The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Aula Fixa III - Pericia com Arcos

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Aula Fixa III - Pericia com Arcos  - Página 3 Empty Re: Aula Fixa III - Pericia com Arcos

Mensagem por Tobi Klotz em Ter Abr 02, 2019 1:37 pm

arquearia
aula fixa 3
Posso começar? — April perguntou assim que a instrutora findou a explicação sobre a aula, tendo apresentado a sala de simulação onde o desafio seria realizado.

Com resposta afirmativa, a legionária deu forma a Fura Olhos e se posicionou no meio do espaço pré determinado, fechando os olhos por um instante antes de começar. Concentrou-se em sua audição, esperando que o cenário se transformasse ao seu redor e os inimigos aparecessem. Por sorte, eles não vieram simultaneamente, ou então seria complicado demais.

O primeiro trio avançou pela frente da semideusa, extremamente barulhento. Ao abrir os olhos, ela retraiu uma flecha de ouro imperial da aljava e engrenou no cordel, esticando-o ao máximo. Pela perícia já desenvolvida, bastou pisar o pé esquerdo para frente e esboçar a mira, para então efetuar o tiro. O projétil se alojou no peito do espartano mais à esquerda que, vítima uma segunda flechada, foi reduzido a pixels que se desmaterializaram.

A dupla restante persistiu na investida, percorrendo os metros que os separavam de April em questão de segundos. Ela, por sua vez, ajoelhou-se quando rearmou o arco e, prendendo a respiração por exatos três segundos, viu o segundo guerreiro espartano desaparecer ao atingir uma flecha em sua testa pixelizada.

No entanto, faltou tempo para atirar contra o último inimigo que, munido de uma espada, arriscou um ataque. Puramente por reflexos, a romana descreveu uma cambalhota na diagonal direita, recebendo um corte superficial na lateral da coxa canhota. Reerguendo-se, aproveitou-se da pouca distância para atacar com o arco metálico, atingindo-o nas panturrilhas do guerreiro.

Ele caiu, inevitavelmente, e April usou uma flecha para finalizá-lo, enfiando-a em seu inexistente coração. Ciente de que ainda haviam outros sete inimigos, ela deu um giro para se levantar e engatou o projétil ao cordel, esticando-o sem levantar o arco.

Moveu-se lenta e cautelosamente, rolando os olhos pelo cenário natural semelhante a uma clareira no por do sol. Atentou-se, mais uma vez, à audição, e conseguiu prever a revelação de outro guerreiro espartano através do farfalhar de um arbusto. Direcionou, então, sua flecha àquele ponto, sendo agraciada em seguida pelos pixels azulados que flutuaram até desaparecer, o que significava a morte do oponente.

O rabo de cavalo frouxo já ameaçava a se desfazer, em virtude dos movimentos bruscos realizados e, obviamente, a um elástico de cabelo bem gasto. Os menores fios que escapavam do penteado improvisado da ex amazona, por outro lado, já estavam grudados às suas têmporas e testa, mas estavam longe de atrapalhá-la.

Não foi preciso perscrutar o cenário outra vez para visualizar mais guerreiros, porque eles se anunciaram aos berros. Um deles arremessou sua lança contra April, o que a fez gingar para o lado e perder alguns segundos para preparar o arco outra vez. Além disso, ao disparar, o guerreiro alvo se jogou para o lado e a flecha o atingiu na parte superior do joelho. Assim, mesmo seguindo vivo, ele tinha a mobilidade bem afetada.

E por isso Deapryth investiu contra o outro. Ela se deslocou lateralmente, soerguendo Fura Olhos ao muni-lo mais uma vez. A flecha de ferro estígio, quando lançada, descreveu uma parábola no ar e, com beleza, cravou-se no ombro esquerdo do espartano, fazendo-o gritar e trocar a espada de mão. Isso permitiu que a moça atirasse mais uma vez, agora atingindo o rosto do inimigo e, por consequência, matando-o.

Ofegante, ela tentava controlar a respiração ao se aproximar do guerreiro cujo joelho fora danificado. A ferocidade dele, no entanto, era surpreendente, e ela precisou disparar duas vezes para enfim destruí-lo. Com isso, conseguiu respirar melhor e aclarar a mente antes de erguer o arco preparado novamente.

Entretanto, uma queimação em seu flanco esquerdo a fez afrouxar o cordel e enviar a flecha para algum ponto aleatório. Dita queimação foi seguida por uma dor lancinante, que promoveu um grito gutural por parte da semideusa. Ela, ao virar o rosto, encontrou mais um guerreiro espartano, o qual, com sua espada velha e gasta, a feriu.

Movida por um sentimento de fúria, ela desceu o cotovelo contra o rosto do adversário, desestabilizando-o, e em seguida encetou uma série de "marretadas" com Fura Olhos, deliberando uma gritaria enlouquecida até se ver sozinha mais uma vez, a fumaça de pixel se desfazendo em seu rosto. Daí, ergueu-se em meio a gemidos, preferindo não olhar para o ferimento que, mesmo simulatório, doía. Porém, pela vitória, já se sentia mais disposta e, pela raiva e pela adrenalina, com bastante vontade de terminar aquilo logo.

Os últimos três guerreiros surgiram juntos, mas um em cada ponto da clareira, formando uma espécie de triângulo ao redor de April. Ela não tardou a armar o arco, disparando rapidamente contra um dos inimigos, que sucumbiu à primeira flechada em seu pescoço.

A disposição física herdada de Victoria somada à experiência ganha ao longo dos poucos anos na Duodécima Legião transformaram Deapryth em uma ótima guerreira. Ela gingou para o lado quando virou-se para o espartano à esquerda, engrenou uma das últimas flechas de ouro imperial no cordel e o estirou ao máximo. Tendo o olho esquerdo alinhado ao projétil, acompanhou a movimentação em zigue-zague do oponente e disparou, obstruindo seu avanço com a flechada na barriga.

Atenta ao exterior, jogou-se para o lado esquerdo e rolou duas vezes, reerguendo-se no momento em que retraiu outra flecha de ferro estígio da aljava. Ao engatá-la à corda de Fura Olhos, tensionou-a ao máximo e esperou adquirir a mira precisa do nariz do guerreiro que ainda estava ileso. Um suspiro acompanhou a movimentação da seta que, deslizando pelo ar, surpreendeu o humano pixelado, reduzindo-o a pequenos fragmentos azuis.

Agora só falta você. — ela dirigiu, arfante, a palavra ao guerreiro remanescente. Este, que avançava com dificuldade graças a flecha cravada em sua barriga, não hesitou. Afinal de contas, ele fora programado para isso.

Aprilla agarrou o arco com ambas as mãos em uma de suas extremidades e encaminhou-se em direção ao homem. Quando próxima, acelerou as passadas, girando de leve o tronco para ganhar impulso com a arma, e golpeou, com a maior força que pudera reunir, a lateral esquerda da cabeça oca.

O cenário, então, se desfez completamente, e a legionária se viu mais uma vez na sala de projeção. Aliviada, ela caiu de joelhos, tendo a respiração super descompassada e o coração quase escapando pela boca.

FPA:

itens:
• Bridge [Piercing mediano com duas bolinhas nas pontas, é feito de aço que foi purificado por uma vestal. É aplicado no fim do nariz (entre os olhos). | Efeito 1: Aumenta em 30% a mira do usuário | Efeito 2: Não enferruja, infecciona ou causa irritação. | Aço Purificado | Sem espaço para gemas | Sigma | Status: 100% sem danos | Comprado no F&S Joia Rara]

• Fura Olhos [Dois finos e lisos anéis de falange que assumem a forma de um arco curto de 1,3m e uma aljava, ambos de adamantino. Os dois itens possuem entalhes simples, dourados e simétricos de ramos de louro, como se estes tivessem se desenvolvido ali. As 20 flechas presentes na aljava, por outro lado, são igualmente divididas entre ferro estígio e ouro imperial. Para auxiliar na escolha, as de ferro estígio possui o cabo mais áspero e fino, já a de ouro imperial é liso. | Efeito mecânico: transforma-se em dois anéis de falange | Efeito 1: As flechas são repostas por uma troca de 20MP (1MP para cada flecha). | Bônus de forja: +15% de dano; bônus FPA: +30 de dano; bônus lendário: + 8% de chance de crítico. | Ouro Imperial e Ferro Estíge (Flechas); Adamantino (Arco e Aljava) | Alfa (flechas) e Super Alfa (Arco) | Espaço para 3 gemas | Status 100%, sem danos | Lendário | Forjado por Nikolaev]

habilidades aprendidas:
Nome do poder: Pericia com Arcos II
Descrição: O seu manejo com o arco melhorou, e agora acertar alvos parados já não é mais um problema, além disso você desenvolveu certa habilidade em atirar contra inimigos em movimento, ou objetos que se encontram da mesma maneira. Mais um pouco de treino e seu personagem se tonara um ótimo arqueiro.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +40% de assertividade no manuseio de arcos.
Dano: +20% de dano se a arma do semideus atingir o alvo.

Nome: Pericia em Mira de Arcos II
Descrição: O semideus ao executar certo treinamento, acabou aprimorando sua mira, de forma que, atirar em alvos com um arco se tornou muito mais fácil. O tempo com essa arma é um inimigo, mas agora que possui o conhecimento adequado, a vantagem está a seu favor e sua mira, está muito melhor.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +40% de mira com arcos, tendo facilidade em atirar em alvos em movimento.
Dano: +25% de dano se o inimigo for atingido pelo arco do semideus.
Extra: Nenhum

Nome: Pericia em Movimentos com Arco II
Descrição:  Não basta saber atirar uma flecha, manusear um arco ou mirar um inimigo com precisão, também é preciso aprender a movimentar o corpo e descobrir como ele pode influenciar sua batalha no armamento escolhido. Um arqueiro precisa se tornar esquivo, precisa saber saltar, precisa saber cair e rolar enquanto atira, tudo isso sem perder a precisão e a mira, afinal seu inimigo não vai ficar esperando você se posicionar para ataca-lo mais uma vez.  Essa habilidade busca aprimorar exatamente isso, tornando o arqueiro um hábil acrobata, um gatuno esquivo e um atirador de elite em relação a arma em que esta portando. Agora ele será capaz de realizar movimentos mais precisos, pular e atirar ao mesmo tempo e rolar em seguida para buscar uma nova posição e atacar ou contra-atacar seus inimigos.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% de agilidade, flexibilidade e precisão ao lutar com arcos.
Dano: +50 de dano se a arma do semideus (arco e flecha) atingir o inimigo.

Nome: Pontos Críticos
Descrição: Ao participar da aula de combate corporal, o semideus aprendeu quais pontos do corpo humano provocam mais danos. Estes locais são chamados de diversas formas, como pontos críticos, pontos de pressão ou pontos de impacto. Ao aplicar um golpe nas áreas como: traqueia, queixo, têmpora, testículos, costela flutuante, diafragma, lateral do nariz, clavícula, parte interna da coxa e a parte interna da junta do cotovelo; o semideus poderá aumentar as chances de crítico e seu dano.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +30% de acertar os pontos mencionados acima, graças ao treinamento; +40% de dano somados ao dano crítico.
Extra: Funciona principalmente em formas humanoides.

Nome: Dia do caçador
Descrição: Com essa habilidade o semideus tornara-se silencioso como um espírito, conseguindo correr em meio a vegetações e terrenos desconhecidos. Conseguem apurar seus sentidos e coordenação ao desenvolver tal habilidade, também notam com mais facilidade o que acontece a sua volta, tendo seus sentidos mais aguçados, a fim de perceber quando estão em problemas dando-os a chance de fugir ou lutar.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: +20% de furtividade e percepção
Dano: Nenhum.
Extra: Nenhum.

Nome: Speed and Strength
Descrição:Todos sabem que a força e a velocidade são diretamente ligadas, sendo uma companheira da outra para diversas tarefas onde o corpo é exigido ao máximo. Após um árduo treinamento, o semideus que adquiriu essa habilidade corpórea, consegue utilizar igualmente as duas característica para fins como, subir em locais de difícil acesso, correr sobre terrenos inclinado que exijam mais de seu corpo entre outros cenários problemático. Sempre onde as duas grandezas trabalham em dupla.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +35% de Velocidade e 15% de força.

Nome: Corpo Adaptável
Descrição: Após um treinamento árduo, onde o semideus arriscou e se acostumou com situações adversas, sua habilidade de esquiva conseguiu sobrepôr até mesmo situações onde o terreno prejudicaria. Também consegue flexionar o corpo mais facilmente, sendo capaz de fazê-lo adaptar-se para potencializar sua esquiva.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +20% de flexibilidade e esquiva.

Nome: Magnificência Semidivina
Descrição: Após um longo dia de treinamento, no qual as capacidades físicas do semideus foram postas à prova, o resultado apareceu. Assim sendo, o aprimoramento de seus atributos corporais - força, constituição, destreza, controle corporal e velocidade - agora é evidente.
Gasto de MP: Nenhum.
Gasto de HP: Nenhum.
Bônus: +10% nos atributos corporais.
Dano: Nenhum.

Nome: Temperatura máxima
Descrição: O semideus não é afetado pelo calor e altas temperaturas que possa vir a enfrentar. Com isso, ele consegue batalhar normalmente em ambientes quentes sem se sentir afetado fisicamente pela alteração da pressão arterial. O semideus também é capaz de respirar em meio às chamas sem se sentir afetado pela fumaça.
Gasto de MP: Nenhum
Gasto de HP: Nenhum
Bônus: -30% de dano por queimaduras. +30% de resistência corporal.
Dano: Nenhum

habilidades passivas:
Nível 1
Nome do poder: Marca das Asas
Descrição: Os fihos de Nice/Victória possuem duas marcas em forma de fenda, na altura das omoplatas, que são apenas um resquício do poder provindo de sua mãe, selado na hora de seu nascimento pela própria deusa da vingança, justiça e equilíbrio, Nêmesis. Por mais que Nice seja representada como a deusa da vitória, seus filhos são semi-divinos e a parte humana é regida pela lei do equilíbrio, sendo Nêmesis uma constante em suas vidas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum

Nível 3
Nome do poder: Orgulho Competitivo
Descrição: Detentores de um orgulho fora do comum, filhos da deusa Nice/Victória não se deixam ser vencidos até que tenham certeza de que não podem vencer. Ao chegar em 0 MP um filho de Nice/Victória não desmaia, ele simplesmente não é mais capaz de usar poderes ativos, sendo a sua força de vontade o único combustível que continua a movê-lo.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Nenhum
Dano: Nenhum.

Nível 4
Nome do poder: Sorte de Principiante
Descrição: Em determinado momento de um MvP, Missão ou Interação o filho de Nice/Victória poderá encontrar ou receber exatamente o que precisa ou ainda precisará. Uma carta perfeita para fechar a melhor mão do jogo, uma senha para desbloquear uma porta, escrita em um post it e jogada no lixo ou uma informação que fará alguém gostar dele. A sorte acompanha os vitoriosos.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: Uma vez por MvP, Missão ou interação o filho de Nice receberá algo valioso para o seu propósito, momentâneo ou futuro.
Dano: Nenhum.
Extra: Esse bônus é definido pelo narrador quando solicitado pelo filho da deusa.

Nível 10
Nome do poder: Espírito Competitivo
Descrição: Filhos de Nice/Victória são competitivos por natureza, o que os faz mais determinados para partir atrás de uma vitória. Isso é traduzido em um bônus de força de vontade para resistir às adversidades, podendo ajudar contra possessões, ataques desmotivacionais ou auras intimidadoras.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: 10% em força de vontade;
Dano: Nenhum.

Nível 34
Nome do poder: Resistência Física Elevada II
Descrição: Os filhos de Nice/Victória possuem uma resistência física superior à da grande maioria, ajudando-lhes em questão de dano quando são atingidos por golpes físicos.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: 20% resistência física (não acumula com armaduras e itens, apenas se atingir o corpo do semideus direto)
Dano: Nenhum

Nível 43
Nome do poder: Satisfação Vitoriosa III
Descrição: Para cada vitória alcançada, seja sobre um inimigo, ou um obstáculo a julgar pelo narrador, o filho de Nice/Victória se satisfaz com o júbilo do êxito e a sua aura aumenta de intensidade recuperando um pouco de seu vigor.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: + 65 HP e +65 MP para o filho de Nice.
Dano: Nenhum;

Nível 45
Nome do poder: Vigor Atlético III
Descrição: Filhos de Nice/Victória são competidores implacáveis, tendo suas habilidades comparadas, até mesmo, com as habilidades inimagináveis para os mortais comuns, mas a questão é que, por serem filhos da deusa patrona das Olimpíadas, elevaram seus corpos à perfeição física, podendo ser vencidos em suas modalidades apenas por especialistas, sendo estes especialistas aqueles possuidores de técnicas herdadas pelo divino, como exemplo a velocidade dos filhos de Hermes, a força dos filhos de Ares ou a perícia dos filhos de Athena.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: + 50% de eficácia em qualquer movimento físico ao nível humano, com exceção de ataques. + 20% de bônus de dano em ataque corporal (Com armas ou sem armas).
Dano: Nenhum

Nome do poder: Velocidade III
Descrição: Você aprendeu que a velocidade pode ser uma grande aliada em campo de batalha, e com isso treinou ainda mais arduamente, agora ficou mais rápido, esquiva-se com facilidade, e domina a luta ao seu favor. É difícil combater seu herói desse jeito.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% de velocidade
Dano: Nenhum

Nível 47
Nome do poder: Força III
Descrição: O semideus treinou e evoluiu ainda mais e agora consegue carregar ainda mais peso, levantar coisas mais pesadas e efetuar lançamentos com uma facilidade tremenda. Conforme se desenvolveu, ficou ainda mais forte.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +30% de força
Dano: +20% de Dano se o ataque do semideus atingir.

Nome do poder: Destreza Natural III
Descrição: Sendo bons lutadores, os filhos da deusa da vitória possuem uma destreza melhorada naturalmente pelos treinos e genes. Dessa forma, qualquer golpe com arma em suas mãos, ou até mesmo combate desarmado, são mais efetivos e fortes.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: 20% em força e chance de acerto de golpes físicos
Dano: Nenhum

Nível 52
Nome do poder: Equilíbrio III
Descrição: Como bons atletas, os filhos de Nice/Victória possuem um equilíbrio nato que os ajuda em qualquer tipo de situação (não só em questão de esportes mas também em batalha ou situações simples).
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: 35% em Equilíbrio
Dano: Nenhum
Mayu Amakura
Tobi Klotz
Tobi Klotz
Filhos de Trívia
Filhos de Trívia

Idade : 16

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aula Fixa III - Pericia com Arcos  - Página 3 Empty Re: Aula Fixa III - Pericia com Arcos

Mensagem por Maisie K. Blackwood em Ter Abr 02, 2019 6:53 pm

Modelo de Avaliação
Criatividade: 40
Ortografia: 40
Coerência: 30
Ações Realizadas: 20
Aparência: 20
Total: 150 exp

Aprilla Deapryth
Criatividade: 40
Ortografia: 39
Coerência: 30
Ações Realizadas: 20
Aparência: 20
Total: 149 exp



Nome do poder: Pericia com Arcos III
Descrição: Inimigos em movimento? Isso não é um problema, você consegue acertar pontos estratégicos, imobilizar membros e causar um dano ainda maior. Seus movimentos com o arco melhoraram, se aprimoraram, e sua habilidade se tornou quase perfeita. O seu treinamento certamente lhe trouxe um ótimo resultado.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +60% de assertividade no manuseio de arcos.
Dano: +25% de dano se a arma do semideus atingir o alvo.
Aguardando atualização


Maisie Blackwood
intelligence is the only way we have to master our instincts.
Maisie K. Blackwood
Maisie K. Blackwood
Centuriã da III Coorte
Centuriã da III Coorte


Voltar ao Topo Ir em baixo

Aula Fixa III - Pericia com Arcos  - Página 3 Empty Re: Aula Fixa III - Pericia com Arcos

Mensagem por Nêmesis em Ter Abr 02, 2019 7:44 pm

Atualizado, Maisie recebe 30xp e 50 dracmas.
Nêmesis
Nêmesis
Deuses Menores
Deuses Menores


Voltar ao Topo Ir em baixo

Aula Fixa III - Pericia com Arcos  - Página 3 Empty Re: Aula Fixa III - Pericia com Arcos

Mensagem por Magnólia D'if em Sex Set 06, 2019 3:47 pm

Arquearia
"você simplesmente pode ficar parado ai vendo as coisas acontecerem ou pode tomar coragem e fazer com que aconteçam do seu jeito."
As aulas de Emmanuelle se tornavam mais difíceis a cada encontro. A simulação moldava a realidade ao redor da semideusa que possuía apenas o seu arco como arma para enfrentar, o que era esperado para uma aula de arquearia. O desafio seria enfrentar dez guerreiros prontos para matá-la assim que os pixels terminassem de ocupar seus devidos lugares. Quando finalmente o fizeram, revelaram ser uma espécie de templo com um espaço amplo de mármore branco com colunas bem no estilo grego. A frente havia um braseiro cujas chamas queimavam suavemente.

Não havia tempo, entretanto, para apreciar a beleza da simulação. Da sua esquerda, dois guerreiros armados com espadas de bronze corriam em sua direção. O primeiro foi atingido na perna pela flecha incorpórea que a semideusa disparou, atrasando seu avanço enquanto seu parceiro virava o alvo. O arco moveu-se alguns centímetros para o lado adequando-se ao novo alvo, vendo a arma passar de raspão em sua cabeça, mas a flecha seguinte acertou-lhe entre os olhos. O alvo debilitado avançou mais uma vez contra a arqueira, sendo necessário apenas um disparo para que transformasse em pixels laranjas como seu companheiro.

O som de metal denunciou a chegada de mais inimigos, dessa vez vindos de um corredor na extremidade oposta. O braseiro não permitia que a semideusa possuísse uma linha de tiro boa, obrigando a semideusa a mover-se com pressa para contornar o objeto, infelizmente diminuindo a distância dos homens armados e ela. Erguendo o arco até ficar na posição conhecida de tiro, a jovem preparou sua arma atirando o que se aproximava mais rápido, atingindo-o no peito.

A arma élfica então moveu-se na horizontal disparando uma sequência de flechas, cujo único objetivo era acertar os oponentes, não importando o lugar. Precisou de algumas setas perdidas e outras tantas fixas nos corpos masculinos na altura do peito para que estes sumissem na projeção. O silêncio então impregnou o lugar, preocupando a celestial. Os primeiros espartanos denunciaram sua aproximação, mas não era certo que os outros também o fariam. Estava na metade do desafio e nem um pouco predisposta a prolongar-se demais nele.            

Decidida então a terminar logo, a semideusa pôs-se em movimento seguindo o caminho que os últimos guerreiros haviam feito. Era espantosa como a simulação era tão real. Estendendo a mão, a semideusa conseguiu sentir a textura do mármore gélido ao adentrar mais naquele lugar desconhecido. Ao visualizar uma sombra se mover mais a frente, a arqueira voltou a tomar a posição de tiro, paciente esperando o momento certo de atirar. Sua respiração era controlada, afinal sabia que era preciso para o tiro ser perfeito.

Assim que o guerreiro apareceu vindo da curva que o corredor fazia, foi saudado por uma flecha em seu peito. A ação, entretanto, alertou os outros que o acompanhavam. Os olhos da celestial se arregalaram ao ver quatro espartanos aparecerem e surpreendeu-se ainda mais ao perceber que um deles possuía uma arma semelhante a sua. Nunca antes a jovem havia lutado contra um arqueiro e como ele possuía um único alvo, a vantagem era toda dele.

Seu foco em um único inimigo foi a sua ruína. Sem que pudesse evitar, a jovem foi acertada em seu peito por um espartano que investiu contra ela usando um bastão, a fazendo cair no chão sem fôlego. A arma voltou a vir em sua direção, mas dessa vez a semideusa foi rápida rolando para o lado agarrando seu arco e acertando o meio das pernas do guerreiro antes de se levantar e correr para longe.

A primeira flecha atingiu sua perna, a fazendo gritar e jogar-se para fora do corredor, de volta naquele pátio amplo ouvindo os passos de seus perseguidores. Magnólia não tinha muitas opções, mas tentava arrumar um plano rápido. Sua movimentação estava debilitada pela flecha em sua coxa, causando dor e a fazendo perder o foco. Precisava agir rápido ou estaria correndo grande perigo — mesmo sendo apenas uma simulação; a dor era bem real.

Respirando fundo, a arqueira ergueu sua arma esperando que os inimigos aparecerem para pôr seu plano em prática. Os quatro guerreiros focaram a filha do amanhecer como alvo, prontos para atacar quando tiveram o vislumbre de seu corpo começar a brilhar, os obrigando a proteger suas vistas pela proximidade que estavam da semideusa, a dando tempo o suficiente para cravar uma flecha no peito de dos dois mais próximos de si, restando apenas o arqueiro e o guerreiro do bastão.

Estes se recuperaram mais rápido do que a celestial esperava e a obrigaram a afastar-se o mais rápido que podia com sua limitação. O arqueiro voltou a atirar contra a semideusa, a forçando a procurar um abrigo ou acabaria ferida o suficiente para não terminar aquela prova. Por sorte, o que antes era um problema, se tornou sua solução ao jogar-se no chão atrás do braseiro quando sentiu uma flecha voar rente a sua orelha, tirando um filete de sangue.

Olhando para o seu ferimento, a garota mordeu o lábio e com toda a força que possuía puxou a seta, a arrancando de sua carne. Sangue escorreu pela ferida, assim como as lágrimas em seus olhos tentando ignorar a dor que sentia. Piscando algumas vezes para clarear a visão, a jovem traçou uma nova estratégia. Logo ela estaria encurralada pelos inimigos e aquilo seria seu fim caso acontecesse. Por isso decidiu não esperar por esse movimento inimigo para agir.

O crepitar do fogo atrapalhava sua audição, a obrigando a sair de sua posição para localizar seus alvos. O guerreiro do bastão encontrava-se mais próximo do que a jovem esperava, o que a forçou a preparar sua flecha rápido, atirando contra o alvo e vendo sua tentativa falhar. Entretanto, a semideusa não podia ficar parada. Manter-se em movimento era o que a livraria das flechas do outro arqueiro; então assim o fez.

Após três tentativas de destruir o guerreiro do cajado que foi salvo pelos disparos de seu aliado, a semideusa percebeu finalmente que o seu maior problema era ele. Ao correr desengonçada pela perna machucada, a celestial entrou em posição de tiro, pernas separadas o suficiente para lhe dar uma base e postura reta. Prendendo a respiração, deixou que seu braço fizesse o movimento já conhecido de puxar a corda invisível duas vezes, nas direções que imaginou serem o suficiente para atingir o alvo mais distante.

Uma de suas flechas passou de raspão no braço do arqueiro, a segunda, porém, cravou-se em seu ombro. Não houve tempo para comemorações. O guerreiro espartano já havia chegado até a garota, girando seu bastão pronto para acertar-lhe a lateral do corpo, mas foi impedido pelo arco da semideusa. Ela não sabia ao certo o que lhe havia levado a usar sua arma daquela forma, entretanto lhe deu tempo de dar um passo para o lado deixando a arma de madeira deslizar pelo seu arco.

A celestial então agiu antes que ele se recuperasse e girou acertando a parte de trás de suas pernas com o arco, o fazendo cair de joelhos. Se afastando para não ser atingida da mesma forma, a garota segurou seu arco da maneira correta, fazendo seu disparo a queima roupa, o reduzindo a pixels laranjas. Sem perder tempo, a semideusa ergueu seu arco para encontrar o último inimigo retirando sua flecha do ombro ferido. Aquele era o momento para acabar com aquela simulação. Preparando-se melhor, a semideusa gastou alguns segundos para mirar e então liberou a corda de seus dedos, vendo sua seta acertar o alvo dando fim à simulação.

☀ :
FPA:

 ATRIBUTO  PONTOS ATRIBUTO  PONTOS
ForçaConstituição
VelocidadeDestreza•••••
Controle Corporal••Inteligência
Determinação••Manipulação


Passivos:

Eos


Nome do poder: Pontualidade II
Descrição: Seu dom tem evoluído e agora a sua noção de tempo tem se expandido, você é capaz de saber exatamente quando é o melhor momento para atacar e isso pode lhe ser bem útil.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: Nenhum.

Nome do poder: Perícia com Arcos II
Descrição: Um bom dom é aquele que se desenvolve com o treino. E sua relação com arcos não poderia ser diferente e podemos notar que houve uma melhora no que já era bom.
Gasto de Mp: Nenhum.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: +30% de assertividade.
Dano: +10% de dano da arma.


Éter


Nome do poder: Atributos melhorados II
Descrição: O celestial agora está mais evoluído. A experiência em batalhas melhorou ainda mais as suas condições físicas. O semideus seguidor de Éter torna-se ainda mais veloz e esquiva-se com mais facilidade.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +20% de velocidade e esquiva.
Dano: Nenhum
Ativos:

Eos


Nome do poder: Sol
Descrição: O filho de Eos/Aurora pode fazer uma luz intensa e doura emanar por todo o seu corpo em um momento de emergência. A luz pode ser útil para iluminar o caminho/local ou até mesmo causar dificuldade de visão no oponente.
Gasto de Mp: 15 de MP por turno que tal habilidade permanecer ativa.
Gasto de Hp: Nenhum.
Bônus: Nenhum.
Dano: - 20 de HP.
Extra: Nenhum.
Habilidade Adquirida:
Nome do poder: Pericia com Arcos II
Descrição: O seu manejo com o arco melhorou, e agora acertar alvos parados já não é mais um problema, além disso você desenvolveu certa habilidade em atirar contra inimigos em movimento, ou objetos que se encontram da mesma maneira. Mais um pouco de treino e seu personagem se tonara um ótimo arqueiro.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +40% de assertividade no manuseio de arcos.
Dano: +20% de dano se a arma do semideus atingir o alvo.

Nome do poder: Tiro Instintivo
Descrição: O semideus desenvolveu uma nova técnica de disparo com o arco: o tiro instintivo, que consiste em disparos muito mais velozes, pois o semideus agora consegue avaliar mais facilmente todos os fatores que contribuem para ele obter um bom disparo, sua técnica com arco se tornou mais orgânica e natural.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +20% de destreza ao usar arco.
Dano: +10% de dano com arco.
Extra: Obtêm a vantagem de ataque no disparo contra o oponente, pois tem uma velocidade de movimento superior.
Armas:
• Iryak [ Arco élfico com cerca de 1 metro e 50 com runas entalhadas por toda a sua espessura, a corda é feita de um material transparente e de resistência alta, encantada para conjurar flechas incorpóreas e infinitas. |Efeito 1: O arco possui personalidade própria, cria uma ligação com a mente de seu portador (semideus) e poderá se comunicar mentalmente com ele. | Efeito 2: As flechas desse arco são incorpóreas, para materializa-las basta puxar a corda e elas magicamente aparecem no arco, além disso, são infinitas. |  Efeito 3: O metal utilizado para fabricar o arco, também possui 25% de resistência a magia, portando, magias lançadas contra o semideus que estiver na posse desse arco, terão um efeito reduzido na mesma porcentagem. | Arandur | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]
   



Magnólia D'if
Magnólia D'if
Líder dos Celestiais
Líder dos Celestiais

Idade : 20
Localização : Palácio Celestial

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aula Fixa III - Pericia com Arcos  - Página 3 Empty Re: Aula Fixa III - Pericia com Arcos

Mensagem por Hans Nikolai Kültzer em Sab Set 07, 2019 3:22 pm

Modelo de Avaliação
Criatividade: 40
Ortografia: 40
Coerência: 30
Ações Realizadas: 20
Aparência: 20
Total: 150 exp

Magnólia D'if
Criatividade: 40
Ortografia: 40
Coerência: 30
Ações Realizadas: 20
Aparência: 20
Total: 150 exp



Nome do poder: Pericia com Arcos III
Descrição: Inimigos em movimento? Isso não é um problema, você consegue acertar pontos estratégicos, imobilizar membros e causar um dano ainda maior. Seus movimentos com o arco melhoraram, se aprimoraram, e sua habilidade se tornou quase perfeita. O seu treinamento certamente lhe trouxe um ótimo resultado.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +60% de assertividade no manuseio de arcos.
Dano: +25% de dano se a arma do semideus atingir o alvo.


Hans Nikolai Kültzer
Hans Nikolai Kültzer
Lider de Apolo
Lider de Apolo

Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aula Fixa III - Pericia com Arcos  - Página 3 Empty Re: Aula Fixa III - Pericia com Arcos

Mensagem por Anfitrite em Sab Set 07, 2019 6:30 pm

Atualizado

Recebe 30 xp e 50 Dracmas


Anfitrite
Anfitrite
Anfitrite
Deuses Menores
Deuses Menores


Voltar ao Topo Ir em baixo

Aula Fixa III - Pericia com Arcos  - Página 3 Empty Re: Aula Fixa III - Pericia com Arcos

Mensagem por Vincent V. Valentine em Ter Set 10, 2019 4:53 pm

Mais um dia comum se iniciava. Encontrava-me em meio a arena de treinamento, diante de mais uma das aulas de Emma. A jovem arqueira se mantinha a nossa frente, explicando a todos o que seria feito naquela aula. —Vamos ao exercício desta aula. Vocês entrarão em uma sala de projeção, terão que destruir dez soldados espartanos, e poderão criar o cenário ao seu gosto, espero que se saiam bem, vamos. A garota se virou para todos, começando a caminhar até um tipo de túnel no canto da arena.

Seguimos a arqueira pelo loca, andando calmamente com nossas armas em punhos, enquanto olhávamos para todos os lados procurando saber onde estávamos indo. Poucos minutos andando e logo pudemos ver a tal sala dita pela garota. Era ampla, e bem fechada, onde somente um de cada poderia adentrá-la para começar a fazer o que foi pedido.

Não pude deixar de admirar o local, parecia muito tecnológico ao meu ver, contrastando com a aparência da própria arena, que possuía um ar mais rústico. Meus pensamentos foram interrompidos pela voz de Emma, que se voltou mais uma vez em nossa direção enquanto nos olhava seriamente.

Foram apenas alguns segundos, até ela apontar diretamente para mim, em seguida apontando para a entrada da sala. Não precisava dizer mais nada, havia entendido bem o que ela queria com aquilo. Apenas respirei profundamente, enchendo-me de coragem e parti, caminhando calmamente até a porta, a abrindo e entrando.

Com a porta fechada pequenos lasers começaram a aparecer, se encontrando algumas vezes e se transmutando em um cenário que havia em minha mente. Eram partes de casas, com rampas que permitiam subir na parte superior delas sem muitos problemas, haviam também algumas paredes, que ajudariam a me esconder, e nada mais.

Poderia ser algo de ajuda tanto para mim quanto para os soldados, porém eu era o único que conseguiria atacar a distância, diferente deles. Me encontrava no início de tudo tudo, vendo o término da construção do local a minha frente. Logo escutei o sinal emitido por um tipo de buzina, dando a permissão para iniciar o treinamento.

Respirei profundamente, erguendo o arco diante do meu corpo, puxando sua corda translúcida e gerando uma flecha energética. Estava pronto, e logo avancei com cautela por entre as paredes, olhando de um lado para o outro a fim de avistar algum dos hologramas da sala se aproximando.

Não conseguia ver nenhum deles, por isso continuei avançando calmamente, me escondendo por de trás das paredes. Em meio a uma dessas vezes escutei o som de passadas vindo em minha direção, percebendo que um dos soldados se aproximava. Parei em um dos pontos, mantendo minhas costas encostadas na parede até que entrasse no meu ângulo de visão.

Foram apenas três segundos, o tempo até dois dos soldados passarem por onde eu me escondia, estando totalmente desatentos a minha presença. Eu os surpreendia por trás, conseguindo atirar em um deles sem que ele pudesse se defender, sumindo após o tiro. o outro já foi um pouco mais complicado, pois conseguiu se afastar um pouco de mim.

Meus dedos seguiram até a corda do arco, a puxando fortemente enquanto o espartano avançava contra mim. Sua lança tentou me perfurar através de uma estocada forte, porém girei no meu próprio eixo deixando-o passar direto e deixar sua guarda aberta. Meu corpo estava ao lado do cabo da arma, enquanto minha mão engatava uma flecha em minha arma em velocidade. Sem ter reação, o homem não conseguiu se livrar da munição que foi solta contra seu próprio corpo a queima roupa, desaparecendo em poucos segundos.

Dois dos dez já tinham ido, e ainda havia trabalho a fazer. Suspirei, avistando a nova flecha ser formada em meu arco enquanto eu subia em uma das casas através de sua rampa. A cerca de dez metros mais à frente notei a presença de mais dois soldados, estando um ao lado do outro passando pelos obstáculos sem saber minha localização.

Aspirei uma boa quantidade de ar, prendendo meu fôlego em seguida. Minha mira estava fixada em apenas um, enquanto ele apenas andava em linha reta sem se preocupar com o que estava acontecendo. Sem ter noção do que eu estava prestes a fazer, a miragem foi pega de surpresa, e logo se desmanchou em alguns brilhos ao ser atingido pela flecha, que cortou o ar em velocidade após eu largar a corda da arma.

O outro ao seu lado se escondeu, percebendo o perigo que corria. Eu no entanto sorri, sabendo a posição exata do segundo espartano. Aproveitei a aproximação das lajes das casas e saltei sobre elas, pulando de uma a uma até ter visão do escondido. Em meio a isso um dos outros soldados aparecia, subindo em uma das lajes e vindo contra mim em uma investida feroz. Novamente girei em meu próprio eixo, deixando-o passar direto por mim, o vendo cair de cima da casa em que me encontrava. Aproveitei aquilo, e atirei em suas costas, o fazendo sumir.

Dei mais dois saltos, até conseguir ver o quinto soldado a ser destruído. Ele ainda estava atrás da parede, tentando me ver ao colocar seu rosto para fora, mas não sabia ele que eu tinha mudado de posição, e já estava o mirando. Puxei a corda translúcida mais uma vez, avistando a flecha se formar diante dos meus olhos. Mirei contra o inimigo, pausando minha respiração bem no instante em que disparei contra ele, vendo a munição cortar o ar em grande velocidade até atingi-lo em cheio, o fazendo sumir em milhares de pequenos pontos brilhosos.

Precisei parar um pouco, colocar minha mente no lugar e relaxar meu corpo, enquanto os demais soldados não se aproximavam. Meus olhos se fecharam, permitindo que minha audição pudesse ampliar em meio aquela sala silenciosa, a fim de encontrar os outros cinco inimigos que faltavam.

A notícia não era boa, todos estavam se aproximando de onde eu estava, vindo de todos os lados. Aquilo seria perigoso se fosse real, mas também uma boa chance de destruí-los juntos.

Um sorriso se formou em meu rosto, ao mesmo tempo em que meus olhos se abriam e meu corpo se erguia mais uma vez, tendo a visão de todos que vinham até a mim. Pude ver, em um dos corredores, a aproximação de um dos espartanos, que corria com sua espada em punho. De cima da casa eu teria como atingi-lo, se não fosse pelo outro que já subia a rampa de acesso ao terraço. Tive apenas uma escolha, e tomei minha decisão sem hesitar.

Saltei para a outra casa, passando próximo do corredor onde o solado que tinha visto passava, aproveitando para disparar contra seu peito. Por estar correndo e um tanto desatento, o mesmo foi pego de surpresa, se misturando ao ar ao sumir. Já o outro soldado ainda vinha em minha direção, saltando até a casa onde me encontrava e avançando com sua espada em meus.

Sua investida foi rápida, não tive tempo o suficiente de criar uma outra flecha, mas não tive dificuldade em aparar sua arma com a minha, o deixando meio preso junto a mim. Usei então de uma ação improvisada, movi minha cabeça para trás e em seguida para frente, atingindo a testa do adversário com uma cabeçada forte. Ele então, mesmo sendo um holograma, dava dois passos para trás, reagindo como se ele mesmo fosse real.

Cada vez mais me sentia admirado com tanta realidade, mas não pude demorar a criar uma nova flecha, pois ele poderia voltar a me atacar. Com isso disparei, atingindo seu peito e o desfazendo mais por completo, enquanto os outros três soldados ainda vinham até mim após me ver pular de uma casa para outra.

Meu corpo estava ficando meio cansado, porém não parei por nenhum instante, e logo tive uma ideia. Usaria os corredores ao meu favor, devido a aproximação de uma parede para a outra. Com isso na cabeça saltei, pousando sobre o chão no mesmo espaço em que outros dois soldados se encontravam correndo, um atrás do outro.

Estavam a cerca de quatro metros a minha frente, uma distância boa para mim. Ajoelhei-me diante deles, colocando o arco diante do meu corpo e puxando sua corda, resultando na criação de uma flecha. Não esperei, a lancei rapidamente contra o inimigo, procurando atingi-lo.

O espartano foi esperto, e se jogou para o lado permitindo que a munição passasse por ele. Apesar disso, o que se encontrava atrás acabou sendo pego de surpresa, sumindo ao ser atingido pelo tiro. Aproveitei que o inimigo sobrevivente tinha reagido, e logo disparei mais uma vez contra ele, vendo que a distância entre nós era bem menor. Daquela vez ele não conseguiu se desvencilhar.

Faltava apenas um, este que saltou de cima da casa vindo em minha direção, com sua espada em punho. Saltei para trás, me afastando por dois metros dele, o vendo cair no chão. Em meio ao ar ainda reagia, disparando mais uma flecha enquanto o homem tentava se levantar do solo.

Aquele foi meu último disparo, pois o holograma se desfazia finalizando o exercício. O suor escorria pelo meu rosto, caindo contra o chão enquanto a sala voltava a ficar vazia. Segui até a porta, voltando para onde todos os outros alunos estavam, vendo Emma anuir em positividade. Permaneci por ali vendo os demais tentar, até a jovem instrutora permitir nossa saída do local.


Considerações:

Magias Usadas:
Passivas:
Nome do poder: Pericia com Arcos II
Descrição: O seu manejo com o arco melhorou, e agora acertar alvos parados já não é mais um problema, além disso você desenvolveu certa habilidade em atirar contra inimigos em movimento, ou objetos que se encontram da mesma maneira. Mais um pouco de treino e seu personagem se tonara um ótimo arqueiro.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +40% de assertividade no manuseio de arcos.
Dano: +20% de dano se a arma do semideus atingir o alvo.

Apolo:

Nome do poder: Corpo Atlético I
Descrição: Apolo sempre foi descrito como um Deus jovem e no auge do seu vigor físico. Filhos de Apolo herdaram essa característica de seu pai, sempre são vistos praticando esportes e atividades físicas para se manterem atléticos.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +20% de agilidade e esquiva
Dano: Nenhum

Nível 7
Nome do poder: Arqueiro II
Descrição: Sua perícia está crescendo, a sua habilidade com o arco se desenvolveu com precisão, e agora, além de conseguir atingir o alvo com uma flecha, também aprendera a manusear duas, e a usar o arco como porrete.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +20% de assertividade no manuseio do arco.
Dano: + 10% de dano ao ser acertado pela arma do semideus.

Nome do poder: Benção Solar
Descrição: Filhos de Apolo ao realizarem atividades durante o dia, se sentem mais motivados e animados, pois estão em contato direto com seu pai. Seus movimentos saem muito mais precisos e suas ações se tornam mais poderosas.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: + 20% vantagem de acerto em ações realizadas durante o dia, além de ter o gasto de MP reduzido em 5%.
Dano: Nenhum
Ativas:
Itens Levadas:
• Faca de Bronze Celestial [ Uma faca de lâmina curta - cerca de 10 cm - com cabo em madeira envolvido em couro para tornar o manuseio melhor. | Não produz feridas em mortais. | Bronze celestial, madeira e couro. | Sem espaço para gemas. | Alfa. | Status 100%, sem danos. | Comum. | Nível 1. | Item inicial. ]

+ Camiseta laranja do Acampamento Meio-Sangue/Camiseta roxa do Acampamento Júpiter.

+ Colar de contas do Acampamento.

• Iryak [ Arco élfico com cerca de 1 metro e 50 com runas entalhadas por toda a sua espessura, a corda é feita de um material transparente e de resistência alta, encantada para conjurar flechas incorpóreas e infinitas. |Efeito 1: O arco possui personalidade própria, cria uma ligação com a mente de seu portador (semideus) e poderá se comunicar mentalmente com ele. | Efeito 2: As flechas desse arco são incorpóreas, para materializa-las basta puxar a corda e elas magicamente aparecem no arco, além disso, são infinitas. | Efeito 3: O metal utilizado para fabricar o arco, também possui 25% de resistência a magia, portando, magias lançadas contra o semideus que estiver na posse desse arco, terão um efeito reduzido na mesma porcentagem. | Arandur | Sem espaço para gemas | Beta | Status: 100% sem danos | Mágico | Arsenal do acampamento]
Vincent V. Valentine
Vincent V. Valentine
Mentalistas de Psique
Mentalistas de Psique

Idade : 25

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aula Fixa III - Pericia com Arcos  - Página 3 Empty Re: Aula Fixa III - Pericia com Arcos

Mensagem por Hans Nikolai Kültzer em Sab Set 14, 2019 9:30 pm

Modelo de Avaliação
Criatividade: 40
Ortografia: 40
Coerência: 30
Ações Realizadas: 20
Aparência: 20
Total: 150 exp

Vincent V. Valentine
Criatividade: 39
Ortografia: 38
Coerência: 30
Ações Realizadas: 20
Aparência: 20
Total: 147 exp



Nome do poder: Pericia com Arcos III
Descrição: Inimigos em movimento? Isso não é um problema, você consegue acertar pontos estratégicos, imobilizar membros e causar um dano ainda maior. Seus movimentos com o arco melhoraram, se aprimoraram, e sua habilidade se tornou quase perfeita. O seu treinamento certamente lhe trouxe um ótimo resultado.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +60% de assertividade no manuseio de arcos.
Dano: +25% de dano se a arma do semideus atingir o alvo.


Hans Nikolai Kültzer
Hans Nikolai Kültzer
Lider de Apolo
Lider de Apolo

Idade : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aula Fixa III - Pericia com Arcos  - Página 3 Empty Re: Aula Fixa III - Pericia com Arcos

Mensagem por Héstia em Seg Set 16, 2019 6:34 am

Atualizado
Hans recebe 30 XP + 50 Dracmas pela avaliação


Héstia...
Some peoples with brave, some peoples something good!
Héstia
Héstia
Deuses Menores
Deuses Menores

Idade : 23

Voltar ao Topo Ir em baixo

Aula Fixa III - Pericia com Arcos  - Página 3 Empty Re: Aula Fixa III - Pericia com Arcos

Mensagem por Astaroth Wright em Qui Set 26, 2019 9:28 pm


Ideais adiante

Tá, eu não estava frequentando demais o AMS, eu apenas estava em busca de novas habilidades para aprimorar meus estilos de combate, por tal motivo mais uma vez tinha me esgueirado para o Camp, em busca de um novo tipo de atividade e, no meio do tumulto de vai e vem dos semideuses ouvi que um treinamento com arcos estava para acontecer, não hesitei e corri direto para lá antes de me atrasar.

O caminho até o local não foi muito demorado, e as instruções também não pareceram tão complicadas quanto a atividade parecia ser. Lutar contra dez inimigos fictícios e vencer, acertando tiros de arco com eles tentando me atacar? Quem nunca tinha feito isso né? Eu não, ou tinha? As vezes acho que minha mente me omite algumas informações para não ganhar confiança demais.

Com o arco em mãos caminhei diretamente para o local determinado pelo instrutor, respirando fundo imaginando tudo que poderia acontecer, o arco era emprestado, então eu não gostava muito do peso dele, mesmo que não fosse tão diferente com um dos que eu já havia manuseado, bom tanto faz. Assinalei que estava pronto para a atividade e no mesmo instante um espartano se formou em minha frente, avançando na minha direção assim que nossos olhares se encontraram.

Dei um passo para trás, sacando uma flecha da aljava e posicionando-a no arco mantendo minha concentração em ter uma postura firme e sólida, retesando o arco até o máximo de sua envergadura, notando que outros dois já se formavam logo à minha esquerda. Soltei a flecha, que cortou o ar em um estampido e corri na direção do meu alvo, notando o mesmo se desfazer assim que o impacto ocorreu na base de seu pescoço.

Mantendo meu coração em um estado normal de agitação saquei mais uma flecha, repetindo o movimento como o anterior e soltando-a, logo após usando a armação do arco para defender-me do ataque do restante. Empurrei ele para longe usando minha força com um chute na altura do peito e como consequência do ato fazendo com que ele se chocasse com outro que já havia surgido. Com dois tiros rápidos e fáceis por eles estarem enrolados em sua pouca destreza, eliminando-os no ato. Só restavam seis que já começavam a me cercar, bom, agora seria um momento de calculo, não queria mais ficar correndo de um lado pro outro.

Mirei no mais próximo de mim e retesei o arco, vendo a flecha passar ao seu lado, depois com mais uma acertei no centro de seu peito. Um a um os inimigos iam caindo, enquanto eu dava apenas passos de ajuste pelo campo, focando na minha respiração e solidez de cada tiro, não poderia de dar ao luxo de falhar em uma atividade que nem era feita contra seres vivos. Mais alguns segundos se passaram quando eu finalmente atingi os dez alvos, finalmente estava com a missão concluída, finalmente tinha conseguido terminar, mesmo que em minha face alguma irritação se fizesse presente.


equipamentos:
• Arsenal [Anel brilhante com uma pedra preciosa, esbranquiçada e minúscula em seu centro | Aço | . Possui o efeito de alterar uma arma, mudando assim sua forma, detalhes, e qualquer outra coisa que o portador desejar, desde que as alterações sejam apenas físicas. Ou seja, utilizando o efeito do anel, é possível transformar uma lança em uma espada ou faca, ou qualquer outro item de ataque. Um escudo circular pode ser transformado em um broquel, ou um escudo de corpo. Os materiais dos itens podem ser alterados, mas seus efeitos sempre serão os mesmos (exemplo: uma espada elétrica ainda causaria dano por eletricidade se transformada em uma lança) | Não possui espaços para gemas | Comum | Resistência: Sigma | Status: 100%, sem danos | Comum | Comprado na loja]
passivo:

Nome do poder: Pericia com Arcos II
Descrição: O seu manejo com o arco melhorou, e agora acertar alvos parados já não é mais um problema, além disso você desenvolveu certa habilidade em atirar contra inimigos em movimento, ou objetos que se encontram da mesma maneira. Mais um pouco de treino e seu personagem se tonara um ótimo arqueiro.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: +40% de assertividade no manuseio de arcos.
Dano: +20% de dano se a arma do semideus atingir o alvo.

Nome do poder: Pericia com Arcos I
Descrição: Apesar de não ter o mesmo domínio de um arco que os filhos de Apolo/Febo, ou as caçadoras, os filhos de Iris/Arcus aprendem a manusear o arco com facilidade e pratica. Com o tempo, essa habilidade pode se aperfeiçoar.
Gasto de Mp: Nenhum
Gasto de Hp: Nenhum
Bônus: + 15% de assertividade no manuseio da espada.
Dano: + 5% de dano ao ser acertado pela arma do semideus


criado por ; modificado por


Time to let go
Astaroth Wright
Astaroth Wright
Filhos de Poseidon
Filhos de Poseidon


Voltar ao Topo Ir em baixo

Aula Fixa III - Pericia com Arcos  - Página 3 Empty Re: Aula Fixa III - Pericia com Arcos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum