The Blood of Olympus
Para visualizar o forum é necessário estar cadastrado, por favor registre-se no rpg ou entre em sua conta. É necessário estar cadastrado para ver as informações contidas no forum. Lembre-se de usar nome e sobrenome, não se cadastrar usando nomes geralmente utilizados por Hacker. Exemplo: "Barum" "Hakye" e por ai vai. Bem vindos.

Novo Evento- Onde Nascem os Monstros

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Novo Evento- Onde Nascem os Monstros

Mensagem por Zeus em Dom Fev 14, 2016 3:47 pm


Onde Nascem os Monstros
Um portão velho range ao longo da costa, onde um rio passa despercebido pela cidade fantasma, tudo ali é feito de vidro, mas tudo também encontra-se cheio de limbo. Subindo a colina encontramos a torre majestosa, cristalina por fora, e obscura por dentro, ali encontra-se os dez heróis que irão mudar o próprio destino, serão eles capazes de provar seu valor?

- Aqui? Tem certeza? Parece tudo muito deserto- Murmura a jovem de cabelos ruivos cruzando os braços sobre o peito, ato ao qual fez o homem que a acompanhava revirar os olhos.

-Estão presos, ali- Apontou a torre estralando os dedos, e ambos mudaram o cenário por completo. Encontravam-se agora em uma sala de controle com os melhores equipamentos, em outros tempos aquilo faria os deuses lembrarem do equipamento da tv Hefesto, mas aquilo não tinha nada de engraçado, era apenas uma torre de controle, onde o jogo estava apenas começando.

As luzes se acenderam mostrando varias divisórias, cadeiras ocupadas por seres verdes e azuis, com olhos muito brilhantes, Ninfas e Driades. Encontravam-se ao redor de uma mesa branca dividida com diversos hologramas, que eles podiam observar muito bem.

-O tabuleiro de jogo, qualquer peça colocada aparece quase de maneira instantânea, Hefesto é mesmo brilhante- Ele coçou a barba abrindo um sorriso cruel antes de se virar para a tela- Comecem- Anunciou dando o primeiro passo e apertando um botão vermelho ao centro. As luzes piscaram e o alarme soou, dando inicio, a um jogo de horror.

...
10 ao todo serão escolhidos
Para brincar na torre dos destemidos
Demônios todos irão enfrentar
Mas apenas um, do jogo se salvara

Tudo ao redor era escuro demais, e mesmo que tentassem se mexer não conseguiam. As salas eram divididas de maneira afastada, tinha mais de um deles, mas nenhum obtinha conhecimento com o outro. Os semideuses acordam assustados, e a luz vermelha se acende, nada ao redor se torna claro o suficiente, se não a porta ao canto que indica a saída, ou melhor, a placa em cima desta piscando em vermelho. Ao tentar se mover veem-se presos por correntes ao teto, os pulsos atados, e os pés presos a mais de um par acima do chão, formando um x perfeito na parede. E ali está o primeiro desafio, livrar-se daquilo, e encontrar seu destino.



Última edição por Zeus em Dom Fev 14, 2016 3:55 pm, editado 1 vez(es)


Lorde Zeus
avatar
Zeus
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 1153
Data de inscrição : 01/09/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novo Evento- Onde Nascem os Monstros

Mensagem por Zeus em Dom Fev 14, 2016 3:50 pm


Informações e Regras


-O semideus terá em media, 5 dias de prazo para realização da postagem, podendo esse ser alterado de acordo com a vontade do narrador, pra mais ou menor dias dependendo da ocasião, então os semideuses devem se mantar atentos a essa.

-Cada semideus terá direito a pedir prazo uma ÚNICA vez durante o evento, e está terá que ser pedida com dois dias de antecedência do prazo final de postagem feito pelo narrador.

-Semideuses no evento Dungeon não poderão inscrever-se nesse evento. Os que encontram-se em missões, pvp e mvp, terão o direito a inscrição.

-Os semideuses se encontram na cidade de nascimento dos monstros, por isso é de suma importância que entendam que ali eles se tornam bem mais fortes.

-Vocês encontram-se na torre principal, e foram presos por dois deuses, mas não sabem disso, eles controlam todas as salas da torre, e por isso, vocês não terão como sair delas. Cada sala tem um monstro diferente, e cada situação de cada um dos 10 semideuses inscritos será única, por consequência disso, é cada um por si e que vença o melhor.

-O semideus que conseguir vencer os 10 andares e derrotar os 10 monstros primeiro será o vencedor.

-Todos começarão com duas barras uma de vida, e uma de poderes, cada uma preenchida com 500 xp, aqueles que zerarem a barra de poderes, por exemplo, não poderão usar os poderes mais, e os que zerarem a barra de vida, serão eliminados. No 6º andar, terão direito a reabastecer a vida, dessa forma quem atingir o 6º andar e derrotar o monstro terá ambas as barras restauradas em +150.

-Cada semideus terá sua própria ordem de monstros, esses selecionados de um a 10, e uma única maneira de derrota-los por completo. Assim não terão reclamações de roubos ou vantagens. Cada um terá seu próprio tópico e estará por conta própria.

-Por ser um evento deveras grandioso, com 10 semideuses e muitas narrações distintas os semideuses serão divididos em 5 para cada narrador (serão 2 ao todo). Ambos os narradores seguirão as mesmas regras e deverão postar no mesmo dia para não dar vantagem a um ou outro, assim sendo o desempenho de cada campista dependera dele mesmo, cumprindo os prazos e conseguindo derrotar seus desafios. O Evento será narrado por Zeus e Héstia.

-Para se inscrever no evento, basta realizar uma postagem seguindo as instruções fornecidas abaixo:

-Prazo para inscrição do evento 16/02/2015

-Para duvidas contatar um dos adms responsáveis (Zeus ou Héstia) Via MP

-Boa sorte a todos.





Punições do Evento


Desistência: O semideus que desistir do evento não poderá participar dos próximos dois eventos realizados pelo fórum. (Ficara sem participar dos próximos eventos)

Prazo de postagem: Semideus perdeu o prazo e postou atraso, perdera –10 pontos na barra de poderes e na barra de vida.

Falta de postagem: Semideuses que deixarem de postar por 3 vezes durante o evento (não precisam ser seguidas), serão eliminados, lembrando que por cada vez que deixarem de postar perderão -20 em cada uma das barras que o permitem estar no jogo, zerando está o semideus também será eliminado.

Falta de armas e poderes no post: O semideus usou a arma x, ou o poder x, e não colocou em spoiler ao fim do post, este terá as armas e os poderes desconsiderados, visando o fato de que se não estão em spoiler, não existem.

Postagem Editada: Postagens editadas terão perda de -5 em cada barra, por isso, fique atento a sua postagem, e evite edita-la durante o torneio.



Lorde Zeus
avatar
Zeus
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 1153
Data de inscrição : 01/09/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novo Evento- Onde Nascem os Monstros

Mensagem por Zeus em Dom Fev 14, 2016 3:51 pm


Inscrição

-O semideus que quiser inscrever-se no evento deve realizar uma postagem com os levando em conta os critérios abaixo.

-A postagem deve conter no mínimo 10 linhas em word arial 12

-A postagem será realizada da seguinte maneira. Ninguém sabe como chegou ali, é cada um por si e que vença o que sobreviver melhor. O semideus deve acordar preso, atado a correntes, os pulsos pra cima, as correntes no teto, os tornozelos esticados, presos a corrente no chão. Contem qual a reação de acordar dessa maneira, digam como se soltaram (Podem afirmar que se soltaram, mas lembre-se que a postagem só valera se está for de forma coerente, todas as postagens deverão ser aceitas pelos narradores antes do inicio do evento). Feito isso, deixem a sala, a porta está destrancada, em cima dela brilha uma placa em neon vermelho com os dizeres “saída” em grego antigo.

-Critérios de avaliação da postagem de inscrição: Coerência, concordância, erros de ortografia, realismo de postagem.





Lorde Zeus
avatar
Zeus
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 1153
Data de inscrição : 01/09/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novo Evento- Onde Nascem os Monstros

Mensagem por Convidado em Dom Fev 14, 2016 6:38 pm





Hit me with your best shot...


Devo confessar que se eu tivesse acordado acorrentado a alguns meses atrás, eu provavelmente suspiraria e voltaria a dormir tranquilo. As garotas nos clubes costumavam endoidar um pouquinho quando se animavam, e ficar algemado era quase uma situação de praxe. Mas aquele novo eu não se via naquela situação a algum tempo, e a luz vermelha que se acendeu do nada fez meus sentidos ficarem em alerta.
Mas espera um pouco... Como diabos eu tinha me posto naquela situação?
Ignorando por alguns segundos as correntes, fechei os olhos e tentei me lembrar de tudo que tinha acontecido antes de fechar os olhos... Minha cabeça doía horrivelmente, como se eu tivesse tomado um porre. Aos poucos, visões embaçadas foram invadindo minha mente. Estava treinando no chalé... Não, no campo de treinamento... Depois estava no refeitório... Uma espécie de discussão. Os gêmeos Stoll roubaram alguma coisa... E aí estava no meu chalé. Tomando banho... E aí escuridão.
Eu estava no Acampamento ainda? Se sim, que espécie de brincadeira sem graça era aquela?
- EI, ME TIRA DAQUI! - Gritei, nervoso, abrindo os olhos. Mas nenhuma resposta veio. - EU TO FALANDO SÉRIO, EU VOU MATAR QUEM FEZ ISSO!
Silêncio.
"Droga de semideuses malditos" Pensei, impaciente, fechando os olhos e tateando a corrente que prendia meus pulsos na direção do teto. Corrente enferrujada, muito velha. Sentia o espaço que provavelmente serviria para a inserção de algo, provavelmente uma chave... Mas não tinha segredo ali. Não tinha como eu abrir aquilo só com os dedos. "Jeito difícil então...". Concentrei-me em sentir meu corpo ficando leve aos poucos. Aquele arrepio na espinha denunciava o poder tomando conta do corpo. Meu coração parecia bater mais lentamente, quase parando. E de repente as correntes rangeram e ficaram pendendo, presas no vento.
Porque? Meu corpo estava totalmente opaco. Eu o tinha transformado completamente em sombras. Com isso, as correntes simplesmente atravessaram o ar. Voltei meu corpo ao normal, aterrissando no chão com leveza, e então olhando ao redor.
Ok, definitivamente eu não estava no Acampamento. Aquele lugar não me era familiar, e acho que Quíron não mantinha uma sala de tortura abaixo da Casa Grande. Olhei ao redor cuidadosamente. Não tinha nenhuma janela nem nada ali, só aquela porta com uma placa em neon vermelho logo acima, com os dizeres "Saída" em grego antigo. Que clichê.
Finalmente, olhei para meu próprio corpo. O sobretudo negro parecia intacto. A foice vermelha estava no suporte nas costas ainda, a adaga no suporte da calça, no lado direito. Uma batida de leve no bolso fez as bombas de fumaça se chocarem de leve. Pelo menos eu estava equipado.
- Beleza. Não sei o que aconteceu não, mas estou gostando disso. - Comentei, sorrindo, enquanto avançava para a porta e a abria rapidamente, rumo ao desconhecido.

Itens Utilizados:

VAZIO

Poderes Utilizados:

Filho de Hermes

Passivos

VAZIO

Ativos

VAZIO

Ceifador de Thanatos

Passivos

ʡ  Visão Noturna – Seus olhos adquiriram a capacidade de ver no escuro, com ainda mais claridade e melhor percepção de tudo do que quando há luz.

Ativos

ʡ Umbocinese V – Manuseio avançado da energia escura, podendo, inclusive, moldar diversos tipos de armas. Pode transformar todo o corpo em sombra.


tagged: people // wearing: click! //  ♥flarnius
avatar
Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novo Evento- Onde Nascem os Monstros

Mensagem por Vince Le Fay Karkaroff em Dom Fev 14, 2016 8:24 pm


Onde Nascem os Monstros

Eminem - Like Toy Soldiers


Acorrentado


- MALDITO SEJA! O QUE VEM DEPOIS? - Vociferei a plenos pulmões no momento em que me vi acorrentado. Como eu havia chegado ali? Eu não sabia. Como me imobilizaram e apagaram minha consciência? Eu não sabia. Por que diabos me acorrentaram? EU NÃO SABIA! Ser Semideus nem sempre pode ser considerado algo digno de ser chamado como existência, no máximo chamaria como uma sobre-existência, um exercício de sobrevivência cotidiano. E lá estava eu: acorrentado pelos tornozelos e pulsos, enquanto meus músculos já começavam a manifestar a consequência de meu desconforto e o peso das correntes acabava por fazer doer meus tornozelos e braços, agora esticados. Um breve alívio me preencheu no momento em que vi uma Clave de Sol em meu braço, indicando meu bracelete inseparável que não seria tão útil para o ato do escapismo, já que se transformava apenas na única variável de instrumentos musicais. Em contrapartida, a minha luva de escuridão - Glove of Darkness -, posicionada na mão canhota, seria útil se eu fosse menos tolo e houvesse treinado o suficiente para que minhas sombras - fruto da Necromancia -, fossem suficientemente sólidas para quebrar as correntes.

- Droga... - Meu murmúrio insatisfeito ecoou pelo local de meu cárcere no instante em que percebi que minhas flechas e arco não estavam comigo. Sendo este o estopim para que meu senso de improviso fosse imediatamente despertado. Assim como possivelmente eu deveria utilizar de sombras num futuro próximo para simular projéteis, eu deveria escapar daquelas correntes e partir o mais rápido possível. Ao menos antes de receber uma visita desagradável e deveras humilhante. Tentando seguir uma questão que naquele momento eu julgava como lógica, acabo murmurando num tom pouco audível - Se conseguiram me prender... Eu não duvido de mais nada... - Minhas palavras me fizeram gargalhar instantaneamente. Eu até imaginava o que meus companheiros de Chalé poderiam dizer se me vissem daquela forma, indicando que o cara mais cético do Acampamento Meio-Sangue estava se entregando. Dessa forma, começando até mesmo a entediar-me com a quietude do cárcere, torno meu pulso esquerdo intangível, transpassando o metal que o prendia, vendo a área que antes consistia em carne, se transformar em sombras.

Aliviado por amenizar a dor no braço esquerdo, realizo o mesmo processo de Intangibilidade, desta vez com o pulso destro. Com ambas as mãos livres, visualizo as correntes penduradas ao teto balançarem-se num vaivém divertido. Notando-se que a distância para minha libertação dava-se somente pelo fato de ter os tornozelos presos a correntes, torno ambos Intangíveis, forçando passos a frente para deixar as correntes para trás enquanto a carne havia sido transformada em sombras. Suspirei aliviado ao verificar que as partes transformadas haviam retornado a seu estado humano sem grandes complicações. Logo que me liberto, noto uma placa em neon vermelho, que piscava acima de uma porta formando a palavra "Saída", em grego antigo. Sem escolhas ou opções alheias, sigo a passos largos até a porta, girando a maçaneta e deixando-me conduzir pela curiosidade em ver o que poderia estar do outro lado.

Poderes & Habilidades - Passivos:

> Nível 3, Escuridão – Meus necros são capazes de criar escuridão, a sua vontade.

> Nível 5, Intangível ( Inicial ) – É capaz de desfazer partes do corpo, como um membro, em sombras, ao ser atingido por um golpe, o local desfeito, se refaz após cinco segundos.

Poderes & Habilidades - Ativos:

> Nível 3, Umbracinese (Inicial) - Capacidade de controlar as sombras, com uma certa experiência. Neste nível. Porem, a sombra não é sólida.

Equipamentos & Armamentos:

* Instrumentos Divinos: Um bracelete em forma de nota musical que se transforma, à desejo do portador, em qualquer instrumento musical. A música produzida pela arma é letal aos inimigos, causando-lhes dano. Mas essa música não afeta quem o portador não quiser que seja afetado.

§ - Glove of Darkness - Uma luva feita da escuridão, pelo próprio Érebus, a mesma contem \"escuridão\" assim, sempre que o necromante do mesmo desejar escuridão sairá da mesma, para que ele controle tal coisa, podendo materializar e moldar como quiser. (Sempre que utilizar sente fortes dores de cabeça).









Vince Le Fay Karkaroff

O Arqueiro Mais Gostoso do Chalé de Apolo






avatar
Vince Le Fay Karkaroff
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo

Mensagens : 179
Data de inscrição : 25/08/2014
Idade : 20
Localização : Camp Half-Blood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novo Evento- Onde Nascem os Monstros

Mensagem por Helena Rodis Katsaros em Seg Fev 15, 2016 2:10 pm


Onde nascem os monstros?
No inferno!


Mais uma vez a Líder dos Ceifadores notou-se dormindo.  Por que diabo sempre a faziam dormir? Não precisava disso, não precisava descansar o corpo quase morto.  E quando abriu os olhos, respirou fundo e se arrependeu no mesmo momento. Um cheiro estranho invadiu suas narinas, a deixando levemente zonza. Confusão também fazia parte da mente da morena, pois estava em um lugar totalmente emergido em trevas, e a única fonte de luz era uma placa acima da porta, escrita “Saída” em grego. Mais uma brincadeira dos deuses? Assim que notou o ambiente a sua volta, pôde perceber também que estava presa, totalmente presa pelos pulsos e tornozelos, e seu corpo estava esticado para todos os lados, como um “X”. Ela puxou os braços e pernas, tentando se soltar, mas não adiantava – Alguém aí? – ela murmurou para a escuridão, nem mesmo pequenos sons eram possíveis ser ouvidos. Não esperava que ninguém respondesse mesmo, mas seria reconfortante não estar sozinha em mais uma merda imposta pelos deuses. Respirou fundo e tentou se concentrar, precisava sair dali. Fechando os olhos, a semideusa concentrou-se nas sombras e sentiu seu corpo quente e leve, e no momento seguinte, estava parada, frente às correntes. Teleportar-se pelas sombras, sempre uma saída rápida de coisas assim. Girando os punhos, e estralando o pescoço, a morena levou a mão ao pescoço, sentindo ali seu colar em formato de foice, presente de seu pai. Em seu braço esquerdo, bracelete e anel posto no dedo. Preso à sua calça, seu chicote. Tudo certo, Helena olhou mais uma vez em volta, enxergando através das sombras, e nada havia ali, a não ser paredes velhas e descascadas, atravessando a porta, Helena encontraria o que estava por vir.
Itens levados:

A Foice Lendária -> Uma réplica da foice carregada pelo próprio Thanatos. A arma, apesar de uma cópia, é tão mortal quando a original, sendo feita de ferro estígio e o cabo de um material indefinido, negro e indestrutível. Cada vez que um oponente morrer por um golpe dado por esse arma, seu portador é curado em 5 HP. Semideuses que não tiverem o sangue de Thanatos e tocarem na foice terão a palma da mão queimada imediatamente. Se transforma num colar com um pingente de foice quando não está sendo usado.

*Chicote de Nero: O Chicote de Nero tem inicialmente um metro de comprimento, vermelho-sangue. Quando segurado pelo seu legítimo dono, escolhido por Phobos, o chicote instantaneamente pega fogo por toda a sua extensão, sem queimar o portador, mas incendiando qualquer coisa que tocar. Além disso, o chicote pode atingir até 5 metros de comprimento, caso o portador queira.


Bracelete de Cristal: Uma peça delicada prateada com pequenas pedras de safira incrustado, quando ativado transforma-se em uma espada de luz inquebrável capaz de soltar pequenos raios e atira-los contra o inimigo.

♈ Arsenal [Anel brilhante feito em aço polido, com uma pedra preciosa esbranquiçada minúscula em seu centro. Possui o efeito de alterar uma arma, mudando assim sua forma, detalhes, e qualquer outra coisa que o portador desejar, desde que as alterações sejam apenas físicas. Ou seja, utilizando o efeito do anel, é possível transformar uma lança em uma espada ou faca, ou qualquer outro item de ataque. Um escudo circular pode ser transformado em um broquel, ou um escudo de corpo. Os materiais dos itens podem ser alterados, mas seus efeitos sempre serão os mesmos (exemplo: uma espada elétrica ainda causaria dano por eletricidade se transformada em uma lança).

Poderes usados:

Ativo
ʡ Umbrocinese III – Capacidade de transportar-se entre as sombras, indo de um lugar a outro. [ -10MP por teleporte]


avatar
Helena Rodis Katsaros
lider dos ceifadores
lider dos ceifadores

Mensagens : 140
Data de inscrição : 04/06/2015
Idade : 20
Localização : Atrás de você.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novo Evento- Onde Nascem os Monstros

Mensagem por Emmanuelle S. Henz em Seg Fev 15, 2016 2:50 pm



E sou apenas eu a conhecedora dos demônios que existem dentro de mim
E quantas vezes uma simples frase, disse tudo o que você guardava dentro de você?

A cabeça pendia baixa e os olhos recusavam-se abrir, e lá estava Emmanuelle mais uma vez em uma tremenda enrascada, suas bochechas não obtinham qualquer cor, a boca seca e rachada. Manu ergueu a cabeça piscando diversas vezes até fechar os olhos, um zumbido insistente na orelha indicava que algo ao redor estava muito errada, como se os espíritos de antigas caçadoras sussurrassem pra menina que ela tinha se metido em encrenca, mais uma vez. Olhando ao redor a filha de Poseidon podia descrever os pequenos detalhes do local, como o fato de estar em uma redoma pequena e quadrada, um cômodo semelhante a uma sala de testemunho, branca e precariamente iluminada. A semideusa respirou fundo, e sufocou com o ar puído tossindo algumas vezes só então notando o quanto se sentia cansada, o corpo dolorido e coberto de tenção. Puxou as mãos sem sucesso e os pés não encontravam-se em melhor situação- Merda- Manu não era exatamente acostumada a falar palavrões, mas numa situação como aquela fora de fato sua melhor reação- Deuses malditos, valeu mesmo pai- Ergueu a cabeça para cima como se de alguma maneira pudesse contata-lo, e nada aconteceu, pra variar.

A jovem analisou as correntes, eram mais fracas do que ela esperava, com ferrugem saindo de pontos precisos, podia dar um jeito, se fosse esperta. Tinha o cinto preso as vestes, e se conseguisse alcança-lo seria capaz de se teletransportar para a entrada, mas não era capaz de usar o adereço no momento. Rangeu os dentes puxando os pulsos algumas vezes, mas nada, precisaria de força extra para que o metal cedesse. A garota fechou os olhos por um minuto e concentrou-se, quando voltou a abri-los esses encontravam-se azul límpidos, muito claros, como agua, ou como a lua. Deixou a cabeça pender para trás e suspirou, a imagem da lua se formando sobre sua cabeça- Graças a Artemis- murmurou para si mesma focando os poderes e dobrando a força, usando a imagem da lua para se fortalecer, por fim deixando o corpo transformar-se em pequenas partículas, usando um tipo de viagem lunar para soltar as correntes, caindo de joelhos ao chão.

A imagem desapareceu tão rápido quanto surgira, e a jovem Emmanuelle analisou os ferimentos, os pulsos encontravam-se roxos e os pés tinham pequenos arranhões. A jovem voltou a atenção para a porta se levantando e firmando os pés no chão, estava mais forte do que outrora, mas ainda sentia-se incomodada- Vou mata-los, vou matar todos- Ajeitou as roupas antes de ativar o arco, a aljava invisível surgindo nas costas, armou a peça, e saiu porta a fora esperando seu desafio, ou sua morte certa.

Poderes:

Nível 20: Viagem Lunar II. Agora a caçadora pode se teletransportar para qualquer lugar e a qualquer hora.

Nível 25: Espectro da Lua. - Permite que você produza a imagem da lua acima de sua cabeça para que possa coletar energia dela, só pode ser usado uma vez.
Thanks Panda



Emmanuelle Sophie Henz
I'M A QUEEN OF DARKNESS!!!
avatar
Emmanuelle S. Henz
lider das caçadoras
lider das caçadoras

Mensagens : 649
Data de inscrição : 06/06/2013
Idade : 21
Localização : Seguindo em frente..

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novo Evento- Onde Nascem os Monstros

Mensagem por Anthony Beauford Lewis em Ter Fev 16, 2016 2:16 pm



- - - - - - - - - Nothing compares for you!
I know fear is what it really was Now here we are, so close Yet so far, haven't I passed the test When will you realize Baby I'm not like the rest Don't wanna break your heart Wanna give your heart a break I know you're scared it's wrong Like you might make a mistake There's just one life to live



Alguém soara o alarme de incêndio, ou algo muito semelhante a ele, minha cabeça latejava- Que inferno- Praguejei tentando me mover, apenas para me sacudir de um lado a outro ainda mais irritado, estava preso. Meus olhos se abriram focando na sala ao redor, um lugar branco, pequeno, e mal iluminado, semelhante a uma sala, mas não um local que se adequa a uma prisão- Só pode ser uma brincadeira de mal gosto- Murmurei olhando os pés presos sobre o chão, as mãos no alto da cabeça, forcei as barras testando, se fosse esperto, conseguiria quebra-las. Flexionei os músculos pensando em algo que me deixasse com raiva, uma lembrança talvez. A imagem de Liv veio de encontro a minha mente, onde estava a menina lupina? Onde a tinham colocado. Meus olhos se tornaram vermelhos, e eu senti a adrenalina passando pelo meu corpo então puxei, com força as correntes, uma, duas vezes antes de ranger os dentes, os músculos tensos e o suor pingando do rosto-Arggg- Gemi forçando uma terceira vez e foi quando as correntes cederam, do chão ciando pedaços de gesso, e essas se partindo enquanto minhas mãos ficavam parcialmente livres, com essas ainda dependuradas em meus pulsos. Cai no chão escorregando pela parede e quebrando as que prendiam meus pés ao meio, ignorando as feridas que se formavam com os puxões. Liberei os pulsos, quebrando as algemas grossas, dos pés e das mãos antes de me levantar limpando o rosto com a camisa, e caminhei até a porta escancarando-a sem cerimonias, que viesse o exercito, eu os detonaria.
Poderes:

1 - Fúria Sangrenta: Os filhos de Ares possuem uma personalidade muito irritadiça e temperamental, perdendo a calma com grande facilidade e por motivos muitas vezes medíocres. Ao ser provocado o filho de Ares irá fazer de tudo para lutar contra aquele ou aquilo que o estiver incomodando, sendo que nenhum poder referente a sentimentos (charme, medo, pânico e etc) irão impedi-lo de despejar sua fúria. Apenas é efetivo quando o semideus é provocado por seus adversários ou quando algo o enfurece (a morte de um aliado, a tentativa de o atacar, barulhos muito altos e incômodos, e etc).

SHINJI @ OPS!


ANTHONY BEAUFORD LEWIS
avatar
Anthony Beauford Lewis
I Coorte
I Coorte

Mensagens : 130
Data de inscrição : 07/09/2014
Localização : Terra.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novo Evento- Onde Nascem os Monstros

Mensagem por Chiara Solms Ostêgard em Qua Fev 17, 2016 11:33 am


You have enemies? Good. That means you’ve stood up for something, sometime in your life.

-Vão se foder, filhos da pu** do cacete- Essa é Lizz, esperneando a plenos pulmões enquanto se remexe incomodada e atada as correntes do chão ao teto, o que de fato não estava dando certo. A sala era mal iluminada e ela não sabia explicar como raios tinha conseguido se meter naquela situação, a ultima coisa que se lembrava era de ter se jogado na cama do chalé de Hades e adormecido, mas aquilo, era muita mancada pra loira que parou de se sacudir no momento que descobriu o quanto aquilo era inútil. Lizz se concentrou procurando ao redor algo que pudesse ajuda-la a se livrar daquela prisão, estava escuro, mal iluminado e tinha uma placa acima da porta piscando em neon colorido que indicava a saída, lembrava uma escada de incêndio- Maldito seja- Reclamou fitando as correntes, não tinha força suficiente para solta-la, mas se pudesse controlar as sombras ao redor, ao menos conseguiria abrir o fecho- Hum- Murmurou sozinha para si mesma antes de puxar a sombra do corpo para perto enrolando os tornozelos com essa até faze-las soltarem seus pés. Um a menos... pensou sorrindo e repetiu o gesto com as mãos até parar de pé sobre o aposento com um sorriso cruel nos lábios- Hora da vingança- Murmurou enrolando o elmo na cabeça para ficar invisível e ativou a espada antes de sair porta a fora, pronta para matança.






Chiara
As armas fatais são instrumentos que devem ser utilizados apenas quando não existem outras alternativas.
avatar
Chiara Solms Ostêgard
Filhos de Hades
Filhos de Hades

Mensagens : 185
Data de inscrição : 31/08/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novo Evento- Onde Nascem os Monstros

Mensagem por Tessa S. Henz em Qua Fev 17, 2016 10:37 pm


Sabe, uma vez Andy um instrutor de mascotes me dissera que todas as pessoas tinham uma cota de aventuras em suas vidas. E, pra ele os semideuses não eram diferentes. Então ele me dissera ainda que quando chegasse o momento eu poderia me jogar em minha cama em minha bela casa e ser feliz por que simplesmente eu não teria mais nada que pudesse ser feito além de descansar. Após algumas coisas que haviam acontecido em minha breve vida, eu chegara a conclusão que Andy era um sonhador maluco. Um semideus não tem direito a aposentadoria, era mais fácil chegar a morte do que a aposentadoria e digamos que eu me via em mais uma daqueles situações em que pensar na morte era uma coisa possível. -Deuses quanto amor vocês tem por mim?- murmurei sorrindo ironicamente enquanto meus olhos se focavam no céu.

-Serio. Olha eu nem pedi pra nascer sabe? Tipo seria uma benção ter um pouquinho de paz. Por que não voltam a amar o Percy? Certeza que eu preferia aquela época- murmurei observando as partes presas de meu corpo ao passo em que dava um suspiro. -Nada de descanso para a Tessa? Tudo bem, a Tessa já entendeu- rosnei soltando um pequeno bufo. Utilizando de minha mutação aquática fiz com que meus pulsos e tornozelos se soltassem pulando para o chão. A sala atual não era nada animadora, o que me dizia que as próximas viriam a ser deveras interessante. Dei um breve suspiro ao avistar a porta, que dizia saída em grego antigo. Tudo nada inusitado me dizendo que aquela era uma saída para o meu fim. Passei pela porta em busca de meu próximo martírio.
Poderes:
Mutação Aquática II - Capacidade de transformar todo do corpo em água, podendo assim fazer a arma do adversário passar reto pela parte liquida do corpo sem ser machucado ou atingido pelo golpe.


Tessa Samantha Clarissa Henz
It's no rigth, but is okay!


avatar
Tessa S. Henz
Filhos de Poseidon
Filhos de Poseidon

Mensagens : 284
Data de inscrição : 21/06/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Novo Evento- Onde Nascem os Monstros

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum