The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Promoção de Aniversário (CCFY) Sienna Evie Rockënbach

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Promoção de Aniversário (CCFY) Sienna Evie Rockënbach

Mensagem por Sienna Evie Rockënbach em Dom Jun 11, 2017 8:33 pm

trust us little bird
for the lives we waste
Entre os campos de flores na pequena cidade localizada no sudeste da grande Inglaterra  nascera uma pequena e peculiar inglesa ao som de Ordinary World, tendo como destaque da canção os gritos estridentes- xingos aleatórios- de dor de sua mãe, prole de Nyx. Não, nos não estamos na era medieval, existem hospitais e técnicas avançadas para partos, porém, seu pai; prole de Apolo, por ser muito ligado a arte resolvera registrar tal nascimento em um quadro -com tintas  a óleo e flores reais- enquanto sua mulher urrava modos como o mataria depois que terminasse de dar a luz a pequena Sienna de madeixas morenas e pele alva.

O nome Sienna foi escolhido por ser a cor favorita das tintas de seu pai- adulto providos dos melhores  conhecimentos da arte atual- ele a dizia que aquela tinta era essencial para a harmonia de um quadro e era isso que ela representava para a vida alheia.

De certa parte, aquela vida ilusória parecia ser despida de certos encantos, crescera entre conflitos e brigas de seus pais; como dizia na musica de Duran Duran, "There's an ordinary world, somehow I have to find", aquela era a realidade do mundo qual a jovem de 14 anos temia encontrar.

[...]

Os quadros de seu pai sempre foram pontos chave para os pensamentos de Sienna, eram complexos e ricos em detalhes, de todos o que mais a chamava atenção; eram os que traçavam o rosto nítido de sua  progenitora. Nunca entendera como aquele homem de tamanha alegria e simpatia se apaixonara por uma mulher tão carrancuda e monótona; ele a dizia  que eram dois amores de almas distintas, porém abençoadas pelo os deuses.

-O que tanto olha minha filha? - Perguntou o adulto de 32 anos com o ombro apoiado sobre o batente da porta expondo um sorriso duvidoso, percebendo o olhar de admiração de sua pequenina a suas obras. Ele sabia, sim, ele sabia que ela seguiria  seus passos, sabia também que a morena era propensa a pegar o lado obscuro de sua mulher.

-São tão bonitas papai, eu queria pintar assim.. -Proferiu em quase um sussurro, passando os dedos sobre a moldura de madeira que envolvia uma de suas melhores pinturas.- O que significa? -Retornou a falar sem tirar os olhos da peça.

O homem se aproximou e fitou sua obra relembrando do dia qual pintara soltando um breve suspiro, adentrando com sua mão nos bolsos de sua calça. -O nascimento de um legado.. -Não foi preciso dizer muito, era como se a criança de seis anos entendesse o que falava, o real significado de ser um legado de um semideus, o conflito entre habilidades, e conhecimentos.

[...]

Sienna sabia  que estava morrendo, era quase inevitável tal acontecimento. Sentia  como se a sua vida esvaísse  junto com todo aquele sangue que escorriam de sua coxa entre seus dedos trêmulos. Arriscava-se a  dar passos arrastados com a tentativa de fugir, e intercalava com o olhar sobre a monstruosidade que a atacara. Apesar do cansaço e a fadiga do corpo, ela não desistia, não iria morrer sobre os braços da peste negra de três cabeças.

-Não Sienna, vamos dar uma volta pelas as ruas as três da manhã, não Sienna, você não vai atrair um maldito cachorro de três cabeças e morrer!!- Proferiu ironicamente em quase um sussurro. A rua estava deserta, seus olhos seguiam ao todo dela pensando em um meio de pedir ajuda. Porém sua boca entreaberta só emitia um chiado rouco quase inútil.  Seria ela, apenas ela nessa batalha.

Por fim cessou os passos, respirou fundo o bastante para todo o ar entrasse em seus pulmões e saísse com suavidade. A peste negra estava em posição de ataque, suas garras enfincavam-se ao chão preparando o impulso para uma corrida, droga, a morte estava com a mão em seus ombros, já preparando para leva-la. Se fosse possível pedir uma musica para tal cena, com certeza Evie pedira Hurt do Johnny Cash, drama é o seu forte.

Ao invés de treina-la  seu pai preferiu que a mesma seguisse com sua vida normal de uma adolescente, porém sua mãe não aceitava ver sua criação sem honrar seu legado, a treinou diariamente dos seus 12 anos até sua idade atual, Sienna apenas precisava se lembrar de como usar aquilo que os deuses a proporcionou para acabar com tal monstro.

"Você é um legado, neta  de Nyx e Apolo, faça o seu melhor minha filha..." O sussurro da voz familiar  entrou pelo os seus ouvidos; surgindo uma sensação desconfortável em seu estomago, como se suas estranhas se contorcessem a saliva espessa. Era como se seu corpo tivesse se recuperado, e sua energia tivesse voltado a tona.

Caros leitores, o que ocorreu ali após o choque de realidade dado a Sienna, não devia ser nem comentado. A garota de 1,68 ganhou o instinto animal, seus olhos ficaram tão negros quanto suas madeixas, era possível ver a adrenalina percorrer pelas as suas  veias enquanto se mesclava pelas sombras.

[...]

Sienna era quase imperceptível em seus  movimentos, após  técnicas usadas para deixa-lo desnorteado com sua rapidez e fugacidade o cachorro se mantinha no centro da rua, agora cansado, porém, pronto para ataca-la.

A garota não sabia o que fazer, não tinha armas, apenas  a noções dos treinos dados por sua mãe. E foi ali  que digamos que um milagre aconteceu, das  sombra mais  profundas em sua volta sairá a fina imagem de sua progenitora, em suas mãos trazia  com ela um arco e flechas de ouro. Foi como se um peso saísse de suas costas e que por fim ela pudesse respirar.

-Termine logo com isso Sienna, estou orgulhosa de você. -Sussurrou deixando sobre as mãos da Rockënbach o objeto e se manteve ali, ao lado da garota, apenas esperando o fim da luta para leva-la para casa. Assim foi feito traçou a flecha sobre o arco, Sienna se lembrara de seus treinamentos e como conseguia acertar um alvo com uma flecha  tão bem quanto sua mãe. E foi através das  sombras ao lado da semideusa qual idolatrava que acertou a fera com três flechas a cada cabeça, matando-a sem dó.





~

avatar
Sienna Evie Rockënbach
Sem grupo
Sem grupo

Mensagens : 4
Data de inscrição : 22/04/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Promoção de Aniversário (CCFY) Sienna Evie Rockënbach

Mensagem por Quione em Seg Jun 12, 2017 7:57 pm

Recusada.

Uma narrativa vaga, com muitos aspectos deixando a desejar, muitos furos na história da personagem já que algumas coisas não ficam claro. Como, por exemplo, como sua mãe te treinou? Como seu pai lidou com o fato de que a mulher queria te treinar? Isso te afetou de alguma maneira? Há muitas lacunas e eu gostaria que você as completasse o máximo possível, sim?

500XP - 500 dracmas



xιόνη
winter
is coming
avatar
Quione
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 481
Data de inscrição : 12/07/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum