar e gerar transmissões eletrônicas, digitais e de rádio. Pode interagir com computadores, manipular vídeos e frequências de rádio.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: Tecnologia não atrai monstros quando usadas pelo filho de Hefesto/Vulcano.
Dano: Nenhum
Extra: Nenhum

Nível 4
Nome do poder: Pensamentos Velozes
Descrição: Os filhos de Hefesto/Vulcano possuem uma capacidade de analisarem rapidamente a situação em que se encontram e criarem uma estratégia param se safarem dela.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ganham um turno para conseguirem agilizar mecanismos e armadilhas, e assim, criarem algo para ganhar vantagem perante a batalha.
Dano: Nenhum

Nível 5
Nome do poder: Programar
Descrição: Além de criar os mecanismos você sabe bem como programa-los para que ajam de acordo com o planejado. Vale para autômatos, armadilhas com tempo de ativação e etc, conhecendo inclusive diversos softwares e sua linguagem.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Isso permite criar mecanismos mais fortes e mais elaborados. Autômatos feitos pelos filhos de Hefesto/Vulcano, tem uma média de falha menor.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Sensibilidade Mecânica
Descrição: O filho de Hefesto/Vulcano  pode detectar falhas em minérios de metal e identificar o tipo de maquinaria e uso por toque.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Sempre saberá o que está errado e como concertar
Dano: Nenhum


Nome do poder: Projetos
Descrição: Você é capaz de entender e fazer desenhos técnicos voltados a projetos de engenharia, e possivelmente recriar tais projetos os fazendo tornar-se reais. Isso significa que com um projeto em mãos, você consegue desenvolve-lo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nome do poder: Forjador III
Descrição:Agora você entende de mecanismos complexos e avançados, podendo fabricá-los com uma facilidade e maestria inexistente em qualquer outro semideus. Suas armas são mais fortes do que as armas de qualquer outro forjador, e agora que entende isso, você simplesmente se torna o destaque do momento.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Confira abaixo
Dano: +15% de dano aos itens fabricados pelo semideus de Vulcano/Hefesto.
Vantagens:
• O metal manipulado pelo semideus em forja se torna naturalmente mais forte, passando a ter uma resistência a mais do que a sua forma natural. Por exemplo, ao fazer um item com metal considerado gama, ele passará a ser de resistência beta ao ser usado na forja de um filho de Hefesto/Vulcano.
• Acoplar gemas de maneira simples e fácil
• Criar mecanismos complexos, sendo o nível ideal para criar autômatos.
• Mecanismo de transformação: para a cria do deus forjador, basta visualizar na mente a forma que deseja que o item assuma e o metal irá se dobrar e manipular até assumir a imagem na mente de seu forjador ao receber marteladas suaves para não danificar sua estrutura. O martelo é o condutor perfeito para realizar tal ação.
• OBS: Itens beta se transformam em itens alfa; alfa em super alfa, mas jamais em alfa prime, esse nível de resistência só é obtido pela sorte nos dados ou em eventos.

Nome do poder: Geek
Descrição: Sua familiaridade com máquinas o torna apto a usar qualquer tipo de tecnologia e aprimorá-la, futuramente, em seus projetos. Além disso, não atrai monstros ao utilizar aparelhos mecânicos/ tecnológicos, como celulares e afins.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nome do poder: Inteligência
Descrição: Os filhos de Hefesto/Vulcano são extremamente inteligentes e tem facilidade de aprender, absorver e compreender tudo aquilo que é ensinado a eles. São autodidatas e ao se dedicarem são capazes de descobrir coisas mais facilmente, criando suas próprias teorias, projetos e sistemas com base em suas próprias pesquisas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus:  +20% de inteligência e raciocínio logico.
Dano:  Nenhum

Nome do poder: Habilidade com as mãos
Descrição: Os filhos de Hefesto desenvolvem habilidades diversas com as mãos devido a manipulação constante de objetos (pequenos e grandes). Por conta disso tem facilidade em utilizar qualquer uma das duas sem grandes problemas, tornando-se ambidestros.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Podem utilizar qualquer uma das mãos sem problemas.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Detalhistas
Descrição: Meus filhos são acostumados a lidar com engenhocas e peças, reparando em pequenos detalhes, por isso é mais difícil esconder algo deles - são observadores atentos. Isso permite que encontrem coisas com mais facilidade, descubram segredos, e coisas ocultas – como o Bunker na floresta quando Leo Valdez seguiu a trilha deixada pelo dragão – esconderijos, e outras coisas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ganham vantagem em encontrar pistas, e achar rastros.
Dano: Nenhum

Nome do poder: Matemático
Descrição:  O semideus tem grande facilidade com números e é um ótimo matemático. Sempre saberá com precisão altura, largura, peso, distância e profundidade apenas analisando um objeto ou local por um tempo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% de percepção.
Dano: Nenhum

Nome do poder: McGayver
Descrição: Você se especializou no improviso. Com materiais que outros não achariam adequados ou inúteis você é capaz de construir coisas improváveis pra outros semideuses. Um clipe de papel e um chiclete na sua mão podem ter utilidades mortais, e aquela tampa de garrafa pode se fazer de engrenagem.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Precisa apenas de dois turnos para montar uma engenhoca completa e improvisada, nada mortal, mas bom o suficiente (com chances de falhar).
Dano: Nenhum

Nível 70
Nome do poder: Perfeccionista Curioso.
Descrição: É capacidade que permite analisar e detectar várias formas existentes de materiais, tanto da Terra quanto ter a capacidade de dizer se veio de outra dimensão. Saberão identificar qualquer tipo de material, sua origem e suas capacidades mesmo que o estejam vendo pela primeira vez. Serve como uma intuição, um saber oculto.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Serão capazes de descrever e reconhecer materiais diversos e suas origens apenas de olhar para eles.
Extra: Caso o item venha com descrição desconhecida, é por existir apenas um no universo, o tornando especial e indetectável.
Ativos:
Nome do poder: Esquenta e Esfria
Descrição: O semideus consegue alterar a temperatura das armas, escudos ou armaduras do inimigo (o semideus decide no ataque), podendo resfriar ou esquentar o mesmo, causando danos no usuário, mas para isso, precisara tocar o alvo, mais precisamente, o local que deseja esfriar ou esquentar.
Gasto de Mp: 30 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: 20 HP (para calor), 35 HP (para frio)
Extra: Só consegue esfriar em uma temperatura mediana, o suficiente para machucar, já esfriar, torna os movimentos do usuário mais lentos, pois, a temperatura se assemelha ao gelo, e pode causar queimaduras leves – de frio – e deixar o usuário com calafrios – em caso de armaduras – já armamentos, provavelmente seriam soltos da mão do inimigo.

Nome do poder: Magtocinese III
Descrição: A prole de Hefesto/Vulcano é capaz de gerar e controlar o magnetismo. Com essa capacidade o semideus poderá mover livremente metais e qualquer outro tipo de matéria que possa ser magneticamente atraída pelos campos magnéticos. É a habilidade de mover, atrair, levitar e repelir principalmente os metais.
Gasto de MP: 40MP
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Consegue manipular objetos de até 150kg. Quanto mais leve, melhor o controle. Não funciona em objetos desmagnetizados.





Alexandra Nikolaev
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 33 Empty Re: BxB

Mensagem por Marte em Qui Set 12, 2019 12:43 pm

Rolagem de dados autorizada.



"Eu sou o deus de Roma, criança. Eu sou o deus da força militar usada para uma causa justa. Eu protejo as legiões. Eu fico feliz em esmagar meus inimigos sob meus pés, mas eu não luto sem razão. Eu não quero guerra sem fim."

Marte Ultor

by @Ronny
Marte
Marte
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 33 Empty Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Qui Set 12, 2019 3:29 pm

Rolando o dado lendário para o Bee


Alexandra Nikolaev
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 33 Empty Re: BxB

Mensagem por Narrador Principal em Qui Set 12, 2019 3:29 pm

O membro 'Alexandra Nikolaev' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Forja' : 3
Narrador Principal
Narrador Principal
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Idade : 24
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 33 Empty Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Qui Set 12, 2019 3:35 pm

Rolando bônus lendário


Alexandra Nikolaev
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 33 Empty Re: BxB

Mensagem por Narrador Principal em Qui Set 12, 2019 3:35 pm

O membro 'Alexandra Nikolaev' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D10' : 10
Narrador Principal
Narrador Principal
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Idade : 24
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 33 Empty Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Qui Set 12, 2019 11:38 pm

• Bumblebee [Um autômato de 4m de altura, possuindo características similares ao do personagem de igual nome da franquia Transformers. Ou seja, é um construto que pode assumir a versão mais atual e potente de um Camaro amarelo, com potência capaz de alcançar 100km/h em 4,5seg. Em sua cabeça foi implementado sistemas que reproduzem voz e rádio, além de análise de ambiente. Seus olhos possuem dispositivos infravermelhos e de calor. De seu braço direito, uma espada retrátil foi implementada, possuindo dois metros de cumprimento. Assim como no braço esquerdo um escudo circular retrátil também foi acrescentado a constituição. Ambos como dispositivos que podem ser acionados de maneira mecânica. Em seu peitoral há o motor em forma similar ao de coração, além de um sistema interno que faz a máquina funcionar com energia solar e uma bateria extra. Durante o dia Bumblebee recarrega, podendo mover-se em plena função por até dois dias sem necessidade de carregamento novamente. A bateria extra, no entanto, dura apenas 12h de funcionamento. Em seu peitoral estão os faróis que seguem o comando básico de iluminação. | Efeito de ligação: é vinculado a Alexandra, retornando e obedecendo a ela como principal mestre e programadora.; Efeito de transformação: Capaz de tomar uma forma de miniatura, tanto em sua versão automobilística quanto em seu aspecto robótico. | Efeito 1: Transformação acelerada, permitindo que o robô se transforme em um carro e o carro em um robô de maneira magicamente fluida e perfeita.; Efeito 2: Encantamentos foram feitos nas rodas, capacitando Bumblebee a flutuar sobre superfícies, contanto que haja uma, sem perder a velocidade.; Efeito 3: xxx | Bônus de forja: 15% de dano, bônus de FPA e lendário +60, bônus PosUNR: 20% de dano (já aplicados no dano base). | Efeito lendário elemental: Ganha propriedade de conduzir raio e metal, qualquer poder de raio lançado contra Bee poderá ser rebatido e lançado novamente para o lançador, ou seja, quem lançou o poder. Tal dano ainda poderá ser neutralizado.| Vibranium e dispositivos | Super Alfa | Gema Anuladora: Reduz em 75% a presença mística; Gema de Sabedoria: Ao ajustar essa gema a um acessório ou item, permitirá que o portador seja abençoado com a sabedoria, apurando a inteligência e a capacidade de ajudar.; Espaço para uma gema | Status 120%, sem danos | Dano base: 145 | Lendário | Forjado por Nikolaev]

Dado sorteado
10. Elemento – A arma poderá acabar ganhando até duas propriedades condutoras de elementos, por exemplo: Ganha propriedade de conduzir raio, qualquer poder de raio lançado contra ela poderá ser rebatido e lançado novamente para aquele o lançador, ou seja, quem lançou o poder. Tal dano ainda poderá ser neutralizado pela arma.
Elementos escolhidos: Metal e raio.

Cálculo do dano - Ele já está aplicado no dano base, basta conferir

• Vibranium - 45
• Bônus de forja - 15%
• Bônus de FPA - 30
• Bônus lendário - 30
• Bônus posUNR - 20%
Total: 145


Alexandra Nikolaev
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 33 Empty Re: BxB

Mensagem por Anfitrite em Sab Set 14, 2019 2:47 pm


Avaliação


Método de Avaliação:
Realidade de postagem + Ações realizadas – 40%
Escrita: Gramatica, erros, pontuação, coerência, concordância e etc – 40%
Habilidade condizente com os itens criados – 20%
TOTAL: 2.900 xp

Realidade de postagem + Ações realizadas – 40%
Escrita: Gramatica, erros, pontuação, coerência, concordância e etc – 40%
Habilidade condizente com os itens criados – 20%
TOTAL: 2.900 xp  (+30% unr) = 3.770 + 2.000 Xp pela criatividade = 5.770 x 7 (quantidade de postagens) = 40.390.

Atualizado


Anfitrite
Anfitrite
Anfitrite
Deuses Menores
Deuses Menores


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 33 Empty Re: BxB

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 33 de 36 Anterior  1 ... 18 ... 32, 33, 34, 35, 36  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum