The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

MvP de Derek Froster vs Ent

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

MvP de Derek Froster vs Ent

Mensagem por Apolo em Qui Jul 14, 2016 2:36 pm


As ordens de Quíron eram bastante simples. A única coisa que o filho de Zeus precisava fazer era cortar algumas árvores mortas dos limites do acampamento para que a construção de uma nova torre de escalada fosse iniciada, a única coisa que dificultava um pouco as coisas era o frio que aquela manhã fazia, assim como a densa neblina que saía diretamente do lago.

Após alguns minutos de caminhada, já equipado com o machado de lenhador, Derek chegou ao lugar em que precisava estar. Aquela seria uma longa manhã, mas a motivação de terminar aquela tarefa antes do almoço enchia seus músculos de energia. Ele podia, até mesmo, jurar que o campo elétrico ao seu redor havia aumentado.

Havia uma árvore promissora próxima e, após uma – não tão – longa análise, Derek segurou o machado com ambas as mãos e começou o árduo trabalho de lenhador.

Um golpe...

Dois golpes...

Um som semelhante madeiras estalarem e farfalhar de folhas veio da sua direita, mais para dentro da floresta, mas quando pausou a chacina àquele ser da natureza, tudo se emudeceu. Sequer os pássaros cantavam, o que era bastante estranho.

Um golpe...

Dois golpes...

Os sons de estalos de madeira e farfalhar de folhas soou novamente e, assim que sentiu algo entrar no seu campo elétrico, o único reflexo que o filho de Zeus teve foi o de se abaixar. Aquele golpe, rápido como o vento e forte como um coice de Pégaso foi capaz de decepar a árvore que o semideus golpeava incansavelmente. Quando ela finalmente veio ao chão, o som de um grito inumano e gutural fez a sua caixa torácica vibrar.

RWOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOR

O som de farfalhares de folha, agora, vinha acompanhado de pesadas passadas, até que, do meio das árvores, uma árvore repleta de barbas de palha penduradas em seus galhos e rosto (?) surgiu, furiosa. Sua carranca estava destorcida em fúria e até mesmo dor, por Derek ter agredido uma de suas irmãs e o impelido a ceifar sua vida precocemente.

Aquela não era uma árvore morta e Derek pagaria com a vida.
Regras:

- Minimo de 5 linhas por postagem;
- Prazo de dois dias a cada nova postagem minha;
- Duvidas devem ser mandadas por MP;
- Poderes e Armas ao fim do post em spoiler;
- Uso do Pet permitido;
- Boa sorte.

Monstro:

Ents

Espíritos das florestas, são árvores animadas e conscientes. Sua forma e tamanho variam de acordo com a espécie de árvore, mas carvalhos, ciprestes e avelanzeiras são os mais comuns, ainda que não os únicos. Lentos, preferem não se mover do solo, e quando o fazem é de forma vagarosa, ainda que seus tamanhos os ajudem a cruzar longas distâncias em um tempo curto. Em geral, atacam usando cipós e gavinhas, enroscando o oponente antes de tentar empalá-los com seus galhos, além de serem capazes de provocar pequenos tremores na terra com a movimentação de suas raízes, ou de lançá-las para fora do solo como estaca. Pinhas e árvores frutíferas tendem a usar seus frutos como armas, atirando-os nos desavisados, não sem antes imbuí-los de energia, de forma que ao explodir encham-se de gavinhas enredantes. Podem criar espinhos em seus corpos para defender-se e estacas e toras de maneira para usar no ataque. Em último caso, tentam esmagar os oponentes se locomovendo para pisoteá-los. Como possuem consciência, ainda são afetados por poderes mentais. São resistentes a ataques de impacto e elementais, exceto fogo, que lhes provoca dano adicional. Em geral são pacíficos, agindo apenas para proteger o local onde vivem, raramente atacando sem uma provocação. Podem falar, mas demoram, e se dão melhor com sátiros, ninfas, centauros e naiades, além de filhos de Deméter e Perséfone por sua ligação com a natureza.


Passivos:
► Camuflagem natural - em estado normal, são indistinguíveis de qualquer árvore comum, independente do poder usado para detecção.
► Resistência/ imunidade a elementos - a maioria dos elementos não os afetam, sendo reduzidos a 50%. Veneno e eletricidade não tem qualquer efeito, sendo totalmente anulados. O único elemento que os afeta normalmentente é fogo - considerando sua origem vegetal, o fogo acaba causando dano adicional, sendo dobrado. Isso não é válido para chamas infernais, que apenas causarão dano comum.
► Imortalidade virtual - Àrvores não seguem o padrão humano de tempo de vida, e ents também não. Na natureza, podem alcançar idades milenares caso não tombem em batalha.
► Falar com plantas e animais - Sejam mitológicos ou não, ents conversam com esses seres, mas não pode lhes dar ordens, apenas falar.

Ativos:
► Geocinece - Ents controlam o solo ao seu redor em uma área de 100m de raio, podendo provocar terremotos ou outros efeitos com a terra.
► Constrição - Gavinhas e raízes poderosas enroscam-se em todos os alvos ao redor do Ent, em um espaço de até 20m de raio. Caso o ent não controle o poder, o aprisionamento dura 3 turnos. Contudo, se controlar, pode durar indefinidamente, enquanto o Ent se mantiver concentrado em tal.
► Estacas - Podem ser criadas de pedra ou de raízes, surgindo no solo abaixo do oponente. Até 5 estacas por turno, em uma área de 20m de raio (de raízes) ou até 100m de raio (de pedra)
► Bagas explosivas - Árvores com sementes ou frutos podem imbui-las com energia, derrubando-os como forma de ataque. As frutas/ sementes ganham as características de uma granada, explodindo e dando dano por impacto, mas sua explosão não provoca fogo - em vez disso, enreda o oponente da mesma forma que o poder de constrição.
► Espinhos - O ent pode se revestir de espinhos ou criá-los, atirando contra os alvos. Os espinhos agem como uma rajada em cone, com o alcance de um arco longo, quando atirados.
► Seiva colante - O Ent pode usar sua seiva para aprisionar o inimigo ou suas armas, mantendo-os colados em seu corpo após um ataque. O semideus ou item aprisionado permanece desse modo por 2 rodadas. Não é considerado um poder de constrição.
► Seiva corrosiva - A seiva do ent age como ácido, provocando dano nas armas, itens e nos próprios alvos. Cada ativação dura 3 rodadas.
► Bons frutos - Assim como pode imbuir com energia de ataque, ents também podem usar energia benéfica. Seus frutos são 3 vezes mais potentes que o de uma dríade, mas a base do poder é a mesma.
► Criar/controlar plantas/ madeira - Pode afetar a área ao seu redor ou mesmo itens desse material, retorcendo-os, por exemplo. Gasto de mp contínuo conforme o uso.
► Esporos - Podem ser soníferos (induzindo todos os alvos em uma área de 40m de raio a dormir) ou venenosos. esporos soníferos deixam os semideuses letárgicos ou fazem com que caiam no sono. Eles dormirão por 5 rodadas ou até sofrer algum dano; esporos venenosos podem provocar lentidão ou dano contínuo por 3 rodadas. 1 vez a cada 5 rodadas.

HP 500/500
MP 500/500
avatar
Apolo
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 150
Data de inscrição : 12/07/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP de Derek Froster vs Ent

Mensagem por Derek "Fomalhaut" Froster em Qui Jul 14, 2016 4:09 pm



Mais um dia, mais uma tarefa dada pelo centauro velho e rabugento. Eu já nem sabia se era castigo ou tarefa, e naquele ponto, tinha medo da resposta. Teria que ir para a florestar lenhar algumas árvores mortas. Como iria fazer para diferenciar entre as vivas e as mortas? Não faço ideia, mas iria. Eu espero. Quer dizer, Quíron não tem como saber quando eu trouxer os pedaços de madeira.

Se era para cortar madeira e ser um lenhador, que fizesse isso certo. Passei no chalé e vesti uma flanela xadrez vermelha e preta, com um machado apoiado no ombro. É, eu estou pronto para cortar umas árvores. Não demorou muito para chegar no lugar descrito por Quíron, cheio de árvores cinzentas e sem vida.

Não me prolonguei investigando as árvores, só comecei a dar machadadas violentas contra o tronco. Queria acabar logo e almoçar com a garota loira que prendia minha atenção diariamente. Esse pensamento me enchia de energia para acabar a tarefa rápido. Meu Campo Eletromagnético Natural (CEN) reagia e crescia com essa vontade que tinha.

Agarrei com as duas mãos o machado e entreguei o primeiro corte. O tronco inteiro sacudiu e entreguei outro com a mesma força. Entretanto, algo chegou aos meus ouvidos, um som estranho de algo se movendo entre folhas, mas quando olhei para a direção de onde vinha, o silencio prevalecia.

- Xa...- Outra vez golpeei a pobre madeira. – BLAU! – Havia cortado metade daquele tronco. E novamente algum som de folhas se mexendo.

Dessa vez, algo realmente estava perto. Existia algo grande por perto. Perto o suficiente para eu perceber no meu CEN. Se aproximava rápido de minha cabeça e a única coisa que consegui fazer foi me agachar para não ser acertado. Olhei para frente e vi o tronco que eu trabalhei para derrubar, caindo. Seja o que fosse que estivesse me atacando, havia poupado meu trabalho.

RWOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOR

- MAS O QUE?! – Me levantei rápido, olhando para trás, em busca de saber o que fazia aquele urro grotesco.
Uma árvore. ERA UMA ÁRVORE E ELA SE MEXIA, CARA, ELA SE MEXE, COMO? Aquela coisa tinha até barba, cara de mal e ódio. Era uma pessoa em forma de árvore e não parecia nada feliz comigo. E se não estava feliz comigo, eu não estava feliz com ela.

- Quíron vai me livrar de castigos pelo próximo mês quando eu levar tua carcaça. – Girei o machado entre os dedos e apontei para o ser bizarro à minha frente.

Investiria rápida, correndo em sua direção. Iria me aproveitar que era grande e provavelmente lenta, para golpear sua perna esquerda, na altura do joelho, e derrubá-la, quem sabe até decepar aquelas raízes. Eu já tinha noção de como começar uma pequena tempestade e era isso que faria, também.






Notas:
Poderes Passivos.:
Pericia em batalha: Qualquer arma se encaixa perfeitamente na mão do filho de Zeus, espadas, adagas, lanças, arcos, não importa, ele consegue usá-la e lutar facilmente.

Perícia com Armas Duplas – O semideus manuseia armas como espada, lanças e machados que usem as duas mãos com grande maestria.

Rapidez: Em batalha o filho de Zeus é rápido e veloz, podendo desviar facilmente de qualquer golpe contra seu corpo e podendo correr atravessando o campo de batalha com suas armas.

Forte como Touro – Literalmente, filhos de Zeus são fortes como touros, sendo esse um dos símbolos de seu pai. Também sob forte pressão ou em situações de fúria, o filho de Zeus fica ainda mais forte. Porém, é claro, a sua força não é comparada aos filhos de Ares.


Poderes Ativos:
Tempestade: O filho de Zeus pode atrair uma tempestade pequena, deixando o local fechado e com alguns poucos raios. Gasto: 10 de MP Duração: Dois turnos.

Itens:

-Machado da MvP
- Faca de bronze celestial
ϟ Mini Raio Mestre - Um anel que permite ao prole de Zeus soltar mini raios infinitos. Tem ¼ do poder do Raio de Zeus, a corrente elétrica que há nele pode gerar mais alguns raios minúsculos que causam graves queimaduras.

ϟ Electrizer: Um colar de fio negro com uma pequena pilha como pingente. Este item adiciona cerca de 25% mais de dano à golpes baseados em eletricidade

♈ Rage [Espada longa, com cerca de um metro de comprimento e largura consideravelmente grande. A lâmina é feita de bronze celestial, tão afiada que um mero toque é capaz de causar ferimentos, possuindo setenta centímetros da ponta à base. Abaixo da base, a guarda da arma é o entalhe da cabeça de um javali, feita em ferro e com dois rubis em seus olhos, aparentemente foscos e apagados. O punho é feito de madeira, e seu design permite que a espada seja segurada com uma ou duas mãos – embora a força exigida seja bem maior caso seja empunhada com apenas uma. Quando o dono da espada entra em combate, as joias do javali começam a brilhar em um tom intenso de vermelho. Sempre que a espada causa dano em um inimigo, ela suga parte da vida retirada – 25% - e passa para o portador, caso este esteja ferido, restaurando assim parte da sua vida.]



avatar
Derek "Fomalhaut" Froster
Sem grupo
Sem grupo

Mensagens : 392
Data de inscrição : 04/03/2015
Idade : 20
Localização : Em algum lugar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP de Derek Froster vs Ent

Mensagem por Apolo em Sex Jul 15, 2016 1:38 pm


- MAS O QUE?! – Gritou, exaltado, ao ver uma árvore ambulante, criatura essa desconhecida até então. – Quíron vai me livrar de castigos pelo próximo mês quando eu levar tua carcaça.

Sobre sua cabeça, as nuvens começavam a rodar em uma velocidade fora do normal, enquanto alguns trovões já ribombavam pelo ar, e o pesado som das passadas da árvore ambulante faziam o chão tremer sob os pés de Derek, que avançou sem piedade.

O machado lhe pesava nas mãos, mas aquilo era bom, no final das contas, pois ele poderia usar aquilo para causar mais danos no Ent.

Assim que chegou perto o suficiente, seus braços se impulsionaram para trás e ele já se preparava para golpear a raiz que dava base à árvore, mas algo entrou em seu campo gravitacional, algo muito rápido, demais para ser esquivado, ainda mais depois de ter se preparado para o futuro golpe.

Seu peito foi violentamente açoitado por um chicote feito de cipó, o mesmo que derrubara a árvore cortada que Derek já quase terminava de lenhar. A dor foi lancinante e lhe roubou o ar dos pulmões, enquanto o seu corpo foi lançado cerca de dois metros para trás.

Assim que caiu, as gotas de chuva começavam a cair do céu, preenchendo todo o ambiente com aquele som tranquilo e natural, com exceção de alguns raios que passavam de uma nuvem para outra, fazendo tudo tremer com seu som potente.

Derek Froster
HP: 150/170
MP: 160/170

Regras:

- Minimo de 5 linhas por postagem;
- Prazo de dois dias a cada nova postagem minha;
- Duvidas devem ser mandadas por MP;
- Poderes e Armas ao fim do post em spoiler;
- Uso do Pet permitido;
- Boa sorte.
avatar
Apolo
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 150
Data de inscrição : 12/07/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP de Derek Froster vs Ent

Mensagem por Derek "Fomalhaut" Froster em Sex Jul 15, 2016 2:41 pm



Meus pés traçavam seu trajeto de forma rápida e firme. Olhos fixados no objetivo, sua perna de raiz, um golpe potente nas laterais para decepar o membro e desequilibrar aquele ser bizarro. O erro ali foi estar focado demais no local do golpe e não nos arredores.

Descrevia um arco da direita para esquerda com o machado, meus bíceps retesados e as veias saltadas, porém fui acertado antes de completar o que desejava. Algo pesado me atingiu no peito, um cipó, jogando meu corpo longe. O impacto fora tão potente que tirou todo o ar de meus pulmões, me deixando ofegante.

Apoiava as mãos no chão para levantar e uma gota caiu ao lado de meu rosto. Um sorriso se abriu. Um sorriso alegre e maníaco. Aquele toco de árvore iria pagar, iria conhecer o poder de uma tempestade.

- Lembra quando disse que ia te levar em pedaços para o Quíron? – Cuspi um pouco de sangue. – Esquece... Vou te incendiar até a última cinza. – Sacava minha faca das costas, segurando o machado apenas com a mão esquerda.

RWOOOOOOOOOOOOOOR

Outra vez aquele rugido que faziam meus ossos tremerem. Se a situação fosse outra, talvez tivesse me assustado com aquilo, mas o sangue fervia nas minhas veias e seu grito apenas serviu de abertura. A faca havia sido lançada em direção a sua cabeça, serviria para atrair os raios da tempestade. Sua altura combinada ao objeto metálico, caso o acertasse, faria dele um para-raios em potencial.

Virei o pescoço para um lado, depois para o outro, o estralando algumas vezes. Aquele pedaço velho de madeira tinha mexido com o cara errado, podia ser chicoteado quantas vezes ele quisesse antes de desistir. Agora estava atento quanto aos seus braços elásticos e rápidos, assim como suas pernas. O circundava para, finalmente, iria tentar golpeá-lo na perna outra vez, lateralmente, para pelo menos, prejudicar sua estabilidade.







Notas:
Poderes Passivos.:
Pericia em batalha: Qualquer arma se encaixa perfeitamente na mão do filho de Zeus, espadas, adagas, lanças, arcos, não importa, ele consegue usá-la e lutar facilmente.

Perícia com Armas Duplas – O semideus manuseia armas como espada, lanças e machados que usem as duas mãos com grande maestria.

Rapidez: Em batalha o filho de Zeus é rápido e veloz, podendo desviar facilmente de qualquer golpe contra seu corpo e podendo correr atravessando o campo de batalha com suas armas.

Forte como Touro – Literalmente, filhos de Zeus são fortes como touros, sendo esse um dos símbolos de seu pai. Também sob forte pressão ou em situações de fúria, o filho de Zeus fica ainda mais forte. Porém, é claro, a sua força não é comparada aos filhos de Ares.

Barreia – O campista usa seus poderes para fazer uma barreira elétrica à sua volta. Essa, ajuda a diminuir danos físicos em até 15%.
Perícia em mira: Eros tem uma mira muito boa em qualquer coisa que precise ser jogada longe. Como, lanças e principalmente flechas. Sua família são os melhores Arqueiros. Ele consegue entender e é perito em qualquer tipo de arma.

Poderes Ativos:
color]

Itens:

-Machado da MvP
- Faca de bronze celestial
ϟ Mini Raio Mestre - Um anel que permite ao prole de Zeus soltar mini raios infinitos. Tem ¼ do poder do Raio de Zeus, a corrente elétrica que há nele pode gerar mais alguns raios minúsculos que causam graves queimaduras.

ϟ Electrizer: Um colar de fio negro com uma pequena pilha como pingente. Este item adiciona cerca de 25% mais de dano à golpes baseados em eletricidade

♈ Rage [Espada longa, com cerca de um metro de comprimento e largura consideravelmente grande. A lâmina é feita de bronze celestial, tão afiada que um mero toque é capaz de causar ferimentos, possuindo setenta centímetros da ponta à base. Abaixo da base, a guarda da arma é o entalhe da cabeça de um javali, feita em ferro e com dois rubis em seus olhos, aparentemente foscos e apagados. O punho é feito de madeira, e seu design permite que a espada seja segurada com uma ou duas mãos – embora a força exigida seja bem maior caso seja empunhada com apenas uma. Quando o dono da espada entra em combate, as joias do javali começam a brilhar em um tom intenso de vermelho. Sempre que a espada causa dano em um inimigo, ela suga parte da vida retirada – 25% - e passa para o portador, caso este esteja ferido, restaurando assim parte da sua vida.]



avatar
Derek "Fomalhaut" Froster
Sem grupo
Sem grupo

Mensagens : 392
Data de inscrição : 04/03/2015
Idade : 20
Localização : Em algum lugar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP de Derek Froster vs Ent

Mensagem por Apolo em Sex Jul 15, 2016 4:41 pm


A chuva começava a cair torrencial ali, molhando a tudo e criando algumas poças de água no lodo entre as raízes das muitas árvores que rodeavam Derek e aquela planta bizarra e viva... viva até demais. Com esforço dos braços, o filho de Zeus se prostrou de pé, enchendo as mãos de terra no processo. A água da tempestade lhe escorria pelo rosto e, aos poucos, engrossava mais, a cada minuto.

- Lembra quando disse que ia te levar em pedaços para o Quíron? – Juntou uma nódoa de sangue e a cuspiu. – Esquece... vou te incendiar até a última cinza. – Os dedos abraçaram o cabo da faca de bronze, presa ao cinto nas costas, e o som do metal sendo desembainhado preencheu os ouvidos do semideus, mas logo foi calada pelo potente urro da árvore.

RWOOOOOOOOOOOOOOR

O sangue fervia nas veias de Derek e o coração podia ser ouvido pulsar em seus ouvidos. Ele queria ver aquela coisa tombar e, para isso, precisava começar por algum lugar.

Os dedos giraram a faca com maestria e, assim que seguraram na lâmina, executou um movimento rápido de braço que lançou a lâmina curta em direção ao inimigo. O projétil percorria seu trajeto partindo gotas de chuva com a lâmina e espatifando-as com o cabo, até se fixar com força entre os olhos da árvore, que de forma alguma demonstrou dor.

A árvore se aproximava lentamente e, quando Derek inclinou o pescoço para estalá-lo, o ser da natureza atacou. Um dos cipós foi projetado para frente, com velocidade e força. A ponta rija e potencialmente perfurante atingiria e cheio o peito do semideus, se este não usasse de sua extrema agilidade para esquivar, jogando o ombro esquerdo para trás.

*Nada de muita análise*

Com um impulso potente de suas pernas, o filho do Deus Trovão avançou como um raio para cima do Ent e, com a força que seus braços possuíam, até mesmo o que não possuíam, Derek golpeou a raiz base da direita da árvore. O tranco do machado não foi forte o suficiente par que o semideus soltasse a arma, mas o golpe fizera bastante estrago.

A raiz se esmigalhara em uma centena de pedaços.

O tronco pendeu para o lado prejudicado e, lentamente, começava a tombar e, se o filho de Zeus não saísse do seu caminho, não teria nem como gritar: “Madeira!”

Derek Froster
HP: 150/170
MP: 160/170

Ent
HP: 350/500
MP: 500/500

Regras:

- Minimo de 5 linhas por postagem;
- Prazo de dois dias a cada nova postagem minha;
- Duvidas devem ser mandadas por MP;
- Poderes e Armas ao fim do post em spoiler;
- Uso do Pet permitido;
- Boa sorte.


Última edição por Apolo em Dom Jul 17, 2016 3:10 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Apolo
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 150
Data de inscrição : 12/07/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP de Derek Froster vs Ent

Mensagem por Derek "Fomalhaut" Froster em Sex Jul 15, 2016 5:58 pm



Forçava o pescoço para a direita, baixando a cabeça para o lado, ouvindo os estalos dos ossos. Antes que pudesse estalar o outro lado, uma vinha se aproximava rapidamente de meu peito, pronta para me matar. Aquele ser arbóreo não jogava limpo, se aproveitava da situação. Não era tão burro quanto eu imaginava.

O chicote que se lançava contra mim, era pontiagudo e provavelmente perfuraria minha pele e em seguida um de meus pulmões. Apenas girei o corpo, botando o ombro esquerdo para trás, sentindo o vento açoitar minha regata e flanela.

Agora era a hora de ataca-lo, aproveitar a grande abertura que havia me proporcionado. Senti o coração bombear sangue para minhas panturrilhas e coxas, as aquecendo. E num impulso violento, comecei a corrida desenfreada para cortar a perna daquela árvore teimosa.

A grama voava, as poças se tornavam uma chuva baixa quando meu pé entrava em contato. Todos meus músculos se contraíram e um golpe poderosíssimo fora aplicado ao “joelho” do monstro. O impacto da lâmina contra a raiz fora forte e a desmanchou. Ainda bem que tinha força nas mãos ou a arma teria escapado.

Meu sorriso começou a se desfazer quando o tronco imenso começou a pender para o meu lado. Eu era forte, mas aquilo devia pesar, pelo menos, duas toneladas. Talvez Héracles conseguisse aguentar, entretanto, eu? Nunca.

Flexionei os joelhos e com a ajuda dos ventos, me atiraria para os lados, tentando esquivar do toco massivo de madeira que caía. Rolaria para o lado, parando com um dos joelhos e um dos pés apoiados no chão.
Levantei o machado para o alto, canalizando a energia dos céus. O sorriso que se desenhava em meu rosto não era irritado ou sequer sano. Era um sorriso de prazer. Um prazer sádico. Desci a lâmina, apontando para o monstro caído no chão, se meu poder funcionasse um raio cairia duas vezes sobre o corpo.

Subi os olhos para as nuvens que começavam a se dispersar após entregarem dois relâmpagos. E, imediatamente, voltaram a se fechar, precisava da ajuda dos céus. Enquanto existisse uma tempestade, poderia pedir a ajuda dos raios.






Notas:
Poderes Passivos.:
Pericia em batalha: Qualquer arma se encaixa perfeitamente na mão do filho de Zeus, espadas, adagas, lanças, arcos, não importa, ele consegue usá-la e lutar facilmente.

Perícia com Armas Duplas – O semideus manuseia armas como espada, lanças e machados que usem as duas mãos com grande maestria.

Rapidez: Em batalha o filho de Zeus é rápido e veloz, podendo desviar facilmente de qualquer golpe contra seu corpo e podendo correr atravessando o campo de batalha com suas armas.

Forte como Touro – Literalmente, filhos de Zeus são fortes como touros, sendo esse um dos símbolos de seu pai. Também sob forte pressão ou em situações de fúria, o filho de Zeus fica ainda mais forte. Porém, é claro, a sua força não é comparada aos filhos de Ares.

Barreia – O campista usa seus poderes para fazer uma barreira elétrica à sua volta. Essa, ajuda a diminuir danos físicos em até 15%.

Poderes Ativos:
Rei Furioso I – Apontando sua espada para um determinado inimigo, um raio cairá do céu e o atingirá. Este raio, porém, ainda não é tão forte e só pode ser invocado caso esteja caindo uma tempestade. (Usado duas vezes, como os dois ataques do turno)
Tempestade: O filho de Zeus pode atrair uma tempestade pequena, deixando o local fechado e com alguns poucos raios. Gasto: 10 de MP Duração: Dois turnos.

Itens:

-Machado da MvP
- Faca de bronze celestial
ϟ Mini Raio Mestre - Um anel que permite à prole de Zeus soltar mini raios infinitos. Tem ¼ do poder do Raio de Zeus, a corrente elétrica que há nele pode gerar mais alguns raios minúsculos que causam graves queimaduras.

ϟ Electrizer: Um colar de fio negro com uma pequena pilha como pingente. Este item adiciona cerca de 25% mais de dano à golpes baseados em eletricidade

♈ Rage [Espada longa, com cerca de um metro de comprimento e largura consideravelmente grande. A lâmina é feita de bronze celestial, tão afiada que um mero toque é capaz de causar ferimentos, possuindo setenta centímetros da ponta à base. Abaixo da base, a guarda da arma é o entalhe da cabeça de um javali, feita em ferro e com dois rubis em seus olhos, aparentemente foscos e apagados. O punho é feito de madeira, e seu design permite que a espada seja segurada com uma ou duas mãos – embora a força exigida seja bem maior caso seja empunhada com apenas uma. Quando o dono da espada entra em combate, as joias do javali começam a brilhar em um tom intenso de vermelho. Sempre que a espada causa dano em um inimigo, ela suga parte da vida retirada – 25% - e passa para o portador, caso este esteja ferido, restaurando assim parte da sua vida.]



avatar
Derek "Fomalhaut" Froster
Sem grupo
Sem grupo

Mensagens : 392
Data de inscrição : 04/03/2015
Idade : 20
Localização : Em algum lugar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP de Derek Froster vs Ent

Mensagem por Apolo em Dom Jul 17, 2016 3:26 pm




Com um salto seguido por um rolamento, Derek saiu debaixo da área de tombo daquela criatura da natureza. O seu tronco pesado atingiu o chão com força e pelo menos uma centena de folhas se desprendeu de sua copa, voando com o vento que o filho de Zeus acabara de invocar.

Com a ajuda de seus tentáculos de cipós mais a força de suas raízes, que agora se enterravam no chão, o Ent se plantou no local onde acabara de cair, enquanto Derek erguia seu machado para os céus, como se pedisse ajuda para as forças da natureza...

E elas ouviram.

Com um clarão capaz de cegar, tão forte quanto o de uma solda a maçarico, se não mais, um raio potente desceu na copa da árvore viva com seu som alto e rasgado.

TSIIIIIAAAAAK - BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUM

O som retumbante chacoalhou as árvores em volta e fez o peito de Derek vibrar com o tamanho barulho. Mesmo depois desta investida e de seus ouvidos chiarem um pouco por causa da proximidade com o impacto do raio e o som do ar quente se deslocando. As nuvens, visivelmente furiosas, como o semideus, lançaram outro raio.

TSIIIIIAAAAAK - BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUM

A árvore gritou de der de forma magistral, arrancando um sorriso do filho de Zeus. Entre os dois buracos havia um objeto brilhando em vermelho e Derek o reconheceu como a primeira faca que havia arremessado ali. O cheiro de ozônio parecia estar impregnado ali, os ouvidos de Derek chiavam com um “piiii” insistente e os seus olhos estavam ofuscados por causa da claridade intensa. Ele ainda podia ver os riscos que os raios pareciam ter gravado em suas córneas, mudando constantemente de Azul escuro para verde água, laranja e vermelho.

O Ent já estava terrivelmente machucado quando, sem mais nem menos.

TSIIIIIAAAAAK - BUUUUUUUUUUUUUUUUUUUM

Um terceiro raio, imprevisível, atingiu a adaga entre os buracos dos “olhos” e, aquele mesmo raio desestabilizou mais Derek do que ele imaginou que seria possível. Seus ouvidos pareciam cobertos por abafadores de ouvido e seus olhos protegidos por um óculos de sol. Uma tontura súbita o fez baixar os olhos e, quando os subiu novamente, viu a árvore incendiar, com um grito mais agudo do que o normal. Parecia sofrer com as investidas contínuas. Além de sofredora ela também parecia furiosa.

De repente, debaixo dos pés de Derek, onde o seu campo eletromagnético parecia não funcionar corretamente, uma série de raízes vivas se enroscou nas pernas do filho de Zeus, subindo até os seus ombros. Semelhantes a flores de lótus, pequenos botões de tonalidade roxa surgiam ali, em crescimento acelerado. Com o seu desabrochar nuvens de pólen venenoso envolveram o corpo do semideus.

Não obstante, um tremor de terra se seguiu e, rápido como um raio, Derek sentiu uma dor lancinante e aguda na panturrilha. Outro tremer foi seguido por uma dor horrenda no braço esquerdo.

Quando a névoa arroxeada se dissipou, Derek notou raízes pontiagudas a trespassar-lhe coxa e braço esquerdo. Já sentia, até mesmo, o efeito do torpor do veneno circular em suas veias. Sabia, também, que três raios caírem no mesmo lugar não era normal e era provável que seria interpretado como um chamado de ajuda para outros semideuses, mas... o filho de Zeus duraria tanto assim?

Derek tinha apenas o braço direito livre, poucos minutos até desfalecer e, quem sabe, poucos segundos até a árvore matá-lo. O ponto incandescente ainda estava afixado na “testa” do inimigo.

Era matar ou morrer.

Derek Froster
HP: 50/170 -10 HP por rodada
MP: 125/170

Ent
HP: 50/500 - 17 HP por rodada
MP: 350/500
Poderes Ativos:

► Constrição - Gavinhas e raízes poderosas enroscam-se em todos os alvos ao redor do Ent, em um espaço de até 20m de raio. Caso o ent não controle o poder, o aprisionamento dura 3 turnos. Contudo, se controlar, pode durar indefinidamente, enquanto o Ent se mantiver concentrado em tal.

► Estacas - Podem ser criadas de pedra ou de raízes, surgindo no solo abaixo do oponente. Até 5 estacas por turno, em uma área de 20m de raio (de raízes) ou até 100m de raio (de pedra)

► Esporos - Podem ser soníferos (induzindo todos os alvos em uma área de 40m de raio a dormir) ou venenosos. esporos soníferos deixam os semideuses letárgicos ou fazem com que caiam no sono. Eles dormirão por 5 rodadas ou até sofrer algum dano; esporos venenosos podem provocar lentidão ou dano contínuo por 3 rodadas. 1 vez a cada 5 rodadas.


Regras:

- Minimo de 5 linhas por postagem;
- Prazo de dois dias a cada nova postagem minha;
- Duvidas devem ser mandadas por MP;
- Poderes e Armas ao fim do post em spoiler;
- Uso do Pet permitido;
- Boa sorte.
avatar
Apolo
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 150
Data de inscrição : 12/07/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP de Derek Froster vs Ent

Mensagem por Derek "Fomalhaut" Froster em Dom Jul 17, 2016 8:06 pm



O machado desceu cortando o ar em seu caminho, mas não seria ele que machucaria meu oponente. O raio que rasgou o céu seria o que causaria danos à árvore. Seus riscos iluminaram tudo, fazendo um lindo desenho. Quando o relâmpago acertou o tronco, tudo brilhou branco, cegando tudo ao redor. Cores piscavam e dançavam em minhas córneas, foi aí que a explosão dos ares aconteceu expandindo, com calor, tudo ao redor. O rugido do trovão fez tudo ruir diante de sua imponência. O vento causado pela expansão do ar fez meus cabelos voarem para trás e minha pele sacudir.

Tudo aquilo me deixou tonto, e com a vista embaçada. E antes que pudesse me recuperar daquele baque, o segundo raio desceu explodindo todas as moléculas que ficassem em seu caminho. O segundo clarão me cegou por alguns segundos e a trovoada me ensurdeceu temporariamente, deixando meus tímpanos zunindo. Tinha que me acostumar com as consequências dos meus poderes.

Aos poucos, recuperava os sentidos e finalmente poderia finalizar aquele monstro. Entretanto, para minha surpresa, outro relâmpago caiu, estourando tudo e retirando meus sentidos mais uma vez. Estava começando a acreditar que ficaria cego e surdo depois de tantas agressões aos olhos e ouvidos.

Quando finalmente minha visão havia voltado, pude assistir a árvore combustionar, e as chamas consumirem a madeira velha. Não vou dizer que não senti uma pontada de prazer ao ver o fogo se alastrando, pois eu senti sim, e não fora só uma pontada. Sorria, achando que a batalha estava no fim, mas nunca nada anda como um semideus planeja. Algo se enroscava em meus tornozelos, subindo por meu corpo. Não importava o quanto me debatia, as plantas continuavam a subir, prendendo tudo até os ombros.

Como se não bastasse eu estar preso, pequenas flores roxas cresciam pelos caules e quando se desabrochavam, soltavam gases que queimavam meus pulmões com sua essência. E como sempre, tudo pode ficar pior. Senti aquilo se alastrar por todo meu corpo, o vapor que fora liberado era venenoso.

- AHHHHHHHHHHHHHH! - Urrei de dor quando senti minha panturrilha ser perfurada por algo. Ofegava cansado, o que não era natural de um filho de Zeus. Outro grito de dor foi solto por minhas cordas vocais, desesperadas para aliviar a agonia do objeto que penetrava meu braço.

A cabeça começava a pesar, os músculos a doerem, todos. Estava perdido se não conseguisse me livrar, finalizar o ser da natureza e chegar à Enfermaria a tempo de conseguir um antídoto.

A respiração cansada e pesada, rapidamente, se transformou em inspirações e expirações rápidas e tensas. O sangue queimava, tanto por causa do veneno quanto pela fúria que as dores me proporcionavam. Aquelas raízes não me segurariam.

Fechei os olhos por meio segundo, sentindo a energia fluir e meu corpo e atravessar as barragens que o prendia. Estava de pé, outra vez. Com o peso todo apoiado no lado direito, manquei até próximo à árvore, segurando meu machado com as duas mãos. Agora que conhecia as outras capacidades daquele ser, não iria deixá-lo me pegar desprevenido, qualquer coisa que viesse em minha direção simplesmente passaria reto, sem nem sequer me tocar de verdade. O tríceps latejava de dor, expurgando o sangue para fora, assim como minha perna. Conseguia imaginar meus fluidos escorrendo sobre minha pele branca, manchando a regata branca.

Num último esforço, iria tentar acabar aquela luta como um lenhador enfrentando seu trabalho diariamente. Subiria os braços trêmulos para cima, e desceria com força, liberando todo meu ódio e vontade em um golpe preciso. Repetiria o processo até ter certeza de ter destruído a vida do tronco, até parti-lo ao meio ou desmaiar.






Notas:
Poderes Passivos.:
Pericia em batalha: Qualquer arma se encaixa perfeitamente na mão do filho de Zeus, espadas, adagas, lanças, arcos, não importa, ele consegue usá-la e lutar facilmente.

Perícia com Armas Duplas – O semideus manuseia armas como espada, lanças e machados que usem as duas mãos com grande maestria.

Rapidez: Em batalha o filho de Zeus é rápido e veloz, podendo desviar facilmente de qualquer golpe contra seu corpo e podendo correr atravessando o campo de batalha com suas armas.

Forte como Touro – Literalmente, filhos de Zeus são fortes como touros, sendo esse um dos símbolos de seu pai. Também sob forte pressão ou em situações de fúria, o filho de Zeus fica ainda mais forte. Porém, é claro, a sua força não é comparada aos filhos de Ares.

Barreia – O campista usa seus poderes para fazer uma barreira elétrica à sua volta. Essa, ajuda a diminuir danos físicos em até 15%.

Poderes Ativos:
Intangibilidade – Os filhos de Eros podem atravessar paredes ou qualquer coisa solida assim como seu pai.

Itens:

-Machado da MvP
- Faca de bronze celestial
ϟ Mini Raio Mestre - Um anel que permite à prole de Zeus soltar mini raios infinitos. Tem ¼ do poder do Raio de Zeus, a corrente elétrica que há nele pode gerar mais alguns raios minúsculos que causam graves queimaduras.

ϟ Electrizer: Um colar de fio negro com uma pequena pilha como pingente. Este item adiciona cerca de 25% mais de dano à golpes baseados em eletricidade

♈ Rage [Espada longa, com cerca de um metro de comprimento e largura consideravelmente grande. A lâmina é feita de bronze celestial, tão afiada que um mero toque é capaz de causar ferimentos, possuindo setenta centímetros da ponta à base. Abaixo da base, a guarda da arma é o entalhe da cabeça de um javali, feita em ferro e com dois rubis em seus olhos, aparentemente foscos e apagados. O punho é feito de madeira, e seu design permite que a espada seja segurada com uma ou duas mãos – embora a força exigida seja bem maior caso seja empunhada com apenas uma. Quando o dono da espada entra em combate, as joias do javali começam a brilhar em um tom intenso de vermelho. Sempre que a espada causa dano em um inimigo, ela suga parte da vida retirada – 25% - e passa para o portador, caso este esteja ferido, restaurando assim parte da sua vida.]



avatar
Derek "Fomalhaut" Froster
Sem grupo
Sem grupo

Mensagens : 392
Data de inscrição : 04/03/2015
Idade : 20
Localização : Em algum lugar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP de Derek Froster vs Ent

Mensagem por Apolo em Ter Jul 19, 2016 11:10 am



A chuva ainda caía torrencial e Derek se sentia atordoado, acabado, cansado e preso, mas uma última olhada o permitiu ver seu inimigo incendiando. O crepitar das chamas o motivava a continuar e, neste momento, seu corpo se tornou intangível. Com um grito doloroso, o filho de Zeus se desfez de suas amarras de raízes. Utilizar um poder naquele estado demandava grandes capacidades, capacidades estas que ele não possuía.

Lentamente Derek caminhou até a árvore, pregada ao chão, em combustão. A água escorria por seu rosto, contorcido em dor por tentar caminhar com sua perna quase inutilizada enquanto o seu braço, brutalmente perfurado, segurava o machado junto ao braço são. Aquela luta estava próxima de terminar.

Chicotes de cipós vieram na direção do semideus, mas passaram diretamente por seu corpo, como se este fosse uma mera projeção do real. Do caule daquela monstruosidade da natureza, brotaram milhares de espinhos, que foram dispersados em todas as direções possíveis. Alguns atingiram o machado, mas não com força o suficiente para fazê-lo cair da mão de Derek. Ele ainda estava sólido.

Cada tentativa frustrada daquela imensa árvore só a fazia gritar mais, em raiva, dor e desespero.

O calor agora alcançava o rosto do filho de Zeus, mas não era o suficiente para afastá-lo dali. Em um movimento rápido e decidido ele ergueu o machado e golpeou a árvore diversas vezes. Sua construção parecia não tão densa e, de certa forma, até um pouco mole, de modo que o machado entrava fundo a cada golpe e, a cada golpe, um novo grito.

Um...

Dois...

Três...

Quatro...

Foi o suficiente para fazer a árvore tombar, porém, não muito tempo depois, Derek caiu de joelhos, afligido pela intoxicação do veneno do inimigo. Parecia perdido demais para se levantar e, tampouco resistir. Seus olhos pesavam e seus dedos amoleceram, jogando ao chão o machado usado na ação.

A última coisa que se lembra era de uma garota loira se aproximando rapidamente, mas seus sentidos pararam por ali.

Derek Froster
HP: 30/170 -10 HP por rodada -10 HP
MP: 125/170

Ent
HP: 0/500
MP: 0/500

Recompensa: Espólios + 700 exp

Espólio:

CLAVA DO DRUIDA

Descrição: Clava em tamanho grande, com cerca de 1,5 metros de comprimento. Em sua ponta, ligeiramente mais alargada que o cabo para tornar seus golpes pesados e devastadores, possui espinhos magicamente banhados em veneno da seiva desta árvore. Com a livre vontade do semideus, ele é capaz de ativar alguns dos poderes do Ent.
Dano Padrão: 25 HP

Bater no chão:
► Estacas - Podem ser criadas de pedra ou de raízes, surgindo no solo abaixo do oponente. Até 5 estacas por turno, em uma área de 10m de raio (de raízes)
Custo: 15 MP
Dano: 25 HP

Golpear inimigo:
► Seiva Venenosa - A seiva do Ent age como veneno, provocando dano contínuo de 10 hp no inimigo, a cada vez que for atingido. A única forma de se curar deste envenenamento é com poções.
Custo: 20 MP
Dano: - 10 HP por turno + Dano do golpe
Tempo de recoil: 2 turnos.

Golpear equipamentos:
► Seiva corrosiva - A seiva do Ent age como ácido, provocando dano nas armas, itens e nos próprios alvos.
Custo: 20 MP
Destruição da Arma Inimiga: 5 golpes
Tempo de recoil: 2 turnos.

Outros:
► Espinhos - O Ent pode se revestir de espinhos ou criá-los, atirando contra os alvos. Os espinhos agem como uma rajada em cone, com o alcance de um arco longo, quando atirados. Este poder pode ser aprimorado com espinhos venenosos.
Dano: 10 HP
Custos: 20 MP / 25 MP
avatar
Apolo
Deuses Estagiários
Deuses Estagiários

Mensagens : 150
Data de inscrição : 12/07/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP de Derek Froster vs Ent

Mensagem por Eros em Ter Jul 19, 2016 3:29 pm

Atualizado por Eros




Lorde Eros

Quando a gente perde aquilo que mais ama, a gente não tem mais nada a perder
avatar
Eros
Deuses Menores
Deuses Menores

Mensagens : 183
Data de inscrição : 05/01/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: MvP de Derek Froster vs Ent

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum