The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Beach Party.

Página 4 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Beach Party.

Mensagem por Phil o Satiro em Qui Set 22, 2016 10:40 am



O satiro mais lindo do momento não podia perder aquela, e sim eu sei que sou lindo, e não estou dispensando elogios então podem começar a me cantar (apenas as mulheres, homens fiquem longe). A festa sem mim obviamente que não teria graça, por favor, uma festa sem o Phil arrasador de calcinhas não era nada, e para aqueles que ainda não conhecem a marca "Phil e as gatinhas" não percam tempo, esta na oferta. A festa estava cheia de gatinhas, sem deusas e sim já peguei muitas deusas. Caminhei majestosamente entre todos, ignorando aqueles homens feios de proposito porque eles não chegam aos meus pés, sou melhor que Apolo, aquele deus invejoso acha que é bonito, mas não consegue entender o verdadeiro significado de beleza. Ajeitei meus chifres para que brilhassem ainda mais e peguei um cacho de uvas da mesa me aproximando de duas garotas muito lindas (Caliope e Lauren), agarrei cada uma por uma cintura as olhando e erguendo as sobrancelhas varias vezes. - Essa é a noite que nos três vamos curtir juntos numa barraquinha que montei aqui perto garotas, quem começa dando uvas na minha boca? - Perguntei apertando ambas contra o corpo, deixando-as de frente uma para outra e quase coladas, e coladas a mim também, seria uma diversão e tanto.




Zafrina - TPO
Sou a sedução do Blood 2 bjus
Phil

o Satiro
avatar
Phil o Satiro
Sátiros/ Faunos
Sátiros/ Faunos

Mensagens : 52
Data de inscrição : 09/03/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Beach Party.

Mensagem por Ariel Sehn Kahlfels em Qui Set 22, 2016 12:06 pm

Know what you doing tonight
I wanna try something new, all night


Por algum tempo, os olhos azuis semearam um brilho de esperança, fazendo com que a filha de Hades imaginasse que aquele era o seu dia de sorte. Ao olhar as circunstâncias daquela noite, não tinha muito o que esperar, se não, um momento com Lauren, Natasha e Calíope. Obviamente cada uma teria o seu próprio desfecho durante o desenrolar da festa, mas não esperava que a morena de olhos verdes a quem tanto havia pensado durante os últimos dias estaria ali. A mais alta soltava um suspiro tranquilo, enquanto mantinha o olhar fixo no que recebia da outra semideusa, mas em algum momento, ela parou para observar as vestes da caçadora. — Não acredito muito em acaso. — deu de ombros, demonstrando certa sutileza nas palavras, enquanto movia-se ritmadamente no ritmo de Cold water enquanto a brisa marítima encontrava cada parte descoberta da silhueta da prole da morte. Ariel aproximou-se de onde a filha de Poseidon havia se encostado para dar algum apoio ao corpo, muito mais tranquila que da outra vez na qual haviam se encontrado. Ligeiramente a morena decide olhar para trás e saber como a melhor amiga estava se saindo, e qual não foi sua surpresa em explodir numa gargalhada absurda ao notar Phil, o sátiro próximo do par de garotas. O olhar azulado moveu-se então para a figura da filha de Ares, que ainda permanecia com o mesmo cara, onde indicou Lauren com a cabeça, movendo os lábios em um "Tirou a sorte grande!".

Into You pulsava sonoramente das caixas de som escondidas por alguns pontos estratégicos, enquanto voltava a olhar para a caçadora, que parecia pensar em algo. Seria um bom momento para começar a escutar os pensamentos daquela jovem? Ou não? Sentir-se uma intrusa era algo pelo qual Ariel não sentia-se a melhor pessoa do mundo, mas desde que havia virado a segunda mentalista, podia ouvir os pensamentos dos campistas com certa frequência, mas não era com se tivesse certo controle. Então, a pergunta sobre os olhos havia sido feita, onde Emmanuelle havia provado-se uma boa observadora, já que tinha passado boa parte do tempo tentando não olhá-la nos olhos com o intuito de não deixar a mudança tão explícita. Mas... Isso também queria dizer que parte da caçadora poderia estar interessada em realmente saber o que lhe tinha acontecido. — Benção de Psique. — explicou utilizando uma forma mais delicada, evitando dizer que era uma mentalista para não impactar tanto. Afinal, não era algo confortável em revelar que poderia ouvir os pensamentos da pessoa, podendo evitar o desconforto da outra, também. — Você não parece ser o tipo de garota que festeja, mas é compreensível, visto o posto que ocupa. Porém... Todos podem aproveitar, as vezes. Talvez seja por isso que esteja aqui, certo? — Ariel se aproximou, esquecendo-se que Emmanuelle era mais fechada que as outras pessoas, e apenas tomou-lhe pela mão, puxando a garota para perto, perto o suficiente para passar os braços ao redor de sua cintura em um movimento ousado, abraçando-a por trás. — Hoje pode ser diferente pra você, caçadora. — A filha de Hades sorriu minimamente, ao ditar as palavras em seu ouvido e logo estava se afastando para começar a dançar em frente a ela, instigando a morena a se juntar, pegando na pesa uma garrafa de vinho. Ao ingerir um longo gole, a prole de Hades deixou a cabeça pender por alguns segundos, saboreando a bebida, mas logo voltava ao normal, oferecendo-a em direção de Manu.




I know you think that you know me but you ain't even see my dark side. This is for you only, so baby do me right.
avatar
Ariel Sehn Kahlfels
Lider dos Mentalistas
Lider dos Mentalistas

Mensagens : 150
Data de inscrição : 01/09/2016
Idade : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Beach Party.

Mensagem por Calíope Böhr Wingërkaroff em Qui Set 22, 2016 7:21 pm



One Two Three, One Two Three. Drink!

Calíope sentia o vibrar da música em seus ouvidos a instigando a dançar, mas ela percebeu certos olhares masculinos sobre sua amiga, a prole sensual de Ares, com a qual ainda conversava e decidiu que era o dia da amiga se divertir, inventou qualquer desculpa e tratou de ir embora. Ainda caminhando entre a multidão que rebolava os quadris ao som da música, ela olhou de soslaio para Natasha enquanto lutava para voltar para perto da prole de Hades e de sua bela amiga, notando que ela já estava acompanhada de um bonito rapaz e os dois pareciam estar meio conversando meio flertando, com um sorriso de canto, ela balançou a cabeça e começou a rebolar ao som de Animals, assim conseguindo sair da “pista de dança” improvisada. Seus longos cabelos loiros se agitavam com o vento acariciando sua pele e ela avistou a amiga, ainda desconhecida, de Ariel a fitando dos pés a cabeça, ela mordeu o lábio retribuindo o mesmo olhar e sorriu maliciosa começando a ir em direção a elas. Em seu caminho, uma garota passou em sua frente segurando uma garrafa de vinho e a olhou meio enojada, Calíope revirou os olhos e pegou a garrafa da mão da garota quando passou próxima a ela e sorriu travessa, voltando a andar e ainda olhou para trás mandando um beijinho pelo ar.

Calíope ainda sorria travessa quando se aproximou das garotas e notou uma figura nova no círculo de amigos e apenas se limitou a acenar para o rapaz voltando sua atenção a Ariel que estava lhe fazendo o grande favor de apresentar a bela garota que estava ao lado dela. Lauren, esse era seu nome, tão belo quanto a dona, ela sorriu para a garota e mordeu o lábio quando sentiu ela a puxar contra sim e depositar um beijo bem próximo a seus lábios. Essa garota já tinha conquistado a atenção de Calíope. – Prazer só na cama minha querida, mas quem sabe você possa me conceder isso em outros lugares, non? Mas de fato, é um prazer finalmente conhece-la, Lauren, filha de Ares. – Calíope murmurou e sorriu passando a mão pelo cabelo. – Sou Calíope. Sim, como uma das nove musas. – ela retrucou e mordeu o lábio notando os olhares da prole de Ares. A prole de Hades, denominada Ariel, saiu de fininho com o garoto que outrora estava na presença das garotas e acabou por deixar propositalmente Lauren e a Calíope a sós. – Sim, já experimentei algumas bebidas, mas aceito um gole da sua. – ela murmurou sem tirar os olhos dos da outra garota e pegou o copo da mão dela dando um gole generoso, devolvendo o copo em seguida.

Ela passou um tempo analisando o corpo de Lauren e sorriu satisfeita voltando a olhar a outra garota nos olhos. – Então, Lauren. – ela iniciou e sorriu. – Está gostando da festa? – seus olhos se prenderam nos lábios da outra garota e enquanto a mesma a respondia, ela notou o sátiro do acampamento se aproximando delas. Não deu nem tempo de enxotar Phil, pois o mesmo já mantinha sua mãos em ambas as cinturas das mesmas as fazendo se encarar tentando não rir. Ele murmurou uma série de coisa e Calíope não se segurou e começou a rir da situação. – Me desculpe Phil, mas não estava em meus planos um ménage para esta noite. – ela olhou para Lauren e mordeu o lábio. – Eu sei que está claro que não sairei daqui desacompanhada, mas não em sua companhia, portanto dê o fora daqui e largue a minha acompanhante ou chamarei meu pai para lhe dar um jeito. – Ela o encarou firmemente e puxou Lauren para pista de dança, deixando Phil, o sátiro, para trás. – Sátiros. – Calíope murmurou e revirou os olhos parando em uma parte menos cheia e se virou para Lauren ao mesmo tempo em que começava a tocar Partition e então ela jogou as mãos para o ar, começando a mexer os quadris ao som da música tendo ciência do olhar de Lauren sobre seu corpo e sorriu maliciosa olhando para a mesma e puxando para dançar junto a ela.

Party girls don't get hurt. Can't feel anything.


Calíope Ekaterina-Siënna Böhr Wingërkaroff
I live my day as if it was the last; Live my day as if there was no past; Doing it all night, all summer; Do it the way I wanna; Yeah I'mma dance my heart out 'til the dawn; But I won't be done when morning comes; Doing it all night, all summer; Gonna spend it like no other. It was a crush, It was.
avatar
Calíope Böhr Wingërkaroff
Filhos de Dionisio
Filhos de Dionisio

Mensagens : 53
Data de inscrição : 18/05/2016
Idade : 19
Localização : Onde tem bebida, eu to

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Beach Party.

Mensagem por Lauren L. Hill em Qui Set 22, 2016 10:24 pm



Beach Party

A noite estava ficando cada vez melhor, a filha de Dionísio tinha uma mania sedutora de morder seus lábios, isso a cada instante que me olhava ou que notava meu olhar sobre seu corpo e seus lábios. Recebi um convite disfarçado com seu humor, gargalhei sedutoramente, fechando os olhos e bebendo mais um gole do líquido do copo que descia quente por todo o meu sistema e segundos mais tarde esquentava meu corpo. — É claro, se estiver disposta a alguma aventura essa noite, é só me avisar Calíope. — respondi, isso depois da garota dizer-me seu nome que fazia jus à sua beleza encantadora. A observei tomar um gole da bebida que eu havia feito e seu pescoço por alguns segundos me pareceu convidativo, passei a língua entre meus lábios mordendo-os em seguida e aproveitei para desviar meu olhar para o nosso redor, notando algumas garotas dançar em cima da mesa, achando-as internamente engraçadas. A festa já acontecia a algum tempo, estava mesmo na hora de coisas inusitadas acontecerem.

Já com o copo na mão e durante os minutos que Calíope analisou meu corpo, terminei a vodka com cerveja que continha no copo e pude sentir meu corpo esquentar um pouco mais e minha pele arrepiar-se levemente pelo breve choque térmico da brisa fria que batia contra a mesma. Fui questionada sobre a festa e assenti com a cabeça brevemente antes de responder. — Estou e parece que ela só tende a melhorar. — disse a fitando fixamente em seus olhos, sorrindo de canto. Havia percebido uma presença um pouco diferente chegar quando minutos antes olhei ao redor e vi um Sátiro de altura mediana. Me perguntei o que ele estava fazendo ali e exibi um sorrisinho sarcástico com o que passou por minha cabeça, mas o sorriso logo sumiu quando percebi que o mesmo vinha em minha direção e de Calíope e logo ele estava agarrando as nossas cinturas, desconfortavelmente. Fechei a cara e olhei para Ariel como quem estava pedindo ajuda prendendo meu riso, revirando meus olhos quando ela falou de longe “Tirou a sorte grande!” sem som algum e eu consegui entender, exibindo meu dedo do meio disfarçadamente pra ela, em resposta. Percebi Calíope me olhar e eu sorri em resposta achando toda a situação engraçada, mas a lançando um olhar malicioso ao ouvi-la nos tirar daquele convite de ménage. — Sinto muito Phil, o Sátiro... — disse, sarcasticamente. — Mas eu só tenho planos com esta dama essa noite. — disse depois de ser puxada pela minha companhia dali para a pista de dança, quando percebi a batida de Partition começar e ri ouvindo o comentário irônico sobre o Sátiro.

Era incrível como eu só atraia situações inusitadas e constrangedoras, mas que não deixavam de ser engraçadas. Assim que chegamos na parte que estava menos cheia da pista, Calíope jogou seus braços para cima e começou a mexer os quadris sensualmente, por um momento só consegui olhá-la a admirando, sua pele branca que quase chegava a ser pálida e seus olhos azuis convidativos. Só sai do meu transe, quando senti o corpo da loira tocar o meu e por impulso, a virei calmamente de costas pra mim colando nossos corpos e descendo minhas mãos até sua cintura a segurando firme, começando a acompanhar seu ritmo, como ditava a batida da música. — And we ain’t even gonna make it to this club... — disse com um sorriso nos lábios, próximo ao seu ouvido fazendo uma pausa breve. — Take all of me. — repeti a letra, finalizando com uma mordida no seu lóbulo, provocando-a tentando deixar claro o que eu queria dela durante a noite que ainda tinha muito o que rolar. — E você, está gostando da festa? — repeti sua pergunta de momentos antes, com um sorriso safado nos lábios. Finalmente estava começando a aproveitar minha festa da forma que gostava.








HUMAN
Don't ask me to lie

avatar
Lauren L. Hill
Líder dos Celestiais
Líder dos Celestiais

Mensagens : 344
Data de inscrição : 04/09/2016
Idade : 19
Localização : Lotus Home.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Beach Party.

Mensagem por Ezio Allen Romanov em Sex Set 23, 2016 8:45 pm


" So you can throw me to the wolves,

Tomorrow I will come back leader of the whole pack.

Beat me black and blue,

Every wound  will shape me

Every scar will build  my throne !



Nero se arrumava em seu chalé vazio. Sim, era o chalé mais vazio do acampamento, disso o garoto tinha certeza. Poderia até dizer que é só seu. Uma festa? Sim, uma festa, em um horário proibido. Há apenas uma resposta para tal feito, Filhos de Dionísio (Baco) fazendo o que sabem de melhor, farrear e beber até o último raio de sol sair. Apesar de Nero não ser tão acostumado a sair para fazer tais atos que infringem as regras, decidiu abrir uma exceção e permitir-se divertir por um tempo.

O jovem trajava uma camisa branca sem estampa ou qualquer coisa, apenas uma simples e comum camisa branca, e claro, por cima dela o jovem trajava um fino Blazer prateado, tão macio como pêssego, era um dos favoritos do semideus. Em conjunto uma calça escura, que não chegava a ser um totalmente preto, nem um totalmente cinza, algo pelo meio termo, combinando perfeitamente com o Blazer e em contraste da camisa branca. O jovem calçou um tênis normal preto, com foices desenhadas em cinza pelo tecido do mesmo.

Nero saiu de seu chalé e em passos lentos e silenciosos, seguiu a trilha para a praia. Atentou-se para não ser pego, ou para chamar a atenção das pessoas. Por ser bem quieto e fechado, Nero passava despercebido pela maioria dos semideuses que ali haviam. O garoto observou a decoração, e achou bem interessante, apesar de ser organizado às pressas, não estava de todo ruim. Deslizou os olhos pelo local e avistou Alaska na pista de dança, requebrando como se não houvesse um amanhã.

Caminhou até a jovem, com um sorriso no canto dos lábios, até que observou que outra garota chegava antes dele até a mesma. Viollet, deveriam ser amigas. Continuou até chegar perto de ambas. Ajeitou seu Blazer, e mexeu levemente em seu cabelo que embora espatifado, ainda conseguia estar magnífico. – Olá Senhoritas. – Cumprimentou-as sorridente. – Vejo que o ânimo tomou conta de todos por aqui. – Disse rapidamente, colocando as mãos ao bolso. Apesar de estar no meio da pista de dança, e sequer estar se mexendo. Dançar não era algo que ele gostava, mas não se incomodava de parecer um segurança por ali. Pelo menos seria um segurança com estilo. Permitiu-se rir enquanto pensava.

template by: MM's GIRL on Tdn!

So don't even try ...

To cry me a river ! Cause I forgive you."


Ezio {Auditore} Da Firenze Allen Romanov
"Afeto sem fim por ti, Sofia. Teu para sempre, Ezio Auditore."
avatar
Ezio Allen Romanov
Filhos de Thanatos/Leto
Filhos de Thanatos/Leto

Mensagens : 300
Data de inscrição : 09/08/2016
Localização : Ceifalândia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Beach Party.

Mensagem por Alaska J. Solzhenitsyn em Sex Set 23, 2016 9:31 pm

I'm a Brooklyn baby

They judge me like a picture book...
By the colors, like they forgot to read.
O cheiro do mar a inebriava e a bebida a deixava ainda mais embriagada, ao fundo a música tocava.

Yeah, you can start over
You can run free
You can find other fish in the sea
You can pretend it’s meant to be

Alaska entornou a taça que continha um líquido de duas cores, azul e vermelho. Morango e bluberry. O sutíl sabor do álcool era quase imperceptível, por isto ela não notava que estava começando a perder a noção dos sentidos.

But you can’t stay away from me
I can still hear you making that sound
Taking me down, rolling on the ground
You can pretend that it was me, but no, oh

A ruiva riu e continuou a se mexer no ritmo de Animals - Maroon Five. O quadril balançava de um lado a outro, num rebolado nem lento, nem rápido visto que a música também era assim. As mãos levantadas para o alto e a cabeça balançando de um lado a outro. Fazia quanto tempo que não se soltava? Ela sequer conseguia programar a mente para pensar, estava um pouco "alta" demais para tal. Era fraca para bebida e apenas um copo tinha tomado. Se Caim a visse naquele momento a mataria, era certo. Mas iria aproveitar o momento longe dos olhos protetores de seu amigo de infância.


— Baby, I’m preying on you toooonight —
a ruiva começou a cantar o refrão da música, sentindo uma animação anormal preenchê-la, realmente, não deveria ter tomado o conteúdo daquela taça. Então, uma inconfundível cabeleira loira entrou em seu campo de visão - ou melhor dizendo, brotou do nada diante dos olhos da prole da neve -, era sua querida amiga Violeta. — Violeeetaaa! — ela a cumprimentou animada soltando uma risada ante ao comentário da outra. Realmente, alguém deveria gravá-la, a cena era bastante inusitada quando se tratava de Alaska Jones.

Seguindo a instrução da outra, a ruivinha recomeçou a dança, soltando-se mais que antes agora que se encontrava acompanhada. A música era o melhor dos incentivos para fazer o corpo da pequena Jones se movimentar. Então, uma voz masculina se fez presente. Alaska vislumbrou o moreno muitíssimo arrumado e vestido para quem estava na praia enquanto ela se encontrava apenas de biquíni e tecido suficiente para cobrir-lhe as costas. A ruiva fechou os olhos, puxando da memória onde o conhecia. O gatilho veio, a competição de Paintball.

— Nero! — ela exclamou segundos depois tão animada quanto quando cumprimentou a loira que dançava com ela. — Por que está aí parado? — ela riu, ainda estava levemente alterada pela bebida. — É uma festa. — Alaska piscou para ele e estendeu a mão, num convite para que ele a acompanhasse na dança.



Look da Alaska

vitu



"Se as pessoas fossem chuva, eu era garoa e ele, um furacão."

avatar
Alaska J. Solzhenitsyn
Filhos de Quione
Filhos de Quione

Mensagens : 21
Data de inscrição : 12/08/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Beach Party.

Mensagem por Ludwig Axetarg em Sab Set 24, 2016 12:57 am


HEY!
LET'S PARTY!
A essa hora posso dizer que me acostumei com o vinho, certo? Certo! Layla me entregou uma taça e assim que tomei um gole a sua reflexo apareceu. Não sabia quem era mas era muito parecido com ela, mas tanto faz. - Sua irmã?- perguntei no movimento dos lábios e instantaneamente soube. Ela simplesmente subiu na mesa e começou a gritar.
=x=
Quando terminei o copo, fui pegar mais um para encher, entretanto, duas garotas[NPCS] desconhecidas, me serviram um copo com um líquido laranja... Elas insistiram em me fazer beber mas eu fui tão evasivo na conversa delas que elas desistiram de tudo que planejavam... Seja lá o que for.
Eu bebi o líquido e descobri que não era tão repugnante como suco de gordura em óle...o. Mal um gole eu me senti muito mais diferente....
Quando terminei o copo, cambaleei e quase caí de cara na areia, de tão tonto que estava, Caminhei até a Layla quase deixando um rastro de destruição de coisas que poderia dar errado.

- Se não deixo a fera sair que... hic - solucei - que graça tem? - Sorri sem aparentar um motivo inteligente o bastante, e olhei para cara das gêmeas Klasfox que estavam discutindo algo adverso. Eu estava louco de bebida e ao rodar um pouco o copo, vagamente percebi que eu bebi um copo de tequila. Minha cabeça estava girando, e tentei pegar as rédeas do meu controle mental, só que a bebida não me dava concentração o suficiente para fazê-lo.



Ludwig James Axetarg


The man has no power over anything as fear death. And who is not afraid of death has everything.

Thanks @
avatar
Ludwig Axetarg
Filhos de Hades
Filhos de Hades

Mensagens : 159
Data de inscrição : 26/01/2016
Idade : 21
Localização : Na Terra, dãh!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Beach Party.

Mensagem por Emmanuelle S. Henz em Sab Set 24, 2016 2:28 pm



Vamos fingir que sabemos amar, e quem sabe um dia poderemos aprender
Se eu sou uma espada, eu sou uma espada feita de vidro, e eu sinto que estou começando a estilhaçar

Manu se sentia como um peixe fora da água naquela festa, ela sabia que as pessoas ao redor poderiam estar estranhando sua presença repentina, afinal, não era seu tipo de ambiente, mas não se importava. No momento, encarando a prole do deus dos mortos Manu se sentia, levemente confortável, mas de uma maneira bem diferente do que estava pensando, estava curiosa. Pulou no lugar surpresa com a gargalhada da garota, os olhos se arregalando de leve e o coração aos pulos, aquilo sim era uma reação inesperada. Um tanto incrédula, Manu seguiu seu olhar até se deparar com a cena que se formava a frente. Um trio bastante peculiar, estranha, e desconfortável, a garota limitou-se a desviar o olhar e manear a cabeça, como quem diz não acreditar no que estava diante dos próprios olhos. Naquele caso, meio difícil mesmo.

A caçadora passou a mão pelos braços, a pele arrepiada pelo vento forte e a brisa marítima, e de alguma maneira, tal gesto a confortou por um momento. Pelos minutos seguintes não voltou a encarar Ariel, perdida nos próprios pensamentos, com o olhar vago desviando-se para os corpos que se moviam ali por perto. Voltou-se para ela quando ouviu sua voz, conhecida, firme, e com um tom doce. Curiosa limitou-se a assentir sem fazer mais perguntas, tinha muitas em mente, como, porque, quando? Mas não faria nenhuma delas. – Entendo – E ela entendia de fato. Fora da mesma maneira com ela, a descoberta de que era mais forte, mais rápida, de que podia ir além apenas por fazer um juramento, sabia o quão assustadoramente novo isso era. Muitos fatores podem influenciar um deus a dar uma benção, lealdade é um deles. Manu não sabia exatamente o que tinha acontecido, mas não perguntaria por respeitar a privacidade da garota.

- Hum? – Perguntou baixo. As palavras ainda retumbavam sua mente, sobre a pergunta e a suposição de Ariel com relação a ela. Manu abriu um sorriso de canto, levemente sem jeito por ter sido pega no flagra. – Realmente eu não sou o tipo de garota que festeja, vim para entender o que estava acontecendo, fiquei por que sou naturalmente curiosa – A garota deu de ombros, limitando-se para não falar mais. Nem ela mesma sabia o que estava fazendo, só tinha feito, era confuso até mesmo em sua cabeça. As coisas que vieram a seguir a deixaram ainda mais perdida, foi rápido e fatal para os sentidos aguçados da caçadora reagirem com precisão. Quando deu por si já estava colada ao corpo da mais velha, os olhos atentos contra seu rosto. Era capaz de sentir a precisão da palma sobre a cintura, o calor do corpo e a respiração acelerada, seu perfume conhecido lhe atingira em cheio, algo que tinha ficado presa a lembrança da garota durante semanas.

Sem reação, imóvel e travada a menina permaneceu ali, parada com a mão sobre o peito da morena, e com o olhar fixo ao dela. Se lhe perguntassem seu nome naquele momento, Manu não seria capaz de responder, não seria capaz de se mover, segurar uma espada ou ter qualquer tipo de reação que não aquela. Seu coração parecia um relógio rápido, os ponteiros se movendo de forma audível, e ela estava começando a temer que Ariel pudesse escuta-la, mesmo sem ouvi-la falando por si mesma. Seu corpo foi virado, a respiração da morena bateu contra sua nuca, e cada minuto pareceu passar de uma maneira ainda mais lenta. – O que está fazendo? – Perguntou rápido, as palavras saindo falhas, a voz baixa, apenas ela lhe ouviria. Sua pele arrepiou e arrepios desceram pela nuca da caçadora. E foi só quando Ariel voltou a se afastar, que Manu pode respirar novamente.

Atordoada e perdida seriam pouco para descreve-la. O corpo da mais velha balançava ao seu redor, de uma maneira ousada, mas atraente, e ela nem mesmo sabia o que estava pensando. Mordeu o lábio, franziu a testa e desviou o olhar. – Eu não sei dançar – Confessou dando de ombros. Pegou a bebida da mão dela, na tentativa de acalmar a estranha pulsação do corpo, a vontade de aventurar-se no desconhecido. Virou-a contra a garganta, mas se arrependeu ao sentir o gosto do liquido amargo descendo de qualquer jeito, tossiu forte, com uma careta surgindo nos lábios, tinha esquecido que também não sabia beber. As bochechas da garota adquiriram um tom rosado, e ela ergueu o olhar envergonhada. – Hoje é o dia – Brincou tentando amenizar o próprio constrangimento.

Thanks Panda



Emmanuelle Sophie Henz
I'M A QUEEN OF DARKNESS!!!
avatar
Emmanuelle S. Henz
lider das caçadoras
lider das caçadoras

Mensagens : 573
Data de inscrição : 06/06/2013
Idade : 21
Localização : Seguindo em frente..

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Beach Party.

Mensagem por Poseidon em Sab Set 24, 2016 5:48 pm

"I am the water that no one sees."❝ Lari ❞
A jovem falava sem parar, talvez fosse a bebida que estivesse surtindo da maneira mais comum de todas, ou talvez fosse a própria personalidade de Natasha. O homem não saberia dizer, apenas estava atento as palavras proferidas pela bela morena. Ponderava bastante sobre suas próximas falas, afinal já havia deixado escapar coisa demais. Porém, a filha de Ares, por mais que já estivesse um pouco desconfiada, não achava que realmente poderia estar falando com Poseidon. A sobrancelha do maior fora arqueada ao observar a semideusa ingerir a tequila, escorregou os dedos pela barba rasa, livrando-se de alguns pensamentos. Precisava ser mais convincente quanto a fingir ser um mortal.
- Sou novato. Cheguei hoje nesse Acampamento. – Mentiu o deus. – Foi tudo muito rápido. Ainda estou tentando me acostumar com toda essa situação. – Prosseguiu, finalizando a bebida de cor marrom, deixando o copo de lado. Os olhos deslizaram pela festa, o número de semideuses havia crescido significativamente. A bebida também já estava fazendo um bom estrago, haja vista que pessoas subiam nas mesas e dançavam com se não houvesse amanhã. Outros semideuses se agarravam em meio as danças e outros comiam e gargalhavam alto. – Não é que evita... – Poseidon interrompeu-se. – Não acho que eles nos evitam. As vezes estão ocupados demais. – Falou, ordenando sem se mover que as ondas começassem um brilhante espetáculo de ficarem maiores e mais rápidas. Porém, quebrando-se antes de chegarem a beira. A brisa ficou mais forte, talvez pra apagar mais o fogo todo no local (-q).


Lord Poseidon.



Lord Poseidon ☣
The King ☣ God of sea ☣ Lord of horses ☣ Sexy ☣ Hot ☣ Dangerous ☣
Maay ₢

avatar
Poseidon
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 137
Data de inscrição : 13/03/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Beach Party.

Mensagem por Ariel Sehn Kahlfels em Dom Set 25, 2016 2:06 pm

Know what you doing tonight
I wanna try something new, all night


Ao cercá-la em uma dança momentânea - ignorando a pergunta da semideusa ou o seu comentário de não saber dançar -, enquanto ainda atraía o olhar para o trio não muito distante. Calíope parecia mais agitada que o normal, e não duvidava que algo de trágico pudesse acontecer a Phil, o que era extremamente cômico. Era ainda mais engraçado reparar o fato de que Lauren ainda não tinha-lhe chutado ou praticado algum ato violento, e isto merecia uma foto. Minha atenção voltou para a caçadora, onde estava com aquela sensação de estar sendo observada, mas ao virar e deixar os olhos recaírem sobre ela, sua atenção estava em outro lugar. Um pequeno sorriso se abriu por meus lábios, mas logo trato de diminuí-lo, negando com a cabeça. Se ela era naturalmente curiosa.... Deveria estar se perguntando sobre a tonalidade dos meus olhos ou algo deste tipo. This is what you came for começou a tocar, e eu não poderia estar mais certa de que aquela playlist tinha dado - literalmente - muito certo. — Ei! Manu! Devag... — parando repentinamente, me deparo com a visão de uma Emmanuelle ingerindo o vinho de uma única vez, rápido demais para que pudesse sentir o gosto de alguma coisa. Tinha sido pura sorte ela não ter derrubado o líquido no próprio corpo, de tão rápido que tinha virado para a garganta, e foi impossível segurar o riso. — Está nervosa com alguma coisa? — pergunto, ainda sorrindo, olhando discretamente ao redor. Felizmente, estavam todos concentrados no trio composto por duas campistas lindas e o mascote do acampamento. Passei por ela, indo até a mesa, pegando uma garrafa e logo voltei a me aproximar, bem no momento que How deep is your love tocava alto, deixando os campistas ensandecidos com a batida poderosa.

Passei por Manu, olhando-a por um momento. O gesto dizia mais que qualquer algum chamando, e ela entenderia que havia um pedido para que me seguisse, já que adentrava o meio dos campistas, rumando para mais perto da orla, nos afastando um pouco da multidão de semideuses.




I know you think that you know me but you ain't even see my dark side. This is for you only, so baby do me right.
avatar
Ariel Sehn Kahlfels
Lider dos Mentalistas
Lider dos Mentalistas

Mensagens : 150
Data de inscrição : 01/09/2016
Idade : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Beach Party.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 8 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum