The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Blake Eldrige Falkenrath VS Aava, A Mascote do Rei de Marfim

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Blake Eldrige Falkenrath VS Aava, A Mascote do Rei de Marfim

Mensagem por Blake "Sirius" Falkenrath em Dom Nov 27, 2016 4:12 pm

Slavery
A gravidade sobre o monstro, a altura e a queda unidos às habilidades divinas que me foram proporcionadas pelos mais diversos deuses garantiram um golpe poderosíssimo que acreditei que seria forte o suficiente para mata-lo. Entretanto, acredito que o título de Campeão fora ganho por um bom motivo.

A lâmina descera potente no ombro esquerdo de Aava, descendo até que meu cotovelo estivesse dentro de sua carne. A espada ardia em brasa graças às propriedades místicas solares, queimando a carne interna do felino.

Lentamente removi a espada encantada e saltei para trás, desaparecendo e pousando há alguns metros de distância do monstro que tentava se levantar. Analisei os movimentos iniciais do monstro, se virando em minha direção e não iria esperar que viesse me atacar.

– Ainda não, gatinho. – Apontei a palma da mão para Aava e em seguida a fechei com força.

Com sorte o monstro fraquejaria e deixaria vulnerável para um outro golpe poderoso, que talvez acabaria com ele. Não que eu quisesse acabar ainda, estava me divertindo, toda aquele sangue e golpes que sofri haviam excitado meu lado Ares.

Flexionaria os joelhos para começar uma rápida investida e saltaria, dando um mortal no meio do ar, para reaparecer na frente do monstro, desferindo uma forte estocada na área exposta do animal.


Equipamentos:
Ice:Um arco todo feito de cristal gelado, inquebrável, e a corda é de um material transparente. As flechas são infinitas, e, quando em contato com a pele do inimigo,
começa a congelá-lo - se não matá-lo com o tiro, matará congelado. Transformam-se em duas pulseiras também de cristal.

Braceletes Condutores - Os braceletes originalmente pertencentes à Lâmia Original são responsáveis por conceder à criatura suas capacidades elétricas. Com estes equipamentos, o seu portador tem a capacidade de reproduzir alguns dos poderes elétricos de Zeus, como Flash, Bola de Energia, Estática (Nível II e Nível VIII), Electric Punch e Ira de Zeus I. Custos em MP iguais aos dos poderes dos filhos de Zeus.

Espada Solar -> Uma espada que parece mudar de tom entre o prata e o laranja. Sua lâmina é fria ao toque, mas ao se aproximar de um inimigo ela se torna incandescente, cortando facilmente carnes e ossos. Caso seja segurada por alguém que não seja um escolhido, ela irá encolher até sumir, voltando para a mão do Escolhido.

Adaga Lunar -> Uma adaga que brilha nitidamente a luz da lua. O fio é tão fino quanto o fio de cabelo de um recém-nascido, cortando facilmente qualquer coisa simplesmente por tocar. Um corte dessa adaga congelará a área imediatamente, impedindo o sangue de circular e iniciando uma necrose na região do corte. Caso seja segurada por alguém que não seja um escolhido, ela irá encolher até sumir, voltando para a mão do Escolhido.

Passivos Ares:
1 - Espirito Ancestral - A violência percorre o seio da humanidade desde o seu inicio, e antes disto em todos os seres vivos. Sendo essa a mais primitiva razão da realização de guerras, como filho de Ares você possui os instintos da própria violência em seu corpo, sendo que sempre luta com objetivo de ferir seu oponente. Essa agressividade natural acaba fazendo com que todos os golpes físicos da prole do deus da guerra, causem 50% a mais de dano do que golpes elaborados por outros semideuses.

3 - Força I: A força é sem dúvida alguma a principal arma de um guerreiro,que o faz vencer seus inimigos mesmo que precise utilizar apenas seus punhos. Independente do porte físico do filho de Ares e da sua idade, o semideus terá a força de um atleta de MMA profissional, sendo capaz de carregar até cinquenta quilos e desferir poderosos golpes desarmados capazes de causar danos internos sobre o corpo de monstros e humanos.


2 - Velocidade atlética: Um bom combatente sempre está preparado físicamente para os futuros combates, sendo que as proles do deus da guerra evam a sério seus treinamentos rígidos, buscando sempre serem melhores. Devido a condição física e biológica natural do semideus, e de seu empenho nos treinamentos, são quase tão rápidos e ágeis quanto filhos de Hermes, conseguindo correr longas metragens sem se cansarem. Movimentos de finta, esquiva e outros que requeiram velocidade/agilidade, sempre possuem 50% mais chances de funcionar contra inimigos mais lentos, além de perderem em uma corrida apenas para seres tão velozes quanto filhos do deus mensageiro.

Passivos Escolhidos:
Bênção Estelar III -> As estrelas estão sempre nos céus, apesar de brilharem apenas a noite. Neste nível, a força e velocidade do Escolhido durante o dia é triplicada, enquanto a noite seus movimentos são vistos apenas como borrões, e sua força é a mesma do que um trem em alta velocidade.

Brilho Estelar III -> O brilho do Escolhido é muito grande, e consegue iluminar uma grande distância. Esse brilho pode ser visto por semideuses até três quilometros de distância. Semideuses e monstros abaixo do nível do escolhido não conseguirão olhar diretamente para ele.

Fulgor III -> Qualquer espada, adaga ou arco tocado por um Escolhido se torna abençoada. Contra semideuses, essa arma infligirá +30 de dano, enquanto que contra monstros causará +50 de dano. A arma agora terá o dano de uma arma qualquer contra deuses ou titãs, mas virará pó após o primeiro golpe ser dado contra essas entidades.

Escudo Estelar II -> Uma força mística circunda os Escolhidos. Qualquer ataque mágico ou projétil sofrerá uma perda de potência ao se aproximar. Nesse nível, o dano sofrido por poderes ou projéteis será reduzido em 50%.


Passivos de Quione:
Senhores da Neve IV ~> Filhos de Quione ficam mais fortes ao entrar em contato com a neve. Além dos bônus dos níveis anteriores, seus ataques ou suas habilidades congelam a área atingida.

Senhores da Neve III ~> Filhos de Quione ficam mais fortes ao entrar em contato com a neve. Além dos bônus dos níveis anteriores, seus ataques infligem queimaduras de gelo, que tiram 10 HP do adversário por turno, durante três turnos.

Senhores da Neve II ~> Filhos de Quione ficam mais fortes ao entrar em contato com a neve. Além do bônus do nível anterior, suas habilidades custam -10 MP para serem usadas.

Senhores da Neve I ~> Filhos de Quione ficam mais fortes ao entrar em contato com a neve e enxergam perfeitamente bem em meio a ela. Suas habilidades causam +10 de dano ao oponente enquanto em contato com a neve.

Armadura de Diamante IV ~> Ao se sentirem ameaçados ou entrar em combate, uma espécie de armadura de gelo puro e indestrutível se forma pelo corpo dos filhos de Quione, dando a impressão que o mesmo é feito de diamante. Todo o dano recebido pelo semideus é reduzido em 80%.

Ativos Escolhidos:
Buraco de Minhoca I -> Girando seu corpo em 360º, o Escolhido desaparece em pleno ar e pode aparecer em qualquer lugar dentro de dois quilômetros, seja no ar ou no chão, em questão de um segundo. [5 MP] Zerado pelo "Senhores da Neve II".

Pulsar -> Variação de "Supernova". O semideus aponta a palma da mão contra o inimigo, e então a fecha. O inimigo sentirá uma dor violenta dentro do próprio corpo. Essa habilidade causa dano igual a 5 x o nível do inimigo (dano padrão para monstros: 70). Além disso, o inimigo agora ficará impossibilitado de se mover pelo turno seguinte. [50 MP, 1 vez a cada 5 turnos]

Ativos Ares:
1 –Carga de Poder - O filho de Ares poderá dar um poderoso golpe, armado ou desarmado, cuja intensidade será 10 vezes maior que um golpe normal. Este golpe parecerá uma simples mancha no ar para todos que o verem, sendo um tanto quanto dificil se defender.
avatar
Blake "Sirius" Falkenrath
Filhos de Quione
Filhos de Quione

Mensagens : 167
Data de inscrição : 04/10/2016
Idade : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blake Eldrige Falkenrath VS Aava, A Mascote do Rei de Marfim

Mensagem por Apolo em Seg Nov 28, 2016 3:13 pm


O animal sagrado rugia perante a brutalidade absurda do filho de Quione enquanto o semideus puxava o seu braço de dentro do corpo de Aava. O sangue quente, em contato com o ar congelante da nevasca, causava uma sensação térmica incômoda – Não prejudicial – a Blake. A gravidade que influenciava na imobilização da Tigresa Dentes-de-Sabre começava a falhar e, notando isto, e Campeão de Bóreas resolveu recuar a uma distância segura de 15 metros, usando mais uma vez o poder dos Escolhidos das Estrelas.

O único problema foi que ele calculara errado a distância segura.

Logo que se pós de pé, Aava rugiu tão alto, emanando tanto ódio, que o filho de Quione percebeu uma barreira de vento vir arrastando os flocos de neve para longe, tal qual uma explosão atômica, que comprime o ar em volta e o repele para longe com tanta força que é capaz de arremessar homens. Blake foi, mais uma vez, lançado para longe.

Suas costas se chocaram contra o chão e, em um giro rápido, aproveitando-se da inércia, jogou as pernas para cima e deu uma cambalhota para trás, logo se prostrando com o clássico “Pouso do Herói”.

— Ainda não, gatinho.

Em simultâneo, ambos os inimigos levantaram suas mãos, porém, o que diferiu um ataque do outro, foi que Blake fechou os dedos no punho enquanto Aava descia sua pata contra o chão, com a potência que apenas um tigre do tamanho de um blindado poderia ter. O golpe do animal se chocou contra o chão, fazendo estalagmites de gelo surgirem como pontas de lança.

Assim que o golpe fora lançado, Aava falseou em suas musculosas pernas e rugiu de forma dolorosa, vomitando uma nódoa nojenta de sangue. Blake desapareceu logo depois, evitando o ataque da tigresa. Com o silêncio que antecede o ápice da catástrofe, o filho de Quione ressurgiu, no ar, à distância de combate direto do animal e o golpeou com sua espada incandescente. Mais vitae escarlate jorrou do animal e, em um movimento instintivo e puramente defensivo, abriu a bocarra e abocanhou o semideus. Os dentes apertaram Blake com tanta força que sua proteção gélida se esfarelava e derretia na língua do tigre, mais rápido do que ele podia regenerar. Não obstante, o descendente de Ares sentiu algo em sua caixa torácica se partir e a dor aguda se espalhar pelo seu peito e escapar na forma de um grito doloroso. Nunca, em toda a sua vida, Blake sentiu tanta dor, ele tinha certeza disto.

Blake Eldridge Falkenrath
Status base: 43 HP / 180 MP
(- 50 MP + 10 MP) = - 40 MP por Pulsar
(- 15 HP x 0,8 ) x 0,5 = - 2 HP por Explosão de Vento - Armadura de Diamante IV - Escudo Estelar II
- (470 HP x 0,8 ) + 470 = - 97 HP por Mordida - Armadura de Diamante IV
Movimentos limitados em 40% por costela quebrada.

Poder Passivo ganho:
Olhos do Oráculo: Poder concedido àqueles escolhidos pelos deuses para que os olhos mortais possam enxergar além da mentira. Nada entrega o portador deste poder, com exceção de que este não é enganado por magias ilusórias como Névoa, tampouco itens que permitam invisibilidade.

Itens ganhos:
Anel Límpido Azul: Anel de ouro adornado com uma safira triangular em sua face. Possui a característica de anular todo tempo de conjuração de qualquer poder ativo. O poder conjurado é lançado instantaneamente, tornando a ação de lançar o poder neutra, assim como a iniciativa de lançar poderes é do portador deste anel.

Aava, A Mascote do Rei de Marfim

Status base: 6.163 HP / 19.850 MP
- 1.010 HP por Pulsar
- 6.075 HP por Golpe + Fulgor III + Espírito Ancestral + Bênção Estelar III + Carga de Poder
- 2 HP por Senhores da Neve III nos próximos 3 turnos
- 50 MP por Quebra de Gelo
- 50 MP por Explosão de Vento

PODERES PASSIVOS:
Pelagem grossa: A pele resistente de Aava fornece a ela uma resistência de 90% contra ataques que envolvam o frio. A natureza presenteou-a com esta dádiva, principalmente por esta ser uma criatura habitante de terras extremamente frígidas

Invisibilidade: Aqueles que não forem dignos dos deuses não podem ver a imponência deste animal sagrado, a menos que ele permita que você o enxergue. Oráculos podem vê-lo mesmo sem sua permissão.

Fôlego Divino: Aava não tem problemas de respirar onde o ar é rarefeito e muito frio, podendo deslocar-se rapidamente de um lugar para o outro.

PODERES ATIVOS:
Cristais de Gelo Teleguiados: Aava se distancia a uma distância de de um turno do atacante e ruge, conjurando cinco Cristais de gelo que são lançados na próxima ação ou na seguinte. Perseguem o alvo com probabilidades de acerto:
1 ação de distância = 60%
2 ações de distância = 40%
3 ações de distância = 20%
Dano: 20 HP por cristal atingido
Custo: 50 MP

Quebra de Gelo: Aava é capaz de golpear o chão com a sua pata e fazer uma trilha de estalagmites de gelo, em linha reta, surgir, um a um, sendo capaz de atingir o inimigo de baixo. O golpe interrompe ao atingir o alvo.
1 ação de distância = 40%
2 ações de distância = 20%
3 ações de distância = 10%
Dano: 35 HP
Custo: 50 MP

Explosão de Vento: Após duas ações de carga Aava libera sua energia, lançando o inimigo a uma distância de 3 ações.
Zona segura: 1 ação de distância. (De modo que se pode golpear Aava uma vez)
Dano: 15 HP
Custo: 50 MP

Dano padrão: 100 HP

Sistema:
Este MvP será um pouco diferente dos demais, pois considerarei muita lógica de combate com movimentações por turno.
- Você pode executar 3 ações por turno.
- Executar QUALQUER ataque custa 1 ação.
- Executar DEFESA ou ESQUIVA também custa 1 ação.
- Executar DESLOCAMENTO de ATÉ 20 metros também custa 1 ação.
- Ataques a distância podem ser lançados em até 2 ações de distância, isto é, 40 metros.
- Boa sorte semideus, e que os deuses dos ventos estejam com você.
avatar
Apolo
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 164
Data de inscrição : 12/07/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blake Eldrige Falkenrath VS Aava, A Mascote do Rei de Marfim

Mensagem por Blake "Sirius" Falkenrath em Seg Nov 28, 2016 4:51 pm

Slavery


As coisas começavam a ficar confusas naquele embate. Golpe após golpe dando meu máximo em todos eles e ainda assim o animal continuava de pé e forte. Aquela tigresa não era comum – obviamente – mas, ainda assim, seu poder é imensurável. Nada até então havia suportado aquela quantidade de golpes e sobrevivido. Não só sobrevivido como continuava a me atacar com potência de um deus, quase.


Em um momento estava na frente dele com a espada atravessando seu corpo outra vez, queimando seus pelos e a carne fria que sofria com o choque térmico da minha espada com a neve. No outro tinha meu corpo sendo esmagado por uma pressão insana que sua mandíbula fazia contra meu tronco, destruindo toda a casca rija de cristal. Seus dentes penetravam não só a armadura, mas minha pele nua também, deixando com que meu sangue banhasse a bocarra do animal. Pude sentir alguns ossos cedendo a força descomunal, os partindo e talvez os levando a perfurar meus órgãos interno. A dor era indescritível, nada chegava a altura daquilo, nenhuma tortura seria capaz de me fazer sentir algo daquele patamar outra vez.

Eu sabia que se ele continuasse me apertando iria desfalecer perto da vitória e ser um fracasso de Escolhido – e de filho.

Com um saque rápido, peguei a faca presa às costas, e iria desferir um golpe rápido no olho do animal, na tentativa de fazê-lo abrir a boca e me soltar. Em seguida, giraria o mais rápido possível para reaparecer o mais alto nos céus que conseguisse, acima do monstro, em um ponto que conseguisse realizar uma queda perfeita.

AAAAAAAAAAH – Com as palmas viradas para cima, ergui as mãos com força da cintura até o máximo que conseguia. O corpo latejava com o esforço, sangue escorria das narinas e da boca. A última devido aos danos internos causados por Aava. Criaria dezenas, centenas, milhares, quantas estalactites de gelo conseguisse, naquele momento, embaixo do monstro. Em meu indicador outro anel brilhava, negro como a noite, o anel de Plutão.

Empunhava tanto a espada quanto a faca, usaria a gravidade para nos impulsionar para baixo, tanto a felina para ter seu corpo chocado contra as pontas gélidas quanto eu, para aumentar o impacto de minhas lâminas.

Descreveria um “X” com as armas, assim que me aproximasse o suficiente do monstro. Pousaria com uma estocada dupla. Mergulhava como uma águia que buscava sua presa.


Equipamentos:
Ice:Um arco todo feito de cristal gelado, inquebrável, e a corda é de um material transparente. As flechas são infinitas, e, quando em contato com a pele do inimigo,
começa a congelá-lo - se não matá-lo com o tiro, matará congelado. Transformam-se em duas pulseiras também de cristal.

Braceletes Condutores - Os braceletes originalmente pertencentes à Lâmia Original são responsáveis por conceder à criatura suas capacidades elétricas. Com estes equipamentos, o seu portador tem a capacidade de reproduzir alguns dos poderes elétricos de Zeus, como Flash, Bola de Energia, Estática (Nível II e Nível VIII), Electric Punch e Ira de Zeus I. Custos em MP iguais aos dos poderes dos filhos de Zeus.

Espada Solar -> Uma espada que parece mudar de tom entre o prata e o laranja. Sua lâmina é fria ao toque, mas ao se aproximar de um inimigo ela se torna incandescente, cortando facilmente carnes e ossos. Caso seja segurada por alguém que não seja um escolhido, ela irá encolher até sumir, voltando para a mão do Escolhido.

Adaga Lunar -> Uma adaga que brilha nitidamente a luz da lua. O fio é tão fino quanto o fio de cabelo de um recém-nascido, cortando facilmente qualquer coisa simplesmente por tocar. Um corte dessa adaga congelará a área imediatamente, impedindo o sangue de circular e iniciando uma necrose na região do corte. Caso seja segurada por alguém que não seja um escolhido, ela irá encolher até sumir, voltando para a mão do Escolhido.

Passivos Ares:
1 - Espirito Ancestral - A violência percorre o seio da humanidade desde o seu inicio, e antes disto em todos os seres vivos. Sendo essa a mais primitiva razão da realização de guerras, como filho de Ares você possui os instintos da própria violência em seu corpo, sendo que sempre luta com objetivo de ferir seu oponente. Essa agressividade natural acaba fazendo com que todos os golpes físicos da prole do deus da guerra, causem 50% a mais de dano do que golpes elaborados por outros semideuses.

3 - Força I: A força é sem dúvida alguma a principal arma de um guerreiro,que o faz vencer seus inimigos mesmo que precise utilizar apenas seus punhos. Independente do porte físico do filho de Ares e da sua idade, o semideus terá a força de um atleta de MMA profissional, sendo capaz de carregar até cinquenta quilos e desferir poderosos golpes desarmados capazes de causar danos internos sobre o corpo de monstros e humanos.


2 - Velocidade atlética: Um bom combatente sempre está preparado físicamente para os futuros combates, sendo que as proles do deus da guerra evam a sério seus treinamentos rígidos, buscando sempre serem melhores. Devido a condição física e biológica natural do semideus, e de seu empenho nos treinamentos, são quase tão rápidos e ágeis quanto filhos de Hermes, conseguindo correr longas metragens sem se cansarem. Movimentos de finta, esquiva e outros que requeiram velocidade/agilidade, sempre possuem 50% mais chances de funcionar contra inimigos mais lentos, além de perderem em uma corrida apenas para seres tão velozes quanto filhos do deus mensageiro.

Passivos Escolhidos:
Bênção Estelar III -> As estrelas estão sempre nos céus, apesar de brilharem apenas a noite. Neste nível, a força e velocidade do Escolhido durante o dia é triplicada, enquanto a noite seus movimentos são vistos apenas como borrões, e sua força é a mesma do que um trem em alta velocidade.

Brilho Estelar III -> O brilho do Escolhido é muito grande, e consegue iluminar uma grande distância. Esse brilho pode ser visto por semideuses até três quilometros de distância. Semideuses e monstros abaixo do nível do escolhido não conseguirão olhar diretamente para ele.

Fulgor III -> Qualquer espada, adaga ou arco tocado por um Escolhido se torna abençoada. Contra semideuses, essa arma infligirá +30 de dano, enquanto que contra monstros causará +50 de dano. A arma agora terá o dano de uma arma qualquer contra deuses ou titãs, mas virará pó após o primeiro golpe ser dado contra essas entidades.

Escudo Estelar III -> Uma força mística circunda os Escolhidos. Qualquer ataque mágico ou projétil sofrerá uma perda de potência ao se aproximar. Nesse nível, o dano sofrido por poderes ou projéteis será reduzido em 75%.

Campo Gravítico II -> O Escolhido agora pode tanto fazer a gravidade ao redor chegar a zero quanto aumentar a mesma sobre um alvo, fazendo com que fique mais difícil para o mesmo se movimentar, diminuindo a velocidade do inimigo.Aumentar sobre nós.

O Escolhido dos Deuses II -> Ao ficar abaixo de 80% de HP, o Escolhido imediatamente será abençoado por aqueles que o Escolheram. Os Três Grandes concederão ao Escolhido a arma que ele quiser, das três abaixo. Cada uma das armas somem após seu uso, com exceção do Anel. [1 vez por ocasião]

Relâmpago de Júpiter ~> Uma cópia do raio-mestre de Júpiter. O Escolhido poderá lançá-lo contra o inimigo, causando 50 de dano caso acerte e deixando o outro paralizado pelo próximo turno.
Tridente de Netuno ~> Ao apontar o tridente na direção do inimigo, uma tromba d'água se lançará do tridente contra o inimigo, o empurrando violentamente para longe caso acerte, causando 60 de dano.
Anel de Plutão ~> O anel se materializa no dedo indicador do Escolhido, e lá permanecerá até o fim do combate. Enquanto usar o anel, todo dano que o Escolhido causar contra um oponente o curará numa quantia igual, e causará um sangramento profundo contra o inimigo.


Passivos de Quione:
Senhores da Neve IV ~> Filhos de Quione ficam mais fortes ao entrar em contato com a neve. Além dos bônus dos níveis anteriores, seus ataques ou suas habilidades congelam a área atingida.

Senhores da Neve III ~> Filhos de Quione ficam mais fortes ao entrar em contato com a neve. Além dos bônus dos níveis anteriores, seus ataques infligem queimaduras de gelo, que tiram 10 HP do adversário por turno, durante três turnos.

Senhores da Neve II ~> Filhos de Quione ficam mais fortes ao entrar em contato com a neve. Além do bônus do nível anterior, suas habilidades custam -10 MP para serem usadas.

Senhores da Neve I ~> Filhos de Quione ficam mais fortes ao entrar em contato com a neve e enxergam perfeitamente bem em meio a ela. Suas habilidades causam +10 de dano ao oponente enquanto em contato com a neve.

Armadura de Diamante IV ~> Ao se sentirem ameaçados ou entrar em combate, uma espécie de armadura de gelo puro e indestrutível se forma pelo corpo dos filhos de Quione, dando a impressão que o mesmo é feito de diamante. Todo o dano recebido pelo semideus é reduzido em 80%.

Cristalização IV ~> Filhos de Quione tem a capacidade de cristalizar a água, condensando a mesma. Neste nível, o semideus consegue criar tanto neve quanto gelo puro do ar, usando as moléculas de hidrogênio presentes no ambiente, podendo modelar gelo ou a neve da forma que quiser. Também criar espinhos de gelo abaixo do monstro.

Ativos Quione:
Erupção Congelada II ~> Apontando para qualquer lugar no chão, espinhos congelados surgem no local indicado violentamente, capazes de perfurar armaduras e congelando o que atinge por um turno. Causa 30 de dano. [10 MP] Acredito que o custo de ações tenha sido zerado aqui, assim como o gasto, por isso usei tantos.

Ativos Escolhidos:
Buraco de Minhoca I -> Girando seu corpo em 360º, o Escolhido desaparece em pleno ar e pode aparecer em qualquer lugar dentro de dois quilômetros, seja no ar ou no chão, em questão de um segundo. [5 MP] Zerado pelo "Senhores da Neve II".

Ativos Ares:
1 –Carga de Poder - O filho de Ares poderá dar um poderoso golpe, armado ou desarmado, cuja intensidade será 10 vezes maior que um golpe normal. Este golpe parecerá uma simples mancha no ar para todos que o verem, sendo um tanto quanto dificil se defender.

5 – Voz do Pânico: Os filhos de Ares possuem nesse nível a capacidade de tornarem sua voz rouca e densa, mesmo que seja do sexo feminino. O timbre vocal amedronta todos os inimigos que estiverem em um raio de 50 metros, os fazendo recuar. Caso os oponentes sejam de mesmo nível ou mais poderosos que o semideus, apenas irão ficar uma rodada sem conseguirem se mover, e caso sejam de nível inferior, não irão atacar ou se aproximar até que vejam o filho de Ares ou algum aliado do semideus, de modo que pode ser utilizado também como distração.
avatar
Blake "Sirius" Falkenrath
Filhos de Quione
Filhos de Quione

Mensagens : 167
Data de inscrição : 04/10/2016
Idade : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blake Eldrige Falkenrath VS Aava, A Mascote do Rei de Marfim

Mensagem por Apolo em Ter Nov 29, 2016 9:44 pm


Blake sentia sua vida lhe escorrer pelos dedos como areia. As chances estavam contra o semideus, que só sobrevivera à mordida de potência incomensurável da Tigre Dentes-de-Sabre sagrada graças à sua armadura gélida. A respiração lhe doía a caixa torácica e ele sabia que se nada fosse feito a sua vida se esvairia na próxima mastigada.

Em um momento de pura adrenalina, moveu sua mão para a cinta, em suas costas, e sacou a lâmina curta que recebera como reclamação de prole de Quione, e golpeou o olho alcançável de Aava. Mais sangue espirrou dali, diretamente no rosto do semideus. Em um grito de dor retumbante, que reverberou em cada osso de Blake, o animal soltou a mordida e isso foi o suficiente para que o herói escapasse, teleportando-se alguns metros para cima.

O vento era forte como rajadas de água, mas a sua descendência com a deusa da neve impediu que ele fosse arrastado, então, seguiu o que planejara no começo. Abaixo de Aava uma centena de estalagmites de gelo se formaram, tão afiadas e fatais quando pontas de lança.

O brilho de um flash arroxeado fez o ar ficar pesado e, então, o corpo da tigresa foi prensado contras estalagmites, quebrando-as com seus grossos pelos e sua pele preparada para as temperaturas extremas. Mas ainda assim estava bem presa ao poder. Blake também foi puxado para baixo, aumentando sua defesa em, pelo menos, duas vezes. Estava a incríveis 20m/s².

O animal se aproximava, o descendente de Ares não sentia dor, apenas a adrenalina e o ódio da criatura que tanto atrapalhara a sua vida. Cada vez mais perto. Mais perto. Ponto de impacto.

As lâminas fincaram na pele do animal e este deu um último rugido doloroso e melancólico. A Cabeça gigante tombou contra o chão enquanto, a partir do ponto em que o filho de Quione golpeou, Aava começou a se transformar em puro gelo. O som de rachaduras era constante e, quando Blake tirou suas armas do couro, agora cristalizado, da mascote, pulou para o chão, sentindo uma fisgada em sua costela. Quando voltou a observar a criatura, não passava de uma estátua de gelo.

— Você fez bem, meu filho. — A terrível tempestade de neve começava a se extinguir. — Você era a última esperança do seu avô... e minha.

Com um estalar de dedos a Deusa da Neve fez a pilha de gelo se tornar flocos de neve e ser arrastada pelo resquício de vento da tempestade. Agora o ambiente estava limpo e os olhos de Blake agradeciam por aquilo. Era como assistir a uma TV limpa após horas vendo-a com chuviscos, mal sintonizada.

À sua esquerda, na linha do horizonte, o sol começava a nascer, por trás de nuvens pesadas e cinzentas. Era como se as pintasse de laranja. Uma bela visão.

— Seu avô e eu somos eternamente gratos a você. — A deusa se virou para o sol e o menino pôde notar a beleza de Quione. — Quando chegar, por favor, use isto. — De dentro do manto a filha de Bóreas retirou uma pedra vermelha escarlate e pousou na mão do semideus. — Não é muito, mas espero que lhe sirva bem. Foi o que consegui fazer com o restante da essência de Aava.

Quione abraçou Blake mais uma vez e o herói sentiu o frio lhe assolar o corpo mais uma vez, apenas para, quando voltar, se ver na porta da enfermaria, onde teria seus ferimentos devidamente curados.

Blake Eldridge Falkenrath
Status base: 43 HP / 180 MP
Movimentos limitados em 40% por costela quebrada.

Aava, A Mascote do Rei de Marfim

Status base: 0 HP / 19.850 MP
Morta

PODERES PASSIVOS:
Pelagem grossa: A pele resistente de Aava fornece a ela uma resistência de 90% contra ataques que envolvam o frio. A natureza presenteou-a com esta dádiva, principalmente por esta ser uma criatura habitante de terras extremamente frígidas

Invisibilidade: Aqueles que não forem dignos dos deuses não podem ver a imponência deste animal sagrado, a menos que ele permita que você o enxergue. Oráculos podem vê-lo mesmo sem sua permissão.

Fôlego Divino: Aava não tem problemas de respirar onde o ar é rarefeito e muito frio, podendo deslocar-se rapidamente de um lugar para o outro.

PODERES ATIVOS:
Cristais de Gelo Teleguiados: Aava se distancia a uma distância de de um turno do atacante e ruge, conjurando cinco Cristais de gelo que são lançados na próxima ação ou na seguinte. Perseguem o alvo com probabilidades de acerto:
1 ação de distância = 60%
2 ações de distância = 40%
3 ações de distância = 20%
Dano: 20 HP por cristal atingido
Custo: 50 MP

Quebra de Gelo: Aava é capaz de golpear o chão com a sua pata e fazer uma trilha de estalagmites de gelo, em linha reta, surgir, um a um, sendo capaz de atingir o inimigo de baixo. O golpe interrompe ao atingir o alvo.
1 ação de distância = 40%
2 ações de distância = 20%
3 ações de distância = 10%
Dano: 35 HP
Custo: 50 MP

Explosão de Vento: Após duas ações de carga Aava libera sua energia, lançando o inimigo a uma distância de 3 ações.
Zona segura: 1 ação de distância. (De modo que se pode golpear Aava uma vez)
Dano: 15 HP
Custo: 50 MP

FIM DO MVP

Itens ganhos:
Anel Límpido Azul: Anel de ouro adornado com uma safira triangular em sua face. Possui a característica de anular todo tempo de conjuração de qualquer poder ativo. O poder conjurado é lançado instantaneamente, tornando a ação de lançar o poder neutra, assim como a iniciativa de lançar poderes é do portador deste anel.

Rubi Imperial – Adiciona 40 de dano à arma.

Poder Passivo ganho:
Olhos do Oráculo: Poder concedido àqueles escolhidos pelos deuses para que os olhos mortais possam enxergar além da mentira. Nada entrega o portador deste poder, com exceção de que este não é enganado por magias ilusórias como Névoa, tampouco itens que permitam invisibilidade.

EXP Ganho
4.000 x 2 por Ultra XP Pack = 8.000 exp

AGUARDANDO ATUALIZAÇÃO
avatar
Apolo
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 164
Data de inscrição : 12/07/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blake Eldrige Falkenrath VS Aava, A Mascote do Rei de Marfim

Mensagem por Vênus em Qui Dez 01, 2016 3:21 pm

ATUALIZADO


Vênus, love's lady
..
diva, déesse de l'amour et de la beauté ♦️
avatar
Vênus
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 16/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blake Eldrige Falkenrath VS Aava, A Mascote do Rei de Marfim

Mensagem por Vênus em Seg Dez 05, 2016 10:23 am

Postagem da maldição retirada do perfil


Vênus, love's lady
..
diva, déesse de l'amour et de la beauté ♦️
avatar
Vênus
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 1548
Data de inscrição : 16/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Blake Eldrige Falkenrath VS Aava, A Mascote do Rei de Marfim

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum