The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

BxB

Página 31 de 35 Anterior  1 ... 17 ... 30, 31, 32, 33, 34, 35  Seguinte

Ir em baixo

BxB  - Página 31 Empty Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Qui Jun 06, 2019 12:46 am

Lançamento de bônus épico para o item de Kalel, pois com muito azar deu falha crítica para lendário ç.ç



Alexandra Nikolaev
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 31 Empty Re: BxB

Mensagem por Narrador Principal em Qui Jun 06, 2019 12:46 am

O membro 'Alexandra Nikolaev' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'D10' : 5
Narrador Principal
Narrador Principal
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Idade : 24
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 31 Empty Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Qui Jun 06, 2019 6:00 pm





Item final

• Star Arch [Um arco com design de penas brancas com as pontas douradas, iguais ao par de asas do celestial. A parte de fora de assemelha a duas asas abertas, já a parte de dentro onde seria o encaixe para a flecha possuem duas partes pontudas. O arco não possuí a corda, apenas o espaço para até três flechas, ela apenas aparece quando for ser utilizada. | Efeito de transformação: vira um brinco | Efeito 1: Materializa flechas de luz assim que o usuário realiza os mesmos movimentos de alguém que vai “atirar”. Essas flechas de luz possuirá o mesmo valor de dano que o material do arco, mas será ainda assim considerado dano elemental. Por ser flecha de luz, há chances de causar queimaduras. | efeito épico: Dano na vida: + 5% da vida total. |Bônus de forja: 15% de dano, FPA e épico +45 de dano | Ouro Imperial | Alfa | Espaço para 2 gemas | Status 100%, sem danos | Épico| Forjado por Nikolaev]

Valor a ser cobrado pelo item: 15.000 dracmas
Por favor, retirar o ouro imperial de minha mochila, pois ele foi usado
Não esquecer o bônus da UNR que confere +30% de exp e dobro de dracmas.







Alexandra Nikolaev
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 31 Empty Re: BxB

Mensagem por Hefesto em Qui Jun 06, 2019 11:18 pm


Avaliação


Método de Avaliação:
Realidade de postagem + Ações realizadas – 40%
Escrita: Gramatica, erros, pontuação, coerência, concordância e etc – 40%
Habilidade condizente com os itens criados – 20%
TOTAL: 2.000 xp

Realidade de postagem + Ações realizadas – 40%
Escrita: Gramatica, erros, pontuação, coerência, concordância e etc – 40%
Habilidade condizente com os itens criados – 20%
TOTAL: 2.000 xp + 30% = 2.600XP

Método de Avaliação:
Realidade de postagem + Ações realizadas – 40%
Escrita: Gramatica, erros, pontuação, coerência, concordância e etc – 40%
Habilidade condizente com os itens criados – 20%
TOTAL: 2.500 xp

Realidade de postagem + Ações realizadas – 40%
Escrita: Gramatica, erros, pontuação, coerência, concordância e etc – 40%
Habilidade condizente com os itens criados – 20%
TOTAL: 2.500 xp + 30% = 3.250XP


Atualizado
Hefesto
Hefesto
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 31 Empty Re: BxB

Mensagem por Kalel Levitz em Ter Jun 11, 2019 3:02 pm

Nome do item: 雙劍
Descrição: São duas espadas gêmeas, porém as lâminas não são retas iguais as demais e sim são completamente curvadas. Elas podem ser encaixadas formando uma circunferência perfeita e então assim se transformarem em um chackram grande. A parte da lâmina logo após a empunhadura possuí um desenho de dragão.
Imagem representativa: Aqui e aqui
Efeitos: As lâminas ativarem efeito de fogo. Retorno, para caso forem lançadas.
Gemas/Joias: nop
Material: Estígio
O material deverá ser comprado? (x) sim (  ) não [necessário acrescentar link da compra ou de sua ficha]
Lançamento dos dados: (x) épico   (x) lendário
Extras:
Kalel Levitz
Kalel Levitz
Filhos de Belona
Filhos de Belona

Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 31 Empty Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Qua Jul 03, 2019 8:06 pm





GEHENA

Retornar de uma grande missão sempre me fazia pensar no que estava faltando. Minha vida passou por mudanças bruscas, desde a saída da proteção de Éter, até a descoberta sobre quem era verdadeiramente minha mãe. Confusa tinha se tornado meu nome do meio, encontrando paz apenas em dois locais: nos braços de Camila e em minha forja. A latina estava em uma conferência de engenheiros de software em Chicago, o que deixava possível apenas a segunda opção.

Ao estar no mundo de contos, tinha percebido como faltava algo em mim. Não os poderes de luz, mas de um equipamento realmente ofensivo. Já não tinha mais a espada angelical, nem mesmo me sentia confortável em usar uma lâmina assim devido as lembranças do que um dia eu possuí. Por isso tinha decidido por algo novo, mais tradicional e até mesmo rudimentar para uma pessoa de minha fisionomia. Podia até imaginar o que meus amigos comentariam quando me vissem usando um machado.

Ao chegar na BxB, fiz com que todos os equipamentos necessários fossem ligados com apenas um desejo meu. Caminhei até a fornalha, para deixa-la em processo de aquecimento enquanto trabalhava na parte teórica daquele projeto. Usando o suporte ideal para fazer desenhos técnicos, coloquei uma folha grande e em branco sobre ele. Sim, eu poderia simplesmente montar as coisas com a tecnologia ou deixar que algoritmos fizessem o trabalho. Mas qual seria a graça?

Desenhar, projetar, planejar. Eram como remédios para minha ansiedade que afundava em questões profundas e dolorosas. Por isso me distrai fazendo tudo no modo mais tradicional, passando para o papel as medidas, a forma e as proporções do meu futuro machado. Claro que, como uma boa geek, eu estaria replicando o Leviatã do Kratos. Com 73cm de cumprimento, ele teria uma grande lâmina afiada, com belas runas colocadas em sua extensão.

Ao terminar o projeto, o deixei por um momento, indo para a fornalha. Coloquei o vibranium em uma espécie de caldeirão, para que pudesse derreter dentro do “forno”. Enquanto o processo de liquefação acontecia, fui até o meu notebook. Ele era simples, apesar de apropriado para rodar programas pesados como os de designers. Tendo os meus esboços como referência, projetei o machado em um desenho digital, transferindo o arquivo para a impressora 3D que repousava sobre uma mesa.

Sempre iria achar aquela impressora um passo da humanidade para o futuro tecnológico. A original ainda era lenta e limitada, mas a minha tinha passado por um processo de adaptação e encantamento. Assim, ela tinha espaço o suficiente para criar um item de até um metro, fazendo isso em uma velocidade formidável. Com o arquivo pronto no dispositivo, caminhei novamente até a fornalha, conferindo que o vibranium estava em seu estado líquido.

Paciente e concentrada para não derramar uma gota sequer, usei do magnetismo para conduzir o vibranium até a impressora 3D, preenchendo o compartimento onde o material deveria ficar. O processo inteiro levou quase dez minutos, por todo o cuidado que exigia. No entanto, ao terminar, tudo o que eu precisei foi apertar alguns botões para fazer a impressora funcionar.

Ao som da impressora em plena atividade, preparei a bigorna e separei as ferramentas que iria utilizar, as prendendo em meu cinto. Era um cinto comum, mas apropriado para que trabalhava em metalúrgica. De dentro de um armário, retirei o saquinho com gemas encantadas, deixando de fácil acesso.

Tempos depois, a impressora apitou alertando a sua finalização. Corri para a frente dela, sorrindo grande ao ver o machado em seu estado bruto. Oh sim, pois por mais detalhes que o dispositivo conseguisse produzir, ainda não era algo perfeito. Retirei o machado, testando o peso e o equilíbrio, apenas depois o levando até a bigorna. Puxando o martelo mágico do cinto, segurei firme no cabo de Gehena, enquanto desferia golpes precisos contra o corpo do machado.

O martelo mágico tinha duas capacidades fenomenais e fundamentais. Utilizei da primeira, criando um vínculo básico entre o item bélico e sua futura dona: eu. Ele retornaria para mim, mesmo depois de perdido, principalmente se roubado. Ao sentir conforto ao estar segurando o machado, sorri de lado satisfeita. O segundo efeito exigia um pouco mais de criatividade, mas que foi resolvido ao transformar o machado em uma miniatura de si, podendo ser facilmente considerado um chaveiro. Despejei minha energia, mesmo que o martelo mágico já possuísse a função de transformar os equipamentos em acessórios. Não poderia tolerar erros no que viria a ser minha principal arma.

Terminado o trabalho com a ferramenta mágica, a coloquei novamente em minha cintura, a trocando por uma lapiseira sabiamente nomeada de constrói-tudo. Ela assumiria a forma dos equipamentos que me faltavam, sendo estas chaves de fendas, polidores dentre outros. Foi com isso que comecei a ajustar as pequenas imperfeições no machado, moldando pacientemente até ter o aspecto que eu queria. Depois, bastou ir para a máquina de afiar e me dedicar ao processo de deixar aquela lâmina com o adjetivo fatal.

Carreguei meu novo bebê para a área de encantamentos, o colocando gentilmente sobre a mesa. De um porta-acessório de escritório, retirei a Blood Magic, uma caneta especial e em estilo antigo. Com a ponta metálica, perfurei o meu dedo deixando que sugasse o meu sangue, para utilizá-lo como tinta e material de encantamento.

Sentada sobre uma cadeira confortável, iniciei os processos de encantamento. O primeiro signo transcrito foi o Nasc, significando união. Ao lado dele foi feito a Ag Bogadh, uma palavra que representava o aumento da movimentação. Por último, completando o encantamento que aquele conjunto provocaria, Nuacht foi desenhada para significar a mudança de um lugar para outro. O intuito era de que o machado atendesse ao meu chamado, sendo atraído para mim quando precisasse dele, mesmo que estivesse distante, ou melhor ainda se estivesse no mesmo ambiente. Aquilo me fez pensar em possibilidades, fazendo-me desenhar o símbolo que representava energia mais intensa. Com um determinado sacrifício, o machado iria magicamente para mim independente de nossa distância.

O próximo efeito mágico estava na prateleira superior, bastando que eu esticasse o braço para capturar uma poção azulada. Adquirida do Pandevie, a poção de gelo facilitaria o meu trabalho. Abri o recipiente, a despejando cuidadosamente sobre o machado, com toda a calma para não interferir no processo de absorção e selamento da magia.

Restava apenas um último detalhe e este estava em pedras preciosas. Assim como no jogo, o machado tinha espaços especiais para caber as gemas. A primeira a ser colocada foi uma velha conhecida, a rubi imperial. A segunda era algo que estava se tornando mais comum recentemente, sendo esta a esmeralda imperial. Após encaixá-las, era engraçado ver como magicamente se encaixavam ao espaço.

— Ok, não vou chamá-lo de Leviatã, seria acusada de plágio e isso poderia gerar processo. Mas você é tão infernal quanto, então que tal... Gehena!

Sorri satisfeita com o resultado, testando o machado com alguns movimentos, achando divertido e até mesmo espetacular como eu tinha facilidade com uma arma que raramente tinha usado.


• Gehena [Machado de 73 cm, possuindo apenas uma lâmina curvada e outra menor em seu lado oposto em espiral pontiagudo, sendo perfeita para perfuração. Por todo o seu corpo, é possível ver desenhos místicos e que brilham muito sutilmente quando algum dos efeitos mágicos está em ação. | Efeito mecânico: transforma-se em um chaveiro de sua miniatura | Efeito de ligação: retorna ao dono depois de roubado ou perdido | Efeito 1: Uma ligação maior foi feita entre Gehena e Alexandra, algo possível graças a combinação do sangue da semideusa e runas. Ao abrir a palma da mão, Nikolaev atrairá Gehena. Caso o machado esteja distante, ele será transportado em um pequeno portal, sendo invocado. Caso esteja no ambiente, será atraído rapidamente para a mão de sua dona. Para o caso do machado não esteja no mesmo ambiente, há um custo para a invocação de 70MP.; Efeito 2: Graças a poção de gelo, Gehena terá vantagem sobre a arma de seu oponente, pois sempre que tocar o item do inimigo, a do inimigo ficara congelada por um turno inteiro, além de provocar frio intenso ao portador do item congelado. +50% de resistência ao elemento primário. | Bônus de forja: 15% de dano, FPA e épico +45 de dano. | Bônus épico: ??? | Vibranium | Super Alfa | Esmeralda imperial: Aumenta o dano crítico da arma em 30%, aumentando a chance de causar um ferimento grave na mesma porcentagem. Ou seja, se a arma do semideus atingir um ponto crítico, além dos pontos de bônus ainda ganha 30% de bônus da gema.; Rubi Imperial: +40 de dano | Status 100%, sem danos | Dano base: ??? | Épico| Forjado por Nikolaev]
Instruções

Solicito o lançamento de dado lendário
Meu nível permite que minhas armas sejam épicas, caso não saia lendário eu estarei rolando o dado para o bônus épico
Retirar de minha mochila os materiais usados nessa forja

Materiais:
•  Esmeralda Imperial  [  Pedra de esmeralda encantada, possui uma coloração verde e nunca perde o brilho.  | Efeito: Aumenta o dano critico da arma em 30%, aumentando a chance de causar um ferimento grave na mesma porcentagem. Ou seja, se a arma do semideus atingir um ponto crítico, além dos pontos de bônus ainda ganha 30% de bônus da gema. | Comprada na loja especial do Blood]

•  Rubi Imperial  [ Uma gema vermelha e brilhante que se encaixa perfeitamente na arma escolhida, aumentando seu dano. | Efeito: Adiciona 40 de dano a arma. | Comprada na loja especial do Blood]

Vibranium
Descrição: metal conhecido por sua defesa perfeita, absorve 100% do impacto, assim, quando qualquer golpe atinge esse metal, nenhum dano será sofrido (golpes de energia, mágicos e o impacto do golpe ainda afetam o semideus).
Resistência: Super Alfa (único item que decrescem em 5 em 5).
Uso: 1 forja
Dano base em humanos: 45 (+15 de sangramento por turno, podendo ser adicionado mais dano, pois a arma absorve substancias e impactos)
Dano base em semideuses: 45 (+15 de sangramento por turno, podendo ser adicionado mais dano, pois a arma absorve substancias e impactos)
Dano base em monstros: 45 (+15 de sangramento por turno, podendo ser adicionado mais dano, pois a arma absorve substancias e impactos)

http://www.bloodolympus.org/t2245p70-departamento-de-pocoes#101326
Poção do Gelo Permanente [Ao ser derramada sobre uma arma, a poção se funde a lamina, de forma que a arma ganha propriedades de gelo e água, podendo ganhar até 50% de imunidade contra esse elemento, ou até repeli-lo, a depender do efeito, a arma banhada pela poção de gelo, terá vantagem sobre a arma de seu oponente, pois sempre que a lamina tocar a do inimigo, a do inimigo ficara congelada por um turno inteiro, além de provocar frio intenso ao portador da lamina congelada. É necessário realizar uma postagem derramando a poção sobre a arma escolhida, depois descrever as modificações da mesma. Essa poção só poderá ser combinada a uma única lamina, sumindo do inventario após seu uso. Efeito permanente com capacidade para apenas um item de porte mediano (como uma espada) ou dois de porte pequeno (como adagas gêmeas).| Comprado no Pandevie Magie]
Habilidades Vulcano:
Nome do poder: Reparos Rápidos
Descrição: Filhos de Hefesto/Vulcano conseguem consertar aparatos mecânicos rapidamente, gastando metade do tempo que uma pessoa comum levaria para tal.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Conseguem concertar qualquer coisa em apenas dois turnos.
Dano: Nenhum

Nível 5
Nome do poder: Programar
Descrição: Além de criar os mecanismos você sabe bem como programa-los para que ajam de acordo com o planejado. Vale para autômatos, armadilhas com tempo de ativação e etc, conhecendo inclusive diversos softwares e sua linguagem.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Isso permite criar mecanismos mais fortes e mais elaborados. Autômatos feitos pelos filhos de Hefesto/Vulcano, tem uma média de falha menor.
Dano: Nenhum

Nível 9
Nome do poder: Sensibilidade Mecânica
Descrição: O filho de Hefesto/Vulcano  pode detectar falhas em minérios de metal e identificar o tipo de maquinaria e uso por toque.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Sempre saberá o que está errado e como concertar
Dano: Nenhum

Nome do poder: Projetos
Descrição: Você é capaz de entender e fazer desenhos técnicos voltados a projetos de engenharia, e possivelmente recriar tais projetos os fazendo tornar-se reais. Isso significa que com um projeto em mãos, você consegue desenvolve-lo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 14
Nome do poder: Forjador III
Descrição: Agora você entende de mecanismos complexos e avançados, podendo fabrica-los com uma facilidade e maestria inexistente em qualquer outro semideus. Suas armas são mais fortes do que as armas de qualquer outro forjador, e agora que entende isso, você simplesmente se torna o destaque do momento.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +25% de resistência e +20% de força em armas fabricadas pelo semideus. Além disso, as gemas nas mãos dos filhos de Hefesto não precisam ser reforjadas, ele encaixa sem precisar modelar a arma, e a deixa tão perfeita quanto. É algo extremamente natural. (Armas Betas podem virar alfas, mas nunca alfa prime, o status da arma (Alfa, beta, ou sigma, sempre subira um nível acima do atual, não mais que um).
Dano: +15% de dano as armas fabricadas pelo semideus de Vulcano/Hefesto.

Nível 15
Nome do poder: Geek
Descrição: Sua familiaridade com máquinas o torna apto a usar qualquer tipo de tecnologia e aprimorá-la, futuramente, em seus projetos. Além disso, não atrai monstros ao utilizar aparelhos mecânicos/ tecnológicos, como celulares e afins.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 25
Nome do poder: Detalhistas
Descrição: Meus filhos são acostumados a lidar com engenhocas e peças, reparando em pequenos detalhes, por isso é mais difícil esconder algo deles - são observadores atentos. Isso permite que encontrem coisas com mais facilidade, descubram segredos, e coisas ocultas – como o Bunker na floresta quando Leo Valdez seguiu a trilha deixada pelo dragão – esconderijos, e outras coisas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ganham vantagem em encontrar pistas, e achar rastros.
Dano: Nenhum

Nível 32
Nome do poder: McGayver
Descrição: Você se especializou no improviso. Com materiais que outros não achariam adequados ou inúteis você é capaz de construir coisas improváveis pra outros semideuses. Um clipe de papel e um chiclete na sua mão podem ter utilidades mortais, e aquela tampa de garrafa pode se fazer de engrenagem.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Precisa apenas de dois turnos para montar uma engenhoca completa e improvisada, nada mortal, mas bom o suficiente (com chances de falhar).
Dano: Nenhum

Nível 50
Nome do poder: Visão Espacial
Descrição: Filhos de Hefesto/Vulcano são especialistas na montagem de coisas, portanto, possuem a visão lógica e espacial mais desenvolvida que outros semideuses sabem em que lugar colocar uma peça intuitivamente, e qual será o efeito, seja para consertar ou destruir um aparato mecânico-tecnológico. Esta noção espacial pode ser utilizada em outras situações quando chega a tal ponto de aprimoramento, podendo usá-la agora para descobrir a exatidão de distâncias e medidas utilizando somente o olhar. Podendo calcular distâncias entre corpos somente com uma rápida olhada. 
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ao observarem o ambiente ao redor e conhecerem o campo, entenderem como funcionam, ganham uma vantagem de campo de +20%, seus atributos de velocidade, resistência, e esquiva serão melhorados em +10%, lhe dando uma vantagem diferente.
Dano: Nenhum

Nível 25
Nome do poder: Magnetismo III
Descrição: É a habilidade que permite aos filhos de Hefesto/Vulcano, controlarem o magnetismo. Agora já consegue manipular metais pesados, de porte grande, podendo desvia-los e manipula-los da maneira que bem entender. 
Gasto de Mp: 40 MP por turno ativo
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Funciona com objetos de porte médio, máximo de 150 kg. O dano será a critério do narrador, e da forma com que o poder foi utilizado.
UNR:
1º Semestre
Nome do poder: Conhecimento Avançado em Física
Descrição: A ordem natural das coisas passa a fazer mais sentido na mente do aluno, pois ele estudou arduamente para compreender as leis da física perfeitamente. Agora ele sabe aplicá-las não apenas nos livros, mas como para toda a ação tem uma reação, tornou-se capaz de aplicar tais conhecimentos na prática.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

2º Semestre
Nome do poder: Conhecimento em Matemática
Descrição: Os números que antes saltavam das páginas e se embaralhavam em uma dança confusa diante dos olhos dos semideuses disléxicos agora se ordenam em uma sinfonia que o meio-sangue compreende e sabe utilizar. Geometria, trigonometria, funções, equações diferenciais... Com muito estudo e cobranças incessantes dos professores mais carrascos, o semideus compreendeu a arte matemática para saber utilizá-la na profissão e na sua vida.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

4º Semestre
Nome do poder: Criação I
Descrição: O estudante já pode se aventurar nos laboratórios para tentar criar itens simples e pouco complexos para exercitar seu conhecimento. Itens simples que podem ser encontrados no mundo mortal podem ser construídos por ele, ou pequenas armas sem efeito algum.
Gasto de Mp: 70 MP
Bônus: Nenhum

5º Semestre
Nome do poder: Programador
Descrição: O semideus aprende a falar a mesma linguagem que as máquinas e computadores - seja essa linguagem C, C+, Java, PHP, etc. Dessa forma, ele pode desenvolver um algoritmo para programar alguma de suas criações a fazer algo.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

6º Semestre
Nome do poder: Perícia dos Materiais
Descrição: A criação de peças e mecanismos requer o uso de diversos materiais, materiais estes que o semideus precisa conhecer e compreender como funcionam. Mas, diferente das universidades comuns, Nova Roma também ensina sobre os materiais divinos e semidivinos existentes para que possam ser utilizados pelos semideuses.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Magia:
Bençãos:
Nome da Benção: Guardiã dos Kahunas
Descrição: Alexandra foi abençoada com o "Aloha" do povo Kahuna após uma batalha árdua no qual quase saiu morta. Boa parte dos ensinamentos Kahunas também será passada a ela, que terá acesso aos ensinamentos mágicos do povo e suas bênçãos. Esse tipo de poder é guiado por duas polaridades (negativa e positiva) e é manifestada através do espirito, da harmonia e do amor. Os Kahuna olham por sua criança na terra e intercede por ele através de seu poder divino e Alexandra agora é um deles.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: Alexandra possui uma magia única, portanto também ganha livre acesso ao laboratório, pode criar encantamentos, rituais e continuar a desenvolver suas poções (perde acesso aos bonecos de voodoo e tônicos). O teor dessa magia é restrito a própria capacidade da semideusa, permitindo apenas desenvolvimento voltado aos domínios dos quais já possui no momento, por exemplo, magias baseadas em forjas/criação ou as propriedades dominadas por Vulcano.
Dano: Nenhum
Extra: Todo e qualquer ritual/encantamento criado pela semideusa deverá ser diretamente relacionado a magia dos Kahuna, com a qual agora a semideusa é abençoada. Levando isso em consideração, fazer uso do grimorio do fórum já não é mais permitido, o que não impede a semideusa de criar suas próprias marcas.

Benção: Domínio da Tecnologia, Computação e Robótica
Descrição: É uma evolução das habilidades referentes a computação, tecnologia e robótica que a filha de Vulcano naturalmente possui. Porém, com maior intensidade, controle, eficácia e amplitude. Agora ela não precisa estar próxima do item para obter acesso e invadir o sistema, assim como consegue comandar sistemas simples quase instantaneamente (mudar os sinais das sinaleiras, mudar canais, comandar um computador sem tocar no teclado ou mouse etc). Programas que possuem uma defesa muito grande, ainda podem oferecer uma resistência, porém se Alex estiver tocando uma parte física do mecanismo (como a CPU ou qualquer outra peça que esteja conectada à rede/programa) torna-se algo mais acessível. O raio agora é de 500m, tendo a semideusa como centro. Pode assumir o controle de várias máquinas ao mesmo tempo, porém se elas forem fortes e o fluxo de informação forem altas, pode acabar gerando sangramento nasal, enxaqueca e demandar maior esforço mental. Além disso a semideusa passa a possuir um controle sobre sistemas elétricos, desde que tal eletricidade esteja conectada a eletrônicos de qualquer tipo. Lembrando que ela não consegue controlar a eletricidade para fora dos aparelhos, apenas conduzir a corrente por sistemas existentes ou provocar sobrecargas e curtos.
Gasto de MP: Sem custo para sistemas simples, 25MP ao usar a benção em sistemas complexos ou em vários ao mesmo tempo e 30 de MP ao manipular a eletricidade.
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: Nenhum
Extra: Ao estar tentando dominar uma máquina/sistema/programa mais complexo, os olhos de Alex assumem uma fisionomia diferente, um efeito tecnológico.

Benção: Sigil
Descrição: Um sigilo é um signo criado para um propósito mágico específico. Um sigilo é geralmente composto por uma combinação complexa de traços ou figuras geométricas, cada uma com um significado ou intenção próprio. Essa benção permite que a semideusa use o conhecimento de sigil oferecido por Rhiannon, deusa celta dos encantamentos.
Custo de MP: Variável
Custo de HP: Variável
Dano: Nenhum
Bônus: Permite que a semideusa faça encantamentos, usando novos símbolos que são um reflexo dos que existem no livro de magia do RPG. Ou seja, a imagem e o nome muda, mas o objetivo e o efeito permanecem igual ao das runas.
Extra: Não dá acesso as outras sessões do laboratório, apenas para encantamentos.
Sigilos Usados:
Nasc
Posição normal: Causa união, geralmente aplicada a grupos de pessoas (dura 3 turnos desde o momento de sua ativação).

Ag Bogadh
Posição normal: Aumenta a movimentação, seguindo a velocidade dos ventos (dura um turno ao ser ativada).

Nuacht
Posição normal: Provoca mudanças (Dura um turno ao ser ativada).

Fuinneamh
Posição normal: Tal Runa é ideal para provocar energização mais intensa, fazendo com que sua próxima runa criada dure dois turnos a mais. Entretanto irá perder 20 hp.
Ferramentas:
Blood Magic [Uma caneta aparentemente comum, porém de aparência elegante. Porém essa caneta não funciona com tinta normal, mas apenas com sangue. Para encher o tubo, é preciso encostar a ponta da caneta em um pequeno machucado ou qualquer fonte do sangue a ser usado. Sua grafia varia de acordo com o desejo do dono, podendo ser mais forte e assim usando mais da tinta sangrenta, ou mais fina e delicada. Feita basicamente de arambarium - metal que conduz magia com mais facilidade – e ouro compondo todos os detalhes. | Efeito: Ela tem o efeito de sempre retornar ao dono depois de algum tempo. Foi encantada para criar runas mais duradouras, e com uma intensidade 10% maior do que de uma runa original, além disso, a caneta diminui o gasto de MP em 50%, e da choques em qualquer um que tentar rouba-la. A caneta possui sangue suficiente para a criação de até 10 runas, depois disso precisa ser recarregada novamente. | Arambarium e Ouro | Resistência: Beta | Status: 100%, sem danos | Mágica | Comprado no Pandevie Magie]

• Constrói tudo [Inicialmente esse item é apenas uma lapiseira simples de desenho, contudo para o forjador pode virar muito mais. | Efeito 1: A lapiseira pode se transformar em qualquer item utilizado para ajustes, desde afiadores, chaves, polidores, marcadores, tesouras e qualquer coisa que sirva para realizar e ajustar detalhes em suas criações, as deixando ainda mais perfeitas. Efeito 2: Esse item ajuda e auxilia a encontrar erros e ajustar os detalhes mais complicados e minuciosos. | Hefestiana | Sem espaço para gemas. | Alfa | Status 100%, sem danos. | Mágico. | Sistema de medalhas]

• 3D [Um modelo aparentemente comum de impressora 3D, em seu tamanho mais compacto que poderia ser encontrado no mercado, possuindo assim as dimensões de 55 x 53 x 52 cm. É um modelo SLA. Esse modelo permitia o uso da resina liquida, usado principalmente na criação de protótipos de alta complexidade e com muitos detalhes. O processo de impressão SLA cria objetos impressos em 3D a partir de uma resina líquida e que faz uso de uma fonte de luz para solidificar o material. | Efeito mecânico: Ajusta o tamanho para o do tamanho do objeto a ser impresso, assumindo também um tamanho mini que cabe na palma da mão. | Efeito 1: Graças aos encantamentos, um item pode levar entre 5 minutos (se for pequeno, como facas e adagas) e 15min (grandes e complexos). Em narrativas dinâmicas, o narrador terá liberdade para ditar quantas ações um item em específico levará para ficar pronto; Efeito 2: Com as modificações e adaptações, é possível usar metal divino em sua forma líquida ao invés da resina líquida comum, fazendo com que o objeto final seja feito a base do metal inserido como fonte; Efeito 3: Os bônus que existem na impressora são passados para os itens criados, tais como bônus de forja, FPA e lendários | Bônus de forja: +15% de dano; Bônus de FPA: +30 de dano; bônus lendário: +30 de dano | Efeito lendário: + 30% de dano crítico. | Vibranium e material comum da impressora | Super Alfa | Espaço para 3 gema | Status: 100% | Lendário | Forjado por Nikolaev]

• Martelo Magico [ Martelo de forja feito de Hefestiana, que emite um brilho arroxeado ao redor e possui desenhos de mecanismos em toda sua lamina. Possui cerca de 40 centimetros de altura, sendo relativamente leve. | Efeito 1: Permite que o semideus forje itens mágicos, criando armas com efeitos de ligação ou com propriedades dos 4 elementos básicos (limitado a esses dois). Para isso basta o semideus pensar no efeito desejado e bater com o martelo mágico na arma escolhida e pronto, estará feito. Efeito 2: Não pode ser quebrado devido ao material com que foi fabricado. | Hefestiana | Sem espaço para gemas. | Alfa | Status 100%, sem danos. | Mágico. | Sistema de medalhas]


[/quote]


Alexandra Nikolaev
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 31 Empty Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Qua Jul 03, 2019 9:03 pm





PERSONAL

Ter criado um machado foi quase nostálgico, fazendo-me lembrar de uma Alex tímida e que adorava armas brancas. No entanto, anos depois, eu não poderia negar que como Alexandra eu estava imersa no mundo tecnológico. Minha mente parecia funcionar duplamente, tendo ideias tanto para o tradicional quanto que para a tecnologia de ponta. Por isso, mesmo que no dia anterior eu tenha feito algo encantado, agora eu tinha a minha frente o meu bracelete especial. Era a minha principal ferramenta quando se tratava de assuntos técnicos e modernos, capaz de gerar hologramas e de me manter conectada com o mundo.

Era uma criação minha e, como uma mãe, eu sabia que meu bebê poderia evoluir mais. Precisava apenas de um empurrãozinho. Minha mente vagava por ideias incertas, sem ser atraída e capturada por uma que me fizesse por em ação. Coisas bobas vinham a minha mente, ou complexas e inúteis ao ponto de me fazer rir. Mas o que um item tecnológico poderia fazer aliado a magia?

Foi quando minha própria experiência jogou em minha mente uma tempestade de ideias. Abri o notebook, pesquisando tudo o que podia sobre PEM, o famoso pulso eletromagnético. “É um pulso de alta energia de largo espectro que se propaga pelo espaço que gera um campo elétrico defasado de um campo magnético, cuja frente de onda pode danificar componentes eletrônicos de estado sólido inseridos no campo em questão”. Basicamente, funcionava para desligar aparelhos. Pesquisei a composição do PEM, descobrindo que existiam bombas de pulso.

Rapidamente abri uma vídeo-chamada com Alice, um legado de Hefesto, amiga e namorada de meu sócio. Também a única pessoa com contatos para o que eu tinha em mente.

— Alice! Que ótimo dia não é? Você está maravilhosa com essa maquiagem e...

— O que você quer Alex?

A garota do outro lado não tinha abalado nem um pouco, ao contrário, possuía uma sobrancelha erguida e uma expressão de tédio.

— Bombas de pulso, aquelas que produzem o PEM depois de ativadas. — Respondi diretamente.

— O que está aprontando?!

— Nada que faça uma cidade inteira apagar. Eu espero.

Alice riu e pediu para que eu esperasse algumas horas, questionando onde queria que fosse entregue. A família dela possuía algumas conexões interessantes, já que ela era neta de um grande forjador que trabalhava tanto legal quanto ilegalmente. Um dia eu ainda conheceria o velho! Até o final da tarde, como prometido, Alice apareceu com um pacote em minha forja, tendo acesso ao local por ter frequentado a UNR comigo. No entanto, não permaneceu comigo, já que tinha finalmente um encontro com um gostoso e atarefado magnata, vulgo namorado.

Com a bomba sobre a mesa, peguei o constrói-tudo para poder desmontá-la, tendo em mãos todas as ferramentas que iria precisar em uma. Levei um tempo analisando os circuitos, usando do computador para fazer testes de cálculos e ajustando possíveis falhas. Depois, o trabalho todo foi pegar o mecanismo da bomba de PEM e passar para o bracelete tecnológico. Precisei usar os poderes algumas vezes, principalmente a capacidade de mover o metal, para fazer com que cada pequenino item se encaixasse perfeitamente, sem afetar todo o complexo circuito que já existia no dispositivo.

Eu senti que minutos tinham passado, mas meus ombros gritavam que horas tinha sido acumuladas naquele trabalho. Massageei a musculatura, fechando o dispositivo e parando para comer algo brevemente.

Bem novamente para voltar a trabalhar, era hora de fazer um pouco de mágica. Usando da parte inferior como base para transcrever os signos mágicos, comecei a colocar um propósito mágico ao meu item. Primeiro vieram, de modo invertido, os signos Eagna e Cuardaigh. Ambas em posição normal tinham sentidos diferentes, mas quando desenhadas de cabeça para baixo, traduziam a falta de comunicação. O terceiro sigilo foi o Soiléire, uma palavra de poder que viria a provocar bloqueios. Eu pretendia potencializar o efeito do PEM, impedindo que as ondas enviadas para bloquear os aparelhos fossem dispersas por contramedidas, pois aquele era um PEM também mágico. Seria necessário outro mago para desfazer o bloqueio!

— Oh boy. — Murmurei ao finalizar, idealizando o que eu tinha feito. — Bom, certeza de que não vai apagar uma cidade inteira, mas...

Ri sozinha, girando a caneta em minha mão voltando a pensar em algo que pudesse me auxiliar quando estivesse fora. Apesar de querer aumentar a minha relação com a tecnologia, ampliando a área de alcance, isso poderia entrar em conflito com o encantamento feito antes. Lembrei das vezes em que invadi prédios e sistemas, assim como fui levada contra minha vontade para eles. Uma ideia passou em minha mente, fazendo-me parar de fazer tudo e até mesmo de respirar, enquanto a sequência era formada em pensamento.

Isso poderia dar certo!

Voltei ao Personal, fazendo desta vez os desenhos no topo do item. Precisava admitir que era a primeira vez desenhando a Saol, um signo que representava a vida. Vergonhosamente, a maioria de meus itens eram mais voltados a danos e destruição. Ao lado dela veio a Cuardaigh, com o significado de busca espiritual. Seguida de Domhan e Aer, signos que podiam ser traduzidos como os elementos da terra e do ar respectivamente. Antes de permitir que as palavras de poder fossem seladas, abusei de minha manipulação tecnológica para fazer rodar todos os programas que conhecia sobre mapas, radares e projeções arquitetônicas. Só assim eu liberei minha energia, fazendo com que os signos brilhassem levemente em harmonia com os programas.

Ao finalizar, soltei a respiração, ignorando a dorzinha de cabeça que surgiu como consequência. Mexi um pouco na personal, ativando o efeito que tinha recém colocado para testá-lo. Programei para buscar sinais de vida no ambiente, aparecendo em uma espécie de radar dois pontinhos. Um referente a mim e outro a uma Lunafreya que adormecia espalhafatosamente em um canto da forja. As runas de terra e ar foram colocadas por conterem em seu elementos formas de demarcar o ambiente, através das diversas vibrações sobre a terra e pelo ar. Elas seriam capturadas e reproduzidas nos programas, então projetadas pelo dispositivo!

— Isso! Ok, mas acho que isso é o suficiente, ou irá sobrecarregar de funções e nada funcionará.

Coloquei o bracelete em meu pulso, sorrindo enormemente pelo que tinha acabado de fazer.


• Personal [Um bracelete que deve ser usado no pulso, com design que remete ao estilo sci-fi. É na verdade um dispositivo, com processador avançado e placa-mãe personalizada. Funciona como um computador, exibindo um display holográfico. Graças a benção de tecnologia, Alexandra não precisa de muitos toques sobre o item, sendo ligado perfeitamente ao pensamento e desejo da filha de Vulcano. Após reajustes, um mecanismo de PEM foi acrescentado ao dispositivo.| Efeito de ligação: retorna a dona quando perdido ou roubado | Efeito 1: Possui o elemento luz, usado para a projeção dos hologramas.; Efeito 2: Junto com a função do PEM (pulso eletromagnético) signos mágicos tornam possível um bloqueio de comunicação entre aparelhos eletrônicos. Ou seja, ao ativar o PEM, uma onda eletromagnética será lançada continuamente pelo ambiente, impossibilitando o uso de eletrônicos e derivados. Contramedidas normais não são possíveis de bloquear o PEM mágico, graças ao efeito mágico. A onda pode atingir uma área de até dois quarteirões, por ser potencializado magicamente.; Efeito 3: Aliando programas e magia de signos, o personal é capaz de captar presenças na região e demonstrar através de mapas, hologramas ou radar, a depender de como a usuária deseje que seja exibido. Ao estar a menos de 10 metros de uma estrutura ou dentro dela, como prédios, graças a runa de terra essa magia também pode projetar a arquitetura de um lugar. | Bônus de forja: +15% de dano; bônus de FPA: +30 de dano | Vibranium | Super Alfa | Espaço para 1 gema | Status 100% | Mágico | Forjado por Nikolaev]
Instruções

Apenas avaliar e atualizar o item

Habilidades Vulcano:
Nome do poder: Reparos Rápidos
Descrição: Filhos de Hefesto/Vulcano conseguem consertar aparatos mecânicos rapidamente, gastando metade do tempo que uma pessoa comum levaria para tal.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Conseguem concertar qualquer coisa em apenas dois turnos.
Dano: Nenhum

Nível 5
Nome do poder: Programar
Descrição: Além de criar os mecanismos você sabe bem como programa-los para que ajam de acordo com o planejado. Vale para autômatos, armadilhas com tempo de ativação e etc, conhecendo inclusive diversos softwares e sua linguagem.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Isso permite criar mecanismos mais fortes e mais elaborados. Autômatos feitos pelos filhos de Hefesto/Vulcano, tem uma média de falha menor.
Dano: Nenhum

Nível 9
Nome do poder: Sensibilidade Mecânica
Descrição: O filho de Hefesto/Vulcano  pode detectar falhas em minérios de metal e identificar o tipo de maquinaria e uso por toque.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Sempre saberá o que está errado e como concertar
Dano: Nenhum

Nome do poder: Projetos
Descrição: Você é capaz de entender e fazer desenhos técnicos voltados a projetos de engenharia, e possivelmente recriar tais projetos os fazendo tornar-se reais. Isso significa que com um projeto em mãos, você consegue desenvolve-lo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 14
Nome do poder: Forjador III
Descrição: Agora você entende de mecanismos complexos e avançados, podendo fabrica-los com uma facilidade e maestria inexistente em qualquer outro semideus. Suas armas são mais fortes do que as armas de qualquer outro forjador, e agora que entende isso, você simplesmente se torna o destaque do momento.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +25% de resistência e +20% de força em armas fabricadas pelo semideus. Além disso, as gemas nas mãos dos filhos de Hefesto não precisam ser reforjadas, ele encaixa sem precisar modelar a arma, e a deixa tão perfeita quanto. É algo extremamente natural. (Armas Betas podem virar alfas, mas nunca alfa prime, o status da arma (Alfa, beta, ou sigma, sempre subira um nível acima do atual, não mais que um).
Dano: +15% de dano as armas fabricadas pelo semideus de Vulcano/Hefesto.

Nível 15
Nome do poder: Geek
Descrição: Sua familiaridade com máquinas o torna apto a usar qualquer tipo de tecnologia e aprimorá-la, futuramente, em seus projetos. Além disso, não atrai monstros ao utilizar aparelhos mecânicos/ tecnológicos, como celulares e afins.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 25
Nome do poder: Detalhistas
Descrição: Meus filhos são acostumados a lidar com engenhocas e peças, reparando em pequenos detalhes, por isso é mais difícil esconder algo deles - são observadores atentos. Isso permite que encontrem coisas com mais facilidade, descubram segredos, e coisas ocultas – como o Bunker na floresta quando Leo Valdez seguiu a trilha deixada pelo dragão – esconderijos, e outras coisas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ganham vantagem em encontrar pistas, e achar rastros.
Dano: Nenhum

Nível 32
Nome do poder: McGayver
Descrição: Você se especializou no improviso. Com materiais que outros não achariam adequados ou inúteis você é capaz de construir coisas improváveis pra outros semideuses. Um clipe de papel e um chiclete na sua mão podem ter utilidades mortais, e aquela tampa de garrafa pode se fazer de engrenagem.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Precisa apenas de dois turnos para montar uma engenhoca completa e improvisada, nada mortal, mas bom o suficiente (com chances de falhar).
Dano: Nenhum

Nível 50
Nome do poder: Visão Espacial
Descrição: Filhos de Hefesto/Vulcano são especialistas na montagem de coisas, portanto, possuem a visão lógica e espacial mais desenvolvida que outros semideuses sabem em que lugar colocar uma peça intuitivamente, e qual será o efeito, seja para consertar ou destruir um aparato mecânico-tecnológico. Esta noção espacial pode ser utilizada em outras situações quando chega a tal ponto de aprimoramento, podendo usá-la agora para descobrir a exatidão de distâncias e medidas utilizando somente o olhar. Podendo calcular distâncias entre corpos somente com uma rápida olhada. 
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ao observarem o ambiente ao redor e conhecerem o campo, entenderem como funcionam, ganham uma vantagem de campo de +20%, seus atributos de velocidade, resistência, e esquiva serão melhorados em +10%, lhe dando uma vantagem diferente.
Dano: Nenhum

Nível 25
Nome do poder: Magnetismo III
Descrição: É a habilidade que permite aos filhos de Hefesto/Vulcano, controlarem o magnetismo. Agora já consegue manipular metais pesados, de porte grande, podendo desvia-los e manipula-los da maneira que bem entender. 
Gasto de Mp: 40 MP por turno ativo
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Funciona com objetos de porte médio, máximo de 150 kg. O dano será a critério do narrador, e da forma com que o poder foi utilizado.
UNR:
1º Semestre
Nome do poder: Conhecimento Avançado em Física
Descrição: A ordem natural das coisas passa a fazer mais sentido na mente do aluno, pois ele estudou arduamente para compreender as leis da física perfeitamente. Agora ele sabe aplicá-las não apenas nos livros, mas como para toda a ação tem uma reação, tornou-se capaz de aplicar tais conhecimentos na prática.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

2º Semestre
Nome do poder: Conhecimento em Matemática
Descrição: Os números que antes saltavam das páginas e se embaralhavam em uma dança confusa diante dos olhos dos semideuses disléxicos agora se ordenam em uma sinfonia que o meio-sangue compreende e sabe utilizar. Geometria, trigonometria, funções, equações diferenciais... Com muito estudo e cobranças incessantes dos professores mais carrascos, o semideus compreendeu a arte matemática para saber utilizá-la na profissão e na sua vida.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

4º Semestre
Nome do poder: Criação I
Descrição: O estudante já pode se aventurar nos laboratórios para tentar criar itens simples e pouco complexos para exercitar seu conhecimento. Itens simples que podem ser encontrados no mundo mortal podem ser construídos por ele, ou pequenas armas sem efeito algum.
Gasto de Mp: 70 MP
Bônus: Nenhum

5º Semestre
Nome do poder: Programador
Descrição: O semideus aprende a falar a mesma linguagem que as máquinas e computadores - seja essa linguagem C, C+, Java, PHP, etc. Dessa forma, ele pode desenvolver um algoritmo para programar alguma de suas criações a fazer algo.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

6º Semestre
Nome do poder: Perícia dos Materiais
Descrição: A criação de peças e mecanismos requer o uso de diversos materiais, materiais estes que o semideus precisa conhecer e compreender como funcionam. Mas, diferente das universidades comuns, Nova Roma também ensina sobre os materiais divinos e semidivinos existentes para que possam ser utilizados pelos semideuses.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Magia:
Bençãos:
Nome da Benção: Guardiã dos Kahunas
Descrição: Alexandra foi abençoada com o "Aloha" do povo Kahuna após uma batalha árdua no qual quase saiu morta. Boa parte dos ensinamentos Kahunas também será passada a ela, que terá acesso aos ensinamentos mágicos do povo e suas bênçãos. Esse tipo de poder é guiado por duas polaridades (negativa e positiva) e é manifestada através do espirito, da harmonia e do amor. Os Kahuna olham por sua criança na terra e intercede por ele através de seu poder divino e Alexandra agora é um deles.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: Alexandra possui uma magia única, portanto também ganha livre acesso ao laboratório, pode criar encantamentos, rituais e continuar a desenvolver suas poções (perde acesso aos bonecos de voodoo e tônicos). O teor dessa magia é restrito a própria capacidade da semideusa, permitindo apenas desenvolvimento voltado aos domínios dos quais já possui no momento, por exemplo, magias baseadas em forjas/criação ou as propriedades dominadas por Vulcano.
Dano: Nenhum
Extra: Todo e qualquer ritual/encantamento criado pela semideusa deverá ser diretamente relacionado a magia dos Kahuna, com a qual agora a semideusa é abençoada. Levando isso em consideração, fazer uso do grimorio do fórum já não é mais permitido, o que não impede a semideusa de criar suas próprias marcas.

Benção: Domínio da Tecnologia, Computação e Robótica
Descrição: É uma evolução das habilidades referentes a computação, tecnologia e robótica que a filha de Vulcano naturalmente possui. Porém, com maior intensidade, controle, eficácia e amplitude. Agora ela não precisa estar próxima do item para obter acesso e invadir o sistema, assim como consegue comandar sistemas simples quase instantaneamente (mudar os sinais das sinaleiras, mudar canais, comandar um computador sem tocar no teclado ou mouse etc). Programas que possuem uma defesa muito grande, ainda podem oferecer uma resistência, porém se Alex estiver tocando uma parte física do mecanismo (como a CPU ou qualquer outra peça que esteja conectada à rede/programa) torna-se algo mais acessível. O raio agora é de 500m, tendo a semideusa como centro. Pode assumir o controle de várias máquinas ao mesmo tempo, porém se elas forem fortes e o fluxo de informação forem altas, pode acabar gerando sangramento nasal, enxaqueca e demandar maior esforço mental. Além disso a semideusa passa a possuir um controle sobre sistemas elétricos, desde que tal eletricidade esteja conectada a eletrônicos de qualquer tipo. Lembrando que ela não consegue controlar a eletricidade para fora dos aparelhos, apenas conduzir a corrente por sistemas existentes ou provocar sobrecargas e curtos.
Gasto de MP: Sem custo para sistemas simples, 25MP ao usar a benção em sistemas complexos ou em vários ao mesmo tempo e 30 de MP ao manipular a eletricidade.
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: Nenhum
Extra: Ao estar tentando dominar uma máquina/sistema/programa mais complexo, os olhos de Alex assumem uma fisionomia diferente, um efeito tecnológico.

Benção: Sigil
Descrição: Um sigilo é um signo criado para um propósito mágico específico. Um sigilo é geralmente composto por uma combinação complexa de traços ou figuras geométricas, cada uma com um significado ou intenção próprio. Essa benção permite que a semideusa use o conhecimento de sigil oferecido por Rhiannon, deusa celta dos encantamentos.
Custo de MP: Variável
Custo de HP: Variável
Dano: Nenhum
Bônus: Permite que a semideusa faça encantamentos, usando novos símbolos que são um reflexo dos que existem no livro de magia do RPG. Ou seja, a imagem e o nome muda, mas o objetivo e o efeito permanecem igual ao das runas.
Extra: Não dá acesso as outras sessões do laboratório, apenas para encantamentos.
Sigilos Usados:

Eagna
Invertida: Falta de comunicação (dura 3 turnos desde o momento de sua ativação, tem 15% de chances de funcionar).

Soiléire
Invertida: Provoca bloqueios e falta de confiança (dura um turno ao ser ativada).

Cuardaigh
Invertida: Provoca a falta de comunicação (Dura um turno ao ser ativada).

Saol
Posição normal: Tal runa simboliza a vida, de maneira que abençoa aqueles que possuem vida (Dura um turno ao ser ativada).

Cuardaigh
Posição normal: Tal runa é a busca de determinado espírito ou alguém distante, próximo da morte, carregando noticiais.

Domhan
Posição normal: Invocação de Terra (Tal runa deverá ser aliada a outras runas para ter efeito mais efetivo, caso não seja, uma pequena área, irá surgir o elemento invocado. Será o suficiente para caber na mão de uma pessoa e desaparecerá depois de um turno).

Aer
Posição normal: Invocação de Ar (Tal runa deverá ser aliada a outras runas para ter efeito mais efetivo, caso não seja, uma pequena área, irá surgir o elemento invocado. Será o suficiente para caber na mão de uma pessoa e desaparecerá depois de um turno).
Ferramentas:
Blood Magic [Uma caneta aparentemente comum, porém de aparência elegante. Porém essa caneta não funciona com tinta normal, mas apenas com sangue. Para encher o tubo, é preciso encostar a ponta da caneta em um pequeno machucado ou qualquer fonte do sangue a ser usado. Sua grafia varia de acordo com o desejo do dono, podendo ser mais forte e assim usando mais da tinta sangrenta, ou mais fina e delicada. Feita basicamente de arambarium - metal que conduz magia com mais facilidade – e ouro compondo todos os detalhes. | Efeito: Ela tem o efeito de sempre retornar ao dono depois de algum tempo. Foi encantada para criar runas mais duradouras, e com uma intensidade 10% maior do que de uma runa original, além disso, a caneta diminui o gasto de MP em 50%, e da choques em qualquer um que tentar rouba-la. A caneta possui sangue suficiente para a criação de até 10 runas, depois disso precisa ser recarregada novamente. | Arambarium e Ouro | Resistência: Beta | Status: 100%, sem danos | Mágica | Comprado no Pandevie Magie]

• Constrói tudo [Inicialmente esse item é apenas uma lapiseira simples de desenho, contudo para o forjador pode virar muito mais. | Efeito 1: A lapiseira pode se transformar em qualquer item utilizado para ajustes, desde afiadores, chaves, polidores, marcadores, tesouras e qualquer coisa que sirva para realizar e ajustar detalhes em suas criações, as deixando ainda mais perfeitas. Efeito 2: Esse item ajuda e auxilia a encontrar erros e ajustar os detalhes mais complicados e minuciosos. | Hefestiana | Sem espaço para gemas. | Alfa | Status 100%, sem danos. | Mágico. | Sistema de medalhas]



[/quote]


Alexandra Nikolaev
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 31 Empty Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Qui Jul 04, 2019 4:19 pm





ESPADA KALEL

De todas as espadas que já solicitaram em minha forja, aquela tinha a forma mais exótica. O que, consequentemente, me deixava empolgada com a ideia de fazer algo diferente, ainda que dentro do habitual. Ao adentrar a BxB os aparelhos eletrônicos começaram a funcionar naturalmente, reagindo a minha presença e meu desejo de que as coisas fossem acionadas. Em minhas mãos tinha uma caixa especial, recém adquiridas de uma loja romana, com um item que eu também classificaria como exótico por conta de suas funcionalidades e aparência.

Como uma criança que abria o seu presente, destampei a caixa e vi o peixe em forma de pelúcia. Quando o segurei e ergui, tive vontade de rir de seu aspecto infantil e obviamente baseado em um desenho popular entre as crianças. Mas o riso morreu quando o senti vibrar em minha mão, remexendo e ganhando – literalmente – vida.

— Oh, olá! Eu sou o Peixonalta, estou aqui para ajuda-la! — O item estava realmente falando como se estivesse vivo! O que eu não duvidava, já que era a representação de um espírito. — Qual o seu nome ou como devo a me referir como você?

A parte em mim que ainda guardava muito da personalidade de Lexi gritava por apelidos soberbos, como gostosa ou rainha.

— Alex, pode me chamar de Alex. — Respondi contendo meus impulsos mais travessos. — Está pronto para me ajudar agora, ou precisa de alguma configuração?

— Estarei sempre pronto para auxiliá-la!

— Ótimo, pois faremos uma espada única e perfeita.

Ele acenou animado, ao menos na melhor animação que um peixe de pelúcia poderia ter. De meu armário de materiais, retirei um lingote de ferro estígio. Aproximei do pequeno, apontando para o material negro, precisava testar se ele realmente possuía o conhecimento que eu queria.

— Consegue reconhecer isso?

— Ferro estígio. O material vem do inferno, sendo perfeito para ser usado contra criaturas das trevas, mortos-vivos e fantasmagóricas. No entanto, por ser um item divino, não fere a humanos!

Sorri satisfeita, indo até a fornalha previamente aquecida. Coloquei o metal escuro dentro de um caldeirão, conduzindo o recipiente para o “forno” logo em seguida. Segui para a minha mesa de esboço, para poder fazer o desenho técnico que a espada teria, seguindo o desejo e as dimensões que o garoto tinha solicitado. Enquanto desenhava, fazia perguntas aleatórias ao Peixonalta, me divertindo com aquela criatura que mais parecia uma Wikipédia ambulante do que um espírito em forma de brinquedo.

Terminado com o desenho, o pendurei em um quadro de exposição, deixando-o a vista para que sempre pudesse retornar e olhar os cálculos e observações.

— Apesar de ter modos mais rápidos de finalizar esse trabalho, eu vou fazer do modo mais tradicional. Você consegue dizer por que, Peixonalta? — Indaguei enquanto vestia minhas luvas de proteção.

— Huum... Se há um modo mais eficaz e mais rápido, não vejo por que não fazer por este.

— Porque é mais divertido fazer você mesmo na maior parte do tempo!

Dito isto, arrumei o material ao redor da bigorna, colocando o cinto de ferramentas com os instrumentos que iria precisar. Ao checar o caldeirão na fornalha, este continha um líquido escurecido em seu interior. Sorrindo satisfeita, usei do magnetismo para levitar o caldeirão e evitar acidentes com o trabalho. Mesmo que eu possuísse resistência ao fogo, não queria imaginar como seria ser queimada com aquele conteúdo infernal e extremamente quente. Despejei o ferro estígio na forma de uma espada longa, decidindo usá-la como base. Ao terminar, deixei o caldeirão no local apropriado para limpeza.

Aproximei mais uma vez da forma, tocando as laterais e usando de um velho truque da prole de Vulcano: o de esquentar e esfriar o metal. Para aquele momento mais especificamente, esfriei a forma para que o ferro estígio solidificasse no formato que eu queria. Retirei a espada longa, a depositando sobre a bigorna.

— Peixonalta, pode me dizer as medidas da circunferência? — Solicitei a ajuda.

O espírito logo pronunciou com precisão as minhas anotações, permitindo que eu demarcasse na lâmina os pontos em que precisaria deixar curvado. Do cinto de ferramentas, retirei o martelo de forja mágico. Um item que existia com o único propósito de me ajudar a moldar o metal ao meu desejo e comando.

Por mais que eu tivesse o intuito de fazer a espada no modo tradicional, nada mudaria o fato de que era uma filha de Vulcano com experiência, permitindo assim que eu usasse de meus dons de maneira ampla. Segurando na empunhadura ainda bruta, mantive o aperto firme o suficiente para não danificar o metal, medindo com cuidado a força que impunha sobre o metal. Mas eu não queria usar da pinça para realizar o trabalho de manter o metal estável ou a máquina específica para segurar itens. Eu precisava sentir o meu trabalho ganhando forma, além de se tornar mais fácil usar os poderes.

Assim, quando comecei a martelar, o magnetismo se tornou aliado a função do martelo de forja. Em conjunto, nos momentos certos, usava da habilidade de esquentar e esfriar para dar mais resistência e durabilidade a lâmina. Os golpes eram desferidos com a força certa para domar o metal infernal, mas precisos para não acabar exagerando ou martelando mais do que devia. Dessa maneira, eu consegui deixar a lâmina na forma de lua crescente, com uma curva bem acentuada.

— Ótimo, porém antes de ajustar os detalhes e o lado mais artístico... Um pouco de encantamento!

Guardei o martelo de forja para pegar uma aquisição da mesma loja de onde saíra o peixonalta. Destemor tinha uma capacidade que eu almejava e queria por em prática: transferir um elemento natural para um item. Aproximei o meu mais novo martelo, o levitando até a fornalha, deixando em contato com a brasa para absorver o elemento fogo.

Movendo as mãos para melhorara técnica e manuseio do magnetismo, trouxe o martelo que agora tinha sua face avermelhada e estupidamente quente. Fingindo segurar o martelo, com o punho fechado como se o item estivesse em minha mão, desferir golpes no meio do ar. Era apenas uma forma de manusear e usar mais fácil a habilidade, pois isso me ajudava a manter o controle dela e ter menos esforço mental. O martelo foi transferindo o elemento para a espada, fazendo com que a lâmina negra se tornasse levemente incandescente. Mantive o processo até a ferramenta aparentar ter resfriado, a colocando pendurada em um local seguro para evitar queimar alguma coisa na forja.

Levei a espada para a área de laboratório, apenas para poder ter fácil acesso aos meus próximos materiais. Capturei a Blood Magic, uma caneta especial que usava sangue como tinta, sendo este o material perfeito para a criação e selamento de palavras mágicas. A base da lâmina foi o local escolhido para fazer uma sequência de signos mágicos da qual eu já estava habituada, sendo um encantamento que eu já tinha utilizado antes.

O primeiro sigilo foi o Nasc, representando a união do item para com seu dono. O segundo era o de movimento, completando a ideia de retorno para aquele a qual o item pertencia. Diferente de uma vinculação simples, a que fazia o equipamento retornar para seu portador depois de perdido ou roubado; aquele encantamento permitia um retorno mais imediato, como se a arma fosse atraída novamente para o dono quando este desejasse.

Finalizada a parte mágica, guardei a Blood Magic em seu devido lugar para poder manusear a constrói-tudo. Era a ferramenta que se transformava em qualquer outra ferramenta, permitindo assim que eu a usasse para diversas funções. Era com ela que eu consertei as impurezas e imperfeições, além de trabalhar o lado mais artístico da espada, como o dragão a ser feito na empunhadura.

O último trabalho foi o de afiar a lâmina, sendo isto feito em um dispositivo simples, mas que nunca falhava em deixar qualquer metal com o adjetivo de letal.

— Alex, eu estava vendo o pedido e... Não eram duas? Você irá repetir o mesmo processo? — O peixonalta questionou curioso e hesitante.

— Oh meu caro, você verá! — Coloquei a espada sobre a mesa mais larga, esticando as palmas das mãos sobre ela antes de pronunciar o feitiço. — Palua!

Como em um passe de mágica – literalmente falando – uma espada idêntica apareceu. Deixei a original pendurada contra a parede, voltando a cópia para finalizar o trabalho. Se elas fossem idênticas, não seriam complementares. Por isso naquela espada em específico usei do signo de mudança, fazendo com que a lâmina dela apenas mudasse a direção. Ao invés de ter a curva em forma de lua crescente, esta espada teria a de lua minguante. Quando unidas teriam um formato circular e, caso o dono encaixasse corretamente as empunhaduras, poderia até mesmo transformar a espada em um enorme círculo laminado.

— Agora sim o trabalho está completo! — Anunciei com um sorriso orgulhoso para o Peixonalta.


Item final

• 雙劍 [São duas espadas gêmeas, porém as lâminas não são retas iguais as demais e sim são completamente curvadas, podendo ser consideradas como lâminas longas mas leves. Elas podem ser encaixadas formando uma circunferência perfeita e então assim se transformarem em um chackram grande. A parte da lâmina logo após a empunhadura possuí um desenho de dragão. | Efeito 1: Encantado com fogo, o fio afiado se torna incandescente e extremamente quente, aumentando o dano e a probabilidade de queimar o adversário. Labaredas de fogo também podem aparecer na extensão da lâmina, demonstrando que a arma é um item elemental.; Efeito 2: Ligada de maneira intensa ao seu portador, a espada pode retornar quando “chamada” por ele, sendo algo mais dinâmico e fluído, voltando principalmente depois de lançadas. | Bônus de forja: 15% de dano, FPA e épico +45 de dano | Ferro Estígio | Alfa | Espaço para 2 gemas | Status 100%, sem danos | Épico| Forjado por Nikolaev] ]

Instruções

Solicito lançamento de dado lendário.
Caso não saia o lendário, estarei lançando dado para o bônus épico, já que meu nível permite que os itens sejam classificados dessa forma.
Retirar o ferro estige de minha mochila.
Valor a ser cobrado apenas depois, pois depende da classe do item (lendário ou épico)



Materiais:
Ferro Estige
Descrição: metal banhado no rio infernal, é conhecido pela sua cor escura. Esse material é facilmente adaptável a encantamentos das trevas, sombrios ou noturnos. Potencializa em 10% poderes relativos ao submundo ou escuridão.
Resistência: Beta (alta)
Uso: 1 forja
Dano base em humanos: 0
Dano base em semideuses: 30 (Suga 5% da MP do inimigo por golpe atingindo.)
Dano base em monstros: 40 (5x mais de dano em monstros do submundo)
Habilidades Vulcano:
Nome do poder: Reparos Rápidos
Descrição: Filhos de Hefesto/Vulcano conseguem consertar aparatos mecânicos rapidamente, gastando metade do tempo que uma pessoa comum levaria para tal.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Conseguem concertar qualquer coisa em apenas dois turnos.
Dano: Nenhum

Nível 5
Nome do poder: Programar
Descrição: Além de criar os mecanismos você sabe bem como programa-los para que ajam de acordo com o planejado. Vale para autômatos, armadilhas com tempo de ativação e etc, conhecendo inclusive diversos softwares e sua linguagem.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Isso permite criar mecanismos mais fortes e mais elaborados. Autômatos feitos pelos filhos de Hefesto/Vulcano, tem uma média de falha menor.
Dano: Nenhum

Nível 9
Nome do poder: Sensibilidade Mecânica
Descrição: O filho de Hefesto/Vulcano  pode detectar falhas em minérios de metal e identificar o tipo de maquinaria e uso por toque.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Sempre saberá o que está errado e como concertar
Dano: Nenhum

Nome do poder: Projetos
Descrição: Você é capaz de entender e fazer desenhos técnicos voltados a projetos de engenharia, e possivelmente recriar tais projetos os fazendo tornar-se reais. Isso significa que com um projeto em mãos, você consegue desenvolve-lo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 14
Nome do poder: Forjador III
Descrição: Agora você entende de mecanismos complexos e avançados, podendo fabrica-los com uma facilidade e maestria inexistente em qualquer outro semideus. Suas armas são mais fortes do que as armas de qualquer outro forjador, e agora que entende isso, você simplesmente se torna o destaque do momento.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +25% de resistência e +20% de força em armas fabricadas pelo semideus. Além disso, as gemas nas mãos dos filhos de Hefesto não precisam ser reforjadas, ele encaixa sem precisar modelar a arma, e a deixa tão perfeita quanto. É algo extremamente natural. (Armas Betas podem virar alfas, mas nunca alfa prime, o status da arma (Alfa, beta, ou sigma, sempre subira um nível acima do atual, não mais que um).
Dano: +15% de dano as armas fabricadas pelo semideus de Vulcano/Hefesto.

Nível 15
Nome do poder: Geek
Descrição: Sua familiaridade com máquinas o torna apto a usar qualquer tipo de tecnologia e aprimorá-la, futuramente, em seus projetos. Além disso, não atrai monstros ao utilizar aparelhos mecânicos/ tecnológicos, como celulares e afins.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 25
Nome do poder: Detalhistas
Descrição: Meus filhos são acostumados a lidar com engenhocas e peças, reparando em pequenos detalhes, por isso é mais difícil esconder algo deles - são observadores atentos. Isso permite que encontrem coisas com mais facilidade, descubram segredos, e coisas ocultas – como o Bunker na floresta quando Leo Valdez seguiu a trilha deixada pelo dragão – esconderijos, e outras coisas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ganham vantagem em encontrar pistas, e achar rastros.
Dano: Nenhum

Nível 32
Nome do poder: McGayver
Descrição: Você se especializou no improviso. Com materiais que outros não achariam adequados ou inúteis você é capaz de construir coisas improváveis pra outros semideuses. Um clipe de papel e um chiclete na sua mão podem ter utilidades mortais, e aquela tampa de garrafa pode se fazer de engrenagem.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Precisa apenas de dois turnos para montar uma engenhoca completa e improvisada, nada mortal, mas bom o suficiente (com chances de falhar).
Dano: Nenhum

Nível 50
Nome do poder: Visão Espacial
Descrição: Filhos de Hefesto/Vulcano são especialistas na montagem de coisas, portanto, possuem a visão lógica e espacial mais desenvolvida que outros semideuses sabem em que lugar colocar uma peça intuitivamente, e qual será o efeito, seja para consertar ou destruir um aparato mecânico-tecnológico. Esta noção espacial pode ser utilizada em outras situações quando chega a tal ponto de aprimoramento, podendo usá-la agora para descobrir a exatidão de distâncias e medidas utilizando somente o olhar. Podendo calcular distâncias entre corpos somente com uma rápida olhada. 
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ao observarem o ambiente ao redor e conhecerem o campo, entenderem como funcionam, ganham uma vantagem de campo de +20%, seus atributos de velocidade, resistência, e esquiva serão melhorados em +10%, lhe dando uma vantagem diferente.
Dano: Nenhum

Nível 25
Nome do poder: Magnetismo III
Descrição: É a habilidade que permite aos filhos de Hefesto/Vulcano, controlarem o magnetismo. Agora já consegue manipular metais pesados, de porte grande, podendo desvia-los e manipula-los da maneira que bem entender. 
Gasto de Mp: 40 MP por turno ativo
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Funciona com objetos de porte médio, máximo de 150 kg. O dano será a critério do narrador, e da forma com que o poder foi utilizado.

Nível 19
Nome do poder: Esquenta e Esfria
Descrição: O semideus consegue alterar a temperatura das armas, escudos ou armaduras do inimigo (o semideus decide no ataque), podendo resfriar ou esquentar o mesmo, causando danos no usuário, mas para isso, precisara tocar o alvo, mais precisamente, o local que deseja esfriar ou esquentar.
Gasto de Mp: 30 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: 20 HP (para calor), 35 HP (para frio)
Extra: Só consegue esfriar em uma temperatura mediana, o suficiente para machucar, já esfriar, torna os movimentos do usuário mais lentos, pois, a temperatura se assemelha ao gelo, e pode causar queimaduras leves – de frio – e deixar o usuário com calafrios – em caso de armaduras – já armamentos, provavelmente seriam soltos da mão do inimigo.
UNR:
1º Semestre
Nome do poder: Conhecimento Avançado em Física
Descrição: A ordem natural das coisas passa a fazer mais sentido na mente do aluno, pois ele estudou arduamente para compreender as leis da física perfeitamente. Agora ele sabe aplicá-las não apenas nos livros, mas como para toda a ação tem uma reação, tornou-se capaz de aplicar tais conhecimentos na prática.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

2º Semestre
Nome do poder: Conhecimento em Matemática
Descrição: Os números que antes saltavam das páginas e se embaralhavam em uma dança confusa diante dos olhos dos semideuses disléxicos agora se ordenam em uma sinfonia que o meio-sangue compreende e sabe utilizar. Geometria, trigonometria, funções, equações diferenciais... Com muito estudo e cobranças incessantes dos professores mais carrascos, o semideus compreendeu a arte matemática para saber utilizá-la na profissão e na sua vida.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

4º Semestre
Nome do poder: Criação I
Descrição: O estudante já pode se aventurar nos laboratórios para tentar criar itens simples e pouco complexos para exercitar seu conhecimento. Itens simples que podem ser encontrados no mundo mortal podem ser construídos por ele, ou pequenas armas sem efeito algum.
Gasto de Mp: 70 MP
Bônus: Nenhum

5º Semestre
Nome do poder: Programador
Descrição: O semideus aprende a falar a mesma linguagem que as máquinas e computadores - seja essa linguagem C, C+, Java, PHP, etc. Dessa forma, ele pode desenvolver um algoritmo para programar alguma de suas criações a fazer algo.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum

6º Semestre
Nome do poder: Perícia dos Materiais
Descrição: A criação de peças e mecanismos requer o uso de diversos materiais, materiais estes que o semideus precisa conhecer e compreender como funcionam. Mas, diferente das universidades comuns, Nova Roma também ensina sobre os materiais divinos e semidivinos existentes para que possam ser utilizados pelos semideuses.
Gasto de Mp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Magia:
Bençãos:
Nome da Benção: Guardiã dos Kahunas
Descrição: Alexandra foi abençoada com o "Aloha" do povo Kahuna após uma batalha árdua no qual quase saiu morta. Boa parte dos ensinamentos Kahunas também será passada a ela, que terá acesso aos ensinamentos mágicos do povo e suas bênçãos. Esse tipo de poder é guiado por duas polaridades (negativa e positiva) e é manifestada através do espirito, da harmonia e do amor. Os Kahuna olham por sua criança na terra e intercede por ele através de seu poder divino e Alexandra agora é um deles.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: Alexandra possui uma magia única, portanto também ganha livre acesso ao laboratório, pode criar encantamentos, rituais e continuar a desenvolver suas poções (perde acesso aos bonecos de voodoo e tônicos). O teor dessa magia é restrito a própria capacidade da semideusa, permitindo apenas desenvolvimento voltado aos domínios dos quais já possui no momento, por exemplo, magias baseadas em forjas/criação ou as propriedades dominadas por Vulcano.
Dano: Nenhum
Extra: Todo e qualquer ritual/encantamento criado pela semideusa deverá ser diretamente relacionado a magia dos Kahuna, com a qual agora a semideusa é abençoada. Levando isso em consideração, fazer uso do grimorio do fórum já não é mais permitido, o que não impede a semideusa de criar suas próprias marcas.

Benção: Domínio da Tecnologia, Computação e Robótica
Descrição: É uma evolução das habilidades referentes a computação, tecnologia e robótica que a filha de Vulcano naturalmente possui. Porém, com maior intensidade, controle, eficácia e amplitude. Agora ela não precisa estar próxima do item para obter acesso e invadir o sistema, assim como consegue comandar sistemas simples quase instantaneamente (mudar os sinais das sinaleiras, mudar canais, comandar um computador sem tocar no teclado ou mouse etc). Programas que possuem uma defesa muito grande, ainda podem oferecer uma resistência, porém se Alex estiver tocando uma parte física do mecanismo (como a CPU ou qualquer outra peça que esteja conectada à rede/programa) torna-se algo mais acessível. O raio agora é de 500m, tendo a semideusa como centro. Pode assumir o controle de várias máquinas ao mesmo tempo, porém se elas forem fortes e o fluxo de informação forem altas, pode acabar gerando sangramento nasal, enxaqueca e demandar maior esforço mental. Além disso a semideusa passa a possuir um controle sobre sistemas elétricos, desde que tal eletricidade esteja conectada a eletrônicos de qualquer tipo. Lembrando que ela não consegue controlar a eletricidade para fora dos aparelhos, apenas conduzir a corrente por sistemas existentes ou provocar sobrecargas e curtos.
Gasto de MP: Sem custo para sistemas simples, 25MP ao usar a benção em sistemas complexos ou em vários ao mesmo tempo e 30 de MP ao manipular a eletricidade.
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: Nenhum
Extra: Ao estar tentando dominar uma máquina/sistema/programa mais complexo, os olhos de Alex assumem uma fisionomia diferente, um efeito tecnológico.

Benção: Sigil
Descrição: Um sigilo é um signo criado para um propósito mágico específico. Um sigilo é geralmente composto por uma combinação complexa de traços ou figuras geométricas, cada uma com um significado ou intenção próprio. Essa benção permite que a semideusa use o conhecimento de sigil oferecido por Rhiannon, deusa celta dos encantamentos.
Custo de MP: Variável
Custo de HP: Variável
Dano: Nenhum
Bônus: Permite que a semideusa faça encantamentos, usando novos símbolos que são um reflexo dos que existem no livro de magia do RPG. Ou seja, a imagem e o nome muda, mas o objetivo e o efeito permanecem igual ao das runas.
Extra: Não dá acesso as outras sessões do laboratório, apenas para encantamentos.
Sigilos Usados e Feitiço:
Nasc
Posição normal: Causa união, geralmente aplicada a grupos de pessoas (dura 3 turnos desde o momento de sua ativação).

Ag Bogadh
Posição normal: Aumenta a movimentação, seguindo a velocidade dos ventos (dura um turno ao ser ativada).

Nuacht
Posição normal: Provoca mudanças (Dura um turno ao ser ativada).
Invertida: Essa Runa não tem posição invertida.

Nome: Pālua
Descrição: Na filosofia dos Kahunas, as coisas vivas e não vivas possuem um próprio eu-deus, ou eu-supremo. É graças a essa concepção que eles conseguem descrever a influencia que temos nas coisas e as coisas tem em nós. Ao falar esse feitiço e estar segurando ou visualizando o item, Alexandra consegue duplica-lo, ao ter acesso ao eu-deus (a constituição interna e externa) e fazer com que uma imagem igual surja ao seu lado. Itens e coisas não vivas, possuem um eu-deus mais simples, enquanto que os vivos tem uma complexidade maior e com grande influência consciente e inconsciente, sendo assim impossível copiá-lo ou fazer uma imagem idêntica.
Gasto de MP: 70MP por item
Gasto de HP: Nenhum
Dano: Idêntico ao do original.
Bônus: Nenhum
Extra: Funciona apenas com coisas não vivas.
Ferramentas:
Blood Magic [Uma caneta aparentemente comum, porém de aparência elegante. Porém essa caneta não funciona com tinta normal, mas apenas com sangue. Para encher o tubo, é preciso encostar a ponta da caneta em um pequeno machucado ou qualquer fonte do sangue a ser usado. Sua grafia varia de acordo com o desejo do dono, podendo ser mais forte e assim usando mais da tinta sangrenta, ou mais fina e delicada. Feita basicamente de arambarium - metal que conduz magia com mais facilidade – e ouro compondo todos os detalhes. | Efeito: Ela tem o efeito de sempre retornar ao dono depois de algum tempo. Foi encantada para criar runas mais duradouras, e com uma intensidade 10% maior do que de uma runa original, além disso, a caneta diminui o gasto de MP em 50%, e da choques em qualquer um que tentar rouba-la. A caneta possui sangue suficiente para a criação de até 10 runas, depois disso precisa ser recarregada novamente. | Arambarium e Ouro | Resistência: Beta | Status: 100%, sem danos | Mágica | Comprado no Pandevie Magie]

• Constrói tudo [Inicialmente esse item é apenas uma lapiseira simples de desenho, contudo para o forjador pode virar muito mais. | Efeito 1: A lapiseira pode se transformar em qualquer item utilizado para ajustes, desde afiadores, chaves, polidores, marcadores, tesouras e qualquer coisa que sirva para realizar e ajustar detalhes em suas criações, as deixando ainda mais perfeitas. Efeito 2: Esse item ajuda e auxilia a encontrar erros e ajustar os detalhes mais complicados e minuciosos. | Hefestiana | Sem espaço para gemas. | Alfa | Status 100%, sem danos. | Mágico. | Sistema de medalhas]

• Peixonalta [É uma criatura mágica ligada a objetos do reino das sereias, que serve como uma espécie de assistente pessoal, mordomo ou conselheiro daqueles que o “contratam”. A criatura possui uma personalidade que se adapta a de seu dono para se tornar o que ele precisa e poder auxiliá-lo da melhor maneira. Consegue falar diversas línguas e pesquisar sobre qualquer coisa, é muito inteligente. Sua aparência lembra a de um urso de pelúcia em forma de peixe dourado, com cerca de meio metro. Ele possui uma cauda de sereia no lugar das barbatanas, um aquário na cabeça e o corpo que muito se assemelha ao de um urso. | Efeito de transformação: Por ser uma criatura ligada a objetos, quando está em repouso se liga a algum objeto que o semideus possui para poder descansar, e só volta a aparecer quando é convocado. Efeito 1: É um ótimo conselheiro e sempre saberá como auxiliar o semideus. Efeito 2: Ele possui uma espécie de sensor/radar que sempre lhe avisa quando o perigo está perto. Efeito 3: É capaz de manusear objetos com perfeição e pode inclusive ajudar o semideus em suas batalhas e criações | Material Desconhecido | Sem espaço para Gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Comprado na Under The Sea]

• Martelo Mágico de Forja [Um martelo de forja, com traços rústicos, feito de bronze celestial e aço reforçado. Possui runas mágicas que lhe dão propriedades mágicas. | Efeito de ligação: funciona apenas nas mãos de Alexandra, nas mãos de outra pessoa se torna apenas um martelo comum, assim como retorna a sua dona depois de dois turnos, caso perdido ou roubado; Efeito de transformação: vira um chaveiro com uma réplica menor do original | Efeito 1: Graças as runas de sorte, transformação, mudança, equilíbrio e sabedoria, o martelo é capaz de com poucas marteladas fazer com que o metal tome a forma que a ferreira deseja. Funciona apenas para efeitos de forja, não será permitido uso em PvPs, porém poderá ser usado e levado em missões | Bônus de forja: 15% a mais de dano; bônus lendário: Quando o inimigo for atingido pela espada, por menor que seja o corte, o mesmo irá continuar aberto e sangrando por, até, oito turnos. Causando um dano de 15 de HP a cada turno, independente da ferida.| BC e aço reforçado | Alfa | Espaço para 3 gemas | Status 100%, sem danos | Lendário | Forjada por Nikolaev]

• Martelo Magico [ Martelo de forja feito de Hefestiana, que emite um brilho arroxeado ao redor e possui desenhos de mecanismos em toda sua lamina. Possui cerca de 40 centimetros de altura, sendo relativamente leve. | Efeito 1: Permite que o semideus forje itens mágicos, criando armas com efeitos de ligação ou com propriedades dos 4 elementos básicos (limitado a esses dois). Para isso basta o semideus pensar no efeito desejado e bater com o martelo mágico na arma escolhida e pronto, estará feito. Efeito 2: Não pode ser quebrado devido ao material com que foi fabricado. | Hefestiana | Sem espaço para gemas. | Alfa | Status 100%, sem danos. | Mágico. | Sistema de medalhas]

• Destemor [Atlântida é famosa por criar itens e armas únicas com efeitos especiais e nada disso seria possível se suas forjas não fossem tão fantásticas. Destemor é um dos martelos utilizados pelos Atlantis para criação de seus itens e objetos mágicos. Um martelo especial com efeitos únicos para fabricação. | Efeito 1: Basta colocar o objeto em contato com algum elemento e esse elemento passa a fazer parte do martelo. Com isso o semideus poderá transferir o elemento do martelo para a arma ao forjar com esse martelo. Ele precisa ser recarregado constantemente porque o elemento não permanece nele, some assim que é transferido. Efeito 2: Possui um efeito bumerangue de ligação, basta o semideus estender a mão em qualquer direção e o martelo vem até ele | Oricalco | Sem espaço para Gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Comprado na Under The Sea]





Alexandra Nikolaev
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 31 Empty Re: BxB

Mensagem por Vênus em Qui Jul 04, 2019 10:04 pm

Permissão para rolagem de dados concedida. As avaliações serão postadas após a rolagem dos mesmos.


Vênus, love's lady
..
diva, déesse de l'amour et de la beauté ♦️
Vênus
Vênus
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 31 Empty Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Qui Jul 04, 2019 10:08 pm

Rolagem para os dados para a classe lendária.

Lembrando que Nível 100 – O forjador precisa tirar um número maior que 2 (o 2 não está incluso aqui), para a arma ser considerada lendária

O primeiro dado é referente a GEHENA
O segundo dado é referente a espada de Kalel.


Alexandra Nikolaev
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

BxB  - Página 31 Empty Re: BxB

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 31 de 35 Anterior  1 ... 17 ... 30, 31, 32, 33, 34, 35  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum