The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

O Senado

Ir em baixo

O Senado

Mensagem por Poseidon em Qui Mar 20, 2014 9:32 pm


Senado
O Senado é um corpo civil, mas oficiais da legião geralmente ocupam posições importantes no senado. Todos os negócios oficiais são decididos na Casa do Senado, onde os representantes eleitos da legião vem juntos votar e a discutir assuntos importantes. Normalmente dois consuls comandam o senado, e cada consul tem poder de veto sobre o outro, o que gera motivos de muitas brigas neste local.  Aqui acontecerão as reuniões sobre assuntos importantes  do Senado, somente pessoas que fazem parte do senado poderão posta. Caso aconteça uma reunião importante. Um dos senadores deverão mandar MP aos outros, convocando-lhes para a reunião.

Poseidon
Poseidon
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Senado

Mensagem por Eleonor Moonlight em Seg Abr 30, 2018 12:22 am

Miss Polaris.
Filha de Hefesto | Legado de Athena | Grega | Embaixadora

Os senadores e centuriões estavam inquietos, discutindo sobre os acontecimentos recentes. A Seita havia sequestrado um grupo de semideuses, em que eu me incluía, e Sun Hee morrera no resgate do que ficaram para trás e destruição da base. Não posso negar que me sentia um pouco culpada por sua morte já que eu havia sido uma das que ficaram para trás, entretanto agora não havia espaços para sentimentalismos e aquela falta de foco que estava notando na reunião de hoje. Limpei a garganta e dei um passo a frente, atraindo a atenção deles antes de proferir com a voz calma.

Entendo a preocupação dos senhores em relação a morte de Sun Hee, entretanto precisamos lidar com questões mais urgentes nesse momento. – Minha voz soava calma e séria, enquanto eu cruzei os braços abaixo dos seios e retomei minha fala com a atenção dos romanos presentes em mim. Alguns deles se remexeram nos assentos enquanto me escutavam, incomodados com minha presença ali. Era totalmente compreensível, afinal antigos preconceitos demoravam a morrer.

Todos estão emocionalmente abalados e uma nova pretora precisa ser escolhida, porém os Acampamentos precisam também repensar suas defesas e intensificar as medidas de segurança.

Um senador ia falar algo, mais ergui a mão pedindo que esperasse que eu concluísse minha fala antes de dizer quaisquer coisas. Meus olhos se focaram em Becka, a pretora ainda viva, antes de completar. Precisava de todo o talento de diplomacia e dicção que herdara de minha avó para tornar aquilo possível e sabia que, apesar de coerente, minha jogada agora era arriscada - entretanto era preciso que eu ao menos sugerisse e tentasse devido ao meu trabalho como embaixadora grega ali.

Mais do que nunca, senhores, os Acampamentos precisam se unir. Precisamos trabalhar juntos e de maior integração entre nossos guerreiros. Vocês são fortes e disciplinados, sendo essa última uma qualidade que muito admiro e sinto falta no Meio-Sangue, entretanto mesmo assim precisamos ser realistas. Ainda há muito o que ambos os Acampamentos precisam melhorar e podemos nos ajudar com isso.

Ouvia cochichos entre os senadores, mas em geral estavam prestando atenção em minhas palavras conforme expunha o que tinha em mente. Era claro que as ideias de fazer mudanças ali era complicado, porém era preciso relembra-los que havíamos sido levados da segurança dos Acampamentos e isso exigia que aumentássemos os cuidados.

Não há semideuses realmente especializados em arquitetura aqui, porém tenho certeza que o chalé de Athena ficaria feliz em auxiliar em maiores e melhores construções defensivas ao redor de Nova Roma e talvez do Acampamento em si. Precisamos também de maiores e melhores rotas de fuga, para remoção rápida de doentes, feridos e incapazes. Em um combate real, mante-los aqui seria um problema para todos nós. Porém apenas isso não é o suficiente para garantir uma maior tranquilidade e segurança.

Fiz uma pausa dramática para recuperar o ar, deixando que eles assimilassem minhas palavras antes de tirar o cabelo que caia em meus olhos. Apesar de tentar não transparecer, estava nervosa e preocupada com os resultados.

Temos que reforçar as patrulhas em todas as entradas e saídas. Caso os senhores aceitem as sugestões dessa humilde embaixadora que vos fala, também seria útil melhorar sistema de comunicação entre sentinelas e quem está aqui dentro. Conseguiram entrar uma vez para nos levar e podem fazer de novo ou tentar. Acham que estamos fracos, meus senhores, e é quando precisamos estar mais fortes.

Minha lógica fazia sentido para eles e começava a aumentar a aparência concordância com minhas ideias entre os presentes. Tentei parecer o mais neutra possível e aproveitei aquela situação de exito para dar continuidade.

Nos darão uma sensação de segurança antes de nos atacarem com mais força e aqui, onde julgamos estarmos protegidos. Não podemos deixar que nos vençam, ou o sacrificio de todos aqueles que morreram até então para nos dar uma chance de vencer essa guerra estupida. Os humanos deviam ser nossos aliados, não nossos inimigos, no entanto não compreendem isso ainda.

Era algo que concordavam mais uma vez e a lembrança de todos os semideuses que havia se sacrificado, sido torturados e mortos dava forças para eles. As perdas eram claras em seus rostos e o desejo de vingar seus mortos também. Era quase cruel usar isso ao meu favor, mas meu trabalho exigia a ausência de emotividade as vezes.

Juntos, somos mais fortes que eles e vimos durante o resgate que a união de ambos os Acampamentos é tão poderosa que supera até mesmo a desvantagem numérica. Desde já, temos que treinar nossos semideuses não só para combater monstros mas também humanos. Precisamos ensinar a nova geração de heróis que o trabalho em conjunto mesmo com os gregos aumentará nossas chances de sucesso não apenas contra esse inimigo comum dos Acampamentos, mas contra qualquer inimigo que venha a se erguer contra nós.

Terminado meus discurso, fiz uma pequena mesura e dei um passo atrás, retornando depois para meu acento para ouvir os debates e discussões que seguiram-se a minha "motivadora" fala. Por dentro, um sorriso marcava minha vitória. Desde já, tínhamos que melhorar a segurança e proteção ali, superar quaisquer preconceitos ainda existentes a partir dos semideuses mais novos. A sugestão de melhorar trabalho em conjunto com os gregos era uma forma sutil de dizer para estimularem mais o intercambio para nos conhecermos melhor.

Quando a reunião foi dada como encerrada, ao menos por hoje, me levantei cansada e com a pele ligeiramente úmida de suor pelo calor do dia. De repente, ir à Casa de Banho para relaxar me pareceu uma ótima ideia, já que toda aquela discussão me deixara bastante cansada.


"Triunfam aqueles que sabem quando lutar e quando esperar."


thank you secret from TPO.


Eleonor Moonlight
Eleonor Moonlight
Feiticeiras de Circe
Feiticeiras de Circe

Idade : 17
Localização : Por ai

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Senado

Mensagem por Daron A. Herzl em Qua Mar 13, 2019 6:38 pm


Arquivo


O presidente do Senado estava garantindo que Daron se sentisse punido por seu erro após seu retorno à casa legislativa. Ao voltar, havia sido rebaixado. Estava inelegível para a mesa diretora e estava sendo observado. Era como se, ao ingressar em um novo emprego, estivesse em um período avaliativo.

Naquela manhã, fora escalado para cuidar e organizar da sala de documentos. Ali estavam arquivados todos os relatórios de missões, propostas legislativas, históricos de legionários e cidadãos de Nova Roma. Quando algum senador precisava acessar algum daqueles documentos, precisava ir até ali e retirá-lo, como em uma biblioteca. O senador teria algum tempo para devolver o documento intacto e seria responsabilizado caso alguma coisa desse acontecesse com o arquivo.

▬  Daron, uma centuriã chamou, entrando na sala para retirar algum documento. ▬ Preciso do relatório da missão 01452.

Com a solicitação, o filho de Marte assentiu e foi em busca daquele papel. Cada estante tinha uma funcionalidade: um conjunto de cinco estantes formava a área de documentos dos romanos. Certidões de nascimento, cartas de recomendação, certidões de casamento, escrituras residenciais, todas estavam ali, organizadas em ordem alfabética. Outro setor de prateleiras continha os documentos referentes ao Acampamento Júpiter e sua administração. O terceiro setor, ao lado do anterior, era formado pelos relatórios de missões e ocasiões.

Caminhando entre os corredores do setor de relatórios, foi em ordem crescente até o número indicado pela centuriã. Retirou a pasta da prateleira e registrou a retirada daquele documento do Arquivo do Senado.

▬  Por quanto tempo precisa desde relatório?

▬ Irei devolvê-lo em dois dias, ela informou.

Herzl registrou aquela informação em uma ficha, onde era feito o controle do que entrava ou saía daquela sala. Tudo era rigidamente administrado ali, e não poderia faltar nenhuma informação naquele formulário.

▬ Assine aqui, por favor, ele orientou.

A líder de coorte assinou robustamente no final da folha, em uma caligrafia delicada. A seguir, tomou a pasta em mãos com os documentos solicitados. Daron arquivou aquele fomulário cuidadosamente junto aos outros, indicando que era um documento que havia sido retirado do Arquivo.

▬ Você não deveria estar no plenário?, ela perguntou curiosa.

Enquanto Daron estava ali, todos os demais senadores estavam em reunião discutindo assuntos relevantes para Nova Roma e para os legionários da Duodécima. Mas, como ainda estava em seu castigo, Daron não estava participando da sessão para que trabalhasse na sala de documentos legislativos.

▬  Precisavam de alguém para cuidar do Arquivo hoje, Daron disse simplesmente, sem ser rude com a pergunta indiscreta da centuriã.

Ela deu de ombros e logo deixou a sala, despedindo-se do senador e agradecendo pela ajuda.

E aquele foi o ponto alto da manhã. Nas horas seguintes, ninguém mais entrou no Arquivo para retirar ou devolver qualquer documento. Era apenas Daron e as traças que passeavam entre os papéis.






Daron A. Herzl
רעם על ירושלים
Daron A. Herzl
Daron A. Herzl
Senadores
Senadores

Idade : 26

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Senado

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum