The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Taurus' Forge.

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Taurus' Forge.

Mensagem por Ananke em Ter Jun 06, 2017 9:50 pm

Ortografia e afins - 100 Xp
Criação - 100 Xp
Aparência - 50 xp
Outras considerações - 100 xp
Bonus - +200 xp creditados pela excelência da postagem
Total de ganhos = 550 xp

Rolagem autorizada.
avatar
Ananke
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 12

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Taurus' Forge.

Mensagem por Andrew J. Parker em Ter Jun 06, 2017 9:58 pm

Evie... No seu caso seria o preço do Vibranium. 5.000 Dracmas, e também o preço da mão-de-obra, como é um pedido "simples", eu ficaria satisfeito com 1.000 Dracmas, soa bom para você?

Abaixo, rolagem de dado para a forja do equipamento "Phobos"
avatar
Andrew J. Parker
I Coorte
I Coorte

Mensagens : 67

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Taurus' Forge.

Mensagem por Athena em Ter Jun 06, 2017 9:58 pm

O membro 'Andrew J. Parker' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Forja' : 7
avatar
Athena
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 7951
Idade : 22
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Taurus' Forge.

Mensagem por Andrew J. Parker em Ter Jun 06, 2017 10:03 pm

Rolagem de dados de bônus de equipamento lendário:


(Próximo post farei com a descrição final da Phobos.)
avatar
Andrew J. Parker
I Coorte
I Coorte

Mensagens : 67

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Taurus' Forge.

Mensagem por Athena em Ter Jun 06, 2017 10:03 pm

O membro 'Andrew J. Parker' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Forja' : 10
avatar
Athena
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 7951
Idade : 22
Localização : Por ai

http://www.bloodolympus.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Taurus' Forge.

Mensagem por Andrew J. Parker em Ter Jun 06, 2017 10:15 pm

10. Elemento – A arma poderá acabar ganhando até duas propriedades condutoras de elementos, por exemplo: Ganha propriedade de conduzir raio, qualquer poder de raio lançado contra ela poderá ser rebatido e lançado novamente para aquele o lançador, ou seja, quem lançou o poder. Tal dano ainda poderá ser neutralizado pela arma.

Descrição Atualizada:

• ♂ Phobos : Machado de guerra com um metro e meio de comprimento, possuindo uma haste de regulagem para que acoplasse perfeitamente ao pulso de seu usuário. As lâminas e estacas são feitas de uma fusão de Vibranium e Adamantino, possuindo cortes invejáveis e até canalização e absorção de danos absurdas. O cabo que seria por onde ela é manuseada é feito unicamente de Vibranium podendo também ser utilizado defensivamente, a suspensão onde as lâminas ficam encaixadas, a haste e empunhadura são feitas de Arambarium. Quando fora de combate, torna-se um belo anel rubro. Quando em combate e com as gemas ativas, a suspensão ganha um brilho vermelho sangue amedrontador mostrando a real força daquele armamento. | Vibranium, Adamantino Arambarium | Efeito 1:Um rubi vermelho brilhante, que ao ser encaixado a uma arma da a lamina dobra o dano causado por ela. A arma assumira uma cor de vermelho brilhante, semelhante a sangue, e sempre que o inimigo for atingido por ela o dano será dobrado. | Efeito 2: Um rubi vermelho brilhante, que ao ser encaixado na arma da a lamina a propriedade de roubou de vida. Sempre que a lamina atingir o inimigo e causar dano, 25% da vida retirada desse inimigo, passa ao seu portador, restaurando uma pequena parte de sua vida.| Efeito 3: Um rubi vermelho brilhante, que ao ser encaixado na arma da a lamina um efeito potencializador. Quando o dono da arma for ferido em batalha, esta começa a brilhar, potencializando o dano causado. O efeito é proporcional, ou seja, quanto maior o dano recebido, maior vai ser o bônus dado pela arma (se o usuário perder 50% da sua vida, por exemplo, o dano será 50% maior.| Efeito 4: A arma ganhou duas propriedades mágicas bastante singulares. Ela agora consegue conduzir os elementos raio e trevas, e caso alvejada por um ataque desses elementos, poderá ricocheteá-los, os lançados de volta a seus donos. Tal dano ainda poderá ser neutralizado pela arma. | Resistência: Super Alfa| Status: 100%, sem danos. |Comum - Mágico | Nível mínimo para manejo: 40 | Lendário | [Forjado por Andrew J. Parker]
avatar
Andrew J. Parker
I Coorte
I Coorte

Mensagens : 67

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Taurus' Forge.

Mensagem por Evie Farrier em Ter Jun 06, 2017 10:40 pm

Aceito o valor sim, pode fazer o/


EVIE FARRIER
I am the bone of my sword. Steel is my body and fire is my blood.
avatar
Evie Farrier
Filhos de Nyx/Nox
Filhos de Nyx/Nox

Mensagens : 498
Idade : 20
Localização : Acampamento Romano

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Taurus' Forge.

Mensagem por Andrew J. Parker em Qua Jun 07, 2017 3:50 pm

 

Andrew estava em sua forja arrumando alguns detalhes, tendo tanto clientes em tão pouco o tempo o impediu de dar uma geral em seu humilde espaço. Enquanto ajeitava tudo, colocava o lixo para fora, varria e removia itens que ele sabia que não seria mais útil, acabou percebendo que uma silhueta familiar o observava em uma distância um tanto quanto considerável.

Com a forja limpa e pronta para que as portas fossem reaberta para seus clientes, Andrew notou que aquela “sombra” se aproximou de forma calma e com uma postura intrigante, a capa que bailava ao vento começava a entregar que ela era no mínimo uma centuriã. Dito e feito, a pessoa que veio falar consigo não era ninguém menos do que a Pretora, e uma de suas fieis clientes.

Andrew passou a mão direita na própria barba, dando um sorriso breve que logo sumiu quando viu o anel e ouviu a explicação deixada pela mulher, provavelmente atarefada demais para que pudesse espera umas duas horas até que o seu trabalho estivesse pronto. No momento que o filho de Vulcano levou a mão naquele acessório, ele tornou-se o cajado que ela havia falado, o examinou calmamente enquanto pedia para que Carlos, seu autômato, fosse buscar uma peça de Vibranium sobressalente nos fundos.

Sentou-se próximo a uma mesa ampla, com o cajado na ponta fazendo possíveis cálculos, de como seria forjada aquelas lâminas, e quais seriam os melhores locais para implantar as lâminas que cobririam a orbe na ponta daquela arma. Dez minutos se passaram de forma lenta, até que Andrew descobriu uma forma de colocar aquelas lâminas de forma simples e que não fossem prejudicar a arma por inteiro, apesar de não serem mais lâminas ocultas.

Estalou os dedos começando a vestir seus equipamentos de segurança dentro da forja, seu robô já havia dado conta de trazer o material resistente para dentro do seu local de trabalho. De primeira parte ele levou um pequeno pedaço do Vibranium para a fornalha, dentro de uma forma que assemelhava a uma forma oval e vazada no fim. (Como na imagem) onde ficaria na extremidade oposta a da lâmina. O ferreiro com o restante do material o separou em três partes, a primeira seria base fazer a base que ficaria envolta do orbe, a segunda seria para fazer os detalhes semelhantes às “asas”, e a terceira e não menos importante, a lâmina em si.  

Removeu da fornalha a parte que já havia derretido, diminui a potência da fornalha e levou a primeira parte daquele ferro ao fogo, se ele bem se lembrava do desenho ele teria de forjar ela em um formato bastante complexo. Retirou o material fervente, o levando até a bigorna de forma calma, com um borrifador de água começou a umedecer o minério quente, e o martelar utilizando de sua força para começar a moldá-lo no encaixe, ele deveria ser dividido em dois, mas isso seria feito na Plasma Cutter.  Repetidas vezes foram feitos o processo da fornalha, borrifador e marteladas, até que ele atingiu a forma que era necessária, mergulhou o Vibranium ainda quente em uma bacia d’água, utilizando obviamente de uma pinça, o vapor d’água subiu, fazendo com que o ferreiro identificasse a mudança de temperatura do ferro, a removeu da água e levou até um recipiente para que fosse seca e encaminhada para a Plasma Cutter. No computador que fornecia os dados para o aparelho eletrônico, ele fez o desenho de todas as possíveis bordas que tomaria ao redor da pequena esfera e deixou que a tecnologia fizesse o restante do trabalho. O desenho saíra melhor do que se ele mesmo tivesse feito á mão, um sorriso encantado brotou em seus lábios, vendo que poderia agora partir para o acabamento, antes de se encaminhar a parte dois.

Fez encaixes nas pontas das partes que foram separados pelo cortador elétrico, e os encaixou em partes estratégias do cajado, fixando a orbe no centro de todo aquele material resistente, e a fechando ali dentro, como uma gaiola maciça, apenas uma pequena parte da orbe era agora visível, que ressoava um brilho por todo aquele acabamento. Fixou os encaixes, levando aquela parte específica ao fogo baixo, encarando a arma em seguida, agora devia partir para a fase dois agora.  

Levou a segunda peça já separada, para o Plasma Cutter novamente, no computador começou a fazer desenhos de pequenas “asas” que serviriam mais como um “enfeite” e desse uma beleza inigualável aquela arma que se tornaria bastante perigosa. Desenho concluído, Andrew recolocou os óculos de proteção e esperou que o trabalho estivesse pronto. Voilá! Os acessórios estavam concluídos, hora de fixá-los. Levou os pedaços finos de metais a seus respectivos locais, os fixando ali temporariamente, até serem levados a fornalha para assim se fixarem por tempo indeterminado. E assim estava pronto 50% do seu trabalho, e apenas uma única hora havia se passado, mas, agora vinha a parte difícil e chata daquele trabalho calmo momentâneo, a lâmina!

Retornou ao desenho para rever o modelo dela, antes que pudesse fazer algo de muito errado. Cálculos feitos, time to work! Pegou a pinça, pegando o resto de Vibranium que ali havia, alterando a temperatura da fornalha novamente, aquecendo todo o Vibranium e repetindo os feitos na primeira etapa, ele queria que o ferro alcançasse o formato necessário. Concluído essa parte, ele pegou uma lixa de ferra extremamente grossa, passando com extrema força por cada extremidade da lâmina, o plano para ela em si era ter fio em cada uma de suas extremidades, com capacidade tanto de penetração como cortes laterais.

Pegou a lâmina já lixada, e a levou a uma grande roda que tinha na parte esquerda de sua garagem, onde servia para amolar as armas já lixadas. Uma grande quantidade de faíscas eram emitidas, assim como um som metálico extremamente irritante, repetiu esse processo diversas vezes aos lados e na ponta, mais ainda na ponta que deve conter o maior poder de corte.  Lâmina pronta, agora era só fixá-la, fez o mesmo processo nas três etapas, só que antes diminuindo pela última vez a temperatura da fornalha. Tudo estava pronto, faltava apenas ver se o seu primeiro experimento já havia se solidificado.  A resposta para a sua pergunta mental fora respondida em um sim, removendo a orbe vazada do molde já sólida. Levou aquela ponta que deveria conter fio, ao mesmo aparelho que antes passara a lâmina, e por fim fixou também ela no cajado.

Estava literalmente uma arma de guerra para magos, pegou uma enceradeira para automóveis leves, como carros e motos, e começou a encerar todo aquele metal novo na arma o deixando brilhando como se não tivesse sofrido nenhuma espécie de exposição ao fogo, ou qualquer coisa do gênero. Pegou uma tinta negra e pintou toda aquela parte da lâmina, asas, tudo que fora implantado por ele. Uma pequena agulha efervescida fora utilizado para fazer desenhos no Vibranium já fixado e o resultado fora impecável, por todo o material rígido a luz azul ressoava como se formasse um neon dentro daquela peça metálica, era algo muito belo de se ver.

Para finalizar faltava apenas ele manter isso como uma arma “secreta”. Utilizou uma de suas magias, fazendo com que toda a lâmina quando não em combate virasse um triângulo, com diversos furos ao redor daquela orbe azulada, para acionar o modo lança, era só abrir aquela gaiola, que a lâmina traseira e frontal se engatariam instantaneamente. Pois o armamento de volta ao seu estado físico, que era um anel cheio de runas desconhecidas pelo ferreiro, e esperou que sua gentil cliente chegasse, para devolver sua arma nova em folha.


RESULTADO FINAL

• Exórdio [A princípio apresenta-se como um anel negro repleto de runas antigas de aparência simples, e material resistente, até mesmo raro. Ao ser ativado no entanto, transforma-se em um cajado negro com um brilho de poder único, cuja a aura brilha em um tom de azul cintilante no local em que as runas de poder, força, sabedoria, e conhecimento estão entalhadas. Mais ao centro do cajado o nome de seu portador foi gravado. O cajado tem cerca de 1 metro e meio, e em sua ponta uma esfera arredondada dá a ele a aparência de ser uma arma nobre. Agora este cajado também possui um pequeno triângulo com inúmeras perfurações ao redor de sua orbe azulada, quando "aberto" um mecanismo se ativa fazendo com que uma grande quantidade de Vibranium surja ao redor daquela orbe, formando uma lâmina negra, com brilhos em um neon azul. No lado oposto da lâmina, uma esfera vazada também surge,a ponta desta orbe é extremamente afiada. Aumentado o tamanho total da arma em 60cm.| O cajado possui duas propriedades distintas, sendo a primeira a redução do gasto de MP em 50% em todos os feitiços executados por seu portador. A segunda, no entanto, é que apresenta perigo. O cajado consegue abrir fendas em qualquer espaço tempo da terra, criando passagens e portais que permitem ao seu portador viajar entre os mundos, ou esse mundo. Essas passagens consomem energia de seu conjurador (HP), sendo possível extrair até 50% do HP  total de seu portador a depender do local para onde ele deseja ir, ou seja, quanto mais longe, mais distante, ou mais perigoso, maior a quantidade de energia gasta pelo conjurador do portal | Arambarium, Adamantino,madeira e Vibranium nas lâminas | Espaço suficiente para uma gema simples | Status 100%, a arma não apresenta nenhum dano | Lendária |Alfa Prime | Nível 10, consome energia física do seu portador (HP), caso seja usado em excesso |  Ganho no Evento: A mente liberta]

Compras:
A Nic é a melhor autistona minha betinha do mundo♥
avatar
Andrew J. Parker
I Coorte
I Coorte

Mensagens : 67

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Taurus' Forge.

Mensagem por Hades em Seg Jun 12, 2017 1:48 pm

Avaliação:
Ortografia e afins - 120 Xp
Criação - 100 Xp
Aparência - 150 xp
Outras considerações - 100 xp
Bonus - +50 xp
Total de ganhos = 520 xp

O item criado foi modificado, pois havia uma leve confusão em algumas partes, como falta de um “há” de existir etc. Além de não deixar claro que as laminas são feitas de materiais distintos e não materiais mesclados.

• Exórdio [A princípio apresenta-se como um anel negro repleto de runas antigas de aparência simples, e material resistente, até mesmo raro. Ao ser ativado, no entanto, transforma-se em um cajado negro com um brilho de poder único, cuja a aura brilha em um tom de azul cintilante no local em que as runas de poder, força, sabedoria, e conhecimento estão entalhadas. Mais ao centro do cajado o nome de seu portador foi gravado. O cajado tem cerca de um metro e meio, e em sua ponta há uma esfera arredondada dá a ele a aparência de ser uma arma nobre. Agora este cajado também possui um pequeno triângulo com inúmeras perfurações ao redor de sua orbe azulada, quando "aberto" um mecanismo se ativa fazendo com que uma grande quantidade de Vibranium surja ao redor daquela orbe, formando uma lâmina negra, com brilhos em um neon azul. No lado oposto da lâmina, uma esfera vazada também surge, a ponta desta orbe é extremamente afiada. Aumentado o tamanho total da arma em 60cm. | O cajado possui duas propriedades distintas, sendo a primeira a redução do gasto de MP em 50% em todos os feitiços executados por seu portador. A segunda, no entanto, é que apresenta perigo. O cajado consegue abrir fendas em qualquer espaço tempo da terra, criando passagens e portais que permitem ao seu portador viajar entre os mundos, ou esse mundo. Essas passagens consomem energia de seu conjurador (HP), sendo possível extrair até 50% do HP total de seu portador a depender do local para onde ele deseja ir, ou seja, quanto mais longe, mais distante, ou mais perigoso, maior a quantidade de energia gasta pelo conjurador do portal | Arambarium, Adamantino, madeira e Vibranium nas lâminas; Sendo que cada lâmina é feita exclusivamente com um material. | Espaço suficiente para uma gema simples. | Status 100%, a arma não apresenta nenhum dano. | Lendária. |Alfa Prime. | Nível 10, consome energia física do seu portador (HP), caso seja usado em excesso. | Ganho no Evento: A mente liberta.]

Andrew, você é certamente dedicado e esforçado. No entanto, seus posts são confusos e difíceis de ler. Como avaliador não consigo me concentrar muito tempo no seu texto. E acredito que tenham períodos muito longos, assim como ausência de pontuações corretas, o que torna algumas passagens confusas. Acredito que, se você se ater a isso, poderá melhorar ainda mais.

AGUARDANDO ATUALIZAÇÃO.


Ἅιδης
avatar
Hades
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 604
Localização : Importa? A morte ainda será capaz de te achar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Taurus' Forge.

Mensagem por Andrew J. Parker em Qui Jun 22, 2017 4:56 pm

Guitti escreveu:
Tipo de Item, Nome e Materiais:
Tipo de Item: Espada
Nome: Guitti
Material: Vibranium
Descrição da arma:
Ethereal Sword [A bainha desta espada, tem uma coloração negra e é feita de Vibranium. Possui o nome “Guitti” esculpido largamente em uma de suas laterais, juntamente com o nome “Ethereal Sword” abaixo, de maneira um pouco mais estreita, dando identidade à mesma. Quanto a sua lâmina, foi produzida também por Vibranium e é fixada ao cabo, do mesmo material, porém, com a pigmentação semelhante a da bainha. A lâmina possui gumes em ambos os lados e é pontiaguda. Sua extensão é de sessenta e quatro centímetros e com o peso em torno de um quilograma, sendo assim extremamente leve, mas ainda assim mortífera. Já sua largura, é de 5,5 centímetros, sendo que os fios da lâmina correm paralelos, tendo quatro centímetros. Voltando a referir-se ao cabo, ele havia um desenho simbólico no mínimo curioso para os olhos alheios que representava a propriedade “etérea” da arma.| Efeito 1: Por a gema “Etérea Imperial” estar acoplada à espada é permitido que, quando o usuário queira, mude a propriedade física de sua lâmina, tornando-a etérea. A lâmina agora passará a ser uma corrente energética celestial, translúcida, mas ainda assim visível. Por ser intangível, pode atravessar coisas físicas como paredes, escudos ou até mesmo a carne humana. Caso esta última situação aconteça, pela lâmina etérea ser algo energético e celestial, ao atingir o inimigo o dano não será físico e sim em seus chakras ou seja, sua energia vital. Além de absorver uma quantidade de MP baseada em 25% do dano total do golpe, o oponente ficará impossibilitado de utilizar qualquer poder ativo ou habilidade durante dois turnos e ainda assim, sentirá como se estivesse recebendo uma pontada em sua alma, causando a dor e efeito de um corte físico; Efeito 2: A arma sempre retornará ao seu dono. | Vibranium | Gemas, se a arma possui algum espaço para gemas, ou tem alguma delas presente em sua lamina, deve estar descrito aqui | Resistência: Super Alfa | Status: 100% | Classificação de item, se é comum, lendária, mágica ou etc | Nível mínimo para manejo da arma: 33 | Forjada por Andrew J. Park]

P.S¹.: Note que deixei o espaço “classificação de item” sem modificações, para ser editado por você depois que os dados forem rolados, caso a gente atinja essa conquista.
P.S².: Fiz o mesmo com o campo das gemas, afinal, pode ser que haja mais gemas além da Etérea Imperial.
Efeitos Extras (Encantamentos, por exemplo):
Efeito 1: Por a gema “Etérea Imperial” estar acoplada à espada é permitido que, quando o usuário queira, mude a propriedade física de sua lâmina, tornando-a etérea. A lâmina agora passará a ser uma corrente energética celestial, translúcida, mas ainda assim visível. Por ser intangível, pode atravessar coisas físicas como paredes, escudos ou até mesmo a carne humana. Caso esta última situação aconteça, pela lâmina etérea ser algo energético e celestial, ao atingir o inimigo o dano não será físico e sim em seus chakras ou seja, sua energia vital. Além de absorver uma quantidade de MP baseada em 25% do dano total do golpe, o oponente ficará impossibilitado de utilizar qualquer poder ativo ou habilidade durante dois turnos e ainda assim, sentirá como se estivesse recebendo uma pontada em sua alma, causando a dor e efeito de um corte físico;

Efeito 2: A arma sempre retornará ao seu dono.
Observações:
Por favor, fazer a postagem ser o melhor possível para que seja permitido o rolar dos dados. Quero tentar deixá-la lendária.

Caso ela fique lendária, ela terá três espaços para gemas. Um dos espaços já está ocupado pela Gema Etérea Imperial. Os outros dois espaços, quero que ponha duas Rubis Imperiais. Caso seja épica, obviamente, coloque apenas uma Rubi Imperial. E se por acaso der o azar de sair comum, apenas a Etérea Imperial.

Rubi Imperial – [D$ 5.000 Dracmas] –  Adiciona 40 de dano à arma.

Esta gema está disponível na Loja Especial do B.O. Clique aqui para acessar.

Não esquecer de solicitar outro rolamento de dados, caso o item seja épico ou lendário, para conseguir o bônus pela qualidade da arma.
Dano:
Fiz alguns cálculos sobre o dano e caso queira botar na descrição da arma, seria bom. Só não sei o local certo para colocar, portanto, deixarei a seu critério.

Vibranium
Descrição: metal conhecido por sua defesa perfeita, absorve 100% do impacto, assim, quando qualquer golpe atinge esse metal, nenhum dano será sofrido (golpes de energia, mágicos e o impacto do golpe ainda afetam o semideus).
Resistência: Super Alfa (único item que decrescem em 5 em 5).
Dano base em humanos: 45 (+15 de sangramento por turno, podendo ser adicionado mais dano, pois a arma absorve substancias e impactos)
Dano base em semideuses: 45 (+15 de sangramento por turno, podendo ser adicionado mais dano, pois a arma absorve substancias e impactos)
Dano base em monstros: 45 (+15 de sangramento por turno, podendo ser adicionado mais dano, pois a arma absorve substancias e impactos)

Comum:

Dano: 45
Sangramento: 15 (por turno)
Total: 60

Caso seja épica:

Dano: 45 + (40) + 15 (por ser épica) = 100
Sangramento: 15 (por turno)
Total: 100 + 15 = 115.

Caso seja lendária:

Dano: 45 + (40 + 40) + 30 (por ser lendária) = 155
Sangramento: 15 (por turno)
Total: 155 + 15 = 170.

P.S.: Os danos entre parênteses são os danos fornecidos pelas Rubis Imperiais.
Imagem representativa do símbolo que deve ser posto no cabo:


Ao total a sua conta da compra foi 6150, e é isso que vou cobrar, por enquanto. Cobrarei o preço conseguinte após realizar o rolamento de dados, de acordo com a qualidade da arma.

avatar
Andrew J. Parker
I Coorte
I Coorte

Mensagens : 67

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Taurus' Forge.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum