The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

BxB

Página 2 de 19 Anterior  1, 2, 3 ... 10 ... 19  Seguinte

Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Sex Nov 17, 2017 9:27 pm





A pulseira que eu admirava sobre meus dedos era delicada e muito bela, digna de um presente dado por uma filha de Afrodite. Aquele era o meu primeiro trabalho! Tudo bem que fora Lexi, minha outra personalidade, quem tomou a atitude por mim, distribuindo panfletos por toda Roma anunciando que as forjas estavam abertas. Provavelmente buscando me irritar e provocar, já que eu preferia estar com máquinas e jogos do que com pessoas. Porém, de certa forma, isso estava ajudando a instigar o meu eu criativo!

Puxei o papel de rascunho que usei para anotar os detalhes do pedido, repousando o acessório sobre a mesa enquanto começava a preparar o material para o trabalho. O que era bastante simples, na verdade. Peguei o grimório e o abri na página que falava especificamente sobre as runas, assim como também tive sobre a superfície amadeirada uma caneta mágica em estilo antigo. Fui para o outro lado da forja/laboratório, abrindo um frigobar onde mantinha os produtos que deviam ser mantidos a uma certa temperatura. Ali retirei um frasquinho pequeno com um líquido vermelho e viscoso. Sim, era um tubinho preenchido até a metade com o sangue de Elena Garcia. Murmurei o feitiço “Scribam objecta”, fazendo com que aqueles frasquinhos se multiplicassem, mantendo um pequeno estoque para usar futuramente. Selecionei apenas um para o trabalho atual.

Ao retornar para a mesa, abri o tubinho e peguei a caneta, deixando que o bico da caneta ficasse apoiado contra a borda interna do frasco. Assim, ao inclinar, foi possível o contato do metal com o líquido avermelhado. A caneta absorvia o sangue para usá-lo como tinta, permitindo assim que as runas que seriam futuramente criadas fossem seladas diretamente com o poder que o sangue semidivino ofereceria. Com o tubo interno do acessório completo, joguei o tubinho no lixo e sentei na cadeira defronte à mesa amadeirada. A pulseira era delicada e talvez esse fosse ser o meu principal desafio: marcar as runas de maneira correta em um espaço tão estreito e pequeno.

Com toda a calma que eu poderia usufruir no momento, a primeira runa desenhada foi a Raidho, a que provocava união. Logo depois, ao lado esquerdo, desenhei a runa Gebo, sendo esta a palavra de poder que fazia referência ao equilíbrio. O próximo passo era o mais divertido e cansativo, afinal era preciso selar aquelas palavras com a magia. Porém, iria tentar algo a mais. Elena tinha pedido para que o sangue ficasse ativo, imitando a sua presença. Então precisaria selar o poder dela ali naquele pequeno objeto. Para tanto, iria usar a habilidade partículas de poder para trazer a presença dela mesmo que ela não estivesse ali. As runas de equilíbrio e união estariam ali para equilibrar e unir a habilidade e a minha intenção para aquele item.

Seguindo o processo, ao coletar o sangue da semideusa quando ela apareceu em minha forja, tinha aberto a ferida em sua mão usando de uma adaga. Mesmo que tenha pedido mil e uma desculpas depois pelo machucado, era uma regra que precisava ser seguida. Nunca se mexia numa equação de um ritual!

Respirei fundo uma única vez e fechei os olhos, acalmando a mente para poder concentrar e guiar minha energia para o item que repousava entre minhas mãos. Franzi o cenho quando senti o poder circulando, fazendo minhas mãos formigarem e coração disparar. Era como se eu estivesse empurrando algo com força com minha mente, expulsando de meu corpo com mais peso por envolver uma outra habilidade além do selamento comum. Ao terminar, estava ofegante e com a visão um tanto turva. Mas, no fim, as runas resplandeciam e aos poucos iam perdendo seu brilho, indicando que a selagem havia sido realizada com sucesso.

-Perfeito! – exclamei animada, levantando para pegar o meu próximo pedido – Agora vejamos essas armas.

Retirei uma faca extremamente bela e que exalava perigo de uma das prateleiras, trazendo junto um saquinho de pano. Kyra, dona daquela beldade em forma de item bélico, tinha dito que o nome da arma era Sempiterno. Ela queria algo bastante simples de se fazer, mas que apenas deixaria aquela arma ainda mais mortífera. Repousei a lâmina sobre um balcão enquanto abria o saquinho para retirar uma pedra negra e que provocou um arrepio em minha coluna. Eu podia sentir o poder exalando daquela pequena rocha escura.

-Eu não iria querer ser o inimigo – murmurei enquanto capturava a faca com minha mão esquerda e a apoiava sobre minha palma.

Aproximei a pedrinha de um espaço pequeno na empunhadura e permitir que as coisas acontecessem naturalmente. A joia foi atraída pela arma que eu segurava, acoplando ali perfeitamente, reajustando suas dimensões para tal feito. Abri um pequeno sorriso, imaginando se todo mundo pensava o quanto aquilo podia ser fácil, mas tão maneiro! Em menos de um segundo eu tinha deixado uma arma ainda mais perigosa do que era originalmente!

Item da Elena:
♥️Amor Incondicional [Uma pulseira delicada feita de fios de prata com uma perola em seu centro. A pedra carrega uma benção da deusa protegendo assim a portadora de tal joia. | Efeito 1: O interior do pingente contém um pouco do sangue de Elena, fazendo com que a presença da filha de Afrodite sempre pareça estar com a portadora do acessório, tendo sido selada com as runas de união e equilíbrio; | Efeito 2: Efeito de retorno, mesmo que Samanta perca o item, a pulseira retorna para ela em até três turnos.| Efeito 3: Tal proteção funciona contra agouros, inveja e charme, repelindo os mesmos por até dois turnos. | Prata. | Não apresenta suporte ou espaço para gemas | Resistência: Sigma | Status: 100%, sem danos | Mágico | Comprado na loja; encantado por Nikolaev]

Retirar 650 dracmas de Elena e acrescentar em minha conta

Item da Kyra
• Sempiterno [ Faca com cerca de 30 centímetros. O cabo arredondado possui detalhes delicados e seu centro é feito de uma roxa diferente, arroxeada, que emite um brilho e forma frases e desenhos, formando imagens aleatórias e divertidas, ao passar o dedo no detalhe arroxeado, a lamina se amplia e cresce até formar a faca. A lamina, com cerca de 20 centímetros de altura, começa arredondada como o cabo e vai se afinando até ganhar forma completa. É toda desenhada com detalhes em relevo pode ser oculta dentro do cabo. | Efeito 1: A arma se encaixa perfeitamente na mão do seu portador, assim sendo, quando esse escolhe batalhar com essa arma, eles ficam ligados de uma maneira única, e durante os dois primeiros turnos do combate, todo dano causado por essa arma contra os oponentes do semideus, terão 50% dos danos revertidos em HP para o seu portador. Ex: O semideus retirou 100 HP da vida do seu oponente, 50 são revertidos em vida para o portador da arma. Efeito 2: O semideus pode usar a arma para converter seu corpo em magia de teletransporte, usando-a para se mover de um canto a outro, contudo, a arma só consegue leva-lo para até 500 metros de distância do ponto de partida, além disso, cada vez que usar o poder, perdera 50 MP. Efeito 3: Transforma-se em uma tatuagem que ficará fixa na palma do semideus, sumindo após um tempo, para ativa-la, o semideus só precisa cortar o dedo polegar e pingar uma gota de sangue sobre a palma da mão dominante, a arma ativa automaticamente, aparecendo em sua mão. (Não é possível colocar mais efeitos nessa arma). | Vibranium |   Joia do caos: ela permite que até o dobro do dano base seja retirado. Ou seja, a depender da qualidade do golpe (descrição e sucesso na área atingida) a joia irá permitir que o dano seja no máximo duplicado, podendo ser um bônus variando do mínimo até esse máximo. Exemplo: se seu dano base é de 10, ao ter a joia do caos na sua arma você poderá retirar de 10 a 20 de dano | Espaço para 2 gemas | Alfa Prime | Status: 100% Sem danos | Necessário nível 20 para domínio completo da arma | Lendária | Evento Cidade dos Monstros]

Retirar 200 dracmas de Kyra e acrescentar em minha conta.

Itens:
Grimorio: Encadernado com couro vermelho, é um livro de feitiços selado, que apenas se abre pelas mãos de seu portador – qualquer outro individuo que conseguir abrir o grimorio, só vera páginas em branco – a capa tem o desenho de um pentagrama de cinco pontas, e é coberto por símbolos. O Nome do portador é gravado na capa.

Blood Magic [Uma caneta aparentemente comum, porém de aparência elegante. Porém essa caneta não funciona com tinta normal, mas apenas com sangue. Para encher o tubo, é preciso encostar a ponta da caneta em um pequeno machucado ou qualquer fonte do sangue a ser usado. Sua grafia varia de acordo com o desejo do dono, podendo ser mais forte e assim usando mais da tinta sangrenta, ou mais fina e delicada. Feita basicamente de arambarium - metal que conduz magia com mais facilidade – e ouro compondo todos os detalhes. | Efeito: Ela tem o efeito de sempre retornar ao dono depois de algum tempo. Foi encantada para criar runas mais duradouras, e com uma intensidade 10% maior do que de uma runa original, além disso, a caneta diminui o gasto de MP em 50%, e da choques em qualquer um que tentar rouba-la. A caneta possui sangue suficiente para a criação de até 10 runas, depois disso precisa ser recarregada novamente. | Arambarium e Ouro | Resistência: Beta | Status: 100%, sem danos | Mágica | Comprado no Pandevie Magie]
Habilidades e Runas:

Raidho
Posição normal: Causa união, geralmente aplicada a grupos de pessoas (dura 3 turnos desde o momento de sua ativação).

Gebo
Posição normal: Equilíbrio (dura 3 turnos desde o momento de sua ativação, tem 15% de chances de funcionar).

Nível 14
Nome do poder: Forjador III
Descrição: Agora você entende de mecanismos complexos e avançados, podendo fabrica-los com uma facilidade e maestria inexistente em qualquer outro semideus. Suas armas são mais fortes do que as armas de qualquer outro forjador, e agora que entende isso, você simplesmente se torna o destaque do momento.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +25% de resistência e +20% de força em armas fabricadas pelo semideus. Além disso, as gemas nas mãos dos filhos de Hefesto não precisam ser reforjadas, ele encaixa sem precisar modelar a arma, e a deixa tão perfeita quanto. É algo extremamente natural. (Armas Betas podem virar alfas, mas nunca alfa prime, o status da arma (Alfa, beta, ou sigma, sempre subira um nível acima do atual, não mais que um).
Dano: +15% de dano as armas fabricadas pelo semideus de Vulcano/Hefesto.

Nível 30
Nome do poder: Partículas de Poder
Descrição: O semideus consegue extrair pequenas partículas de poder de outros seres, mesmo semideus. Um bom exemplo disso, seria um filho de Hefesto que consegue criar fogo/chamas, a feiticeira conseguiria e consegue, extrair fagulhas dessa chama, e conjurar parte do poder para colocar em armamentos e objetos, para dar outros tipos de propriedades a eles, desde que faça o ritual de forma certa. Além de extrair o poder – algo que realmente consegue – precisa fazer isso com uma adaga, e colher parte do sangue – pequenas gotas – da pessoa de quem o poder foi extraído, selando tudo de forma junto, ou a propriedade dada a arma não será efetiva.
Gasto de Mp: 40 MP (por extração)
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Nenhum


Nível 12
Feitiço: Scribam objecta
Descrição: O feitiço permite a feiticeira criar copias de objetos já existentes, e em sua posse, mas não funciona com criaturas vivas, como animais, humanos, ou algo semelhante. (pode funcionar com flores e frutas, e até mesmo comida).
Gasto de Mp: 20 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Apenas Verbal.




Alex Nikolaev
☾★I'd prefer machines rather than humans! ★☽
avatar
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte

Mensagens : 338

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Emmanuelle S. Henz em Dom Nov 19, 2017 9:39 pm

Nome do Item: Durendal
Descrição do item: Aqui Foto ilustrativa.
Efeitos desejados: Observação: Poção da Luz Permanente [Ao ser derramada sobre uma arma, a poção se funde a lamina, de forma que a arma ganha propriedades de luz, podendo ganhar até 50% de imunidade contra esse elemento, ou até repeli-lo, a depender do efeito, a arma banhada pela poção de luz terá 30% de dano a mais contra criaturas do elemento contrário, além de sempre irradiar um brilho sútil e delicado. É necessário realizar uma postagem derramando a poção sobre a arma escolhida, depois descrever as modificações da mesma. Essa poção só poderá ser combinada a uma única lamina, sumindo do inventario após seu uso. Efeito permanente com capacidade para apenas um item de porte mediano (como uma espada) ou dois de porte pequeno (como adagas gêmeas).| Comprado no Pandevie Magie]

Poção do Vento Permanente [Ao ser derramada sobre uma arma, a poção se funde a lamina, de forma que a arma ganha propriedades de vento, podendo ganhar até 50% de imunidade contra esse elemento, ou até repeli-lo, a depender do efeito, a arma também ficara levemente invisível, o vento ao redor impede que a lamina seja detectada por completo, ou seja, fica difícil dizer que tipo de arma ela é. É necessário realizar uma postagem derramando a poção sobre a arma escolhida, depois descrever as modificações da mesma. Essa poção só poderá ser combinada a uma única lamina, sumindo do inventario após seu uso. Efeito permanente com capacidade para apenas um item de porte mediano (como uma espada) ou dois de porte pequeno (como adagas gêmeas).| Comprado no Pandevie Magie]

Rubi Imperial – Adiciona 40 de dano à arma.

A arma comum/mágica pode ter até três efeitos, por ser uma espada, quero que dois desses efeitos venham das poções acima, e que o item se transforme em um pingente pequeno com formato de meia lua. A gema escolhida e as poções, estão na minha mochila, por favor encaixar a gema na espada. Pagarei pelos materiais utilizados na espada.
Material: Oricalco
Observações: xxx



Emmanuelle Sophie Henz
I'M A QUEEN OF DARKNESS!!!
avatar
Emmanuelle S. Henz
Filhos de Poseidon
Filhos de Poseidon

Mensagens : 1033
Idade : 22
Localização : Seguindo em frente..

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Perséfone em Dom Nov 19, 2017 9:48 pm

Atualizada e Avaliada
Observação: Eu não achei erros de português em seu post, apenas poucas palavras repetidas, então deixo como um ponto para melhoria em postagens futuras. Parabéns.
Recompensas: 2.200 XP (Dracmas já estão sendo transferidos.


Qu’il soit infini aussi
longtemps qu’il durera!
avatar
Perséfone
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 428

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Frannie A. Blackwell em Dom Nov 19, 2017 11:39 pm

Nome do Item: Archer Bracer
Descrição do item: Não sei descrever bem, então vai uma imagem ilustrativa! AQUI
Efeitos desejados: Se transforme em um anel e que retorne se for perdido; aumentar o dano e a precisão com armas que arremessem projeteis (arcos, bestas, armas de fogo).
Material: Couro e vibranium (o vibranium vai apenas no topo, não na parte interna do antebraço, servirá para proteção também).
Observações: xxx


Frannie Alyss Blackwell
It's a new dawn . It's a new day . It's a new life . for me... And I'm feelin good
avatar
Frannie A. Blackwell
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo

Mensagens : 203
Localização : Where the sun is up

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Qua Nov 29, 2017 3:53 pm

Frannie A. Blackwell escreveu:
Nome do Item: Archer Bracer
Descrição do item: Não sei descrever bem, então vai uma imagem ilustrativa! AQUI
Efeitos desejados: Se transforme em um anel e que retorne se for perdido; aumentar o dano e a precisão com armas que arremessem projeteis (arcos, bestas, armas de fogo).
Material: Couro e vibranium (o vibranium vai apenas no topo, não na parte interna do antebraço, servirá para proteção também).
Observações: xxx

Eu estarei usando o couro mágico, por isso o valor do item será de 10 mil

Emmanuelle S. Henz escreveu:
Nome do Item: Durendal
Descrição do item: Aqui Foto ilustrativa.
Efeitos desejados: Observação: Poção da Luz Permanente [Ao ser derramada sobre uma arma, a poção se funde a lamina, de forma que a arma ganha propriedades de luz, podendo ganhar até 50% de imunidade contra esse elemento, ou até repeli-lo, a depender do efeito, a arma banhada pela poção de luz terá 30% de dano a mais contra criaturas do elemento contrário, além de sempre irradiar um brilho sútil e delicado. É necessário realizar uma postagem derramando a poção sobre a arma escolhida, depois descrever as modificações da mesma. Essa poção só poderá ser combinada a uma única lamina, sumindo do inventario após seu uso. Efeito permanente com capacidade para apenas um item de porte mediano (como uma espada) ou dois de porte pequeno (como adagas gêmeas).| Comprado no Pandevie Magie]

Poção do Vento Permanente [Ao ser derramada sobre uma arma, a poção se funde a lamina, de forma que a arma ganha propriedades de vento, podendo ganhar até 50% de imunidade contra esse elemento, ou até repeli-lo, a depender do efeito, a arma também ficara levemente invisível, o vento ao redor impede que a lamina seja detectada por completo, ou seja, fica difícil dizer que tipo de arma ela é. É necessário realizar uma postagem derramando a poção sobre a arma escolhida, depois descrever as modificações da mesma. Essa poção só poderá ser combinada a uma única lamina, sumindo do inventario após seu uso. Efeito permanente com capacidade para apenas um item de porte mediano (como uma espada) ou dois de porte pequeno (como adagas gêmeas).| Comprado no Pandevie Magie]

Rubi Imperial – Adiciona 40 de dano à arma.

A arma comum/mágica pode ter até três efeitos, por ser uma espada, quero que dois desses efeitos venham das poções acima, e que o item se transforme em um pingente pequeno com formato de meia lua. A gema escolhida e as poções, estão na minha mochila, por favor encaixar a gema na espada. Pagarei pelos materiais utilizados na espada.
Material: Oricalco
Observações: xxx

Como você me deu a maioria dos materiais, valerá 3 mil dracmas todo o processo.



Alex Nikolaev
☾★I'd prefer machines rather than humans! ★☽
avatar
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte

Mensagens : 338

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Sab Dez 02, 2017 12:10 am




-It’s a new dawn, it’s a new day for meeeee! And I’m feeling gooooood!

Adentrei as forjas deslizando no chão e cantando alto, aproveitando a privacidade que o local me oferecia. Sim, eu estava animada! Desde a abertura da forja ao público, os pedidos apareciam cada vez mais. Pela primeira vez eu faria uma espada para alguém! E ao que parecia a garota não era qualquer pessoa, era uma figura importante para os gregos. Depois de me servir com achocolatado em uma caneca do Darth Vaider, aproximei do painel onde eu deixava todos os rascunhos de meus projetos.

-Uma espada, combinar as poções e aplicar uma pedra de poder. Acho que termino antes do meio dia!


Dando grandes goladas e depois fazendo uma breve careta por ter queimado um pouco a língua, segui em direção a fornalha para poder acendê-la e deixar esquentar. Enquanto isso, fui separar o material e ajustar as mesas para o trabalho que faria. O metal de base para a forja era um dos mais raros não pela sua falta de quantidade no mundo, mas sim pela raridade em ser escolhido para uma arma. O oricalco vinha diretamente do fundo do mar, mais especificamente, da própria Atlantida! Ao menos, era o que diziam os rumores sobre a origem daquele metal. Conhecendo o mundo como era agora, eu não duvidava nada.

Material separado. Fornalha quente e na temperatura ideal. O próximo passo seria buscar os itens de proteção para forjar. Luvas. Avental. Calçados confortáveis – talvez o mais importante! – e óculos transparentes para proteção. Feito isso, coloquei o metal dentro do caldeirão e o levei para a fornalha, ajustando um cronômetro para marcar o tempo. Não poderia perder o ponto e deixar que o metal estragasse por permanecer em alta temperatura tempo demais.

Posteriormente, retirei as luvas e sentei no chão no meio da forja. Inspirei fundo para alcançar um certo grau de concentração e fechei os olhos. Nós, filhos do grande ferreiro divino, tínhamos acesso a um vasto campo de possibilidades: o cemitério de armas. Poucos segundos depois, minha mente foi levada a um local cheio de itens jogados foras, que variavam de todas as formas e funcionalidades. Autômatos. Armas quebradas, arruinadas ou simplesmente descartadas. Armaduras. Itens sem nem ter como descrevê-los de tão esquisitos que eram. Vaguei por um tempo, permitindo que minha mente transitasse por entre os montes procurando por algo que se encaixasse nas proporções que a semideusa grega queria. Demorou um tempo até encontrar uma espada de tamanho médio, a lâmina cega e um tanto enferrujada. A segurei pelo cabo e lutei para puxá-la para fora do que parecia uma televisão do futuro, como se o próprio rei Arthur tivesse fincado aquela arma no aparelho e dito que ninguém além do grande merecedor do controle remoto poderia retirar aquela arma. Quando finalmente consegui puxá-la, meu corpo foi para trás perdendo o equilíbrio, me fazendo despertar ao mesmo tempo em que a espada era invocada para o meu plano físico. Abri as pernas e por uma diferença de microssegundos, a espada cravou no chão e não na minha coxa.

-Quem disse que esse não é um trabalho de altos riscos?

Levantei com cuidado, pegando a espada um pouco depois para finalmente ir para a mesa. Usei da minha força superior para poder deslocar a lâmina – usando luvas de proteção, mesmo o gume estando cego – da empunhadura. Era aquela parte que eu queria, afinal de contas. Ao invés de produzir um cabo para a espada, eu apenas reutilizaria aquele. Porém, antes que pudesse fazer alguma coisa, o cronômetro apitou anunciando que o tempo havia acabado. Aproximei do caldeirão olhando para o seu conteúdo, vendo o metal borbulhando de leve em seu estado líquido. Se eu coloquei as luvas, peguei no metal super quente e levei um líquido fervendo até uma mesa para colocar no molde da espada? Obvio... que não. Usei de uma habilidade recém aprimorada, o de controle de metais. Fiz com que o caldeirão levitasse a ajeitei o molde sobre a mesa, derramando o conteúdo com extremo cuidado, chegando a franzir o cenho em uma expressão que demonstrava a minha concentração.

Depois de despejar o líquido sobre o molde, levei o caldeirão para uma pia própria para limpeza de material. Só então retornei para a empunhadura. O trabalho agora seria o de reconstruir o cabo da espada enquanto esperava o metal esfriar ganhando a forma que eu almejava. Sentada sobre um banquinho cantarolando vez ou outra, comecei a limpar, polir e a reforçar o metal frágil, o tornando novo novamente. Era como lapidar a pedra uma última vez antes dela se tornar perfeita. As vezes usava do controle de metal para fazer um pequeno ajuste ou outro, coisa que demoraria muito tempo para conseguir em um processo mais manual e puramente técnico. No fim, o cabo da espada estava perfeitamente como a grega tinha solicitado.

Parte B terminada, era hora de voltar para a parte A e finalizá-la. Quando retornei para o molde onde o metal esfriava, ele já estava pronto para poder começar a ser amassado, reforçado e reformado. Fiz com que o metal levitasse e fosse para a fornalha, mergulhando o que viria a ser a lâmina em meio as brasas. Estalei os dedos, fazendo uso do meu controle de fogo para que chamas crescessem intensas. Assim, o metal esquentou mais rápido do que o normal, tornando-se vermelho vibrante. O levitei mais uma vez, o levando em direção a bigorna enquanto retirava o meu martelo depois de vestir minhas luvas de proteção. Uma das vantagens de forjar sendo filha de um ferreiro divino, era de que eu não precisava de um bando de músculos para ser realmente forte. Assim que eu desci o braço em um movimento preciso, o metal respondeu proporcionalmente a força empregada. Depois de algumas marteladas sobre o oricalco, coloquei o item dentro de uma bacia de água para que esfriasse mais uma vez antes de jogá-lo nas brasas e fazer as chamas dançarem sobre o carvão. O processo se repetiu alternando apenas no quesito de mergulhar o metal quente na água. Aquele era um procedimento necessário em qualquer forja, para que a forma ganhasse firmeza e durabilidade.

Terminado de dar a forma de uma espada, como a caçadora havia solicitado, era o momento de ornamentar, polir e acrescentar os detalhes. Uma arma não precisava ser bonita para ser funcional, mas não custava nada ela ter singularidades, certo? Talvez essa fosse uma das partes que eu mais gostava, de me debruçar sobre o metal para deixa-lo ainda mais belo e charmoso, sem perder a sua letalidade. Poli o oricalco para tirar as falhas, afiei o fio de corte com esmero e logo estava marcando a lâmina com os desenhos que Emmanuelle tinha pedido. Depois foi apenas juntar o cabo e a espada em um perfeito casamento. Eu vus declarava, empunhadura e lâmina. Que vivessem felizes para sempre sem nunca se separarem, ou poderiam provocar a morte de alguém.

Estiquei os braços para cima, sentindo os músculos doloridos como se choramingassem por terem passado tanto tempo em uma única posição depois de tantos movimentos repetitivos. Porém, estava chegando no final de minha criação. Depositei a espada sobre um amparador que sustentava a ponta de sua lâmina e o cabo. Posteriormente, fui até o armário para pegar as poções que a tenente tinha deixado. Primeiro usei a poção de luz, a derramando sobre a lâmina para que a espada absorvesse o seu efeito. Foi algo bonito de se ver, pois era como se a poção se infiltrasse no metal e criasse raízes, se espalhando em um sutil brilho até desaparecer. O mesmo aconteceu quando apliquei a poção de vento, porém com a sutil diferença de cor, essa era mais delicada e esbranquiçada.

O ultimo detalhe era o rubi imperial. Uma pedra que continha um poder extremamente útil para deixar um item bélico ainda mais perigoso. Rezava a lenda que aquela bonita pedra deixava a arma ainda mais poderosa, retirando mais danos do que uma versão comum do equipamento. Coloquei a pedra na empunhadura, ela se ajustou perfeitamente como em um passo de mágica. Até que ponto isso poderia ser literal? Bem, não importava, pois funcionava!

-Ok, agora o almoço antes de voltar para o próximo pedido!

(...)

Depois de devorar dois pratos cheios de macarronada – era de molho branco, eu adoro molho branco, não me culpem pela gulodice! – eu estava mais uma vez em minha forja. O segundo pedido era simples, mas não menos empolgante. Uma braçadeira feita especialmente para uma arqueira grega, filha de Apolo.

Retirei os planos da espada para substituir pelo do novo equipamento a ser criado. Separei o couro mágico, comprado em uma das lojas de moda em Nova Roma, e o último pedaço de vibranium que tinha. Metade dele tinha sido usado para criar lâminas ocultas para uma romana, em um projeto passado.

Primeiro peguei um pedaço fino de giz para fazer o traçado de corte no couro. Era como um pequeno mapa de onde deveria cortar e perfurar. Sim, era o trabalho de costura! Depois, peguei uma tesoura para recortar no local indicado, fazer os furos e passar os fios que seriam usados para prender a braçadeira ao antebraço. Essa parte foi realmente uma das mais fáceis do dia!

O mais complicado era o metal. O vibranium era uma das matérias primas mais cobiçadas e caras que existiam. Sua propriedade de defesa não era apenas fama, era real. O que tornava difícil de lidar com o metal... se você não fosse prole de Vulcano ou Hefesto para os gregos. Com o pedaço de vibranium depositado sobre a mesa, desenhei com um piloto o local onde ele precisaria ser cortado e arejado. Depois? Tive de usar de toda a minha força para conseguir quebrar, cortar, tirar fora e todos os adjetivos que possam ser usados como sinônimos nesse momento, para poder dar a forma que a cliente desejava.

Finalmente pronto, joguei-me sobre a cadeira e selecionei a caneta Blood Magic, um item que tinha como tinta o sangue alheio. Dessa vez, estava preenchido com o líquido avermelhado da própria semideusa, pois o que ela desejava exigia um conteúdo ligado a arquearia. Então nada melhor do que usar o sangue divino de alguém vinculado ao próprio deus patrono desse esporte e estilo de luta. Para retirar o sangue da semideusa, tinha usado de uma faca e segurado o riso quando ela começou a fazer pequenas caretas de dor. Era o ritual para que o poder contido no gene divino fosse explorado através da magia. Compreensível e lógico? Não, mas o que poderia ser feito se funcionava?

Na parte interna do metal, desenhei a runa Fehu. Frannie, a minha segunda cliente do dia, desejava se tornar uma arqueira ainda melhor ao usar aquela braçadeira. Seu dano e sua precisão quando trajando o meu item, se tornariam ainda maiores. Por isso, nada melhor do que começar com a runa que atraia sucesso, assim, aumentava as chances e a precisão de seus tiros. Depois veio a runa Raidho, a palavra de poder que representava união. Eu queria vincular não apenas o metal ao couro mágico, mas também a dona e ao objetivo. A runa Algiz veio logo em seguida, significando energização mais intensa. Era um tanto autoexplicativo o uso dessa palavra, já que o objetivo era potencializar algo que a semideusa já possuía.

Terminada essa parte, eu respirei fundo e tentei clarear a minha mente para poder elevar o meu nível de concentração. Era necessário selar as palavras de poder com a energia mágica, ou elas não seriam nada mais do que runas bem desenhadas e estilosas. Deixei que meu poder fluísse e fosse guiado para minhas mãos e, de minhas palmas, para o item. O processo foi demorado, pois selei palavra por palavra, dando a devida atenção e energia para cada uma. Depois, mesmo que um tanto arfante, foi apenas acoplar o metal sobre a parte superior da braçadeira.

Eu poderia ser uma feiticeira, ou melhor, Lexi era ainda melhor com aquilo de bruxaria. Mas, havia algo que filhos do grande ferreiro faziam muito bem e que poucos conseguiam explicar: como transformar um item daquele tamanho em um pequeno acessório. Bastou que eu quisesse que isso acontecesse e empurrasse esse desejo para o item. Era quase o mesmo como o de gerar fogo a partir do nada. Ou controlar raios e ventos apenas porque forçou sua vontade sobre a natureza ao redor. Aquela braçadeira iria se tornar um anel, e, para tanto, martelei de leve sobre o item até que ela foi diminuindo e tomando a forma que eu desejava.

No fim, bastou fazer a arte sobre o metal. Novamente, essa era a parte que eu amava me debruçar e deixar um item que eu criava bonito e elegante. Marcar metal era extremamente fácil quando você tinha uma força maior do que o normal. Ok, exigia um pouco mais de paciência e autocontrole, fora realmente complicado no início. Mas agora? Havia se tornado natural.

Em um dia tinha criado dois itens com sucesso. Ao menos, esperava que as minhas clientes pensassem a mesma coisa!






Solicito o dado lendário/épico para os dois itens criados


Item da Emmanuelle

• Durendal [Uma espada de 90 cm de cumprimento, tendo 75cm de lâmina. É uma arma que pode ser usada com duas mãos ou apenas uma, possuindo os dois gumes bastante afiados. Graças a poção de luz, a lâmina irradia um brilho sutil e delicado | Efeito mecânico: a espada se transforma em um pingente no formato de meia-lua | Efeito 1: graças a poção de luz, a espada provoca 30% de dano a mais contra criaturas das sombras/trevas. | Efeito 2: a espada absorveu a poção de vento, ganhando 50% de imunidade ao elemento e possuindo pequenas chances de repelir o elemento durante a defesa.  Também deixou o item levemente invisível, o vento ao redor impede que a lâmina seja detectada por completo, ou seja, fica difícil dizer que arma ela realmente é | Bônus de forja: +25% de resistência; +20% de força; +15% de dano | Oricalco | Alfa | Gema: Rubi Imperial (+40 de dano) | Status 100%, sem danos | Mágico | Forjado e encantado por Nikolaev ]

Instruções:
Retirar as poções da mochila de Emmanuelle
Descontar 5.000 dracmas dela e acrescentar em minha conta (o valor aumentou apenas porque o item caiu lendário)


Item da Frannie

• Acher Bracer [Uma braçadeira que cobre todo o antebraço do portador. Feito de couro mágico, o item se adapta perfeitamente ao usuário assim que toma sua forma completa. O metal sobre a parte superior da braçadeira é de vibranium, um item que confere uma excelente defesa caso seja usado para tal | Efeito mecânico: transforma-se em um anel, retornando em até dois turnos para a portadora caso seja perdido | Efeito 1: Graças as runas mágicas seladas com sangue de prole de Apolo, o usuário dessa braçadeira ganha um bônus de dano baseado no material do projétil. Ou seja, se o projétil (seta, flecha, bala etc) é de aço, será acrescentado um bônus de dano baseado no aço | Efeito 2: +50% de precisão em armamentos baseados em tiros, como arcos, bestas e armas de fogo | Bônus do couro mágico: Se ajusta perfeitamente ao braço do usuário; +30% de resistência | Bônus de forja: +25% de resistência; +20% de força; +15% de dano| Couro mágico e Vibranium | Super alfa | Espaço para uma gema | Status 100%, sem danos | Mágico | Forjado e encantado por Nikolaev ]


Instruções
Descontar 10.000 dracmas da conta de Frannie e acrescentar a minha ficha.

Habilidades Usadas (Passivas):

Nível 14
Nome do poder: Forjador III
Descrição: Agora você entende de mecanismos complexos e avançados, podendo fabrica-los com uma facilidade e maestria inexistente em qualquer outro semideus. Suas armas são mais fortes do que as armas de qualquer outro forjador, e agora que entende isso, você simplesmente se torna o destaque do momento.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +25% de resistência e +20% de força em armas fabricadas pelo semideus. Além disso, as gemas nas mãos dos filhos de Hefesto não precisam ser reforjadas, ele encaixa sem precisar modelar a arma, e a deixa tão perfeita quanto. É algo extremamente natural. (Armas Betas podem virar alfas, mas nunca alfa prime, o status da arma (Alfa, beta, ou sigma, sempre subira um nível acima do atual, não mais que um).
Dano: +15% de dano as armas fabricadas pelo semideus de Vulcano/Hefesto.

Nome do poder: Projetos
Descrição: Você é capaz de entender e fazer desenhos técnicos voltados a projetos de engenharia, e possivelmente recriar tais projetos os fazendo tornar-se reais. Isso significa que com um projeto em mãos, você consegue desenvolve-lo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 9
Nome do poder: Sensibilidade Mecânica
Descrição: O filho de Hefesto/Vulcano  pode detectar falhas em minérios de metal e identificar o tipo de maquinaria e uso por toque.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Sempre saberá o que está errado e como concertar
Dano: Nenhum

Nome do poder: Reparos Rápidos
Descrição: Filhos de Hefesto/Vulcano conseguem consertar aparatos mecânicos rapidamente, gastando metade do tempo que uma pessoa comum levaria para tal.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Conseguem concertar qualquer coisa em apenas dois turnos.
Dano: Nenhum

Nível 25
Nome do poder: Detalhistas
Descrição: Meus filhos são acostumados a lidar com engenhocas e peças, reparando em pequenos detalhes, por isso é mais difícil esconder algo deles - são observadores atentos. Isso permite que encontrem coisas com mais facilidade, descubram segredos, e coisas ocultas – como o Bunker na floresta quando Leo Valdez seguiu a trilha deixada pelo dragão – esconderijos, e outras coisas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Ganham vantagem em encontrar pistas, e achar rastros.
Dano: Nenhum
Habilidades usadas (Ativas):
Nível 26
Nome do poder: Cemitério de Armas II
Descrição: Hefesto/Vulcano, tem cemitérios de armamentos velhos, armas, e pedaços de metais espalhados pelo mundo, restos de invenções, autômatos estragados e outras coisas poderão ser vistos nesse cemitério. O filho de Hefesto/Vulcano, poderá ter acesso a esse cemitério sempre que desejar, podendo puxar para o campo (invocar), algo que deseje.  Agora que entendeu o poder, já consegue convocar algo que deseje, porém, ainda só consegue trazer coisas pequenas e medias para o campo, como espadas curtas, adagas, pedaços de metal de até 60 centímetros, autômatos e robôs pequenos (tamanho de um braço, no máximo), entre outras coisas semelhantes. Lembrando que, isso é um cemitério, e as coisas jogadas nele geralmente são defeituosas, estragadas, enferrujadas, podendo inclusive estarem amaldiçoadas.
Gasto de Mp: - 40 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Nenhum

Nível 25
Nome do poder: Magnetismo III
Descrição: É a habilidade que permite aos filhos de Hefesto/Vulcano, controlarem o magnetismo. Agora já consegue manipular metais pesados, de porte grande, podendo desvia-los e manipula-los da maneira que bem entender.
Gasto de Mp: 40 MP por turno ativo
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: Funciona com objetos de porte médio, máximo de 150 kg. O dano será a critério do narrador, e da forma com que o poder foi utilizado.

Nível 12
Nome do poder: Controle do Fogo II
Descrição: Agora já consegue manipular uma quantidade maior de fogo, também aprendeu a desviar as chamas, podendo fazer com que elas queimem algo próximo a si especificamente, ao seu desejo, mas não pode retira-las do lugar. Por exemplo, pode atrair parte das chamas e move-las mais para frente da tocha, se alguém estiver perto das chamas, seria queimado por ela, podendo inclusive, aumenta-las de forma gradativa – não muito – para conseguir êxito em sua tarefa, mas não consegue fazer muito mais que isso. (Só funciona com fogo comum, o fogo magico, ou infernal não pode ser controlado por você).
Gasto de Mp: -25 MP
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum
Extra: O dano é dado conforme o uso do player em relação ao poder, a critério do narrador e da forma com que foi utilizada.
Runas:
Fehu
Posição normal: Atrai Sucesso (dura 3 turnos desde o momento de sua ativação, tem 15% de chances de funcionar).


Raidho
Posição normal: Causa união, geralmente aplicada a grupos de pessoas (dura 3 turnos desde o momento de sua ativação).

Algiz
Posição normal: Tal Runa é ideal para provocar energização mais intensa, fazendo com que sua próxima runa criada dure dois turnos a mais. Entretanto irá perder 20 hp.
Itens:
Couro Mágico [ Couro mágico, confeccionado a mão pela deusa Athena e vendido e distribuído pelo deus Hermes, ótimo para criação de itens e disfarces mágicos. | Efeito 1: O couro é elástico e se ajusta perfeitamente ao corpo de um usuário, independente do seu tamanho, de forma que, ao transformar esse tecido em roupas, ele sempre se ajustara perfeitamente ao seu portador. Efeito 2: É um tecido resistente que permite moldar e combinar objetos a seu tecido, de forma que possibilite e facilite na criação de disfarces. Efeito 3: Ganha +30% de resistência ao ganhar propriedades magicas ou efeitos. | Couro mágico | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Comprado na Ferreli & García - Mode et style]

Blood Magic [Uma caneta aparentemente comum, porém de aparência elegante. Porém essa caneta não funciona com tinta normal, mas apenas com sangue. Para encher o tubo, é preciso encostar a ponta da caneta em um pequeno machucado ou qualquer fonte do sangue a ser usado. Sua grafia varia de acordo com o desejo do dono, podendo ser mais forte e assim usando mais da tinta sangrenta, ou mais fina e delicada. Feita basicamente de arambarium - metal que conduz magia com mais facilidade – e ouro compondo todos os detalhes. | Efeito: Ela tem o efeito de sempre retornar ao dono depois de algum tempo. Foi encantada para criar runas mais duradouras, e com uma intensidade 10% maior do que de uma runa original, além disso, a caneta diminui o gasto de MP em 50%, e da choques em qualquer um que tentar rouba-la. A caneta possui sangue suficiente para a criação de até 10 runas, depois disso precisa ser recarregada novamente. | Arambarium e Ouro | Resistência: Beta | Status: 100%, sem danos | Mágica | Comprado no Pandevie Magie]
Material usado:

Oricalco (700 dracmas) [comprado e usado todo o material]
Descrição: metal que é bastante utilizado em Atlântida, reino de Poseidon/Netuno. É considerado muito valioso, depois apenas do ouro. Não se sabe ao certo a composição desse material, mas trata-se de um metal dourado que emite certo brilho esverdeado. Tem a característica singular de exalar o cheiro de maresia. Poderes relativos a água são potencializados em 10%.
Resistência: Beta (alta), mas quando rodeadas pelo mar, rio, lagoas etc se torna Alfa (perfeita).
Uso: 1 forja.
Dano base em humanos: 10
Dano base em semideuses: 15
Dano base em monstros: 30 (5x mais de dano em monstros marinhos)

Vibranium (5000 dracmas) [Usado o restante que tinha de uma forja]
Descrição: metal conhecido por sua defesa perfeita, absorve 100% do impacto, assim, quando qualquer golpe atinge esse metal, nenhum dano será sofrido (golpes de energia, mágicos e o impacto do golpe ainda afetam o semideus).
Resistência: Super Alfa (único item que decrescem em 5 em 5).
Uso: 1 forja
Dano base em humanos: 45 (+15 de sangramento por turno, podendo ser adicionado mais dano, pois a arma absorve substancias e impactos)
Dano base em semideuses: 45 (+15 de sangramento por turno, podendo ser adicionado mais dano, pois a arma absorve substancias e impactos)
Dano base em monstros: 45 (+15 de sangramento por turno, podendo ser adicionado mais dano, pois a arma absorve substancias e impactos)





Última edição por Alexandra Nikolaev em Ter Dez 05, 2017 6:33 pm, editado 2 vez(es)


Alex Nikolaev
☾★I'd prefer machines rather than humans! ★☽
avatar
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte

Mensagens : 338

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Hades em Dom Dez 03, 2017 9:24 pm

Permissão para rolar dados concedidas.
A avaliação será dada depois que os dados forem lançados.


Ἅιδης
avatar
Hades
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 809
Localização : Importa? A morte ainda será capaz de te achar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Dom Dez 03, 2017 10:47 pm

Lançando os dados referente a Espada Durendal


Alex Nikolaev
☾★I'd prefer machines rather than humans! ★☽
avatar
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte

Mensagens : 338

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Athena em Dom Dez 03, 2017 10:47 pm

O membro 'Alexandra Nikolaev' realizou a seguinte ação: Lançar dados


#1 'Forja' : 8

--------------------------------

#2 'Forja' : 10


Palas Athena...
Sometimes the power must bow to wisdom. You can be strong, may have power, but if you are wise, you are all well. And more than that, yes you can defeat them. Once warned that to save the world destruiri you-your friends, maybe I was wrong.
avatar
Athena
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 11004
Idade : 23
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Alexandra Nikolaev em Dom Dez 03, 2017 10:49 pm

Lançando os dados referentes ao Archer Bracer


Alex Nikolaev
☾★I'd prefer machines rather than humans! ★☽
avatar
Alexandra Nikolaev
IV Coorte
IV Coorte

Mensagens : 338

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: BxB

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 19 Anterior  1, 2, 3 ... 10 ... 19  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum